SlideShare uma empresa Scribd logo
UNIÃO EUROPÉIA
Prof.ª: Silmara Vedoveli
Bloco Econômico: Definição
“ É uma associação de países que estabelecem
relações econômicas privilegiadas entre si, onde
as nações membro abrem mão de parte da
soberania nacional em prol de todos os
integrantes do bloco.”
Blocos Econômicos: Uma tendência mundial
Economia
mundial
globalizada
Níveis de Interação de um Bloco Econômico
• Zona de Preferências Tarifárias: Tarifas comerciais inferiores ou ausentes entre os participantes
do grupo. Ex.: Aladi ( Associação Latino-americana de integração)
• Zona de Livre-Comércio: Isenção de todas as barreiras tarifárias para a circulação de mercadorias
porém cada pais decide com quais membros estabelece-la. Ex. : Alca ( Área de Livre Comércio
das Américas, com exceção de Cuba)
• União Aduaneira: Os países adotam uma (ZLC) reduzindo tarifas de importações e exportações
com objetivo de aumentar o comercio entre os países membros. Ex.: (UAAA – União Aduaneira
da África Austral)
• Mercado Comum: Adota a circulação de mercadorias de pessoas e serviços com objetivo de
fortalecer o comercio regional e concorrer no mercado internacional. Ex.: ( MERCOSUL –
Mercado Comum do Sul – nível de integração não completado).
• União Política Econômica e Monetária: Os países-membros delegam as politicas econômicas a
uma instituição supranacional que institui uma moeda única para viabilizar o comércio, além de
representar os interesses de todos os países integrantes no tocante ao desenvolvimento
econômico e social. Ex.: União Europeia.
Formação da U. E.
• Surgiu da necessidade de reconstrução da Europa devastada pela 2ª Guerra
Mundial;
• A primeira experiência de cooperação entre os países foi em 1944 entre
Bélgica, Holanda e Luxemburgo (BENELUX);
• Em 1951 ( Ceca – Comunidade Europeia do Carvão e do Aço) pelo Tratado
de Paris – Alemanha, França e Itália – posteriormente do membros do
BENELUX;
• Associação Europeia de Livre-comércio (AELC) – 1959 – com a adesão da
Austrália e não adesão da Grã-Bretanha;
• Em 1992 toma forma o bloco econômico sendo denominado União
Europeia através do Tratado de Maastricht. ( são os mesmos membros da
CEE – Comunidade Econômica Europeia e adesão de mais membros como
a Grécia).
Objetivos
Desde a década de 50 em sua
primeira configuração
• Aumentar o comércio entre os
membros, diminuir a burocracia,
reduzir impostos e taxas de
comercio exterior;
• Promover a integração das
siderurgias francesa e alemã
(minério de ferro e carvão);
• Criação de um mercado comum
com a eliminação de barreiras
alfandegárias.
Atuais
Desenvolvimento das economias
dos países-membros, progresso
social de seus povos.
http://www.bocamaldita.com/1119740078/charge-do-dia-falencia-multipla/
Processo de alargamento da U. E.
http://geografianota5.blogspot.com.br/2014/11/mapas.html
Questão do Euro
• Foi instituído juntamente com o Tratado de Maastricht;
• Eliminou os custos das taxas de câmbio relacionados as antigas
moedas nacionais;
• Não é obrigatório a adesão a moeda por parte dos países;
• Ex.: Reino Unido – Libra Esterlina – mais valorizada que o Euro –
aumento do poder de comprado país no bloco;
• Ex.: Dinamarca e Suécia - Coroa Dinamarquesa e Coroa Sueca –
moedas desvalorizadas em relação ao Euro – facilita a exportação de
produtos para outros países.
Zona do Euro
• Divergências de estratégias
estabelecidas pelos governos;
• Alemanha: siderurgia e química
(aliança entre bancos, sindicatos
e empresários);
• França: Industria aeroespacial,
informática, nuclear
subordinadas a intervenção do
Estado;
• Espanha: Industrias
automobilísticas japonesas
http://europa.eu/about-eu/basic-information/money/euro/index_pt.htm
O caso da Grécia
Desde 2010 o país vem acumulando
uma dívida externa que atualmente
ultrapassa 150% seu PIB.
O governo adota ações como a
diminuição dos gastos públicos
(enxugando a folha de pagamento dos
funcionários) que leva a diminuição do
consumo. (Planos de Austeridade)
Para sanar a bolha econômica
resultante de empréstimos sem
garantia faz vários empréstimos ao FMI
Revoltas da
população
Dificuldade
em pagar a
dívida
Corte de pensões;
Aumento dos
juros tanto para a
divida externa
quanto para
empréstimos
pessoais.
A questão Islâmica na União Europeia
• Atualmente os maiores fluxos
migratórios ocorrem na França e
Alemanha;
• São refugiados de conflitos
religiosos;
• Refugiados por questões
econômicas (em busca de
trabalho e melhoria de vida)
• Alguns países da U. E. possuem
leis que limitam a quantidade de
imigrantes;
• França é o pais com a maior
colônia de muçulmanos de toda
a Europa;
• Segundo especialistas a
xenofobia fica subentendida às
leis criadas para delimitar o fluxo
migratório principalmente o de
muçulmanos da Palestina, Síria
entre outros.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cidadania Europeia
Cidadania EuropeiaCidadania Europeia
Cidadania Europeia
Tony Abreu
 
A integração de portugal na união europeia
A integração de portugal na união europeiaA integração de portugal na união europeia
A integração de portugal na união europeia
geografia114
 
Os desafios para portugal do alargamento da união europeia
Os desafios para portugal do alargamento da união europeiaOs desafios para portugal do alargamento da união europeia
Os desafios para portugal do alargamento da união europeia
Ilda Bicacro
 
Economia A 11º ano - União Europeia
Economia A 11º ano - União EuropeiaEconomia A 11º ano - União Europeia
Economia A 11º ano - União Europeia
Raffaella Ergün
 
As bases legais da União Europeia
 As  bases legais  da União Europeia As  bases legais  da União Europeia
As bases legais da União Europeia
adriano gonçalves
 
Cidadania europeia.ppt; size
Cidadania europeia.ppt; sizeCidadania europeia.ppt; size
Cidadania europeia.ppt; size
jose oliveira
 
União Europeia 11ºano
União Europeia 11ºanoUnião Europeia 11ºano
União Europeia 11ºano
Mariana Couto
 
Construção europeia
Construção europeiaConstrução europeia
Construção europeia
Anabelafernandes
 
Portugal e o alargamento da ue
Portugal e o alargamento da uePortugal e o alargamento da ue
Portugal e o alargamento da ue
José Paulo Neves
 
Integracao de portugal na ue
Integracao de portugal na ueIntegracao de portugal na ue
Integracao de portugal na ue
Sara Patinha
 
Formação união européia
Formação união européiaFormação união européia
Formação união européia
Débora Morais
 
A cidadania europeia
A cidadania europeiaA cidadania europeia
A cidadania europeia
Daniela Sequeira
 
Eu in slides_pt
Eu in slides_ptEu in slides_pt
Eu in slides_pt
Ilda Bicacro
 
Ascensao da europa
Ascensao da europaAscensao da europa
Ascensao da europa
home
 
3 sessão cidadania politica
3 sessão cidadania politica3 sessão cidadania politica
3 sessão cidadania politica
Elisabetedfm
 
Blocos economicos segunda_parte
Blocos economicos segunda_parteBlocos economicos segunda_parte
Blocos economicos segunda_parte
CADUCOC
 
A integração de portugal na união europeia
A integração de portugal na união europeiaA integração de portugal na união europeia
A integração de portugal na união europeia
RaQuel Oliveira
 
União europeia
União europeiaUnião europeia
União europeia
Esequias Bueno
 
A cidadania europeia
A cidadania europeiaA cidadania europeia
A cidadania europeia
Adriana Duarte
 
Euro, a moeda europeia
Euro, a moeda europeiaEuro, a moeda europeia
Euro, a moeda europeia
Daianne Gonçalves
 

Mais procurados (20)

Cidadania Europeia
Cidadania EuropeiaCidadania Europeia
Cidadania Europeia
 
A integração de portugal na união europeia
A integração de portugal na união europeiaA integração de portugal na união europeia
A integração de portugal na união europeia
 
Os desafios para portugal do alargamento da união europeia
Os desafios para portugal do alargamento da união europeiaOs desafios para portugal do alargamento da união europeia
Os desafios para portugal do alargamento da união europeia
 
Economia A 11º ano - União Europeia
Economia A 11º ano - União EuropeiaEconomia A 11º ano - União Europeia
Economia A 11º ano - União Europeia
 
As bases legais da União Europeia
 As  bases legais  da União Europeia As  bases legais  da União Europeia
As bases legais da União Europeia
 
Cidadania europeia.ppt; size
Cidadania europeia.ppt; sizeCidadania europeia.ppt; size
Cidadania europeia.ppt; size
 
União Europeia 11ºano
União Europeia 11ºanoUnião Europeia 11ºano
União Europeia 11ºano
 
Construção europeia
Construção europeiaConstrução europeia
Construção europeia
 
Portugal e o alargamento da ue
Portugal e o alargamento da uePortugal e o alargamento da ue
Portugal e o alargamento da ue
 
Integracao de portugal na ue
Integracao de portugal na ueIntegracao de portugal na ue
Integracao de portugal na ue
 
Formação união européia
Formação união européiaFormação união européia
Formação união européia
 
A cidadania europeia
A cidadania europeiaA cidadania europeia
A cidadania europeia
 
Eu in slides_pt
Eu in slides_ptEu in slides_pt
Eu in slides_pt
 
Ascensao da europa
Ascensao da europaAscensao da europa
Ascensao da europa
 
3 sessão cidadania politica
3 sessão cidadania politica3 sessão cidadania politica
3 sessão cidadania politica
 
Blocos economicos segunda_parte
Blocos economicos segunda_parteBlocos economicos segunda_parte
Blocos economicos segunda_parte
 
A integração de portugal na união europeia
A integração de portugal na união europeiaA integração de portugal na união europeia
A integração de portugal na união europeia
 
União europeia
União europeiaUnião europeia
União europeia
 
A cidadania europeia
A cidadania europeiaA cidadania europeia
A cidadania europeia
 
Euro, a moeda europeia
Euro, a moeda europeiaEuro, a moeda europeia
Euro, a moeda europeia
 

Destaque

Policentrismo albufeira
Policentrismo albufeiraPolicentrismo albufeira
69bem Caprichado
69bem Caprichado69bem Caprichado
69bem Caprichado
Patty20071
 
A integração no espaço europeu
A integração no espaço europeuA integração no espaço europeu
A integração no espaço europeu
Daniela Vasquinho
 
Area de Integração - Área II - A Sociedade_5.1) A Integração no Espaço Europeu
Area de Integração -  Área II - A Sociedade_5.1) A Integração no Espaço EuropeuArea de Integração -  Área II - A Sociedade_5.1) A Integração no Espaço Europeu
Area de Integração - Área II - A Sociedade_5.1) A Integração no Espaço Europeu
Andre Francisco
 
A crise da União Europeia
A crise da União EuropeiaA crise da União Europeia
A crise da União Europeia
Matheus Alves
 
A integração no espaço europeu
A integração no espaço europeuA integração no espaço europeu
A integração no espaço europeu
Maria Teixiera
 
Economia industrial da Europa - 8 ano
Economia industrial da Europa - 8 ano Economia industrial da Europa - 8 ano
Economia industrial da Europa - 8 ano
Isabela Gaspar
 
Industrialização e Urbanização Europeia
Industrialização e Urbanização EuropeiaIndustrialização e Urbanização Europeia
Industrialização e Urbanização Europeia
Jéssica Rodrigues
 
A economia industrial da união europeia
A economia industrial da união europeiaA economia industrial da união europeia
A economia industrial da união europeia
Professor
 
A industrialização da europa, estados unidos e
A industrialização da europa, estados unidos eA industrialização da europa, estados unidos e
A industrialização da europa, estados unidos e
helenasoares
 
Geografia 7 ANO - Criação de animais
Geografia 7 ANO - Criação de animais Geografia 7 ANO - Criação de animais
Geografia 7 ANO - Criação de animais
Isabela Gaspar
 
Europa população e economia
Europa população e economiaEuropa população e economia
Europa população e economia
E-professor Julio
 
Europa oriental: ECONOMIA E SOCIEDADE
Europa oriental: ECONOMIA E SOCIEDADEEuropa oriental: ECONOMIA E SOCIEDADE
Europa oriental: ECONOMIA E SOCIEDADE
JOAO NELO DE OLIVEIRA
 
Europa economia, população e contexto histórico
Europa economia, população e contexto históricoEuropa economia, população e contexto histórico
Europa economia, população e contexto histórico
Colégio Nova Geração COC
 
Geografia Geral - Europa ocidental, União Europeia [www.gondim.net]
Geografia Geral - Europa ocidental, União Europeia [www.gondim.net]Geografia Geral - Europa ocidental, União Europeia [www.gondim.net]
Geografia Geral - Europa ocidental, União Europeia [www.gondim.net]
Marco Aurélio Gondim
 
Estados Unidos - Industrialização Americana
Estados Unidos - Industrialização AmericanaEstados Unidos - Industrialização Americana
Estados Unidos - Industrialização Americana
Tiago Toledo Jr.
 
Aula para 9º Ano - Europa aspectos naturais, sociedade e economia
Aula para 9º Ano - Europa aspectos naturais, sociedade e economiaAula para 9º Ano - Europa aspectos naturais, sociedade e economia
Aula para 9º Ano - Europa aspectos naturais, sociedade e economia
Michele Wilbert
 
Geografia - Continente Europeu: População e Economia
Geografia -  Continente Europeu: População e EconomiaGeografia -  Continente Europeu: População e Economia
Geografia - Continente Europeu: População e Economia
André Luiz Marques
 
Continente Europeu
Continente EuropeuContinente Europeu
Continente Europeu
Débora Sales
 
Revisão de geografia europa - 9º ano
Revisão de geografia   europa - 9º anoRevisão de geografia   europa - 9º ano
Revisão de geografia europa - 9º ano
Simone Aguiar
 

Destaque (20)

Policentrismo albufeira
Policentrismo albufeiraPolicentrismo albufeira
Policentrismo albufeira
 
69bem Caprichado
69bem Caprichado69bem Caprichado
69bem Caprichado
 
A integração no espaço europeu
A integração no espaço europeuA integração no espaço europeu
A integração no espaço europeu
 
Area de Integração - Área II - A Sociedade_5.1) A Integração no Espaço Europeu
Area de Integração -  Área II - A Sociedade_5.1) A Integração no Espaço EuropeuArea de Integração -  Área II - A Sociedade_5.1) A Integração no Espaço Europeu
Area de Integração - Área II - A Sociedade_5.1) A Integração no Espaço Europeu
 
A crise da União Europeia
A crise da União EuropeiaA crise da União Europeia
A crise da União Europeia
 
A integração no espaço europeu
A integração no espaço europeuA integração no espaço europeu
A integração no espaço europeu
 
Economia industrial da Europa - 8 ano
Economia industrial da Europa - 8 ano Economia industrial da Europa - 8 ano
Economia industrial da Europa - 8 ano
 
Industrialização e Urbanização Europeia
Industrialização e Urbanização EuropeiaIndustrialização e Urbanização Europeia
Industrialização e Urbanização Europeia
 
A economia industrial da união europeia
A economia industrial da união europeiaA economia industrial da união europeia
A economia industrial da união europeia
 
A industrialização da europa, estados unidos e
A industrialização da europa, estados unidos eA industrialização da europa, estados unidos e
A industrialização da europa, estados unidos e
 
Geografia 7 ANO - Criação de animais
Geografia 7 ANO - Criação de animais Geografia 7 ANO - Criação de animais
Geografia 7 ANO - Criação de animais
 
Europa população e economia
Europa população e economiaEuropa população e economia
Europa população e economia
 
Europa oriental: ECONOMIA E SOCIEDADE
Europa oriental: ECONOMIA E SOCIEDADEEuropa oriental: ECONOMIA E SOCIEDADE
Europa oriental: ECONOMIA E SOCIEDADE
 
Europa economia, população e contexto histórico
Europa economia, população e contexto históricoEuropa economia, população e contexto histórico
Europa economia, população e contexto histórico
 
Geografia Geral - Europa ocidental, União Europeia [www.gondim.net]
Geografia Geral - Europa ocidental, União Europeia [www.gondim.net]Geografia Geral - Europa ocidental, União Europeia [www.gondim.net]
Geografia Geral - Europa ocidental, União Europeia [www.gondim.net]
 
Estados Unidos - Industrialização Americana
Estados Unidos - Industrialização AmericanaEstados Unidos - Industrialização Americana
Estados Unidos - Industrialização Americana
 
Aula para 9º Ano - Europa aspectos naturais, sociedade e economia
Aula para 9º Ano - Europa aspectos naturais, sociedade e economiaAula para 9º Ano - Europa aspectos naturais, sociedade e economia
Aula para 9º Ano - Europa aspectos naturais, sociedade e economia
 
Geografia - Continente Europeu: População e Economia
Geografia -  Continente Europeu: População e EconomiaGeografia -  Continente Europeu: População e Economia
Geografia - Continente Europeu: População e Economia
 
Continente Europeu
Continente EuropeuContinente Europeu
Continente Europeu
 
Revisão de geografia europa - 9º ano
Revisão de geografia   europa - 9º anoRevisão de geografia   europa - 9º ano
Revisão de geografia europa - 9º ano
 

Semelhante a União europeia: bloco, economia e questão islâmica.

2parteblocoseconomicos2015 aula4-150405193819-conversion-gate01
2parteblocoseconomicos2015 aula4-150405193819-conversion-gate012parteblocoseconomicos2015 aula4-150405193819-conversion-gate01
2parteblocoseconomicos2015 aula4-150405193819-conversion-gate01
Tatiana Semêdo
 
O mundo multipolar
O mundo multipolarO mundo multipolar
O mundo multipolar
Edmar Alves da Cruz
 
Capitulo 01 - Globalização 01 (Slides) - gabarito
Capitulo 01 - Globalização 01 (Slides) - gabaritoCapitulo 01 - Globalização 01 (Slides) - gabarito
Capitulo 01 - Globalização 01 (Slides) - gabarito
Claudio Henrique Ramos Sales
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
archy9
 
BLOCOS ECONOMICOS MUNDIAIS.pptx
BLOCOS ECONOMICOS MUNDIAIS.pptxBLOCOS ECONOMICOS MUNDIAIS.pptx
BLOCOS ECONOMICOS MUNDIAIS.pptx
Fernanda Castello
 
www.CentroApoio.com - Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -
   www.CentroApoio.com -  Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -   www.CentroApoio.com -  Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -
www.CentroApoio.com - Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -
Vídeo Aulas Apoio
 
bloco Economico geografia .pdf
bloco Economico geografia .pdfbloco Economico geografia .pdf
bloco Economico geografia .pdf
Cobyy
 
A distância não separa
A distância não separaA distância não separa
A distância não separa
Kelly_Liiz
 
Aula extensivo
Aula extensivoAula extensivo
Aula extensivo
Léo Miranda
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
Portal do Vestibulando
 
União europeia
União europeiaUnião europeia
União europeia
pdforti
 
Revisão
RevisãoRevisão
Revisão
Angela Santos
 
A OMC e o Comércio Internacional.ppt
A OMC e o Comércio Internacional.pptA OMC e o Comércio Internacional.ppt
A OMC e o Comércio Internacional.ppt
Fabricio793461
 
A OMC e o Comércio Internacional.ppt
A OMC e o Comércio Internacional.pptA OMC e o Comércio Internacional.ppt
A OMC e o Comércio Internacional.ppt
FranciscoFlorencio6
 
BLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOSBLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOS
Vitor Pereira Rodrigues
 
BLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOSBLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOS
Vitor Pereira Rodrigues
 
Geografia omc e o comercio internacional
Geografia   omc e o comercio internacionalGeografia   omc e o comercio internacional
Geografia omc e o comercio internacional
Gustavo Soares
 
Blocoeconomico8ano0810
Blocoeconomico8ano0810Blocoeconomico8ano0810
Blocoeconomico8ano0810
Marcia Regina Mourao
 
GEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdf
GEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdfGEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdf
GEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdf
RavenaSales1
 
Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2
Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2
Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2
CADUCOC1
 

Semelhante a União europeia: bloco, economia e questão islâmica. (20)

2parteblocoseconomicos2015 aula4-150405193819-conversion-gate01
2parteblocoseconomicos2015 aula4-150405193819-conversion-gate012parteblocoseconomicos2015 aula4-150405193819-conversion-gate01
2parteblocoseconomicos2015 aula4-150405193819-conversion-gate01
 
O mundo multipolar
O mundo multipolarO mundo multipolar
O mundo multipolar
 
Capitulo 01 - Globalização 01 (Slides) - gabarito
Capitulo 01 - Globalização 01 (Slides) - gabaritoCapitulo 01 - Globalização 01 (Slides) - gabarito
Capitulo 01 - Globalização 01 (Slides) - gabarito
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
BLOCOS ECONOMICOS MUNDIAIS.pptx
BLOCOS ECONOMICOS MUNDIAIS.pptxBLOCOS ECONOMICOS MUNDIAIS.pptx
BLOCOS ECONOMICOS MUNDIAIS.pptx
 
www.CentroApoio.com - Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -
   www.CentroApoio.com -  Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -   www.CentroApoio.com -  Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -
www.CentroApoio.com - Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -
 
bloco Economico geografia .pdf
bloco Economico geografia .pdfbloco Economico geografia .pdf
bloco Economico geografia .pdf
 
A distância não separa
A distância não separaA distância não separa
A distância não separa
 
Aula extensivo
Aula extensivoAula extensivo
Aula extensivo
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
União europeia
União europeiaUnião europeia
União europeia
 
Revisão
RevisãoRevisão
Revisão
 
A OMC e o Comércio Internacional.ppt
A OMC e o Comércio Internacional.pptA OMC e o Comércio Internacional.ppt
A OMC e o Comércio Internacional.ppt
 
A OMC e o Comércio Internacional.ppt
A OMC e o Comércio Internacional.pptA OMC e o Comércio Internacional.ppt
A OMC e o Comércio Internacional.ppt
 
BLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOSBLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOS
 
BLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOSBLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOS
 
Geografia omc e o comercio internacional
Geografia   omc e o comercio internacionalGeografia   omc e o comercio internacional
Geografia omc e o comercio internacional
 
Blocoeconomico8ano0810
Blocoeconomico8ano0810Blocoeconomico8ano0810
Blocoeconomico8ano0810
 
GEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdf
GEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdfGEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdf
GEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdf
 
Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2
Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2
Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2
 

Mais de Silmara Vedoveli

Continente Europeu todos os aspectos
Continente Europeu todos os aspectosContinente Europeu todos os aspectos
Continente Europeu todos os aspectos
Silmara Vedoveli
 
Tensões e Conflitos
Tensões e ConflitosTensões e Conflitos
Tensões e Conflitos
Silmara Vedoveli
 
Noções básicas de climatologia
Noções básicas de climatologiaNoções básicas de climatologia
Noções básicas de climatologia
Silmara Vedoveli
 
Hidrografia do Brasil
Hidrografia do Brasil   Hidrografia do Brasil
Hidrografia do Brasil
Silmara Vedoveli
 
Noções básicas de geologia cursinho
Noções básicas de geologia   cursinhoNoções básicas de geologia   cursinho
Noções básicas de geologia cursinho
Silmara Vedoveli
 
Regionalização do território brasileiro cursinho
Regionalização do território brasileiro   cursinhoRegionalização do território brasileiro   cursinho
Regionalização do território brasileiro cursinho
Silmara Vedoveli
 
Cartografia: Elementos básicos de cartografia e projeções cartográficas
Cartografia: Elementos básicos de cartografia e projeções cartográficasCartografia: Elementos básicos de cartografia e projeções cartográficas
Cartografia: Elementos básicos de cartografia e projeções cartográficas
Silmara Vedoveli
 
Coordenadas geográficas, Fuso Horário do Brasil
Coordenadas geográficas, Fuso Horário do BrasilCoordenadas geográficas, Fuso Horário do Brasil
Coordenadas geográficas, Fuso Horário do Brasil
Silmara Vedoveli
 
Módulo 1 – Ordens mundiais
Módulo 1 – Ordens mundiais Módulo 1 – Ordens mundiais
Módulo 1 – Ordens mundiais
Silmara Vedoveli
 
Elementos básicos de cartografia aula
Elementos básicos de cartografia   aulaElementos básicos de cartografia   aula
Elementos básicos de cartografia aula
Silmara Vedoveli
 
Delimitação e formação do território brasileiro
Delimitação e formação do território brasileiroDelimitação e formação do território brasileiro
Delimitação e formação do território brasileiro
Silmara Vedoveli
 
Urbanização brasileira aulão enem
Urbanização brasileira   aulão enemUrbanização brasileira   aulão enem
Urbanização brasileira aulão enem
Silmara Vedoveli
 
O espaço agrário brasileiro aulão enem [salvo automaticamente]
O espaço agrário brasileiro aulão   enem [salvo automaticamente]O espaço agrário brasileiro aulão   enem [salvo automaticamente]
O espaço agrário brasileiro aulão enem [salvo automaticamente]
Silmara Vedoveli
 
Globalização Aulão - ENEM
Globalização   Aulão - ENEMGlobalização   Aulão - ENEM
Globalização Aulão - ENEM
Silmara Vedoveli
 
Questões Ambientais - ENEM 2016 Maxi Galileu
Questões Ambientais - ENEM 2016 Maxi GalileuQuestões Ambientais - ENEM 2016 Maxi Galileu
Questões Ambientais - ENEM 2016 Maxi Galileu
Silmara Vedoveli
 
Conflitos Árabes - Israelenses - aula silmara
Conflitos Árabes - Israelenses - aula silmaraConflitos Árabes - Israelenses - aula silmara
Conflitos Árabes - Israelenses - aula silmara
Silmara Vedoveli
 
A importância da floresta em pé
A importância da floresta em pé   A importância da floresta em pé
A importância da floresta em pé
Silmara Vedoveli
 
Educação ambiental e sustentabilidade
Educação ambiental e sustentabilidadeEducação ambiental e sustentabilidade
Educação ambiental e sustentabilidade
Silmara Vedoveli
 
A ocupação existencial do mundo mestradoi seminario
A ocupação existencial do mundo  mestradoi seminarioA ocupação existencial do mundo  mestradoi seminario
A ocupação existencial do mundo mestradoi seminario
Silmara Vedoveli
 
Poluição nuclear
Poluição nuclearPoluição nuclear
Poluição nuclear
Silmara Vedoveli
 

Mais de Silmara Vedoveli (20)

Continente Europeu todos os aspectos
Continente Europeu todos os aspectosContinente Europeu todos os aspectos
Continente Europeu todos os aspectos
 
Tensões e Conflitos
Tensões e ConflitosTensões e Conflitos
Tensões e Conflitos
 
Noções básicas de climatologia
Noções básicas de climatologiaNoções básicas de climatologia
Noções básicas de climatologia
 
Hidrografia do Brasil
Hidrografia do Brasil   Hidrografia do Brasil
Hidrografia do Brasil
 
Noções básicas de geologia cursinho
Noções básicas de geologia   cursinhoNoções básicas de geologia   cursinho
Noções básicas de geologia cursinho
 
Regionalização do território brasileiro cursinho
Regionalização do território brasileiro   cursinhoRegionalização do território brasileiro   cursinho
Regionalização do território brasileiro cursinho
 
Cartografia: Elementos básicos de cartografia e projeções cartográficas
Cartografia: Elementos básicos de cartografia e projeções cartográficasCartografia: Elementos básicos de cartografia e projeções cartográficas
Cartografia: Elementos básicos de cartografia e projeções cartográficas
 
Coordenadas geográficas, Fuso Horário do Brasil
Coordenadas geográficas, Fuso Horário do BrasilCoordenadas geográficas, Fuso Horário do Brasil
Coordenadas geográficas, Fuso Horário do Brasil
 
Módulo 1 – Ordens mundiais
Módulo 1 – Ordens mundiais Módulo 1 – Ordens mundiais
Módulo 1 – Ordens mundiais
 
Elementos básicos de cartografia aula
Elementos básicos de cartografia   aulaElementos básicos de cartografia   aula
Elementos básicos de cartografia aula
 
Delimitação e formação do território brasileiro
Delimitação e formação do território brasileiroDelimitação e formação do território brasileiro
Delimitação e formação do território brasileiro
 
Urbanização brasileira aulão enem
Urbanização brasileira   aulão enemUrbanização brasileira   aulão enem
Urbanização brasileira aulão enem
 
O espaço agrário brasileiro aulão enem [salvo automaticamente]
O espaço agrário brasileiro aulão   enem [salvo automaticamente]O espaço agrário brasileiro aulão   enem [salvo automaticamente]
O espaço agrário brasileiro aulão enem [salvo automaticamente]
 
Globalização Aulão - ENEM
Globalização   Aulão - ENEMGlobalização   Aulão - ENEM
Globalização Aulão - ENEM
 
Questões Ambientais - ENEM 2016 Maxi Galileu
Questões Ambientais - ENEM 2016 Maxi GalileuQuestões Ambientais - ENEM 2016 Maxi Galileu
Questões Ambientais - ENEM 2016 Maxi Galileu
 
Conflitos Árabes - Israelenses - aula silmara
Conflitos Árabes - Israelenses - aula silmaraConflitos Árabes - Israelenses - aula silmara
Conflitos Árabes - Israelenses - aula silmara
 
A importância da floresta em pé
A importância da floresta em pé   A importância da floresta em pé
A importância da floresta em pé
 
Educação ambiental e sustentabilidade
Educação ambiental e sustentabilidadeEducação ambiental e sustentabilidade
Educação ambiental e sustentabilidade
 
A ocupação existencial do mundo mestradoi seminario
A ocupação existencial do mundo  mestradoi seminarioA ocupação existencial do mundo  mestradoi seminario
A ocupação existencial do mundo mestradoi seminario
 
Poluição nuclear
Poluição nuclearPoluição nuclear
Poluição nuclear
 

Último

Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 

Último (20)

Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 

União europeia: bloco, economia e questão islâmica.

  • 2. Bloco Econômico: Definição “ É uma associação de países que estabelecem relações econômicas privilegiadas entre si, onde as nações membro abrem mão de parte da soberania nacional em prol de todos os integrantes do bloco.”
  • 3. Blocos Econômicos: Uma tendência mundial Economia mundial globalizada
  • 4. Níveis de Interação de um Bloco Econômico • Zona de Preferências Tarifárias: Tarifas comerciais inferiores ou ausentes entre os participantes do grupo. Ex.: Aladi ( Associação Latino-americana de integração) • Zona de Livre-Comércio: Isenção de todas as barreiras tarifárias para a circulação de mercadorias porém cada pais decide com quais membros estabelece-la. Ex. : Alca ( Área de Livre Comércio das Américas, com exceção de Cuba) • União Aduaneira: Os países adotam uma (ZLC) reduzindo tarifas de importações e exportações com objetivo de aumentar o comercio entre os países membros. Ex.: (UAAA – União Aduaneira da África Austral) • Mercado Comum: Adota a circulação de mercadorias de pessoas e serviços com objetivo de fortalecer o comercio regional e concorrer no mercado internacional. Ex.: ( MERCOSUL – Mercado Comum do Sul – nível de integração não completado). • União Política Econômica e Monetária: Os países-membros delegam as politicas econômicas a uma instituição supranacional que institui uma moeda única para viabilizar o comércio, além de representar os interesses de todos os países integrantes no tocante ao desenvolvimento econômico e social. Ex.: União Europeia.
  • 5. Formação da U. E. • Surgiu da necessidade de reconstrução da Europa devastada pela 2ª Guerra Mundial; • A primeira experiência de cooperação entre os países foi em 1944 entre Bélgica, Holanda e Luxemburgo (BENELUX); • Em 1951 ( Ceca – Comunidade Europeia do Carvão e do Aço) pelo Tratado de Paris – Alemanha, França e Itália – posteriormente do membros do BENELUX; • Associação Europeia de Livre-comércio (AELC) – 1959 – com a adesão da Austrália e não adesão da Grã-Bretanha; • Em 1992 toma forma o bloco econômico sendo denominado União Europeia através do Tratado de Maastricht. ( são os mesmos membros da CEE – Comunidade Econômica Europeia e adesão de mais membros como a Grécia).
  • 6. Objetivos Desde a década de 50 em sua primeira configuração • Aumentar o comércio entre os membros, diminuir a burocracia, reduzir impostos e taxas de comercio exterior; • Promover a integração das siderurgias francesa e alemã (minério de ferro e carvão); • Criação de um mercado comum com a eliminação de barreiras alfandegárias. Atuais Desenvolvimento das economias dos países-membros, progresso social de seus povos. http://www.bocamaldita.com/1119740078/charge-do-dia-falencia-multipla/
  • 7. Processo de alargamento da U. E. http://geografianota5.blogspot.com.br/2014/11/mapas.html
  • 8. Questão do Euro • Foi instituído juntamente com o Tratado de Maastricht; • Eliminou os custos das taxas de câmbio relacionados as antigas moedas nacionais; • Não é obrigatório a adesão a moeda por parte dos países; • Ex.: Reino Unido – Libra Esterlina – mais valorizada que o Euro – aumento do poder de comprado país no bloco; • Ex.: Dinamarca e Suécia - Coroa Dinamarquesa e Coroa Sueca – moedas desvalorizadas em relação ao Euro – facilita a exportação de produtos para outros países.
  • 9. Zona do Euro • Divergências de estratégias estabelecidas pelos governos; • Alemanha: siderurgia e química (aliança entre bancos, sindicatos e empresários); • França: Industria aeroespacial, informática, nuclear subordinadas a intervenção do Estado; • Espanha: Industrias automobilísticas japonesas http://europa.eu/about-eu/basic-information/money/euro/index_pt.htm
  • 10. O caso da Grécia Desde 2010 o país vem acumulando uma dívida externa que atualmente ultrapassa 150% seu PIB. O governo adota ações como a diminuição dos gastos públicos (enxugando a folha de pagamento dos funcionários) que leva a diminuição do consumo. (Planos de Austeridade) Para sanar a bolha econômica resultante de empréstimos sem garantia faz vários empréstimos ao FMI Revoltas da população Dificuldade em pagar a dívida Corte de pensões; Aumento dos juros tanto para a divida externa quanto para empréstimos pessoais.
  • 11. A questão Islâmica na União Europeia • Atualmente os maiores fluxos migratórios ocorrem na França e Alemanha; • São refugiados de conflitos religiosos; • Refugiados por questões econômicas (em busca de trabalho e melhoria de vida) • Alguns países da U. E. possuem leis que limitam a quantidade de imigrantes; • França é o pais com a maior colônia de muçulmanos de toda a Europa; • Segundo especialistas a xenofobia fica subentendida às leis criadas para delimitar o fluxo migratório principalmente o de muçulmanos da Palestina, Síria entre outros.