Biossegurança:
aplicações, simbologia e rotulagem
Definição
CONCEITO AMPLO

Apenas em ambiente
de trabalho?????
Símbolo da biossegurança


Símbolo: risco biológico



Significado de
biossegurança: mais
abrangente



3 objetivas de ...
Definição


“Biossegurança ou segurança biológica
refere-se à aplicação do conhecimento,
técnicas e equipamentos com a fi...
Definição


“É a condição de segurança alcançada por
um conjunto de ações destinadas a prevenir,
controlar, reduzir ou el...
Histórico – Era microbiológica
Florence Nightingale (1863) – reduziu a incidência de infecção
hospitalar com medidas de hi...
Biossegurança


Em relação aos acidentes – prevenção!!!!



Em relação ao meio ambiente



Em relação ao trabalhador

C...
A importância do bom senso
Acidentes
Freqüência dos Acidentes



20% causas conhecidas
80% causas desconhecidas

Importante: atuação do Enfermeiro
Educação dos profissionais


Treinamentos e
capacitações



Educação continuada



Cultura prevencionista
Aplicações







Instituições de ensino e saúde:
clínicas, laboratórios, hospitais etc;
Estabelecimentos alimentícios...
Simbologia aplicada






NR 26 (Portaria GM n.º 3.214, de 08 de junho de 1978 DOU 06/07/78) : Sinalização de Segurança...
Cores - finalidades
Cor

Aplicação

Observações/exemplos

Vermelha

Aparelhos de proteção e combate a
incêndio.
Mangueira ...
Cores - finalidades
Azul

Ar comprimido.
Cuidado, uso de equipamentos fora
de serviço.

Prevenção de movimento acidental p...
Classificação do transporte de produtos
perigosos
Classe

Nome

Subclasses

1

Explosivos

1.1,1.2,1.,1.4,1.5,1.6

2

Gase...
Produtos perigosos
Sinalização de perigo






Triangular
Pictograma negro sobre
fundo amarelo
Perigo de eletrocussão
Margem negra
A cor ...
Sinalização de emergência





Retangular ou Quadrada
Pictograma branco sobre
fundo verde
A cor verde deve cobrir pelo
...
Sinalização de incêndio





Retangular ou Quadrada
Pictograma branco sobre
fundo vermelho
A cor vermelha deve cobrir
p...
Sinalização de proibição







Circular
Pictograma negro sobre fundo
branco
Margem e faixa vermelhas
Faixa diagonal ...
Sinalização de obrigação





Circular
Pictograma branco sobre
fundo azul
A cor azul deve cobrir pelo
menos 50% da supe...
Outros exemplos
Simbologia de risco da National Fire Protection Association
(NFPA) - EUA












Riscos à Saúde
4 - Letal
3 - ...
Rotulagem preventiva






Instruções em linguagem simples, breves, precisas e dirigidas de modo
a evitar os riscos res...
Rotulagem preventiva - Ficha de Informações de
Segurança de Produto Químico (FISPQ)













Palavra de Adver...
Rotulagem preventiva
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Biossegurana1 120226164323-phpapp02[2]

4.082 visualizações

Publicada em

aula completa sobre biossegurança

Publicada em: Educação
1 comentário
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • parabens pelo material,muito bom e de otimo entendmento em sua linguagem.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.082
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
119
Comentários
1
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Biossegurana1 120226164323-phpapp02[2]

  1. 1. Biossegurança: aplicações, simbologia e rotulagem
  2. 2. Definição CONCEITO AMPLO Apenas em ambiente de trabalho?????
  3. 3. Símbolo da biossegurança  Símbolo: risco biológico  Significado de biossegurança: mais abrangente  3 objetivas de um microscópio em perspectiva
  4. 4. Definição  “Biossegurança ou segurança biológica refere-se à aplicação do conhecimento, técnicas e equipamentos com a finalidade de prevenir a exposição do trabalhador, laboratório e ambiente a agentes potencialmente infecciosos ou biorriscos. Biossegurança define as condições sobre as quais os agentes infecciosos podem ser seguramente manipulados e contidos de forma segura”. (Mastroeni, M.F. Biossegurança: aplicada a laboratórios e serviços de saúde. 2º ed, São Paulo: Atheneu; 2006)
  5. 5. Definição  “É a condição de segurança alcançada por um conjunto de ações destinadas a prevenir, controlar, reduzir ou eliminar riscos inerentes às atividades que possam comprometer a saúde humana, animal, vegetal e o meio ambiente (...) riscos que podem comprometer a saúde do homem, dos animais, do meio ambiente, ou a qualidade dos trabalhos desenvolvidos” (HIRATA, M & MANCINI FILHO, J. Manual de Biossegurança. São Paulo; Manole; 2002)
  6. 6. Histórico – Era microbiológica Florence Nightingale (1863) – reduziu a incidência de infecção hospitalar com medidas de higiene e limpeza Louis Pasteur (1864) – derrubou a teoria da geração espontânea e desenvolveu a técnica de pasteurização Joseph Lister (1867) – tratou os ferimentos cirúrgicos com fenol, reduzindo a infecção hospitalar Robert Koch (1876) – postulado de Koch: uma doença infecciosa específica é causada por um microrganismo específico
  7. 7. Biossegurança  Em relação aos acidentes – prevenção!!!!  Em relação ao meio ambiente  Em relação ao trabalhador Conceitos éticos Teoria X Prática
  8. 8. A importância do bom senso
  9. 9. Acidentes Freqüência dos Acidentes   20% causas conhecidas 80% causas desconhecidas Importante: atuação do Enfermeiro
  10. 10. Educação dos profissionais  Treinamentos e capacitações  Educação continuada  Cultura prevencionista
  11. 11. Aplicações     Instituições de ensino e saúde: clínicas, laboratórios, hospitais etc; Estabelecimentos alimentícios; Instituições que manipulam animais; Empresas onde as pessoas sofrem riscos, como: construção civil, postos de gasolina, transporte urbano, fábricas e indústrias, comércio de alimentos, clínicas de estética, limpeza urbana....
  12. 12. Simbologia aplicada    NR 26 (Portaria GM n.º 3.214, de 08 de junho de 1978 DOU 06/07/78) : Sinalização de Segurança Formas e cores dos símbolos são definidas em função dos seus objetivos específicos Cores - Prevenção de Acidentes; - Identificar os equipamentos de segurança; - Delimitando áreas; - Identificação de Tubulações de líquidos e gases advertindo contra riscos; - Identificar e advertir acerca dos riscos existentes
  13. 13. Cores - finalidades Cor Aplicação Observações/exemplos Vermelha Aparelhos de proteção e combate a incêndio. Mangueira de acetileno. Não deve ser utilizado para indicar perigo (pouca visibilidade) Amarela Tubulações de gases liquefeitos. Indicação de cuidado. Parte baixa de escadas. Corrimões. Espelho de degraus. Vigas colocadas à baixa altura. Para melhorar a visibilidade podem ser alternadas listras pretas. Branca Zonas de segurança. Passarelas e corredores de circulação. Localização de bebedouros e coletores de resíduos. Área em torno de equipamento de socorro ou outros equipamentos de emergência. Preta Inflamáveis combustíveis de alta viscosidade. Óleo combustível, alcatrão etc. Pode ser usado em substituição à branca, ou combinado a esta, quando condições especiais exigirem.
  14. 14. Cores - finalidades Azul Ar comprimido. Cuidado, uso de equipamentos fora de serviço. Prevenção de movimento acidental para peças em manutenção. Verde Caracteriza a segurança. Canalizações de água. Mangueira de oxigênio. Equipamentos de segurança e sua localização: caixa de primeiros socorros, EPI, chuveiros, lava-olhos, macas etc. Laranja Tubulações com ácidos. Partes móveis de máquinas Faces externas de polias. Bordas de serra, prensas etc. Púrpura Radiações ionizantes. Sinalização, acessos, recipientes e locais contaminados com material radioativo Lilás Tubulações com álcalis. Pode ser usada para óleo lubrificante em refinarias. Cinza Claro para vácuo Escuro para eletrodutos. Alumínio Tubulações c/gases liquefeitos, inflamáveis e combustíveis de baixa viscosidade Óleo diesel, gasolina, querosene etc. Marrom Qualquer outro fluido não identificável pelas demais cores.
  15. 15. Classificação do transporte de produtos perigosos Classe Nome Subclasses 1 Explosivos 1.1,1.2,1.,1.4,1.5,1.6 2 Gases comprimidos ou liquefeitos 2.1,2.2,2.3 3 Líquidos Inflamáveis 3.1,3.2,3.3 4 Sólidos inflamáveis 4.1,4.2,4.3 5 Oxidantes e peróxidos orgânicos 5.1,5.2 6 Venenosas (tóxicas) e infectantes 6.1,6.2 7 Materiais radioativos 8 Corrosivos 9 Perigosas diversas
  16. 16. Produtos perigosos
  17. 17. Sinalização de perigo     Triangular Pictograma negro sobre fundo amarelo Perigo de eletrocussão Margem negra A cor amarela deve cobrir pelo menos 50% da superfície da placa Substâncias tóxicas Substâncias inflamáveis Risco biológico Substâncias radioativas
  18. 18. Sinalização de emergência    Retangular ou Quadrada Pictograma branco sobre fundo verde A cor verde deve cobrir pelo menos 50% da superfície da placa Posto de primeiros socorros Direção a seguir Saída de emergência a esquerda
  19. 19. Sinalização de incêndio    Retangular ou Quadrada Pictograma branco sobre fundo vermelho A cor vermelha deve cobrir pelo menos 50% da superfície da placa Extintor Agulheta de combate a incêndio Telefone Direção a seguir (em conjunto com as placas anteriores
  20. 20. Sinalização de proibição      Circular Pictograma negro sobre fundo branco Margem e faixa vermelhas Faixa diagonal descendente da esquerda para a direita, a 45 em relação à horizontal Cor vermelha com pelo menos 35% da placa Não tocar Água não potável
  21. 21. Sinalização de obrigação    Circular Pictograma branco sobre fundo azul A cor azul deve cobrir pelo menos 50% da superfície da placa Proteção obrigatória dos olhos Proteção obrigatória das mãos Proteção obrigatória dos olhos e vias respiratórias Proteção obrigatório das vias respiratórias Obrigatório lavar as mãos Proteção obrigatória do corpo
  22. 22. Outros exemplos
  23. 23. Simbologia de risco da National Fire Protection Association (NFPA) - EUA         Riscos à Saúde 4 - Letal 3 - Muito Perigoso 2 - Perigoso 1 - Risco Leve 0 - Material Normal Riscos Específicos OX - Oxidante ACID - Ácido ALK - Álcali (Base) COR - Corrosivo W - Não misture com água Inflamabilidade 4 - Abaixo de 23ºC 3 - Abaixo de 38ºC 2 - Abaixo de 93ºC 1 - Acima de 93ºC 0 - Não queima Reatividade 4 - Pode explodir 3 - Pode explodir com choque mecânico ou calor 2 - Reação química violenta 1 - Instável se aquecido 0 - Estável Também conhecida como Diagrama de Hommel. Nesta simbologia, cada um dos losangos expressa um tipo de risco, aos quais serão atribuídos graus de risco variando entre 0 e 4.
  24. 24. Rotulagem preventiva    Instruções em linguagem simples, breves, precisas e dirigidas de modo a evitar os riscos resultantes do uso , manipulação e armazenagem do produto. Em caso de possibilidade de misturas com propriedades diferentes dos constituintes em separado, o rótulo deve destacar as propriedades perigosas do produto final. Devem constar pelo menos os seguintes tópicos:        Nome técnico do produto, especificando sua natureza (ácido corrosivo, composto de chumbo). Palavra de advertência designando o grau de risco (perigo, cuidado, atenção). Indicações de risco (extremamente inflamável, nocivo se absorvido através da pele). Medidas preventivas (mantenha afastado do calor, evite inalar a poeira). Primeiros socorros (medidas a serem tomadas antes da chegada do médico). Informações para médicos, em caso de acidentes. Instruções especiais em caso de fogo, derramamento ou vazamento.
  25. 25. Rotulagem preventiva - Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico (FISPQ)          Palavra de Advertência : "PERIGO", para indicar substâncias que apresentem alto risco; "CUIDADO", para substâncias que apresentem risco médio; "ATENÇÃO", para substâncias que apresentem risco leve. Indicações de Risco: "EXTREMAMENTE INFLAMÁVEIS", "NOCIVO SE ABSORVIDO ATRAVÉS DA PELE", etc. Medidas Preventivas : "MANTENHA AFASTADO DO CALOR, FAÍSCAS E CHAMAS ABERTAS“, "EVITE INALAR A POEIRA". Primeiros Socorros - medidas específicas que podem ser tomadas antes da chegada do médico.
  26. 26. Rotulagem preventiva

×