SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Escola Secundária de Rocha Peixoto Organização e Desenvolvimento Desportivo Curso Tecnológico de Desporto Trissomia 21  Trabalho realizado por: ,[object Object]
 Rafael Paço, nº18;
 Ricardo Sá, nº19;
 Tiago Oliveira, nº22.Professor: Luís Marinho Póvoa de Varzim, 22 de Fevereiro de 2011
O que é a trissomia 21? A Trissomia 21, também conhecida por Síndrome de Down é um atraso no desenvolvimento e esta é a anomalia cromossómica mais comum. Esta anomalia consiste na existência de  3 cromossomas no par 21, em vez de dois, fazendo um total de 47 cromossomas ao invés de 46 o que seria de esperar.  Esta anomalia ocorre na fecundação durante os primeiros estádios do embrião.
Quais as causas que desenvolvem esta anomalia?  Existe algumas causas que provocam o desenvolvimento desta anomalia, que são as seguintes:  ,[object Object]
 Mulheres com mais  de 35 anos de idades (a partir desta idade são mais o número de casos);
 As pessoas  com esta anomalia, têm uma esperança de vida menor, uma vez que desenvolvem condições degenerativas da velhice precocemente;
 No entanto caso existam pessoas  na família com esta anomalia ter-se-á que ter em atenção.
Relação idade/desenvolvimento da trissomia 21 Depois dos 35 anos  9 : 1000  Antes dos 35 anos  1 : 1000
Outros problemas? Muitas das crianças com Trissomia 21 apresentam alguns dos seguintes problemas: ,[object Object]
Ouvidos (otites serosas);
Olhos (miopia, estrabismo, nistagmo e cataratas);
Tônus muscular e hérnias;

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Síndrome de Down
Síndrome de DownSíndrome de Down
Síndrome de Down
Harry Niger
 
Síndrome de cri du-chat(síndrome do miado do gato) - trabalho de biologia - o...
Síndrome de cri du-chat(síndrome do miado do gato) - trabalho de biologia - o...Síndrome de cri du-chat(síndrome do miado do gato) - trabalho de biologia - o...
Síndrome de cri du-chat(síndrome do miado do gato) - trabalho de biologia - o...
Matheus Baldoino
 
Síndrome de down
Síndrome de down Síndrome de down
Síndrome de down
Fisioterapeuta
 
Hermi Down(2)
Hermi Down(2)Hermi Down(2)
Hermi Down(2)
lane
 

Mais procurados (20)

Sindrome De Downn
Sindrome De DownnSindrome De Downn
Sindrome De Downn
 
Trissomia 21 - aspetos médicos, psicológicos e sociais
Trissomia 21 - aspetos médicos, psicológicos e sociaisTrissomia 21 - aspetos médicos, psicológicos e sociais
Trissomia 21 - aspetos médicos, psicológicos e sociais
 
Síndrome
 Síndrome Síndrome
Síndrome
 
GRUPO E – SÍNDROME DE DOWN
GRUPO E – SÍNDROME DE DOWNGRUPO E – SÍNDROME DE DOWN
GRUPO E – SÍNDROME DE DOWN
 
Slide -Sindrome de Down
Slide -Sindrome de DownSlide -Sindrome de Down
Slide -Sindrome de Down
 
Síndrome de down - Seminário de Biologia Celular e Molecular
Síndrome de down - Seminário de Biologia Celular e MolecularSíndrome de down - Seminário de Biologia Celular e Molecular
Síndrome de down - Seminário de Biologia Celular e Molecular
 
Síndrome de edwards
Síndrome de edwardsSíndrome de edwards
Síndrome de edwards
 
Síndrome de Down - Revisão
Síndrome de Down - RevisãoSíndrome de Down - Revisão
Síndrome de Down - Revisão
 
Trissomia 21
Trissomia 21Trissomia 21
Trissomia 21
 
Síndrome de Down
Síndrome de DownSíndrome de Down
Síndrome de Down
 
Síndrome de cri du-chat(síndrome do miado do gato) - trabalho de biologia - o...
Síndrome de cri du-chat(síndrome do miado do gato) - trabalho de biologia - o...Síndrome de cri du-chat(síndrome do miado do gato) - trabalho de biologia - o...
Síndrome de cri du-chat(síndrome do miado do gato) - trabalho de biologia - o...
 
Síndrome de Edwards
Síndrome de EdwardsSíndrome de Edwards
Síndrome de Edwards
 
Sindrome de down
Sindrome de downSindrome de down
Sindrome de down
 
Síndrome de down
Síndrome de down Síndrome de down
Síndrome de down
 
Síndrome de down power point
Síndrome de down power pointSíndrome de down power point
Síndrome de down power point
 
Hermi Down(2)
Hermi Down(2)Hermi Down(2)
Hermi Down(2)
 
Síndrome de patau
Síndrome de patauSíndrome de patau
Síndrome de patau
 
Síndrome de Down
Síndrome de DownSíndrome de Down
Síndrome de Down
 
Síndrome de patau
Síndrome de patauSíndrome de patau
Síndrome de patau
 
Síndrome de Patau
Síndrome de PatauSíndrome de Patau
Síndrome de Patau
 

Semelhante a Trissomia 21

Trissomia21 diferenças
Trissomia21 diferençasTrissomia21 diferenças
Trissomia21 diferenças
ausendanunes
 
Síndrome cri - du - chat
 Síndrome  cri - du - chat Síndrome  cri - du - chat
Síndrome cri - du - chat
Jessica Oyie
 
Síndrome cri du-chat
Síndrome cri du-chatSíndrome cri du-chat
Síndrome cri du-chat
Thiago Samuel
 
Sindromedown Grupo F Rs 01
Sindromedown Grupo F Rs 01Sindromedown Grupo F Rs 01
Sindromedown Grupo F Rs 01
marlidf
 

Semelhante a Trissomia 21 (20)

Trissomia21 diferenças
Trissomia21 diferençasTrissomia21 diferenças
Trissomia21 diferenças
 
Trissomia 21
Trissomia 21Trissomia 21
Trissomia 21
 
Trissomia 21
Trissomia 21Trissomia 21
Trissomia 21
 
Doenças geneticas sindromes
Doenças geneticas sindromesDoenças geneticas sindromes
Doenças geneticas sindromes
 
Doenças genéticas: Síndromes
Doenças genéticas: SíndromesDoenças genéticas: Síndromes
Doenças genéticas: Síndromes
 
Síndrome cri - du - chat
 Síndrome  cri - du - chat Síndrome  cri - du - chat
Síndrome cri - du - chat
 
Cartilhas de Saúde Movimento Down
Cartilhas de Saúde Movimento DownCartilhas de Saúde Movimento Down
Cartilhas de Saúde Movimento Down
 
Sindrome de-down everton
Sindrome de-down evertonSindrome de-down everton
Sindrome de-down everton
 
Sindrome de-down (1)
Sindrome de-down (1)Sindrome de-down (1)
Sindrome de-down (1)
 
Síndromes cromossômicas
Síndromes cromossômicasSíndromes cromossômicas
Síndromes cromossômicas
 
Síndrome cri du-chat
Síndrome cri du-chatSíndrome cri du-chat
Síndrome cri du-chat
 
Síndrome de down
Síndrome de down Síndrome de down
Síndrome de down
 
Síndrome de down 1 C
Síndrome de down 1 CSíndrome de down 1 C
Síndrome de down 1 C
 
Sindromedown Grupo F Rs 01
Sindromedown Grupo F Rs 01Sindromedown Grupo F Rs 01
Sindromedown Grupo F Rs 01
 
3 a sind.crom. - thiago et al.
3 a sind.crom. - thiago et al.3 a sind.crom. - thiago et al.
3 a sind.crom. - thiago et al.
 
[c7s] Desvendando doenças
[c7s] Desvendando doenças [c7s] Desvendando doenças
[c7s] Desvendando doenças
 
96 abordagem fisioterap-yutica_da_syndrome_de_down_em_crianyas
96 abordagem fisioterap-yutica_da_syndrome_de_down_em_crianyas96 abordagem fisioterap-yutica_da_syndrome_de_down_em_crianyas
96 abordagem fisioterap-yutica_da_syndrome_de_down_em_crianyas
 
Rafa
RafaRafa
Rafa
 
Rafa
RafaRafa
Rafa
 
Rafa e Vitor
Rafa e VitorRafa e Vitor
Rafa e Vitor
 

Trissomia 21

  • 1.
  • 4. Tiago Oliveira, nº22.Professor: Luís Marinho Póvoa de Varzim, 22 de Fevereiro de 2011
  • 5. O que é a trissomia 21? A Trissomia 21, também conhecida por Síndrome de Down é um atraso no desenvolvimento e esta é a anomalia cromossómica mais comum. Esta anomalia consiste na existência de 3 cromossomas no par 21, em vez de dois, fazendo um total de 47 cromossomas ao invés de 46 o que seria de esperar. Esta anomalia ocorre na fecundação durante os primeiros estádios do embrião.
  • 6.
  • 7. Mulheres com mais de 35 anos de idades (a partir desta idade são mais o número de casos);
  • 8. As pessoas com esta anomalia, têm uma esperança de vida menor, uma vez que desenvolvem condições degenerativas da velhice precocemente;
  • 9. No entanto caso existam pessoas na família com esta anomalia ter-se-á que ter em atenção.
  • 10. Relação idade/desenvolvimento da trissomia 21 Depois dos 35 anos 9 : 1000 Antes dos 35 anos 1 : 1000
  • 11.
  • 13. Olhos (miopia, estrabismo, nistagmo e cataratas);
  • 14. Tônus muscular e hérnias;
  • 16. Pele (seca e gretada);
  • 17.
  • 18. Como é feito o diagnóstico pós-natal? O diagnóstico da Síndrome de Down é estabelecido com base em uma série de sinais e sintomas, sendo posteriormente confirmado pelo estudo cromossómico. É importante salientar os seguintes aspectos: 1. Geralmente o paciente com Síndrome de Down apresenta diversas destas características, mas algumas vezes ele apresenta somente poucas delas. 2.Nenhuma delas é essencial e/ou suficiente para o diagnóstico. 3.Nenhuma criança tem todos os sinais e nenhum sinal isolado é patognomónico.
  • 19.
  • 20. Rosto redondo com bochechas gordinhas;
  • 21. Olhos que se inclinam para os cantos exteriores com dobras de pele a cobrirem os cantos interiores dos olhos;
  • 23. Alisamento da parte posterior da cabeça;
  • 24. Pele em excesso na parte posterior do pescoço;
  • 25.
  • 26. Anomalia no trajecto digestivo;
  • 28.
  • 29.
  • 33.
  • 34. As escolas no ensino especial, têm condições necessárias para a sua aprendizagem, para os alunos com esta anomalia;
  • 35. Os alunos com esta anomalia devem estar inseridas em turmas pequenas ou só com crianças que têm esta doença;
  • 36. Uma maneira de incentivar a aprendizagem é o uso do brinquedo e de jogos educativos, tornando a actividade interessante e com prazer;
  • 37.
  • 38. Nas escolas do ensino regular, na maioria não têm condições para colocar alunos com esta anomalia;
  • 39. No ensino fundamental, quando a criança deve aprender novos conteúdos escolares, na maioria das vezes as turmas das escolas regulares são grandes, não permitindo que o professor de uma atenção especializada ao aluno;
  • 40.