UNIVERSIDADE FFEEDDEERRAALL DDAA PPAARRAAIIBBAA 
CCEENNTTRROO DDEE CCIIÊÊNNCCIIAASS AAPPLLIICCAADDAA EE EEDDUUCCAAÇÇÃÃOO 
...
SSuummáárriioo 
I FUNDAMENTOS PEDAGÓGICOS DA PRÁTICA DOCENTE 
Um princípio político-social para a prática docente 
Desen...
SSuummáárriioo 
II TAREFAS DA PRÁTICA DOCENTE 
Planejamento 
Execução 
Avaliação dos resultados
IInnttrroodduuççããoo 
A prática docente tem que ser crítica e 
construtiva ao mesmo tempo, crítica no sentido de 
compreen...
I – Fundamentos ppeeddaaggóóggiiccooss ddaa pprrááttiiccaa ddoocceennttee 
 Um princípio político-social para a prática d...
I – Fundamentos ppeeddaaggóóggiiccooss ddaa pprrááttiiccaa ddoocceennttee 
 Desenvolvimento do Educando 
Sendo assim o de...
I – Fundamentos ppeeddaaggóóggiiccooss ddaa pprrááttiiccaa ddoocceennttee 
 Mediação para o Desenvolvimento do Educando 
...
I – Fundamentos ppeeddaaggóóggiiccooss ddaa pprrááttiiccaa ddoocceennttee 
 Ensino e aprendizagem intencionais: meios de ...
I – Fundamentos ppeeddaaggóóggiiccooss ddaa pprrááttiiccaa ddoocceennttee 
 Ensino e aprendizagem intencionais: meios de ...
I – Fundamentos ppeeddaaggóóggiiccooss ddaa pprrááttiiccaa ddoocceennttee 
 Ensino e aprendizagem intencionais: meios de ...
I – Fundamentos ppeeddaaggóóggiiccooss ddaa pprrááttiiccaa ddoocceennttee 
 Dinâmica da assimilação ativa dos conteúdos 
...
IIII –– TTaarreeffaass ddaa PPrrááttiiccaa DDoocceennttee 
O educador necessita de exercitar as suas 
atividades, e para i...
IIII –– TTaarreeffaass ddaa PPrrááttiiccaa DDoocceennttee 
Planejamento 
O ato de planejar é um ato decisório político, 
...
RREEFFEERRÊÊNNCCIIAA 
LUCKESI, Cipriano Carlos. Por uma prática docente crítica e construtiva. 
In: LUCKESI, Cipriano Carl...
Seminário: Por uma prática docente critica e construtiva!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Seminário: Por uma prática docente critica e construtiva!

2.513 visualizações

Publicada em

Seminário da materia avaliacao!

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Seminário: Por uma prática docente critica e construtiva!

  1. 1. UNIVERSIDADE FFEEDDEERRAALL DDAA PPAARRAAIIBBAA CCEENNTTRROO DDEE CCIIÊÊNNCCIIAASS AAPPLLIICCAADDAA EE EEDDUUCCAAÇÇÃÃOO DDEEPPAARRTTAAMMEENNTTEE DDEE CCIIÊÊNNCCIIAASS EEXXAATTAASS LLiicc.. EEmm CCiiêênncciiaass ddaa CCoommppuuttaaççããoo PPoorr UUmmaa PPrrááttiiccaa DDoocceennttee CCrrííttiiccaa ee CCoonnssttrruuttiivvaa Cipriano Carlos Luckesi AAvvaalliiaaççããoo ddaa AApprreennddiizzaaggeemm EEqquuiippee:: AAffffoonnssoo CCééssaarr PPrrooffº..:: JJoosseevvaall RR.. MMiirraannddaa AAlleexxaannddrree SSaannttaannaa 22001144..11 JJeeffffeessoonn JJaaccssoonn
  2. 2. SSuummáárriioo I FUNDAMENTOS PEDAGÓGICOS DA PRÁTICA DOCENTE Um princípio político-social para a prática docente Desenvolvimento do educando Mediação para o desenvolvimento do educando Ensino e aprendizagem intencionais: meios de desenvolvimento do educando  Aprendizagem Espontânea e Informal  Aprendizagem Intencional e Sistemática.  Aprendizagem Ativa ou Reflexiva. Dinâmica da Assimilação Ativa dos Conteúdos Socioculturais e do desenvolvimento das capacidades cognoscitivas do educando  Assimilação receptiva de conhecimentos, metodologias e visões do mundo  Exercitação dos conhecimentos e metodologias  Aplicação de conhecimentos e metodologias  Inventividade Recursos metodológicos para o ensino/aprendizagem
  3. 3. SSuummáárriioo II TAREFAS DA PRÁTICA DOCENTE Planejamento Execução Avaliação dos resultados
  4. 4. IInnttrroodduuççããoo A prática docente tem que ser crítica e construtiva ao mesmo tempo, crítica no sentido de compreender, propor e desenvolver uma prática docente voltada ao contexto social e construtiva no sentido de trabalhar com princípios científicos e metodológicos.
  5. 5. I – Fundamentos ppeeddaaggóóggiiccooss ddaa pprrááttiiccaa ddoocceennttee  Um princípio político-social para a prática docente  O papel do professor na sala de aula  Classe baixa e alta na educação  A importância da educação para a sociedade
  6. 6. I – Fundamentos ppeeddaaggóóggiiccooss ddaa pprrááttiiccaa ddoocceennttee  Desenvolvimento do Educando Sendo assim o desenvolvimento do educando está ligado a formação de suas convicções afetivas, sociais, politicas, desenvolvimento de sua capacidade cognoscitivas e habilidade psicomotoras, sua capacidade e o modo de viver na sociedade. O desenvolvimento do educando é articulado em decorrência das aprendizagens, que inclui; conhecimento, habilidades, hábitos e convicções.
  7. 7. I – Fundamentos ppeeddaaggóóggiiccooss ddaa pprrááttiiccaa ddoocceennttee  Mediação para o Desenvolvimento do Educando Os conteúdos socioculturais e as suas respectivas metodologias, servem de suporte para o desenvolvimento de habilidades e hábitos, formando a personalidade dos educandos como sujeitos ativos, criativos, enfim como cidadãos. Então a escola faz uso da assimilação ativa dos conteúdos socioculturais para mediar o desenvolvimento do educando.
  8. 8. I – Fundamentos ppeeddaaggóóggiiccooss ddaa pprrááttiiccaa ddoocceennttee  Ensino e aprendizagem intencionais: meios de desenvolvimento do educando  Assimilação Ativa A assimilação ativa de conteúdos socioculturais se dá ativamente pelo processo de uma aprendizagem intencional, para que a aprendizagem e o desenvolvimento sejam intencionais é preciso que haja também um ensino intencional.  Aprendizagem Espontânea e Informal Uma aprendizagem espontânea se dá através das múltiplas relações com os colegas, as formas de ser e reagir do professor que não são intencionalmente ensinadas, elementos da aprendizagem informal, então essa aprendizagem espontânea é significativa para a vida humana, mas insuficiente para dar conta da assimilação ativa.
  9. 9. I – Fundamentos ppeeddaaggóóggiiccooss ddaa pprrááttiiccaa ddoocceennttee  Ensino e aprendizagem intencionais: meios de desenvolvimento do educando  Aprendizagem Intencional e Sistemática Aprendizagem intencional é aquela que é buscada intencionalmente, o professor propõe conteúdos socioculturais que estimulam a assimilação ativa dos conhecimentos por parte do educando, essa aprendizagem depende fortemente da busca por exercícios sistemáticos.  Aprendizagem Ativa ou Reflexiva Uma aprendizagem reflexiva nada mais é que a fixação de resumos de conhecimentos na memória do educando, memórias retidas mas não compreendidas por ele, já uma aprendizagem ativa é aquela construída pelo educando a partir da assimilação ativa dos conteúdos socioculturais, realmente há uma assimilação de conteúdos, tornando-os seus, portanto a aprendizagem ativa só pode se dar na medida em que for inteligível.
  10. 10. I – Fundamentos ppeeddaaggóóggiiccooss ddaa pprrááttiiccaa ddoocceennttee  Ensino e aprendizagem intencionais: meios de desenvolvimento do educando  Ensino Sistemático O ensino sistemático tem como objetivo estabelecer condições para o educando adquirir de uma forma sistemática os conteúdos escolares que são conteúdos socioculturais, tendo como resultado uma aprendizagem sistemática, exigindo do educando um salto no sentido de apropriar-se de algo novo que lhe está sendo proposto.
  11. 11. I – Fundamentos ppeeddaaggóóggiiccooss ddaa pprrááttiiccaa ddoocceennttee  Dinâmica da assimilação ativa dos conteúdos socioculturais e do desenvolvimento das capacidades cognoscitivas do educando Existem quatro elementos fundamentais, são eles:  Assimilação receptiva de conhecimentos, metodologias e visões do mundo;  Exercitação de conhecimentos e metodologias;  Aplicação de conhecimentos e metodologias  Inventividade
  12. 12. IIII –– TTaarreeffaass ddaa PPrrááttiiccaa DDoocceennttee O educador necessita de exercitar as suas atividades, e para isso terá que fazer um planejamento, executar e avaliar tendo em vista construir os resultados que espera obter, que é o desenvolvimento do educando.
  13. 13. IIII –– TTaarreeffaass ddaa PPrrááttiiccaa DDoocceennttee Planejamento O ato de planejar é um ato decisório político, científico e técnico, não um ato de preencher formulários e sim um ato de decisão. Execução A execução acontece quando já se tem algo planejado em um determinado ensino, ou seja, executar o planejamento é pôr em andamento as decisões de forma coerente e consistente e de uma forma dinâmica e não mecânica. Avaliação A avaliação vai servir como um instrumento de verificação dos resultados planejados que foram obtidos, a avaliação nada mais é que um instrumento auxiliar na melhoria dos resultados.
  14. 14. RREEFFEERRÊÊNNCCIIAA LUCKESI, Cipriano Carlos. Por uma prática docente crítica e construtiva. In: LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem escolar: estudos e proposições. 22. Ed. São Paulo: Cortez, 2011, p.139-169.

×