SlideShare uma empresa Scribd logo
Definição: são associações de países que estabelecem relações económicas privilegiadas entre si.
Formaram-se na 2ª metade do século XX, com os seguintes objetivos:
* incentivar a cooperação económica;
*dinamizar os mercados através de acordos comerciais preferenciais;
*abertura de fronteiras aos países do respectivo bloco;
*proteger os países da concorrência proveniente dos outros blocos comerciais.
São associações que procuram estabelecer relações econômicas entre estados –
nações no sentido de tornar a economia dos membros mais competitiva e assim
poderem participar de forma efetiva no mundo globalizado. Então, ao contrário de
negar a globalização, os blocos econômicos são fruto da mesma.
Corresponde a integração econômica envolvendo países de uma determinada área do planeta.
Na atual conjuntura é percebida como uma questão primordial para sobrevivência econômica
dos países.
Fazer parte de um bloco econômico significa fortalecer-se diante de um país isolado ou de
outros blocos econômicos
Os Blocos Econômicos costumam seguir
as seguintes etapas de integração:
Zona de Preferências
Tarifárias;
Zona de Livre Comércio (ZLC) ;
União Aduaneira (UA) e a TEC;
Mercado Comum;
União Econômica e Monetária
- (UEM).
*Trata-se de um processo de
integração bem simplificado.
Baseando-se simplesmente em
assegurar níveis tarifários preferenciais
entre os países membros da ZPT, ou
seja, os membros passam a trabalhar
com tarifas inferiores às cobradas de
países não pertencentes ao grupo.
*Ex.: ALALC – Associação Latino-
Americana de Livre Comércio, criada
em 1960. Hoje conhecida como ALADI
– Associação Latino-Americana para
Desenvolvimento e integração
*Trata-se de um modelo de
integração econômica que consiste
em eliminar as barreiras tarifárias
incidentes sobre o comércio entre os
países membros da ZLC.
*Para ser considerada uma ZLC pela
OMC, é necessário que pelo menos
80% dos bens comercializados entre
os países membros do grupo tenham
suas taxas eliminadas.
Ex.: Nafta
Esse modelo de união é uma ZLC dotada
de TEC – Tarifa Externa Comum (uma
mesma tarifa para os produtos
importados de países não pertencentes
ao grupo).
Ex.: Mercosul
É um tipo de integração que não prevê
apenas a livre circulação de bens, como
é o caso da União Aduaneira, mas
também a livre circulação de serviços,
capitais e mão de obra.
O MERCADO COMUM propõe a
coordenação de políticas econômicas
de maneira que todos os países
membros sigam os mesmos parâmetros
(taxas de juros, câmbios e política
fiscal).
Exemplo: União Europeia – UE.
*Uma união econômica e monetária é
um mercado comum dotado de
uma moeda única. Não deve ser
confundida com uma simples união
monetária.
*Obs.* Não confunda: Em 14 países
africanos existe uma moeda única – O
Franco CFA, mas os países que adotam a
moeda não formam um mercado
comum.
R E S U M I N D O
O Benelux é uma união
entre Bélgica,
Luxemburgo e Holanda,
firmada em 1944.
Foi uma união de
caráter econômico, um
passo importante na
época, no contexto da II
Guerra Mundial
1951 – CECA - Tratado de Paris
(Comunidade Europeia do Carvão e do Aço) BENELUX +
França Itália Alemanha Ocidental (RFA)
A Comunidade Europeia do
Carvão e do Aço foi criada em
1951 através do Tratado de
Paris, idealizada pelo ministro
franco-alemão Robert
Schumann.
O principal objetivo da
organização era unificar o
mercado de matéria-prima da
Europa, assim evitando uma
nova guerra como a I e a II
Guerras.
.
Bloco Econômico e Politico, a UE é a segunda
maior economia do mundo, com 28 países
membros.507 milhões de
habitantes
24 idiomas
oficiais
US$ 31.607
Pib Per Capita
1957– MCE ou CEE Tratado de Roma
Mercado Comum Europeu ou Comunidade Econômica Europeia
Mesmos países da CECA
Desenvolvimento de políticas econômicas comuns visando a livre circulação.
O Tratado da União Europeia foi
assinado em Maastricht, na
Holanda, em 1992.
O tratado substituiu as
Comunidades Europeias pela União
Europeia, transformando
instituições independentes em
uma única organização, formando
os Três Pilares: INTEGRAÇÃO
POLÍTICA, DIPLOMÁTICA E
JUDICIAL.
O tratado também deu
maior intensidade a política
ao Ato Único, levando a
criação do Euro, em 2002.
*O principal motivo gerador da crise é
a falência de países que se endividaram.
A zona do euro – ou área do euro –
corresponde aos países-membros da União
Europeia (UE) que adotaram o euro como
moeda oficial, ou seja, é uma espécie de
União Monetária que existe dentro desse
bloco econômico, haja vista que nem todos
os seus países-membros utilizam essa
moeda comum. Além disso, existem ainda
países que não são membros da União
Europeia que também adotaram o euro
oficialmente.
A Zona do Euro
TRATADO DE LIVRE COMÉRCIO
DA AMÉRICA DO NORTE
PAISES INTEGRANTES- MÉXICO-
ESTADOS UNIDOS E CANADÁ.
Estabeleceu o fim das barreiras
alfandegárias, regras comerciais
em comum, proteção comercial
e padrões e leis financeiras.
LIVRE CIRCULAÇÃO DE
MERCADORIAS E CAPITAIS.
O Mercosul está constituído pelos
quatro Estados Parte, a Argentina,
Brasil, Paraguai, Uruguai e mais a
Venezuela, que aderiu ao bloco
após um longo processo de
aprovação, pelo parlamento dos
países signatários..
Assume, hoje, o caráter de União
Aduaneira, mas seu fim último é
constituir-se em verdadeiro
Mercado Comum
Tratado de Assunção, por meio do
qual o bloco foi fundado, em 1991.
ARGENTINA
Capital: Buenos Aires.
Densidade demográfica: 14,5 hab./
km².
PIB (Produto Interno Bruto): 262.327
Bilhões de US$.
Renda per capita: 6.636 US$.
IDH (Índice de Desenvolvimento
Humano): 0,775 (alto).
Expectativa de vida: 75 anos.
Alfabetização: 97,2%.
Moeda: peso argentino.
Língua oficial: espanhol.
BRASIL
Capital: Brasília.
Cidade mais populosa: São Paulo.
Língua oficial: português. Governo: República
Federativa.
PIB (Produto Interno Bruto): 5,52trilhões de
R$-
1,73 Trilhões de US$
Renda per capita: 8.040 dólares ao ano.
IDH (Índice de Desenvolvimento Humano):
0,744(alto).
Esperança de vida: 74,9 anos.
Moeda: Real.
URUGUAI
Capital: Montevidéu.
Governo: República presidencialista.
Idioma: Espanhol
População: 3.360.854 habitantes.
Densidade demográfica: 19
hab/km².
Moeda: Peso uruguaio.
Produto Interno Bruto (PIB): 32,2
bilhões de dólares
PIB per capita: 6.913 dólares.
VENEZUELA
Extensão territorial: 912.050 km².
Capital: Caracas.
Governo: República presidencialista.
Idioma: Espanhol (oficial).
Esperança de vida ao nascer: 73,4 anos.
Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,696
(alto).
Moeda: Bolívar venezuelano
Produto Interno Bruto (PIB): 313,8 bilhões de
dólares.
PIB per capita: 8.559 dólares.
PARAGUAI
DADOS PRINCIPAIS
ÁREA: 406.752 km²
CAPITAL: Assunção
POPULAÇÃO: 6,9 milhões de habitantes
(estimativa 2014)
MOEDA: guarani
NOME OFICIAL: República do Paraguai.
RENDA PER CAPITA: US$ 4.479 (referência:
ano de 2014).
IDH: 0,669 (Pnud 2012) - médio
PIB: US$ 30,98 bilhões (referência: ano de
2014)
fonte: site terra, uol educação, internet
e arquivo pessoal.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Blocos Econômicos
Blocos EconômicosBlocos Econômicos
Blocos Econômicos
Escolas privadas
 
População mundial
População mundialPopulação mundial
População mundial
Uilson Pereira da Silva
 
Cap. 14 - América latina
Cap. 14 - América latinaCap. 14 - América latina
Cap. 14 - América latina
Acácio Netto
 
Antártida
AntártidaAntártida
Antártida
Fernanda Lopes
 
Modulo 04 - A economìa africana
Modulo 04 - A economìa africanaModulo 04 - A economìa africana
Modulo 04 - A economìa africana
Claudio Henrique Ramos Sales
 
Regiões polares
Regiões polaresRegiões polares
Regiões polares
Fernanda Lopes
 
oriente medio
oriente mediooriente medio
oriente medio
Prof.Paulo/geografia
 
America do sul
America do sulAmerica do sul
America do sul
Camila Brito
 
Clima - 1º ano
Clima - 1º anoClima - 1º ano
Europa aspectos fisicos
Europa   aspectos fisicosEuropa   aspectos fisicos
Europa aspectos fisicos
Abner de Paula
 
Climas do-brasil
Climas do-brasilClimas do-brasil
Climas do-brasil
Stéfano Silveira
 
Mercosul slides
Mercosul slidesMercosul slides
Mercosul slides
Tadeu Vasconcelos
 
Geografia continente europeu
Geografia   continente europeuGeografia   continente europeu
Geografia continente europeu
André Luiz Marques
 
Europa
EuropaEuropa
Europa
Camila Brito
 
A população da ásia
A população da ásiaA população da ásia
A população da ásia
Leidiana Oliveira
 
Aspectos Naturais do continente americano
Aspectos Naturais do continente americanoAspectos Naturais do continente americano
Aspectos Naturais do continente americano
Claudio Henrique Ramos Sales
 
ÁFRICA
ÁFRICAÁFRICA
áFrica população, regionalização e economia
áFrica população, regionalização e economiaáFrica população, regionalização e economia
áFrica população, regionalização e economia
flaviocosac
 
O continente americano completo
O continente americano  completoO continente americano  completo
O continente americano completo
Camila Brito
 
Clima E Climas Do Brasil Aula
Clima E Climas Do Brasil   AulaClima E Climas Do Brasil   Aula
Clima E Climas Do Brasil Aula
Luciano Pessanha
 

Mais procurados (20)

Blocos Econômicos
Blocos EconômicosBlocos Econômicos
Blocos Econômicos
 
População mundial
População mundialPopulação mundial
População mundial
 
Cap. 14 - América latina
Cap. 14 - América latinaCap. 14 - América latina
Cap. 14 - América latina
 
Antártida
AntártidaAntártida
Antártida
 
Modulo 04 - A economìa africana
Modulo 04 - A economìa africanaModulo 04 - A economìa africana
Modulo 04 - A economìa africana
 
Regiões polares
Regiões polaresRegiões polares
Regiões polares
 
oriente medio
oriente mediooriente medio
oriente medio
 
America do sul
America do sulAmerica do sul
America do sul
 
Clima - 1º ano
Clima - 1º anoClima - 1º ano
Clima - 1º ano
 
Europa aspectos fisicos
Europa   aspectos fisicosEuropa   aspectos fisicos
Europa aspectos fisicos
 
Climas do-brasil
Climas do-brasilClimas do-brasil
Climas do-brasil
 
Mercosul slides
Mercosul slidesMercosul slides
Mercosul slides
 
Geografia continente europeu
Geografia   continente europeuGeografia   continente europeu
Geografia continente europeu
 
Europa
EuropaEuropa
Europa
 
A população da ásia
A população da ásiaA população da ásia
A população da ásia
 
Aspectos Naturais do continente americano
Aspectos Naturais do continente americanoAspectos Naturais do continente americano
Aspectos Naturais do continente americano
 
ÁFRICA
ÁFRICAÁFRICA
ÁFRICA
 
áFrica população, regionalização e economia
áFrica população, regionalização e economiaáFrica população, regionalização e economia
áFrica população, regionalização e economia
 
O continente americano completo
O continente americano  completoO continente americano  completo
O continente americano completo
 
Clima E Climas Do Brasil Aula
Clima E Climas Do Brasil   AulaClima E Climas Do Brasil   Aula
Clima E Climas Do Brasil Aula
 

Destaque

Horário copia
Horário   copiaHorário   copia
Horário copia
Vitor Pereira Rodrigues
 
NOVA CONFIGURAÇÃO DO LESTE EUROPEU
NOVA CONFIGURAÇÃO DO LESTE EUROPEUNOVA CONFIGURAÇÃO DO LESTE EUROPEU
NOVA CONFIGURAÇÃO DO LESTE EUROPEU
Vitor Pereira Rodrigues
 
Blocos economicos parte2
Blocos economicos parte2Blocos economicos parte2
Blocos economicos parte2
Ademir Aquino
 
Curvas de nivel
Curvas de nivelCurvas de nivel
Curvas de nivel
Vitor Pereira Rodrigues
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
Nova ordem mundial
Vitor Pereira Rodrigues
 
CARTOGRAFIA E MAPAS
CARTOGRAFIA E MAPASCARTOGRAFIA E MAPAS
CARTOGRAFIA E MAPAS
Vitor Pereira Rodrigues
 
Grandes blocos econômicos
Grandes blocos econômicosGrandes blocos econômicos
Grandes blocos econômicos
Vitor Pereira Rodrigues
 
CARTOGRAFIA
CARTOGRAFIACARTOGRAFIA
População mundial atinge marca histórica
População mundial atinge marca históricaPopulação mundial atinge marca histórica
População mundial atinge marca histórica
Vitor Pereira Rodrigues
 
Dia do são patrício ppt
Dia do são patrício pptDia do são patrício ppt
Dia do são patrício ppt
becastanheiradepera
 
Saint Patrick's Day Presentation
Saint Patrick's Day PresentationSaint Patrick's Day Presentation
Saint Patrick's Day Presentation
cuenta paratodo
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
Portal do Vestibulando
 
Blocos econômicos e o comércio internacional
Blocos econômicos e o comércio internacionalBlocos econômicos e o comércio internacional
Blocos econômicos e o comércio internacional
Colégio Nova Geração COC
 
Blocos Econômicos
Blocos EconômicosBlocos Econômicos
Blocos Econômicos
Angela Santos
 
A Geografia e a Geopolitica
A Geografia e a GeopoliticaA Geografia e a Geopolitica
A Geografia e a Geopolitica
Adriana Gomes Messias
 
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia – Blocos Econômicos
 www.AulasDeGeografiaApoio.com  - Geografia – Blocos Econômicos www.AulasDeGeografiaApoio.com  - Geografia – Blocos Econômicos
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia – Blocos Econômicos
Aulas De Geografia Apoio
 
St Patrick's Day
St Patrick's DaySt Patrick's Day
Blocos econômicos
Blocos  econômicosBlocos  econômicos
Blocos econômicos
flaviocosac
 
01 geopolítica
01 geopolítica01 geopolítica
01 geopolítica
edsonluz
 
Saint Patrick's Day
Saint Patrick's DaySaint Patrick's Day
Saint Patrick's Day
fengchuishaster
 

Destaque (20)

Horário copia
Horário   copiaHorário   copia
Horário copia
 
NOVA CONFIGURAÇÃO DO LESTE EUROPEU
NOVA CONFIGURAÇÃO DO LESTE EUROPEUNOVA CONFIGURAÇÃO DO LESTE EUROPEU
NOVA CONFIGURAÇÃO DO LESTE EUROPEU
 
Blocos economicos parte2
Blocos economicos parte2Blocos economicos parte2
Blocos economicos parte2
 
Curvas de nivel
Curvas de nivelCurvas de nivel
Curvas de nivel
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
Nova ordem mundial
 
CARTOGRAFIA E MAPAS
CARTOGRAFIA E MAPASCARTOGRAFIA E MAPAS
CARTOGRAFIA E MAPAS
 
Grandes blocos econômicos
Grandes blocos econômicosGrandes blocos econômicos
Grandes blocos econômicos
 
CARTOGRAFIA
CARTOGRAFIACARTOGRAFIA
CARTOGRAFIA
 
População mundial atinge marca histórica
População mundial atinge marca históricaPopulação mundial atinge marca histórica
População mundial atinge marca histórica
 
Dia do são patrício ppt
Dia do são patrício pptDia do são patrício ppt
Dia do são patrício ppt
 
Saint Patrick's Day Presentation
Saint Patrick's Day PresentationSaint Patrick's Day Presentation
Saint Patrick's Day Presentation
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
Blocos econômicos e o comércio internacional
Blocos econômicos e o comércio internacionalBlocos econômicos e o comércio internacional
Blocos econômicos e o comércio internacional
 
Blocos Econômicos
Blocos EconômicosBlocos Econômicos
Blocos Econômicos
 
A Geografia e a Geopolitica
A Geografia e a GeopoliticaA Geografia e a Geopolitica
A Geografia e a Geopolitica
 
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia – Blocos Econômicos
 www.AulasDeGeografiaApoio.com  - Geografia – Blocos Econômicos www.AulasDeGeografiaApoio.com  - Geografia – Blocos Econômicos
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia – Blocos Econômicos
 
St Patrick's Day
St Patrick's DaySt Patrick's Day
St Patrick's Day
 
Blocos econômicos
Blocos  econômicosBlocos  econômicos
Blocos econômicos
 
01 geopolítica
01 geopolítica01 geopolítica
01 geopolítica
 
Saint Patrick's Day
Saint Patrick's DaySaint Patrick's Day
Saint Patrick's Day
 

Semelhante a BLOCOS ECONÔMICOS

Blocos Econômicos Regionais
Blocos Econômicos RegionaisBlocos Econômicos Regionais
Blocos Econômicos Regionais
Eder Liborio
 
Aula 14 06 blocos econômicos (1)
Aula 14 06 blocos econômicos (1)Aula 14 06 blocos econômicos (1)
Aula 14 06 blocos econômicos (1)
Alessandra Bertão Ribas
 
O mundo multipolar
O mundo multipolarO mundo multipolar
O mundo multipolar
Edmar Alves da Cruz
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
archy9
 
Blocos Econômicos
Blocos EconômicosBlocos Econômicos
Blocos Econômicos
Diego Lopes
 
Blocoeconomico8ano0810
Blocoeconomico8ano0810Blocoeconomico8ano0810
Blocoeconomico8ano0810
Marcia Regina Mourao
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
Ester Marie
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
ProfessorRogerioSant
 
Aula sobre direito comunitário
Aula sobre direito comunitárioAula sobre direito comunitário
Aula sobre direito comunitário
Cláudia Ximenes
 
A distância não separa
A distância não separaA distância não separa
A distância não separa
Kelly_Liiz
 
Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2
Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2
Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2
CADUCOC1
 
Aula 4 blocos economicos parte 1
Aula 4 blocos economicos parte 1Aula 4 blocos economicos parte 1
Aula 4 blocos economicos parte 1
CADUCOC
 
Globalização e blocos econômicos
Globalização e blocos econômicosGlobalização e blocos econômicos
Globalização e blocos econômicos
Lucas Lourenço
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
Rute Teles
 
Globalização econômica
Globalização  econômicaGlobalização  econômica
Globalização econômica
Washington sucupira
 
www.CentroApoio.com - Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -
   www.CentroApoio.com -  Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -   www.CentroApoio.com -  Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -
www.CentroApoio.com - Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -
Vídeo Aulas Apoio
 
Economia A 11º ano - União Europeia
Economia A 11º ano - União EuropeiaEconomia A 11º ano - União Europeia
Economia A 11º ano - União Europeia
Raffaella Ergün
 
GEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdf
GEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdfGEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdf
GEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdf
RavenaSales1
 
ECO 11 - Tema 12 draft (1).docx
ECO 11 - Tema 12 draft (1).docxECO 11 - Tema 12 draft (1).docx
ECO 11 - Tema 12 draft (1).docx
IrmaS10
 
Revisão
RevisãoRevisão
Revisão
Angela Santos
 

Semelhante a BLOCOS ECONÔMICOS (20)

Blocos Econômicos Regionais
Blocos Econômicos RegionaisBlocos Econômicos Regionais
Blocos Econômicos Regionais
 
Aula 14 06 blocos econômicos (1)
Aula 14 06 blocos econômicos (1)Aula 14 06 blocos econômicos (1)
Aula 14 06 blocos econômicos (1)
 
O mundo multipolar
O mundo multipolarO mundo multipolar
O mundo multipolar
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
Blocos Econômicos
Blocos EconômicosBlocos Econômicos
Blocos Econômicos
 
Blocoeconomico8ano0810
Blocoeconomico8ano0810Blocoeconomico8ano0810
Blocoeconomico8ano0810
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
Aula sobre direito comunitário
Aula sobre direito comunitárioAula sobre direito comunitário
Aula sobre direito comunitário
 
A distância não separa
A distância não separaA distância não separa
A distância não separa
 
Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2
Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2
Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2
 
Aula 4 blocos economicos parte 1
Aula 4 blocos economicos parte 1Aula 4 blocos economicos parte 1
Aula 4 blocos economicos parte 1
 
Globalização e blocos econômicos
Globalização e blocos econômicosGlobalização e blocos econômicos
Globalização e blocos econômicos
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
Globalização econômica
Globalização  econômicaGlobalização  econômica
Globalização econômica
 
www.CentroApoio.com - Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -
   www.CentroApoio.com -  Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -   www.CentroApoio.com -  Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -
www.CentroApoio.com - Geografia - Blocos Econômicos - Vídeo Aulas -
 
Economia A 11º ano - União Europeia
Economia A 11º ano - União EuropeiaEconomia A 11º ano - União Europeia
Economia A 11º ano - União Europeia
 
GEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdf
GEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdfGEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdf
GEOGRAFIA - COMÉRCIO INTERNACIONAL E BLOCOS ECONÔMICOS - PROF. LUCAS QUEIROZ.pdf
 
ECO 11 - Tema 12 draft (1).docx
ECO 11 - Tema 12 draft (1).docxECO 11 - Tema 12 draft (1).docx
ECO 11 - Tema 12 draft (1).docx
 
Revisão
RevisãoRevisão
Revisão
 

Mais de Vitor Pereira Rodrigues

Horario de Verão
Horario de VerãoHorario de Verão
Horario de Verão
Vitor Pereira Rodrigues
 
Horário
HorárioHorário
Curvas de nivel
Curvas de nivelCurvas de nivel
Curvas de nivel
Vitor Pereira Rodrigues
 
BLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOSBLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOS
Vitor Pereira Rodrigues
 
Corrida armamentista completo
Corrida armamentista completoCorrida armamentista completo
Corrida armamentista completo
Vitor Pereira Rodrigues
 
Corrida armamentista completo
Corrida armamentista completoCorrida armamentista completo
Corrida armamentista completo
Vitor Pereira Rodrigues
 
Corrida armamentista completo
Corrida armamentista completoCorrida armamentista completo
Corrida armamentista completo
Vitor Pereira Rodrigues
 
Corrida espacial completo
Corrida espacial completoCorrida espacial completo
Corrida espacial completo
Vitor Pereira Rodrigues
 
O mundo bipolar
O mundo bipolarO mundo bipolar
O mundo bipolar
Vitor Pereira Rodrigues
 
Socialismo
SocialismoSocialismo
Globalização ppt
Globalização pptGlobalização ppt
Globalização ppt
Vitor Pereira Rodrigues
 
Capitalismo
CapitalismoCapitalismo
Nome dos países
Nome dos paísesNome dos países
Nome dos países
Vitor Pereira Rodrigues
 
Globalização ppt
Globalização pptGlobalização ppt
Globalização ppt
Vitor Pereira Rodrigues
 
O panelaço da barriga cheia e do ódio
O panelaço da barriga cheia e do ódioO panelaço da barriga cheia e do ódio
O panelaço da barriga cheia e do ódio
Vitor Pereira Rodrigues
 
Brics
BricsBrics
Brics
BricsBrics
Nova ordem mundial-Neoliberalismo-Globalização-IDH
Nova ordem mundial-Neoliberalismo-Globalização-IDHNova ordem mundial-Neoliberalismo-Globalização-IDH
Nova ordem mundial-Neoliberalismo-Globalização-IDH
Vitor Pereira Rodrigues
 
Migração
MigraçãoMigração
Conceitos- Poluição-Poluente
Conceitos- Poluição-PoluenteConceitos- Poluição-Poluente
Conceitos- Poluição-Poluente
Vitor Pereira Rodrigues
 

Mais de Vitor Pereira Rodrigues (20)

Horario de Verão
Horario de VerãoHorario de Verão
Horario de Verão
 
Horário
HorárioHorário
Horário
 
Curvas de nivel
Curvas de nivelCurvas de nivel
Curvas de nivel
 
BLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOSBLOCOS ECONÔMICOS
BLOCOS ECONÔMICOS
 
Corrida armamentista completo
Corrida armamentista completoCorrida armamentista completo
Corrida armamentista completo
 
Corrida armamentista completo
Corrida armamentista completoCorrida armamentista completo
Corrida armamentista completo
 
Corrida armamentista completo
Corrida armamentista completoCorrida armamentista completo
Corrida armamentista completo
 
Corrida espacial completo
Corrida espacial completoCorrida espacial completo
Corrida espacial completo
 
O mundo bipolar
O mundo bipolarO mundo bipolar
O mundo bipolar
 
Socialismo
SocialismoSocialismo
Socialismo
 
Globalização ppt
Globalização pptGlobalização ppt
Globalização ppt
 
Capitalismo
CapitalismoCapitalismo
Capitalismo
 
Nome dos países
Nome dos paísesNome dos países
Nome dos países
 
Globalização ppt
Globalização pptGlobalização ppt
Globalização ppt
 
O panelaço da barriga cheia e do ódio
O panelaço da barriga cheia e do ódioO panelaço da barriga cheia e do ódio
O panelaço da barriga cheia e do ódio
 
Brics
BricsBrics
Brics
 
Brics
BricsBrics
Brics
 
Nova ordem mundial-Neoliberalismo-Globalização-IDH
Nova ordem mundial-Neoliberalismo-Globalização-IDHNova ordem mundial-Neoliberalismo-Globalização-IDH
Nova ordem mundial-Neoliberalismo-Globalização-IDH
 
Migração
MigraçãoMigração
Migração
 
Conceitos- Poluição-Poluente
Conceitos- Poluição-PoluenteConceitos- Poluição-Poluente
Conceitos- Poluição-Poluente
 

Último

Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 

BLOCOS ECONÔMICOS

  • 1.
  • 2. Definição: são associações de países que estabelecem relações económicas privilegiadas entre si. Formaram-se na 2ª metade do século XX, com os seguintes objetivos: * incentivar a cooperação económica; *dinamizar os mercados através de acordos comerciais preferenciais; *abertura de fronteiras aos países do respectivo bloco; *proteger os países da concorrência proveniente dos outros blocos comerciais. São associações que procuram estabelecer relações econômicas entre estados – nações no sentido de tornar a economia dos membros mais competitiva e assim poderem participar de forma efetiva no mundo globalizado. Então, ao contrário de negar a globalização, os blocos econômicos são fruto da mesma. Corresponde a integração econômica envolvendo países de uma determinada área do planeta. Na atual conjuntura é percebida como uma questão primordial para sobrevivência econômica dos países. Fazer parte de um bloco econômico significa fortalecer-se diante de um país isolado ou de outros blocos econômicos
  • 3. Os Blocos Econômicos costumam seguir as seguintes etapas de integração: Zona de Preferências Tarifárias; Zona de Livre Comércio (ZLC) ; União Aduaneira (UA) e a TEC; Mercado Comum; União Econômica e Monetária - (UEM).
  • 4. *Trata-se de um processo de integração bem simplificado. Baseando-se simplesmente em assegurar níveis tarifários preferenciais entre os países membros da ZPT, ou seja, os membros passam a trabalhar com tarifas inferiores às cobradas de países não pertencentes ao grupo. *Ex.: ALALC – Associação Latino- Americana de Livre Comércio, criada em 1960. Hoje conhecida como ALADI – Associação Latino-Americana para Desenvolvimento e integração
  • 5. *Trata-se de um modelo de integração econômica que consiste em eliminar as barreiras tarifárias incidentes sobre o comércio entre os países membros da ZLC. *Para ser considerada uma ZLC pela OMC, é necessário que pelo menos 80% dos bens comercializados entre os países membros do grupo tenham suas taxas eliminadas. Ex.: Nafta
  • 6. Esse modelo de união é uma ZLC dotada de TEC – Tarifa Externa Comum (uma mesma tarifa para os produtos importados de países não pertencentes ao grupo). Ex.: Mercosul
  • 7. É um tipo de integração que não prevê apenas a livre circulação de bens, como é o caso da União Aduaneira, mas também a livre circulação de serviços, capitais e mão de obra. O MERCADO COMUM propõe a coordenação de políticas econômicas de maneira que todos os países membros sigam os mesmos parâmetros (taxas de juros, câmbios e política fiscal). Exemplo: União Europeia – UE.
  • 8. *Uma união econômica e monetária é um mercado comum dotado de uma moeda única. Não deve ser confundida com uma simples união monetária. *Obs.* Não confunda: Em 14 países africanos existe uma moeda única – O Franco CFA, mas os países que adotam a moeda não formam um mercado comum.
  • 9. R E S U M I N D O
  • 10. O Benelux é uma união entre Bélgica, Luxemburgo e Holanda, firmada em 1944. Foi uma união de caráter econômico, um passo importante na época, no contexto da II Guerra Mundial
  • 11. 1951 – CECA - Tratado de Paris (Comunidade Europeia do Carvão e do Aço) BENELUX + França Itália Alemanha Ocidental (RFA) A Comunidade Europeia do Carvão e do Aço foi criada em 1951 através do Tratado de Paris, idealizada pelo ministro franco-alemão Robert Schumann. O principal objetivo da organização era unificar o mercado de matéria-prima da Europa, assim evitando uma nova guerra como a I e a II Guerras. .
  • 12. Bloco Econômico e Politico, a UE é a segunda maior economia do mundo, com 28 países membros.507 milhões de habitantes 24 idiomas oficiais US$ 31.607 Pib Per Capita
  • 13. 1957– MCE ou CEE Tratado de Roma Mercado Comum Europeu ou Comunidade Econômica Europeia Mesmos países da CECA Desenvolvimento de políticas econômicas comuns visando a livre circulação.
  • 14. O Tratado da União Europeia foi assinado em Maastricht, na Holanda, em 1992. O tratado substituiu as Comunidades Europeias pela União Europeia, transformando instituições independentes em uma única organização, formando os Três Pilares: INTEGRAÇÃO POLÍTICA, DIPLOMÁTICA E JUDICIAL. O tratado também deu maior intensidade a política ao Ato Único, levando a criação do Euro, em 2002.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 36.
  • 37.
  • 38.
  • 39.
  • 40.
  • 41.
  • 42.
  • 43.
  • 44.
  • 45. *O principal motivo gerador da crise é a falência de países que se endividaram.
  • 46.
  • 47. A zona do euro – ou área do euro – corresponde aos países-membros da União Europeia (UE) que adotaram o euro como moeda oficial, ou seja, é uma espécie de União Monetária que existe dentro desse bloco econômico, haja vista que nem todos os seus países-membros utilizam essa moeda comum. Além disso, existem ainda países que não são membros da União Europeia que também adotaram o euro oficialmente. A Zona do Euro
  • 48.
  • 49. TRATADO DE LIVRE COMÉRCIO DA AMÉRICA DO NORTE PAISES INTEGRANTES- MÉXICO- ESTADOS UNIDOS E CANADÁ. Estabeleceu o fim das barreiras alfandegárias, regras comerciais em comum, proteção comercial e padrões e leis financeiras. LIVRE CIRCULAÇÃO DE MERCADORIAS E CAPITAIS.
  • 50. O Mercosul está constituído pelos quatro Estados Parte, a Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai e mais a Venezuela, que aderiu ao bloco após um longo processo de aprovação, pelo parlamento dos países signatários.. Assume, hoje, o caráter de União Aduaneira, mas seu fim último é constituir-se em verdadeiro Mercado Comum Tratado de Assunção, por meio do qual o bloco foi fundado, em 1991.
  • 51.
  • 52. ARGENTINA Capital: Buenos Aires. Densidade demográfica: 14,5 hab./ km². PIB (Produto Interno Bruto): 262.327 Bilhões de US$. Renda per capita: 6.636 US$. IDH (Índice de Desenvolvimento Humano): 0,775 (alto). Expectativa de vida: 75 anos. Alfabetização: 97,2%. Moeda: peso argentino. Língua oficial: espanhol. BRASIL Capital: Brasília. Cidade mais populosa: São Paulo. Língua oficial: português. Governo: República Federativa. PIB (Produto Interno Bruto): 5,52trilhões de R$- 1,73 Trilhões de US$ Renda per capita: 8.040 dólares ao ano. IDH (Índice de Desenvolvimento Humano): 0,744(alto). Esperança de vida: 74,9 anos. Moeda: Real.
  • 53.
  • 54. URUGUAI Capital: Montevidéu. Governo: República presidencialista. Idioma: Espanhol População: 3.360.854 habitantes. Densidade demográfica: 19 hab/km². Moeda: Peso uruguaio. Produto Interno Bruto (PIB): 32,2 bilhões de dólares PIB per capita: 6.913 dólares. VENEZUELA Extensão territorial: 912.050 km². Capital: Caracas. Governo: República presidencialista. Idioma: Espanhol (oficial). Esperança de vida ao nascer: 73,4 anos. Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,696 (alto). Moeda: Bolívar venezuelano Produto Interno Bruto (PIB): 313,8 bilhões de dólares. PIB per capita: 8.559 dólares.
  • 55. PARAGUAI DADOS PRINCIPAIS ÁREA: 406.752 km² CAPITAL: Assunção POPULAÇÃO: 6,9 milhões de habitantes (estimativa 2014) MOEDA: guarani NOME OFICIAL: República do Paraguai. RENDA PER CAPITA: US$ 4.479 (referência: ano de 2014). IDH: 0,669 (Pnud 2012) - médio PIB: US$ 30,98 bilhões (referência: ano de 2014)
  • 56.
  • 57.
  • 58. fonte: site terra, uol educação, internet e arquivo pessoal.