Exercício biomas e população

7.259 visualizações

Publicada em

Atenção 3º B faça o restante do exercício

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.259
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
45
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Exercício biomas e população

  1. 1. Exercício Professora Lourdes Silva
  2. 2. Momento de silêncio <ul><li>Mensagem: acontece por acaso </li></ul>
  3. 3. 1- Identifique os biomas
  4. 4. <ul><li>2 (FGV) </li></ul><ul><li>Desde meados dos anos de 1960, as mulheres ingressaram de modo mais destacado no mercado de trabalho. Após décadas desse fato, pode-se afirmar que, </li></ul><ul><li>a) depois das cotas femininas dos partidos políticos, houve um equilíbrio de gênero na indicação de líderes, pois as mulheres passaram a candidatar-se a cargos eletivos em todo o mundo. </li></ul><ul><li>b) mesmo quando possuem a mesma escolaridade que os homens, recebem salários mais baixos e não chegam, na mesma proporção que eles, a postos de comando em empresas. </li></ul><ul><li>c) apesar do aumento da participação feminina no mercado de trabalho, ela é menor no segmento informal, como evidencia a carência de empregadas domésticas nos grandes centros urbanos. </li></ul><ul><li>d) ainda que elas tenham se tornado mais independentes, falta-lhes experiência em cargos de gestão, em função dos afazeres domésticos que predominam em seu cotidiano. </li></ul><ul><li>e) depois da queda das taxas de natalidade, elas passaram a ser estimuladas a abandonar suas atividades profissionais, para aumentar o crescimento populacional. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>3 (UEPB) </li></ul><ul><li>Considerando que as pirâmides são gráficos que representam a estrutura de uma população distribuída por faixa de idade e sexos, observe as pirâmides 1, 2 e 3 e assinale com V ou com F as proposições, conforme sejam respectivamente Verdadeiras ou Falsas em relação à interpretação das mesmas. </li></ul>
  6. 7. <ul><li>( ) A base larga da pirâmide 1 indica uma alta expectativa de vida, que corresponde no geral aos países subdesenvolvidos, era a pirâmide típica do Brasil até o censo de 1980. </li></ul><ul><li>( ) A pirâmide 2 indica que o país apresenta uma elevação da expectativa de vida e que a população passa por um processo de envelhecimento. Assemelha-se à pirâmide que o Brasil começa a esboçar a partir dos anos 1990. </li></ul><ul><li>( ) A pirâmide 3 indica que o país apresenta uma baixa taxa de natalidade ao lado de uma baixa expectativa de vida, é a pirâmide típica dos países de economia emergente, a exemplo do Brasil e da Índia. </li></ul><ul><li>( ) A pirâmide 1 indica que o país necessita fazer altos investimentos em educação e saúde para qualificar sua mão-de-obra jovem enquanto que a pirâmide 3 indica que o país enfrenta altos gastos com aposentadorias, assistência social e carência de mão-de-obra nativa. </li></ul><ul><li>A sequência correta das assertivas é </li></ul>
  7. 8. <ul><li>4(UESPI) </li></ul><ul><li>Analise a Tabela abaixo, correlacionando-a com as proposições apresentadas a seguir. </li></ul>
  8. 9. <ul><li>a) Os Estados Unidos e o Brasil são os únicos países situados na América Anglo-Saxônica. </li></ul><ul><li>b) Os Estados Unidos e o Brasil são os mais populosos e também os mais povoados do planeta. </li></ul><ul><li>c) As taxas de crescimento demográfico mais baixas são um reflexo da ocorrência de taxas de fecundidade também baixas. </li></ul><ul><li>d) Os indicadores demográficos utilizados para o cálculo da taxa de crescimento demográfico foram aqueles referentes às taxas de natalidade e de mortalidade. </li></ul><ul><li>e) A densidade demográfica de Bangladesh de 1.099,14 hab/km2 foi obtida da divisão da sua população relativa pela sua extensão territorial </li></ul>
  9. 10. <ul><li>5 (FUVEST SP) </li></ul><ul><li>“ Pela primeira vez na história da humanidade, mais de um bilhão de pessoas, concretamente 1,02 bilhão, sofrerão de subnutrição em todo o mundo. O aumento da insegurança alimentar que aconteceu em 2009 mostra a urgência de encarar as causas profundas da fome com rapidez e eficácia.” </li></ul><ul><li>Relatório da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação [FAO], primeiro semestre de 2009. </li></ul><ul><li>Tendo em vista as questões levantadas pelo texto, é correto afirmar que </li></ul><ul><li>a) a principal causa da fome e da subnutrição é a falta de terra agricultável para a produção de alimentos necessários para toda a população mundial. </li></ul><ul><li>b) a proporção de subnutridos e famintos, de acordo com os dados do texto, é inferior a 10% da população mundial. </li></ul><ul><li>c) as principais causas da fome e da subnutrição são disparidades econômicas, pobreza extrema, guerras e conflitos. </li></ul><ul><li>d) as consequências da subnutrição severa em crianças são revertidas com alimentação adequada na vida adulta. </li></ul><ul><li>e) o uso de organismos geneticamente modificados na agricultura tem reduzido a subnutrição nas regiões mais pobres do planeta. </li></ul>
  10. 11. <ul><li>6 (UNISC RS) </li></ul><ul><li>Em relação a alguns indicadores demográficos de uma dada população, assinale a alternativa correta. </li></ul><ul><li>a) A taxa de crescimento vegetativo é calculada pela diferença entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade, em um período determinado. </li></ul><ul><li>b) A taxa de mortalidade corresponde à somatória da taxa de mortalidade infantil e dos índices gerais de mortalidade. </li></ul><ul><li>c) A taxa de natalidade corresponde à somatória da taxa de fecundidade e da taxa de crescimento demográfico. </li></ul><ul><li>d) A taxa de expectativa de vida é medida pelo número total de anos que um indivíduo adulto pode viver. </li></ul><ul><li>e) A taxa de fecundidade corresponde ao número total de filhos por grupo de cada 100 mulheres. </li></ul>
  11. 12. <ul><li>7 (UNIMONTES MG) </li></ul><ul><li>Leia os fragmentos de textos. </li></ul><ul><li>Texto I- A equação é a seguinte: quanto mais gente no mundo, menor a fatia do bolo a que cada um tem direito. (Revista Veja, 1992) </li></ul><ul><li>Texto II- As cidades do mundo em desenvolvimento estão a um passo da explosão pela pressão de suas populações. Seu enorme crescimento é similar ao que se produziu no Norte com a industrialização no século XIX, mas em escala gigantesca. A cada dia que passa, estima-se que cerca de 75 mil pobres cheguem às cidades, procedentes de áreas rurais, sobrecarregando serviços e administração. </li></ul><ul><li>(N. Myers, El Atlas Gaia de la Gestion del Planeta, 1987. Trad. Roberto Giansati) </li></ul>
  12. 13. <ul><li>Considerando os recortes temporal e espacial enfocados nos fragmentos dos textos e estabelecendo um paralelo com as teorias demográficas, é CORRETO afirmar que </li></ul><ul><li>a) enfatizam a Teoria Malthusiana do século XVIII. </li></ul><ul><li>b) reforçam a Teoria Neomalthusiana após a II Guerra Mundial. </li></ul><ul><li>c) enfatizam a Teoria Socialista do início do século XX. </li></ul><ul><li>d) reforçam a Teoria Reformista no final do século XIX. </li></ul>
  13. 14. <ul><li>8 (UFPB) </li></ul><ul><li>A população mundial tem passado por um acelerado processo de urbanização, o que acarretou mudanças significativas no crescimento vegetativo e na expectativa de vida. </li></ul><ul><li>Considerando a expectativa de vida e o crescimento vegetativo da população dos países subdesenvolvidos, especialmente os emergentes, é correto afirmar: </li></ul>
  14. 15. <ul><li>a ) O êxodo rural acarretou uma maior urbanização, o que fez crescer junto às grandes cidades bairros periféricos com elevados índices de mortalidade infantil e criminalidade, culminando na diminuição da expectativa de vida e do crescimento vegetativo. </li></ul><ul><li>b) A taxa de fecundidade da mulher é mais elevada nas cidades, devido ao aumento da expectativa e da qualidade de vida e à proximidade de centros hospitalares, elevando o crescimento vegetativo. </li></ul><ul><li>c) A população rural, possui uma expectativa de vida superior à população urbana, devido a um estilo de vida em harmonia com o meio ambiente, menores índices de violência e alimentação mais saudável, elevando o crescimento vegetativo. </li></ul><ul><li>d) A urbanização acarretou uma melhor assistência médica, acesso aos métodos contraceptivos, medicina preventiva e saneamento básico, elevando a expectativa de vida e reduzindo o índice de crescimento vegetativo. </li></ul><ul><li>e) A urbanização contribuiu para o aumento da violência principalmente nas periferias das metrópoles, atingiu, em grande parte, os jovens, reduziu a expectativa de vida e anulou o crescimento vegetativo. </li></ul>
  15. 16. <ul><li>9 (CEFET PR) </li></ul><ul><li>A disparidade entre países ricos e pobres tende a crescer ainda mais, como reflexo da concentração de capital. São conseqüências desse processo para os países subdesenvolvidos, EXCETO : </li></ul><ul><li>a) Elevado crescimento demográfico e a pauperização dos países subdesenvolvidos. </li></ul><ul><li>b) A macrocefalia urbana de inúmeras cidades dos países subdesenvolvidos. </li></ul><ul><li>c) Ocorrência de trabalho infantil e exploração da mulher. </li></ul><ul><li>d) Expansão do emprego informal, pois a população oriunda do campo se torna um enorme exército de mão-de-obra que compõe parte da economia dos países subdesenvolvidos. </li></ul><ul><li>e) Predomínio da população economicamente ativa no setor secundário. </li></ul>
  16. 17. 10 (UESPI) Observe o mapa a seguir. A área indicada pela seta caracteriza-se por apresentar uma predominância de:  
  17. 18. <ul><li>a) relevos colinosos e amplas planícies lacustrinas. b) florestas perenifólias. d) solos litólicos . d) cerrados. e) caatingas hipoxerófilas . </li></ul>
  18. 19. <ul><li>11. (UFAC) Podemos distinguir na floresta Amazônica três níveis de vegetação em relação ao relevo e às margens dos rios, a saber: a) A mata Atlântica, a mata da Caatinga e a mata de Cerrado. b) A mata de Terra Firme, a mata Atlântica e a mata de Várzea. c) A mata de Igapó, a mata de Várzea e a mata de Terra Firme. d) A mata Ciliar, a mata de Igapó e a mata da Caatinga. e) A mata de Araucária, a mata Atlântica e a mata de Igapó. </li></ul>
  19. 20. 12 (Ufc) A figura a seguir representa a distribuição geográfica das principais formações vegetais originais do território brasileiro.
  20. 21. <ul><li>Assinale a alternativa que associa corretamente o espaço numerado no mapa à formação vegetal. </li></ul><ul><li>a) 1 - Floresta Amazônica, 2 - Cerrados, 7 - Vegetação do Litoral b) 3 - Caatinga, 5 - Complexo do Pantanal, 6 - Mata de Araucária c) 3 - Cerrados, 1 - Floresta Amazônica, 5 - Campos d) 6 - Complexo do Pantanal, 8 - Mata de Araucária, 3 - Caatinga e) 5 - Campos, 7 - Vegetação do Litoral, 2 - Floresta Amazônica </li></ul>
  21. 22. Gabarito <ul><li>2 fvfv 10-d </li></ul><ul><li>3-c 11-c </li></ul><ul><li>4-c 12-a </li></ul><ul><li>5-c </li></ul><ul><li>6-a </li></ul><ul><li>7-b </li></ul><ul><li>8-d </li></ul><ul><li>9- e </li></ul>

×