Lixo eletrônico e Tabela Periódica

802 visualizações

Publicada em

Essa apresentação relaciona o estudo da tabela periódica a partir dos elementos encontrados no lixo eletrônico.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
802
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
308
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lixo eletrônico e Tabela Periódica

  1. 1. LIXO ELETRÔNICO Qual a relação entre os elementos que compõem o lixo eletrônico e a tabela periódica?
  2. 2. O lixo eletrônico é constituído por qualquer peça ou dispositivo eletrônico defeituosos ou não mais desejado. Além dos metais valiosos presentes, existem muitos componentes tóxicos, o que torna esses resíduos perigosos e não biodegradáveis na natureza.
  3. 3. Na composição do lixo eletrônico existem diversos elementos químicos. Vejamos alguns:  Mercúrio,  Chumbo,  Cádmio,  Berílio,  Arsênio,  Cobre,  Zinco,  Ouro,  Platina,  Alumínio, entre outros.
  4. 4. Um celular contém 43 elementos químicos em sua composição.
  5. 5. Muitos desses elementos encontram-se na natureza – são os elementos naturais, outros são produzidos pelo homem – são os artificiais. Eles são agrupados de acordo com suas características e propriedades e, para facilitar seu estudo, são dispostos na tabela periódica. A tabela periódica atual é composta de 112 elementos distribuídos em ordem crescente de número atômico.
  6. 6. Os elementos são colocados em faixas horizontais (períodos) e faixas verticais (grupos ou famílias). Na tabela há sete períodos: 1º período – 2 elementos 2º período – 8 elementos 3º período – 8 elementos 4º período – 18 elementos 5º período – 18 elementos 6º período – 32 elementos 7º período – até agora 30 elementos.
  7. 7. Os grupos ou famílias são numerados de 1 a 18. Algumas famílias possuem nome: 1 – alcalinos 2 – alcalinos terrosos 13 – família do boro 14 – família do carbono 15 – família do nitrogênio 16 – família dos calcogênios 17 – família dos halogênios 18 – gases nobres Da família 1 e 2 e 13 até 18 chamamos de elementos representativos.
  8. 8. Da família do 3 até 12 chamamos de elementos de transição. Os elementos que ficam na série dos lantanídeos e actinídeos são os elementos de transição interna. Os demais são chamados de elementos de transição externa.
  9. 9. Os elementos químicos estão reunidos em três grandes grupos: metais, não-metais e gases nobres. O hidrogênio (H) não se encaixa em nenhuma dessas classificações porque possui características próprias. Os metais são elementos químicos que possuem várias propriedades específicas, como brilho, condutividade térmica e elétrica, maleabilidade e ductibilidade.
  10. 10. Os não-metais são maus condutores de eletricidade, quase não apresentam brilho, não são maleáveis e nem dúcteis. Tendem a formar ânions (íons negativos). Os gases nobres constituem cerca de 1% do ar. Raramente eles reagem porque são muito estáveis. Suas camadas exteriores estão completamente preenchidas de elétrons.
  11. 11. Efeitos da ação de alguns elementos no organismo:
  12. 12. Obrigada!

×