Pesquisa de Automação - Agenttia e GS1 Brasil

88 visualizações

Publicada em

Pesquisa realizada no setor MATCON para medir o nível de automação dos atacadistas e distribuidores.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
88
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pesquisa de Automação - Agenttia e GS1 Brasil

  1. 1. Estudo mapeou os desafios para aumentar o nível de automação entre atacadistas e distribuidores de materiais de construção Construindo Resultados Positivos
  2. 2. Reduzir custos e aumentar a produtividade são questões que atacadistas e distribuidores de materiais de construção se deparam todos os dias. O levantamento obteve dados de 38 empresas de diferentes portes, regiões do país e modelos de negócios, a fim de mapear o nível de automação em cada etapa de operação: logística, comunicação com fornecedores, gestão e vendas.
  3. 3. SIM 58% NÃO 42% Centro de Distribuição SIM 53% NÂO 47% Troca Eletrônica de Dados Vendas SIM NÃO 0% 20% 40% 60% 80% 100% Notebook Smartphone Tablets Android Níveis de Automação:
  4. 4. Tecnologia Estratégica O estudo indica o índice de automação. Em termos de logística o índice pode ser considerado baixo entre os atacadistas e distribuidores, porém aponta para novas perspectivas de melhoria dos negócios. “Os agentes de distribuição têm oportunidade de ganhar mercado”, afirma Tiezzi.
  5. 5. A pesquisa reafirma que empresas de diferentes perfis colhem benefícios com a automação. “Esses são aspectos importantes, pois mostram a necessidade de automatizar o fluxo de informação”, pontua Guilherme.
  6. 6. O estudo nasceu a partir das necessidades das empresas discutidas nos encontros da Rede MATCON, uma iniciativa da Agenttia. A rede une representantes de indústrias, atacadistas, distribuidores, varejistas e entidades do segmento para dialogar e buscar soluções de maneira colaborativa.
  7. 7. Faça parte dessa rede!

×