RESOLUÇÃO APOSTILAEXERCÍCIOS REVISÃO PARA P2 – ADM. FINANCEIRA –
PROFA. MILAVIANA
Questão 01) No primeiro dia útil do ano ...
(), premindo a tecla de média (x), que está em azul, sob a tecla do zero (g 0). Para
chegar ao desvio-padrão (), prima a...
Questão 05)
A ação “D” tem desvio-padrão de 20% e coeficiente beta de 0,95, enquanto que, na
mesma data e com o mesmo esco...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Resolucao apostila exercicios_revisao_para_p2

115 visualizações

Publicada em

resoluçao

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Resolucao apostila exercicios_revisao_para_p2

  1. 1. RESOLUÇÃO APOSTILAEXERCÍCIOS REVISÃO PARA P2 – ADM. FINANCEIRA – PROFA. MILAVIANA Questão 01) No primeiro dia útil do ano retrasado, a ação da FFF – Frigideira Fria Frita S/A estava cotada a R$ 23,20. Um ano depois, ela já estava cotada a R$ 25,52. No início deste ano, a ação voltou a ser cotada a R$ 23,20. Analise o comportamento histórico dos retornos da FFF S/A: Qual o retorno anual em cada um dos dois últimos anos? Qual a média aritmética dos retornos anuais? Análise: Ano Preço % anual Acumulado X1 R$ 23,20 N/A 1,0000 X2 R$ 25,52 10,00% 1,1000 X3 R$ 23,20 – 9,09% 1,0000 Logo, a média dos retornos foi de 0,4545% ao ano Questão 02) Considere aseguinteevoluçãodosretornosanuaishistóricosdosseguintes índices: Ano Ibovespa TecidosGuaranyS/A MineraçãoVegetal S/A X1 10,91% 3,43% 13,14% X2 - 3,41% - 0,21% 8,41% X3 23,18% 13,55% 25,15% X4 4,74% 6,00% 11,02% X5 19,98% 13,15% 23,41% X6 39,55% 20,47% 33,33% X7 - 25,98% - 9,98% - 9,98% Análise: Indicadores Ibovespa Tec. Guarany Min. Vegetal Média 9,85% aa 6,63% aa 14,93% aa Variância (s2 ) 4,42% aa 1,03% aa 1,99% aa Des. padrão (s) 21,01% aa 10,13% aa 14,12% aa A carteira que tem o maior risco total é a Ibovespa (maior desvio-padrão e variância). A Guarany promete um retorno esperado menor do que o mercado, mas tem o menor riscodas três. AVegetal oferece o melhor retorno e um riscoassociado menor do que a carteira de mercado. Como calcular ,  e 2 pela HP12C®: Uma questão comum é como calcular a média, o desvio-padrão e a variância pela HP 12C. Vamos pegar, por exemplo, a coluna da série histórica do IBOVESPA. Limpe a calculadora (f CLx) e formate para 4 casas decimais (f 4). A partir do ano “X1” digite cada valor e pressione a tecla de somatório (+) logo a seguir, um valor e a tecla de somatório (+). Repita esta ação até que todos os 7 valores sejam inseridos. Após inserir o último valor da série (– 25,98%) peça para calcular a média
  2. 2. (), premindo a tecla de média (x), que está em azul, sob a tecla do zero (g 0). Para chegar ao desvio-padrão (), prima a tecla do desvio-padrão (s), que está em azul, sob a tecla do ponto (g .). CUIDADO: se você digitar os valores em decimais, os resultados virão em decimais; mas se você digitar os valores em percentuais (multiplicando por 100), achará o resultado em percentual. Para se obter a variância, devemos elevar o desvio-padrão ao quadrado (2). CUIDADO: se você digitou os valores em percentuais, ao elevar o desvio-padrão () ao quadrado, achará um resultado 10.000 vezes maior (x 100 x 100). Questão 03 ) Um investidor está posicionado em ações da Vale do Rio Salgado, cujo retorno esperado é de 16,61% ao ano e o coeficiente beta é de 1,23. Consultando o site de sua corretora, ele constata os seguintes dados: Opção de investimento Coef. Beta Retornos Letras do Tesouro Nacional (LTN) 0,00 8,00% aa IBOVESPA 1,00 15,00% aa Petroalquimia S/A 1,10 15,70% aa Tecelagens Qright S/A 0,77 13,39% aa Remanso Informática S/A 1,85 21,95% aa Analise a carteira de investimentos desse investidor: Qual o nível de risco não sistêmico de sua carteira atual? Qual o nível de risco sistêmico de sua carteira? Caso se queira diluir o risco da carteira ao nível de mercado, qual ação você recomendaria aplicar? Avaliação: a) É o risco da concentração do investimento em um único ativo. O risco do papel fica atrelado ao risco do mercado de mineração, do preço internacional de seus produtos e da empresa em si; b) A ação é 23% mais arriscada (ou volátil) do que o mercado; c) O ideal seria reduzir o risco alavancado do papel, hoje em 1,23 do mercado (), por ativos (ações) que ofereçam menos volatilidade em relação ao mercado, isto é, com coeficiente  inferior a 1 – melhor opção dentre as ofertadas é a ponderação de valores da carteira com uma posição em Qright; Questão 04) Considere os seguintes dados para análise: Probabilidade de Retorno esperado da ação Estado da economia Ocorrer o estado Ação “A” Ação “B” Recessão 20% - 15% 20% Normal 50% 20% 30% Crescimento acentuado 30% 60% 40% Responda: Quais os retornos esperados de cada ação? Qual o nível de risco de cada papel, medido pelo desvio-padrão dessas duas ações? Supondo que você tenha um total de R$ 20 mil para investir e decidisse colocar R$ 15 mil na ação “A” e o restante em “B”, qual seria o seu retorno esperado? E o nível de risco dessa carteira, medido pelo desvio-padrão?
  3. 3. Questão 05) A ação “D” tem desvio-padrão de 20% e coeficiente beta de 0,95, enquanto que, na mesma data e com o mesmo escopo de apuração, a ação “G” apresenta desvio- padrão de 12% e coeficiente beta de 1,45. Qual ação possui: (a) o maior risco sistemático; (b) o maior risco não sistemático (c) o maior risco total. Pela teoria do risco, o risco de uma ação é a soma do risco sistemático com o seu risco não sistemático. Uma vez que o desvio-padrão determina o risco total e o coeficiente beta, o risco sistemático, podemos afirmar que o risco não sistemático está contido na diferença entre eles. Assim, a ação “D” possui o maior risco total ( = 20%) e o menor risco sistemático ( = 0,95). Logo, oferece o maior risco não sistemático. Exercício 11: 1- Certo 2- Certo 3- Certo 4- Certo 5- Errado 6- Errado 7- Errado 8- Certo 9- Certo 10- Errado 11- Certo 12- Certo 13- Errado 14- Certo 15- Errado 16- Certo

×