Por uma pratica doscente Critica e construtiva

337 visualizações

Publicada em

sobre pratica doscente e as avalições

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
337
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • >>Muitas vezes os professores estão mais preocupados com o seu bem estar na sala de aula do que no comprometimento com a aprendizagem e desenvolvimento dos educandos, cumprindo um papel mecânico, sem investir o necessário para que os resultados de suas atividades sejam significativos.
    >>No Brasil, bem recentemente, havia dois tipos de escolas existentes, aquelas para atender os descendentes do segmento dominante, e aquelas para atender os descendentes do segmento dominado, ou seja, para os pobres se destinavam os Liceus de Artes e Ofícios, cursos técnicos, para os ricos tinha os cursos colegiais voltados para a “humanidade”, cursos científicos e os cursos de ciências exatas.
    >> O principio politico social é muito importante, e se for cumprido pela sociedade e pelos educadores, os educandos terão a oportunidade de desenvolver as suas capacidades cognitivas, de formação de convicções e do desenvolvimento do modo de viver.
    >>a educação é o meio pelo qual a sociedade se reproduz e se renova cultural e espiritualmente, pois temos uma sociedade que necessita reproduzir e renovar-se para atender as necessidades e desafios emergentes na sociedade.
  • >>A assimilação receptiva nada mais é que uma recepção atenta e inteligível que o educando faz de um conhecimento, de um princípio, de um processo, de uma analise elaborada, pois o educando é receptivo e não passivo. Já a metodologia é entendida como uma concepção segundo a qual a realidade é abordada. E finalmente a visão teórico-metodológica é uma visão que é assimilada pelos educandos no momento em que eles assimilam os conteúdos.
    >>A exercitação é a forma pela qual o educando internaliza reprodutivamente os conteúdos e constrói suas capacidades, pois é através dessa prática que os conhecimentos, metodologias e visões do mundo passam a fazer parte propriamente do educando, então a exercitação é o caminho ativo pelo qual o educando faz sua cultura recebida.
    >>A exercitação é a forma pela qual o educando internaliza reprodutivamente os conteúdos e constrói suas capacidades, pois é através dessa prática que os conhecimentos, metodologias e visões do mundo passam a fazer parte propriamente do educando, então a exercitação é o caminho ativo pelo qual o educando faz sua cultura recebida.
    >>A inventividade é uma ação criativa que soma assimilação dos conteúdos socioculturais e a intuição, a espontaneidade e o risco, a inventividade precisa andar junta com a espontaneidade e o risco, mas também precisa de fundamentos, de desenvolvimento mental, afetivo e intuitivo, para que haja a possibilidade de emergir a invenção.
  • >> No Planejamento do ensino é importante que o educador tenha clara a necessidade da decisão sobre os três aspectos anteriormente especificados.
    >> A execução deve ser uma forma de construção dos resultados esperados, não só pela realização do processo planejado, mas também por meio do reprocessamento de atividades a partir das decisões tomadas em decorrência de avaliações.
    >> O planejamento define os resultados e os meios a serem atingidos, a execução constrói os resultados, que podem ser satisfatórios ou não – continua no slide.
  • Acabou essa Apresentação > . <
    kkkkkkkkkkkk
  • Por uma pratica doscente Critica e construtiva

    1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBAUNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA CENTRO DE CIÊNCIAS APLICADA E EDUCAÇÃOCENTRO DE CIÊNCIAS APLICADA E EDUCAÇÃO DEPARTAMENTE DE CIÊNCIAS EXATASDEPARTAMENTE DE CIÊNCIAS EXATAS Lic. Em Ciências da ComputaçãoLic. Em Ciências da Computação Por Uma Prática DocentePor Uma Prática Docente Crítica e ConstrutivaCrítica e Construtiva Cipriano Carlos Luckesi Avaliação da Aprendizagem Equipe: Affonso CésarAvaliação da Aprendizagem Equipe: Affonso César Profº.: Joseval R. Miranda Alexandre SantanaProfº.: Joseval R. Miranda Alexandre Santana 2014.1 Jeffeson Jacson2014.1 Jeffeson Jacson
    2. 2. SumárioSumário I FUNDAMENTOS PEDAGÓGICOS DA PRÁTICA DOCENTE Um princípio político-social para a prática docente Desenvolvimento do educando Mediação para o desenvolvimento do educando Ensino e aprendizagem intencionais: meios de desenvolvimento do educando  Aprendizagem Espontânea e Informal  Aprendizagem Intencional e Sistemática.  Aprendizagem Ativa ou Reflexiva. Dinâmica da Assimilação Ativa dos Conteúdos Socioculturais e do desenvolvimento das capacidades cognoscitivas do educando  Assimilação receptiva de conhecimentos, metodologias e visões do mundo  Exercitação dos conhecimentos e metodologias  Aplicação de conhecimentos e metodologias  Inventividade Recursos metodológicos para o ensino/aprendizagem
    3. 3. SumárioSumário II TAREFAS DA PRÁTICA DOCENTE Planejamento Execução Avaliação dos resultados
    4. 4. IntroduçãoIntrodução A prática docente tem que ser crítica e construtiva ao mesmo tempo, crítica no sentido de compreender, propor e desenvolver uma prática docente voltada ao contexto social e construtiva no sentido de trabalhar com princípios científicos e metodológicos.
    5. 5. I – Fundamentos pedagógicos da prática docenteI – Fundamentos pedagógicos da prática docente  Um princípio político-social para a prática docente  O papel do professor na sala de aula  Classe baixa e alta na educação  A importância da educação para a sociedade
    6. 6. I – Fundamentos pedagógicos da prática docenteI – Fundamentos pedagógicos da prática docente  Desenvolvimento do Educando Sendo assim o desenvolvimento do educando está ligado a formação de suas convicções afetivas, sociais, politicas, desenvolvimento de sua capacidade cognoscitivas e habilidade psicomotoras, sua capacidade e o modo de viver na sociedade. O desenvolvimento do educando é articulado em decorrência das aprendizagens, que inclui; conhecimento, habilidades, hábitos e convicções.
    7. 7. I – Fundamentos pedagógicos da prática docenteI – Fundamentos pedagógicos da prática docente  Mediação para o Desenvolvimento do Educando Os conteúdos socioculturais e as suas respectivas metodologias, servem de suporte para o desenvolvimento de habilidades e hábitos, formando a personalidade dos educandos como sujeitos ativos, criativos, enfim como cidadãos. Então a escola faz uso da assimilação ativa dos conteúdos socioculturais para mediar o desenvolvimento do educando.
    8. 8. I – Fundamentos pedagógicos da prática docenteI – Fundamentos pedagógicos da prática docente  Ensino e aprendizagem intencionais: meios de desenvolvimento do educando  Assimilação Ativa A assimilação ativa de conteúdos socioculturais se dá ativamente pelo processo de uma aprendizagem intencional, para que a aprendizagem e o desenvolvimento sejam intencionais é preciso que haja também um ensino intencional.  Aprendizagem Espontânea e Informal Uma aprendizagem espontânea se dá através das múltiplas relações com os colegas, as formas de ser e reagir do professor que não são intencionalmente ensinadas, elementos da aprendizagem informal, então essa aprendizagem espontânea é significativa para a vida humana, mas insuficiente para dar conta da assimilação ativa.
    9. 9. I – Fundamentos pedagógicos da prática docenteI – Fundamentos pedagógicos da prática docente  Ensino e aprendizagem intencionais: meios de desenvolvimento do educando  Aprendizagem Intencional e Sistemática Aprendizagem intencional é aquela que é buscada intencionalmente, o professor propõe conteúdos socioculturais que estimulam a assimilação ativa dos conhecimentos por parte do educando, essa aprendizagem depende fortemente da busca por exercícios sistemáticos.  Aprendizagem Ativa ou Reflexiva Uma aprendizagem reflexiva nada mais é que a fixação de resumos de conhecimentos na memória do educando, memórias retidas mas não compreendidas por ele, já uma aprendizagem ativa é aquela construída pelo educando a partir da assimilação ativa dos conteúdos socioculturais, realmente há uma assimilação de conteúdos, tornando-os seus, portanto a aprendizagem ativa só pode se dar na medida em que for inteligível.
    10. 10. I – Fundamentos pedagógicos da prática docenteI – Fundamentos pedagógicos da prática docente  Ensino e aprendizagem intencionais: meios de desenvolvimento do educando  Ensino Sistemático O ensino sistemático tem como objetivo estabelecer condições para o educando adquirir de uma forma sistemática os conteúdos escolares que são conteúdos socioculturais, tendo como resultado uma aprendizagem sistemática, exigindo do educando um salto no sentido de apropriar-se de algo novo que lhe está sendo proposto.
    11. 11. I – Fundamentos pedagógicos da prática docenteI – Fundamentos pedagógicos da prática docente  Dinâmica da assimilação ativa dos conteúdos socioculturais e do desenvolvimento das capacidades cognoscitivas do educando Existem quatro elementos fundamentais, são eles:  Assimilação receptiva de conhecimentos, metodologias e visões do mundo;  Exercitação de conhecimentos e metodologias;  Aplicação de conhecimentos e metodologias  Inventividade
    12. 12. II – Tarefas da Prática DocenteII – Tarefas da Prática Docente O educador necessita de exercitar as suas atividades, e para isso terá que fazer um planejamento, executar e avaliar tendo em vista construir os resultados que espera obter, que é o desenvolvimento do educando.
    13. 13. II – Tarefas da Prática DocenteII – Tarefas da Prática Docente Planejamento O ato de planejar é um ato decisório político, científico e técnico, não um ato de preencher formulários e sim um ato de decisão. Execução A execução acontece quando já se tem algo planejado em um determinado ensino, ou seja, executar o planejamento é pôr em andamento as decisões de forma coerente e consistente e de uma forma dinâmica e não mecânica. Avaliação A avaliação vai servir como um instrumento de verificação dos resultados planejados que foram obtidos, a avaliação nada mais é que um instrumento auxiliar na melhoria dos resultados.
    14. 14. REFERÊNCIAREFERÊNCIA LUCKESI, Cipriano Carlos. Por uma prática docente crítica e construtiva. In: LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem escolar: estudos e proposições. 22. Ed. São Paulo: Cortez, 2011, p.139-169.

    ×