SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
QUÍMICA ORGÂNICA
Prof°: Ana Karoline
CONTEÚDOS:
 Funções orgânicas
 Reações orgânicas
 Polímero
 Isomeria
2012- Grupo Funcional
 A produção mundial de alimentos poderia se reduzir a 40% da atual sem a aplicação de controle sobre as
pragas agrícolas. Por outro lado, o uso frequente dos agrotóxicos pode causar contaminação em solos, águas
superficiais e subterrâneas, atmosfera e alimentos. Os biopesticidas, tais como a piretrina e a coronopilina,
têm sido uma alternativa na diminuição dos prejuízos econômicos, sociais e ambientais gerados pelos
agrotóxicos.
 Identifique as funções orgânicas presentes simultaneamente nas estruturas dos dois biopesticidas
apresentados:

 a) Éter e éster.
 b) Cetona e éster.
 c) Álcool e cetona.
 d) Aldeído e cetona.
 e) Éter e ácido carboxílico.
 Resposta: B
2015- Grupo Funcional
 Uma forma de organização de um sistema biológico é a presença de sinais
diversos utilizados pelos indivíduos para se comunicarem. No caso das abelhas
da espécie Apis mellifera, os sinais utilizados podem ser feromônios. Para
saírem e voltarem de suas colméias, usam um feromônio que indica a trilha
percorrida por elas (Composto A). Quando pressentem o perigo, expelem um
feromônio de alarme (Composto B), que serve de sinal para um combate
coletivo. O que diferencia cada um desses sinais utilizados pelas abelhas são
as estruturas e funções orgânicas dos feromônios.
 As funções orgânicas que caracterizam os feromônios de trilha e de alarme
são, respectivamente,
 a) álcool e éster.
 b) aldeído e cetona.
 c) éter e hidrocarboneto.
 d) enol e ácido carboxílico.
 e) ácido carboxílico e amida.
2013- Características dos compostos orgânicos
 As moléculas de nanoputians lembram figuras humanas e foram criadas para estimular o interesse de jovens
na compreensão da linguagem expressa em fórmulas estruturais, muito usadas em química orgânica. Um
exemplo é o NanoKid, representado na figura:

 CHANTEAU, S. H. TOUR. J.M. The Journal of Organic
Chemistry, v. 68, n. 23. 2003 (adaptado).

 Em que parte do corpo do NanoKid existe carbono quaternário?

 a) Mãos.
 b) Cabeça.
 c) Tórax.
 d) Abdômen.
 e) Pés.
Resposta: A
2012- Características dos compostos orgânicos
 O armazenamento de certas vitaminas no organismo apresenta grande dependência de sua
solubilidade. Por exemplo, vitaminas hidrossolúveis devem ser incluídas na dieta diária, enquanto
vitaminas lipossolúveis são armazenadas em quantidades suficientes para evitar doenças causadas pela
sua carência. A seguir são apresentadas as estruturas químicas de cinco vitaminas necessárias ao
organismo. Dentre as vitaminas apresentadas na figura, aquela que necessita de maior suplementação
diária é

 a) I.
 b) II.
 c) III.
 d) IV.
 e) V.
Resposta: C
2013- Características dos compostos orgânicos + Isomeria
 O citral, substância de odor fortemente cítrico, é obtido a partir de algumas plantas como o capim-
limão, cujo óleo essencial possui aproximadamente 80%, em massa, da substância. Uma de suas
aplicações é na fabricação de produtos que atraem abelhas, especialmente do gênero Apis, pois seu
cheiro é semelhante a um dos feromônios liberados par elas. Sua fórmula molecular é C10H16O, com
uma cadeia alifática de oito carbonos, duas insaturações, nos carbonos 2 e 6 e dois grupos
substituintes metila, nos carbonos 3 e 7. O citral possui dois isômeros geométricos, sendo o trans o
que mais contribui para o forte odor.
 Para que se consiga atrair um maior número de abelhas para uma determinada região, a molécula que
deve estar presente em alta concentração no produto a ser utilizado é:
2013
Resposta: A
2015 - Isomeria
 Os feromônios são substâncias utilizadas na comunicação entre indivíduos de uma
espécie. O primeiro feromônio isolado de um inseto foi o bombicol, substância
produzida pela mariposa do bicho-de-seda.
 O uso de ações de controle de insetos-praga está de acordo com o modelo
preconizado para a agricultura do futuro. São agentes altamente específicos e seus
compostos químicos podem ser empregados em determinados cultivos, conforme
ilustrado no quadro.
 Considerando essas estruturas químicas, o tipo de esteroisomeria apresentada pelo
bombicol é também apresentada pelo feromônio utilizado no controle do inseto
A.Sitophilus spp.
B.Migdolus fryanus.
C.Anthonomus rubi.
D.Grapholita molesta.
E. Scrobipalpuloides absoluta.
Resposta: E
2014- Características dos compostos orgânicos + Isomeria
 O estudo dos compostos orgânicos permite aos analistas definir propriedades físicas e químicas
responsáveis pelas características de cada substância descoberta. Um laboratório investiga substâncias
quirais cuja cadeia carbônica seja insaturada, heterogênea e ramificada. A fórmula que se enquadra
nas características da molécula investigada é:
Resposta: B
2013- Reações Orgânicas
 O uso de embalagens plásticas descartáveis vem crescendo em todo o mundo, juntamente com o
problema ambiental gerado por seu descarte inapropriado. O politereftalato de etileno (PET), cuja
estrutura é mostrada tem sido muito utilizado na indústria de refrigerantes e pode ser reciclado e
reutilizado. Uma das opções possíveis envolve a produção de matérias-primas, como o etilenoglicol
(1,2-etanodiol), a partir de objetos compostos de PET pós-consumo.
 Com base nas informações do texto, uma alternativa para a obtenção de etilenoglicol a partir do PET
é a

 a) solubilização dos objetos.
 b) combustão dos objetos.
 c) trituração dos objetos.
 d) hidrólise dos objetos.
 e) fusão dos objetos.
Resposta: D
2013- Reações Orgânicas
 O glifosato (C3H8NO5P) é um herbicida pertencente ao grupo químico das glicinas, classificado como
não seletivo. Esse composto possui os grupos funcionais carboxilato, amino e fosfonato. A degradação
do glifosato no solo é muito rápida e realizada por grande variedade de microrganismos, que usam o
produto como fonte de energia e fósforo. Os produtos da degradação são o ácido aminometilfosfônico
(AMPA) e o N-metilglicina (sarcosina):
 A partir do texto e dos produtos de degradação apresentados, a estrutura química que representa o
glifosato é:



2013
Resposta: B
2014- Reações Orgânicas
 Com o objetivo de substituir as sacolas de polietileno, alguns supermercados têm utilizado um novo
tipo de plástico ecológico, que apresenta em sua composição amido de milho e uma resina
termoplástica obtida a partir de uma fonte petroquímica.
 Nesses plásticos a fragmentação da resina polimérica é facilitada porque os carboidratos presentes
Resposta: D
2015- Reações Orgânicas
 Hidrocarbonetos podem ser obtidos em laboratório por descarboxilação oxidativa
anódica, processo conhecido como eletrossíntese de Kolbe. Essa reação é utilizada
na síntese de hidrocarbonetos diversos, a partir de óleos vegetais, os quais podem
ser empregados como fontes alternativas de energia, em substituição aos
hidrocarbonetos fósseis. O esquema ilustra simplificadamente esse processo.
 Com base nesse processo, o hidrocarboneto produzido na eletrólise do ácido 3,3-
dimetil-butanoico é o
 A) 2,2,7,7-tetrametil-octano.
 B) 3,3,4,4-tetrametil-hexano.
 C) 2,2,5,5-tetrametil-hexano.
 D) 3,3,6,6-tetrametil-octano.
 E) 2,2,4,4-tetrametil-hexano.
Resposta: B
2015- Reações Orgânicas
 Nucleófilos (Nu-) são bases de Lewis que reagem com haletos de alquila, por
meio de uma reação chamada substituição nucleofílica (SN), como mostrado
no esquema:
 R-X + Nu- → R-Nu + X- (R=grupo alquila e X=halogênio)
 A reação de SN, entre metóxido de sódio (Nu- = CH3O-) e brometo de metila
fornece um composto orgânico pertencente à função
 A.éter.
 B.éster.
 C.álcool.
 D.haleto.
 E.hidrocarboneto.
Resposta: A
2015- Reações Orgânicas
 A química verde permite o desenvolvimento tecnológico com danos reduzidos
ao meio ambiente, e encontrar rotas limpas tem sido um grande desafio.
Considere duas rotas diferentes utilizadas para a obtenção de ácido adípico,
um insumo muito importante para a indústria têxtil e de plastificantes.
 Que fator contribui positivamente para que a segunda rota de síntese seja
verde em comparação à primeira?
 A) Etapa única na síntese.
 B) Obtenção do produto puro.
 C) Ausência de reagentes oxidantes.
 D) Ausência de elementos metálicos no processo
 E) Gasto de energia nulo na separação do produto.
2012- Reação Orgânica
 A própolis é um produto natural conhecido por suas propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes. Esse
material contém mais de 200 compostos identificados até o momento. Dentre eles, alguns são de
estrutura simples, como é o caso do C6H5CO2CH2CH3, cuja estrutura está mostrada a seguir.
 O ácido carboxílico e o álcool capazes de produzir o éster em apreço por meio da reação de
esterificação são, respectivamente,

 a) ácido benzoico e etanol.
 b) ácido propanoico e hexanol.
 c) ácido fenilacético e metanol.
 d) ácido propiônico e cicloexanol.
 e) ácido acético e álcool benzílico.
Resposta: A
2011- Reação Orgânica
 A bile é produzida pelo fígado, armazenada na vesícula biliar e tem papel fundamental na digestão de lipídeos. Os
sais biliares são esteroides sintetizados no fígado a partir do colesterol, e sua rota de síntese envolve várias etapas.
Partindo do ácido cólico representado na figura, ocorre a formação dos ácidos glicólico e taurocólico; o prefixo
glico- significa a presença de um resíduo do aminoácido glicina e o prefixo tauro-, do aminoácido taurina.

 UCKO, D. A. Química para as Ciências da Saúde: uma Introdução à Química Geral,
 Orgânica e Biológica. São Paulo: Manole,1992 (adaptado).
 A combinação entre o ácido cólico e a glicina ou taurina origina a função amida, formada pela reação entre o
grupo amina desses aminoácidos e o grupo

 a) carboxila do ácido cólico.
 b) aldeído do ácido cólico.
 c) hidroxila do ácido cólico.
 d) cetona do ácido cólico.
 e) éster do ácido cólico.
 Resposta: A
2015- Reação Orgânica
 O permanganato de potássio (KMnO4) é um agente oxidante forte muito
empregado tanto em nível laboratorial quanto industrial. Na oxidação de
alcenos de cadeia normal, como 1-fenil-1-propeno, ilustrado na figura, KMnO4
é utilizado para a produção de ácidos carboxílicos.
 Os produtos obtidos na oxidação do alceno representado, em solução aquosa
de KMnO4, são:
 A) Ácido benzoico e ácido etanoico.
 B) Ácido benzoico e ácido propanoico.
 C) Ácido etanoico e ácido 2-feniletanoico.
 D) Ácido 2-feniletanoico e ácido metanoico.
 E) Ácido 2-feniletanoico e ácido propanoico.
 Resposta: A
2012- Reação Orgânica
 O benzeno é um hidrocarboneto aromático presente no petróleo, no carvão e em condensados de gás
natural. Seus metabólitos são altamente tóxicos e se depositam na medula óssea e nos tecidos
gordurosos. O limite de exposição pode causar anemia, câncer (leucemia) e distúrbios do
comportamento. Em termos de reatividade química, quando um eletrófilo se liga ao benzeno, ocorre
a formação de um intermediário, o carbocátion. Por fim, ocorre a adição ou substituição eletrofílica.
 Com base no texto e no gráfico do progresso da reação apresentada, as estruturas químicas
encontradas em I, II e III são, respectivamente:
2012
Resposta: A
2010- Reação Orgânica
 Os pesticidas modernos são divididos em várias classes, entre as quais se destacam os
organofosforados, materiais que apresentam efeito tóxico agudo para os seres humanos. Esses
pesticidas contêm um átomo central de fósforo ao qual estão ligados outros átomos ou grupo de
átomos como oxigênio, enxofre, grupos metoxi ou etoxi, ou um radical orgânico de cadeia longa. Os
organofosforados são divididos em três subclasses: Tipo A, na qual o enxofre não se incorpora na
molécula; Tipo B, na qual o oxigênio, que faz dupla ligação com fósforo, é substituído pelo
enxofre; e Tipo C, no qual dois oxigênios são substituídos por enxofre.
 BAIRD, C. Química Ambiental. Bookman, 2005.

 Um exemplo de pesticida organofosforado Tipo B, que apresenta grupo etoxi em sua fórmula
estrutural, está representado em:

Resposta: E

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Metabolismo energético celular 2012.2
Metabolismo energético celular 2012.2Metabolismo energético celular 2012.2
Metabolismo energético celular 2012.2samilede
 
Aula 2 1 s_introdução á biologia_ fev-2012 - cópia
Aula 2 1 s_introdução á biologia_ fev-2012 - cópiaAula 2 1 s_introdução á biologia_ fev-2012 - cópia
Aula 2 1 s_introdução á biologia_ fev-2012 - cópiaIonara Urrutia Moura
 
Aulao quimica geografia -energia
Aulao quimica geografia -energiaAulao quimica geografia -energia
Aulao quimica geografia -energiaFábio Oisiovici
 
Livro de bioquímica cap. 1 - 3
Livro de bioquímica cap. 1 - 3Livro de bioquímica cap. 1 - 3
Livro de bioquímica cap. 1 - 3Felipe Cavalcante
 
Bioquimica Carboidratos, LipíDeos E ProteíNa
Bioquimica Carboidratos, LipíDeos E ProteíNaBioquimica Carboidratos, LipíDeos E ProteíNa
Bioquimica Carboidratos, LipíDeos E ProteíNaeducacao f
 
Metabolismo energético celular 2012
Metabolismo energético celular 2012Metabolismo energético celular 2012
Metabolismo energético celular 2012samilede
 
Simulado 1ºAno- 2° Dia
Simulado 1ºAno- 2° DiaSimulado 1ºAno- 2° Dia
Simulado 1ºAno- 2° DiaDanielly26
 
Aula1bioquíMica
Aula1bioquíMicaAula1bioquíMica
Aula1bioquíMicaguest927391
 
Ficha De Trabalho BiomoléCulas
Ficha De Trabalho BiomoléCulasFicha De Trabalho BiomoléCulas
Ficha De Trabalho BiomoléCulasguestdc4752
 
Para 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTRE
Para 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTREPara 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTRE
Para 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTREMayara Bonifácio Rosa
 

Mais procurados (15)

Curso trat-esgoto capitulo-4
Curso trat-esgoto capitulo-4Curso trat-esgoto capitulo-4
Curso trat-esgoto capitulo-4
 
Metabolismo energético celular 2012.2
Metabolismo energético celular 2012.2Metabolismo energético celular 2012.2
Metabolismo energético celular 2012.2
 
Aula 2 1 s_introdução á biologia_ fev-2012 - cópia
Aula 2 1 s_introdução á biologia_ fev-2012 - cópiaAula 2 1 s_introdução á biologia_ fev-2012 - cópia
Aula 2 1 s_introdução á biologia_ fev-2012 - cópia
 
Aulao quimica geografia -energia
Aulao quimica geografia -energiaAulao quimica geografia -energia
Aulao quimica geografia -energia
 
Livro de bioquímica cap. 1 - 3
Livro de bioquímica cap. 1 - 3Livro de bioquímica cap. 1 - 3
Livro de bioquímica cap. 1 - 3
 
Bioquimica Carboidratos, LipíDeos E ProteíNa
Bioquimica Carboidratos, LipíDeos E ProteíNaBioquimica Carboidratos, LipíDeos E ProteíNa
Bioquimica Carboidratos, LipíDeos E ProteíNa
 
Biologicos (atual)
Biologicos (atual)Biologicos (atual)
Biologicos (atual)
 
Metabolismo energético celular 2012
Metabolismo energético celular 2012Metabolismo energético celular 2012
Metabolismo energético celular 2012
 
Simulado 1ºAno- 2° Dia
Simulado 1ºAno- 2° DiaSimulado 1ºAno- 2° Dia
Simulado 1ºAno- 2° Dia
 
Simlado 01
Simlado 01Simlado 01
Simlado 01
 
Catálise Assimétrica Heterogênea
Catálise Assimétrica HeterogêneaCatálise Assimétrica Heterogênea
Catálise Assimétrica Heterogênea
 
Aula1bioquíMica
Aula1bioquíMicaAula1bioquíMica
Aula1bioquíMica
 
Ficha De Trabalho BiomoléCulas
Ficha De Trabalho BiomoléCulasFicha De Trabalho BiomoléCulas
Ficha De Trabalho BiomoléCulas
 
A composição química dos seres vivos
A composição química dos seres vivosA composição química dos seres vivos
A composição química dos seres vivos
 
Para 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTRE
Para 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTREPara 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTRE
Para 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTRE
 

Semelhante a Turma avançada - Química Orgânica

Exercicio de funcoes organicas
Exercicio de funcoes organicasExercicio de funcoes organicas
Exercicio de funcoes organicasEstude Mais
 
Lista de recuperação 3 em
Lista de recuperação 3 emLista de recuperação 3 em
Lista de recuperação 3 emAri Moreira
 
Lista de exercícios_de_química
Lista de exercícios_de_químicaLista de exercícios_de_química
Lista de exercícios_de_químicaRonnie Ederli
 
Simulado Enem Química nº 4 - 2012
Simulado Enem Química nº 4 - 2012Simulado Enem Química nº 4 - 2012
Simulado Enem Química nº 4 - 2012Maiquel Vieira
 
Lista de exercícios 3
Lista de exercícios   3Lista de exercícios   3
Lista de exercícios 3137jackson
 
Exercicios quimica funcoes_organicas_gabarito_resolucao.docx
Exercicios quimica funcoes_organicas_gabarito_resolucao.docxExercicios quimica funcoes_organicas_gabarito_resolucao.docx
Exercicios quimica funcoes_organicas_gabarito_resolucao.docxEscola Pública/Particular
 
Exercicios quimica funcoes organicas gabarito resolucao
Exercicios quimica funcoes organicas gabarito resolucaoExercicios quimica funcoes organicas gabarito resolucao
Exercicios quimica funcoes organicas gabarito resolucaoJonas Santos
 
METABOLISMO ENERGETICO - FOTOSSINTESE.pptx
METABOLISMO ENERGETICO - FOTOSSINTESE.pptxMETABOLISMO ENERGETICO - FOTOSSINTESE.pptx
METABOLISMO ENERGETICO - FOTOSSINTESE.pptxAugustoBraga5
 
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabaritoBiologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabaritoIonara Urrutia Moura
 
Exercícios de recuperação do 3º ano 1º bim
Exercícios de recuperação do 3º ano 1º bimExercícios de recuperação do 3º ano 1º bim
Exercícios de recuperação do 3º ano 1º bimblogprofbento
 
Trabalhos de química
Trabalhos de químicaTrabalhos de química
Trabalhos de químicaManuelaLins2
 

Semelhante a Turma avançada - Química Orgânica (20)

Exercicio de funcoes organicas
Exercicio de funcoes organicasExercicio de funcoes organicas
Exercicio de funcoes organicas
 
Lista de exercícios 1º bimestre.doc caryna
Lista de exercícios 1º bimestre.doc carynaLista de exercícios 1º bimestre.doc caryna
Lista de exercícios 1º bimestre.doc caryna
 
Lista de recuperação 3 em
Lista de recuperação 3 emLista de recuperação 3 em
Lista de recuperação 3 em
 
Revisao vieira
Revisao vieiraRevisao vieira
Revisao vieira
 
Lista de exercícios_de_química
Lista de exercícios_de_químicaLista de exercícios_de_química
Lista de exercícios_de_química
 
Simulado Enem Química nº 4 - 2012
Simulado Enem Química nº 4 - 2012Simulado Enem Química nº 4 - 2012
Simulado Enem Química nº 4 - 2012
 
Quimica Feijão
Quimica FeijãoQuimica Feijão
Quimica Feijão
 
Isomeria
IsomeriaIsomeria
Isomeria
 
Lista de exercícios 3
Lista de exercícios   3Lista de exercícios   3
Lista de exercícios 3
 
Reações Orgânicas
Reações OrgânicasReações Orgânicas
Reações Orgânicas
 
Simulado 2 ciências
Simulado 2 ciênciasSimulado 2 ciências
Simulado 2 ciências
 
Estudos3
Estudos3Estudos3
Estudos3
 
Lista termoquímica
Lista termoquímicaLista termoquímica
Lista termoquímica
 
Exercicios quimica funcoes_organicas_gabarito_resolucao.docx
Exercicios quimica funcoes_organicas_gabarito_resolucao.docxExercicios quimica funcoes_organicas_gabarito_resolucao.docx
Exercicios quimica funcoes_organicas_gabarito_resolucao.docx
 
Exercicios quimica funcoes organicas gabarito resolucao
Exercicios quimica funcoes organicas gabarito resolucaoExercicios quimica funcoes organicas gabarito resolucao
Exercicios quimica funcoes organicas gabarito resolucao
 
METABOLISMO ENERGETICO - FOTOSSINTESE.pptx
METABOLISMO ENERGETICO - FOTOSSINTESE.pptxMETABOLISMO ENERGETICO - FOTOSSINTESE.pptx
METABOLISMO ENERGETICO - FOTOSSINTESE.pptx
 
Estudos independentes3
Estudos independentes3Estudos independentes3
Estudos independentes3
 
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabaritoBiologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
 
Exercícios de recuperação do 3º ano 1º bim
Exercícios de recuperação do 3º ano 1º bimExercícios de recuperação do 3º ano 1º bim
Exercícios de recuperação do 3º ano 1º bim
 
Trabalhos de química
Trabalhos de químicaTrabalhos de química
Trabalhos de química
 

Mais de Karol Maia

Cinética parte ii
Cinética parte iiCinética parte ii
Cinética parte iiKarol Maia
 
Cinética parte I
Cinética parte ICinética parte I
Cinética parte IKarol Maia
 
Notações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tiposNotações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tiposKarol Maia
 
Questões Química Orgânica
Questões Química OrgânicaQuestões Química Orgânica
Questões Química OrgânicaKarol Maia
 
Equilibrio Químico 3o ano
Equilibrio Químico 3o anoEquilibrio Químico 3o ano
Equilibrio Químico 3o anoKarol Maia
 
Quimica inorgânica ácidosbases (9o ano)
Quimica inorgânica ácidosbases (9o ano)Quimica inorgânica ácidosbases (9o ano)
Quimica inorgânica ácidosbases (9o ano)Karol Maia
 
Petroleo hidrocarbonetos
Petroleo hidrocarbonetosPetroleo hidrocarbonetos
Petroleo hidrocarbonetosKarol Maia
 
Trabalho elementos químicos
Trabalho elementos químicosTrabalho elementos químicos
Trabalho elementos químicosKarol Maia
 
Trabalho elementos químicos
Trabalho elementos químicosTrabalho elementos químicos
Trabalho elementos químicosKarol Maia
 
Lista ciencias 9oano_karol_2bim
Lista ciencias 9oano_karol_2bimLista ciencias 9oano_karol_2bim
Lista ciencias 9oano_karol_2bimKarol Maia
 
Entalpia de formação e energia de ligação (2 ano)
Entalpia de formação e energia de ligação (2 ano)Entalpia de formação e energia de ligação (2 ano)
Entalpia de formação e energia de ligação (2 ano)Karol Maia
 
Tabela periódica
Tabela periódicaTabela periódica
Tabela periódicaKarol Maia
 
Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)Karol Maia
 
Estudo dirigido
Estudo dirigidoEstudo dirigido
Estudo dirigidoKarol Maia
 
Notações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tiposNotações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tiposKarol Maia
 
Lista de exercícios 9oano
Lista de exercícios 9oanoLista de exercícios 9oano
Lista de exercícios 9oanoKarol Maia
 
Métodos de separação de misturas
Métodos de separação de misturasMétodos de separação de misturas
Métodos de separação de misturasKarol Maia
 

Mais de Karol Maia (20)

Ligações
LigaçõesLigações
Ligações
 
Cinética parte ii
Cinética parte iiCinética parte ii
Cinética parte ii
 
Cinética parte I
Cinética parte ICinética parte I
Cinética parte I
 
Notações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tiposNotações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tipos
 
Questões Química Orgânica
Questões Química OrgânicaQuestões Química Orgânica
Questões Química Orgânica
 
Equilibrio Químico 3o ano
Equilibrio Químico 3o anoEquilibrio Químico 3o ano
Equilibrio Químico 3o ano
 
Quimica inorgânica ácidosbases (9o ano)
Quimica inorgânica ácidosbases (9o ano)Quimica inorgânica ácidosbases (9o ano)
Quimica inorgânica ácidosbases (9o ano)
 
Petroleo hidrocarbonetos
Petroleo hidrocarbonetosPetroleo hidrocarbonetos
Petroleo hidrocarbonetos
 
Trabalho elementos químicos
Trabalho elementos químicosTrabalho elementos químicos
Trabalho elementos químicos
 
Trabalho elementos químicos
Trabalho elementos químicosTrabalho elementos químicos
Trabalho elementos químicos
 
Lista ciencias 9oano_karol_2bim
Lista ciencias 9oano_karol_2bimLista ciencias 9oano_karol_2bim
Lista ciencias 9oano_karol_2bim
 
Entalpia de formação e energia de ligação (2 ano)
Entalpia de formação e energia de ligação (2 ano)Entalpia de formação e energia de ligação (2 ano)
Entalpia de formação e energia de ligação (2 ano)
 
Tabela periódica
Tabela periódicaTabela periódica
Tabela periódica
 
Balanceamento
BalanceamentoBalanceamento
Balanceamento
 
Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)
 
Estudo dirigido
Estudo dirigidoEstudo dirigido
Estudo dirigido
 
Notações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tiposNotações reações químicas- tipos
Notações reações químicas- tipos
 
Lista de exercícios 9oano
Lista de exercícios 9oanoLista de exercícios 9oano
Lista de exercícios 9oano
 
Materiais
MateriaisMateriais
Materiais
 
Métodos de separação de misturas
Métodos de separação de misturasMétodos de separação de misturas
Métodos de separação de misturas
 

Último

Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaREGIANELAURALOUREIRO1
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfGisellySobral
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialDouglasVasconcelosMa
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfprofesfrancleite
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfAnaAugustaLagesZuqui
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................mariagrave
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...WelitaDiaz1
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaCentro Jacques Delors
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoVitor Vieira Vasconcelos
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivararambomarcos
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMary Alvarenga
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Centro Jacques Delors
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 

Último (20)

Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 

Turma avançada - Química Orgânica

  • 2.
  • 3.
  • 4. CONTEÚDOS:  Funções orgânicas  Reações orgânicas  Polímero  Isomeria
  • 5. 2012- Grupo Funcional  A produção mundial de alimentos poderia se reduzir a 40% da atual sem a aplicação de controle sobre as pragas agrícolas. Por outro lado, o uso frequente dos agrotóxicos pode causar contaminação em solos, águas superficiais e subterrâneas, atmosfera e alimentos. Os biopesticidas, tais como a piretrina e a coronopilina, têm sido uma alternativa na diminuição dos prejuízos econômicos, sociais e ambientais gerados pelos agrotóxicos.  Identifique as funções orgânicas presentes simultaneamente nas estruturas dos dois biopesticidas apresentados:   a) Éter e éster.  b) Cetona e éster.  c) Álcool e cetona.  d) Aldeído e cetona.  e) Éter e ácido carboxílico.  Resposta: B
  • 6. 2015- Grupo Funcional  Uma forma de organização de um sistema biológico é a presença de sinais diversos utilizados pelos indivíduos para se comunicarem. No caso das abelhas da espécie Apis mellifera, os sinais utilizados podem ser feromônios. Para saírem e voltarem de suas colméias, usam um feromônio que indica a trilha percorrida por elas (Composto A). Quando pressentem o perigo, expelem um feromônio de alarme (Composto B), que serve de sinal para um combate coletivo. O que diferencia cada um desses sinais utilizados pelas abelhas são as estruturas e funções orgânicas dos feromônios.  As funções orgânicas que caracterizam os feromônios de trilha e de alarme são, respectivamente,  a) álcool e éster.  b) aldeído e cetona.  c) éter e hidrocarboneto.  d) enol e ácido carboxílico.  e) ácido carboxílico e amida.
  • 7. 2013- Características dos compostos orgânicos  As moléculas de nanoputians lembram figuras humanas e foram criadas para estimular o interesse de jovens na compreensão da linguagem expressa em fórmulas estruturais, muito usadas em química orgânica. Um exemplo é o NanoKid, representado na figura:   CHANTEAU, S. H. TOUR. J.M. The Journal of Organic Chemistry, v. 68, n. 23. 2003 (adaptado).   Em que parte do corpo do NanoKid existe carbono quaternário?   a) Mãos.  b) Cabeça.  c) Tórax.  d) Abdômen.  e) Pés. Resposta: A
  • 8. 2012- Características dos compostos orgânicos  O armazenamento de certas vitaminas no organismo apresenta grande dependência de sua solubilidade. Por exemplo, vitaminas hidrossolúveis devem ser incluídas na dieta diária, enquanto vitaminas lipossolúveis são armazenadas em quantidades suficientes para evitar doenças causadas pela sua carência. A seguir são apresentadas as estruturas químicas de cinco vitaminas necessárias ao organismo. Dentre as vitaminas apresentadas na figura, aquela que necessita de maior suplementação diária é   a) I.  b) II.  c) III.  d) IV.  e) V. Resposta: C
  • 9. 2013- Características dos compostos orgânicos + Isomeria  O citral, substância de odor fortemente cítrico, é obtido a partir de algumas plantas como o capim- limão, cujo óleo essencial possui aproximadamente 80%, em massa, da substância. Uma de suas aplicações é na fabricação de produtos que atraem abelhas, especialmente do gênero Apis, pois seu cheiro é semelhante a um dos feromônios liberados par elas. Sua fórmula molecular é C10H16O, com uma cadeia alifática de oito carbonos, duas insaturações, nos carbonos 2 e 6 e dois grupos substituintes metila, nos carbonos 3 e 7. O citral possui dois isômeros geométricos, sendo o trans o que mais contribui para o forte odor.  Para que se consiga atrair um maior número de abelhas para uma determinada região, a molécula que deve estar presente em alta concentração no produto a ser utilizado é:
  • 11. 2015 - Isomeria  Os feromônios são substâncias utilizadas na comunicação entre indivíduos de uma espécie. O primeiro feromônio isolado de um inseto foi o bombicol, substância produzida pela mariposa do bicho-de-seda.  O uso de ações de controle de insetos-praga está de acordo com o modelo preconizado para a agricultura do futuro. São agentes altamente específicos e seus compostos químicos podem ser empregados em determinados cultivos, conforme ilustrado no quadro.  Considerando essas estruturas químicas, o tipo de esteroisomeria apresentada pelo bombicol é também apresentada pelo feromônio utilizado no controle do inseto
  • 12. A.Sitophilus spp. B.Migdolus fryanus. C.Anthonomus rubi. D.Grapholita molesta. E. Scrobipalpuloides absoluta. Resposta: E
  • 13. 2014- Características dos compostos orgânicos + Isomeria  O estudo dos compostos orgânicos permite aos analistas definir propriedades físicas e químicas responsáveis pelas características de cada substância descoberta. Um laboratório investiga substâncias quirais cuja cadeia carbônica seja insaturada, heterogênea e ramificada. A fórmula que se enquadra nas características da molécula investigada é: Resposta: B
  • 14. 2013- Reações Orgânicas  O uso de embalagens plásticas descartáveis vem crescendo em todo o mundo, juntamente com o problema ambiental gerado por seu descarte inapropriado. O politereftalato de etileno (PET), cuja estrutura é mostrada tem sido muito utilizado na indústria de refrigerantes e pode ser reciclado e reutilizado. Uma das opções possíveis envolve a produção de matérias-primas, como o etilenoglicol (1,2-etanodiol), a partir de objetos compostos de PET pós-consumo.  Com base nas informações do texto, uma alternativa para a obtenção de etilenoglicol a partir do PET é a   a) solubilização dos objetos.  b) combustão dos objetos.  c) trituração dos objetos.  d) hidrólise dos objetos.  e) fusão dos objetos. Resposta: D
  • 15. 2013- Reações Orgânicas  O glifosato (C3H8NO5P) é um herbicida pertencente ao grupo químico das glicinas, classificado como não seletivo. Esse composto possui os grupos funcionais carboxilato, amino e fosfonato. A degradação do glifosato no solo é muito rápida e realizada por grande variedade de microrganismos, que usam o produto como fonte de energia e fósforo. Os produtos da degradação são o ácido aminometilfosfônico (AMPA) e o N-metilglicina (sarcosina):  A partir do texto e dos produtos de degradação apresentados, a estrutura química que representa o glifosato é:   
  • 17. 2014- Reações Orgânicas  Com o objetivo de substituir as sacolas de polietileno, alguns supermercados têm utilizado um novo tipo de plástico ecológico, que apresenta em sua composição amido de milho e uma resina termoplástica obtida a partir de uma fonte petroquímica.  Nesses plásticos a fragmentação da resina polimérica é facilitada porque os carboidratos presentes Resposta: D
  • 18. 2015- Reações Orgânicas  Hidrocarbonetos podem ser obtidos em laboratório por descarboxilação oxidativa anódica, processo conhecido como eletrossíntese de Kolbe. Essa reação é utilizada na síntese de hidrocarbonetos diversos, a partir de óleos vegetais, os quais podem ser empregados como fontes alternativas de energia, em substituição aos hidrocarbonetos fósseis. O esquema ilustra simplificadamente esse processo.  Com base nesse processo, o hidrocarboneto produzido na eletrólise do ácido 3,3- dimetil-butanoico é o  A) 2,2,7,7-tetrametil-octano.  B) 3,3,4,4-tetrametil-hexano.  C) 2,2,5,5-tetrametil-hexano.  D) 3,3,6,6-tetrametil-octano.  E) 2,2,4,4-tetrametil-hexano. Resposta: B
  • 19. 2015- Reações Orgânicas  Nucleófilos (Nu-) são bases de Lewis que reagem com haletos de alquila, por meio de uma reação chamada substituição nucleofílica (SN), como mostrado no esquema:  R-X + Nu- → R-Nu + X- (R=grupo alquila e X=halogênio)  A reação de SN, entre metóxido de sódio (Nu- = CH3O-) e brometo de metila fornece um composto orgânico pertencente à função  A.éter.  B.éster.  C.álcool.  D.haleto.  E.hidrocarboneto. Resposta: A
  • 20. 2015- Reações Orgânicas  A química verde permite o desenvolvimento tecnológico com danos reduzidos ao meio ambiente, e encontrar rotas limpas tem sido um grande desafio. Considere duas rotas diferentes utilizadas para a obtenção de ácido adípico, um insumo muito importante para a indústria têxtil e de plastificantes.  Que fator contribui positivamente para que a segunda rota de síntese seja verde em comparação à primeira?  A) Etapa única na síntese.  B) Obtenção do produto puro.  C) Ausência de reagentes oxidantes.  D) Ausência de elementos metálicos no processo  E) Gasto de energia nulo na separação do produto.
  • 21. 2012- Reação Orgânica  A própolis é um produto natural conhecido por suas propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes. Esse material contém mais de 200 compostos identificados até o momento. Dentre eles, alguns são de estrutura simples, como é o caso do C6H5CO2CH2CH3, cuja estrutura está mostrada a seguir.  O ácido carboxílico e o álcool capazes de produzir o éster em apreço por meio da reação de esterificação são, respectivamente,   a) ácido benzoico e etanol.  b) ácido propanoico e hexanol.  c) ácido fenilacético e metanol.  d) ácido propiônico e cicloexanol.  e) ácido acético e álcool benzílico. Resposta: A
  • 22. 2011- Reação Orgânica  A bile é produzida pelo fígado, armazenada na vesícula biliar e tem papel fundamental na digestão de lipídeos. Os sais biliares são esteroides sintetizados no fígado a partir do colesterol, e sua rota de síntese envolve várias etapas. Partindo do ácido cólico representado na figura, ocorre a formação dos ácidos glicólico e taurocólico; o prefixo glico- significa a presença de um resíduo do aminoácido glicina e o prefixo tauro-, do aminoácido taurina.   UCKO, D. A. Química para as Ciências da Saúde: uma Introdução à Química Geral,  Orgânica e Biológica. São Paulo: Manole,1992 (adaptado).  A combinação entre o ácido cólico e a glicina ou taurina origina a função amida, formada pela reação entre o grupo amina desses aminoácidos e o grupo   a) carboxila do ácido cólico.  b) aldeído do ácido cólico.  c) hidroxila do ácido cólico.  d) cetona do ácido cólico.  e) éster do ácido cólico.  Resposta: A
  • 23. 2015- Reação Orgânica  O permanganato de potássio (KMnO4) é um agente oxidante forte muito empregado tanto em nível laboratorial quanto industrial. Na oxidação de alcenos de cadeia normal, como 1-fenil-1-propeno, ilustrado na figura, KMnO4 é utilizado para a produção de ácidos carboxílicos.  Os produtos obtidos na oxidação do alceno representado, em solução aquosa de KMnO4, são:  A) Ácido benzoico e ácido etanoico.  B) Ácido benzoico e ácido propanoico.  C) Ácido etanoico e ácido 2-feniletanoico.  D) Ácido 2-feniletanoico e ácido metanoico.  E) Ácido 2-feniletanoico e ácido propanoico.  Resposta: A
  • 24. 2012- Reação Orgânica  O benzeno é um hidrocarboneto aromático presente no petróleo, no carvão e em condensados de gás natural. Seus metabólitos são altamente tóxicos e se depositam na medula óssea e nos tecidos gordurosos. O limite de exposição pode causar anemia, câncer (leucemia) e distúrbios do comportamento. Em termos de reatividade química, quando um eletrófilo se liga ao benzeno, ocorre a formação de um intermediário, o carbocátion. Por fim, ocorre a adição ou substituição eletrofílica.  Com base no texto e no gráfico do progresso da reação apresentada, as estruturas químicas encontradas em I, II e III são, respectivamente:
  • 26. 2010- Reação Orgânica  Os pesticidas modernos são divididos em várias classes, entre as quais se destacam os organofosforados, materiais que apresentam efeito tóxico agudo para os seres humanos. Esses pesticidas contêm um átomo central de fósforo ao qual estão ligados outros átomos ou grupo de átomos como oxigênio, enxofre, grupos metoxi ou etoxi, ou um radical orgânico de cadeia longa. Os organofosforados são divididos em três subclasses: Tipo A, na qual o enxofre não se incorpora na molécula; Tipo B, na qual o oxigênio, que faz dupla ligação com fósforo, é substituído pelo enxofre; e Tipo C, no qual dois oxigênios são substituídos por enxofre.  BAIRD, C. Química Ambiental. Bookman, 2005.   Um exemplo de pesticida organofosforado Tipo B, que apresenta grupo etoxi em sua fórmula estrutural, está representado em: 