Protozo+ürios aplicados +ç floresta

980 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
980
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
32
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Protozo+ürios aplicados +ç floresta

  1. 1. Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA Disciplina – Zoologia Aplicada FILO PROTOZOA Profª. Andréa Bezerra de Castro
  2. 2. RELAÇÃO DOS PROTOZOÁRIOS COM AS CULTURAS• Patógenos de pragas: úteis em programas de controlebiológico;• Patógenos de plantas: causando prejuízos expressivos aoprodutor.
  3. 3. Importância como Agentes de Controle Biológico• Contaminação oral do hospedeiro;• O inóculo também pode ser representado por esporos,cistos ou outra fase do desenvolvimento do protozoário.
  4. 4. As principais características do inseto doente e da doença causada por protozoário são as seguintes:a) desenvolvimento retardado;b) deformação nos apêndices, pupação anormal;c) dificuldades no movimento e falta de apetite;d) secreção anal esbranquiçada;e) cutícula transparente com áreas branco-opacas ou com presença de pontos escuros;f) os protozoários formam esporos ou cistos resistentes;
  5. 5. g) as epizootias* são limitadas a pequenas áreas (focos);h) os protozoários atuam lentamente sobre a população deinsetos, podendo torná-la suscetível a viroses;i) podem ser disseminados pêlos ovos, o que facilita odesenvolvimento das epizootias, podendo ser utilizados emcolonização;j) dificilmente são empregados com inseticidasmicrobianos em grandes áreas devido à dificuldade demultiplicação, sendo a maioria parasitas obrigatórios;* epizootia = doença que ataca numerosos animais ao mesmo tempo em um mesmo lugar
  6. 6. Importância como FïtopatógenosProtozoários de interesse fitopatológicoOs protozoários de interesse fitopatológico são incluídosno:• Filo Protozoa• Subfilo Mastigophora;• Classe Zoomastigophorasida;• Ordem Kinetoplastida;• Família Trypanosomatidae;• Gênero Phytomonas.
  7. 7. Protozoários Entomopatogênicos FILOS ORDENS GÊNEROS HOSPEDEIROSSARCOMASTIGOPHORA KINETOPLASTIDA Blastocrithidia Diversos Núcleo simples, exceto em Foraminiferidae, AMOEBIDA Malpighamoeba Abelhaslocomoção por flagelos, pseudópodes ou ambos Malamoeba Ortópteros Dobelina DípterosAPICOMPLEXA EUGREGARINIDA Gregarina Diversos Complexo apical só visível ao microscópioeletrônico, cílios ausentes, reprodução por singamia,todos parasitos. NEOGREGARINIDA Mattesia Coleópteros e Lepdópteros EUCOCCIDIDA Adelina ColeópterosMICROSPORA MINISPORIDA Chytridiopis Coleópteros Esporos unicelulares com filamento polar, Hessea Dípterosparede não perfurada contendo esporoplasma uni oubinucleado, com aparelho de extrusão. MICROSPORIDA Burunella Formigas Chytridiopis Coleópteros Duboscquia Dípteros e Isópteros Gurleya Diversos Nasema Diversos Octosporea Dípteros, Hemípteros e Lepdópteros Pleistophora Lepdópteros Telomyxa Coleópteros Teloahania Lepdópteros e Ortópteros Taxoglugea Ortópteros Vairimorfa Coleópteros e DípterosCILIOPHORA HYMENOSTOMATIDA Tetrahymena DípterosOrganelas representadas por cílios curtos econtráteis, geralmente 2 tipos de núcleo.
  8. 8. São referidos como parasitas de mais de uma centena deespécies vegetais, pertencentes às famílias: Euphorbia milii – coroa de cristoEuphorbiaceae,Asclepiadaceae, Stephanotis floribunda - jasmim de madagascarApocinaceae, Morus nigra amoreira negraMoraceae, Plumeria rubra jasmim mangaRubiaceae, Mussaenda alicia - musendra rosa
  9. 9. Palmae,Leguminosae,Solanaceae, Brunfelsia uniflora – manacá-de-cheiroSapotacea Maçã-de-macacoCompositaceae.
  10. 10. No Brasil estão associados principalmente a palmaceascomo:• Coqueiro (Cocos nucifera);• Dendezeiro (Roysionea regional);• Piaçava (Attala funniferd);• Palmeira-maripa (Maximiliana maripa) ;• Palmeira rabo-de-peixe anã (Carioyota mites).
  11. 11. São protozoários com predomínio da forma promastigota
  12. 12. Sintomatologia Os sintomas apresentados por plantas infestadas porPhytomonas são variáveis conforme o hospedeiro elocalização do protozoário na planta:• Amarelecimento;• Deformação;• Seca e queda das folhas;• Subdesenvolvimento, declínio e morte.Phytomonas Brassicae Phytomonas Fabacee Cucurbitae_Pseudomonas Phytomonas Cucurbitae_
  13. 13. • Em palmaceas verifica-se murcha, amarelecimento e escurecimento da folha: podridão do broto apical; necrose das inflorescências e raízes e caule, e por fim a morte da planta.Palmeira acometida por Phytomonas Carioyota mites - rabo de peixe
  14. 14. Abacaxi (Ananas comosus)
  15. 15. • Clorose,• Subdesenvolvimento,• Raízes delgadas, em pequeno número,Os protozoários são transmitidos de uma planta para outrapor percevejos. cigarras e cigarrinhas.Clorose em hortência Clorose em dracena
  16. 16. • Uma das maneiras de se prevenir da doença consiste emeliminar as plantas daninhas, as folhas mais velhas e asbainhas mortas, as quais podem abrigar os insetos vetores.• O controle químico do vetor é fundamental paradiminuição da incidência da doença.
  17. 17. Bibliografia consultadaFlávio Roberto Mello Garcia. Zoologia Agrícola: ManejoEcológico de Pragas. 3 ed. Ampl. – Porto Alegre: EditoraRígel. 256p. 2008Manual de Fitopatologia. Vol. 2. Doenças das PlantasCultivadas. 4ª Ed. São Paulo SP. Ceres. pp. 112 -136.

×