SlideShare uma empresa Scribd logo
Vítor Santos
Nº:23 7ºH
Professor: Tiago Oliveira Eb2/3 De Vialonga.
1º Como jogar voleibol;
2º Características do toque da bola;
3º Faltas no jogo com a bola;
4º Altura da rede do jogo;
5º Colocação da equipa;
6º Equipamentos de jogo;
7º Ataque;
8º Defesa;
9º Regras;
10º Passe da bola;
11º Bibliografia;
 O voleibol é um desporto jogado entre duas
equipas num campo rectangular dividido por
uma rede. O objectivo do jogo é fazer a bola
cair no campo do adversário, enviando-a por
cima da rede e impedir que a bola caia no
seu próprio campo. Cada equipa pode dar 3
toques na bola (não a mesma pessoa). A bola
é colocada em jogo com um serviço: o
jogador atira a bola enviando-a por cima da
rede para o campo adversário. A bola
continua em jogo até que caia no chão. Os
jogadores mudam de posição quando é a sua
vez de lançar a bola, efectuando um
movimento de rotação sempre no sentido
dos ponteiros do relógio.
 A bola não deve ser retida ou lançada. Pode
ser devolvida em qualquer direcção.
 A bola pode tocar várias partes do corpo,
contanto que estes contactos ocorram
simultaneamente.
 Excepções:
 No bloqueio, contactos consecutivos podem
ocorrer entre um ou mais jogadores, desde
que estes contactos ocorram durante a
mesma acção;
 No primeiro toque da equipe, a bola pode
tocar várias partes do corpo
consecutivamente, contanto que os
 QUATRO TOQUES: uma equipe toca a
bola quatro vezes antes de retorná-la;
 TOQUE APOIADO: um jogador apoia-se
em um companheiro de equipe ou em
qualquer estrutura/objecto dentro da
área de jogo para alcançar a bola.
 BOLA PRESA: a bola é retida e/ou
lançada; ela não é rebatida pelo toque
 DUPLO CONTATO: um jogador toca a
bola duas vezes consecutivas ou a
bola toca consecutivamente várias
partes de seu corpo .
 A quadra de voleibol mede 9 m de
largura por 18 m de comprimento .
A rede encontra-se a 2,43m do
chão, para os homens, e a 2,24 m,
para as mulheres . A bola tem de 65
cm a 68,5 cm de circunferência e
pesa cerca de 300 g .
 É constituída por 12 jogadores: -6
jogadores efectivos -6 jogadores
suplentes.
 As partidas de voleibol são confrontos
envolvendo duas equipes disputados em
ginásio coberto ou ao ar livre conforme
desejado.
 O campo mede 18 metros de
comprimento por 9 de largura (18 x 9
metros), e é dividido por uma linha
central em um dos lados de nove metros
que constituem as quadras de cada
equipa O objectivo principal é
conquistar pontos fazendo a bola
encostar na sua quadra ou sair da área
de jogo após ter sido tocada por um
oponente.
 Acima da linha central, é postada uma
rede de material sintético a uma altura
de 2,43 m para homens ou 2,24 m para
mulheres (no caso de competições
juvenis, infanto-juvenis e mirins, as
alturas são diferentes). Cada quadra é
por sua vez dividida em duas áreas de
tamanhos diferentes (usualmente
denominadas "rede" e "fundo") por uma
linha que se localiza, em cada lado, a
três metros da rede ("linha de 25
metros").
 O ataque é, em geral, o terceiro contacto de
uma equipa com a bola. O objectivo deste
fundamento é fazer a bola aterrar na quadra
adversária, conquistando deste modo o
ponto em disputa. Para realizar o ataque, o
jogador dá uma série de passos contados
("passada"), salta e então projecta seu corpo
para a frente, transferindo deste modo seu
peso para a bola no momento do contacto.
Como por exemplo:
 Ataque do fundo: é o ataque realizado por um
jogador que não se encontra na rede, ou
seja, por um jogador que não ocupa as
posições 2-4. O atacante não pode pisar na
linha de três metros ou na parte frontal da
quadra antes de tocar a bola, embora seja
permitido que ela aterisa-se nesta área após
o ataque.
 A defesa consiste em um conjunto de técnicas que têm por
objectivo evitar que a bola toque a quadra após o ataque
adversário. Além da manchete e do toque, já discutidos nas
sessões relacionadas ao passe e ao levantamento, algumas das
acções específicas que se aplicam a este fundamento são:
 Peixinho: o jogador atira-se no ar, como se estivesse mergulhando,
para interceptar uma bola, e termina o movimento sob o próprio
abdómen.
 Rolamento: o jogador rola lateralmente sobre o próprio corpo após
ter feito contacto com a bola. Esta técnica é utilizada,
especialmente, para minimizar a possibilidade de contusões após a
queda que é resultado da força com que uma bola fora cortada pelo
adversário.
 Martelo: o jogador acerta a bola com as duas mãos fechadas sobre
si mesmas, como numa oração. Esta técnica é empregada,
especialmente, para interceptar a trajectória de bolas que se
encontram a uma altura que não permite o emprego da manchete,
mas para as quais o uso do toque não é adequado, pois a
velocidade é grande demais para a correcta manipulação com as
pontas dos dedos.
 Para se jogar voleibol são necessários 12 jogadores divididos
igualmente em duas equipes de seis jogadores cada.
 As equipes são divididas por uma rede que fica no meio da quadra.
O jogo começa com um das equipas que devem sacar. Logo depois
do saque a bola deve ultrapassar a rede e seguir ao campo do
adversário onde os jogadores tentam evitar que a bola entre no seu
campo usando qualquer parte do corpo (antes não era válido usar
membros da cintura para baixo, mas as regras foram mudadas). O
jogador pode rebater a bola para que ela passe para o campo
adversário sendo permitidos dar três toques na bola antes que ela
passe, sempre alternando os jogadores que dão os toques. Caso a
bola caia é ponto da equipa adversária.
 O jogador pode encostar na rede (desde que não interfira no
andamento do jogo), excepto na borda superior, caso isso ocorra o
ponto será para a outra equipa. O mesmo jogador não pode dar 2 ou
mais toques seguidos na bola, excepção no caso do toque de
Bloqueio.
 Também chamado recepção, o passe é o primeiro contacto
com a bola por parte da equipa que não está sacando e
consiste, em última análise, em tentativa de evitar que a bola
toque a sua quadra, o que permitiria que o adversário marcasse
um ponto. Além disso, o principal objectivo deste fundamento é
controlar a bola de forma a fazê-la chegar rapidamente e em
boas condições nas mãos do levantador, para que este seja
capaz de preparar uma jogada ofensiva.
 O fundamento passe envolve basicamente duas técnicas
específicas: a "manchete", em que o jogador empurra a bola
com a parte interna dos braços esticados, usualmente com as
pernas flexionadas e abaixo da linha da cintura; e o "toque",
em que a bola é manipulada com as pontas dos dedos acima da
cabeça.
 Quando, por uma falha de passe, a bola não permanece na
quadra do jogador que está na recepção, mas atravessa por
cima da rede em direcção à quadra da equipe adversária, diz-se
que esta pessoa recebeu uma "bola de graça".
As imagens e os
textos deste
trabalho
foram tiradas do
Google.
Pela Vossa Atenção.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação voleibol
Apresentação voleibol Apresentação voleibol
Apresentação voleibol
Inácio Júnior
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
Jaicinha
 
Voleibol TeóRica
Voleibol   TeóRicaVoleibol   TeóRica
Voleibol TeóRica
NetKids
 
Handebol na escola
Handebol na escolaHandebol na escola
Handebol na escola
evandrolhp
 
Voleibol diogo soudo miguel
Voleibol diogo soudo  miguelVoleibol diogo soudo  miguel
Voleibol diogo soudo miguel
Isabellucas59
 
Apostila de Voleibol
Apostila de VoleibolApostila de Voleibol
Apostila de Voleibol
Sérgio Amaral
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
Hugo Ferreira
 
Andebol
AndebolAndebol
Andebol
Pedro Pereira
 
andebol
andebolandebol
andebol
guest126cc72
 
Andebol
AndebolAndebol
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
Bernardo Matos
 
Voleibol na escola
Voleibol na escolaVoleibol na escola
Voleibol na escola
evandrolhp
 
Sistemas táticos do voleibol
Sistemas táticos do voleibolSistemas táticos do voleibol
Sistemas táticos do voleibol
arirodriguess
 
Bastebol
BastebolBastebol
Regras do baquete
Regras do baqueteRegras do baquete
Regras do baquete
4ndd
 
Regras handebol ensino_fundamental
Regras handebol ensino_fundamentalRegras handebol ensino_fundamental
Regras handebol ensino_fundamental
Hewerton Crf
 
Voleibol (1)
Voleibol (1)Voleibol (1)
Voleibol (1)
Lorredana Pereira
 
Regras simplificadas do handebol
Regras simplificadas do handebolRegras simplificadas do handebol
Regras simplificadas do handebol
Cassio Trevisan
 
Iniciação ao voleibol 2008
Iniciação ao voleibol   2008Iniciação ao voleibol   2008
Iniciação ao voleibol 2008
aluisiobraga
 
Teste basquetebol
Teste basquetebolTeste basquetebol
Teste basquetebol
Pedro Matos
 

Mais procurados (20)

Apresentação voleibol
Apresentação voleibol Apresentação voleibol
Apresentação voleibol
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Voleibol TeóRica
Voleibol   TeóRicaVoleibol   TeóRica
Voleibol TeóRica
 
Handebol na escola
Handebol na escolaHandebol na escola
Handebol na escola
 
Voleibol diogo soudo miguel
Voleibol diogo soudo  miguelVoleibol diogo soudo  miguel
Voleibol diogo soudo miguel
 
Apostila de Voleibol
Apostila de VoleibolApostila de Voleibol
Apostila de Voleibol
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Andebol
AndebolAndebol
Andebol
 
andebol
andebolandebol
andebol
 
Andebol
AndebolAndebol
Andebol
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Voleibol na escola
Voleibol na escolaVoleibol na escola
Voleibol na escola
 
Sistemas táticos do voleibol
Sistemas táticos do voleibolSistemas táticos do voleibol
Sistemas táticos do voleibol
 
Bastebol
BastebolBastebol
Bastebol
 
Regras do baquete
Regras do baqueteRegras do baquete
Regras do baquete
 
Regras handebol ensino_fundamental
Regras handebol ensino_fundamentalRegras handebol ensino_fundamental
Regras handebol ensino_fundamental
 
Voleibol (1)
Voleibol (1)Voleibol (1)
Voleibol (1)
 
Regras simplificadas do handebol
Regras simplificadas do handebolRegras simplificadas do handebol
Regras simplificadas do handebol
 
Iniciação ao voleibol 2008
Iniciação ao voleibol   2008Iniciação ao voleibol   2008
Iniciação ao voleibol 2008
 
Teste basquetebol
Teste basquetebolTeste basquetebol
Teste basquetebol
 

Destaque

Torneio de vôlei
Torneio de vôleiTorneio de vôlei
Torneio de vôlei
EEBMiguelCouto
 
Torneio de Volei
Torneio de VoleiTorneio de Volei
Torneio de Volei
anabraga
 
Torneio gira volei
Torneio gira voleiTorneio gira volei
Torneio gira volei
EMA
 
Estat planejamento 2011-i_marcos
Estat planejamento 2011-i_marcosEstat planejamento 2011-i_marcos
Estat planejamento 2011-i_marcos
cruz_marcos
 
Torneio de basquetebol
Torneio de basquetebol Torneio de basquetebol
Torneio de basquetebol
Francisco Castro
 
Torneio De Voleibol
Torneio De VoleibolTorneio De Voleibol
Torneio De Voleibol
heldersilva3
 
Projeto Desporto e Lazer
Projeto Desporto e LazerProjeto Desporto e Lazer
Projeto Desporto e Lazer
Ricardo da Palma
 
Educação Física - Voleibol
Educação Física - VoleibolEducação Física - Voleibol
Educação Física - Voleibol
antoniavieira
 

Destaque (8)

Torneio de vôlei
Torneio de vôleiTorneio de vôlei
Torneio de vôlei
 
Torneio de Volei
Torneio de VoleiTorneio de Volei
Torneio de Volei
 
Torneio gira volei
Torneio gira voleiTorneio gira volei
Torneio gira volei
 
Estat planejamento 2011-i_marcos
Estat planejamento 2011-i_marcosEstat planejamento 2011-i_marcos
Estat planejamento 2011-i_marcos
 
Torneio de basquetebol
Torneio de basquetebol Torneio de basquetebol
Torneio de basquetebol
 
Torneio De Voleibol
Torneio De VoleibolTorneio De Voleibol
Torneio De Voleibol
 
Projeto Desporto e Lazer
Projeto Desporto e LazerProjeto Desporto e Lazer
Projeto Desporto e Lazer
 
Educação Física - Voleibol
Educação Física - VoleibolEducação Física - Voleibol
Educação Física - Voleibol
 

Semelhante a Voleibol

O Voleibol
O VoleibolO Voleibol
O Voleibol
TatianaBatista5501
 
Aula 1 (história, equiamentos e regras de jogo).pptx
Aula 1 (história, equiamentos e regras de jogo).pptxAula 1 (história, equiamentos e regras de jogo).pptx
Aula 1 (história, equiamentos e regras de jogo).pptx
TavaresJana
 
Apostila de basquetebol
Apostila de basquetebolApostila de basquetebol
Apostila de basquetebol
bbpn
 
Apostila de basquetebol
Apostila de basquetebolApostila de basquetebol
Apostila de basquetebol
bbpn
 
O Basquete
O BasqueteO Basquete
O Basquete
Aandréa Rodrigues
 
Voleibol mariana ana fitas
Voleibol mariana ana fitasVoleibol mariana ana fitas
Voleibol mariana ana fitas
Isabellucas59
 
Voleibol mariana ana fitas
Voleibol mariana ana fitasVoleibol mariana ana fitas
Voleibol mariana ana fitas
Isabellucas59
 
Andebol - tudo
Andebol - tudoAndebol - tudo
Andebol - tudo
HugoSousa93
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
smigano
 
Handebol
HandebolHandebol
Handebol
evandrolhp
 
Apresentação basquetebol.pdf
Apresentação basquetebol.pdfApresentação basquetebol.pdf
Apresentação basquetebol.pdf
JOÃO PEREIRA
 
Handebol teórica
Handebol   teóricaHandebol   teórica
Handebol teórica
NetKids
 
Basquete
BasqueteBasquete
Basquete 1
Basquete 1Basquete 1
Basquete 1
Nilceia Sc
 
Handebol
Handebol Handebol
Handebol
Daniele Gomes
 
Andebol.ppt
Andebol.pptAndebol.ppt
O andebol
O andebolO andebol
O andebol
bamp
 
Apresentação basquetebol
Apresentação basquetebol Apresentação basquetebol
Apresentação basquetebol
Paula Silva Silva
 
Regras do Basquete
Regras do BasqueteRegras do Basquete
Regras do Basquete
tv2aetabua
 
Voleibol trabalho
Voleibol trabalhoVoleibol trabalho
Voleibol trabalho
Historiando
 

Semelhante a Voleibol (20)

O Voleibol
O VoleibolO Voleibol
O Voleibol
 
Aula 1 (história, equiamentos e regras de jogo).pptx
Aula 1 (história, equiamentos e regras de jogo).pptxAula 1 (história, equiamentos e regras de jogo).pptx
Aula 1 (história, equiamentos e regras de jogo).pptx
 
Apostila de basquetebol
Apostila de basquetebolApostila de basquetebol
Apostila de basquetebol
 
Apostila de basquetebol
Apostila de basquetebolApostila de basquetebol
Apostila de basquetebol
 
O Basquete
O BasqueteO Basquete
O Basquete
 
Voleibol mariana ana fitas
Voleibol mariana ana fitasVoleibol mariana ana fitas
Voleibol mariana ana fitas
 
Voleibol mariana ana fitas
Voleibol mariana ana fitasVoleibol mariana ana fitas
Voleibol mariana ana fitas
 
Andebol - tudo
Andebol - tudoAndebol - tudo
Andebol - tudo
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
Handebol
HandebolHandebol
Handebol
 
Apresentação basquetebol.pdf
Apresentação basquetebol.pdfApresentação basquetebol.pdf
Apresentação basquetebol.pdf
 
Handebol teórica
Handebol   teóricaHandebol   teórica
Handebol teórica
 
Basquete
BasqueteBasquete
Basquete
 
Basquete 1
Basquete 1Basquete 1
Basquete 1
 
Handebol
Handebol Handebol
Handebol
 
Andebol.ppt
Andebol.pptAndebol.ppt
Andebol.ppt
 
O andebol
O andebolO andebol
O andebol
 
Apresentação basquetebol
Apresentação basquetebol Apresentação basquetebol
Apresentação basquetebol
 
Regras do Basquete
Regras do BasqueteRegras do Basquete
Regras do Basquete
 
Voleibol trabalho
Voleibol trabalhoVoleibol trabalho
Voleibol trabalho
 

Mais de Vitor Dalcégio

Actos Voluntátios Grupo3
Actos Voluntátios Grupo3Actos Voluntátios Grupo3
Actos Voluntátios Grupo3
Vitor Dalcégio
 
Comentário Portugal
Comentário PortugalComentário Portugal
Comentário Portugal
Vitor Dalcégio
 
Comentário lágrima de preta
Comentário lágrima de pretaComentário lágrima de preta
Comentário lágrima de preta
Vitor Dalcégio
 
Comentário Portugal
Comentário PortugalComentário Portugal
Comentário Portugal
Vitor Dalcégio
 
Comentário o Amor
Comentário o AmorComentário o Amor
Comentário o Amor
Vitor Dalcégio
 
Actos Voluntátios Grupo3
Actos Voluntátios Grupo3Actos Voluntátios Grupo3
Actos Voluntátios Grupo3
Vitor Dalcégio
 
Antologia de Poemas
Antologia de PoemasAntologia de Poemas
Antologia de Poemas
Vitor Dalcégio
 
Texte à partir d'un Peinture
Texte à partir d'un PeintureTexte à partir d'un Peinture
Texte à partir d'un Peinture
Vitor Dalcégio
 
Perspectivas
PerspectivasPerspectivas
Perspectivas
Vitor Dalcégio
 
Índia
ÍndiaÍndia
Elemento Químico - Sílicio
Elemento Químico - SílicioElemento Químico - Sílicio
Elemento Químico - Sílicio
Vitor Dalcégio
 
Alimentação Saúdavel
Alimentação SaúdavelAlimentação Saúdavel
Alimentação Saúdavel
Vitor Dalcégio
 
Traditional Dishes of England
Traditional Dishes of EnglandTraditional Dishes of England
Traditional Dishes of England
Vitor Dalcégio
 
Recursos Hídricos
Recursos HídricosRecursos Hídricos
Recursos Hídricos
Vitor Dalcégio
 
Folheto Sensibilização
Folheto SensibilizaçãoFolheto Sensibilização
Folheto Sensibilização
Vitor Dalcégio
 
Hídricos
HídricosHídricos
Hídricos
Vitor Dalcégio
 
Baseball
BaseballBaseball
Baseball
Vitor Dalcégio
 
Ciências, Atividades
Ciências, AtividadesCiências, Atividades
Ciências, Atividades
Vitor Dalcégio
 
Trabalho Amazônia
Trabalho AmazôniaTrabalho Amazônia
Trabalho Amazônia
Vitor Dalcégio
 

Mais de Vitor Dalcégio (20)

Actos Voluntátios Grupo3
Actos Voluntátios Grupo3Actos Voluntátios Grupo3
Actos Voluntátios Grupo3
 
Comentário Portugal
Comentário PortugalComentário Portugal
Comentário Portugal
 
Comentário lágrima de preta
Comentário lágrima de pretaComentário lágrima de preta
Comentário lágrima de preta
 
Comentário Portugal
Comentário PortugalComentário Portugal
Comentário Portugal
 
Comentário o Amor
Comentário o AmorComentário o Amor
Comentário o Amor
 
Actos Voluntátios Grupo3
Actos Voluntátios Grupo3Actos Voluntátios Grupo3
Actos Voluntátios Grupo3
 
Antologia de Poemas
Antologia de PoemasAntologia de Poemas
Antologia de Poemas
 
Texte à partir d'un Peinture
Texte à partir d'un PeintureTexte à partir d'un Peinture
Texte à partir d'un Peinture
 
Trabalho de Frances
Trabalho de FrancesTrabalho de Frances
Trabalho de Frances
 
Perspectivas
PerspectivasPerspectivas
Perspectivas
 
Índia
ÍndiaÍndia
Índia
 
Elemento Químico - Sílicio
Elemento Químico - SílicioElemento Químico - Sílicio
Elemento Químico - Sílicio
 
Alimentação Saúdavel
Alimentação SaúdavelAlimentação Saúdavel
Alimentação Saúdavel
 
Traditional Dishes of England
Traditional Dishes of EnglandTraditional Dishes of England
Traditional Dishes of England
 
Recursos Hídricos
Recursos HídricosRecursos Hídricos
Recursos Hídricos
 
Folheto Sensibilização
Folheto SensibilizaçãoFolheto Sensibilização
Folheto Sensibilização
 
Hídricos
HídricosHídricos
Hídricos
 
Baseball
BaseballBaseball
Baseball
 
Ciências, Atividades
Ciências, AtividadesCiências, Atividades
Ciências, Atividades
 
Trabalho Amazônia
Trabalho AmazôniaTrabalho Amazônia
Trabalho Amazônia
 

Voleibol

  • 1. Vítor Santos Nº:23 7ºH Professor: Tiago Oliveira Eb2/3 De Vialonga.
  • 2. 1º Como jogar voleibol; 2º Características do toque da bola; 3º Faltas no jogo com a bola; 4º Altura da rede do jogo; 5º Colocação da equipa; 6º Equipamentos de jogo; 7º Ataque; 8º Defesa; 9º Regras; 10º Passe da bola; 11º Bibliografia;
  • 3.  O voleibol é um desporto jogado entre duas equipas num campo rectangular dividido por uma rede. O objectivo do jogo é fazer a bola cair no campo do adversário, enviando-a por cima da rede e impedir que a bola caia no seu próprio campo. Cada equipa pode dar 3 toques na bola (não a mesma pessoa). A bola é colocada em jogo com um serviço: o jogador atira a bola enviando-a por cima da rede para o campo adversário. A bola continua em jogo até que caia no chão. Os jogadores mudam de posição quando é a sua vez de lançar a bola, efectuando um movimento de rotação sempre no sentido dos ponteiros do relógio.
  • 4.  A bola não deve ser retida ou lançada. Pode ser devolvida em qualquer direcção.  A bola pode tocar várias partes do corpo, contanto que estes contactos ocorram simultaneamente.  Excepções:  No bloqueio, contactos consecutivos podem ocorrer entre um ou mais jogadores, desde que estes contactos ocorram durante a mesma acção;  No primeiro toque da equipe, a bola pode tocar várias partes do corpo consecutivamente, contanto que os
  • 5.  QUATRO TOQUES: uma equipe toca a bola quatro vezes antes de retorná-la;  TOQUE APOIADO: um jogador apoia-se em um companheiro de equipe ou em qualquer estrutura/objecto dentro da área de jogo para alcançar a bola.  BOLA PRESA: a bola é retida e/ou lançada; ela não é rebatida pelo toque  DUPLO CONTATO: um jogador toca a bola duas vezes consecutivas ou a bola toca consecutivamente várias partes de seu corpo .
  • 6.  A quadra de voleibol mede 9 m de largura por 18 m de comprimento . A rede encontra-se a 2,43m do chão, para os homens, e a 2,24 m, para as mulheres . A bola tem de 65 cm a 68,5 cm de circunferência e pesa cerca de 300 g .
  • 7.  É constituída por 12 jogadores: -6 jogadores efectivos -6 jogadores suplentes.
  • 8.  As partidas de voleibol são confrontos envolvendo duas equipes disputados em ginásio coberto ou ao ar livre conforme desejado.  O campo mede 18 metros de comprimento por 9 de largura (18 x 9 metros), e é dividido por uma linha central em um dos lados de nove metros que constituem as quadras de cada equipa O objectivo principal é conquistar pontos fazendo a bola encostar na sua quadra ou sair da área de jogo após ter sido tocada por um oponente.  Acima da linha central, é postada uma rede de material sintético a uma altura de 2,43 m para homens ou 2,24 m para mulheres (no caso de competições juvenis, infanto-juvenis e mirins, as alturas são diferentes). Cada quadra é por sua vez dividida em duas áreas de tamanhos diferentes (usualmente denominadas "rede" e "fundo") por uma linha que se localiza, em cada lado, a três metros da rede ("linha de 25 metros").
  • 9.  O ataque é, em geral, o terceiro contacto de uma equipa com a bola. O objectivo deste fundamento é fazer a bola aterrar na quadra adversária, conquistando deste modo o ponto em disputa. Para realizar o ataque, o jogador dá uma série de passos contados ("passada"), salta e então projecta seu corpo para a frente, transferindo deste modo seu peso para a bola no momento do contacto. Como por exemplo:  Ataque do fundo: é o ataque realizado por um jogador que não se encontra na rede, ou seja, por um jogador que não ocupa as posições 2-4. O atacante não pode pisar na linha de três metros ou na parte frontal da quadra antes de tocar a bola, embora seja permitido que ela aterisa-se nesta área após o ataque.
  • 10.  A defesa consiste em um conjunto de técnicas que têm por objectivo evitar que a bola toque a quadra após o ataque adversário. Além da manchete e do toque, já discutidos nas sessões relacionadas ao passe e ao levantamento, algumas das acções específicas que se aplicam a este fundamento são:  Peixinho: o jogador atira-se no ar, como se estivesse mergulhando, para interceptar uma bola, e termina o movimento sob o próprio abdómen.  Rolamento: o jogador rola lateralmente sobre o próprio corpo após ter feito contacto com a bola. Esta técnica é utilizada, especialmente, para minimizar a possibilidade de contusões após a queda que é resultado da força com que uma bola fora cortada pelo adversário.  Martelo: o jogador acerta a bola com as duas mãos fechadas sobre si mesmas, como numa oração. Esta técnica é empregada, especialmente, para interceptar a trajectória de bolas que se encontram a uma altura que não permite o emprego da manchete, mas para as quais o uso do toque não é adequado, pois a velocidade é grande demais para a correcta manipulação com as pontas dos dedos.
  • 11.  Para se jogar voleibol são necessários 12 jogadores divididos igualmente em duas equipes de seis jogadores cada.  As equipes são divididas por uma rede que fica no meio da quadra. O jogo começa com um das equipas que devem sacar. Logo depois do saque a bola deve ultrapassar a rede e seguir ao campo do adversário onde os jogadores tentam evitar que a bola entre no seu campo usando qualquer parte do corpo (antes não era válido usar membros da cintura para baixo, mas as regras foram mudadas). O jogador pode rebater a bola para que ela passe para o campo adversário sendo permitidos dar três toques na bola antes que ela passe, sempre alternando os jogadores que dão os toques. Caso a bola caia é ponto da equipa adversária.  O jogador pode encostar na rede (desde que não interfira no andamento do jogo), excepto na borda superior, caso isso ocorra o ponto será para a outra equipa. O mesmo jogador não pode dar 2 ou mais toques seguidos na bola, excepção no caso do toque de Bloqueio.
  • 12.  Também chamado recepção, o passe é o primeiro contacto com a bola por parte da equipa que não está sacando e consiste, em última análise, em tentativa de evitar que a bola toque a sua quadra, o que permitiria que o adversário marcasse um ponto. Além disso, o principal objectivo deste fundamento é controlar a bola de forma a fazê-la chegar rapidamente e em boas condições nas mãos do levantador, para que este seja capaz de preparar uma jogada ofensiva.  O fundamento passe envolve basicamente duas técnicas específicas: a "manchete", em que o jogador empurra a bola com a parte interna dos braços esticados, usualmente com as pernas flexionadas e abaixo da linha da cintura; e o "toque", em que a bola é manipulada com as pontas dos dedos acima da cabeça.  Quando, por uma falha de passe, a bola não permanece na quadra do jogador que está na recepção, mas atravessa por cima da rede em direcção à quadra da equipe adversária, diz-se que esta pessoa recebeu uma "bola de graça".
  • 13. As imagens e os textos deste trabalho foram tiradas do Google.