Argumentação e Filosofia: O exemplo da pena de Morte

7.781 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.781
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Argumentação e Filosofia: O exemplo da pena de Morte

  1. 1. Argumenta ç ão e Filosofia Trabalho de Projecto O caso da pena de morte Ana Mendes nº 1 Beatriz Silva nº 4 Alunas do 11ºF da E s cola António Arroio (2008/2009) Prof. Joaquim Melro
  2. 2. Objectivos: <ul><li>Esclarecer o que é a pena de morte </li></ul><ul><li>Esclarecer a importância da argumentação relativamente à pena de morte </li></ul><ul><li>Apresentar os argumentos contra e a favor da pena de morte </li></ul><ul><li>Reconhecer neste assunto um dos campos privilegiados da Argumentação filosófica </li></ul>Argumenta ç ão e Filosofia: o caso da pena de morte
  3. 3. O que é a pena de morte? <ul><li>A pena de morte é o acto de tirar legalmente a vida a um ser humano que é considerado culpado por ter cometido determinados crimes, desde um simples roubo (como na China) até a um homicídio que é sem dúvida um pouco mais grave. </li></ul>
  4. 4. Importância da argumentação na questão da pena de morte <ul><li>A argumentação é o acto de transmitir ideias/posições através de raciocínios fundamentados (argumentos). </li></ul><ul><li>Para defendermos ou condenarmos a pena de morte temos que argumentar tendo em atenção os aspectos seguintes: </li></ul><ul><li>Ser coerente </li></ul><ul><li>Construir argumentos válidos, sólidos e cogentes </li></ul><ul><li>Ser convincente </li></ul><ul><li>Ter em conta os contextos da argumentação </li></ul><ul><li>Contar com a contra-argumentação </li></ul>
  5. 5. Importância da argumentação na questão da pena de morte <ul><li>Retencionismo </li></ul><ul><li>Versus </li></ul><ul><li>Abolicionismo </li></ul>
  6. 6. Retencionismo - Argumentos a favor da Pena de Morte <ul><li>Justificar-se-ia em certos casos </li></ul><ul><li>Lei de Talião </li></ul><ul><li>Função dissuasiva </li></ul><ul><li>A paz e alívio públicos </li></ul><ul><li>Atitude de justiça adequada à gravidade do crime </li></ul><ul><li>Alívio para o condenado </li></ul><ul><li>Purificação da alma </li></ul>
  7. 7. Abolicionismo - Argumentos contra a Pena de Morte <ul><li>“ Todo o indivíduo tem direito à vida, à liberdade e à segurança pessoal” (Declaração Universal dos Direitos Humanos, Artigo 3º) </li></ul><ul><li>Todos os crimes devem ser punidos Contra os direitos humanos </li></ul><ul><li>Contra a civilização humana </li></ul><ul><li>O arrependimento e a recuperação é possível </li></ul><ul><li>Limitação e imperfeição dos juízos humanos </li></ul><ul><li>Natureza indefinida e inacabada do ser humano </li></ul><ul><li>Crime condenado com crime </li></ul><ul><li>Só Deus tem o poder de dar e tirar a vida </li></ul>
  8. 8. A argumentação e a pena de morte Argumentação Reflecte-se sobre o tema e criam-se argumentos Elucida-se o auditório O auditório tira as suas próprias conclusões, … MAS Em muitos países a pena capital já foi abolida 
  9. 9. A pena de morte no mundo
  10. 10. A pena de morte no mundo
  11. 11. A Amnistia Internacional e a luta contra a pena de morte <ul><li>Missão: </li></ul><ul><li>Acabar com a violação aos Direitos do Homem. </li></ul><ul><li>Pretende que tod os tenham conhe cimento sobre os seus direitos . </li></ul><ul><li>Acabar com o abuso físico e ment al dos seres humanos. </li></ul><ul><li>Tratar a Vida co m respeito e d igni dade </li></ul><ul><li>Afirmar o di reito à vida como um direito sagrado de todo e qu alq uer ser human o . </li></ul>Amnistia Internacional
  12. 12. A Amnistia Internacional e a luta contra a pena de morte <ul><li>PENA DE MORTE – JUSTIÇA OU CRUELDADE? </li></ul><ul><li>Sessão organizada pela Amnistia internacional - Portugal (Lisboa10 de Outubro de 2008) </li></ul><ul><li>Objectivos- permitir que todos tivessem acesso às informações necessárias sobre a pena de morte, com o intuito de modificar a opinião que são retencionistas. </li></ul><ul><li>Participantes- Diversas escolas da Grande Lisboa que representaram países abolicionistas (como por exemplo, Portugal, Timor e a África do Sul) e países retencionistas (como por exemplo, a China, a Arábia Saudita e os E.U.A) </li></ul><ul><li>Conclusões- Esta conferência permitiu-nos ter ambas as visões (a favor e contra) e também nos permitiu reflectir e tirar as nossas próprias conclusões. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Clube dos Direitos Humanos da António Arroio </li></ul><ul><li>Objectivos </li></ul><ul><li>Criar um espaço/tempo para reflexão e debate de problemas/questões/situações relacionadas com os direitos humanos; </li></ul><ul><li>Formar uma consciência cívica crítica, indispensável à democracia onde é exigido a efectiva participação numa sociedade democrática e democratizadora; </li></ul><ul><li>Divulgar actividades desenvolvidas na e fora da escola, no âmbito dos direitos humanos, junto da comunidade educativa. </li></ul>A luta contra a pena de morte
  14. 14. Considerações finais <ul><li>Será que algum dia a pena de morte irá ser mundialmente abolida? </li></ul><ul><li>Não há uma posição unânime. No entanto, a pena de morte tem vindo, felizmente, ao longo dos anos a ser abolida em diversos países do mundo. </li></ul><ul><li>Constitui-se num campo infinito e privilegiado de e para a argumentação </li></ul>

×