Demografia: Mundo e Brasil - PONTOMED

805 visualizações

Publicada em

SLIDES DESTINADOS AOS ALUNOS DO PONTOMED

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
805
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Demografia: Mundo e Brasil - PONTOMED

  1. 1. Demografia
  2. 2. Conceitos importantes: • População Absoluta • População Relativa • Populoso • Povoado • Superpovoado • Subpovoado • Migrações • Emigrações • Imigrações • Crescimento vegetativo • Crescimento demográfico • Taxa de natalidade • Taxa de fecundidade • Taxa de mortalidade • Censo.
  3. 3. Com relação ao crescimento e distribuição da população mundial, considere as seguintes afirmações: I. A densidade demográfica de um país nos dá o número total de habitantes desse mesmo país. II. Os países mais povoados apresentam uma alta densidade demográfica. III. O conceito de superpopulação está relacionado a indicadores sócio econômicos e não ao número total de habitantes de um país. IV. A imigração e o crescimento vegetativo são responsáveis pelo crescimento demográfico de um país. São corretas as afirmativas: a) I, II e III. b) II e IV c) I, III e IV. d) I e III. e) II, III e IV. V
  4. 4. Observação importante – Composição Étnica no Brasil.
  5. 5. Brasil: Um país de Pretos. Brasil: Um país de Pardos.OU
  6. 6. Cor/Raça 2000 2010 Branca 91.298.042 53,77% 91.051.646 47,73% Preta 10.554.336 6,22% 14.517.961 7,61% Parda 65.318.092 38,47% 82.277.333 43,13% Amarela 761.583 0,45% 2.084.288 1,09% Indígena 734.127 0,43% 817.963 0,43% Ignorada 1.132.990 0,67% 6.608 0,003% TOTAL 169.799.170 100% 190.749.191 100%
  7. 7. “A seguir, nos Censos de 1900 e 1920, as informações sobre cor ou raça não foram coletadas e, em 1910 e 1930, não foram realizadas operações censitárias no País(...). Os Censos 1950 e 1960 reincorporaram o grupo pardo à categorização de cor, como unidade de coleta e análise, sendo os primeiros levantamentos que orientaram explicitamente nas suas instruções de preenchimento a respeitar a resposta da pessoa recenseada, constituindo a primeira referência explícita ao princípio de autodeclaração. No Censo 1970, mais uma vez a variável foi excluída da pesquisa, sendo que a partir do Censo 1980 o quesito voltou a ser pesquisado, desta vez no questionário da amostra. Em 1991, foi acrescentada a categoria indígena às já mencionadas, após um século de ausência desta identificação, passando a pergunta a ser denominada como de “raça ou cor” e, no Censo 2000, de “cor ou raça”. Em 2010, último censo realizado, repetiram-se as mesmas categorias de classificação da pergunta, que voltou ao questionário básico aplicado à totalidade da população, sendo que, pela primeira vez, as pessoas identificadas como indígenas foram indagadas a respeito de sua etnia e língua falada.” http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/caracteristicas_raciais De acordo com o texto e com as características de formação étnica da população brasileira, assinale a alternativa correta.
  8. 8. a) A população brasileira, a despeito de sua composição étnica de origens variadas, apresenta histórica homogeneidade de características, tais como a cor da pele. Esse fato torna discutível a inclusão dos termos “pardos” e “indígenas”, restritos às características físicas e não culturais desses grupos. b) O recenseamento da população segundo a cor da pele é importante para o estabelecimento de políticas públicas de correção de desigualdades. Contudo, a heterogeneidade da população é um fato de difícil medição, a exemplo da histórica dificuldade da definição de alguns termos como “pardos” e “indígenas”. c) A população brasileira é um exemplo de “democracia racial”, em que todos os grupos classificados pelo IBGE, segundo a cor da pele, apresentam equilíbrio nos dados de escolaridade, expectativa de vida e rendimentos. A retirada dos termos “pardos” e “indígenas” comprova essa tese. d) No Brasil, o princípio da “autodeclaração” confere amplos poderes ao Estado para determinar a classificação da população de acordo com a cor da pele. Desse modo, os recenseadores aplicam a metodologia correta, cientificamente aceita e sem distorções, como historicamente podemos comprovar. e) A homogeneidade da população brasileira segundo a cor da pele pode ser modificada pela mudança dos critérios do IBGE para os diferentes recenseamentos. Desse modo, a afirmação de que o Brasil é heterogêneo, deriva muito mais das mudanças nos critérios de recenseamento do que propriamente das características da população. V
  9. 9. Distribuição populacional Por que a distribuição é desigual?
  10. 10. A ocupação do território brasileiro pela população se dá de modo bastante irregular. É bastante visível o contraste existente entre a fachada litorânea, onde se encontra a maioria da população, e o interior do país, fracamente povoado. Sobre a distribuição geográfica da população no Brasil, é correto afirmar que a) uma das razões fundamentais que explicam a elevada concentração da população brasileira junto ao litoral é a condição do país como ex-colônia de exploração, pois isso gerou uma dependência econômica e criou a necessidade de contato com o mundo exterior. b) grande número das metrópoles no Brasil não se localizam próximas do litoral, mas a população dessas cidades representa pequena concentração da população total do país, mantendo irregular a distribuição da população. c) as regiões Nordeste, Sudeste e Sul ocupam a maior parte do território brasileiro e, mesmo assim, não concentram a maior parte da população do país. d) existem grandes áreas nas regiões Norte e Centro-Oeste do Brasil, que constituem imensos vazios demográficos, mas a população absoluta nos estados que compõem estas regiões é elevada. e) a concentração das principais atividades econômicas do país, como agricultura e indústria, se dá no interior do território, mas isso não tem sido suficiente para afastar a população do litoral. V
  11. 11. Crescimento Populacional
  12. 12. Fases do crescimento populacional
  13. 13. Crescimento Populacional - Brasil
  14. 14. Sobre os fatores que explicam as variações no ritmo de crescimento da população brasileira entre 1872 e 2010, reveladas pelo gráfico, é CORRETO afirmar: a) A elevada taxa de incremento populacional registrada entre 1900 e 1920 resultou do aumento da natalidade, associado ao processo de urbanização. b) Na década de 1960, o crescimento da população pode ser associado à revolução sexual, que provocou um aumento substancial das taxas de fecundidade. c) Se persistirem as taxas registradas entre 2000 e 2010, a população brasileira deve parar de crescer na próxima década. d) Na década de 1940, o crescimento da população resultou da combinação entre a baixa fecundidade e a baixa mortalidade. e) Desde a década de 1960, registra-se uma tendência de queda do ritmo de crescimento da população, devido ao recuo da fecundidade. V
  15. 15. Teorias Demográficas Alimentos = PA = ( 2,4,6,8... ) Soluções: = FOME Epidemias População = PG = ( 2,4,8,16...) Guerras Sujeição Moral Teoria de Malthus
  16. 16. Teorias Demográficas TEORIA NEOMALTHUSIANA OU PESSIMISMO. Ganhou importância após a II Guerra Mundial, em conseqüência da verdadeira explosão demográfica nos países subdesenvolvidos, agravando a fome, a miséria e a desigualdade. Soluções: •Controle da natalidade( meios anticoncepcionais) •Planejamento familiar OBS: Os neomalthusianos acham que o crescimento demográfico acelerado dificulta ou impede o desenvolvimento econômico.
  17. 17. Teorias Demográficas TEORIA REFORMISTA OU OTIMISTA OU MARXISTA. Os reformistas não consideraram que o grande crescimento populacional seja o responsável pela pobreza e miséria do terceiro mundo. Na verdade, é a pobreza que acarreta o crescimento populacional. Soluções: •Reformas sociais e econômicas. •Elevação do padrão de vida. TEORIA CATÓLICA •Contrária ao aborto e meios anticoncepcionais. •Defende a paternidade responsável.
  18. 18. O crescimento demográfico levaria ao estres
  19. 19. As questões demográficas sempre foram objeto de preocupação por parte dos planificadores e estudiosos de todo o mundo em diversos períodos da história. Em relação ao tema, julgue os itens que se seguem: 00. Os neomalthusianos atribuem ao crescimento populacional do terceiro Mundo a causa do estado de pobreza e subdesenvolvimento e defendem a adoção de políticas oficiais de controle de natalidade. 01. Para os reformistas ou marxistas, a miséria seria uma forma natural de controle da superpopulação e o estado não deveria intervir nesse mecanismo regulativo. 02. Países como Portugal e Uruguai encontram o caminho do desenvolvimento, por meio da manutenção de baixas taxas de crescimento populacional. v
  20. 20. Estrutura da População: • Por idade. • Econômica. • Por Sexo.
  21. 21. Estrutura etária: • Jovens – 0 a 19 anos • Adultos – 20 a 59 anos • Idosos – 60 anos ...
  22. 22. Estrutura etária – Principais pirâmides
  23. 23. Estrutura por Sexo • Percentual de homens e mulheres. • Participação da mulher no mercado de trabalho.
  24. 24. Sexo Frágil! A taxa de participação feminina no mercado de trabalho cresceu 8,9%, enquanto a masculina caiu 3,6%, No Brasil, de cada 10 cargos executivos existentes nas grandes empresas, apenas um é ocupado por mulheres.
  25. 25. Estrutura Econômica • Setores da Economia – Primário – Secundário – Terciário • Observações: – Setor Quaternário – Terceiro setor
  26. 26. Análise da PEA no Brasil.
  27. 27. Coeficiente de Gini.
  28. 28. Treinamento: O IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) foi criado para servir de referência para estudos das condições de vida da população do mundo. Ele se baseia principalmente: a) No PIB do país b) No PIB per capita c) Na expectativa de vida da população d) No índices de escolaridade da população e) Nos índices de escolaridade, de saúde e de expectativa de vida da população v

×