Curso Básico de Prevenção e combate incêndios. LM

704 visualizações

Publicada em

Palestra da Semana de Prevenção e Combate a Incêndios.

Publicada em: Educação
2 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
704
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
2
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • CH4 + 02 CH3 (Rad.)+ HO2 (Rad.)
    CH3 (Rad.) + O2 CH2O (Rad.) + HO (Rad.)
    HO2 (Rad.) + HO(Rad.) H2O + O2
    CH2O (Rad.) + O2 CHO (Rad.)+ HO2 (Rad.)
    CHO(Rad.) + O2 CO (Rad.) + HO2 (Rad.)
    HO2 (Rad.) + HO2 (Rad.)H2O + O2 + O (Rad.)
    CO (Rad.) + O (Rad.) CO2
    CH4 + 2O2 CO2 + 2H2O
  • Atrito
    Fricção entre corpos rígidos, ou entre partes metálicas com lubrificação deficiente.
    b) Choque
    Choque entre partes metálicas frouxas ou desajustadas, em máquinas e motores que estejam sujos com resíduos de óleo e graxa.
    c) Compressão
    Compressão brusca e continuada dos gases provocando o aumento de temperatura em recargas de cilindro de gases, por exemplo.
    d) Condução térmica
    Calor transmitido de um corpo em alta temperatura para corpos vizinhos que estejam em condições normais.
    Ex: Uma chaminé em contato com o forro de madeira do telhado.
    e) Eletricidade
    São aqueles gerados por fenômenos termoelétricos.
    Ex: Curto-circuito, sobrecarga, fuga de corrente, etc.
  • Curso Básico de Prevenção e combate incêndios. LM

    1. 1. Prevenção e Combate a Incêndios
    2. 2. CURSO DE BOMBEIROCURSO DE BOMBEIRO PROFISSIONAL CIVILPROFISSIONAL CIVIL 20152015
    3. 3. Ciência do fogoCiência do fogo Extinção de IncêndiosExtinção de Incêndios Prevenção a Incêndi osPrevenção a Incêndi os Lição - 01Lição - 01
    4. 4. Sumário • Finalidade •Objetivos •Introdução •Teoria do Fogo •Meios de Transmissão de Calor •Pontos Notáveis da Combustão •Fumaça •Classes de Incêndio •Causas de Incêndio •
    5. 5. FINALIDADE •Apresentar os conceitos e técnicas fundamentais para a preservação da vida e a prevenção de acidentes, através de um método de ensino interativo, norteando os princípios elementares da PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS, demonstrando a necessidade da mudança de comportamento.
    6. 6. Comportamento Humano em Locais de Incêndio Com quem você se parece? Desespero Foge Medo da morte Socorre Sai de fininho
    7. 7. OBJETIVOS •Conhecer os componentes do TriânguloConhecer os componentes do Triângulo e Quadrilátero do Fogo;e Quadrilátero do Fogo; •Citar os meios de Transmissão de Calor;Citar os meios de Transmissão de Calor; •Conhecer os métodos de extinção deConhecer os métodos de extinção de incêndios;incêndios; • Ao terminar esta lição o participante será capaz de:
    8. 8. “O Conhecimento preserva a vida e traz segurança.” Introdução
    9. 9. NENHUM INCÊNDIO COMEÇA EM GRANDESNENHUM INCÊNDIO COMEÇA EM GRANDES PROPORÇÕES.PROPORÇÕES.
    10. 10. DesejadoDesejado UtilizadoUtilizado Sob ControleSob Controle IndesejadoIndesejado DestruidorDestruidor Começa / fora de controleComeça / fora de controle Há DIFERENÇA ENTRE:Há DIFERENÇA ENTRE:
    11. 11. Fogo • É a parte visível da combustão Combustão • É uma forma de oxidação Incêndio • É um acidente provocado pelo fogo
    12. 12. COMBUSTÃOCOMBUSTÃO Combustão é a uma reação química entre um agente combustível e um comburente, provocada por uma fonte de calor (ignição), que pode ter como resultado liberação de luz, calor, fumaça e gases. COMBUSTÍVELCOMBUSTÍVEL ++ CALORCALORCOMBURENTECOMBURENTE ++ ENERGIA LUMINOSAENERGIA LUMINOSA ++ CALORCALOR ++ COCO22 ++ COCO ++ HH22 OO ++ CINZASCINZAS FULIGEMFULIGEM ++ OUTROS GASESOUTROS GASES
    13. 13. COMBUSTIVELCOMBUSTIVEL É Tudo aquiloÉ Tudo aquilo que podeque pode pegar fogopegar fogo.. É Tudo aquiloÉ Tudo aquilo que podeque pode pegar fogopegar fogo..
    14. 14. Combustível • É toda matéria susceptível à combustão Comburente • É todo elemento químico capaz de alimentar o processo de combustão Calor • É a condição favorável que provoca a interação entre os dois reagentes
    15. 15. Classificação quanto a Inflamabilidade Inflamáveis Queimam com a simples presença de uma centelha Comuns Queimam somente quando aquecidos e com a presença de uma centelha Combustível
    16. 16. Queimam em Superfície e ProfundidadeQueimam em Superfície e Profundidade.. MadeiraMadeiraMadeiraMadeira PapelPapelPapelPapel TecidoTecidoTecidoTecido Etc...Etc... Combustível
    17. 17. Os combustíveis líquidos, têm características particulares, como: • Se derramados, escorrem e se acumulam nas partes mais baixas; • São mais leves que a água, sendo assim, flutuam sobre ela; COMBUSTIVELCOMBUSTIVELCOMBUSTIVELCOMBUSTIVEL Queimam Somente em SuperfícieQueimam Somente em Superfície
    18. 18. •Espalha-se por todo o ambiente disponível. •Queima de forma instantânea. •Para que haja combustão, a mistura com o comburente deve ser ideal, não podendo conter combustível em demasia (mistura rica) e nem em quantidade insuficiente do mesmo (mistura pobre). Combustível
    19. 19. Oxigênio Composição dos gases existentes na atmosfera:
    20. 20. No Ar Atmosférico ...........21% Mínimo para sobrevivência humana ......16% Mínimo para existir chamas ........... 13% Oxigênio Mínimo para existir brasas ........... 4 %
    21. 21. CALOR Forma de energia que eleva a temperatura.
    22. 22. Efeitos do Calor Efeitos do CALOR Elevação da Temperatura.
    23. 23. Efeitos do CALOR Aumento do Volume.
    24. 24. Efeitos do CALOR Mudanças do estado Fisico da matéria. Efeitos do CALOR Mudanças do estado Fisico da matéria.
    25. 25. Efeitos do CALOR Mudanças do estado Quimíco da matéria. Efeitos do CALOR Mudanças do estado Quimíco da matéria.
    26. 26. Efeitos do CALOR Mudanças do estado Fisiológico da matéria. Efeitos do CALOR Mudanças do estado Fisiológico da matéria.
    27. 27. Formas de transmissão de calor O Calor transfere-se do corpo de maior temperatura para o de menor temperatura, por:  Condução  Convecção ä Irradiação äProjeção Pode provocar desidratação e queimaduras. Pode provocar mudança de estado físico e dilatação térmica nos materiais. Calor
    28. 28. Condução • E a transferência de calor através de um corpo sólido de molécula a molécula
    29. 29. Formas de Transmissão do Calor
    30. 30. Convecção • É a transferência de calor pelo movimento ascendente de massas de gases ou de líquidos dentro de si próprios
    31. 31. Formas de Transmissão do Calor
    32. 32. Formas de TransmissãoFormas de Transmissão do Calor.do Calor. Formas de TransmissãoFormas de Transmissão do Calor.do Calor.
    33. 33. Formas de Transmissão do Calor
    34. 34. Irradiação • É a transmissão de calor por ondas de energia calorífica que se deslocam através do espaço
    35. 35. Formas de Transmissão do Calor
    36. 36. Formas de Transmissão do Calor
    37. 37. Processos de Propagação do Fogo
    38. 38. Pontos Notáveis da Combustão Ponto de Fulgor: É a menor temperatura na qual um combustível liberta vapor em quantidade suficiente para formar uma mistura inflamável por uma fonte externa de calor. O fogo começa, mas não se mantêm.
    39. 39. Pontos Notáveis da Combustão Ponto de Combustão: É a temperatura na qual um combustível desprende vapores, que em contato direto com uma chama, queima até que acabe o combustível. Ao se retirar a centelha o fogo continua.
    40. 40. Pontos Notáveis da Combustão Ponto de Ignição: É a temperatura na qual um combustível desprende vapores que com o simples contato com o oxigênio existente no ar queime até que o combustível acabe. Ocorre quando o combustível está no seu limite superior de inflamabilidade. Ex. motor a diesel
    41. 41. Pontos Notáveis da Combustão
    42. 42. Fumaça É um dos produtos da combustão; o resultado de uma combustão incompleta, na qual pequenas partículas sólidas se tornam visíveis. A fumaça varia de cor, conforme o tipo de combustão, como veremos a seguir: •
    43. 43. Fumaça de cor branca – indica que a combustão é mais completa, com rápido consumo de combustível e boa quantidade de comburente; • Fumaça
    44. 44. Fumaça Fumaça de cor negra – combustão que se desenvolve em altas temperaturas, porém com deficiência de comburente; •
    45. 45. Fumaça amarela, roxa ou violeta – presença de gases altamente tóxicos. Fumaça
    46. 46. Efeitos da Fumaça
    47. 47. Técnicas de Extinção de Incêndios
    48. 48. Técnicas de Extinção de Incêndios
    49. 49. Técnicas de Extinção de Incêndios
    50. 50. Tetraedro do fogo
    51. 51. Reação em Cadeia A reação em cadeia torna a queima auto- sustentável. O calor irradiado das chamas atinge o combustível e este é decomposto em partículas menores, que se combinam com o oxigênio e queimam, irradiando outra vez calor para o combustível, formando um ciclo constante.
    52. 52. Classes de Incêndio
    53. 53. CLASSES DE INCÊNDIO  CLASSE A: -COMBUSTÍVEIS SÓLIDOS COMUNS, QUE QUEIMAM EM SUPERFÍCIE E PROFUNDIDADE. Exemplos: - MADEIRA - PAPEL - TECIDO - CARVÃO
    54. 54. CLASSES DE INCÊNDIO  CLASSE B: - COMBUSTÍVEIS LÍQUIDOS, GASOSOS E PASTOSOS QUE QUEIMAM EM SUPERFÍCIE OU NA TOTALIDADE(GASES), SEM DEIXAR RESÍDUOS APÓS A COMBUSTÃO. Exemplos: -GASOLINA -CERAS -TINTAS -GRAXAS
    55. 55. CLASSES DE INCÊNDIO  CLASSE C: -INCÊNDIOS EM EQUIPAMENTOS ENERGIZADOS. Exemplos: -Geladeiras -Computadores -Tv -Aparelho de Som
    56. 56. CLASSES DE INCÊNDIO  CLASSE D: - INCÊNDIO EM METAIS PIROFÓRICOS OU MATERIAIS ESPECIAIS  Exemplos: -ALUMÍNIO -MAGNÉSIO -ZINCO -SÓDIO -POTÁSSIO
    57. 57. CLASSE K • São os incêndios envolvendo materiais líquidos e sólidos como óleos, banhas e gorduras de substâncias comestíveis tendo como exemplo de ambiente as cozinhas industriais. Esta norma passou a vigorar em 1999 pela NFPA e ainda não é muito conhecida. • CLASSES DE INCÊNDIO
    58. 58. Causas de Incêndio NATURAIS ARTIFICIAIS Propositais Acidentais
    59. 59. Principais Causas • Atrito • Choque • Compressão • Condução Térmica • Eletricidade • Substâncias químicas • • Queima de lixo • Cigarros ou fósforos • Vidros e garrafas • Incendiarismo • Descargas atmosféricas • Curto-circuito •
    60. 60. Causas de Incêndio Mais Comuns GERAIS üChama Exposta üCentelha ou Faísca üAtrito üReações Químicas üGLP üCrianças üVasilhames de Líquidos Inflamáveis
    61. 61. Causas de Incêndio Mais Comuns • Excesso de Carga •Curto-circuito •Contato Imperfeito •Fusíveis e disjuntores com defeitos Eletricidade
    62. 62. FIM
    63. 63. Lindomarmiranda_bm@hotmail.com (24) 9848-7776
    64. 64. HIDRANTES Abrigo de Mangueiras • Corpo em chapa SAE 1020 laminada a frio; • Porta com ventilação e visor com a inscrição “INCÊNDIO” • Suporte 1/2 lua para fixação de mangueira •

    ×