Educação para o consumo

1.657 visualizações

Publicada em

Apresentação construída a partir da cartilha da Fundação PROCON, e site do Instituto Akatu.

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.657
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
86
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educação para o consumo

  1. 1. Ato ou efeito de consumir, ou de gastar. Atividade que consiste na fruição de bens e serviços pelos indivíduos, pelas empresas ou pelo governo. Ato econômico que permite concretizar a satisfação de determinada necessidade através da utilização de determinado bem. O que é consumo?
  2. 2. O consumo faz parte da vida do adulto, do jovem e da criança, e se apresenta desde o despertar até a hora de dormir. CONSUMO SupérfluoEssencial  Necessidades primárias  Associadas à sobrevivência  Outros tipos de necessidades  Associadas ao luxo
  3. 3. A expressão Sociedade de Consumo designa uma sociedade característica do mundo desenvolvido em que a oferta, geralmente, excede a procura, os produtos são normalizados e os padrões de consumo estão massificados. Este conceito está ligado ao de economia de mercado e, por fim, ao conceito de capitalismo.
  4. 4.  A sociedade de consumo nos coloca à disposição uma infinidade de produtos e serviços.  Por um lado, aqueles que satisfazem nossas necessidades básicas, como habitação, roupas, educação, etc. e, por outro, uma enorme gama de produtos que nos incitam a consumir, por melhor qualidade de vida, por comodidade ou pelo simples fato de consumir.
  5. 5. IMPACTOS Ambiente Relações O consumo desenfreado é uma grave doença moderna, que agrava a sociedade e o meio ambiente
  6. 6.  A sociedade de consumo vende a satisfação dos desejos individuais, mas desperta nos consumidores a cada momento novos desejos a serem satisfeitos, fazendo-os querer e consumir sempre mais.  Uma das maiores críticas à sociedade de consumo, é a de que esta converte as pessoas a simples consumidores, que encontram o prazer no mero consumo por si só, e não pela real vontade e necessidade de possuir o produto.
  7. 7.  Do ponto de vista ambiental, a sociedade de consumo se vê como insustentável, posto que implica um constante aumento da extração de recursos naturais, e do despojo de resíduos, até o ponto de ameaçar a capacidade de regeneração da natureza desses mesmos recursos imprescindíveis para a sobrevivência humana.
  8. 8.  Outro impacto desse consumismo ao meio ambiente e à sociedade em geral é sem dúvida a rápida obsolescência dos equipamentos, causando hoje na sociedade o que conhecemos como lixo tecnológico.
  9. 9.  Para a maioria dos bens de consumo, a sua oferta excede a procura, levando a que as empresas recorram a estratégias de marketing agressivas e sedutoras que induzem o consumidor a consumir, permitindo-lhes escoar a produção.
  10. 10. Consumo Consciente
  11. 11.  O uso incorreto e indiscriminado de recursos naturais tem provocado prejuízos que comprometem a qualidade de vida.  Nesse contexto, a educação para o consumo se impõem como elemento sociocultural imprescindível do cidadão consciente.  Aprender a utilizar os bens e serviços que as novas tecnologias tornaram possíveis, melhorar a qualidade de vida, ampliar a base do mercado de consumo e os padrões de exigências, associados a uma qualificação para o exercício consciente de seu papel social de consumidor, é o grande desafio de um programa educativo sobre consumo.
  12. 12.  A ideia básica do consumo consciente é transformar o ato de consumo em uma prática permanente de cidadania.  O objetivo de consumo, quando consciente, extrapola o atendimento das necessidades individuais. Leva em conta também seus reflexos na sociedade, economia e meio ambiente.  Consumo consciente é ter em mente os impactos provocados pelo consumo. O consumidor pode, por meio de suas escolhas, maximizar os impactos positivos e minimizar os negativos dos seus atos de consumo, contribuindo para a construção de um mundo melhor.  O consumidor consciente busca o equilíbrio entre a sua satisfação pessoal e a sustentabilidade do planeta.
  13. 13. 12 Princípios Do Consumidor Consciente Instituto Akatu
  14. 14. Video: “Consciente Coletivo” Instituto Akatu/Canal Futura/HP do Brasil http://www.youtube.com/watch?v=jL_13S1GmT0&list=PL48D36B34AB11860B

×