SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 58
Aulão ENEM
Filosofia e Sociologia
Filosofia
O surgimento da filosofia
• Mitos - explicar o desconhecido de forma
fantástica
• Filosofia - explicar a natureza de forma
racional  Pré-socráticos
Sócrates
• Busca da verdade que servisse como critério
de ações aos indivíduos
• Utilização do diálogo para atingir a verdade
• Maiêutica - Parto das ideias
• Diálogo em 2 momentos:
• Exortação ou ironia - início do diálogo, abandono
de concepções comuns e preconceitos
• Indagação, dialética, maiêutica - perguntas
• Diferente dos sofistas: não somente ensinava,
mas queria questionar
Platão
• Fundação da metafísica - o que é essencial
para o ser e esta além da matéria
• Constrói o domínio das ideias em oposição ao
domínio sensível, real, material
• Conhecimento verdadeiro é imutável e
essencial, tudo se origina das ideias
• Demiurgo - deus-artifície que criou tudo no
mundo sensível como sombra do mundo das
ideias
Mito da Caverna
• As pessoas estão presas em uma caverna e
veem o mundo somente por sombras
projetadas na parede. Sair da caverna é sair
do domínio do sensível, construído pela
cultura e costumes, e atingir o domínio das
ideias, imutável
A República
• A política era vista como um organismo, cada
membro deveria exercer uma função
• O governo faz a justiça e deve ser governado
pelos melhores, os filósofos
Aristóteles
• Rejeita o dualismo real x ideal
• O conhecimento é atingido por regras lógicas
• Encadear as ideias em um argumento
• Conhecimento é produzido pela indução,
experiência e conclusão
4 causas de constituição do
conhecimento
• Causa material - do que é feito?
• madeira
• Causa formal - qual sua forma? (essência)
• cadeira
• Causa eficiente - quem a transforma?
(potência, ato)
• Carpinteiro
• Causa final - qual o seu uso?
• assento
Ética
• As ações humanas buscam o bem último, a
felicidade  aperfeiçoar a capacidade
racional
• A ética impõe limites aos instintos
• O homem só encontra a felicidade vivendo em
comunidade - “animal político”
Idade Média
• Patrística e Escolástica - adequar a filosofia
grega aos interesses da igreja
• Santo Agostinho e São Tomás de Aquino
Contratualistas
• Thomas Hobbes - contrato social é a única
forma dos indivíduos preservarem a vida
• O estado é necessário para evitar conflitos
• Estado = leviatã (monstro)  soberano e
absoluto
• Jean-Jacques Rousseau - homem é bom em
seu estado natural, a sociedade o corrompe
• O contrato social regula isso e tenta
reconduzir o homem a felicidade
• Mas, só o contrato social é incapaz de atingir
isso, é necessário que seja mantido a vontade
geral
Racionalismo Moderno
• René Descartes - encontrar a verdade última
das coisas
• Método cartesiano
• Evidência - Utilizar algo sem dúvidas
• 2+2=4
• Análise - Dividir o problema
• Síntese - Resolver as partes, deixar os problemas
complexos por último
• Enumeração - Algo ficou esquecido? Revisar
• Dúvida Metódica - por tudo em dúvida
para reafirmar a verdade
• Se podemos, e devemos, duvidar de
tudo, a condição de existência está no
pensamento  Penso, logo sou
• David Hume - Tudo que conhecemos surge de
impressões (sentidos) e ideias (mente)
• Por isso, todo conhecimento é singular de
cada indivíduo
• Nenhum conhecimento é certo, seguro,
definitivo (ceticismo)
• A causalidade é ilusão, pois sempre muda
• Immanuel Kant - o conhecimento é possível
pois o homem torna-o possível
• A fonte do conhecimento são a sensibilidade
(intuição, experiência) e o entendimento
(conceitos, razão)
• Sem experiência a razão é vazia, sem razão
(conceitos) a experiência não tem sentido
• Se eu desenho uma árvore, uso minha
experiência, ao defini-la e nomeá-la, uso a
razão
• Tem uma forma fina embaixo
e grande em cima
• Tem um tronco e uma copa
• É marrom e verde
• Uma árvore
• Mas e se for um Ipê, e se for
outono e não tiver folhas, e
se a pessoa for daltônica,
cega? Os conceitos e a
percepção muda
• Na relação entre razão e experiência, Kant
admite que existem ideias inatas, a priori,
mas esse a priori necessita da experiência
para se confirmar
Existencialismo
• Jean-Paul Sartre - foca na existência, estamos
condenados a ser
Ser em-si (sem consciência de si)
x
Ser para-si (com consciência de si)
• Primeiro o ser humano existe, e depois ele da
significado a essa existência
As relações de poder
• Michel Foucault - O poder está difuso pela
sociedade  micro poderes
• Atua no convencimento - submeter os
indivíduos às regras de uma sociedade
disciplinar
Sociologia
Definindo
• Sociedade é a trama de relações sociais entre
seus indivíduos
• Socialização é o processo de inserção na
comunidade
Sociedade para
• Karl Marx - sociedade é formada pela luta de
classes e o estado equilibra essa relação
• Émile Durkheim - Sociedade prevalece sobre
os indivíduos. O fato social são as maneiras de
agir e pensar impostas ao individuo e gera
uma consciência coletiva que integra os
indivíduos
• O fato social é coercitivo, externo e geral
Sociedade para
• Max Weber - Indivíduo prevalece sobre a
sociedade. A ação social, contato entre os
indivíduos, delimita a sociedade
• A ação social pode ser: tradicional (faço por que
assim faziam)
• Afetiva: faço por que gosto
• Racional pelos valores: faço por que acredito nisso
• Racional pelos meios e fins: avalia as opções
Marx - socialização conflituosa
Durkheim - busca a coesão a partir da
coletividade
Weber - O indivíduo define a sociedade
Trabalho
• Sociedade tribal - Para a subsistência, dividido
por gênero e idade
• Antiguidade - Sistema escravista, trabalho
rebaixa o homem
• Idade Média - Ligado a terra, divisão de
funções (laboratores)
• Idade Moderna
• Formação da ideologia burguesa  Rev. Industrial
• Protestantismo  salvação é alcançada com
esforço
• Trabalho é transformado em algo positivo
• Século XX
• Taylorismo-Fordismo - racionalização da produção
• Movimentos cronometrados, linha de produção
• Pós-1970
• Flexibilização da produção
• Just in time - produz para atender demanda
• Aumenta lucro, diminuiu perdas
Trabalho para
• Marx - Divisão social do trabalho = Divisão de
classes moderna
• Trabalhador vende sua força de trabalho
• Mais-valia, excedente de produção não pago
ao trabalhador
• Mais-valia absoluta - aumenta as horas de trabalho
• Mais-valia relativa - mecaniza, aumenta produção
com mesmo número de trabalhadores
Trabalho para
• Durkheim - fruto da necessidade do outro
gerando uma solidariedade social
• Solidariedade Social
• Mecânica - necessidade
• Orgânica - divisão de funções  organismo
Poder e Estado
• Na era moderna e no século XIX o estado
centralizava e organizava a população
• No século XX temos a formação das sociedades
de massa  aglomeração de pessoas,
produção em massa de ideias e produtos para
consumo
Estado para
• Weber - relações de domínio dos indivíduos
sobre os indivíduos
• O estado deteria o monopólio da violência
para se impor sobre a população
• Existiriam 3 tipos de dominação que
justificam a subordinação
• Dominação tradicional - Senhor ou patriarca
(engenhos)
• Dominação carismática - Devoção a um líder por
sua carisma (populismo)
• Dominação legal - Pela lei (eleições)
Participar do estado
• Democracia - Qual os limites da vivência
democrática?
• Cidadania - Exercer os direitos civis, políticos
e sociais
A história dos direitos
humanos
• Direito Natural
• Aristóteles - DN é algo válido em qualquer
lugar
• Hobbes - DN é forma que o ser humano
racional age para sobreviver e prosperar  a
garantia dos direitos ocorreria com a
submissão ao governante
• Locke - Se o governante não garante o DN ele
pode ser derrubado pelo povo
• 1ª geração de direitos humanos - direitos individuais
• Ir e vir
• 2ª geração dos direitos humanos - direitos sociais
• Modelo industrial  direitos coletivos
• Carteira de trabalho
• 3ª geração dos direitos humanos - direitos de
solidariedade
• Pós-2ª GM
• Direitos à paz
Estrutura Social
• Sociedades em casta - sem mobilidade social
• Sociedade estamental - divisão por deveres e
nascença, pouca mobilidade (Id. Média)
• Sociedade de classes - divisão econômica e
política
Estrutura social para
• Weber - divisão social tem 3 dimensões:
econômica, social e política
• Assim como há classes, há situação de classe -
pessoas no mesmo patamar tem as mesmas
oportunidades
Cultura
• Cultura é o conjunto de costumes, ideias, de
uma sociedade
• Mesmo sendo um jogo com cartas iguais, os
resultados são diferentes/culturas diferentes
• Claude Lévi-Strauss  estruturalismo, busca por
uma regra comum
• Trocas Culturais e culturas híbridas
• Nestor Canclini
Ideologia
• Ideologia - estudo das ideias (Tracy, 1801);
ideia falsa (Napoleão); conjunto de ideias de
uma época (Comte); representações e ideias
de uma época (Marx)
• Karl Mannheim
• Ideologia particular - oculta a realidade
• Ideologia total - visão de mundo de uma sociedade
Cultura + Ideologia
• Antonio Gramsci - a classe dominante impõe
sua visão de mundo  hegemonia
• Pierre Bourdieu usa o termo violência
simbólica para essa mesma definição
• Indústria cultural - produção em massa de
cultura para consumo
• Homogeneíza as pessoas e justifica a dominação
• O rádio, a TV, a internet ajudam nesse processo
Questões
• A) Nietzsche não escreve sonre o que se pode
fazer com a água, mas reflete uma premissa “a
água é a origem e a matriz de todas as coisas”
• B) Como a questão correta expõe, não se buscava
o conhecimento racional e direto do mundo
• C) Correta
• D) Não se constrói uma comparação no texto
• E) Empiria é a experiência, Nietzsche faz antes de
tudo uma reflexão
• A) Dentro todos os gestos usados como
complemento a linguagem, acho que não existe
nenhum que aponte que ele esta falando de juízo
ou verdade (nem em libras)
• B) A dialética, conflito, contradição, purifica as
crenças
• C) não a noção de Deus no sentido cristão, como
criador de tudo
• D) O sensível é o mundo real. Aristóteles,
retratado ao seu lado e associado a essa dimensão
aponta para o chão
• E) sensibilidade associa-se ao real
• A) correta
• B) O texto não tenta entender classificações,
mas definições, “montanha”, “cavalo”,
“virtude”
• C) Não são determinados pelo acaso, o
indivíduo constrói sentido
• D) Os sentimentos podem construir sentido,
mas não ordena
• E) As ideias partem dos sentidos
• A) O método cartesiano pode ser considerado
um precursor do método científico
• B) Se dúvida de tudo e todos, até dos antigos
juízos
• C) Se dúvida de tudo e todos, até do
pensamento clássico
• D) Correta
• E) Se dúvida de tudo e todos, até do
preconceito
• A) Correta
• B) Kant sempre prioriza a racionalidade
• C) Não há nenhuma menção a matemática
• D) Assim como não há menção a igreja, e a
discussão do esclarecimento não caminha para
esse caminho
• E) O homem se emancipa da própria
menoridade, cujo culpado é somente ele
• A) Somente o empregador é contemplado pela
mais-valia
• B) Correta
• C) Esses processos nem sempre correm juntos
• D) Essa ligação não precisa ocorrer
• E) Neste momento, a classe revolucionaria é o
proletariado e não mais a burguesia
• A) Cada sociedade constrói sua visão de mundo a
partir de suas experiências históricas, políticas, e
assim também o indivíduo
• B) O indivíduo ainda detêm alguma capacidade
criar sentido para o que o grupo coloca
• C) O texto não trata de indivíduos excepcionais
• D) E os parâmetros da educação formal é
determinada pelo grupo
• E) Não se pode chegar a essa conclusão do texto
• A) Correta
• B) Não foca nisso
• C) Não tem um foco nisso, apesar de
podermos pensarmos a questão ambiental
• D) Não expõe isso
• E) Mostra na verdade sua evolução a ponto de
inverter sua posição com o homem

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Divisão Social do Trabalho
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Divisão Social do TrabalhoSlides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Divisão Social do Trabalho
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Divisão Social do TrabalhoTurma Olímpica
 
Filosofia 02 - Sócrates, Platão e Aristóteles
Filosofia 02 - Sócrates, Platão e  AristótelesFilosofia 02 - Sócrates, Platão e  Aristóteles
Filosofia 02 - Sócrates, Platão e AristótelesDiego Bian Filo Moreira
 
Os Movimentos Sociais
Os Movimentos Sociais Os Movimentos Sociais
Os Movimentos Sociais Isaquel Silva
 
Introduçao a sociologia
Introduçao a sociologiaIntroduçao a sociologia
Introduçao a sociologiaMarcelo Freitas
 
O QUE É SOCIOLOGIA?
O QUE É SOCIOLOGIA?O QUE É SOCIOLOGIA?
O QUE É SOCIOLOGIA?guest6a86aa
 
A sociologia de Max Weber
A  sociologia de Max WeberA  sociologia de Max Weber
A sociologia de Max WeberAlison Nunes
 

Mais procurados (20)

Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Divisão Social do Trabalho
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Divisão Social do TrabalhoSlides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Divisão Social do Trabalho
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Divisão Social do Trabalho
 
Estratificação e Desigualdade Social
Estratificação e Desigualdade SocialEstratificação e Desigualdade Social
Estratificação e Desigualdade Social
 
01 - O que é Sociologia
01 - O que é Sociologia01 - O que é Sociologia
01 - O que é Sociologia
 
história da sociologia
   história da sociologia   história da sociologia
história da sociologia
 
Filosofia Política
Filosofia PolíticaFilosofia Política
Filosofia Política
 
Filosofia 02 - Sócrates, Platão e Aristóteles
Filosofia 02 - Sócrates, Platão e  AristótelesFilosofia 02 - Sócrates, Platão e  Aristóteles
Filosofia 02 - Sócrates, Platão e Aristóteles
 
CULTURA E SOCIEDADE
CULTURA E SOCIEDADECULTURA E SOCIEDADE
CULTURA E SOCIEDADE
 
Os Movimentos Sociais
Os Movimentos Sociais Os Movimentos Sociais
Os Movimentos Sociais
 
Paul michel foucault
Paul michel foucaultPaul michel foucault
Paul michel foucault
 
INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA
INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIAINTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA
INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA
 
Surgimento da Sociologia
Surgimento da SociologiaSurgimento da Sociologia
Surgimento da Sociologia
 
Clássicos da sociologia
Clássicos da sociologiaClássicos da sociologia
Clássicos da sociologia
 
Estratificação social
Estratificação socialEstratificação social
Estratificação social
 
Instituições sociais
Instituições sociaisInstituições sociais
Instituições sociais
 
Sociologia e Sociedade
Sociologia e SociedadeSociologia e Sociedade
Sociologia e Sociedade
 
Introduçao a sociologia
Introduçao a sociologiaIntroduçao a sociologia
Introduçao a sociologia
 
O QUE É SOCIOLOGIA?
O QUE É SOCIOLOGIA?O QUE É SOCIOLOGIA?
O QUE É SOCIOLOGIA?
 
Sociologia brasileira
Sociologia brasileiraSociologia brasileira
Sociologia brasileira
 
A sociologia de Max Weber
A  sociologia de Max WeberA  sociologia de Max Weber
A sociologia de Max Weber
 
Indústria Cultural
Indústria CulturalIndústria Cultural
Indústria Cultural
 

Destaque

Extra 2ª fase UNESP
Extra 2ª fase UNESPExtra 2ª fase UNESP
Extra 2ª fase UNESPGerson Coppes
 
Revisão 2 - Geologia, formações vegetais
Revisão 2 - Geologia, formações vegetaisRevisão 2 - Geologia, formações vegetais
Revisão 2 - Geologia, formações vegetaisGerson Coppes
 
Aula 15 - Geografia das cidades
Aula 15 - Geografia das cidadesAula 15 - Geografia das cidades
Aula 15 - Geografia das cidadesGerson Coppes
 
Revisão 3 - Climatologia e hidrografia
Revisão 3 - Climatologia e hidrografiaRevisão 3 - Climatologia e hidrografia
Revisão 3 - Climatologia e hidrografiaGerson Coppes
 
Aula 16 - Geografia das indústrias, países de economia planificada e de indus...
Aula 16 - Geografia das indústrias, países de economia planificada e de indus...Aula 16 - Geografia das indústrias, países de economia planificada e de indus...
Aula 16 - Geografia das indústrias, países de economia planificada e de indus...Gerson Coppes
 
Revisão atualidades + Ocupações escolares
Revisão atualidades + Ocupações escolaresRevisão atualidades + Ocupações escolares
Revisão atualidades + Ocupações escolaresGerson Coppes
 
Revisão 1 - Astronomia, cartografia, espaço
Revisão 1 - Astronomia, cartografia, espaçoRevisão 1 - Astronomia, cartografia, espaço
Revisão 1 - Astronomia, cartografia, espaçoGerson Coppes
 
Exercícios listão - resolvidos
Exercícios listão - resolvidosExercícios listão - resolvidos
Exercícios listão - resolvidosGerson Coppes
 
Revisão 1ª fase UNESP
Revisão 1ª fase UNESPRevisão 1ª fase UNESP
Revisão 1ª fase UNESPGerson Coppes
 
Atualidades 2 - Desastre de mariana
Atualidades 2 - Desastre de marianaAtualidades 2 - Desastre de mariana
Atualidades 2 - Desastre de marianaGerson Coppes
 
Aula 2 - perceber, localizar, representar
Aula 2 - perceber, localizar, representarAula 2 - perceber, localizar, representar
Aula 2 - perceber, localizar, representarGerson Coppes
 
Aula 3 - Estrutura geológica parte 1
Aula 3 - Estrutura geológica parte 1Aula 3 - Estrutura geológica parte 1
Aula 3 - Estrutura geológica parte 1Gerson Coppes
 
Aula 17 - Espaço rural
Aula 17 - Espaço ruralAula 17 - Espaço rural
Aula 17 - Espaço ruralGerson Coppes
 
Revisão 2ª fase UNESP
Revisão 2ª fase UNESPRevisão 2ª fase UNESP
Revisão 2ª fase UNESPGerson Coppes
 
Atualidades 5 - Direitos humanos para humanos direitos
Atualidades 5 - Direitos humanos para humanos direitosAtualidades 5 - Direitos humanos para humanos direitos
Atualidades 5 - Direitos humanos para humanos direitosGerson Coppes
 
Aulão ENEM geografia
Aulão ENEM geografiaAulão ENEM geografia
Aulão ENEM geografiaGerson Coppes
 
Stereotypes and representation
Stereotypes and representationStereotypes and representation
Stereotypes and representationjedbrook
 

Destaque (20)

Extra 2ª fase UNESP
Extra 2ª fase UNESPExtra 2ª fase UNESP
Extra 2ª fase UNESP
 
Revisão 2 - Geologia, formações vegetais
Revisão 2 - Geologia, formações vegetaisRevisão 2 - Geologia, formações vegetais
Revisão 2 - Geologia, formações vegetais
 
Aula 15 - Geografia das cidades
Aula 15 - Geografia das cidadesAula 15 - Geografia das cidades
Aula 15 - Geografia das cidades
 
Revisão 3 - Climatologia e hidrografia
Revisão 3 - Climatologia e hidrografiaRevisão 3 - Climatologia e hidrografia
Revisão 3 - Climatologia e hidrografia
 
Aula 16 - Geografia das indústrias, países de economia planificada e de indus...
Aula 16 - Geografia das indústrias, países de economia planificada e de indus...Aula 16 - Geografia das indústrias, países de economia planificada e de indus...
Aula 16 - Geografia das indústrias, países de economia planificada e de indus...
 
Revisão atualidades + Ocupações escolares
Revisão atualidades + Ocupações escolaresRevisão atualidades + Ocupações escolares
Revisão atualidades + Ocupações escolares
 
Revisão 1 - Astronomia, cartografia, espaço
Revisão 1 - Astronomia, cartografia, espaçoRevisão 1 - Astronomia, cartografia, espaço
Revisão 1 - Astronomia, cartografia, espaço
 
Aula 1 - Geografia
Aula 1 - GeografiaAula 1 - Geografia
Aula 1 - Geografia
 
Exercícios listão - resolvidos
Exercícios listão - resolvidosExercícios listão - resolvidos
Exercícios listão - resolvidos
 
Revisão 1ª fase UNESP
Revisão 1ª fase UNESPRevisão 1ª fase UNESP
Revisão 1ª fase UNESP
 
Atualidades 2 - Desastre de mariana
Atualidades 2 - Desastre de marianaAtualidades 2 - Desastre de mariana
Atualidades 2 - Desastre de mariana
 
Aula 2 - perceber, localizar, representar
Aula 2 - perceber, localizar, representarAula 2 - perceber, localizar, representar
Aula 2 - perceber, localizar, representar
 
Aula 3 - Estrutura geológica parte 1
Aula 3 - Estrutura geológica parte 1Aula 3 - Estrutura geológica parte 1
Aula 3 - Estrutura geológica parte 1
 
Projeto Enem 2016
Projeto Enem 2016Projeto Enem 2016
Projeto Enem 2016
 
Aula 17 - Espaço rural
Aula 17 - Espaço ruralAula 17 - Espaço rural
Aula 17 - Espaço rural
 
Revisão 2ª fase UNESP
Revisão 2ª fase UNESPRevisão 2ª fase UNESP
Revisão 2ª fase UNESP
 
Atualidades 5 - Direitos humanos para humanos direitos
Atualidades 5 - Direitos humanos para humanos direitosAtualidades 5 - Direitos humanos para humanos direitos
Atualidades 5 - Direitos humanos para humanos direitos
 
Aulão ENEM geografia
Aulão ENEM geografiaAulão ENEM geografia
Aulão ENEM geografia
 
Stereotypes and representation
Stereotypes and representationStereotypes and representation
Stereotypes and representation
 
Rabota s tekstovim dokumentom 9r4 b.elvin
Rabota s tekstovim dokumentom 9r4 b.elvinRabota s tekstovim dokumentom 9r4 b.elvin
Rabota s tekstovim dokumentom 9r4 b.elvin
 

Semelhante a Aulão ENEM filosofia e sociologia

Slide sociologia
Slide  sociologiaSlide  sociologia
Slide sociologiamosaca22
 
Slide sociologia
Slide  sociologiaSlide  sociologia
Slide sociologiamosaca22
 
Sociologia para o vestibular
Sociologia para o vestibularSociologia para o vestibular
Sociologia para o vestibularEdenilson Morais
 
Crepúsculo do ídolos (Friedrich Nietzsche)
Crepúsculo do ídolos (Friedrich Nietzsche)Crepúsculo do ídolos (Friedrich Nietzsche)
Crepúsculo do ídolos (Friedrich Nietzsche)Max Reygson
 
Crepúsculo do ídolos (Friedrich Nietzsche)
Crepúsculo do ídolos (Friedrich Nietzsche)Crepúsculo do ídolos (Friedrich Nietzsche)
Crepúsculo do ídolos (Friedrich Nietzsche)Max Reygson
 
Fundamentos da filosofia
Fundamentos da filosofiaFundamentos da filosofia
Fundamentos da filosofiamegainfoin
 
O Iluminismo - Contextualização Histórica
O Iluminismo - Contextualização HistóricaO Iluminismo - Contextualização Histórica
O Iluminismo - Contextualização HistóricaMaria Rebelo
 
Os clássicos da sociologia
Os clássicos da sociologiaOs clássicos da sociologia
Os clássicos da sociologiaCarmem Rocha
 
Aula de Filosofia - Ética
Aula de Filosofia - ÉticaAula de Filosofia - Ética
Aula de Filosofia - ÉticaPaulo Alexandre
 
Sociologia 3º ano EM
Sociologia 3º ano EM Sociologia 3º ano EM
Sociologia 3º ano EM Mayron Picolo
 
Kant e a Ética do Dever
Kant e a Ética do DeverKant e a Ética do Dever
Kant e a Ética do DeverEder Nogueira
 
Filosofia Grécia
Filosofia GréciaFilosofia Grécia
Filosofia GréciaLuci Bonini
 

Semelhante a Aulão ENEM filosofia e sociologia (20)

Slide sociologia
Slide  sociologiaSlide  sociologia
Slide sociologia
 
Slide sociologia
Slide  sociologiaSlide  sociologia
Slide sociologia
 
Durkheim, marx, weber
Durkheim, marx, weberDurkheim, marx, weber
Durkheim, marx, weber
 
Sociologia para o vestibular
Sociologia para o vestibularSociologia para o vestibular
Sociologia para o vestibular
 
Crepúsculo do ídolos (Friedrich Nietzsche)
Crepúsculo do ídolos (Friedrich Nietzsche)Crepúsculo do ídolos (Friedrich Nietzsche)
Crepúsculo do ídolos (Friedrich Nietzsche)
 
Crepúsculo do ídolos (Friedrich Nietzsche)
Crepúsculo do ídolos (Friedrich Nietzsche)Crepúsculo do ídolos (Friedrich Nietzsche)
Crepúsculo do ídolos (Friedrich Nietzsche)
 
Fundamentos da filosofia
Fundamentos da filosofiaFundamentos da filosofia
Fundamentos da filosofia
 
1 ano slides
1 ano slides1 ano slides
1 ano slides
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Aula 2 fls em
Aula 2 fls emAula 2 fls em
Aula 2 fls em
 
O Iluminismo - Contextualização Histórica
O Iluminismo - Contextualização HistóricaO Iluminismo - Contextualização Histórica
O Iluminismo - Contextualização Histórica
 
Os clássicos da sociologia
Os clássicos da sociologiaOs clássicos da sociologia
Os clássicos da sociologia
 
Aula de Filosofia - Ética
Aula de Filosofia - ÉticaAula de Filosofia - Ética
Aula de Filosofia - Ética
 
1 ano
1 ano1 ano
1 ano
 
Sociologia 3º ano EM
Sociologia 3º ano EM Sociologia 3º ano EM
Sociologia 3º ano EM
 
Kant e a Ética do Dever
Kant e a Ética do DeverKant e a Ética do Dever
Kant e a Ética do Dever
 
Filosofia Grécia
Filosofia GréciaFilosofia Grécia
Filosofia Grécia
 
Nietzsche
NietzscheNietzsche
Nietzsche
 
Aula um
Aula umAula um
Aula um
 
Cap 04 sociologia
Cap 04   sociologiaCap 04   sociologia
Cap 04 sociologia
 

Mais de Gerson Coppes

Aula 1 [2023] - O que é história?
Aula 1 [2023] - O que é história?Aula 1 [2023] - O que é história?
Aula 1 [2023] - O que é história?Gerson Coppes
 
Aula 11 [1-2022] - Abolir o apagamento
Aula 11 [1-2022] - Abolir o apagamentoAula 11 [1-2022] - Abolir o apagamento
Aula 11 [1-2022] - Abolir o apagamentoGerson Coppes
 
Aula 11 [3-2022] - Nova República
Aula 11 [3-2022] - Nova RepúblicaAula 11 [3-2022] - Nova República
Aula 11 [3-2022] - Nova RepúblicaGerson Coppes
 
Aula 5 [1-2022-filo] - O mundo sob outros olhos olhos outros
Aula 5 [1-2022-filo] - O mundo sob outros olhos olhos outrosAula 5 [1-2022-filo] - O mundo sob outros olhos olhos outros
Aula 5 [1-2022-filo] - O mundo sob outros olhos olhos outrosGerson Coppes
 
Aula 4 [1-2022-filo] - Cidadão?
Aula 4 [1-2022-filo] - Cidadão?Aula 4 [1-2022-filo] - Cidadão?
Aula 4 [1-2022-filo] - Cidadão?Gerson Coppes
 
Extra [3-2022] - Resolução de exercícios aula 6, 7, 8, 9
Extra [3-2022] - Resolução de exercícios aula 6, 7, 8, 9Extra [3-2022] - Resolução de exercícios aula 6, 7, 8, 9
Extra [3-2022] - Resolução de exercícios aula 6, 7, 8, 9Gerson Coppes
 
Aula 10 [1-2022] - O caminho da cidadania
Aula 10 [1-2022] - O caminho da cidadaniaAula 10 [1-2022] - O caminho da cidadania
Aula 10 [1-2022] - O caminho da cidadaniaGerson Coppes
 
resumo fim da Guerra Fria
resumo fim da Guerra Friaresumo fim da Guerra Fria
resumo fim da Guerra FriaGerson Coppes
 
Aula 10 [3-2022] - Guerra Fria pt.2
Aula 10 [3-2022] - Guerra Fria pt.2Aula 10 [3-2022] - Guerra Fria pt.2
Aula 10 [3-2022] - Guerra Fria pt.2Gerson Coppes
 
Aula 9 [1-2022] - Juventudes
Aula 9 [1-2022] - JuventudesAula 9 [1-2022] - Juventudes
Aula 9 [1-2022] - JuventudesGerson Coppes
 
Aula 9 [3-2022] - Período Democrático e Ditadura Militar
Aula 9 [3-2022] - Período Democrático e Ditadura MilitarAula 9 [3-2022] - Período Democrático e Ditadura Militar
Aula 9 [3-2022] - Período Democrático e Ditadura MilitarGerson Coppes
 
Resumo Período Democrático e Ditadura Militar
Resumo Período Democrático e Ditadura MilitarResumo Período Democrático e Ditadura Militar
Resumo Período Democrático e Ditadura MilitarGerson Coppes
 
Aula 3 [1-2022-filo] - Ethos e Moralis
Aula 3 [1-2022-filo] - Ethos e MoralisAula 3 [1-2022-filo] - Ethos e Moralis
Aula 3 [1-2022-filo] - Ethos e MoralisGerson Coppes
 
aula 8 [3-2022] - Guerra Fria
aula 8 [3-2022] - Guerra Friaaula 8 [3-2022] - Guerra Fria
aula 8 [3-2022] - Guerra FriaGerson Coppes
 
Aula 2 [1-2022-filo] - Contratualistas
Aula 2 [1-2022-filo] - ContratualistasAula 2 [1-2022-filo] - Contratualistas
Aula 2 [1-2022-filo] - ContratualistasGerson Coppes
 
Aula 8 [1-2022] - Migrantes
Aula 8 [1-2022] - MigrantesAula 8 [1-2022] - Migrantes
Aula 8 [1-2022] - MigrantesGerson Coppes
 
aula 7 [3-2022] - 2ª guerra mundial
aula 7 [3-2022] - 2ª guerra mundialaula 7 [3-2022] - 2ª guerra mundial
aula 7 [3-2022] - 2ª guerra mundialGerson Coppes
 
Resumo - Visões da Velhice [1-2022-filo].pdf
Resumo - Visões da Velhice [1-2022-filo].pdfResumo - Visões da Velhice [1-2022-filo].pdf
Resumo - Visões da Velhice [1-2022-filo].pdfGerson Coppes
 
Aula 7 [1-2022] - Onde habitar?
Aula 7 [1-2022] - Onde habitar?Aula 7 [1-2022] - Onde habitar?
Aula 7 [1-2022] - Onde habitar?Gerson Coppes
 

Mais de Gerson Coppes (20)

Aula 1 [2023] - O que é história?
Aula 1 [2023] - O que é história?Aula 1 [2023] - O que é história?
Aula 1 [2023] - O que é história?
 
Aula 11 [1-2022] - Abolir o apagamento
Aula 11 [1-2022] - Abolir o apagamentoAula 11 [1-2022] - Abolir o apagamento
Aula 11 [1-2022] - Abolir o apagamento
 
Aula 11 [3-2022] - Nova República
Aula 11 [3-2022] - Nova RepúblicaAula 11 [3-2022] - Nova República
Aula 11 [3-2022] - Nova República
 
Aula 5 [1-2022-filo] - O mundo sob outros olhos olhos outros
Aula 5 [1-2022-filo] - O mundo sob outros olhos olhos outrosAula 5 [1-2022-filo] - O mundo sob outros olhos olhos outros
Aula 5 [1-2022-filo] - O mundo sob outros olhos olhos outros
 
Aula 4 [1-2022-filo] - Cidadão?
Aula 4 [1-2022-filo] - Cidadão?Aula 4 [1-2022-filo] - Cidadão?
Aula 4 [1-2022-filo] - Cidadão?
 
Extra [3-2022] - Resolução de exercícios aula 6, 7, 8, 9
Extra [3-2022] - Resolução de exercícios aula 6, 7, 8, 9Extra [3-2022] - Resolução de exercícios aula 6, 7, 8, 9
Extra [3-2022] - Resolução de exercícios aula 6, 7, 8, 9
 
Aula 10 [1-2022] - O caminho da cidadania
Aula 10 [1-2022] - O caminho da cidadaniaAula 10 [1-2022] - O caminho da cidadania
Aula 10 [1-2022] - O caminho da cidadania
 
resumo fim da Guerra Fria
resumo fim da Guerra Friaresumo fim da Guerra Fria
resumo fim da Guerra Fria
 
Aula 10 [3-2022] - Guerra Fria pt.2
Aula 10 [3-2022] - Guerra Fria pt.2Aula 10 [3-2022] - Guerra Fria pt.2
Aula 10 [3-2022] - Guerra Fria pt.2
 
Aula 9 [1-2022] - Juventudes
Aula 9 [1-2022] - JuventudesAula 9 [1-2022] - Juventudes
Aula 9 [1-2022] - Juventudes
 
Aula 9 [3-2022] - Período Democrático e Ditadura Militar
Aula 9 [3-2022] - Período Democrático e Ditadura MilitarAula 9 [3-2022] - Período Democrático e Ditadura Militar
Aula 9 [3-2022] - Período Democrático e Ditadura Militar
 
Resumo Período Democrático e Ditadura Militar
Resumo Período Democrático e Ditadura MilitarResumo Período Democrático e Ditadura Militar
Resumo Período Democrático e Ditadura Militar
 
Aula 3 [1-2022-filo] - Ethos e Moralis
Aula 3 [1-2022-filo] - Ethos e MoralisAula 3 [1-2022-filo] - Ethos e Moralis
Aula 3 [1-2022-filo] - Ethos e Moralis
 
Resumo Guerra Fria
Resumo Guerra FriaResumo Guerra Fria
Resumo Guerra Fria
 
aula 8 [3-2022] - Guerra Fria
aula 8 [3-2022] - Guerra Friaaula 8 [3-2022] - Guerra Fria
aula 8 [3-2022] - Guerra Fria
 
Aula 2 [1-2022-filo] - Contratualistas
Aula 2 [1-2022-filo] - ContratualistasAula 2 [1-2022-filo] - Contratualistas
Aula 2 [1-2022-filo] - Contratualistas
 
Aula 8 [1-2022] - Migrantes
Aula 8 [1-2022] - MigrantesAula 8 [1-2022] - Migrantes
Aula 8 [1-2022] - Migrantes
 
aula 7 [3-2022] - 2ª guerra mundial
aula 7 [3-2022] - 2ª guerra mundialaula 7 [3-2022] - 2ª guerra mundial
aula 7 [3-2022] - 2ª guerra mundial
 
Resumo - Visões da Velhice [1-2022-filo].pdf
Resumo - Visões da Velhice [1-2022-filo].pdfResumo - Visões da Velhice [1-2022-filo].pdf
Resumo - Visões da Velhice [1-2022-filo].pdf
 
Aula 7 [1-2022] - Onde habitar?
Aula 7 [1-2022] - Onde habitar?Aula 7 [1-2022] - Onde habitar?
Aula 7 [1-2022] - Onde habitar?
 

Aulão ENEM filosofia e sociologia

  • 3. O surgimento da filosofia • Mitos - explicar o desconhecido de forma fantástica • Filosofia - explicar a natureza de forma racional  Pré-socráticos
  • 4. Sócrates • Busca da verdade que servisse como critério de ações aos indivíduos • Utilização do diálogo para atingir a verdade • Maiêutica - Parto das ideias • Diálogo em 2 momentos: • Exortação ou ironia - início do diálogo, abandono de concepções comuns e preconceitos • Indagação, dialética, maiêutica - perguntas • Diferente dos sofistas: não somente ensinava, mas queria questionar
  • 5. Platão • Fundação da metafísica - o que é essencial para o ser e esta além da matéria • Constrói o domínio das ideias em oposição ao domínio sensível, real, material • Conhecimento verdadeiro é imutável e essencial, tudo se origina das ideias • Demiurgo - deus-artifície que criou tudo no mundo sensível como sombra do mundo das ideias
  • 6. Mito da Caverna • As pessoas estão presas em uma caverna e veem o mundo somente por sombras projetadas na parede. Sair da caverna é sair do domínio do sensível, construído pela cultura e costumes, e atingir o domínio das ideias, imutável
  • 7.
  • 8. A República • A política era vista como um organismo, cada membro deveria exercer uma função • O governo faz a justiça e deve ser governado pelos melhores, os filósofos
  • 9. Aristóteles • Rejeita o dualismo real x ideal • O conhecimento é atingido por regras lógicas • Encadear as ideias em um argumento • Conhecimento é produzido pela indução, experiência e conclusão
  • 10. 4 causas de constituição do conhecimento • Causa material - do que é feito? • madeira • Causa formal - qual sua forma? (essência) • cadeira • Causa eficiente - quem a transforma? (potência, ato) • Carpinteiro • Causa final - qual o seu uso? • assento
  • 11. Ética • As ações humanas buscam o bem último, a felicidade  aperfeiçoar a capacidade racional • A ética impõe limites aos instintos • O homem só encontra a felicidade vivendo em comunidade - “animal político”
  • 12. Idade Média • Patrística e Escolástica - adequar a filosofia grega aos interesses da igreja • Santo Agostinho e São Tomás de Aquino
  • 13. Contratualistas • Thomas Hobbes - contrato social é a única forma dos indivíduos preservarem a vida • O estado é necessário para evitar conflitos • Estado = leviatã (monstro)  soberano e absoluto
  • 14. • Jean-Jacques Rousseau - homem é bom em seu estado natural, a sociedade o corrompe • O contrato social regula isso e tenta reconduzir o homem a felicidade • Mas, só o contrato social é incapaz de atingir isso, é necessário que seja mantido a vontade geral
  • 15. Racionalismo Moderno • René Descartes - encontrar a verdade última das coisas • Método cartesiano • Evidência - Utilizar algo sem dúvidas • 2+2=4 • Análise - Dividir o problema • Síntese - Resolver as partes, deixar os problemas complexos por último • Enumeração - Algo ficou esquecido? Revisar
  • 16. • Dúvida Metódica - por tudo em dúvida para reafirmar a verdade • Se podemos, e devemos, duvidar de tudo, a condição de existência está no pensamento  Penso, logo sou
  • 17. • David Hume - Tudo que conhecemos surge de impressões (sentidos) e ideias (mente) • Por isso, todo conhecimento é singular de cada indivíduo • Nenhum conhecimento é certo, seguro, definitivo (ceticismo) • A causalidade é ilusão, pois sempre muda
  • 18. • Immanuel Kant - o conhecimento é possível pois o homem torna-o possível • A fonte do conhecimento são a sensibilidade (intuição, experiência) e o entendimento (conceitos, razão) • Sem experiência a razão é vazia, sem razão (conceitos) a experiência não tem sentido • Se eu desenho uma árvore, uso minha experiência, ao defini-la e nomeá-la, uso a razão
  • 19. • Tem uma forma fina embaixo e grande em cima • Tem um tronco e uma copa • É marrom e verde • Uma árvore • Mas e se for um Ipê, e se for outono e não tiver folhas, e se a pessoa for daltônica, cega? Os conceitos e a percepção muda
  • 20. • Na relação entre razão e experiência, Kant admite que existem ideias inatas, a priori, mas esse a priori necessita da experiência para se confirmar
  • 21. Existencialismo • Jean-Paul Sartre - foca na existência, estamos condenados a ser Ser em-si (sem consciência de si) x Ser para-si (com consciência de si) • Primeiro o ser humano existe, e depois ele da significado a essa existência
  • 22. As relações de poder • Michel Foucault - O poder está difuso pela sociedade  micro poderes • Atua no convencimento - submeter os indivíduos às regras de uma sociedade disciplinar
  • 24. Definindo • Sociedade é a trama de relações sociais entre seus indivíduos • Socialização é o processo de inserção na comunidade
  • 25. Sociedade para • Karl Marx - sociedade é formada pela luta de classes e o estado equilibra essa relação • Émile Durkheim - Sociedade prevalece sobre os indivíduos. O fato social são as maneiras de agir e pensar impostas ao individuo e gera uma consciência coletiva que integra os indivíduos • O fato social é coercitivo, externo e geral
  • 26. Sociedade para • Max Weber - Indivíduo prevalece sobre a sociedade. A ação social, contato entre os indivíduos, delimita a sociedade • A ação social pode ser: tradicional (faço por que assim faziam) • Afetiva: faço por que gosto • Racional pelos valores: faço por que acredito nisso • Racional pelos meios e fins: avalia as opções
  • 27. Marx - socialização conflituosa Durkheim - busca a coesão a partir da coletividade Weber - O indivíduo define a sociedade
  • 28. Trabalho • Sociedade tribal - Para a subsistência, dividido por gênero e idade • Antiguidade - Sistema escravista, trabalho rebaixa o homem • Idade Média - Ligado a terra, divisão de funções (laboratores) • Idade Moderna • Formação da ideologia burguesa  Rev. Industrial • Protestantismo  salvação é alcançada com esforço • Trabalho é transformado em algo positivo
  • 29. • Século XX • Taylorismo-Fordismo - racionalização da produção • Movimentos cronometrados, linha de produção • Pós-1970 • Flexibilização da produção • Just in time - produz para atender demanda • Aumenta lucro, diminuiu perdas
  • 30. Trabalho para • Marx - Divisão social do trabalho = Divisão de classes moderna • Trabalhador vende sua força de trabalho • Mais-valia, excedente de produção não pago ao trabalhador • Mais-valia absoluta - aumenta as horas de trabalho • Mais-valia relativa - mecaniza, aumenta produção com mesmo número de trabalhadores
  • 31. Trabalho para • Durkheim - fruto da necessidade do outro gerando uma solidariedade social • Solidariedade Social • Mecânica - necessidade • Orgânica - divisão de funções  organismo
  • 32. Poder e Estado • Na era moderna e no século XIX o estado centralizava e organizava a população • No século XX temos a formação das sociedades de massa  aglomeração de pessoas, produção em massa de ideias e produtos para consumo
  • 33. Estado para • Weber - relações de domínio dos indivíduos sobre os indivíduos • O estado deteria o monopólio da violência para se impor sobre a população • Existiriam 3 tipos de dominação que justificam a subordinação • Dominação tradicional - Senhor ou patriarca (engenhos) • Dominação carismática - Devoção a um líder por sua carisma (populismo) • Dominação legal - Pela lei (eleições)
  • 34. Participar do estado • Democracia - Qual os limites da vivência democrática? • Cidadania - Exercer os direitos civis, políticos e sociais
  • 35. A história dos direitos humanos • Direito Natural • Aristóteles - DN é algo válido em qualquer lugar • Hobbes - DN é forma que o ser humano racional age para sobreviver e prosperar  a garantia dos direitos ocorreria com a submissão ao governante • Locke - Se o governante não garante o DN ele pode ser derrubado pelo povo
  • 36. • 1ª geração de direitos humanos - direitos individuais • Ir e vir • 2ª geração dos direitos humanos - direitos sociais • Modelo industrial  direitos coletivos • Carteira de trabalho • 3ª geração dos direitos humanos - direitos de solidariedade • Pós-2ª GM • Direitos à paz
  • 37. Estrutura Social • Sociedades em casta - sem mobilidade social • Sociedade estamental - divisão por deveres e nascença, pouca mobilidade (Id. Média) • Sociedade de classes - divisão econômica e política
  • 38. Estrutura social para • Weber - divisão social tem 3 dimensões: econômica, social e política • Assim como há classes, há situação de classe - pessoas no mesmo patamar tem as mesmas oportunidades
  • 39. Cultura • Cultura é o conjunto de costumes, ideias, de uma sociedade • Mesmo sendo um jogo com cartas iguais, os resultados são diferentes/culturas diferentes • Claude Lévi-Strauss  estruturalismo, busca por uma regra comum • Trocas Culturais e culturas híbridas • Nestor Canclini
  • 40. Ideologia • Ideologia - estudo das ideias (Tracy, 1801); ideia falsa (Napoleão); conjunto de ideias de uma época (Comte); representações e ideias de uma época (Marx) • Karl Mannheim • Ideologia particular - oculta a realidade • Ideologia total - visão de mundo de uma sociedade
  • 41. Cultura + Ideologia • Antonio Gramsci - a classe dominante impõe sua visão de mundo  hegemonia • Pierre Bourdieu usa o termo violência simbólica para essa mesma definição • Indústria cultural - produção em massa de cultura para consumo • Homogeneíza as pessoas e justifica a dominação • O rádio, a TV, a internet ajudam nesse processo
  • 43.
  • 44. • A) Nietzsche não escreve sonre o que se pode fazer com a água, mas reflete uma premissa “a água é a origem e a matriz de todas as coisas” • B) Como a questão correta expõe, não se buscava o conhecimento racional e direto do mundo • C) Correta • D) Não se constrói uma comparação no texto • E) Empiria é a experiência, Nietzsche faz antes de tudo uma reflexão
  • 45.
  • 46. • A) Dentro todos os gestos usados como complemento a linguagem, acho que não existe nenhum que aponte que ele esta falando de juízo ou verdade (nem em libras) • B) A dialética, conflito, contradição, purifica as crenças • C) não a noção de Deus no sentido cristão, como criador de tudo • D) O sensível é o mundo real. Aristóteles, retratado ao seu lado e associado a essa dimensão aponta para o chão • E) sensibilidade associa-se ao real
  • 47.
  • 48. • A) correta • B) O texto não tenta entender classificações, mas definições, “montanha”, “cavalo”, “virtude” • C) Não são determinados pelo acaso, o indivíduo constrói sentido • D) Os sentimentos podem construir sentido, mas não ordena • E) As ideias partem dos sentidos
  • 49.
  • 50. • A) O método cartesiano pode ser considerado um precursor do método científico • B) Se dúvida de tudo e todos, até dos antigos juízos • C) Se dúvida de tudo e todos, até do pensamento clássico • D) Correta • E) Se dúvida de tudo e todos, até do preconceito
  • 51.
  • 52. • A) Correta • B) Kant sempre prioriza a racionalidade • C) Não há nenhuma menção a matemática • D) Assim como não há menção a igreja, e a discussão do esclarecimento não caminha para esse caminho • E) O homem se emancipa da própria menoridade, cujo culpado é somente ele
  • 53.
  • 54. • A) Somente o empregador é contemplado pela mais-valia • B) Correta • C) Esses processos nem sempre correm juntos • D) Essa ligação não precisa ocorrer • E) Neste momento, a classe revolucionaria é o proletariado e não mais a burguesia
  • 55.
  • 56. • A) Cada sociedade constrói sua visão de mundo a partir de suas experiências históricas, políticas, e assim também o indivíduo • B) O indivíduo ainda detêm alguma capacidade criar sentido para o que o grupo coloca • C) O texto não trata de indivíduos excepcionais • D) E os parâmetros da educação formal é determinada pelo grupo • E) Não se pode chegar a essa conclusão do texto
  • 57.
  • 58. • A) Correta • B) Não foca nisso • C) Não tem um foco nisso, apesar de podermos pensarmos a questão ambiental • D) Não expõe isso • E) Mostra na verdade sua evolução a ponto de inverter sua posição com o homem