Atomística

2.237 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.237
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
696
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
43
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atomística

  1. 1. A TOM Í S TI CA
  2. 2. Sabe-se que um átomo é tão pequeno, que nãoconseguimos enxergá-lo, mesmo com a ajuda de um microscópio. Mas através de resultados experimentais, conseguimos chegar ao que é chamado de modelo atômico .
  3. 3. Um átomo é constituído por uma partecentral chamada de núcleo, onde seencontram os prótons (partículas positivas)nêutrons (partículas neutras) e uma outraparte que circunda esta parte central,chamada de eletrosfera, onde estão oselétrons (partículas negativas).
  4. 4. Estas partículas que compõe os átomos, são chamadas de fundamentais. Partícula Carga Massa Próton(p) + 1Nêutron(n) Neutro 1Elétron(e-) - 1/1840
  5. 5. A massa do elétron é 1840 vezes menor que do próton ou do nêutron, por isso é desprezível. A massa do átomo está concentrada no seu núcleo.• Exemplos:• Representação: A X símbolo 14N Fe 56
  6. 6. Um átomo é neutro ou seja, o número de cargaspositivas (prótons) é igual ao número de cargas negativas (elétrons).• nº p = nº e-• O átomo de oxigênio tem 8 prótons, portanto 8 elétrons.• O átomo de hidrogênio tem 1 próton, portanto 1 elétron.
  7. 7. N Ú M ER O A TÔM I CO ( Z ) É o número de prótons (carga nuclear), o número atômico identifica o átomo que estamos trabalhando. Z = n° p• Se um átomo tem número atômico 6, é o carbono, apresenta 6 prótons.• Se um átomo tem número atômico 13, é o alumínio, apresenta Portanto temos: 13 prótons. Z = nº p = nº e-
  8. 8. Representação:• Com estas informações, conseguimos determinar a quantidade de cada partícula fundamental.• Veja alguns exemplos:
  9. 9. Observe que no exemplo acima onúmero atômico igual a 1,determina o hidrogênio, mas amassa de cada hidrogênio ediferente.O símbolo representa o elementoquímico, conjunto de átomos demesmo número atômico.
  10. 10. O número atômico define o elemento químico. Quando falamos no urânio, o número atômico é 92, sempre. Mas temos na natureza átomos de urânio com diferentes massas, por exemplo:A estes átomos com mesmo número atômico e diferente número de nêutrons, chamamos de isó po to s. ISÓTOPO DO URÂNIO - 235 ISÓTOPO DO URÂNIO - 238 Se é urânio, o número atômico é 92, o número que acompanha o nome do elemento é a sua massa.
  11. 11. No exemplo que colocamos anteriormente do hidrogênio, temos:Na natureza, a maior parte ( quase a totalidade ) dosátomos de hidrogênio, apresentam massa igual a 1, uma pequena parte apresentam massa a 2 e uma outra parte, apenas residual, portanto, desprezível, apresenta massa 3.
  12. 12. I S ÓB A R OS• São átomos que apresentam o mesmo número de massa, porém não faz parte do mesmo elementoquímico, ou seja, apresenta número atômico diferente.Mesma massa nº atômico e número de nêutrons diferentes, são isóbaros.
  13. 13. I S ÓTON OS• São átomos que apresentam a semelhança no número de nêutrons, ou seja, a massa e o número atômico são diferentes.
  14. 14. Resumindo: PRÓTONS MASSA NEUTRONSISÓTOPOS = ≠ ≠ISÓBAROS ≠ = ≠ISÓTONOS ≠ ≠ =
  15. 15. Í ON S• Como já vimos, os átomos são formados por um núcleo (parte central) e a eletrosfera (parte periférica).• O núcleo, apesar de concentrar praticamente toda a massa do átomo, apresenta um diâmetro cerca de 10.000 vezes menor do que o átomo.
  16. 16. Se o átomo fosse o maracanã, o núcleo seria abola, no centro do campo. Se o átomo tivesse um diâmetro de 100m seu núcleo teria diâmetro de 1cm.
  17. 17. Os átomos sofrem reações para alcançar uma estabilidade. Estas reações ocorrem através de choques, e como o núcleo está protegido, não participa delas.As alterações sofridas por um átomo, ocorrem na eletrosfera, ou seja nos elétrons. • Os átomos, para alcançarem a estabilidade, podem perder ou ganhar elétrons, com isso adquirem cargas. Estas espécies, carregadas positivamente ou negativamente, chamamos de íons.
  18. 18. Vamos ver alguns casos: Á TOM O EL ETR I Z A D O POS I TI VA M EN TE ( cátion)O átomo eletrizado positivamente, é aquele queapresenta mais cargas positivas (prótons), do quecargas negativas (elétrons). Para tanto, ele perdeuelétrons. O total de elétrons perdidos é o total decargas positivas adquiridas.Exemplos:
  19. 19. Á TOM O EL ETR I Z A D O N EGA TI VA M EN TE  ( ânio ) n O átomo eletrizado negativamente, apresenta mais elétrons do que prótons. Para tanto ele ganhouelétrons. O total de elétrons ganhos é o total de cargas negativas adquiridas. Exemplos :
  20. 20. Resumindo: É importante frisar, toda e qualquer alteração no átomo ocorre nos elétrons, os prótons e nêutrons permanecem inalterados.A única diferença entre estas espécies químicas está no número de elétrons.
  21. 21. Outro termo comum:Espécies isole nicas = apresentam o mesmo e trô número de elétrons.• Exemplos:

×