A Visão da SUSEP sobre
Microsseguro no Brasil
Hugo Azevedo de Carvalho
Visão Geral e Atualizada sobre o Microsseguro no Br...
Mercado
Potencial
35 milhões
<3 SM = 104 milhões
<2 SM = 92 milhões
> 3 SM
21 milhões
Público-alvo do Microsseguro
Extrema...
Histórico: Ações da SUSEP
 2004 /2005 – circulares sobre Seguro Popular – Vida em
Grupo e Auto
 2006 – participação da S...
Ambiente Regulatório
 Legislação flexível para regular as atividades de
microsseguro no âmbito do CNSP e SUSEP
 Não há b...
Resolução CNSP 244/2011
 Definição de Microsseguro
 População de baixa renda e microeempreendedores
 Três focos princip...
Regulação de Produto
Proteção ao consumidor por meio de parâmetros objetivos
 Público-alvo do plano alinhado ao plano de ...
Regulação Prudencial
 Delegação à SUSEP para estabelecer:
 condições para funcionamento e operação
 critérios mínimos d...
Regulação de Conduta de
Mercado
 Corretor de Microsseguros
 nova categoria de corretores com qualificação mínima mas suf...
Próxima Etapa
GT: elaboração de normativos complementares à Res
CNSP 244 - circulares
 Autorização para operar e licencia...
Obrigado!
Hugo Azevedo de Carvalho
www.susep.gov.br
10
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação susep 022012_hugo_azevedo

238 visualizações

Publicada em

Apresentação susep 022012_hugo_azevedo

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
238
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação susep 022012_hugo_azevedo

  1. 1. A Visão da SUSEP sobre Microsseguro no Brasil Hugo Azevedo de Carvalho Visão Geral e Atualizada sobre o Microsseguro no Brasil São Paulo_ Fev 2012
  2. 2. Mercado Potencial 35 milhões <3 SM = 104 milhões <2 SM = 92 milhões > 3 SM 21 milhões Público-alvo do Microsseguro Extrema pobreza – programas sociais Público-alvo do mercado de seguro tradicional Seguro Tradicional Mercado do Microsseguro Público-Alvo do Microsseguro no Brasil
  3. 3. Histórico: Ações da SUSEP  2004 /2005 – circulares sobre Seguro Popular – Vida em Grupo e Auto  2006 – participação da SUSEP no IAIS-Microinsurance Network Joint Working Group  2008 /2009 - Comissão Consultiva de Microsseguros do CNSP  Substitutivo ao Projeto de Lei 3.266/2008  2011 – Grupo de Trabalho de Microsseguros da SUSEP  Base para a Resolução CNSP 244/2011 3
  4. 4. Ambiente Regulatório  Legislação flexível para regular as atividades de microsseguro no âmbito do CNSP e SUSEP  Não há barreiras ou restrições significativas  A principal restrição refere-se à forma jurídica dos provedores  Diferentes canais de distribuição  Corretores de microsseguros  Contratação por bilhetes  Questões tributárias – fora da esfera da SUSEP  Oportunidades – Correspondentes Bancários 4
  5. 5. Resolução CNSP 244/2011  Definição de Microsseguro  População de baixa renda e microeempreendedores  Três focos principais:  Regulação de Produto  Regulação Prudencial  Regulação de Conduta de Mercado 5
  6. 6. Regulação de Produto Proteção ao consumidor por meio de parâmetros objetivos  Público-alvo do plano alinhado ao plano de negócios de microsseguro  Tipos de produtos e coberturas – isoladamente ou em conjunto  Limite máximo de garantia e/ou capital segurado  Prazos mais curtos para o pagamento de indenizações  Prazo de vigência – flexibilidade X incentivo à cultura do seguro  Formas simplificadas de comercialização – uso de meios remotos  Documentos de contratação simplificados - apólices, certificados e bilhetes  Tangibilidade- serviços de assistência e cessão de direitos de títulos de 6
  7. 7. Regulação Prudencial  Delegação à SUSEP para estabelecer:  condições para funcionamento e operação  critérios mínimos do plano de negócios específico  Seguradoras especializadas com requerimento de capital diferenciado  20% do capital base 7
  8. 8. Regulação de Conduta de Mercado  Corretor de Microsseguros  nova categoria de corretores com qualificação mínima mas suficiente ao exercício da atividade , capacitados a prover informações adequadas ao consumidor  Correspondente de Microsseguros  incentivo e flexibilidade para novos canais de distribuição  coleta de prêmios , marketing e administração  Distribuição e coleta por meio de Correspondentes Bancários  Capilaridade - mais de 160.000 correspondentes bancários no país 8
  9. 9. Próxima Etapa GT: elaboração de normativos complementares à Res CNSP 244 - circulares  Autorização para operar e licenciamento de especializadas (Art 5º.)  Parâmetros (contratação simplificada e uso de meios remotos)  Autorização para Correspondentes Bancários  Correspondentes de Microsseguros  Corretores de Microsseguros  Regras de Capital e Provisões Técnicas diferenciadas (Art 6º.)  Envio de Dados Estatísticos (criação de indicadores)  Capitalização (norma específica ) 9
  10. 10. Obrigado! Hugo Azevedo de Carvalho www.susep.gov.br 10

×