Avaliações Bimestrais - 2013 – 6º ao 9º ano – 1

_______________________________________________-_________________________...
Avaliações Bimestrais - 2013 – 6º ao 9º ano – 1

_______________________________________________-_________________________...
Avaliações Bimestrais - 2013 – 6º ao 9º ano – 1

_______________________________________________-_________________________...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aval 6ºano 4ºbimestre

436 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
436
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aval 6ºano 4ºbimestre

  1. 1. Avaliações Bimestrais - 2013 – 6º ao 9º ano – 1 _______________________________________________-____________________________________________ AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA – 4º BIMESTRE Escola: Aluno: Prof.(a) Ano/ Turma: 6º ano A gruta de Lascaux Glória Kok No dia 12 de setembro de 1940, quatro garotos e um cachorro passeavam pelas colinas rochosas da região de Dordogne, na França quando o cão subitamente desapareceu por uma fenda nas pedras provocada pela queda de um grande pinheiro. No seu encalço, Marcel Ravidat, Jacques Marsal, Georges Agnel e Simon Coencas esgueiram-se pela passagem estreita até alcançar uma enorme sala mergulhada na escuridão. [...] https://www.google.com.br 03. Assim como faxina, lixo, todas as palavras estão escritas corretamente em (A) racha- máximo – xita. (B) abacaxi- xinelo- tórax. (C) enchergar - exercitar- encher. (D) peixe - caixote- enxuto. In: GIRARDET, Sylvie. A gruta de Lascaux. Tradução de Eduardo Brandão. São Paulo: companhia das letrinhas, 2000, p. 7-9. 01. No texto, a palavra destacada tem o mesmo sentido de (A) rapidamente. (B) intencionalmente. (C) forçadamente. (D) misteriosamente. *Leia SOARES, Magda. Uma Proposta para o Letramento. São Paulo: Moderna, 2002, p. 221. “Como foi essa caminhada: das paredes das cavernas até chegar à língua escrita, hoje tão presente à nossa volta, em toda parte?” 04. Nesse texto, é marca de linguagem informal (A) “lá”. (B) “parar”. (C) “pra”. (D) “vou”. “Ao longo dos milênios, a humanidade foi pouco a pouco descobrindo diferentes jeitos de ver o som das palavras, jeitos de escrever.” 05. Na frase: “Pra lá e pra cá”. As palavras destacadas são (A) verbos. (B) advérbios. (C) substantivos. (D) adjetivos. 02. As palavras destacas indicam (A) modo. (B) lugar. (C) tempo. (D) dúvida 06. Assim como “Pêndulo”, se escreve (A) pêndurado. (B) pênte. (C) pênalti. (D) pênso.
  2. 2. Avaliações Bimestrais - 2013 – 6º ao 9º ano – 1 _______________________________________________-____________________________________________ Comunicação escrita: foi assim que começou Maria Cristina Visconti Zilda A. Junqueira Os primeiros homens que habitaram a Terra levavam uma vida muito diferente da nossa. Viviam em pequenos bandos e passavam a maior parte do tempo em busca de alimentos, como folhas, frutos, raízes e caules. Alimentavam-se também de insetos, larvas, ovos e pequenos animais. Só comiam carne de animais grandes quando encontravam sobras recentes deixadas por animais maiores. As “armas” que usavam não passavam de paus, pedras, ossos. Nessa época os bandos eram organizados e a comunicação entre os homens era bastante primitiva: só sabiam uivar e gesticular. Assim sendo, as mãos tinham uma importância enorme, pois era através delas que conseguiam comida, faziam seus instrumentos e armas e podiam comunicar-se. Como a fome era muita e a caça difícil, os homens foram percebendo a necessidade de aperfeiçoar suas armas e de organizar as caçadas. Dessa maneira, ficava mais fácil aprisionar e matar animais de grande porte. 07. O poema foi escrito desta forma para (A) mostrar o movimento da escova escorregando na tinta. (B) destacar os benefícios da escovação com tinta. (C) diferenciar a escovação da pintura com tinta. (D) divulgar o vidro de tinta escorregando. 08. O poeta considera uma gostosura (A) escovar os dentes escorregando na tinta. (B) guardar a escova no vidro de tinta. (C) desenhar com tinta usando uma escova de dente. (D) usar a escova de dente suja de tinta. 09. “Ô gostosura!” A expressão destacada representa (A) a escova. (B) a tinta. (C) o mergulho. (D) o papel. 10. A pontuação usada no final do verso “pela folha de papel...” sugere (A) enumeração. (B) continuação. (C) oposição. (D) comparação. 11. Esse texto é (A) um convite. (B) uma carta. (C) um poema. (D) uma piada. Escrita: das paredes ao computador. São Paulo: Ática, 1998, p. 10–13. 12. No texto a expressão “os homens” significa (A) os seres humanos em geral. (B) os povos sem comunicação. (C) as pessoas do sexo masculino. (D) as pessoas adultas. 13. “Vivem em pequenos bandos e passavam a maior parte do tempo em busca de alimento...” o termo destacado indica (A) adição. (B) explicação. (C) oposição. (D) alternância. 14. “...alimentavam-se também de insetos, larvas, ovos e pequenos animais...” o termo destacado substitui a palavra (A) pequenos. (B) alimentos. (C) animais. (D) homens. 15. Localize o nome do livro do qual o texto foi tirado. O assunto desse livro deve ser (A) A história da escrita. (B) O surgimento do computador. (C) O processo de comunicação. (D) A escrita modernizada.
  3. 3. Avaliações Bimestrais - 2013 – 6º ao 9º ano – 1 _______________________________________________-____________________________________________ 16. “... passavam maior parte do tempo em busca de alimentos, como folhas, frutos, raízes e caules.” os termos destacados indicam (A) oposição. (B) conclusão. (C) enumeração. (D) afirmação. 17. “Dessa maneira, ficava mais fácil aprisionar e matar animais de grande porte. No texto, a palavras aprisionar tem o mesmo sentido de (A) perceber. (B) prender. (C) encontrar. (D) buscar. Assim sendo, as mãos tinham uma importância enorme, pois era através delas que conseguiam comida, faziam seus instrumentos e armas e podiam comunicar-se. 18. O termo destacado indica (A) explicação. (B) negação. (C) causa. (D) consequência. Mensagem secreta Traço estes ideogramas sobre um tablete de argila, como sempre faço por ordem do príncipe. Só que desta vez não se trata de uma encomenda do príncipe. Escrevo por mim, não por ele. Gudea não verá esta mensagem. Sofreria muito. É uma mensagem secreta, não enfeitará as estátuas, nem será conservada no templo. Eu a guardarei e a levarei comigo para o túmulo. Este é o lado obscuro da minha sabedoria e não quero que seja conhecido nem por meus soberanos, nem por meus contemporâneos. Gudea e eu somos amigos desde crianças. Na infância éramos iguais. Mesmo sabendo que ele era filho de reis e que eu era filho de súditos, na infância não há diferenças. O barro nos sujava, tanto a ele como a mim, a chuva molhava os dois, os dois éramos aquecidos pelo Sol. As brigas foram de irmãos, as reconciliações foram de irmãos. Agora já não é assim. Ele é o príncipe e, embora eu seja seu escriba favorito, a igualdade já não existe. [...] Escrita: das paredes ao computador. São Paulo: Ática, 1998, p. 41- 43. 19. No trecho “Eu a guardarei e a levarei comigo para o túmulo.” As palavras destacadas são (A) advérbios. (B) substantivos. (C) pronomes. (D) verbos. 20. “Agora já não é assim. Ele é o príncipe e, embora eu seja seu escriba favorito, a igualdade já não existe.” Essa sequência é (A) argumentativa. (B) injuntiva. (C) descritiva. (D) narrativa.

×