1º ano: Apostila 01 / Aula 06
Professor Claudio Henrique Ramos Sales
SOCIOLOGIA
 Identificar a propriedade privada como um dos
pilares da sociedade contemporânea;
 Identificar os processos de socializ...
Friedrich Engels:
o comunismo Primitivo
Friedrich Engels:
(A origem da família, da propriedade
privada e do Estado)
Analis...
 Cada um é proprietário dos seus
instrumentos necessários para
realizar suas tarefas
 A economia doméstica é
comunista:
...
 Na comparação com as chamadas comunidades
primitivas, alguns teóricos chegaram a distinguir a
“propriedade coletiva” da ...
Sociologia e a Propriedade
Sociologia:
Surge da busca pelo conhecimento
de nós mesmos e como nos
organizamos
A Propriedade...
Jusnaturalismo
John Locke:
 “Não haveria afronta se não
houvesse propriedade”
Jusnaturalismo:
 “Estado de Natureza”
 Di...
 Apesar de não haver consenso, muitos filósofos
iluministas refletiram sobre a importância da
propriedade.
 Alguns dizia...
Jusnaturalismo
Jean Jacques Rousseau:
 A partir do cultivo da terra surgiu a
propriedade individual e a partir
desta a de...
Nem todos concordam
 Considerado o pai do liberalismo, o filósofo inglês
John Locke (1632-1704) concebia a propriedade
pr...
Nem todos concordam
Outras Correntes liberais:
(Ex: Liberalismo Econômico)
 Só há liberdade diante da Propriedade!
 Refe...
 Socialização diz respeito ao processo em que o
indivíduo aprende a ser membro da sua
sociedade, assimilando suas regras ...
Socialização
 Processo pelo qual o individuo
aprende a ser membro de uma
sociedade !
 Socialização Primária:
# desde nos...
Socialização
 Socialização Secundária:
# são muitas
# variam conforme a época e as
pessoas que interagem e a classe
socia...
 O problema é que as socializações estão
relacionadas ao poder das instituições sociais e
todas as relações de dominação ...
Propriedade Privada e Dominação
 A socialização muitas vezes está
associada a formas de dominação
e a dominação se manife...
 Não nos cabe julgar o direito à propriedade, mas
entendê-la como forma de socialização.
 E como muitas vezes os process...
Aula 06 - Liberdade, propriedade, fraternidade
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula 06 - Liberdade, propriedade, fraternidade

1.003 visualizações

Publicada em

Aula 06 - Liberdade, propriedade, fraternidade

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.003
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
32
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 06 - Liberdade, propriedade, fraternidade

  1. 1. 1º ano: Apostila 01 / Aula 06 Professor Claudio Henrique Ramos Sales SOCIOLOGIA
  2. 2.  Identificar a propriedade privada como um dos pilares da sociedade contemporânea;  Identificar os processos de socialização para a reprodução das relações sociais.
  3. 3. Friedrich Engels: o comunismo Primitivo Friedrich Engels: (A origem da família, da propriedade privada e do Estado) Analise as comunidades primitivas: Divisão do trabalho é espontânea e só existe entre os dois sexos:  Homens = guerra, encontra alimento (produz os instrumentos)  Mulheres = casa, prepara o alimento e confecciona as roupas Friedrich Engels 1820 — 1895
  4. 4.  Cada um é proprietário dos seus instrumentos necessários para realizar suas tarefas  A economia doméstica é comunista: o restante é feito e utilizado em comum – casa, canoas, horta.  A propriedade é fruto do trabalho pessoal!!!  Hoje, também é assim? Friedrich Engels: o comunismo Primitivo
  5. 5.  Na comparação com as chamadas comunidades primitivas, alguns teóricos chegaram a distinguir a “propriedade coletiva” da “propriedade fruto do trabalho pessoal” e a “propriedade dos meios de produção”.  Existem diferenças entre as casas, canoas, hortas (propriedade coletiva), armas, utensílios de caça e caseiros (fruto do trabalho pessoal) e a posse da terra e dos recursos naturais como um todo.
  6. 6. Sociologia e a Propriedade Sociologia: Surge da busca pelo conhecimento de nós mesmos e como nos organizamos A Propriedade Privada é um fato social que se mantém institucionalizado nos últimos anos pela repetição e aceitação coletiva! A Vênus no Espelho Diego Velazquez (1599 -1660)
  7. 7. Jusnaturalismo John Locke:  “Não haveria afronta se não houvesse propriedade” Jusnaturalismo:  “Estado de Natureza”  Direito Natural: sistema de normas anterior e superior ao Sistema Positivo (sistema de Leis estabelecido pelo Estado).  Em caso de conflito deveria prevalecer o Direito Natural.
  8. 8.  Apesar de não haver consenso, muitos filósofos iluministas refletiram sobre a importância da propriedade.  Alguns diziam que só poderia haver liberdade se o direito à propriedade fosse garantido;  Outros defendem que a propriedade é fonte de injustiças e que, o homem só pode ser livre se for igual aos demais, como afirmou Jean-Jacques Rousseau.
  9. 9. Jusnaturalismo Jean Jacques Rousseau:  A partir do cultivo da terra surgiu a propriedade individual e a partir desta a desigualdade, a concorrência, a rivalidade, o orgulho, a avareza, a inveja, a maldade, as lutas de classe, as guerras.  “O Homem é naturalmente bom”, mas o progresso e os conhecimentos que ele adquiriu o levaram a degradação.  O homem só pode ser livre se for igual! Jean-Jacques Rousseau 1712 — 1778
  10. 10. Nem todos concordam  Considerado o pai do liberalismo, o filósofo inglês John Locke (1632-1704) concebia a propriedade privada como um conceito central.  Para ele, o fundamento da propriedade estava no próprio homem, em sua capacidade de transformar a natureza pelo trabalho.  O cerne do conceito de propriedade em Locke é que ela é um direito natural, ou seja, já existia no estado de natureza, assim como o direito à vida e à liberdade.  Esta ideia tem fundamento lógico, pois sendo o indivíduo senhor de seu corpo, ele é igualmente proprietário dos frutos de seu trabalho.  Na filosofia política de Locke a propriedade é a principal razão para a construção da sociedade civil, para a instituição do governo civil, o fim principal da união dos homens em comunidades. John Locke 1632 - 1704
  11. 11. Nem todos concordam Outras Correntes liberais: (Ex: Liberalismo Econômico)  Só há liberdade diante da Propriedade!  Referente às questões econômicas, o liberalismo defendeu o direito à propriedade e o livre comércio.  O trabalho enquanto manifestação do esforço humano na busca da sobrevivência daria ao individuo o direito de posse sobre qualquer coisa obtida pelo fruto de suas ações.  Dessa maneira, a propriedade privada é vista no pensamento liberal como um direito natural do homem que age. Adam Smith 1723 — 1790
  12. 12.  Socialização diz respeito ao processo em que o indivíduo aprende a ser membro da sua sociedade, assimilando suas regras e valores.  Na socialização primária, temos a maneira pela qual o mundo é apresentado à criança nas interações com os adultos (pais, escola).  Ao longo da vida ocorrem outras tantas socializações secundárias, como profissionais, religiosas, políticas, etc.
  13. 13. Socialização  Processo pelo qual o individuo aprende a ser membro de uma sociedade !  Socialização Primária: # desde nosso nascimento # variam conforme a época e os adultos que interagem com a criança # são recebidos pelo indivíduo que está em formação como absolutos! # socialização por imitação
  14. 14. Socialização  Socialização Secundária: # são muitas # variam conforme a época e as pessoas que interagem e a classe social a que pertence # pode ser superficial (treinamentos) ou pode ser profunda (sacerdotes, seitas secretas, revolucionários) # também chamada de ressocialização # o indivíduo interage, participando (concordando ou não) com o novo modo de ver e ser social
  15. 15.  O problema é que as socializações estão relacionadas ao poder das instituições sociais e todas as relações de dominação nelas presentes.  Como vimos, a linguagem, a família e a propriedade privada são instituições que exercem coerções sobre os indivíduos.  Aprendemos a ser, a viver, a gostar diante de determinadas regras e imposições que nos parecem “normais”, “naturais”.
  16. 16. Propriedade Privada e Dominação  A socialização muitas vezes está associada a formas de dominação e a dominação se manifesta sob a forma da propriedade privada! Karl Marx: não há dominação sem a apropriação por uma “vontade alheia”; e não há apropriação sem a propriedade privada. A dominação provém da apropriação! Karl Heinrich Marx 1818 — 1883
  17. 17.  Não nos cabe julgar o direito à propriedade, mas entendê-la como forma de socialização.  E como muitas vezes os processos de socialização servem aos interesses dominantes, a propriedade privada também é usada para justificar desigualdades, injustiças. Mais uma vez vamos pensar no Brasil:  o Estado, os governos, a Justiça estão presentes da mesma maneira para todos os cidadãos?  Não existem grupos poderosos que acabam por consolidar privilégios em detrimento de muitos?  Pessoas de diferentes classes sociais possuem as mesmas oportunidades?

×