SlideShare uma empresa Scribd logo
LÍNGUA PORTUGUESA
Marcela Ferreira Apolônio
TEXTOS NORMATIVOS E LEGAIS
Textos Normativos
São textos que determinam normas e regras de procedimentos,
leis, deveres, obrigações e liberdades fundamentais.
As leis regulam a vida das pessoas nos diversos campos de ação
da vida.
Exemplo: na família, na escola, na região, no campo, etc.
Viver em sociedade significa seguir regras, não
é verdade?
Regras de como conviver com outras
pessoas.
Regras para se ter segurança no trânsito.
 Regras de como conseguir uma boa
nota ou regras escolares.
Formais ou informais, elas decidem
como nos comportamos e são
construídas por todos nós, como
sociedade.
EXEMPLOS DE TEXTOS NORMATIVOS
EXEMPLOS DE TEXTOS NORMATIVOS
REGULAMENTOS
REGRAS
MANDAMENTOS
NORMAS DE
FUNCIONAMENTO
CONDIÇÕES PARA PARTICIPAR DE
DETERMINADAS ATIVIDADES
INSTRUÇÕES DE
EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS
MANUAIS
RECEITAS
LEIS
Estrutura e organização do textos Normativos.
• Artigos;
• Capítulos;
• Seções.
TEXTO
Direitos dos Alunos
•Serem respeitados como pessoas humanas, seja qual for sua idade, gênero, religião ou condição social;
•Serem orientados por Educadores competentes e idôneos, no sentido de se formarem como pessoas nos termos do Projeto Pedagógico do Colégio;
•Usufruírem dos benefícios materiais, pedagógicos e ambientais oferecidos pelo Colégio, em conformidade com as necessidades próprias da sua etapa de desenvolvimento, nos termos do
Contrato de Prestação de Serviços assinado por eles ou por seu representante legal com o Colégio.
•São, ainda, direitos do Aluno todos aqueles direta ou indiretamente garantidos pelo Projeto Pedagógico do Colégio, pelo seu Regimento Interno e seus Anexos.
Os mesmos princípios que conferem estes direitos a cada Aluno estendem-se aos colegas e demais membros da Comunidade Educativa, gerando NORMAS DE CONVIVÊNCIA que têm
por objetivo o respeito dos direitos mútuos, de modo que a liberdade de cada um não termine onde começa a do outro, mas cresça no diálogo das diferenças, através da superação das
atitudes individualistas.
Destacamos algumas dessas Normas: Das Normas de Convivência
•Conviver em clima de respeito e diálogo com todos os elementos da comunidade educativa, independentemente de sua função;
•Conviver no mesmo clima de respeito e diálogo com todas as pessoas, quando em atividade escolar fora do Colégio;
•Ser pontual e assíduo no comparecimento às aulas e demais atividades promovidas pelo Colégio, em sua sede ou fora dela;
•Trajar-se adequadamente à atividade e ao local, visando a segurança e o respeito a si mesmo e aos demais, quando não houver prescrição de uniforme, portando sempre a identificação
escolar;
•Colaborar na conservação material e ambiental do Colégio;
•Ressarcir os prejuízos causados tanto ao Colégio como aos colegas e a outros membros da Comunidade Educativa;
•Responsabilizar-se por objetos e valores que trouxer para o Colégio (ou para atividades escolares externas) que não sejam rigorosamente necessários às atividades pedagógicas;
•Respeitar e acatar as orientações oriundas do Professor em aula e nas atividades extraclasse;
•Respeitar e acatar os princípios que orientam o Projeto Pedagógico do Colégio.
• Você concorda com as normas expostas no texto?
• Você as cumpriria?
• Existe alguma norma que você mudaria?
• Que proibições são explicitadas no texto? Você concorda com essas proibições?
• Existe alguma norma que não foi contemplada nesse texto que você gostaria de acrescentar?
• Você acredita que a convivência em sala de aula melhoraria após a convenção de um regulamento?
ATIVIDADE
Exemplo de texto normativo :
REGULAMENTO
Definição
Regulamento é um texto normativo que engloba
um conjunto de regras, normas e preceitos,
destinado a regular o funcionamento de um grupo
ou de uma determinada atividade.
Língua Portuguesa, 9º Ano, Gêneros textuais: resumo, tomada
de nota, textos normativos e enunciado de questões
Tipos de regulamento :
Existem dois grandes tipos de regulamento:
- Os gerais – que regulam a vida e a atividade
associativa ou das instituições (o regulamento
interno regula a atividade de uma escola, por
exemplo);
- Os parciais – que regem setores particulares
(como o regulamento da merenda da escola, por
exemplo)
Língua Portuguesa, 9º Ano, Gêneros textuais: resumo, tomada
de nota, textos normativos e enunciado de questões
Estrutura do regulamento :
A estrutura de um regulamento pode ser mais ou menos
elaborada, de acordo com o tipo de regulamento e dos
objetivos visados.
Enquanto um regulamento geral será constituído por
preâmbulo, normas gerais, competências, direitos, deveres,
sanções e disposições finais, um regulamento parcial
englobará, na maior parte das vezes, apenas um conjunto de
disposições a cumprir.
Língua Portuguesa, 9º Ano, Gêneros textuais: resumo, tomada
de nota, textos normativos e enunciado de questões
Características do discurso:
O regulamento apresenta características específicas
que o distinguem de outros tipos de textos:
 recorre a um registro de língua corrente e à
linguagem denotativa para que seja facilmente
entendido por todos, sem originar ambiguidades
ou dúvidas;
 privilegia, predominantemente, a utilização de
verbos nos modos indicativo, conjuntivo(presente
/ futuro) e infinitivo;
Língua Portuguesa, 9º Ano, Gêneros textuais: resumo, tomada
de nota, textos normativos e enunciado de questões
 usa a terceira pessoa;
 predominam as frases de tipo declarativo;
 verifica-se a presença de substantivos abstratos
(relativos a atitudes e comportamentos). A
adjetivação é escassa;
 os regulamentos gerais contêm títulos e
subtítulos para separar cada núcleo informativo;
 recurso ao uso de numerais ordinais e cardinais.
Língua Portuguesa, 9º Ano, Gêneros textuais: resumo, tomada
de nota, textos normativos e enunciado de questões
Procedimentos :
Na elaboração de um regulamento devem respeitar-se
os seguintes procedimentos:
 para que as regras sejam coerentes e facilmente
aceitas devem ser discutidas e aprovadas por todos os
membros do grupo (ou pelos seus representantes);
 integrar os direitos e deveres dos vários membros;
prever o maior número de situações que possam ocorrer,
para que não se torne demasiado omisso;
Língua Portuguesa, 9º Ano, Gêneros textuais: resumo, tomada
de nota, textos normativos e enunciado de questões
 as regras são redigidas com clareza e objetividade,
evitando ambiguidades, duplos sentidos, variações de
pessoa, tempo e modo verbal que possam suscitar
dúvidas no seu leitor e comprometer a correta
interpretação das regras;
 cada regra será formulada por parágrafo, contendo
uma ideia distinta; as regras são organizadas do geral
para o particular;
 a apresentação gráfica é muito importante. Recorra à
enumeração dos parágrafos, para facilitar a consulta,
e à utilização de espaços em branco para dividir a
informação.
Língua Portuguesa, 9º Ano, Gêneros textuais: resumo, tomada
de nota, textos normativos e enunciado de questões
https://www.youtube.com/watch?v=ugqKhLnXwCY
Atividade:
1ª Opção: Imagine que você criou um Clube de Leitura. Elabore o regulamento para o bom
funcionamento desse clube.
2ª Opção: Imagine que você criou um time de futebol na escola. Elabore o regulamento para esse
time.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Produção de Texto
Produção de TextoProdução de Texto
Produção de Texto
Editora Moderna
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
Rita Tramonte
 
Compreensão e Interpretação de Textos
Compreensão e Interpretação de Textos Compreensão e Interpretação de Textos
Compreensão e Interpretação de Textos
Professor Rômulo Viana
 
Linguagem verbal e não verbal
Linguagem verbal e não verbalLinguagem verbal e não verbal
Linguagem verbal e não verbal
Andreia Jaqueline Bach
 
Gêneros Textuais
Gêneros TextuaisGêneros Textuais
Gêneros Textuais
Edna Brito
 
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTOAULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
Marcelo Cordeiro Souza
 
Slides aula verbos
Slides   aula verbosSlides   aula verbos
Slides aula verbos
Bruno Souza de Oliveira
 
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE BNCC (EM13LGG101)
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE BNCC  (EM13LGG101) LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE BNCC  (EM13LGG101)
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE BNCC (EM13LGG101)
GoisBemnoEnem
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
Alice Silva
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
whybells
 
Miniconto ou microconto
Miniconto ou microcontoMiniconto ou microconto
Miniconto ou microconto
Otávia Vieira
 
FATO E OPINIAO.pptx
FATO E OPINIAO.pptxFATO E OPINIAO.pptx
FATO E OPINIAO.pptx
IaneSousaBrandao
 
Diferença entre fato e opinião
Diferença entre fato e opiniãoDiferença entre fato e opinião
Diferença entre fato e opinião
Eliete Sampaio Farneda
 
Cordel
CordelCordel
Estrutura do-artigo-de-opinião
Estrutura do-artigo-de-opiniãoEstrutura do-artigo-de-opinião
Estrutura do-artigo-de-opinião
Nastrilhas da lingua portuguesa
 
Texto de divulgação científica
Texto de divulgação científicaTexto de divulgação científica
Texto de divulgação científica
Josiele Dognani
 
Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem   slideFiguras de linguagem   slide
Figuras de linguagem slide
Jaciara Mota
 
Formação das palavras
Formação das palavrasFormação das palavras
Formação das palavras
colveromachado
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominal
Rebeca Kaus
 
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTAAULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
Marcelo Cordeiro Souza
 

Mais procurados (20)

Produção de Texto
Produção de TextoProdução de Texto
Produção de Texto
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
Compreensão e Interpretação de Textos
Compreensão e Interpretação de Textos Compreensão e Interpretação de Textos
Compreensão e Interpretação de Textos
 
Linguagem verbal e não verbal
Linguagem verbal e não verbalLinguagem verbal e não verbal
Linguagem verbal e não verbal
 
Gêneros Textuais
Gêneros TextuaisGêneros Textuais
Gêneros Textuais
 
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTOAULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
 
Slides aula verbos
Slides   aula verbosSlides   aula verbos
Slides aula verbos
 
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE BNCC (EM13LGG101)
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE BNCC  (EM13LGG101) LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE BNCC  (EM13LGG101)
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE BNCC (EM13LGG101)
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
Miniconto ou microconto
Miniconto ou microcontoMiniconto ou microconto
Miniconto ou microconto
 
FATO E OPINIAO.pptx
FATO E OPINIAO.pptxFATO E OPINIAO.pptx
FATO E OPINIAO.pptx
 
Diferença entre fato e opinião
Diferença entre fato e opiniãoDiferença entre fato e opinião
Diferença entre fato e opinião
 
Cordel
CordelCordel
Cordel
 
Estrutura do-artigo-de-opinião
Estrutura do-artigo-de-opiniãoEstrutura do-artigo-de-opinião
Estrutura do-artigo-de-opinião
 
Texto de divulgação científica
Texto de divulgação científicaTexto de divulgação científica
Texto de divulgação científica
 
Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem   slideFiguras de linguagem   slide
Figuras de linguagem slide
 
Formação das palavras
Formação das palavrasFormação das palavras
Formação das palavras
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominal
 
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTAAULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
 

Semelhante a Texto normativo

plano-de-aula-lpo7-04sqa01.pdf
plano-de-aula-lpo7-04sqa01.pdfplano-de-aula-lpo7-04sqa01.pdf
plano-de-aula-lpo7-04sqa01.pdf
profjoserosa13
 
Texto normativo - 8º ano.pptx
Texto normativo - 8º ano.pptxTexto normativo - 8º ano.pptx
Texto normativo - 8º ano.pptx
NathliaFajardo
 
ideias principais das secudnarias.pdf
ideias principais das secudnarias.pdfideias principais das secudnarias.pdf
ideias principais das secudnarias.pdf
KarlianaArruda1
 
4 regimento escolar
4  regimento escolar4  regimento escolar
4 regimento escolar
aquinomarisa
 
Ética Deontológica Técnico Administrativo
Ética Deontológica Técnico AdministrativoÉtica Deontológica Técnico Administrativo
Ética Deontológica Técnico Administrativo
Alvaro Gomes
 
Pedagogia (modulo ii) Ética profissional docente e gestão de conflitos na sal...
Pedagogia (modulo ii) Ética profissional docente e gestão de conflitos na sal...Pedagogia (modulo ii) Ética profissional docente e gestão de conflitos na sal...
Pedagogia (modulo ii) Ética profissional docente e gestão de conflitos na sal...
WadanoHelerNatxariWa
 
O que são Valores, Principios, Leis, Normas e Regras
O que são Valores, Principios, Leis, Normas e RegrasO que são Valores, Principios, Leis, Normas e Regras
O que são Valores, Principios, Leis, Normas e Regras
Pedro Kangombe
 
003 grupos e equipes de trabalho nas organizações
003   grupos e equipes de trabalho nas organizações003   grupos e equipes de trabalho nas organizações
003 grupos e equipes de trabalho nas organizações
Psicologia_2015
 
Minicurso Redação de RT's
Minicurso Redação de RT'sMinicurso Redação de RT's
Minicurso Redação de RT's
respostatecnica
 
Reflexao Dr2 CP CFE
Reflexao Dr2 CP CFEReflexao Dr2 CP CFE
Reflexao Dr2 CP CFE
mega
 
O resumo
O resumoO resumo
Vocabulário de análise do comportamento
Vocabulário de análise do comportamentoVocabulário de análise do comportamento
Vocabulário de análise do comportamento
RenataDias766070
 
PORTUGUES AV1 3°B.pptx
PORTUGUES AV1 3°B.pptxPORTUGUES AV1 3°B.pptx
PORTUGUES AV1 3°B.pptx
micaelafranklin
 
2013 2 direito_4_direito_civil_iii
2013 2 direito_4_direito_civil_iii2013 2 direito_4_direito_civil_iii
2013 2 direito_4_direito_civil_iii
Marcia Araujo
 
Ficha1 Cp convicçao e firmeza ectica Marco
Ficha1 Cp convicçao e firmeza ectica MarcoFicha1 Cp convicçao e firmeza ectica Marco
Ficha1 Cp convicçao e firmeza ectica Marco
mega
 
APRESENTACAO ARTIGOS CIENTIFICOS VERSAO FINAL.pptx
APRESENTACAO ARTIGOS CIENTIFICOS VERSAO FINAL.pptxAPRESENTACAO ARTIGOS CIENTIFICOS VERSAO FINAL.pptx
APRESENTACAO ARTIGOS CIENTIFICOS VERSAO FINAL.pptx
EugrencioJooMaposse
 
Artigo a organizacao da fala
Artigo a organizacao da falaArtigo a organizacao da fala
Artigo a organizacao da fala
Priscila Gonçalves
 
Unidade iii ativ_2_neuzacs_dre_guarai
Unidade iii ativ_2_neuzacs_dre_guaraiUnidade iii ativ_2_neuzacs_dre_guarai
Unidade iii ativ_2_neuzacs_dre_guarai
NEUZA CANDIDA DA SILVA
 
Curso mgme ciencias1
Curso mgme ciencias1Curso mgme ciencias1
Curso mgme ciencias1
Kuchler1975
 
Projeto de vida: A metamorfose da minha vida.pptx
Projeto de vida: A metamorfose da minha vida.pptxProjeto de vida: A metamorfose da minha vida.pptx
Projeto de vida: A metamorfose da minha vida.pptx
Marcos634937
 

Semelhante a Texto normativo (20)

plano-de-aula-lpo7-04sqa01.pdf
plano-de-aula-lpo7-04sqa01.pdfplano-de-aula-lpo7-04sqa01.pdf
plano-de-aula-lpo7-04sqa01.pdf
 
Texto normativo - 8º ano.pptx
Texto normativo - 8º ano.pptxTexto normativo - 8º ano.pptx
Texto normativo - 8º ano.pptx
 
ideias principais das secudnarias.pdf
ideias principais das secudnarias.pdfideias principais das secudnarias.pdf
ideias principais das secudnarias.pdf
 
4 regimento escolar
4  regimento escolar4  regimento escolar
4 regimento escolar
 
Ética Deontológica Técnico Administrativo
Ética Deontológica Técnico AdministrativoÉtica Deontológica Técnico Administrativo
Ética Deontológica Técnico Administrativo
 
Pedagogia (modulo ii) Ética profissional docente e gestão de conflitos na sal...
Pedagogia (modulo ii) Ética profissional docente e gestão de conflitos na sal...Pedagogia (modulo ii) Ética profissional docente e gestão de conflitos na sal...
Pedagogia (modulo ii) Ética profissional docente e gestão de conflitos na sal...
 
O que são Valores, Principios, Leis, Normas e Regras
O que são Valores, Principios, Leis, Normas e RegrasO que são Valores, Principios, Leis, Normas e Regras
O que são Valores, Principios, Leis, Normas e Regras
 
003 grupos e equipes de trabalho nas organizações
003   grupos e equipes de trabalho nas organizações003   grupos e equipes de trabalho nas organizações
003 grupos e equipes de trabalho nas organizações
 
Minicurso Redação de RT's
Minicurso Redação de RT'sMinicurso Redação de RT's
Minicurso Redação de RT's
 
Reflexao Dr2 CP CFE
Reflexao Dr2 CP CFEReflexao Dr2 CP CFE
Reflexao Dr2 CP CFE
 
O resumo
O resumoO resumo
O resumo
 
Vocabulário de análise do comportamento
Vocabulário de análise do comportamentoVocabulário de análise do comportamento
Vocabulário de análise do comportamento
 
PORTUGUES AV1 3°B.pptx
PORTUGUES AV1 3°B.pptxPORTUGUES AV1 3°B.pptx
PORTUGUES AV1 3°B.pptx
 
2013 2 direito_4_direito_civil_iii
2013 2 direito_4_direito_civil_iii2013 2 direito_4_direito_civil_iii
2013 2 direito_4_direito_civil_iii
 
Ficha1 Cp convicçao e firmeza ectica Marco
Ficha1 Cp convicçao e firmeza ectica MarcoFicha1 Cp convicçao e firmeza ectica Marco
Ficha1 Cp convicçao e firmeza ectica Marco
 
APRESENTACAO ARTIGOS CIENTIFICOS VERSAO FINAL.pptx
APRESENTACAO ARTIGOS CIENTIFICOS VERSAO FINAL.pptxAPRESENTACAO ARTIGOS CIENTIFICOS VERSAO FINAL.pptx
APRESENTACAO ARTIGOS CIENTIFICOS VERSAO FINAL.pptx
 
Artigo a organizacao da fala
Artigo a organizacao da falaArtigo a organizacao da fala
Artigo a organizacao da fala
 
Unidade iii ativ_2_neuzacs_dre_guarai
Unidade iii ativ_2_neuzacs_dre_guaraiUnidade iii ativ_2_neuzacs_dre_guarai
Unidade iii ativ_2_neuzacs_dre_guarai
 
Curso mgme ciencias1
Curso mgme ciencias1Curso mgme ciencias1
Curso mgme ciencias1
 
Projeto de vida: A metamorfose da minha vida.pptx
Projeto de vida: A metamorfose da minha vida.pptxProjeto de vida: A metamorfose da minha vida.pptx
Projeto de vida: A metamorfose da minha vida.pptx
 

Último

Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
LEANDROSPANHOL1
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
WelberMerlinCardoso
 

Último (20)

Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
 

Texto normativo

  • 1. LÍNGUA PORTUGUESA Marcela Ferreira Apolônio TEXTOS NORMATIVOS E LEGAIS
  • 2.
  • 3.
  • 4. Textos Normativos São textos que determinam normas e regras de procedimentos, leis, deveres, obrigações e liberdades fundamentais. As leis regulam a vida das pessoas nos diversos campos de ação da vida. Exemplo: na família, na escola, na região, no campo, etc.
  • 5. Viver em sociedade significa seguir regras, não é verdade?
  • 6. Regras de como conviver com outras pessoas. Regras para se ter segurança no trânsito.  Regras de como conseguir uma boa nota ou regras escolares. Formais ou informais, elas decidem como nos comportamos e são construídas por todos nós, como sociedade.
  • 7.
  • 8. EXEMPLOS DE TEXTOS NORMATIVOS
  • 9. EXEMPLOS DE TEXTOS NORMATIVOS REGULAMENTOS REGRAS MANDAMENTOS NORMAS DE FUNCIONAMENTO CONDIÇÕES PARA PARTICIPAR DE DETERMINADAS ATIVIDADES INSTRUÇÕES DE EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS MANUAIS RECEITAS LEIS
  • 10.
  • 11. Estrutura e organização do textos Normativos. • Artigos; • Capítulos; • Seções.
  • 12. TEXTO Direitos dos Alunos •Serem respeitados como pessoas humanas, seja qual for sua idade, gênero, religião ou condição social; •Serem orientados por Educadores competentes e idôneos, no sentido de se formarem como pessoas nos termos do Projeto Pedagógico do Colégio; •Usufruírem dos benefícios materiais, pedagógicos e ambientais oferecidos pelo Colégio, em conformidade com as necessidades próprias da sua etapa de desenvolvimento, nos termos do Contrato de Prestação de Serviços assinado por eles ou por seu representante legal com o Colégio. •São, ainda, direitos do Aluno todos aqueles direta ou indiretamente garantidos pelo Projeto Pedagógico do Colégio, pelo seu Regimento Interno e seus Anexos. Os mesmos princípios que conferem estes direitos a cada Aluno estendem-se aos colegas e demais membros da Comunidade Educativa, gerando NORMAS DE CONVIVÊNCIA que têm por objetivo o respeito dos direitos mútuos, de modo que a liberdade de cada um não termine onde começa a do outro, mas cresça no diálogo das diferenças, através da superação das atitudes individualistas. Destacamos algumas dessas Normas: Das Normas de Convivência •Conviver em clima de respeito e diálogo com todos os elementos da comunidade educativa, independentemente de sua função; •Conviver no mesmo clima de respeito e diálogo com todas as pessoas, quando em atividade escolar fora do Colégio; •Ser pontual e assíduo no comparecimento às aulas e demais atividades promovidas pelo Colégio, em sua sede ou fora dela; •Trajar-se adequadamente à atividade e ao local, visando a segurança e o respeito a si mesmo e aos demais, quando não houver prescrição de uniforme, portando sempre a identificação escolar; •Colaborar na conservação material e ambiental do Colégio; •Ressarcir os prejuízos causados tanto ao Colégio como aos colegas e a outros membros da Comunidade Educativa; •Responsabilizar-se por objetos e valores que trouxer para o Colégio (ou para atividades escolares externas) que não sejam rigorosamente necessários às atividades pedagógicas; •Respeitar e acatar as orientações oriundas do Professor em aula e nas atividades extraclasse; •Respeitar e acatar os princípios que orientam o Projeto Pedagógico do Colégio.
  • 13. • Você concorda com as normas expostas no texto? • Você as cumpriria? • Existe alguma norma que você mudaria? • Que proibições são explicitadas no texto? Você concorda com essas proibições? • Existe alguma norma que não foi contemplada nesse texto que você gostaria de acrescentar? • Você acredita que a convivência em sala de aula melhoraria após a convenção de um regulamento? ATIVIDADE
  • 14. Exemplo de texto normativo : REGULAMENTO Definição Regulamento é um texto normativo que engloba um conjunto de regras, normas e preceitos, destinado a regular o funcionamento de um grupo ou de uma determinada atividade. Língua Portuguesa, 9º Ano, Gêneros textuais: resumo, tomada de nota, textos normativos e enunciado de questões
  • 15. Tipos de regulamento : Existem dois grandes tipos de regulamento: - Os gerais – que regulam a vida e a atividade associativa ou das instituições (o regulamento interno regula a atividade de uma escola, por exemplo); - Os parciais – que regem setores particulares (como o regulamento da merenda da escola, por exemplo) Língua Portuguesa, 9º Ano, Gêneros textuais: resumo, tomada de nota, textos normativos e enunciado de questões
  • 16. Estrutura do regulamento : A estrutura de um regulamento pode ser mais ou menos elaborada, de acordo com o tipo de regulamento e dos objetivos visados. Enquanto um regulamento geral será constituído por preâmbulo, normas gerais, competências, direitos, deveres, sanções e disposições finais, um regulamento parcial englobará, na maior parte das vezes, apenas um conjunto de disposições a cumprir. Língua Portuguesa, 9º Ano, Gêneros textuais: resumo, tomada de nota, textos normativos e enunciado de questões
  • 17. Características do discurso: O regulamento apresenta características específicas que o distinguem de outros tipos de textos:  recorre a um registro de língua corrente e à linguagem denotativa para que seja facilmente entendido por todos, sem originar ambiguidades ou dúvidas;  privilegia, predominantemente, a utilização de verbos nos modos indicativo, conjuntivo(presente / futuro) e infinitivo; Língua Portuguesa, 9º Ano, Gêneros textuais: resumo, tomada de nota, textos normativos e enunciado de questões
  • 18.  usa a terceira pessoa;  predominam as frases de tipo declarativo;  verifica-se a presença de substantivos abstratos (relativos a atitudes e comportamentos). A adjetivação é escassa;  os regulamentos gerais contêm títulos e subtítulos para separar cada núcleo informativo;  recurso ao uso de numerais ordinais e cardinais. Língua Portuguesa, 9º Ano, Gêneros textuais: resumo, tomada de nota, textos normativos e enunciado de questões
  • 19. Procedimentos : Na elaboração de um regulamento devem respeitar-se os seguintes procedimentos:  para que as regras sejam coerentes e facilmente aceitas devem ser discutidas e aprovadas por todos os membros do grupo (ou pelos seus representantes);  integrar os direitos e deveres dos vários membros; prever o maior número de situações que possam ocorrer, para que não se torne demasiado omisso; Língua Portuguesa, 9º Ano, Gêneros textuais: resumo, tomada de nota, textos normativos e enunciado de questões
  • 20.  as regras são redigidas com clareza e objetividade, evitando ambiguidades, duplos sentidos, variações de pessoa, tempo e modo verbal que possam suscitar dúvidas no seu leitor e comprometer a correta interpretação das regras;  cada regra será formulada por parágrafo, contendo uma ideia distinta; as regras são organizadas do geral para o particular;  a apresentação gráfica é muito importante. Recorra à enumeração dos parágrafos, para facilitar a consulta, e à utilização de espaços em branco para dividir a informação. Língua Portuguesa, 9º Ano, Gêneros textuais: resumo, tomada de nota, textos normativos e enunciado de questões
  • 22. Atividade: 1ª Opção: Imagine que você criou um Clube de Leitura. Elabore o regulamento para o bom funcionamento desse clube. 2ª Opção: Imagine que você criou um time de futebol na escola. Elabore o regulamento para esse time.