SlideShare uma empresa Scribd logo

Revisão de literatura para o ENEM.pptx

Educação.

1 de 10
Baixar para ler offline
LITERATURANOENEM
LITERATURADEINFORMAÇÃO (QUINHENTISMO)
• SÉC. XIV
• T
emesse nomepelo fato das manifestaçõesliterárias se iniciaremno ano de 1500 que
foi épocada colonizaçãoportuguesa.
• Aformaçãoda literatura era dada como base as literaturas europeias (portuguesas), logo
nãohaviaproduçãodeliteratura ligadaaoBrasil. Noentanto, aopassardosanos,a
literatura deinformaçãoedosjesuítas, foi dandolugaradenotaçãodavisãodosartistas
brasileiros.
• Carta de PeroVazde Caminha: Valorizaas aventuras marítimas eas suas conquistas.
• PRINCIPALAUTOR:JOSÉDEANCHIETA
BARROCO(SEISCENTISMO) NOBRASIL
• SÉC. XVI – XVII (1600– 1700)
• Barrocopara alguns autores deriva da palavra ‘’Verruca’’, do latim que significa elevação
daterrenoemsuperfícielisa.
• T
eveinicio emPortugal comaunificaçãodapenínsulaibérica(intensainfluência
espanhola). Já no Brasil teve início em1601 com a publicação do poemaProsopopeia
(BentoTeixeira)
• Classificaçãodos estilos literários: Cultismo(Gongorismo):Caracterizado pela língua
culta, rebuscada.// Conceptismo(Quevedismo): Caracterizado pelo jogo de ideias, ligado
ao conteúdo,raciocínio lógico.
• PRINCIPAISAUTORES:PADREANTÔNIOVIEIRA, GREGÓRIODEMA
TOS.
ARCADISMO(NEOCLASSICISMO)
• SÉC. XVIII (SÉCDASLUZES)
• NaépocaestavaocorrendoaRevoluçãoIndustrial, mudandoassimsua cenae passando
aserumanovacorrente filosófica, tendocomobaseosfundamentosiluministas.
Acreditavam na bondade do ser humanoe na equivalência dos povos.
• Outras características: Racionalismo,exaltação da natureza, imitação dos antigos,
preocupaçãocomo homemnatural.
• PRINCIPAISAUTORES:CLÁUDIOMANOELDACOSTA,TOMÁSANTÔNIO
GONZAGA,BASÍLIO DEGAMA, FREIJOSÉDESANTARITADURÃO.
ROMANTISMO1ª, 2ª, 3ª GERAÇÃO
• 1ª GERAÇÃO:Busca a definição de uma identidade nacional.
• Características: Exaltação da natureza, Indios, Religiosidade, Sentimento Nacionalista.
• PRINCIPAISAUTORES: GONÇALVESMAGALHÃES,GOLÇALVESDIAS.
• 2ª GERAÇÃO:Conhecidacomo Mal do Século ou Ultrarromântico.
• Características: Egocentrismo e subjetivismo, auto piedade, depressão, masoquismo,
desejode morte.
• PRINCIPAISAUTORES:ÁLVARESDEAZEVEDO,CASIMIRO DEABREU,FAGUNDES
VARELA,
• 3ª GERAÇÃO:Poesiascondoreiras ou de cunhossociais.
• Características: Literatura social engajada com as causas revolucionárias.
• PRINCIPAISAUTORES:CASTROALVES, JORGEAMADO, SOUSÂNDRADE.
NATURALISMO
• Características:Acreditavam que o indivíduo é mero produto da hereditariedade e seu
comportamento éfruto domeioemquevive. Exploravamtemascomoo
homossexualismo,o incesto, o desequilíbrio que leva a loucura.
• PRINCIP
AISAUTORES: EÇADEQUEIRÓS,ALUÍZIODEAZEVEDO.

Recomendados

Romantismo - As 3 gerações - Resumo Completo
Romantismo - As 3 gerações - Resumo CompletoRomantismo - As 3 gerações - Resumo Completo
Romantismo - As 3 gerações - Resumo CompletoFaell Vasconcelos
 
3373897 literatura-aula-26-modernismo-no-brasil-3-fase
3373897 literatura-aula-26-modernismo-no-brasil-3-fase3373897 literatura-aula-26-modernismo-no-brasil-3-fase
3373897 literatura-aula-26-modernismo-no-brasil-3-fasejacsonufcmestrado
 
Terceira geração romântica
Terceira geração românticaTerceira geração romântica
Terceira geração românticaViviane Gomes
 
Realismo e Naturalismo - Literatura
Realismo e Naturalismo - LiteraturaRealismo e Naturalismo - Literatura
Realismo e Naturalismo - LiteraturaCynthia Funchal
 
Prosa x poema x soneto
Prosa x poema x sonetoProsa x poema x soneto
Prosa x poema x sonetoValeria Nunes
 
Literatura - Barroco
Literatura - BarrocoLiteratura - Barroco
Literatura - BarrocoCrisBiagio
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Literaturas Africanas de Língua Portuguesa
Literaturas Africanas de Língua PortuguesaLiteraturas Africanas de Língua Portuguesa
Literaturas Africanas de Língua PortuguesaJirede Abisai
 
Poesia e poema
Poesia e poemaPoesia e poema
Poesia e poemaionasilva
 
Romantismo no Brasil
Romantismo no BrasilRomantismo no Brasil
Romantismo no BrasilCrisBiagio
 
Vanguardas Europeias - Literatura
Vanguardas Europeias - LiteraturaVanguardas Europeias - Literatura
Vanguardas Europeias - LiteraturaFaell Vasconcelos
 
Escolas Literárias - Quinhentismo
Escolas Literárias - QuinhentismoEscolas Literárias - Quinhentismo
Escolas Literárias - QuinhentismoLara Lídia
 
As origens da literatura portuguesa - Parte 1: Trovadorismo
As origens da literatura portuguesa - Parte 1: TrovadorismoAs origens da literatura portuguesa - Parte 1: Trovadorismo
As origens da literatura portuguesa - Parte 1: TrovadorismoKaren Olivan
 
Romantismo no Brasil - 1ª geração
Romantismo no Brasil - 1ª geraçãoRomantismo no Brasil - 1ª geração
Romantismo no Brasil - 1ª geraçãoQuezia Neves
 
Literatura no ENEM
Literatura no ENEMLiteratura no ENEM
Literatura no ENEMYasmin Matos
 
Gêneros literários - 1º Ano do Ensino Médio
Gêneros literários - 1º Ano do Ensino MédioGêneros literários - 1º Ano do Ensino Médio
Gêneros literários - 1º Ano do Ensino MédioElaine Chiullo
 
Pré modernismo-slides
Pré modernismo-slidesPré modernismo-slides
Pré modernismo-slidesZenia Ferreira
 
1ª fase do modernismo
1ª fase do modernismo1ª fase do modernismo
1ª fase do modernismoLuciene Gomes
 

Mais procurados (20)

Literaturas Africanas de Língua Portuguesa
Literaturas Africanas de Língua PortuguesaLiteraturas Africanas de Língua Portuguesa
Literaturas Africanas de Língua Portuguesa
 
Poesia e poema
Poesia e poemaPoesia e poema
Poesia e poema
 
Romantismo no Brasil
Romantismo no BrasilRomantismo no Brasil
Romantismo no Brasil
 
O que é Literatura?
O que é Literatura?O que é Literatura?
O que é Literatura?
 
Generos literarios-2
Generos literarios-2Generos literarios-2
Generos literarios-2
 
Arcadismo no Brasil
Arcadismo no BrasilArcadismo no Brasil
Arcadismo no Brasil
 
Antropofagia
AntropofagiaAntropofagia
Antropofagia
 
Vanguardas Europeias - Literatura
Vanguardas Europeias - LiteraturaVanguardas Europeias - Literatura
Vanguardas Europeias - Literatura
 
Naturalismo
NaturalismoNaturalismo
Naturalismo
 
Escolas Literárias - Quinhentismo
Escolas Literárias - QuinhentismoEscolas Literárias - Quinhentismo
Escolas Literárias - Quinhentismo
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
As origens da literatura portuguesa - Parte 1: Trovadorismo
As origens da literatura portuguesa - Parte 1: TrovadorismoAs origens da literatura portuguesa - Parte 1: Trovadorismo
As origens da literatura portuguesa - Parte 1: Trovadorismo
 
Romantismo no Brasil - 1ª geração
Romantismo no Brasil - 1ª geraçãoRomantismo no Brasil - 1ª geração
Romantismo no Brasil - 1ª geração
 
Classicismo
ClassicismoClassicismo
Classicismo
 
Realismo - Naturalismo
Realismo - NaturalismoRealismo - Naturalismo
Realismo - Naturalismo
 
Literatura no ENEM
Literatura no ENEMLiteratura no ENEM
Literatura no ENEM
 
Gêneros literários - 1º Ano do Ensino Médio
Gêneros literários - 1º Ano do Ensino MédioGêneros literários - 1º Ano do Ensino Médio
Gêneros literários - 1º Ano do Ensino Médio
 
Pré modernismo-slides
Pré modernismo-slidesPré modernismo-slides
Pré modernismo-slides
 
1ª fase do modernismo
1ª fase do modernismo1ª fase do modernismo
1ª fase do modernismo
 
O Realismo
O RealismoO Realismo
O Realismo
 

Semelhante a Revisão de literatura para o ENEM.pptx

Modernismo em portugal e fernando pessoa
Modernismo em portugal e fernando pessoaModernismo em portugal e fernando pessoa
Modernismo em portugal e fernando pessoaAndréia Peixoto
 
Revisão literatura - com exercícios
Revisão literatura - com exercíciosRevisão literatura - com exercícios
Revisão literatura - com exercíciosRobson Bertoldo
 
Ideologia mais escolas literarias
Ideologia mais  escolas literariasIdeologia mais  escolas literarias
Ideologia mais escolas literariasUniesp
 
Contextualização literária de "Os Maias"
Contextualização literária de "Os Maias"Contextualização literária de "Os Maias"
Contextualização literária de "Os Maias"Rita Costa
 
Literatura informativa
Literatura informativaLiteratura informativa
Literatura informativaSolrac Solrac
 
3º-ano-Literatura-material-complementar-Escolas-Literárias-Linha-do-Tempo-sem...
3º-ano-Literatura-material-complementar-Escolas-Literárias-Linha-do-Tempo-sem...3º-ano-Literatura-material-complementar-Escolas-Literárias-Linha-do-Tempo-sem...
3º-ano-Literatura-material-complementar-Escolas-Literárias-Linha-do-Tempo-sem...mariaArajo934492
 
Quadro geral do desenvolvimento das literaturas portuguesa e
Quadro geral do desenvolvimento das literaturas portuguesa eQuadro geral do desenvolvimento das literaturas portuguesa e
Quadro geral do desenvolvimento das literaturas portuguesa eJomari
 
Introdução ao romantismo
Introdução ao romantismoIntrodução ao romantismo
Introdução ao romantismoma.no.el.ne.ves
 
Literatura%20Brasileira-Artes[1].pptx
Literatura%20Brasileira-Artes[1].pptxLiteratura%20Brasileira-Artes[1].pptx
Literatura%20Brasileira-Artes[1].pptxEdilsonSarrazim
 
Modernismo em Portugal - características e revistas Orpheu e Presença
Modernismo em Portugal - características e revistas Orpheu e PresençaModernismo em Portugal - características e revistas Orpheu e Presença
Modernismo em Portugal - características e revistas Orpheu e PresençaLuiz Felipe
 
Língua portuguesa
Língua portuguesaLíngua portuguesa
Língua portuguesaLucas Alan
 
ESCOLAS LITERÁRIAS.ppt
ESCOLAS LITERÁRIAS.pptESCOLAS LITERÁRIAS.ppt
ESCOLAS LITERÁRIAS.pptCsarMarin3
 
revisc3a3o-literc3a1ria.ppt
revisc3a3o-literc3a1ria.pptrevisc3a3o-literc3a1ria.ppt
revisc3a3o-literc3a1ria.pptMaiteFerreira4
 

Semelhante a Revisão de literatura para o ENEM.pptx (20)

Parnasianismo
ParnasianismoParnasianismo
Parnasianismo
 
Modernismo em portugal e fernando pessoa
Modernismo em portugal e fernando pessoaModernismo em portugal e fernando pessoa
Modernismo em portugal e fernando pessoa
 
Revisão literatura - com exercícios
Revisão literatura - com exercíciosRevisão literatura - com exercícios
Revisão literatura - com exercícios
 
Ideologia mais escolas literarias
Ideologia mais  escolas literariasIdeologia mais  escolas literarias
Ideologia mais escolas literarias
 
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
Simbolismo
 
Contextualização literária de "Os Maias"
Contextualização literária de "Os Maias"Contextualização literária de "Os Maias"
Contextualização literária de "Os Maias"
 
Modernismo em Portugal
Modernismo em PortugalModernismo em Portugal
Modernismo em Portugal
 
Revisão literatura
Revisão   literaturaRevisão   literatura
Revisão literatura
 
Literatura informativa
Literatura informativaLiteratura informativa
Literatura informativa
 
3º-ano-Literatura-material-complementar-Escolas-Literárias-Linha-do-Tempo-sem...
3º-ano-Literatura-material-complementar-Escolas-Literárias-Linha-do-Tempo-sem...3º-ano-Literatura-material-complementar-Escolas-Literárias-Linha-do-Tempo-sem...
3º-ano-Literatura-material-complementar-Escolas-Literárias-Linha-do-Tempo-sem...
 
Quadro geral do desenvolvimento das literaturas portuguesa e
Quadro geral do desenvolvimento das literaturas portuguesa eQuadro geral do desenvolvimento das literaturas portuguesa e
Quadro geral do desenvolvimento das literaturas portuguesa e
 
Resumo de literatura
Resumo de literaturaResumo de literatura
Resumo de literatura
 
Escola literaria.ppt
Escola literaria.pptEscola literaria.ppt
Escola literaria.ppt
 
Introdução ao romantismo
Introdução ao romantismoIntrodução ao romantismo
Introdução ao romantismo
 
Slides barroco
Slides barrocoSlides barroco
Slides barroco
 
Literatura%20Brasileira-Artes[1].pptx
Literatura%20Brasileira-Artes[1].pptxLiteratura%20Brasileira-Artes[1].pptx
Literatura%20Brasileira-Artes[1].pptx
 
Modernismo em Portugal - características e revistas Orpheu e Presença
Modernismo em Portugal - características e revistas Orpheu e PresençaModernismo em Portugal - características e revistas Orpheu e Presença
Modernismo em Portugal - características e revistas Orpheu e Presença
 
Língua portuguesa
Língua portuguesaLíngua portuguesa
Língua portuguesa
 
ESCOLAS LITERÁRIAS.ppt
ESCOLAS LITERÁRIAS.pptESCOLAS LITERÁRIAS.ppt
ESCOLAS LITERÁRIAS.ppt
 
revisc3a3o-literc3a1ria.ppt
revisc3a3o-literc3a1ria.pptrevisc3a3o-literc3a1ria.ppt
revisc3a3o-literc3a1ria.ppt
 

Mais de CAMILACRISTINASILVAB

Livro, leitura, educação, aprendizado...
Livro, leitura, educação, aprendizado...Livro, leitura, educação, aprendizado...
Livro, leitura, educação, aprendizado...CAMILACRISTINASILVAB
 
Ciranda da leitura. Educação. informação. leitura.
Ciranda da leitura. Educação. informação. leitura.Ciranda da leitura. Educação. informação. leitura.
Ciranda da leitura. Educação. informação. leitura.CAMILACRISTINASILVAB
 
intertextualidade-oficial-170430014312 (1)2.pdf
intertextualidade-oficial-170430014312 (1)2.pdfintertextualidade-oficial-170430014312 (1)2.pdf
intertextualidade-oficial-170430014312 (1)2.pdfCAMILACRISTINASILVAB
 
Oxítona, paroxítona e proparoxítona.pptx
Oxítona, paroxítona e proparoxítona.pptxOxítona, paroxítona e proparoxítona.pptx
Oxítona, paroxítona e proparoxítona.pptxCAMILACRISTINASILVAB
 
oracoes-subordinadas-adverbiais (3º ano).ppt
oracoes-subordinadas-adverbiais (3º ano).pptoracoes-subordinadas-adverbiais (3º ano).ppt
oracoes-subordinadas-adverbiais (3º ano).pptCAMILACRISTINASILVAB
 

Mais de CAMILACRISTINASILVAB (19)

Livro, leitura, educação, aprendizado...
Livro, leitura, educação, aprendizado...Livro, leitura, educação, aprendizado...
Livro, leitura, educação, aprendizado...
 
Ciranda da leitura. Educação. informação. leitura.
Ciranda da leitura. Educação. informação. leitura.Ciranda da leitura. Educação. informação. leitura.
Ciranda da leitura. Educação. informação. leitura.
 
Concordância verbal.pdf
Concordância verbal.pdfConcordância verbal.pdf
Concordância verbal.pdf
 
Aula intertextualidade.pptx
Aula intertextualidade.pptxAula intertextualidade.pptx
Aula intertextualidade.pptx
 
ENEM-AULÃO- Com tema.pptx
ENEM-AULÃO- Com tema.pptxENEM-AULÃO- Com tema.pptx
ENEM-AULÃO- Com tema.pptx
 
FUNÇÃO DA LINGUAGEM 2.pptx
FUNÇÃO DA LINGUAGEM 2.pptxFUNÇÃO DA LINGUAGEM 2.pptx
FUNÇÃO DA LINGUAGEM 2.pptx
 
intertextualidade-oficial-170430014312 (1)2.pdf
intertextualidade-oficial-170430014312 (1)2.pdfintertextualidade-oficial-170430014312 (1)2.pdf
intertextualidade-oficial-170430014312 (1)2.pdf
 
Passo a Passo ENEM.pptx
Passo a Passo ENEM.pptxPasso a Passo ENEM.pptx
Passo a Passo ENEM.pptx
 
Acentuação - 2.pptx
Acentuação  - 2.pptxAcentuação  - 2.pptx
Acentuação - 2.pptx
 
Modernismo - 1ª Geração.docx
Modernismo - 1ª Geração.docxModernismo - 1ª Geração.docx
Modernismo - 1ª Geração.docx
 
Acentuação - 2.pptx
Acentuação  - 2.pptxAcentuação  - 2.pptx
Acentuação - 2.pptx
 
esquentaenem.pptx
esquentaenem.pptxesquentaenem.pptx
esquentaenem.pptx
 
Revisão de redação - ENEM.pptx
Revisão de redação - ENEM.pptxRevisão de redação - ENEM.pptx
Revisão de redação - ENEM.pptx
 
Oxítona, paroxítona e proparoxítona.pptx
Oxítona, paroxítona e proparoxítona.pptxOxítona, paroxítona e proparoxítona.pptx
Oxítona, paroxítona e proparoxítona.pptx
 
ENEM-AULÃO- Com tema.pptx
ENEM-AULÃO- Com tema.pptxENEM-AULÃO- Com tema.pptx
ENEM-AULÃO- Com tema.pptx
 
Redação - Enem.pptx
Redação - Enem.pptxRedação - Enem.pptx
Redação - Enem.pptx
 
oracoes-subordinadas-adverbiais (3º ano).ppt
oracoes-subordinadas-adverbiais (3º ano).pptoracoes-subordinadas-adverbiais (3º ano).ppt
oracoes-subordinadas-adverbiais (3º ano).ppt
 
FUNÇÕES DA LINGUAGEM (1).ppt
FUNÇÕES DA LINGUAGEM (1).pptFUNÇÕES DA LINGUAGEM (1).ppt
FUNÇÕES DA LINGUAGEM (1).ppt
 
Colocação Pronominal.ppt
Colocação Pronominal.pptColocação Pronominal.ppt
Colocação Pronominal.ppt
 

Último

1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;azulassessoriaacadem3
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfRuannSolza
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...azulassessoriaacadem3
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 

Último (20)

1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 

Revisão de literatura para o ENEM.pptx

  • 2. LITERATURADEINFORMAÇÃO (QUINHENTISMO) • SÉC. XIV • T emesse nomepelo fato das manifestaçõesliterárias se iniciaremno ano de 1500 que foi épocada colonizaçãoportuguesa. • Aformaçãoda literatura era dada como base as literaturas europeias (portuguesas), logo nãohaviaproduçãodeliteratura ligadaaoBrasil. Noentanto, aopassardosanos,a literatura deinformaçãoedosjesuítas, foi dandolugaradenotaçãodavisãodosartistas brasileiros. • Carta de PeroVazde Caminha: Valorizaas aventuras marítimas eas suas conquistas. • PRINCIPALAUTOR:JOSÉDEANCHIETA
  • 3. BARROCO(SEISCENTISMO) NOBRASIL • SÉC. XVI – XVII (1600– 1700) • Barrocopara alguns autores deriva da palavra ‘’Verruca’’, do latim que significa elevação daterrenoemsuperfícielisa. • T eveinicio emPortugal comaunificaçãodapenínsulaibérica(intensainfluência espanhola). Já no Brasil teve início em1601 com a publicação do poemaProsopopeia (BentoTeixeira) • Classificaçãodos estilos literários: Cultismo(Gongorismo):Caracterizado pela língua culta, rebuscada.// Conceptismo(Quevedismo): Caracterizado pelo jogo de ideias, ligado ao conteúdo,raciocínio lógico. • PRINCIPAISAUTORES:PADREANTÔNIOVIEIRA, GREGÓRIODEMA TOS.
  • 4. ARCADISMO(NEOCLASSICISMO) • SÉC. XVIII (SÉCDASLUZES) • NaépocaestavaocorrendoaRevoluçãoIndustrial, mudandoassimsua cenae passando aserumanovacorrente filosófica, tendocomobaseosfundamentosiluministas. Acreditavam na bondade do ser humanoe na equivalência dos povos. • Outras características: Racionalismo,exaltação da natureza, imitação dos antigos, preocupaçãocomo homemnatural. • PRINCIPAISAUTORES:CLÁUDIOMANOELDACOSTA,TOMÁSANTÔNIO GONZAGA,BASÍLIO DEGAMA, FREIJOSÉDESANTARITADURÃO.
  • 5. ROMANTISMO1ª, 2ª, 3ª GERAÇÃO • 1ª GERAÇÃO:Busca a definição de uma identidade nacional. • Características: Exaltação da natureza, Indios, Religiosidade, Sentimento Nacionalista. • PRINCIPAISAUTORES: GONÇALVESMAGALHÃES,GOLÇALVESDIAS. • 2ª GERAÇÃO:Conhecidacomo Mal do Século ou Ultrarromântico. • Características: Egocentrismo e subjetivismo, auto piedade, depressão, masoquismo, desejode morte. • PRINCIPAISAUTORES:ÁLVARESDEAZEVEDO,CASIMIRO DEABREU,FAGUNDES VARELA, • 3ª GERAÇÃO:Poesiascondoreiras ou de cunhossociais. • Características: Literatura social engajada com as causas revolucionárias. • PRINCIPAISAUTORES:CASTROALVES, JORGEAMADO, SOUSÂNDRADE.
  • 6. NATURALISMO • Características:Acreditavam que o indivíduo é mero produto da hereditariedade e seu comportamento éfruto domeioemquevive. Exploravamtemascomoo homossexualismo,o incesto, o desequilíbrio que leva a loucura. • PRINCIP AISAUTORES: EÇADEQUEIRÓS,ALUÍZIODEAZEVEDO.
  • 7. PARNASIANISMO • Surgiu na França emoposição às escolas literárias Realismo eNaturalismo, opondo-se a prosa, jáque foi ummovimentopoético. • Características: Arte pela arte (sem influências da realidade nas formas ou conteúdos), objetividade, culto da forma, impessoalidade, racionalismo, enfoque sensual da mulher, vocabulárioculto, preocupaçãoformal. • PRINCIPAISAUTORES:OLA VOBILAC,ALBERTODEOLIVEIRA,RAIMUNDO CORREIA, VICENTEDECARV ALHO.
  • 8. SIMBOLISMO • Surge emmeio à divisão social entre as classes burguesa e proletária, as quais surgiram o avanço tecnológico, advindoa revolução industrial. • OSIMBOLISMONÃOÉCONSIDERADOUMAESCOLALITERÁRIA. • Características:Morte,transcendênciaespiritual, aintegração cósmica,omistério,o sagrado, angustia e sublimaçãosexual, aescravidão e uma verdadeira obsessãopor brilhose pelacor branca. • PRINCIPAISAUTORES:CRUZESOUSA, EUGÊNIODECASTRO.
  • 9. MODERNISMO • ASemanadeArte Moderna(1922) é consideradao marco inicial do Modernismo Brasileiro. • Osmodernistasridicularizavamoparnasianismo,movimentoartístico emvoganaépoca quecultivavam umapoesiaformal. Osmodernistaspropunhamumarenovaçãoradicalna linguagemenosformatos, marcandoarupturadefinitiva comaartetradicional. O modernismoteve três fases. Suaprimeira fase de 1922 até 1930, segunda fase 1930 até 1945e a terceirafase de 1945até 1960 • 1ª FASE:Caracterizou-se pelas tentativas de solidificação do movimento renovador. Lançamento de 4 movimentos culturais (Pau-Brasil, Verde-Amarelo,Antropofagia eAnta) • PRINCIPAISAUTORES:MARIOEOSWALDDEANDRADE,MANUELBANDEIRA. • 2ª FASE:Caracterizou-se pela denuncia. Naprosa houve preferências por temas nacionais, regionalismo, uma linguagem mais brasileira (encontro do escritor como povo) • PRINCIPAISAUTORES:GRACILIANORAMOS,JOSÉREGO,JORGEAMADO.
  • 10. • 3ª FASE(Pós-Moderna):T emcomo característica a prosa urbana (contos que conflituam o indivíduo e o meio social), prosa intimista (sondagem psicológica), prosa regionalista. • PRINCIPAISAUTORES:CLARICELISPECTOR,ARIANOSUASSUNA,GUIMARÃES ROSA,ANTÔNIOOLINTO.