Universidade Federal Rural da Amazônia – UFRA         Disciplina: Zoologia Aplicada FILO MOLLUSCA                         ...
Os animais do Filo Mollusca que apresentam importânciaagrícola pertencem:Classe: Gastropoda;Subclasse: Pulmonata;Ordem: St...
Espécies controladoras de pragasCaracol rajado Oxystyla pulchella (Bulimulidae);• 40 caracóis/planta realiza a limpeza com...
Espécies que atingem com maior frequência o nível de pragasno BrasilAustralorbius spp,Helix aspersa,Bradybaena similaris,B...
Limax spp.,Phyllocaulis spp.,Stronpheicheilus oblongus,Sarasinula sp.Sarasinula linguaeformis (lesmas)
Phisilla acuta (Physidae)Biomphalaria peregrinaBiomphalaria tenagophila (Planorbidae)Pomacea caniculata (Ampullariidae)
Ambiente favorável ao desenvolvimento de moluscos:• Abundância de palha na superfície;• Culturas com vegetação exuberante;...
Achatina fulica Caracol gigante africano; Tem alto potencial invasor: uma das 100 piores espécies daLista da União para ...
 Foi introduzido na década de 80; Possui elevado potencial biótico: várias posturas (200 a1600 ovos/ano);
Caramujos africanos como pragas urbanas
Caramujos africanos como pragas agrícolas
Além de pragas agrícolas, muitas lesmas e caracóis podemhospedar o nematóide Angyostrongylus costaricencis
Esquistossomose
Métodos de controleUso de armadilhas: Uma vasilha contendo 1 copo de cerveja e uma colher desal;Catação manual: Em cante...
 Pátios e gramados: salmoura fraca (2 colheres de sopa desal + 1 litro de água);OBS: efeito fitotóxico no ápice das plant...
O gavião-caramujeiro (Rostrhamus sociabilis) é um importante agentede controle biológico de caramujos em lavouras de arroz.
A galinha dAngola (Numida meleagris) tem se destacado como umagente de controle biológico de lesmas;
Primavesi, A. Manejo Ecológico de Pragas e Doenças. SãoPaulo: Ed. Nobel, 1990. 137p.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mollusca para floresta

1.066 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.066
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mollusca para floresta

  1. 1. Universidade Federal Rural da Amazônia – UFRA Disciplina: Zoologia Aplicada FILO MOLLUSCA Profª Andréa Bezerra de Castro
  2. 2. Os animais do Filo Mollusca que apresentam importânciaagrícola pertencem:Classe: Gastropoda;Subclasse: Pulmonata;Ordem: Styllomatophora;Representantes: lesmas e caracóis.Atuam como pragas em:plantas de horta, pomares e jardins.O dano é realizado pela raspagem de folhas pela rádula naalimentação dos gastrópodes.
  3. 3. Espécies controladoras de pragasCaracol rajado Oxystyla pulchella (Bulimulidae);• 40 caracóis/planta realiza a limpeza completa dacochonilha (Orthezia praelonga) dos citros em ramos etroncos;• 10 caracóis/planta proporciona uma eficiente remoção emfolhas e frutos.
  4. 4. Espécies que atingem com maior frequência o nível de pragasno BrasilAustralorbius spp,Helix aspersa,Bradybaena similaris,Bulimulus spp.,Stenogyra spp.,
  5. 5. Limax spp.,Phyllocaulis spp.,Stronpheicheilus oblongus,Sarasinula sp.Sarasinula linguaeformis (lesmas)
  6. 6. Phisilla acuta (Physidae)Biomphalaria peregrinaBiomphalaria tenagophila (Planorbidae)Pomacea caniculata (Ampullariidae)
  7. 7. Ambiente favorável ao desenvolvimento de moluscos:• Abundância de palha na superfície;• Culturas com vegetação exuberante;Ambiente desfavoráveis ao desenvolvimento de moluscos:• ↑ radiação solar;• Baixa umidade do ar;• Temperatura elevada.
  8. 8. Achatina fulica Caracol gigante africano; Tem alto potencial invasor: uma das 100 piores espécies daLista da União para a Conservação da Natureza (UICN). É praga da agricultura na Índia, Austrália. EstadosUnidos, Gana, Costa do Marfim, Japão, Indonésia e Malásia.
  9. 9.  Foi introduzido na década de 80; Possui elevado potencial biótico: várias posturas (200 a1600 ovos/ano);
  10. 10. Caramujos africanos como pragas urbanas
  11. 11. Caramujos africanos como pragas agrícolas
  12. 12. Além de pragas agrícolas, muitas lesmas e caracóis podemhospedar o nematóide Angyostrongylus costaricencis
  13. 13. Esquistossomose
  14. 14. Métodos de controleUso de armadilhas: Uma vasilha contendo 1 copo de cerveja e uma colher desal;Catação manual: Em canteiros pequenos e estufas; Sacos de aninhagem umedecidos: eliminar com águaquente ou salmoura forte (5 colheres de sopa de sal + 1 litrode água); Esmagamento; Eliminar entulhos;
  15. 15.  Pátios e gramados: salmoura fraca (2 colheres de sopa desal + 1 litro de água);OBS: efeito fitotóxico no ápice das plantas. Vasos e xaxins: submergir; Sementeiras, canteiros: faixa de proteção de 20 cm comcal em pó, serragem fina de madeira ou cinza; Pulverizar com infusão de folhas de acácia ou begônia:repelente; Iscas envenenadas: 5g de aldeído com 10g de açúcar e85g de farinha de trigo + um pouco d’água;
  16. 16. O gavião-caramujeiro (Rostrhamus sociabilis) é um importante agentede controle biológico de caramujos em lavouras de arroz.
  17. 17. A galinha dAngola (Numida meleagris) tem se destacado como umagente de controle biológico de lesmas;
  18. 18. Primavesi, A. Manejo Ecológico de Pragas e Doenças. SãoPaulo: Ed. Nobel, 1990. 137p.

×