Treinamento combate incendios

18.240 visualizações

Publicada em

0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
18.240
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15.469
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
343
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Treinamento combate incendios

  1. 1. PrevençãoPrevenção ee CombateCombate àà
  2. 2. O FOGO •Reação química que desprende luz e calor •Forma de energia primitiva; •Necessita de combustível, comburente e calor.
  3. 3. CAUSA DE INCÊNDIO  Não atendimento aos princípios básicos de prevenção de incêndios. Exemplos:  Manter próximos materiais combustíveis de fontes de energia/calor; Instalações elétricas em estado precário, inadequadas, improvisadas, etc.; Produtos químicos que reagem entre si, guardados juntos; Mal uso do fogo; etc.
  4. 4. CAUSA DE INCÊNDIO Instalação elétrica precária Cigarro: Fósforo:
  5. 5. CAUSA DE INCÊNDIO • Descuido e/ou desconhecimento dos métodos de extinção.
  6. 6. OS INCÊNDIOS DESTROEM NATUREZA, BENS E O PRÓPRIO HOMEM
  7. 7. O XIG ÊNIO CALO R COMBUSTÍVEL O TRIÂNGULO DO FOGO
  8. 8. O FOGO SURGE COM A PRESENÇA • COMBUSTÍVEL • GASOLINA • ÁLCOOL • QUEROSENE • TINTAS • PAPEL • MADEIRA • CARVÃO • GÁS COMBURENTE • OXIGÊNIO (Gás não inflamável que se combina com o combustível) CALOR COMBURENTE COMBUSTÍVEL FORMA DE ENERGIA
  9. 9. A - MADEIRA, PAPEL E ALGODÃO CLASSES DE INCÊNDIOS B - LÍQUIDOS INFLAMÁVEIS C - EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS ENERGIZADOS OUTRAS CLASSES NÃO COMUNS
  10. 10. INCÊNDIO CLASSE “A” MADEIRA, PAPEL, TECIDO, ETC. Materiais de fácil combustão com a propriedade de queimarem em sua superfície e profundidade e que deixam resíduos.
  11. 11. INCÊNDIO CLASSE “B” LÍQUIDOS INFLAMÁVEIS, oleos graxas, vernizes, etc. Queimam somente em sua superfície, não deixando resíduos
  12. 12. INCÊNDIO CLASSE “C” EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS ENERGIZADOS, motores, transformadores, fios, quadros de distribuição etc.
  13. 13. INCÊNDIO CLASSE “D” É aquele que surge de elementos pirofógraficos,tais como titânio,magnésio, zircônio,potássio,sódio,etc;
  14. 14. MÉTODOS DE EXTINÇÃO •RESFRIAMENTO •ABAFAMENTO •RETIRADA COMBUSTÍVEL
  15. 15. calor combustível oxigênio RESFRIAMENTO FOGO
  16. 16. calor combustível oxigênio ABAFAMENTO
  17. 17. calor combustível oxigênio RETIRADA DO MATERIAL
  18. 18. calorcombustível oxigênio combustívelcombustível calor oxigênio oxigênio RESFRIAMENTO ABAFAMENTO RETIRADAMATERIAL calor
  19. 19. TEMPERATURAS • FULGOR - Chama não se mantém • COMBUSTÃO - Chama se mantém • IGNIÇÃO - Combustível pega fogo ao entrar em contato com o oxigênio.
  20. 20. PREPARAÇÃO PARA INCÊNDIOS PROCEDIMENTOS Ao chegar em qualquer local, verificar : •As regras de prevenção de incêndios e de emergências; •Existência e localização de extintores e outros equipamentos de combate à incêndio / emergências; •Saídas de emergência.
  21. 21. PRINCÍPIOS DE INCÊNDIOS PROCEDIMENTOS 1. Avaliar o foco de incêndio ( Dar prioridade à preservação de vidas humanas); 2. Orientar os demais presentes; 3. Iniciar o combate ao princípio de incêndio com o extintor adequado. OCORRENDO PRINCÍPIO DE INCÊNDIO
  22. 22. •PÓ QUÍMICO SECO - PQS •CO 2 (gelo seco) •ÁGUA (Jato, neblina e vapor) •ESPUMA  AGENTES EXTINTORES
  23. 23. PRINCÍPIOS DE INCÊNDIOS Classe “A” Madeira, Papel e Algodão A ÁGUA
  24. 24. PRINCÍPIOS DE INCÊNDIOS Classe “B” Líquidos Inflamáveis BC PQS Óleo
  25. 25. PRINCÍPIOS DE INCÊNDIOS Classe “C” Equipamentos Elétricos C CO 2 BC
  26. 26. AGENTES EXTINTORES CLASSE DO INCÊNDIO ÁGUA ESPUMA PÓ QUÍMICO GÁS CARBÔNICO A (Madeira, papel, tecido .etc) SIM SIM SIM* SIM* B (gasolina, álcool, tintas,ceras, éter, etc.) NÂO SIM SIM SIM C (equipamento elétrico energizado) NÂO NÂO SIM SIM * com restrição pois há risco de reignição ( se possível utilizar outro)
  27. 27. A ÁGUA NUNCA SERÁ EMPREGADA a) nos fogos de Classe B, salvo quando pulverizada sob a forma de neblina; b) nos fogos de Classe C, salvo quando se tratar de água pulverizada; c) nos fogos de classe D;
  28. 28. Os extintores devem ser colocados em locais: a) de fácil visualização; b) de fácil acesso; c) onde haja menos probabilidade de o fogo bloquear o seu acesso; d) não deverão ser localizados nas paredes de escadas; e) não poderão ser encobertos por pilhas de materiais; Não deverão ter sua parte superior a mais de 1,60 m acima do piso
  29. 29. Os locais destinados aos extintores devem ser assinaladas na parede por um circulo vermelho ou por uma seta larga vermelha, com bordas amarelas. Deverá ser pintada de vermelho com bordas amarelo uma larga área do piso embaixo do extintor, a qual não poderá ser obstruída por forma nenhuma. Essa área devera ser no mínimo de 1m x 1m.
  30. 30. Se não estiver apto a fazer uso de um extintor no combate a um incêndio, nem tente!Se estiver resolvido a faze-lo,e notar,que o fogo esta espalhando ou ameaçando bloquear a sua alternativa de fuga,DEIXE A ÁREA IMEDIATAMENTE.Caso haja fogo no seu percurso,use o extintor para combate-lo.
  31. 31. CUIDADOS O superaquecimento de um motor já é motivo para preocupação. Não sobrecarregue os pontos de sua instalação elétrica.Não deve ter mais de duas tomadas. Nunca ligue vários equipamentos na mesma tomada,ao mesmo tempo. Assim,você evita o superaquecimento da saída. Desligue imediatamente qualquer equipamento quando sentir cheiro de queimado. Essa ocorrência pode significar um sinal de incêndio.
  32. 32.  Os extintores utilizados devem obrigatoriamente obedecer as normas brasileiras,que são os regulamentos técnicos do Instituto Nacional de metrologia, Normalização e qualidade Industrial (INMETRO).Devem trazer em seu rótulo,informação quanto a adequada aplicação.Deverá obrigatoriamente constar a data em que foi carregado,data de recarga e nº de identificação.
  33. 33. Como proceder ao Usar um ExtintorComo proceder ao Usar um Extintor 1. Puxe a trava de segurança1. Puxe a trava de segurança 2. Aponte o bocal da mangueira do2. Aponte o bocal da mangueira do extintor para a base das chamasextintor para a base das chamas 3. Mantenha o extintor na posição vertical3. Mantenha o extintor na posição vertical a aperte o gatilho.a aperte o gatilho. 4. Movimente a mangueira de um lado4. Movimente a mangueira de um lado para o outro e aplique o agente extintorpara o outro e aplique o agente extintor sobre a área do fogo.sobre a área do fogo.
  34. 34. Nunca use elevadores.Você poderá ficar preso em seu interior se a força for desligada,o que é comum nos casos de incêndio.Use as escadas.  Ao atingir o térreo, feche a porta se você for o ultimo a abandonar as instalações em chamas. No entanto,não convém tranca-la, pois dificultaria os trabalho da brigada de incêndio.
  35. 35. Como agir se você for pego de surpresa Não entre em pânico.Sua lucidez é vida! Se houver telefone disponível,ligue para o Corpo de Bombeiro,dando sua localização e,se possível,as proporções de incêndio.Nunca abra uma porta se sentir que há fogo do outro lado.Se ela estiver quente ,o que você pode saber tocando-a com as costas de uma das mãos,busque outra saída. Se,não houver alternativa,procure vedar todas as frestas em volta dela com o que estiver a seu alcance.
  36. 36. Caso esteja sentindo dificuldades para respirar,abaixe-se e procure permanecer junto ao piso.Se houver janela abra-a,ou até mesmo quebre-a,para que o ambiente seja ventilado.Se o fogo atingir a sua roupa,não corra.Deite no chão e role para abafá-lo.Quando você corre o fogo aumenta,alimentado pelo oxigênio.Caso a roupa de um colega esteja em chamas,procure abafa-las envolvendo-o com uma jaqueta,tapete,manta,etc.
  37. 37. O fogo mata.Quantas vidas são por ele ceifadas,no mundo.Para que você não se torne mais uma vítima,procure conhecer os meios de como combate-lo. Aprenda sobre as classes de fogo e conheça o plano de Ação de Emergência de sua empresa.Informe-se sobre a localização dos Extintores de incêndio e aprenda a utilizar o extintor adequado no combate a cada tipo de fogo. Devemos estar conscientes que com fogo,nem sempre temos uma segunda chance.
  38. 38. EXTINTORES DE INCÊNDIOEXTINTORES DE INCÊNDIO A IMPORTÂNCIA DA INSPEÇÃO DE EXTINTORES ANTES DE INICIAR UM TREINAMENTO DE COMBATE A INCÊNDIO
  39. 39. O extintor apresenta corrosão em diversas partes.
  40. 40. Furo de conexão da garrafa de pressão. Parte do dedo da vítima.
  41. 41. Garrafa de pressão com ferrugem e sinais de deterioração.
  42. 42. Área de Treinamento e a vítima.
  43. 43. Vista da área com o pó químico após o acidente.
  44. 44. A morte foi causada por ferimentos no pescoço e na garganta da vítima.
  45. 45. O fundo do extintor foi encontrado distante da área do acidente.
  46. 46. FUNDO DO EXTINTOR
  47. 47. A PRINCÍPIO ERA APENAS MAIS UM TREINAMENTO COM OS FUNCIONÁRIOS CONCLUSÃO: MAIS UMA VÍTIMA DA IMPRUDÊNCIA DE EMPRESAS QUE DIZEM SER “QUALIFICADAS”......... QUANDO FOR FAZER A RECARGA DE EXTINTORES DE SUA EMPRESA, INFORME- SE, FAÇA UMA VISITA NA EMPRESA QUE IRÁ FORNECER O SERVIÇO DE RECARGA, CERTIFIQUE-SE QUE A EMPRESA ESTEJA DENTRO DAS NORMAS DA ABNT. NÃO CORRA VOCÊ ESTE RISCO.
  48. 48. " Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina "

×