SlideShare uma empresa Scribd logo

Aulas 02 e 03 Elementos da Cartografia (Sistema Anglo)

Aulas 02 e 03 Elementos da Cartografia (Sistema Anglo)

1 de 69
Baixar para ler offline
Aulas 02 e 03 Elementos da Cartografia (Sistema Anglo)
Estudar os elementos da cartografia que são
usados na elaboração dos mapas
geográficos e que permitem os aspectos
geográficos que neles são representados.
Professor Henry
Os mapas são a mais antiga representação do pensamento
geográfico. Registros que mostram que eles existiam na
Grécia antiga e no Império Romano, entre outras
da Antiguidade. Os primeiros eram feitos de madeira,
esculpidos ou pintados, ou desenhados sobre a pele de
animais. Suas funções incluíam conhecer as áreas
dominadas e as possibilidades de ampliação das fronteiras,
demarcar territórios de caça e representar a visão de
que esses povos tinham. "Desde sempre, o homem registra
registra o espaço onde vive. Trata-se de uma necessidade
social", explica Marcello Martinelli, professor de Cartografia
Estratégica no Departamento de Geografia da
Universidade de São Paulo (USP).
Professor Henry
Professor Henry
1. OS DIFERENTES
TIPOS DE MAPAS
Professor Henry
O que é mapa?
Mapa é a representação de uma área geográfica ou parte da
superfície da Terra, desenhada ou impressa em uma superfície
plana.
Contém uma série de símbolos convencionais que representam os
diferentes elementos naturais, artificiais ou culturais de uma área
delimitada.
Professor Henry

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

AGRONEGOCIO NO BRASIL.pptx
AGRONEGOCIO NO BRASIL.pptxAGRONEGOCIO NO BRASIL.pptx
AGRONEGOCIO NO BRASIL.pptxOsneiCecchin
 
Geografia Do Brasil RegiõEs
Geografia Do Brasil   RegiõEsGeografia Do Brasil   RegiõEs
Geografia Do Brasil RegiõEsMateus Silva
 
Espaço geográfico
Espaço geográficoEspaço geográfico
Espaço geográficoCarminha
 
Atividade norte gabarito
Atividade norte gabaritoAtividade norte gabarito
Atividade norte gabaritoCBM
 
Escala cartografica
Escala cartograficaEscala cartografica
Escala cartograficapcnprafael
 
Escala geografica x cartografica aula 3
Escala geografica x cartografica   aula 3Escala geografica x cartografica   aula 3
Escala geografica x cartografica aula 3Luciano Pessanha
 
AULA 16 - PLANO CARTESIANO.ppt
AULA 16 - PLANO CARTESIANO.pptAULA 16 - PLANO CARTESIANO.ppt
AULA 16 - PLANO CARTESIANO.pptProfessorJooHlio
 
7º ano exercícios de revisão e fixação de conteúdos
7º ano    exercícios de revisão e fixação de conteúdos7º ano    exercícios de revisão e fixação de conteúdos
7º ano exercícios de revisão e fixação de conteúdosGoogle
 
Atividade de coordenadas geograficas
Atividade de coordenadas geograficasAtividade de coordenadas geograficas
Atividade de coordenadas geograficasGabriel Reis
 
Unidade 3 7º ano - População do Brasil
Unidade 3   7º ano - População do BrasilUnidade 3   7º ano - População do Brasil
Unidade 3 7º ano - População do BrasilChristie Freitas
 
Geo 7º ano m 1ª prova b 2ª etapa 2014.doc gabarito
Geo 7º ano m 1ª prova b 2ª etapa 2014.doc gabaritoGeo 7º ano m 1ª prova b 2ª etapa 2014.doc gabarito
Geo 7º ano m 1ª prova b 2ª etapa 2014.doc gabaritoCBM
 
Estado nação - país - território - etnia - raça
Estado   nação - país - território - etnia - raçaEstado   nação - país - território - etnia - raça
Estado nação - país - território - etnia - raçaJulio Siqueira
 
O mapa e seus elementos
O mapa e seus elementosO mapa e seus elementos
O mapa e seus elementosJ R Messias
 

Mais procurados (20)

AGRONEGOCIO NO BRASIL.pptx
AGRONEGOCIO NO BRASIL.pptxAGRONEGOCIO NO BRASIL.pptx
AGRONEGOCIO NO BRASIL.pptx
 
Geografia, o que é
Geografia, o que éGeografia, o que é
Geografia, o que é
 
Fuso Horário
Fuso HorárioFuso Horário
Fuso Horário
 
Geografia Do Brasil RegiõEs
Geografia Do Brasil   RegiõEsGeografia Do Brasil   RegiõEs
Geografia Do Brasil RegiõEs
 
Espaço geográfico
Espaço geográficoEspaço geográfico
Espaço geográfico
 
Atividade norte gabarito
Atividade norte gabaritoAtividade norte gabarito
Atividade norte gabarito
 
Escala cartografica
Escala cartograficaEscala cartografica
Escala cartografica
 
Escala geografica x cartografica aula 3
Escala geografica x cartografica   aula 3Escala geografica x cartografica   aula 3
Escala geografica x cartografica aula 3
 
Trabalho sobre frações para os 6ºs anos
Trabalho sobre frações para os 6ºs anosTrabalho sobre frações para os 6ºs anos
Trabalho sobre frações para os 6ºs anos
 
Introdução A Geografia
Introdução A GeografiaIntrodução A Geografia
Introdução A Geografia
 
Paisagens e espaço geográfico
Paisagens e espaço geográficoPaisagens e espaço geográfico
Paisagens e espaço geográfico
 
AULA 16 - PLANO CARTESIANO.ppt
AULA 16 - PLANO CARTESIANO.pptAULA 16 - PLANO CARTESIANO.ppt
AULA 16 - PLANO CARTESIANO.ppt
 
7º ano exercícios de revisão e fixação de conteúdos
7º ano    exercícios de revisão e fixação de conteúdos7º ano    exercícios de revisão e fixação de conteúdos
7º ano exercícios de revisão e fixação de conteúdos
 
O Território Brasileiro
O Território BrasileiroO Território Brasileiro
O Território Brasileiro
 
Atividade de coordenadas geograficas
Atividade de coordenadas geograficasAtividade de coordenadas geograficas
Atividade de coordenadas geograficas
 
Unidade 3 7º ano - População do Brasil
Unidade 3   7º ano - População do BrasilUnidade 3   7º ano - População do Brasil
Unidade 3 7º ano - População do Brasil
 
Geo 7º ano m 1ª prova b 2ª etapa 2014.doc gabarito
Geo 7º ano m 1ª prova b 2ª etapa 2014.doc gabaritoGeo 7º ano m 1ª prova b 2ª etapa 2014.doc gabarito
Geo 7º ano m 1ª prova b 2ª etapa 2014.doc gabarito
 
Estado nação - país - território - etnia - raça
Estado   nação - país - território - etnia - raçaEstado   nação - país - território - etnia - raça
Estado nação - país - território - etnia - raça
 
O mapa e seus elementos
O mapa e seus elementosO mapa e seus elementos
O mapa e seus elementos
 
Tipos de mapas
Tipos de mapasTipos de mapas
Tipos de mapas
 

Semelhante a Aulas 02 e 03 Elementos da Cartografia (Sistema Anglo)

006_8°ano_Elementos da Cartografia .pdf
006_8°ano_Elementos da Cartografia .pdf006_8°ano_Elementos da Cartografia .pdf
006_8°ano_Elementos da Cartografia .pdfTATIANIDASILVAJOVINO1
 
A representação do espaço geográfico
A representação do espaço geográficoA representação do espaço geográfico
A representação do espaço geográfico1medioc
 
fundamentos-da-cartografia.ppt
fundamentos-da-cartografia.pptfundamentos-da-cartografia.ppt
fundamentos-da-cartografia.pptEvertonFAlves1
 
Aulas 1º Téc. Integrados - Cartografia e Escala
Aulas 1º Téc. Integrados - Cartografia e EscalaAulas 1º Téc. Integrados - Cartografia e Escala
Aulas 1º Téc. Integrados - Cartografia e EscalaEduardo Mendes
 
Projeções
ProjeçõesProjeções
Projeçõeskarolpoa
 
Espaço E Representações Cartográficas - 3º Ano
Espaço E Representações Cartográficas - 3º AnoEspaço E Representações Cartográficas - 3º Ano
Espaço E Representações Cartográficas - 3º AnoPré Master
 
Cartografia prevestibular UNIRIO
Cartografia prevestibular UNIRIOCartografia prevestibular UNIRIO
Cartografia prevestibular UNIRIOJorge Ferreira
 
AULA 3 - SLIDES - Escalas.pptx
AULA 3 - SLIDES - Escalas.pptxAULA 3 - SLIDES - Escalas.pptx
AULA 3 - SLIDES - Escalas.pptxKarollyna Maciel
 
Documentos cartográficos conceitos e representações
Documentos  cartográficos   conceitos e representaçõesDocumentos  cartográficos   conceitos e representações
Documentos cartográficos conceitos e representaçõesLuciano Pessanha
 
Fundamentos da Cartografia-W.pptx
Fundamentos da Cartografia-W.pptxFundamentos da Cartografia-W.pptx
Fundamentos da Cartografia-W.pptxLaCosta16
 

Semelhante a Aulas 02 e 03 Elementos da Cartografia (Sistema Anglo) (20)

Aula 04 - Elementos da Cartográfia - I
Aula 04 - Elementos da Cartográfia - IAula 04 - Elementos da Cartográfia - I
Aula 04 - Elementos da Cartográfia - I
 
elementos dos mapas.pdf
elementos dos mapas.pdfelementos dos mapas.pdf
elementos dos mapas.pdf
 
Escalas: Conceitos e Aplicações
Escalas: Conceitos e AplicaçõesEscalas: Conceitos e Aplicações
Escalas: Conceitos e Aplicações
 
006_8°ano_Elementos da Cartografia .pdf
006_8°ano_Elementos da Cartografia .pdf006_8°ano_Elementos da Cartografia .pdf
006_8°ano_Elementos da Cartografia .pdf
 
A representação do espaço geográfico
A representação do espaço geográficoA representação do espaço geográfico
A representação do espaço geográfico
 
Cartografia powerpoint
Cartografia powerpointCartografia powerpoint
Cartografia powerpoint
 
Elementos da cartografia
Elementos da cartografiaElementos da cartografia
Elementos da cartografia
 
Cartografia
CartografiaCartografia
Cartografia
 
fundamentos-da-cartografia.ppt
fundamentos-da-cartografia.pptfundamentos-da-cartografia.ppt
fundamentos-da-cartografia.ppt
 
Aulas 1º Téc. Integrados - Cartografia e Escala
Aulas 1º Téc. Integrados - Cartografia e EscalaAulas 1º Téc. Integrados - Cartografia e Escala
Aulas 1º Téc. Integrados - Cartografia e Escala
 
Projeções
ProjeçõesProjeções
Projeções
 
Espaço E Representações Cartográficas - 3º Ano
Espaço E Representações Cartográficas - 3º AnoEspaço E Representações Cartográficas - 3º Ano
Espaço E Representações Cartográficas - 3º Ano
 
cartografia
cartografiacartografia
cartografia
 
Escalas e mapas
Escalas e mapasEscalas e mapas
Escalas e mapas
 
Cartografia prevestibular UNIRIO
Cartografia prevestibular UNIRIOCartografia prevestibular UNIRIO
Cartografia prevestibular UNIRIO
 
AULA 3 - SLIDES - Escalas.pptx
AULA 3 - SLIDES - Escalas.pptxAULA 3 - SLIDES - Escalas.pptx
AULA 3 - SLIDES - Escalas.pptx
 
AULA 3 - Escalas.pptx
AULA 3 - Escalas.pptxAULA 3 - Escalas.pptx
AULA 3 - Escalas.pptx
 
02 cartografia geral
02 cartografia geral02 cartografia geral
02 cartografia geral
 
Documentos cartográficos conceitos e representações
Documentos  cartográficos   conceitos e representaçõesDocumentos  cartográficos   conceitos e representações
Documentos cartográficos conceitos e representações
 
Fundamentos da Cartografia-W.pptx
Fundamentos da Cartografia-W.pptxFundamentos da Cartografia-W.pptx
Fundamentos da Cartografia-W.pptx
 

Mais de Claudio Henrique Ramos Sales

Capitulo 02 - Elementos da Cartografia - caderno de exercícios
Capitulo 02 - Elementos da Cartografia - caderno de exercíciosCapitulo 02 - Elementos da Cartografia - caderno de exercícios
Capitulo 02 - Elementos da Cartografia - caderno de exercíciosClaudio Henrique Ramos Sales
 
Capitulo 01 - Globalização 01 (Slides) - gabarito
Capitulo 01 - Globalização 01 (Slides) - gabaritoCapitulo 01 - Globalização 01 (Slides) - gabarito
Capitulo 01 - Globalização 01 (Slides) - gabaritoClaudio Henrique Ramos Sales
 
Aula 04 - A desigualdade social e econômica no mundo globalizado
Aula 04 - A desigualdade social e econômica no mundo globalizadoAula 04 - A desigualdade social e econômica no mundo globalizado
Aula 04 - A desigualdade social e econômica no mundo globalizadoClaudio Henrique Ramos Sales
 
Aulas 05 e 06 - Movimento de rotação: os fusos horários
Aulas 05 e 06 - Movimento de rotação: os fusos horáriosAulas 05 e 06 - Movimento de rotação: os fusos horários
Aulas 05 e 06 - Movimento de rotação: os fusos horáriosClaudio Henrique Ramos Sales
 
Aula 04 Movimento de Translação -As Estações do Ano (sem vídeos)
Aula 04   Movimento de Translação -As Estações do Ano (sem vídeos)Aula 04   Movimento de Translação -As Estações do Ano (sem vídeos)
Aula 04 Movimento de Translação -As Estações do Ano (sem vídeos)Claudio Henrique Ramos Sales
 
Aulas 02 e 03 - As coordenadas geográficas (Sistema Anglo)
Aulas 02 e 03 - As coordenadas geográficas (Sistema Anglo)Aulas 02 e 03 - As coordenadas geográficas (Sistema Anglo)
Aulas 02 e 03 - As coordenadas geográficas (Sistema Anglo)Claudio Henrique Ramos Sales
 
Modulo 01 - Economia rural - extrativismo vegetal (sem vídeos) - Sistema Anglo
Modulo 01 - Economia rural - extrativismo vegetal (sem vídeos) - Sistema AngloModulo 01 - Economia rural - extrativismo vegetal (sem vídeos) - Sistema Anglo
Modulo 01 - Economia rural - extrativismo vegetal (sem vídeos) - Sistema AngloClaudio Henrique Ramos Sales
 
Aula 01 - Globalização da economia (Apostila Anglo)
Aula 01 - Globalização da economia (Apostila Anglo)Aula 01 - Globalização da economia (Apostila Anglo)
Aula 01 - Globalização da economia (Apostila Anglo)Claudio Henrique Ramos Sales
 
Aula 01 - Os pontos de orientação (Sistema Anglo)
Aula 01 - Os pontos de orientação (Sistema Anglo)Aula 01 - Os pontos de orientação (Sistema Anglo)
Aula 01 - Os pontos de orientação (Sistema Anglo)Claudio Henrique Ramos Sales
 
Modulo 18 - A população brasileira - os brancos (apostila Anglo)
Modulo 18 - A população brasileira - os brancos (apostila Anglo)Modulo 18 - A população brasileira - os brancos (apostila Anglo)
Modulo 18 - A população brasileira - os brancos (apostila Anglo)Claudio Henrique Ramos Sales
 
[Sociologia] PEC 241 - PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO 241/2016
[Sociologia] PEC 241 - PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO 241/2016[Sociologia] PEC 241 - PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO 241/2016
[Sociologia] PEC 241 - PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO 241/2016Claudio Henrique Ramos Sales
 
Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)
Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)
Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)Claudio Henrique Ramos Sales
 
Modulo 15 - População brasileira: estudo de caso (Apostila Sistema Anglo)
Modulo 15 - População brasileira: estudo de caso (Apostila Sistema Anglo)Modulo 15 - População brasileira: estudo de caso (Apostila Sistema Anglo)
Modulo 15 - População brasileira: estudo de caso (Apostila Sistema Anglo)Claudio Henrique Ramos Sales
 
Modulo 14 - Expectativa de vida e envelhecimento da população (Apostila Siste...
Modulo 14 - Expectativa de vida e envelhecimento da população (Apostila Siste...Modulo 14 - Expectativa de vida e envelhecimento da população (Apostila Siste...
Modulo 14 - Expectativa de vida e envelhecimento da população (Apostila Siste...Claudio Henrique Ramos Sales
 

Mais de Claudio Henrique Ramos Sales (20)

Capitulo 02 - Elementos da Cartografia - caderno de exercícios
Capitulo 02 - Elementos da Cartografia - caderno de exercíciosCapitulo 02 - Elementos da Cartografia - caderno de exercícios
Capitulo 02 - Elementos da Cartografia - caderno de exercícios
 
Capitulo 01 - Globalização 01 (Slides) - gabarito
Capitulo 01 - Globalização 01 (Slides) - gabaritoCapitulo 01 - Globalização 01 (Slides) - gabarito
Capitulo 01 - Globalização 01 (Slides) - gabarito
 
Aula 04 - A desigualdade social e econômica no mundo globalizado
Aula 04 - A desigualdade social e econômica no mundo globalizadoAula 04 - A desigualdade social e econômica no mundo globalizado
Aula 04 - A desigualdade social e econômica no mundo globalizado
 
Aulas 05 e 06 - Movimento de rotação: os fusos horários
Aulas 05 e 06 - Movimento de rotação: os fusos horáriosAulas 05 e 06 - Movimento de rotação: os fusos horários
Aulas 05 e 06 - Movimento de rotação: os fusos horários
 
Aula 04 Movimento de Translação -As Estações do Ano (sem vídeos)
Aula 04   Movimento de Translação -As Estações do Ano (sem vídeos)Aula 04   Movimento de Translação -As Estações do Ano (sem vídeos)
Aula 04 Movimento de Translação -As Estações do Ano (sem vídeos)
 
Aulas 05 e 06 - Elementos da Cartográfia - II
Aulas 05 e 06 - Elementos da Cartográfia - IIAulas 05 e 06 - Elementos da Cartográfia - II
Aulas 05 e 06 - Elementos da Cartográfia - II
 
Modulo 02 - Economia rural - a pecuária
Modulo 02 - Economia rural - a pecuáriaModulo 02 - Economia rural - a pecuária
Modulo 02 - Economia rural - a pecuária
 
Aulas 02 e 03 - Blocos econômicos
Aulas 02 e 03 - Blocos econômicosAulas 02 e 03 - Blocos econômicos
Aulas 02 e 03 - Blocos econômicos
 
Aula 01 Elementos da orientação (Sistema Anglo)
Aula 01   Elementos da orientação (Sistema Anglo)Aula 01   Elementos da orientação (Sistema Anglo)
Aula 01 Elementos da orientação (Sistema Anglo)
 
Aulas 02 e 03 - As coordenadas geográficas (Sistema Anglo)
Aulas 02 e 03 - As coordenadas geográficas (Sistema Anglo)Aulas 02 e 03 - As coordenadas geográficas (Sistema Anglo)
Aulas 02 e 03 - As coordenadas geográficas (Sistema Anglo)
 
Modulo 01 - Economia rural - extrativismo vegetal (sem vídeos) - Sistema Anglo
Modulo 01 - Economia rural - extrativismo vegetal (sem vídeos) - Sistema AngloModulo 01 - Economia rural - extrativismo vegetal (sem vídeos) - Sistema Anglo
Modulo 01 - Economia rural - extrativismo vegetal (sem vídeos) - Sistema Anglo
 
Aula 01 - Globalização da economia (Apostila Anglo)
Aula 01 - Globalização da economia (Apostila Anglo)Aula 01 - Globalização da economia (Apostila Anglo)
Aula 01 - Globalização da economia (Apostila Anglo)
 
Aula 01 - Os pontos de orientação (Sistema Anglo)
Aula 01 - Os pontos de orientação (Sistema Anglo)Aula 01 - Os pontos de orientação (Sistema Anglo)
Aula 01 - Os pontos de orientação (Sistema Anglo)
 
Modulo 18 - A população brasileira - os brancos (apostila Anglo)
Modulo 18 - A população brasileira - os brancos (apostila Anglo)Modulo 18 - A população brasileira - os brancos (apostila Anglo)
Modulo 18 - A população brasileira - os brancos (apostila Anglo)
 
O outro lado do fem
O outro lado do femO outro lado do fem
O outro lado do fem
 
[Sociologia] PEC 241 - PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO 241/2016
[Sociologia] PEC 241 - PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO 241/2016[Sociologia] PEC 241 - PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO 241/2016
[Sociologia] PEC 241 - PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO 241/2016
 
Modulo 16 - Brasil - um país multicultural
Modulo 16 - Brasil - um país multiculturalModulo 16 - Brasil - um país multicultural
Modulo 16 - Brasil - um país multicultural
 
Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)
Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)
Modulo 17 - População brasileira - os indígenas (Apostila Anglo)
 
Modulo 15 - População brasileira: estudo de caso (Apostila Sistema Anglo)
Modulo 15 - População brasileira: estudo de caso (Apostila Sistema Anglo)Modulo 15 - População brasileira: estudo de caso (Apostila Sistema Anglo)
Modulo 15 - População brasileira: estudo de caso (Apostila Sistema Anglo)
 
Modulo 14 - Expectativa de vida e envelhecimento da população (Apostila Siste...
Modulo 14 - Expectativa de vida e envelhecimento da população (Apostila Siste...Modulo 14 - Expectativa de vida e envelhecimento da população (Apostila Siste...
Modulo 14 - Expectativa de vida e envelhecimento da população (Apostila Siste...
 

Último

a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIAHisrelBlog
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...apoioacademicoead
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...excellenceeducaciona
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba InicialTeresaCosta92
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...azulassessoriaacadem3
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...excellenceeducaciona
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIACOMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
COMTE, O POSITIVISMO E AS ORIGENS DA SOCIOLOGIA
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 

Aulas 02 e 03 Elementos da Cartografia (Sistema Anglo)

  • 2. Estudar os elementos da cartografia que são usados na elaboração dos mapas geográficos e que permitem os aspectos geográficos que neles são representados. Professor Henry
  • 3. Os mapas são a mais antiga representação do pensamento geográfico. Registros que mostram que eles existiam na Grécia antiga e no Império Romano, entre outras da Antiguidade. Os primeiros eram feitos de madeira, esculpidos ou pintados, ou desenhados sobre a pele de animais. Suas funções incluíam conhecer as áreas dominadas e as possibilidades de ampliação das fronteiras, demarcar territórios de caça e representar a visão de que esses povos tinham. "Desde sempre, o homem registra registra o espaço onde vive. Trata-se de uma necessidade social", explica Marcello Martinelli, professor de Cartografia Estratégica no Departamento de Geografia da Universidade de São Paulo (USP). Professor Henry
  • 5. 1. OS DIFERENTES TIPOS DE MAPAS Professor Henry
  • 6. O que é mapa? Mapa é a representação de uma área geográfica ou parte da superfície da Terra, desenhada ou impressa em uma superfície plana. Contém uma série de símbolos convencionais que representam os diferentes elementos naturais, artificiais ou culturais de uma área delimitada. Professor Henry
  • 7. a) MAPA TOPOGRÁFICO É uma variedade de mapa que se caracteriza detalhada representação do relevo, principalmente através das curvas de nível. Normalmente define-se mapa topográfico que mostra tanto os relevos naturais quanto artificiais, gerados pela ação do homem, além fronteiras políticas. Professor Henry
  • 15. b) MAPA TEMÁTICO É uma variedade de mapa em qualquer escala, que representa os fenômenos geográficos, geológicos, demográficos, econômicos, etc., visando ao estudo, à análise e à pesquisa temas, no seu aspecto especial. Professor Henry
  • 18. C) MAPA ANAMORFOSE É uma variedade de mapa esquemático que não possui escala cartográfica. Nessas representações as áreas sofrem deformações que são matematicamente calculadas. Essa técnica é utilizada para representar temas, o PIB – Produto Interno Bruto, Projeções de População, mortalidade, números de exportação, entre outros dados. Nesse tipo de mapa, a de cada espaço cartografado vai mudar proporcionalmente segundo uma variável estabelecida. Professor Henry
  • 20. O mapa acima traz uma anamorfose que representa uma projeção da população do mundo para o ano 2025, em que o tamanho de cada país é proporcional à população (fonte: Relatório Mundial sobre o Desenvolvimento Humano/1990) Professor Henry
  • 23. Professor Henry Você sabe quais são os principais elementos do mapa?
  • 26. O título no mapa deve ser visto como ocorre em uma apresentação de um texto escrito, ou seja, é a primeira apresentação do conteúdo do que se quer mostrar; é o menor resumo do que trata um documento, neste caso, a representação cartográfica. Quando se está diante de um “mapa temático”, por exemplo, o título deve identificar o fenômeno ou fenômenos representados por ele. Nesse sentido, o título deve conter as informações mínimas que respondam as seguintes perguntas a respeito da produção: “o quê?”, “onde?” e “quando?”. Professor Henry TÍTULO
  • 28. A orientação é sem dúvida um elemento fundamental, pois sem ela fica muito difícil de responder a pergunta “onde”. Caso a representação não contenha coordenadas geográficas é importante dotá-la de um norte, ou de uma convenção que dê a direção norte da representação, geralmente na forma de “seta” ou ou da conhecida “rosa dos ventos”. Professor Henry ORIENTAÇÃO
  • 30. Assim, para a melhor simbolização dos objetos e fenômenos que são transportados e contidos em um mapa, e demais representações cartográficas, foi necessário se aprimorar as chamadas legendas, ou seja, a parte de uma carta ou mapa que contém o significado dos fenômenos representados nela, geralmente traduzidos por símbolos, cores e traços desenhados cuidadosamente para que o leitor de mapas mapas entenda do que trata a representação cartográfica. A legenda de um mapa está situada, geralmente, dentro da moldura do mesmo, com todos os símbolos, cores e outros artifícios capazes de explicar de modo resumido a ocorrência de um determinado objeto ou fenômeno, de acordo com sua distribuição no espaço Professor Henry LEGENDA
  • 32. Indica a origem dos dados apresentados e a data a que se referem. Professor Henry FONTE
  • 35. Professor Henry Existe vários tamanhos de Mapas? Mapa Múndi Mapa deArapiraca Mapa de um Bairro
  • 36. O mapa é uma imagem reduzida de uma determinada superfície. Essa redução é feita com o uso da escala que torna possível a manutenção da proporção do espaço representado. É fácil reconhecer um mapa do Brasil, por exemplo, independente do tamanho em que ele é apresentado, pois a sua confecção obedeceu a determinada escala, que mantém a sua forma. A escala cartográfica estabelece, portanto, uma relação de proporcionalidade entre as distâncias lineares num desenho (mapa) e as distâncias correspondentes na realidade. As escalas podem ser indicadas de duas maneiras, através de uma representação gráfica ou de uma representação numérica. Professor Henry
  • 37. Professor Henry Fonte: Silva (2001), Cruz e Menezes (2009).
  • 38. As escalas são representadas de acordo com o espaço a ser representado com o grau de detalhamento que se pode mostrar. Geralmente, uma escala maior, com mais detalhes, é ideal para representar espaços pequenos, para representar escalas grandes o ideal é utilizar escala menor que possui pouco detalhamento. Vejamos os exemplos: Professor Henry Escala Menor Escala Maior
  • 39. Dois tipos de Escalas E para identificar essa relação a escala pode ser definida como escala numérica, na forma de fração, cujo denominador lhe determina, ou como escala gráfica, definida por um seguimento de reta fracionado e usado de acordo com a unidade de admitida para a representação (metro, quilômetro ou outras). Professor Henry
  • 40. Escala gráfica é representada por um pequeno segmento de reta graduado, sobre o qual está estabelecida diretamente a relação entre distâncias no mapa, indicadas a cada trecho deste segmento, e a distância real de um território. Observe: De acordo com este exemplo cada segmento de 1cm é equivalente a 3 km no terreno, 2 cm a 6 km, e assim sucessivamente. Caso a distância mapa, entre duas localidades seja de 3,5 cm, a distância real entre elas será de 3,5 X 3, ou 10,5 km (dez quilômetros e meio). A escala gráfica apresenta a vantagem de estabelecer direta e visualmente a relação de proporção existente entre as distâncias do mapa e do território. Professor Henry
  • 42. Escala numérica é estabelecida através de uma relação matemática, normalmente representada por uma razão, por exemplo: 1: 300 000 (1 por 300 000). A primeira informação que ela fornece é a quantidade de vezes em que o espaço representado foi reduzido. Neste exemplo, o mapa é 300 000 vezes menor que o tamanho real da superfície que ele representa. Na escala numérica as unidades, tanto do numerador como do denominador, são indicadas em cm. O numerador é sempre 1 e indica o valor de 1cm no mapa. O denominador é a unidade variável e o valor em cm correspondente no território. No caso da escala exemplificada (1: 300 000), 1cm no mapa representa 300 000 cm no terreno, ou 3 km. Trata-se portanto da representação numérica da mesma escala gráfica apresentada anteriormente. Professor Henry
  • 43. Professor Henry Escala Numérica tamanho escala grande Até 1:20.000 média De 1:25.000 até 1:250.000 pequena Acima 1:250.000
  • 52. A representação da superfície terrestre em mapas, nunca será isenta de distorções. Nesse sentido, as projeções cartográficas são desenvolvidas para minimizarem as imperfeições dos mapas e proporcionarem maior rigor científico à cartografia. No entanto, nenhuma das projeções evitará a totalidade das deformações, elas irão valorizar alguns aspectos da superfície representada e fazer com que essas distorções sejam conhecidas. Entre as principais projeções cartográficas estão: Professor Henry
  • 53. Projeção Cilíndrica: o plano da projeção é um cilindro a esfera terrestre. Depois de realizada a projeção dos paralelos e meridianos do globo para o cilindro, este é aberto ao longo um meridiano, tornando-se um plano sobre o qual será o mapa. Professor Henry Projeção Cilíndrica
  • 54. Projeção Cônica: a superfície terrestre é representada sobre um cone imaginário envolvendo a esfera terrestre. Os paralelos formam círculos concêntricos e os meridianos são linhas retas convergentes para os polos. Nessa projeção, as distorções aumentam conforme se afasta do paralelo de contato com o cone. A projeção cônica é muito utilizada para representar partes da superfície terrestre. Professor Henry Projeção Cônica
  • 55. Projeção Plana ou Azimutal: a superfície terrestre é representada sobre um plano tangente à esfera terrestre. Os paralelos são círculos concêntricos e os meridianos, que se irradiam do polo. As deformações aumentam com o distanciamento do ponto de tangência. É utilizada principalmente, para representar as regiões polares e na de países na posição central. Professor Henry Projeção Plana ou Azimutal
  • 56. Os tipos de propriedades geométricas que caracterizam as projeções cartográficas, em suas relações entre a esfera (Terra) e um plano, que é o mapa, são: a) Conformes – os ângulos (formas) são mantidos idênticos (na esfera e no plano) e as áreas são deformadas. b) Equivalentes – quando as áreas apresentam-se idênticas e os ângulos deformados. c) Afiláticas – quando as áreas e os ângulos apresentam-se deformados. Professor Henry
  • 57. Os tipos de propriedades geométricas que caracterizam as projeções cartográficas, em suas relações entre a esfera (Terra) e um plano, que é o mapa, são: a)Conformes – os ângulos (formas) são mantidos idênticos (na esfera e no plano) e as áreas são deformadas. b) Equivalentes – quando as áreas apresentam-se idênticas e os ângulos deformados. c) Afiláticas – quando as áreas e os ângulos apresentam-se deformados.
  • 58. 5. OS PLANISFÉRIOS DE MERCATOR E PETERS Professor Henry
  • 59. Projeção de Mercator ou Projeção Cilíndrica Conforme: conserva a forma dos continentes, direções e os ângulos verdadeiros. Muito para navegação marítima e aeronáutica. Projeção de Peters ou Projeção Cilíndrica Equivalente: não mantém as formas, direções e ângulos, conserva a proporcionalidade das preservando as superfícies representadas. Professor Henry
  • 60. Professor Henry Projeção de Mercator Nesta projeção os meridianos e os paralelos são linhas retas que se cortam em ângulos retos. Corresponde a um tipo cilíndrico pouco modificado. Nela as regiões polares aparecem muito exageradas.
  • 61. Professor Henry Projeção de Peters Muito utilizada para planisférios é a de Arno Peters, que data de 1973. Sua base também é cilíndrica equivalente, e determina uma distribuição dos paralelos com intervalos decrescentes desde o Equador até os polos
  • 65. Mapa-múndi invertido. O argumento é que, já que a direção utilizada nos mapas é só uma convenção, tanto faz invertê-la ou não. Parece que as pessoas associam estar em cima como uma coisa boa, e estar em baixo como uma coisa ruim. Esquisito ou não, ao vermos o mapa invertido, temos uma sensação de que há algo muito errado no mundo… Ou será só falta de costume? Professor Henry
  • 66. Nem todo mundo fica feliz com isso. Alguns países do hemisfério Sul acham injusto aparecerem sempre na parte de baixo dos mapas, como se as nações do hemisfério Norte estivessem sempre em uma posição de superioridade. Por isso, na Austrália, por exemplo, decidiram publicar mapas com o polo Sul na parte mais alta e o polo Norte na mais baixa – tudo de cabeça para baixo, em relação às representações mais comuns do globo. Professor Henry
  • 67. Dúvidas? Perguntas? Sugestões? Opiniões para as próximas aulas? Reclamações? http://blogdoprofessorhenry.blogspot.com.br/ Professor Henry