SlideShare uma empresa Scribd logo
VOLEIBOL




                     REALIZADO POR:

               DISCIPLINA: Educação física




ÍNDICE
Introdução ………………………………………………………………………………………………………………… 3



Voleibol …………………………………………………………………………………………………………………….…3



História do voleibol ……………………………………………………………………..………………………………3



A bola de voleibol ………………………………………………..……………………………………………………4



Regras do jogo ……………………………………………………..…………………………………………………….4



Gestos técnicos do voleibol …………………………………………………………………………………………5



Conclusão ……………………………………………………………………………………………..…………………….9



Bibliografia …………………………………………………………………………………………………………………9




INTRODUÇÃO



                                                                  2
Este trabalho foi realizado a pedido do professor de educação física, José Ferreira. O seu
objetivo é o de descrever a modalidade de voleibol e dar a conhecer a sua história e quem o
inventou.




VOLEIBOL


O Voleibol é um jogo desportivo coletivo praticado por duas equipas, separadas por uma rede.
O seu objetivo é fazer cair a bola no campo adversário e evitar que ela caia no seu próprio
campo, enviando a bola por cima da rede.




HISTÓRIA DO VOLEIBOL


Foi um professor de Educação Física americano, de Massachussetts, William G. Morgan, quem
em 1895, ao procurar criar uma nova atividade que fosse suave e motivante, e que também
pudesse ser praticada no Inverno, inventou um jogo, a que chamou “minonette” e que deu
origem ao voleibol dos nossos dias.

Este professor inspirou-se no ténis, uma vez que permaneceu na sua ideia uma rede a dividir o
espaço de jogo, ao mesmo tempo que o jogo deveria ser jogado num recinto retangular, entre
duas equipas separadas por uma rede, mantendo uma bola em movimento, até que esta
tocasse no solo, ou fosse batida para além dos limites do campo. O número de jogadores não
era limitado, só tinha de ser igual para ambas equipas. O sistema de rotação era já usado, para
que todos jogadores pudessem servir.

O voleibol tornou-se muito popular nos Estados Unidos e no Canadá, e de seguida nas Filipinas
e no Extremo Oriente. Só depois da I Guerra Mundial é que adquiriu popularidade na Europa.




A BOLA DE VOLEIBOL
A bola é esférica devendo a sua capa ser de couro flexível e a sua cor uniforme e clara. O seu
perímetro é de 65 a 67 centímetros e o seu peso de 260 a 280 gramas .




                                                                                                  3
REGRAS DO JOGO
O Voleibol é um jogo desportivo coletivo, praticado por duas equipas num campo
retangular, separado por uma rede colocada a uma altura variável conforme o
escalão etário.
O objetivo do jogo é enviar a bola por cima da rede fazendo com que caia no solo
do campo adversário (ação ofensiva) e evitar que a bola caia no solo do próprio
campo (ação defensiva), respeitando as regras específicas do jogo.
O jogo é dirigido por um 1º árbitro principal, um 2º árbitro, quatro juízes de linha
e um marcador.
O jogo só termina quando uma equipa vence 3 sets. Ganha um set a equipa que
chegar primeiro aos 25 pontos, devendo ter uma diferença mínima de dois
pontos. Em caso de empate a dois sets, o set decisivo é ganho pela equipa que
chegar aos 15 pontos, devendo existir também uma diferença mínima de dois
pontos.
O campo de jogo de voleibol deve ter as dimensões de 18 metros de comprimento
e de 9 metros de largura. A rede deve ter uma altura de 2,43 metros (seniores e
juniores masculinos) e 2,24 metros (seniores e juniores femininos).
O terreno de jogo deve estar livre de qualquer obstáculo até, pelo menos, 7
metros de altura a partir do solo, e ser rodeado por uma zona livre, no mínimo de
três metros.
O campo de jogo deve ser delimitado por duas linhas de fundo (largura) e por
duas linhas laterais (comprimento).




Campo Voleibol:
1 - Linha central
2 - Linha lateral                 5
3 - Linha de fundo
4 - Linha de ataque               7
5 - Zona de defesa
6 - Zona de ataque
                                  3

                                          2       4     6   1
                                                                                       4
7 - Zona de serviço




     Número de Jogadores 12: 6 efetivos e 6 suplentes.

     Dimensões do campo              18m de comprimento por 9m de largura

     Bola                            Perímetro: 65 a 67cm. Peso: 260 a 280g

     Rede                            Colocada a 2,43m de altura para
                                     homens e 2.24m para mulheres, presa a
                                     dois postes colocados a 1m das linhas
                                     laterais.

     Varetas                         Estão situadas 80cm acima do bordo
                                     superior da rede e delimitam o espaço
                                     de passagem da bola.

     Duração                         Sem limite. Jogo constituído por 5 sets

     Juízes                          2 Árbitros: o primeiro, colocado a uma
                                     altura superior à rede e no
                                     prolongamento desta; o segundo, do
                                     lado oposto, ao nível dos jogadores. São
                                     auxiliados por 1 marcador e 2 ou 4
                                     juízes de linha.




GESTOS TÉCNICOS DO VOLEIBOL


POSIÇÃO BASE

Utilização: Em múltiplas situações de jogo, na fase de intervenção sobre a bola. É
fundamental uma atitude de expectativa para a receção, no momento em que o
jogador contrário inicia o movimento. A velocidade da bola e a sua trajetória são
variáveis, daí que o jogador tenha que, de imediato, desenvolver as ações mais
convenientes para tomar uma posição correta de espera.

- Objetivo: Permitir que o jogador se desloque rapidamente em todas as direções e
possa adotar a técnica mais adequada em função da trajetória da bola, bem como o
seu posicionamento tático.




                                                                                     5
PASSE DE FRENTE

Objetivo: Transmitir a bola ao rematador (passe de ataque) ou para reenviar a bola
diretamente para o campo adversário.




PASSE POR CIMA A DUAS MÃOS




O SERVIÇO

O serviço é o ato de pôr a bola em jogo pelo defesa-direito, colocado na zona de serviço

Execução do Serviço:



                                                                                           6
A bola é batida com uma mão ou qualquer parte do braço, depois de ter sido lançada ao ar ou
largada da(s) mão(s);
Só um lançamento de bola é permitido. Bater a bola no chão ou passar a bola de uma mão
para a outra é permitido;
No momento de batimento da bola no serviço ou na impulsão, no caso de serviço em
suspensão, o servidor não deve tocar no terreno (linha de fundo incluída) nem o solo no
exterior da zona de serviço.

Cortina

Os jogadores da equipa que serve não devem impedir os adversários de ver o servidor ou a
trajectória da bola, por meio de uma cortina individual ou colectiva. Um jogador ou grupo de
jogadores da equipa que serve fazem uma cortina se agitarem os braços, saltarem ou se
moverem lateralmente no momento da execução do serviço ou se agruparem para taparem a
trajetória da bola.




O ATAQUE

Considera-se ataque toda a acção de envio da bola para o campo contrário, com excepção do
serviço ou do bloco. É permitida a colocação da bola, se o batimento na bola for claro, e a bola
não for agarrada ou lançada.
O ataque é considerado efetivo (completado) no momento em que a bola passa
completamente o plano vertical da rede ou é tocada por um adversário.




                                                                                                   7
BLOCO

O bloco é a acção dos jogadores colocados junto da rede para interceptar uma bola
procedente do campo adversário, ultrapassando nessa acção a altura da rede. Apenas os
jogadores avançados podem fazer bloco efetivo.
Tentativa de bloco – é a acção de blocar sem tocar na bola.
Bloco efetivo – o bloco torna-se efectivo quando a bola toca nele.
Bloco coletivo – um bloco é colectivo quando é realizado por um grupo de dois ou três
jogadores próximos uns dos outros, sendo efectivo quando um deles toca na bola.




CONCLUSÃO

Com a realização deste trabalho fiquei a perceber melhor as regras deste jogo e fiquei com
mais vontade de jogar voleibol. Parece ser divertido e popular.




                                                                                             8
BIBLIOGRAFIA


http://www.prof2000.pt/users/ruimarques/historia%20do%20voleibol.htm

http://vamos_fazer_educacao_fisica.blogs.sapo.pt/9512.html

http://www.aemaximinos.net/recursos/ef/desportos_colectivos/volei_inicial.htm

http://www.notapositiva.com/pt/trbestbs/educfisica/10_voleibol_d.htm

http://www.prof2000.pt/users/ruimarques/CompTecnVoleibol.htm




                                                                                9

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tênis de mesa na escola
Tênis de mesa na escolaTênis de mesa na escola
Tênis de mesa na escola
evandrolhp
 
O Voleibol
O VoleibolO Voleibol
O Voleibol
Marta Azevedo
 
Trabalho sobre Badminton - Aconsa
Trabalho sobre Badminton - AconsaTrabalho sobre Badminton - Aconsa
Trabalho sobre Badminton - Aconsa
Ana Carolina
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Apresentação basquetebol
Apresentação basquetebol Apresentação basquetebol
Apresentação basquetebol
Paula Silva Silva
 
Badminton
BadmintonBadminton
Badminton
Jecamel
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
Bernardo Matos
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
Hugo Ferreira
 
Trabalho de volei
Trabalho de voleiTrabalho de volei
Trabalho de volei
Harrison Sodre Melônio
 
Voleibol documento de apoio
Voleibol documento de apoioVoleibol documento de apoio
Voleibol documento de apoio
Inês Ré
 
Apresentação voleibol
Apresentação voleibol Apresentação voleibol
Apresentação voleibol
Inácio Júnior
 
BASQUETEBOL-APOIO TEORICO.pdf
BASQUETEBOL-APOIO TEORICO.pdfBASQUETEBOL-APOIO TEORICO.pdf
BASQUETEBOL-APOIO TEORICO.pdf
Sílvio Cardoso
 
Educação Física - Voleibol
Educação Física - VoleibolEducação Física - Voleibol
Educação Física - Voleibol
antoniavieira
 
O voleibol
O voleibolO voleibol
O voleibol
DeaaSouza
 
O Basquete
O BasqueteO Basquete
O Basquete
Aandréa Rodrigues
 
Andebol regras
Andebol regras Andebol regras
Andebol regras
Maria Sequeira
 
Futsal
Futsal Futsal
Futsal
dalilahack
 
Badminton gestos técnicos, história, sinais de arbitragem etc...
Badminton gestos técnicos, história, sinais de arbitragem etc...Badminton gestos técnicos, história, sinais de arbitragem etc...
Badminton gestos técnicos, história, sinais de arbitragem etc...
Margarida Ferreira
 
Voleibol (regras, gestos técnicos, etc...)
Voleibol (regras, gestos técnicos, etc...)Voleibol (regras, gestos técnicos, etc...)
Voleibol (regras, gestos técnicos, etc...)
Margarida Ferreira
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
KrashovJC
 

Mais procurados (20)

Tênis de mesa na escola
Tênis de mesa na escolaTênis de mesa na escola
Tênis de mesa na escola
 
O Voleibol
O VoleibolO Voleibol
O Voleibol
 
Trabalho sobre Badminton - Aconsa
Trabalho sobre Badminton - AconsaTrabalho sobre Badminton - Aconsa
Trabalho sobre Badminton - Aconsa
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
Apresentação basquetebol
Apresentação basquetebol Apresentação basquetebol
Apresentação basquetebol
 
Badminton
BadmintonBadminton
Badminton
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
Trabalho de volei
Trabalho de voleiTrabalho de volei
Trabalho de volei
 
Voleibol documento de apoio
Voleibol documento de apoioVoleibol documento de apoio
Voleibol documento de apoio
 
Apresentação voleibol
Apresentação voleibol Apresentação voleibol
Apresentação voleibol
 
BASQUETEBOL-APOIO TEORICO.pdf
BASQUETEBOL-APOIO TEORICO.pdfBASQUETEBOL-APOIO TEORICO.pdf
BASQUETEBOL-APOIO TEORICO.pdf
 
Educação Física - Voleibol
Educação Física - VoleibolEducação Física - Voleibol
Educação Física - Voleibol
 
O voleibol
O voleibolO voleibol
O voleibol
 
O Basquete
O BasqueteO Basquete
O Basquete
 
Andebol regras
Andebol regras Andebol regras
Andebol regras
 
Futsal
Futsal Futsal
Futsal
 
Badminton gestos técnicos, história, sinais de arbitragem etc...
Badminton gestos técnicos, história, sinais de arbitragem etc...Badminton gestos técnicos, história, sinais de arbitragem etc...
Badminton gestos técnicos, história, sinais de arbitragem etc...
 
Voleibol (regras, gestos técnicos, etc...)
Voleibol (regras, gestos técnicos, etc...)Voleibol (regras, gestos técnicos, etc...)
Voleibol (regras, gestos técnicos, etc...)
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 

Destaque

Voleibol na escola
Voleibol na escolaVoleibol na escola
Voleibol na escola
evandrolhp
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
sextoD
 
Regras do Voleibol
Regras do VoleibolRegras do Voleibol
Regras do Voleibol
Sutier
 
História voleibol
História voleibolHistória voleibol
História voleibol
Isabellucas59
 
História de Vôleibol
História de VôleibolHistória de Vôleibol
História de Vôleibol
AVilarim
 
Voleibol ii
Voleibol iiVoleibol ii
Voleibol ii
Hiderson Marciano
 
Powerpoint sobre power points
Powerpoint sobre power pointsPowerpoint sobre power points
Powerpoint sobre power points
Filipe Duarte
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
Pedro R Pires
 
Histórico e evolução do voleibol
Histórico e evolução do voleibolHistórico e evolução do voleibol
Histórico e evolução do voleibol
Messias Q. França Jr.
 

Destaque (10)

Voleibol na escola
Voleibol na escolaVoleibol na escola
Voleibol na escola
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Regras do Voleibol
Regras do VoleibolRegras do Voleibol
Regras do Voleibol
 
História voleibol
História voleibolHistória voleibol
História voleibol
 
História de Vôleibol
História de VôleibolHistória de Vôleibol
História de Vôleibol
 
Voleibol ii
Voleibol iiVoleibol ii
Voleibol ii
 
Powerpoint sobre power points
Powerpoint sobre power pointsPowerpoint sobre power points
Powerpoint sobre power points
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Histórico e evolução do voleibol
Histórico e evolução do voleibolHistórico e evolução do voleibol
Histórico e evolução do voleibol
 

Semelhante a Voleibol

seminário sobre Voleibol
seminário sobre Voleibol seminário sobre Voleibol
seminário sobre Voleibol
Ronaldo Junior
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
Vitor Dalcégio
 
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
SilvaStefano
 
Apostila de flagbol_5x5 apfa
Apostila de flagbol_5x5 apfaApostila de flagbol_5x5 apfa
Apostila de flagbol_5x5 apfa
Débora Medeiros
 
Handebol teórica
Handebol   teóricaHandebol   teórica
Handebol teórica
NetKids
 
Olimpíadas
OlimpíadasOlimpíadas
Olimpíadas
Marina Stefanny
 
Voleibol e futsal
Voleibol e futsalVoleibol e futsal
Voleibol e futsal
TicoM22
 
Apresentação voleibol.pdf
Apresentação voleibol.pdfApresentação voleibol.pdf
Apresentação voleibol.pdf
JOÃO PEREIRA
 
Voleibol: História, regras e fundamentos
Voleibol: História, regras e fundamentosVoleibol: História, regras e fundamentos
Voleibol: História, regras e fundamentos
Prof. Saulo Bezerra
 
Resumo das regras de andebol
Resumo das regras de andebolResumo das regras de andebol
Resumo das regras de andebol
Patrícia Vilaça
 
Trabalho 1º Periodo FINAL.pptx
Trabalho 1º Periodo FINAL.pptxTrabalho 1º Periodo FINAL.pptx
Trabalho 1º Periodo FINAL.pptx
Laura Ferraria
 
Aula 1 (história, equiamentos e regras de jogo).pptx
Aula 1 (história, equiamentos e regras de jogo).pptxAula 1 (história, equiamentos e regras de jogo).pptx
Aula 1 (história, equiamentos e regras de jogo).pptx
TavaresJana
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
Marcia Barbosa
 
Voleibol 7º Ano.pptx
Voleibol 7º Ano.pptxVoleibol 7º Ano.pptx
Voleibol 7º Ano.pptx
Jean de Sousa
 
andebol
andebolandebol
andebol
guest126cc72
 
Handebol
Handebol Handebol
Handebol
Daniele Gomes
 
EJA IV EDUCAÇÃO FÍSICA 14 09 2023 ESPORTES DE INVASÃO FUTEBOL.pdf
EJA IV EDUCAÇÃO FÍSICA 14 09 2023 ESPORTES DE INVASÃO FUTEBOL.pdfEJA IV EDUCAÇÃO FÍSICA 14 09 2023 ESPORTES DE INVASÃO FUTEBOL.pdf
EJA IV EDUCAÇÃO FÍSICA 14 09 2023 ESPORTES DE INVASÃO FUTEBOL.pdf
DeosdeteLino
 
Apostila de basquetebol
Apostila de basquetebolApostila de basquetebol
Apostila de basquetebol
bbpn
 
Apostila de basquetebol
Apostila de basquetebolApostila de basquetebol
Apostila de basquetebol
bbpn
 
Sebenta voleibol
Sebenta voleibol Sebenta voleibol
Sebenta voleibol
BolachinhaMaria1
 

Semelhante a Voleibol (20)

seminário sobre Voleibol
seminário sobre Voleibol seminário sobre Voleibol
seminário sobre Voleibol
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
 
Apostila de flagbol_5x5 apfa
Apostila de flagbol_5x5 apfaApostila de flagbol_5x5 apfa
Apostila de flagbol_5x5 apfa
 
Handebol teórica
Handebol   teóricaHandebol   teórica
Handebol teórica
 
Olimpíadas
OlimpíadasOlimpíadas
Olimpíadas
 
Voleibol e futsal
Voleibol e futsalVoleibol e futsal
Voleibol e futsal
 
Apresentação voleibol.pdf
Apresentação voleibol.pdfApresentação voleibol.pdf
Apresentação voleibol.pdf
 
Voleibol: História, regras e fundamentos
Voleibol: História, regras e fundamentosVoleibol: História, regras e fundamentos
Voleibol: História, regras e fundamentos
 
Resumo das regras de andebol
Resumo das regras de andebolResumo das regras de andebol
Resumo das regras de andebol
 
Trabalho 1º Periodo FINAL.pptx
Trabalho 1º Periodo FINAL.pptxTrabalho 1º Periodo FINAL.pptx
Trabalho 1º Periodo FINAL.pptx
 
Aula 1 (história, equiamentos e regras de jogo).pptx
Aula 1 (história, equiamentos e regras de jogo).pptxAula 1 (história, equiamentos e regras de jogo).pptx
Aula 1 (história, equiamentos e regras de jogo).pptx
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Voleibol 7º Ano.pptx
Voleibol 7º Ano.pptxVoleibol 7º Ano.pptx
Voleibol 7º Ano.pptx
 
andebol
andebolandebol
andebol
 
Handebol
Handebol Handebol
Handebol
 
EJA IV EDUCAÇÃO FÍSICA 14 09 2023 ESPORTES DE INVASÃO FUTEBOL.pdf
EJA IV EDUCAÇÃO FÍSICA 14 09 2023 ESPORTES DE INVASÃO FUTEBOL.pdfEJA IV EDUCAÇÃO FÍSICA 14 09 2023 ESPORTES DE INVASÃO FUTEBOL.pdf
EJA IV EDUCAÇÃO FÍSICA 14 09 2023 ESPORTES DE INVASÃO FUTEBOL.pdf
 
Apostila de basquetebol
Apostila de basquetebolApostila de basquetebol
Apostila de basquetebol
 
Apostila de basquetebol
Apostila de basquetebolApostila de basquetebol
Apostila de basquetebol
 
Sebenta voleibol
Sebenta voleibol Sebenta voleibol
Sebenta voleibol
 

Último

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 

Último (20)

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 

Voleibol

  • 1. VOLEIBOL REALIZADO POR: DISCIPLINA: Educação física ÍNDICE
  • 2. Introdução ………………………………………………………………………………………………………………… 3 Voleibol …………………………………………………………………………………………………………………….…3 História do voleibol ……………………………………………………………………..………………………………3 A bola de voleibol ………………………………………………..……………………………………………………4 Regras do jogo ……………………………………………………..…………………………………………………….4 Gestos técnicos do voleibol …………………………………………………………………………………………5 Conclusão ……………………………………………………………………………………………..…………………….9 Bibliografia …………………………………………………………………………………………………………………9 INTRODUÇÃO 2
  • 3. Este trabalho foi realizado a pedido do professor de educação física, José Ferreira. O seu objetivo é o de descrever a modalidade de voleibol e dar a conhecer a sua história e quem o inventou. VOLEIBOL O Voleibol é um jogo desportivo coletivo praticado por duas equipas, separadas por uma rede. O seu objetivo é fazer cair a bola no campo adversário e evitar que ela caia no seu próprio campo, enviando a bola por cima da rede. HISTÓRIA DO VOLEIBOL Foi um professor de Educação Física americano, de Massachussetts, William G. Morgan, quem em 1895, ao procurar criar uma nova atividade que fosse suave e motivante, e que também pudesse ser praticada no Inverno, inventou um jogo, a que chamou “minonette” e que deu origem ao voleibol dos nossos dias. Este professor inspirou-se no ténis, uma vez que permaneceu na sua ideia uma rede a dividir o espaço de jogo, ao mesmo tempo que o jogo deveria ser jogado num recinto retangular, entre duas equipas separadas por uma rede, mantendo uma bola em movimento, até que esta tocasse no solo, ou fosse batida para além dos limites do campo. O número de jogadores não era limitado, só tinha de ser igual para ambas equipas. O sistema de rotação era já usado, para que todos jogadores pudessem servir. O voleibol tornou-se muito popular nos Estados Unidos e no Canadá, e de seguida nas Filipinas e no Extremo Oriente. Só depois da I Guerra Mundial é que adquiriu popularidade na Europa. A BOLA DE VOLEIBOL A bola é esférica devendo a sua capa ser de couro flexível e a sua cor uniforme e clara. O seu perímetro é de 65 a 67 centímetros e o seu peso de 260 a 280 gramas . 3
  • 4. REGRAS DO JOGO O Voleibol é um jogo desportivo coletivo, praticado por duas equipas num campo retangular, separado por uma rede colocada a uma altura variável conforme o escalão etário. O objetivo do jogo é enviar a bola por cima da rede fazendo com que caia no solo do campo adversário (ação ofensiva) e evitar que a bola caia no solo do próprio campo (ação defensiva), respeitando as regras específicas do jogo. O jogo é dirigido por um 1º árbitro principal, um 2º árbitro, quatro juízes de linha e um marcador. O jogo só termina quando uma equipa vence 3 sets. Ganha um set a equipa que chegar primeiro aos 25 pontos, devendo ter uma diferença mínima de dois pontos. Em caso de empate a dois sets, o set decisivo é ganho pela equipa que chegar aos 15 pontos, devendo existir também uma diferença mínima de dois pontos. O campo de jogo de voleibol deve ter as dimensões de 18 metros de comprimento e de 9 metros de largura. A rede deve ter uma altura de 2,43 metros (seniores e juniores masculinos) e 2,24 metros (seniores e juniores femininos). O terreno de jogo deve estar livre de qualquer obstáculo até, pelo menos, 7 metros de altura a partir do solo, e ser rodeado por uma zona livre, no mínimo de três metros. O campo de jogo deve ser delimitado por duas linhas de fundo (largura) e por duas linhas laterais (comprimento). Campo Voleibol: 1 - Linha central 2 - Linha lateral 5 3 - Linha de fundo 4 - Linha de ataque 7 5 - Zona de defesa 6 - Zona de ataque 3 2 4 6 1 4
  • 5. 7 - Zona de serviço Número de Jogadores 12: 6 efetivos e 6 suplentes. Dimensões do campo 18m de comprimento por 9m de largura Bola Perímetro: 65 a 67cm. Peso: 260 a 280g Rede Colocada a 2,43m de altura para homens e 2.24m para mulheres, presa a dois postes colocados a 1m das linhas laterais. Varetas Estão situadas 80cm acima do bordo superior da rede e delimitam o espaço de passagem da bola. Duração Sem limite. Jogo constituído por 5 sets Juízes 2 Árbitros: o primeiro, colocado a uma altura superior à rede e no prolongamento desta; o segundo, do lado oposto, ao nível dos jogadores. São auxiliados por 1 marcador e 2 ou 4 juízes de linha. GESTOS TÉCNICOS DO VOLEIBOL POSIÇÃO BASE Utilização: Em múltiplas situações de jogo, na fase de intervenção sobre a bola. É fundamental uma atitude de expectativa para a receção, no momento em que o jogador contrário inicia o movimento. A velocidade da bola e a sua trajetória são variáveis, daí que o jogador tenha que, de imediato, desenvolver as ações mais convenientes para tomar uma posição correta de espera. - Objetivo: Permitir que o jogador se desloque rapidamente em todas as direções e possa adotar a técnica mais adequada em função da trajetória da bola, bem como o seu posicionamento tático. 5
  • 6. PASSE DE FRENTE Objetivo: Transmitir a bola ao rematador (passe de ataque) ou para reenviar a bola diretamente para o campo adversário. PASSE POR CIMA A DUAS MÃOS O SERVIÇO O serviço é o ato de pôr a bola em jogo pelo defesa-direito, colocado na zona de serviço Execução do Serviço: 6
  • 7. A bola é batida com uma mão ou qualquer parte do braço, depois de ter sido lançada ao ar ou largada da(s) mão(s); Só um lançamento de bola é permitido. Bater a bola no chão ou passar a bola de uma mão para a outra é permitido; No momento de batimento da bola no serviço ou na impulsão, no caso de serviço em suspensão, o servidor não deve tocar no terreno (linha de fundo incluída) nem o solo no exterior da zona de serviço. Cortina Os jogadores da equipa que serve não devem impedir os adversários de ver o servidor ou a trajectória da bola, por meio de uma cortina individual ou colectiva. Um jogador ou grupo de jogadores da equipa que serve fazem uma cortina se agitarem os braços, saltarem ou se moverem lateralmente no momento da execução do serviço ou se agruparem para taparem a trajetória da bola. O ATAQUE Considera-se ataque toda a acção de envio da bola para o campo contrário, com excepção do serviço ou do bloco. É permitida a colocação da bola, se o batimento na bola for claro, e a bola não for agarrada ou lançada. O ataque é considerado efetivo (completado) no momento em que a bola passa completamente o plano vertical da rede ou é tocada por um adversário. 7
  • 8. BLOCO O bloco é a acção dos jogadores colocados junto da rede para interceptar uma bola procedente do campo adversário, ultrapassando nessa acção a altura da rede. Apenas os jogadores avançados podem fazer bloco efetivo. Tentativa de bloco – é a acção de blocar sem tocar na bola. Bloco efetivo – o bloco torna-se efectivo quando a bola toca nele. Bloco coletivo – um bloco é colectivo quando é realizado por um grupo de dois ou três jogadores próximos uns dos outros, sendo efectivo quando um deles toca na bola. CONCLUSÃO Com a realização deste trabalho fiquei a perceber melhor as regras deste jogo e fiquei com mais vontade de jogar voleibol. Parece ser divertido e popular. 8