Movimentação de gás natural na fase gasosa

609 visualizações

Publicada em

Principais aspectos da movimentação de gás natural na fase gasosa por gasodutos e gás natural comprimido (GNC)

Publicada em: Engenharia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
609
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Movimentação de gás natural na fase gasosa

  1. 1. Movimentação de Gás Natural na fase gasosa Adriano Barbosa de Sant’Ana Cristiano de Oliveira Nogueira Leonardo da Silva Ferreira Rodrigo Gomes Mourão
  2. 2. O gás natural é movimentado por vários atores da cadeia produtiva, desde a área de produção até as redes de distribuição das empresas concessionárias estaduais. A cada transferência de custodia entre os atores da cadeia, a responsabilidade pela qualidade e quantidade do gás entregue passa de um a outro participante, até a efetiva entrega ao consumidor final.
  3. 3. A etapa de transporte do gás natural é uma etapa que envolve um custo relativamente alto no preço final desse gás. Existem diferentes maneiras em atividade de se transportar esse gás natural, uma delas é na forma gasosa. O transporte na fase gasosa pode ser realizado a alta pressão, comprimido a 230kgf/cm², e a temperatura ambiente, em cilindros através de barcaças ou de caminhões tanques, quando o volume demandado é pequeno e a distância envolvida é relativamente curta. Para grandes volumes e em regime de operação contínua, o ideal é utilizar-se de gasodutos que operam a pressão de 120kgf/cm², por ser econômico e confiável.
  4. 4. MOVIMENTAÇÃO DE GÁS NATURAL ATRAVÉS DE GASODUTOS O gasoduto é um método muito eficiente para o transporte de gás, porém não é um método flexível, já que o gás deixa sua fonte e chega ao seu único destino. A pressão dos gasodutos em geral está na faixa 40-100 bar. O custo de instalação dos gasodutos gira em torno de US$ 15-70 metropol, às vezes mais caros, dependendo do terreno além das estações de compressão, dessa forma a distância se torna um fator muito importante no custo final da linha.
  5. 5. Os sistemas de transporte de gás por duto envolvem os seguintes segmentos principais Estação de Compressão: Para manter o nível de pressão pré-estabelecido e compensar as perdas de carga causadas pelo consumo e pelo atrito do gás com a parede interna do próprio duto, são dimensionados e distribuídos vários sistemas de compressão por turbinas a gás ou motores elétricos ao longo da rede. Estação de Redução de Pressão e de Medição: São compostas por válvulas de redução de pressão, de bloqueio automático e/ou alívio de pressão, são instaladas nos pontos de entrega com o objetivo de adequar a pressão para o uso, ou seja, limitar a pressão entre a máxima e a mínima contratada. Sistema de Supervisão e Controle: pode ser simples ou complexo, ou seja, as informações das grandezas monitoradas e os acionamentos dos comandos podem ser disponíveis somente no local, ou serem também à distância, que além de tele- supervisionar a rede, possibilita interferir em sua configuração através de comandos acionados remotamente.
  6. 6. Dentre os principais gasodutos, encontra-se o Gasbol que liga a Bolívia ao sul e sudeste brasileiro, passando por 135 cidades brasileiras em seus 3.000 km de extensão. Existe ainda o Gasoduto Uruguaiana-Porto Alegre. Este duto foi criado pela TSB para fornecer gás natural ao Estado do Rio Grande do Sul e interligar as principais bacias gasíferas do Brasil, da Argentina e da Bolívia. O empreendimento tem 615 km de extensão.
  7. 7. MOVIMENTAÇÃO DE GÁS NATURAL ATRAVÉS DE GNC O transporte do GNC é possível graças à redução do volume do gás através da sua compressão, ocupando um volume cerca de 268 vezes menor que o volume ocupado nas condições normais. O sistema de Compressão, é composto por uma base de compressão, onde o gás natural é comprimido a uma pressão de 250 bar, um sistema de medição, uma unidade de armazenamento e transporte composta por carretas-feixe próprias para o transporte do gás natural em cilindros de alta pressão, plataformas de carregamento e descarregamento, e uma unidade de descompressão .
  8. 8. Uma opção tecnológica interessante para atendimento de postos GNV são as “estações mãe e filha”. Neste sistema, as estações filhas, que são carretas que se deslocam entre uma estação de compressão mãe e o mercado final, são deixadas no mercado consumidor (posto de GNV por exemplo). Enquanto isso, o caminhão retorna com a outra carreta vazia até a estação de compressão mãe para o reabastecimento, sendo assim o transporte de GNC é uma grande opção para o desenvolvimento de novos mercados, com inúmeros clientes potenciais. Este público alvo seria os consumidores de pequenos volumes impedidos de serem atendidos.
  9. 9. Gasoduto Vantagens Desvantagens • Permite o escoamento de grande volume de combustível de maneira segura; • Não está sujeito as condições atmosféricas; •Máxima regularidade no abastecimento ao permitir fluxo contínuo; • Baixos custos operacionais; • Menos risco de poluição; • Menores custo de transporte de líquido, em média e longa distância. • Inflexibilidade quanto à rota de distribuição; • Dificuldade de alterar a capacidade de escoamento; • Dificuldade de armazenamento de energia; • Elevado custo de infraestrutura; • Destruição dos ecossistemas.
  10. 10. GNC Vantagens Desvantagens • Criação de novos mercados em localidades não servidos por gasoduto, possibilitando a utilização do Gás Natural em substituição a outros combustíveis; • Menor tempo de construção e menor custo de investimento da estação de compressão ; • Menor burocracia para sua implementação; • Menor custo de transporte em curta distância. • Distância de transporte limitada em torno de 250 km; • Menor volume de GN transportado em comparação as outras alternativas de transporte ; • Maior risco de acidentes.
  11. 11. Características importantes do gás natural são os baixos índices de emissão de poluentes em comparação a outros combustíveis fósseis, rápida dispersão em caso de vazamentos, os baixos índices de odor e de contaminantes. Apresenta maior flexibilidade, tanto em termos de transporte como de aproveitamento, baixo custo, queima limpa e alta disponibilidade. Além de redes internas no Brasil de transporte de gás natural, há um grande investimento em extensão de gasoduto interligada entre Brasil e Bolívia, o GASBOL, que devido a esta parceria, pode-se criar a grande usina elétrica a gás, UEGA, que é o primeiro empreendimento produtor independente de energia elétrica construído no Paraná. O gasoduto é uma forma de transportar o gás em áreas de difícil acesso e grandes extensões, no entanto, em lugares onde esse transporte não é possível, é utilizado o gás natural comprimido, GNC, que se apresenta como solução viável da rede de distribuição até consumidor final, tornando uma alternativa mais prática, ou mais viável para o mercado. CONCLUSÕES
  12. 12. Perguntas
  13. 13. 1) Qual transporte é uma grande opção para o desenvolvimento de novos mercados, com inúmeros clientes potenciais? GNC- Gás Natural Comprimido 2) Quais são os principais segmentos do sistema de transporte de gás por dutos? Estação de Compressão, Estação de Redução e Pressão e Medição e Sistema de Supervisão e Controle. 3) Cite 2 vantagens e desvantagens da utilização de dutos: Vantagens: Permite o escoamento de grande volume de combustível de maneira segura; Máxima regularidade no abastecimento ao permitir fluxo contínuo Desvantagens: Dificuldade de armazenamento; Elevado custo de infraestrutura. 4) Qual gasodutos liga a Bolívia ao sul e sudeste brasileiro, passando por 135 cidades brasileiras em seus 3.000 km de extensão? Gasbol. 5) Qual seria o público alvo do transporte de GNC ? Os consumidores de pequenos volumes impedidos de serem atendidos, por razões econômicas, pela construção de um novo gasoduto ou pela ampliação das redes de distribuição.
  14. 14. Obrigado pela atenção!

×