Geografia. 9º ano.
Trabalho elaborado por: Iva
Leão. 9ºG. Nº9.
Professora: Teresa Dias.
Disciplina: Geografia.
Introdução
O trabalho que vou apresentar tem como tema os transportes
tubulares (o tema que me foi atribuído pela professo...
Transportes
As infraestruturas de
transportes como estradas,
pontes, túneis, vias férreas,
aeroportos, portos
marítimos e ...
Transportes Terrestres Tubulares
O transporte de energia, por condutas
tubulares, tem sido incrementado ao longo do século...
Fig.5 – Áreas produtoras e comércio de petróleo e de gás natural por
por oleodutos e gasodutos, em 1999.
Geografia. 9º ano...
Vantagens na utilização de
transportes tubulares
• Forma mais segura de transportar energias por terra;
• Menor risco de p...
Desvantagens na utilização de
transportes tubulares
• Dificuldade de armazenamento de energia;
• Dificuldade em alterar o ...
História As primeiras condutas terão sido provavelmente construídas na China, por
volta do ano 500 aC. A sua utilidade ser...
Processos do Transporte Tubular
1- Injeção inicial do produto
Estações onde é feita a introdução do produto na linha de tr...
Conclusão
Geografia. 9º ano.
Com este trabalho pude concluir que existem vários tipos
de transportes. Relativamente aos tu...
Bibliografia
• http://www.meiosdetransportes.xpg.com.br/photo.
htm;
• http://www.prof2000.pt/users/elisabethm/pagina11
/in...
Trabalho para geografia   transportes tubulares. iva leão. 9º g.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trabalho para geografia transportes tubulares. iva leão. 9º g.

4.484 visualizações

Publicada em

Transportes tubulares - vantagens e desvantagens, principais utilidades e evolução

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.484
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho para geografia transportes tubulares. iva leão. 9º g.

  1. 1. Geografia. 9º ano. Trabalho elaborado por: Iva Leão. 9ºG. Nº9. Professora: Teresa Dias. Disciplina: Geografia.
  2. 2. Introdução O trabalho que vou apresentar tem como tema os transportes tubulares (o tema que me foi atribuído pela professora) e tem como principais objetivos explicar o que é esse tipo de transporte, as suas vantagens e desvantagens e as suas principais utilidades. Pretendo com este trabalho evidenciar a utilidade dos transportes tubulares ao longo da História e a sua evolução. Espero ser clara e objetiva na transmissão da informação mais importante. Geografia. 9º ano.
  3. 3. Transportes As infraestruturas de transportes como estradas, pontes, túneis, vias férreas, aeroportos, portos marítimos e fluviais têm contribuído para reduzir as distâncias, permitindo ultrapassar barreiras físicas como rios e montanhas, condicionando a acessibilidade das regiões e, por isso, o seu desenvolvimento económico e social. Fig.1 – Diversos meios de transporte. Geografia. 9º ano.
  4. 4. Transportes Terrestres Tubulares O transporte de energia, por condutas tubulares, tem sido incrementado ao longo do século XX, para transportar a longas distâncias o gás natural, através de gasodutos e o petróleo, através de oleodutos. Estes tipos de transporte de energia estão associados a um menor risco de poluição e a uma maior facilidade na distribuição e no acesso aos combustíveis: como permitem o escoamento de grandes volumes de combustíveis, são considerados como a melhor solução para o transporte do gás natural e do petróleo, desde os locais de origem, de extração ou portos, até às refinarias e unidades petroquímicas. As condutas tubulares são muito utilizadas na ligação entre os portos marítimos e os locais de destino. O transporte tubular pode ser dividido em: 1 - Oleodutos, cujos produtos transportados são, na sua grande maioria: petróleo, óleo combustível, gasolina, diesel, álcool, GLP, querosene e nafta, entre outros. 2 - Minerodutos, cujos produtos transportados são: Sal- gema, Minério de ferro e Concentrado Fosfático. 3 - Gasodutos, cujo produto transportado é o gás natural. O Gasoduto Brasil-Bolívia (3150 km de extensão) é um dos maiores do mundo. Esta modalidade de transporte tem-se revelado como uma das formas mais económicas de transporte para grandes volumes, principalmente de óleo, gás natural e derivados, especialmente quando comparados com os modais rodoviário e ferroviário. Fig.2 – Em cima: condutas tubulares. Em baixo: Ilustração de transporte tubular. Geografia. 9º ano. Tipos de transporte tubular de acordo com a sua finalidade No geral, os sistemas de transporte tubular podem ser classificados em três categorias, dependendo da sua finalidade: •Amontoado de tubulações (gathering pipelines) Grupo de pequenas tubulações interligadas formando redes complexas, com o objectivo de transportar crude e gás natural das proximidades de diferentes poços, para instalações de tratamento. Neste grupo, as tubulações são geralmente curtas, apenas umas centenas de metros, e com pequenos diâmetros. Também as condutas de recolha de produto provenientes das plataformas em águas profundas são consideradas um amontoado de tubulações. •Tubulações de transporte Principalmente longas tubagens com grandes diâmetros, que deslocam produtos (petróleo, gás, produtos petrolíferos) entre cidades, países e até mesmo continentes. Estas redes de transporte incluem estações de compressão nas linhas de transporte de gás, ou estações de bombeamento no caso do petróleo ou produtos petrolíferos. •Tubulações de distribuição Compostas por várias tubulações interligadas com pequenos diâmetros, usadas para levar o produto ao consumidor final. São linhas de distribuição do produto para residências e empresas. Condutas em terminais de distribuição de produtos para os reservatórios e instalações de armazenagem estão incluídas neste grupo. Fig.3 – Rede Europeia de gasodutos (em cima) e gasodutos em Portugal (em baixo).
  5. 5. Fig.5 – Áreas produtoras e comércio de petróleo e de gás natural por por oleodutos e gasodutos, em 1999. Geografia. 9º ano. Fig.5 – Áreas produtoras e comércio de petróleo e de gás natural por por oleodutos e gasodutos, em 1999.
  6. 6. Vantagens na utilização de transportes tubulares • Forma mais segura de transportar energias por terra; • Menor risco de poluição (pois os riscos de acidente e de derrame ou fuga são reduzidas); • Mais económico (relativamente ao transporte marítimo); • Menores custos de transporte de líquidos, a médias e longas distâncias; • Maior facilidade na distribuição e no acesso aos combustíveis; • Permitem o escoamento de grandes volumes de combustíveis; • É a melhor solução para o transporte de gás natural e de petróleo. • Reduzem o consumo de combustíveis fósseis, pois os motores acionadores das bombas e compressores usados neste modal são acionados, na maior parte das vezes, por energia elétrica que, no Brasil, é proveniente de usinas hidroelétricas. Geografia. 9º ano.
  7. 7. Desvantagens na utilização de transportes tubulares • Dificuldade de armazenamento de energia; • Dificuldade em alterar o percurso e a quantidade transportada (por exemplo, a Bielorrússia impediu, durante algumas semanas, o abastecimento de gás natural da Rússia para a Alemanha); • Destruição dos ecossistemas. Geografia. 9º ano.
  8. 8. História As primeiras condutas terão sido provavelmente construídas na China, por volta do ano 500 aC. A sua utilidade seria transportar o gás natural, proveniente dos poços de gás, para aquecer água salgada com o intuito de lhe retirar o sal. Seguiram-se anos de desenvolvimento do transporte tubular:  1859 - Por intermédio do “Coronel” Edwin Drake, em Titusville (Pensilvânia), e após a perfuração do primeiro poço de petróleo, começou-se a utilizar este tipo de transporte para a deslocação de produtos petrolíferos. Em duas décadas, a produção de petróleo cresceu de tal maneira que mais de 80% do consumo mundial de petróleo era fornecido pela Pensilvânia.  1863 – As primeiras descobertas de petróleo eram transportadas para as estações ferroviárias em barris de whisky agora convertidos em barris de petróleo, que por sua vez seriam transportados em carroças movidas por cavalos. Desde o início, o transporte era a chave para o sucesso, e os condutores das carroças, conhecidos na altura como teamsters, detinham o primeiro monopólio regional. Eles cobravam mais para mover um barril de petróleo durante 8 km a cavalo, do que todo o restante transporte ferroviário desde a Pensilvânia até à cidade de Nova Iorque. Os primeiros sistemas de tubagens eram curtos e muito primitivos e só poderiam ser úteis se os furos de petróleo estivessem próximos de tanques ou refinarias. Com o rápido aumento da procura do produto (geralmente querosene), surgiram mais poços e aumentou a necessidade de transporte dos produtos para o mercado. Foi então rapidamente necessário desenvolver a qualidade, e prolongar os sistemas de condutas e de tubagens. Fig.5- Edwin Drake. Fig.6 - Construção dos oleodutos da Refinaria Alberto Pasqualini (Refap), em Canoas, Rio Grande do Sul (1968).
  9. 9. Processos do Transporte Tubular 1- Injeção inicial do produto Estações onde é feita a introdução do produto na linha de transporte. 2- Distribuição parcial Estações onde é feita parte da distribuição do produto. 3- Bomba/Compressor Estações que abrigam as bombas e os compressores usados para mover o produto ao longo das tubagens. 4- Válvula de bloqueio É uma válvula utilizada para parar o fluxo do produto através das tubagens, e isolar um segmento da rede de tubos ou um componente do sistema. 5- Entrega final O trajeto do produto chega ao fim. O produto é entregue ao consumidor. Geografia. 9º ano. Fig.4- Processos do transporte tubular.
  10. 10. Conclusão Geografia. 9º ano. Com este trabalho pude concluir que existem vários tipos de transportes. Relativamente aos tubulares, sabemos que são estruturas cujo objetivo é o transporte de energias fundamentais para o desenvolvimento dos países, como o gás natural e o petróleo, e que continuam a desempenhar um papel importante na indústria do petróleo, providenciando segurança, fiabilidade e rentabilidade. À medida que as necessidades de energia aumentam e as populações tendem a instalar-se longe dos seus centros de abastecimento, o transporte tubular é essencial para que nos continue a chegar energia.
  11. 11. Bibliografia • http://www.meiosdetransportes.xpg.com.br/photo. htm; • http://www.prof2000.pt/users/elisabethm/pagina11 /inicial.htm; • http://www.slideshare.net/pedropeixoto76/gasodut os_8259187; • http://www.internationalforeigntrade.com/page.ph p?aid=278; • http://pt.wikipedia.org/wiki/Transporte_tubular. Geografia. 9º ano.

×