SlideShare uma empresa Scribd logo
Educação e Formação de Adultos - Nível Secundário
Núcleo Gerador: Convicção e Firmeza Ética
Área de Competência: Cidadania e Profissionalidade
Competência: Adoptar normas deontológicas e profissionais como valores de referencia não
transaccionáveis em contextos profissionais
Critérios de Evidência:
   •   Identificar deontologia e normas profissionais
   •   Reconhecer valores de referência em organizações distintas
   •   Actuar criticamente sobre práticas/posturas sociais articulando responsabilidade pessoal e
       profissional.



       NOME: Marco Araújo                                             DATA:28/10/09

       Ética e Deontologia

       A Ética é, então, o domínio da filosofia que tem por objectivo o juízo de apreciação
       que distingue o bem e o mal, o comportamento correcto e incorrecto. Os princípios
       éticos constituem-se enquanto directrizes, pelas quais o homem rege o seu
       comportamento, tendo em vista uma filosofia moral dignificante.

       Os códigos de ética são dificilmente separáveis da deontologia profissional, pelo que
       não é pouco frequente os termos ética e deontologia serem utilizados
       indiferentemente.
       O termo deontologia surge das palavras gregas “déon, déontos” que significa dever
       e “lógos” que se traduz por discurso ou estudo. Sendo assim, a deontologia seria o
       estudo do dever, ou o conjunto de deveres, princípios e normas adoptadas por um
       determinado grupo profissional. A deontologia é uma disciplina da ética especial
       adaptada ao exercício de uma profissão.

       Existem inúmeros códigos de deontologia, sendo esta codificação da
       responsabilidade de associações ou ordens profissionais.
       Nos casos de dilemas éticos, expostos anteriormente, podemos pensar no papel
       que poderiam ter os códigos deontológicos das profissões do farmacêutico e do
       polícia. Poderiam ajudar, certamente, a colaborar na decisão de cada um dos
       profissionais envolvidos e a avaliar os seus comportamentos.

       Regra geral, os códigos deontológicos têm por base as grandes declarações
       universais e esforçam-se por traduzir o sentimento ético expresso ético nestas,
       adaptando-o, no entanto, às particularidades de cada país e de cada grupo
       profissional.

       Para além disso, estes códigos propõem sanções, segundo princípios e
       procedimentos explícitos, para os infractores do mesmo. Alguns códigos não
       apresentam funções normativas e vinculativas, oferecendo apenas uma função
       reguladora.

       Embora os códigos pretendam oferecer uma reserva moral ou uma garantia de
       conformidade com os Direitos Humanos, estes podem, por vezes, constituir um
       perigo de monopolização de uma determinada área ou grupo de questões, relativas
       a toda a sociedade, por um conjunto de profissionais.
       http://www.psicologia.com.pt/profissionalidade/etica/

                                   Animadores Sócio culturais
                                   Cidadania e Profissionalidade
Proposta de Trabalho:

   •   Faça uma recolha e apresente um código deontológico, de uma profissão ou
       actividade semelhante, à sua escolha.

          Regime militar / Código Deontológico do Serviço Policial

                                   Artigo 1.º

                            (Âmbito de aplicação)

O presente Código Deontológico aplica-se aos militares da Guarda Nacional
Republicana (GNR) e ao pessoal da Polícia de Segurança Pública (PSP), adiante
designados membros das Forças de Segurança, no âmbito do exercício das suas
funções policiais.

                                   Artigo 2.º

                          (Princípios fundamentais)

   1. Os membros das Forças de Segurança cumprem os deveres que a Lei lhes
      impõe, servem o interesse público, defendem as instituições democráticas,
      protegem todas as pessoas contra actos ilegais e respeitam os direitos
      humanos.
   2. Como zeladores pelo cumprimento da Lei, os membros das Forças de
      Segurança, cultivam e promovem os Valores do Humanismo, da Justiça,
      Integridade, Honra, Dignidade, Imparcialidade, Isenção, Probidade e
      Solidariedade.
   3. Na sua actuação os membros das Forças de Segurança devem absoluto
      respeito pela Constituição da República Portuguesa, pela Declaração
      Universal dos Direitos do Homem, pela Convenção Europeia dos Direitos do
      Homem, pela legalidade comunitária, pelas convenções internacionais, pela
      Lei e pelo presente Código.
   4. Os membros das Forças de Segurança que actuem de acordo com as
      disposições do presente Código têm direito ao apoio activo da comunidade
      que servem e ao devido reconhecimento por parte do Estado.




   •   Propomos que se faça uma proposta de um código deontológico de
       formandos do Curso Educação e Formação de Adultos?




                          Animadores Sócio culturais
                          Cidadania e Profissionalidade

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

ética e deontologia profissional (apresentação)
ética e deontologia profissional  (apresentação)ética e deontologia profissional  (apresentação)
ética e deontologia profissional (apresentação)
Sérgio Rocha
 
Ética e Deontologia em Engenharia de Software
Ética e Deontologia em Engenharia de SoftwareÉtica e Deontologia em Engenharia de Software
Ética e Deontologia em Engenharia de Software
Pedro Monteiro
 
Cp 4 dr_2_funções dos códigos de conduta
Cp 4 dr_2_funções dos códigos de condutaCp 4 dr_2_funções dos códigos de conduta
Cp 4 dr_2_funções dos códigos de conduta
SILVIA G. FERNANDES
 
Princípios para uma deontologia profissional
Princípios para uma deontologia profissionalPrincípios para uma deontologia profissional
Princípios para uma deontologia profissional
Paulo Rui
 
O abc-do-bom-profissional
O abc-do-bom-profissionalO abc-do-bom-profissional
O abc-do-bom-profissional
Ramiro Cabanda
 
Trabalho de etica e deontologia profissional
Trabalho de etica e deontologia profissionalTrabalho de etica e deontologia profissional
Trabalho de etica e deontologia profissional
Osvaldo Gimo
 
Deontologia e ética
Deontologia e éticaDeontologia e ética
Deontologia e ética
Anabela Franqueira
 
57131398 etica-profissional-aplicada-a-contabilidade
57131398 etica-profissional-aplicada-a-contabilidade57131398 etica-profissional-aplicada-a-contabilidade
57131398 etica-profissional-aplicada-a-contabilidade
UNIPE
 
Deontologia
DeontologiaDeontologia
Deontologia
efacabreiross4
 
Cp 5 ética_deontologia_reflexão_sílvia_f[1]
Cp 5 ética_deontologia_reflexão_sílvia_f[1]Cp 5 ética_deontologia_reflexão_sílvia_f[1]
Cp 5 ética_deontologia_reflexão_sílvia_f[1]
SILVIA G. FERNANDES
 
12 etica individ.-institu.-prof.rodrigo-ovídio
12 etica individ.-institu.-prof.rodrigo-ovídio12 etica individ.-institu.-prof.rodrigo-ovídio
12 etica individ.-institu.-prof.rodrigo-ovídio
OvidioMauricio
 
Dr2 identidade e alteridade CP
Dr2 identidade e alteridade CPDr2 identidade e alteridade CP
Dr2 identidade e alteridade CP
mega
 
A conduta +ëtica do contador
A conduta +ëtica do contadorA conduta +ëtica do contador
A conduta +ëtica do contador
Andria Duarte
 
13e14 111012
13e14 11101213e14 111012
13e14 111012
Joel Fonseca
 
ÉTICA
ÉTICAÉTICA
Secretariado Aula 2
Secretariado  Aula 2Secretariado  Aula 2
Secretariado Aula 2
egildofarias
 
EDP Material 2013
EDP Material 2013EDP Material 2013
EDP Material 2013
Jelson Santos
 
Etica deontologia manual formacao
Etica deontologia manual formacaoEtica deontologia manual formacao
Etica deontologia manual formacao
vicassiodsv
 
Código de Ética
Código de ÉticaCódigo de Ética
Código de Ética
Cric Coruche
 
Ogd mod 5_conteúdos _ aula 2
Ogd mod 5_conteúdos _ aula 2Ogd mod 5_conteúdos _ aula 2
Ogd mod 5_conteúdos _ aula 2
mitrablueaires
 

Mais procurados (20)

ética e deontologia profissional (apresentação)
ética e deontologia profissional  (apresentação)ética e deontologia profissional  (apresentação)
ética e deontologia profissional (apresentação)
 
Ética e Deontologia em Engenharia de Software
Ética e Deontologia em Engenharia de SoftwareÉtica e Deontologia em Engenharia de Software
Ética e Deontologia em Engenharia de Software
 
Cp 4 dr_2_funções dos códigos de conduta
Cp 4 dr_2_funções dos códigos de condutaCp 4 dr_2_funções dos códigos de conduta
Cp 4 dr_2_funções dos códigos de conduta
 
Princípios para uma deontologia profissional
Princípios para uma deontologia profissionalPrincípios para uma deontologia profissional
Princípios para uma deontologia profissional
 
O abc-do-bom-profissional
O abc-do-bom-profissionalO abc-do-bom-profissional
O abc-do-bom-profissional
 
Trabalho de etica e deontologia profissional
Trabalho de etica e deontologia profissionalTrabalho de etica e deontologia profissional
Trabalho de etica e deontologia profissional
 
Deontologia e ética
Deontologia e éticaDeontologia e ética
Deontologia e ética
 
57131398 etica-profissional-aplicada-a-contabilidade
57131398 etica-profissional-aplicada-a-contabilidade57131398 etica-profissional-aplicada-a-contabilidade
57131398 etica-profissional-aplicada-a-contabilidade
 
Deontologia
DeontologiaDeontologia
Deontologia
 
Cp 5 ética_deontologia_reflexão_sílvia_f[1]
Cp 5 ética_deontologia_reflexão_sílvia_f[1]Cp 5 ética_deontologia_reflexão_sílvia_f[1]
Cp 5 ética_deontologia_reflexão_sílvia_f[1]
 
12 etica individ.-institu.-prof.rodrigo-ovídio
12 etica individ.-institu.-prof.rodrigo-ovídio12 etica individ.-institu.-prof.rodrigo-ovídio
12 etica individ.-institu.-prof.rodrigo-ovídio
 
Dr2 identidade e alteridade CP
Dr2 identidade e alteridade CPDr2 identidade e alteridade CP
Dr2 identidade e alteridade CP
 
A conduta +ëtica do contador
A conduta +ëtica do contadorA conduta +ëtica do contador
A conduta +ëtica do contador
 
13e14 111012
13e14 11101213e14 111012
13e14 111012
 
ÉTICA
ÉTICAÉTICA
ÉTICA
 
Secretariado Aula 2
Secretariado  Aula 2Secretariado  Aula 2
Secretariado Aula 2
 
EDP Material 2013
EDP Material 2013EDP Material 2013
EDP Material 2013
 
Etica deontologia manual formacao
Etica deontologia manual formacaoEtica deontologia manual formacao
Etica deontologia manual formacao
 
Código de Ética
Código de ÉticaCódigo de Ética
Código de Ética
 
Ogd mod 5_conteúdos _ aula 2
Ogd mod 5_conteúdos _ aula 2Ogd mod 5_conteúdos _ aula 2
Ogd mod 5_conteúdos _ aula 2
 

Destaque

CP-NG:Convicçao e firmeza etica
CP-NG:Convicçao e firmeza eticaCP-NG:Convicçao e firmeza etica
CP-NG:Convicçao e firmeza etica
turmab
 
Guiao Filme CP Covicçao efirmeza éctica
Guiao Filme CP Covicçao efirmeza écticaGuiao Filme CP Covicçao efirmeza éctica
Guiao Filme CP Covicçao efirmeza éctica
mega
 
Ficha De Trabalho Dr2 CFE Marco
Ficha De Trabalho Dr2  CFE MarcoFicha De Trabalho Dr2  CFE Marco
Ficha De Trabalho Dr2 CFE Marco
mega
 
STC NG5 DR2 Elia
STC NG5 DR2 EliaSTC NG5 DR2 Elia
STC NG5 DR2 Elia
Alberto Casaca
 
STC NG5 DR2 José João
STC NG5 DR2 José JoãoSTC NG5 DR2 José João
STC NG5 DR2 José João
Alberto Casaca
 
CP-Convicção e Firmeza Ética-Dr4 Marco, Rosa, Vanessa E Carmo H
CP-Convicção e Firmeza Ética-Dr4  Marco, Rosa, Vanessa E Carmo HCP-Convicção e Firmeza Ética-Dr4  Marco, Rosa, Vanessa E Carmo H
CP-Convicção e Firmeza Ética-Dr4 Marco, Rosa, Vanessa E Carmo H
mega
 
Dr1 val. étic.e cultu.
Dr1 val. étic.e cultu.Dr1 val. étic.e cultu.
Dr1 val. étic.e cultu.
ruigalvao
 
Normas e Condutas Profissionais
Normas e Condutas ProfissionaisNormas e Condutas Profissionais
Normas e Condutas Profissionais
Djeferson Paixao
 
Postura profissional
Postura profissionalPostura profissional
Postura profissional
Milena Rebouças
 

Destaque (9)

CP-NG:Convicçao e firmeza etica
CP-NG:Convicçao e firmeza eticaCP-NG:Convicçao e firmeza etica
CP-NG:Convicçao e firmeza etica
 
Guiao Filme CP Covicçao efirmeza éctica
Guiao Filme CP Covicçao efirmeza écticaGuiao Filme CP Covicçao efirmeza éctica
Guiao Filme CP Covicçao efirmeza éctica
 
Ficha De Trabalho Dr2 CFE Marco
Ficha De Trabalho Dr2  CFE MarcoFicha De Trabalho Dr2  CFE Marco
Ficha De Trabalho Dr2 CFE Marco
 
STC NG5 DR2 Elia
STC NG5 DR2 EliaSTC NG5 DR2 Elia
STC NG5 DR2 Elia
 
STC NG5 DR2 José João
STC NG5 DR2 José JoãoSTC NG5 DR2 José João
STC NG5 DR2 José João
 
CP-Convicção e Firmeza Ética-Dr4 Marco, Rosa, Vanessa E Carmo H
CP-Convicção e Firmeza Ética-Dr4  Marco, Rosa, Vanessa E Carmo HCP-Convicção e Firmeza Ética-Dr4  Marco, Rosa, Vanessa E Carmo H
CP-Convicção e Firmeza Ética-Dr4 Marco, Rosa, Vanessa E Carmo H
 
Dr1 val. étic.e cultu.
Dr1 val. étic.e cultu.Dr1 val. étic.e cultu.
Dr1 val. étic.e cultu.
 
Normas e Condutas Profissionais
Normas e Condutas ProfissionaisNormas e Condutas Profissionais
Normas e Condutas Profissionais
 
Postura profissional
Postura profissionalPostura profissional
Postura profissional
 

Semelhante a Ficha1 Cp convicçao e firmeza ectica Marco

Códigos de ética e padrões deontológicos
Códigos de ética e padrões deontológicosCódigos de ética e padrões deontológicos
Códigos de ética e padrões deontológicos
Elda Moleiro
 
Deontologia na medicina veterinária
Deontologia na medicina veterináriaDeontologia na medicina veterinária
Deontologia na medicina veterinária
Marília Gomes
 
Codigo de-etica-psicologia
Codigo de-etica-psicologiaCodigo de-etica-psicologia
Codigo de-etica-psicologia
PatriciaRaquelTeles
 
Código de Ética do Psicólogo
Código de Ética do PsicólogoCódigo de Ética do Psicólogo
Código de Ética do Psicólogo
Drielle Santos
 
Dos Direitos e Deveres dos Advogados e o Segredo Profissional .docx
Dos Direitos e Deveres dos Advogados e o Segredo Profissional .docxDos Direitos e Deveres dos Advogados e o Segredo Profissional .docx
Dos Direitos e Deveres dos Advogados e o Segredo Profissional .docx
Hermenegildo Basquete Consultoria Jurídica
 
A psicologia rx
A psicologia rxA psicologia rx
A psicologia rx
Jessica Franciele
 
A psicologia rx
A psicologia rxA psicologia rx
A psicologia rx
Jessica Franciele
 
Codigo etica
Codigo eticaCodigo etica
Codigo etica
psi-fca
 
Codigo etica
Codigo eticaCodigo etica
Codigo etica
José Cavalcante
 
Filosofia do direito ética e moral - filosofia - âmbito jurídico
Filosofia do direito   ética e moral - filosofia - âmbito jurídicoFilosofia do direito   ética e moral - filosofia - âmbito jurídico
Filosofia do direito ética e moral - filosofia - âmbito jurídico
DARLANA GODOI
 
Código de Ética Profissional da Psicologia
Código de Ética Profissional da PsicologiaCódigo de Ética Profissional da Psicologia
Código de Ética Profissional da Psicologia
Sérgio Amaral
 
aula02_história_do_codigo_de_etica_profissional.pptx
aula02_história_do_codigo_de_etica_profissional.pptxaula02_história_do_codigo_de_etica_profissional.pptx
aula02_história_do_codigo_de_etica_profissional.pptx
Rita256453
 
Apresentação sem título (1).pptx
Apresentação sem título (1).pptxApresentação sem título (1).pptx
Apresentação sem título (1).pptx
AndreiaCosta151227
 
A2_ética_2022_2023.pdf ética deontológica
A2_ética_2022_2023.pdf ética deontológicaA2_ética_2022_2023.pdf ética deontológica
A2_ética_2022_2023.pdf ética deontológica
ivoneareal1
 
2 DEONTOLOGIA.pptx
2 DEONTOLOGIA.pptx2 DEONTOLOGIA.pptx
2 DEONTOLOGIA.pptx
AugustoFukanaga
 
Codigo etica do Psicólogo
Codigo etica do PsicólogoCodigo etica do Psicólogo
Codigo etica do Psicólogo
Dacir Castro
 
Artigo - Ética do policial
Artigo - Ética do policialArtigo - Ética do policial
Artigo - Ética do policial
alcionirdoamarantesilva
 
Aula de ética esa pariquera
Aula de ética esa pariqueraAula de ética esa pariquera
Aula de ética esa pariquera
luciana Cotona
 
Apostila cef etica_e_legislacao_especifica_pedro_kuhn
Apostila cef etica_e_legislacao_especifica_pedro_kuhnApostila cef etica_e_legislacao_especifica_pedro_kuhn
Apostila cef etica_e_legislacao_especifica_pedro_kuhn
Mirela Rosa
 
Apostila etica e bioetica
Apostila etica e bioeticaApostila etica e bioetica
Apostila etica e bioetica
Cederj
 

Semelhante a Ficha1 Cp convicçao e firmeza ectica Marco (20)

Códigos de ética e padrões deontológicos
Códigos de ética e padrões deontológicosCódigos de ética e padrões deontológicos
Códigos de ética e padrões deontológicos
 
Deontologia na medicina veterinária
Deontologia na medicina veterináriaDeontologia na medicina veterinária
Deontologia na medicina veterinária
 
Codigo de-etica-psicologia
Codigo de-etica-psicologiaCodigo de-etica-psicologia
Codigo de-etica-psicologia
 
Código de Ética do Psicólogo
Código de Ética do PsicólogoCódigo de Ética do Psicólogo
Código de Ética do Psicólogo
 
Dos Direitos e Deveres dos Advogados e o Segredo Profissional .docx
Dos Direitos e Deveres dos Advogados e o Segredo Profissional .docxDos Direitos e Deveres dos Advogados e o Segredo Profissional .docx
Dos Direitos e Deveres dos Advogados e o Segredo Profissional .docx
 
A psicologia rx
A psicologia rxA psicologia rx
A psicologia rx
 
A psicologia rx
A psicologia rxA psicologia rx
A psicologia rx
 
Codigo etica
Codigo eticaCodigo etica
Codigo etica
 
Codigo etica
Codigo eticaCodigo etica
Codigo etica
 
Filosofia do direito ética e moral - filosofia - âmbito jurídico
Filosofia do direito   ética e moral - filosofia - âmbito jurídicoFilosofia do direito   ética e moral - filosofia - âmbito jurídico
Filosofia do direito ética e moral - filosofia - âmbito jurídico
 
Código de Ética Profissional da Psicologia
Código de Ética Profissional da PsicologiaCódigo de Ética Profissional da Psicologia
Código de Ética Profissional da Psicologia
 
aula02_história_do_codigo_de_etica_profissional.pptx
aula02_história_do_codigo_de_etica_profissional.pptxaula02_história_do_codigo_de_etica_profissional.pptx
aula02_história_do_codigo_de_etica_profissional.pptx
 
Apresentação sem título (1).pptx
Apresentação sem título (1).pptxApresentação sem título (1).pptx
Apresentação sem título (1).pptx
 
A2_ética_2022_2023.pdf ética deontológica
A2_ética_2022_2023.pdf ética deontológicaA2_ética_2022_2023.pdf ética deontológica
A2_ética_2022_2023.pdf ética deontológica
 
2 DEONTOLOGIA.pptx
2 DEONTOLOGIA.pptx2 DEONTOLOGIA.pptx
2 DEONTOLOGIA.pptx
 
Codigo etica do Psicólogo
Codigo etica do PsicólogoCodigo etica do Psicólogo
Codigo etica do Psicólogo
 
Artigo - Ética do policial
Artigo - Ética do policialArtigo - Ética do policial
Artigo - Ética do policial
 
Aula de ética esa pariquera
Aula de ética esa pariqueraAula de ética esa pariquera
Aula de ética esa pariquera
 
Apostila cef etica_e_legislacao_especifica_pedro_kuhn
Apostila cef etica_e_legislacao_especifica_pedro_kuhnApostila cef etica_e_legislacao_especifica_pedro_kuhn
Apostila cef etica_e_legislacao_especifica_pedro_kuhn
 
Apostila etica e bioetica
Apostila etica e bioeticaApostila etica e bioetica
Apostila etica e bioetica
 

Mais de mega

Reflexão 2011 Marco
Reflexão 2011 MarcoReflexão 2011 Marco
Reflexão 2011 Marco
mega
 
Deasafio contame uma história
Deasafio contame uma históriaDeasafio contame uma história
Deasafio contame uma história
mega
 
Reflexão
ReflexãoReflexão
Reflexão
mega
 
Reflexão 13 Meses
Reflexão 13 MesesReflexão 13 Meses
Reflexão 13 Meses
mega
 
Logótipo escolhas 10 anos
Logótipo escolhas 10 anosLogótipo escolhas 10 anos
Logótipo escolhas 10 anos
mega
 
Logótipo escolhas 10 anos
Logótipo escolhas 10 anosLogótipo escolhas 10 anos
Logótipo escolhas 10 anos
mega
 
M 37 Anima Tu
M 37 Anima TuM 37 Anima Tu
M 37 Anima Tu
mega
 
Kuduro M27 – Corpo e simbolismo Marco
Kuduro M27 – Corpo e simbolismo MarcoKuduro M27 – Corpo e simbolismo Marco
Kuduro M27 – Corpo e simbolismo Marco
mega
 
ReflexãO Marco AraúJo
ReflexãO Marco AraúJoReflexãO Marco AraúJo
ReflexãO Marco AraúJo
mega
 
marco Oficio Natal Solidario
marco Oficio Natal Solidariomarco Oficio Natal Solidario
marco Oficio Natal Solidario
mega
 
M17 Marco Projecto Natal Solidario[1]
M17 Marco Projecto Natal Solidario[1]M17 Marco Projecto Natal Solidario[1]
M17 Marco Projecto Natal Solidario[1]
mega
 
M 17 Texto De Teatro Natal SolidáRio
M 17 Texto De Teatro Natal SolidáRioM 17 Texto De Teatro Natal SolidáRio
M 17 Texto De Teatro Natal SolidáRio
mega
 
M 9 Escravidao Marco
M 9 Escravidao MarcoM 9 Escravidao Marco
M 9 Escravidao Marco
mega
 
Cartaz As..Mudanca CLC Dr4Marco
Cartaz As..Mudanca CLC Dr4MarcoCartaz As..Mudanca CLC Dr4Marco
Cartaz As..Mudanca CLC Dr4Marco
mega
 
Mudam Se Os Tempos Dr4 Marco AraúJo
Mudam Se Os Tempos Dr4 Marco AraúJoMudam Se Os Tempos Dr4 Marco AraúJo
Mudam Se Os Tempos Dr4 Marco AraúJo
mega
 
Decalogo M 32
Decalogo M 32Decalogo M 32
Decalogo M 32
mega
 
Ritmos & Blues
Ritmos & BluesRitmos & Blues
Ritmos & Blues
mega
 
Origem Blues
Origem BluesOrigem Blues
Origem Blues
mega
 
ReflexãO Tic ingles marco
ReflexãO Tic ingles marcoReflexãO Tic ingles marco
ReflexãO Tic ingles marco
mega
 
Cv Template En Gb Marco
Cv Template En Gb MarcoCv Template En Gb Marco
Cv Template En Gb Marco
mega
 

Mais de mega (20)

Reflexão 2011 Marco
Reflexão 2011 MarcoReflexão 2011 Marco
Reflexão 2011 Marco
 
Deasafio contame uma história
Deasafio contame uma históriaDeasafio contame uma história
Deasafio contame uma história
 
Reflexão
ReflexãoReflexão
Reflexão
 
Reflexão 13 Meses
Reflexão 13 MesesReflexão 13 Meses
Reflexão 13 Meses
 
Logótipo escolhas 10 anos
Logótipo escolhas 10 anosLogótipo escolhas 10 anos
Logótipo escolhas 10 anos
 
Logótipo escolhas 10 anos
Logótipo escolhas 10 anosLogótipo escolhas 10 anos
Logótipo escolhas 10 anos
 
M 37 Anima Tu
M 37 Anima TuM 37 Anima Tu
M 37 Anima Tu
 
Kuduro M27 – Corpo e simbolismo Marco
Kuduro M27 – Corpo e simbolismo MarcoKuduro M27 – Corpo e simbolismo Marco
Kuduro M27 – Corpo e simbolismo Marco
 
ReflexãO Marco AraúJo
ReflexãO Marco AraúJoReflexãO Marco AraúJo
ReflexãO Marco AraúJo
 
marco Oficio Natal Solidario
marco Oficio Natal Solidariomarco Oficio Natal Solidario
marco Oficio Natal Solidario
 
M17 Marco Projecto Natal Solidario[1]
M17 Marco Projecto Natal Solidario[1]M17 Marco Projecto Natal Solidario[1]
M17 Marco Projecto Natal Solidario[1]
 
M 17 Texto De Teatro Natal SolidáRio
M 17 Texto De Teatro Natal SolidáRioM 17 Texto De Teatro Natal SolidáRio
M 17 Texto De Teatro Natal SolidáRio
 
M 9 Escravidao Marco
M 9 Escravidao MarcoM 9 Escravidao Marco
M 9 Escravidao Marco
 
Cartaz As..Mudanca CLC Dr4Marco
Cartaz As..Mudanca CLC Dr4MarcoCartaz As..Mudanca CLC Dr4Marco
Cartaz As..Mudanca CLC Dr4Marco
 
Mudam Se Os Tempos Dr4 Marco AraúJo
Mudam Se Os Tempos Dr4 Marco AraúJoMudam Se Os Tempos Dr4 Marco AraúJo
Mudam Se Os Tempos Dr4 Marco AraúJo
 
Decalogo M 32
Decalogo M 32Decalogo M 32
Decalogo M 32
 
Ritmos & Blues
Ritmos & BluesRitmos & Blues
Ritmos & Blues
 
Origem Blues
Origem BluesOrigem Blues
Origem Blues
 
ReflexãO Tic ingles marco
ReflexãO Tic ingles marcoReflexãO Tic ingles marco
ReflexãO Tic ingles marco
 
Cv Template En Gb Marco
Cv Template En Gb MarcoCv Template En Gb Marco
Cv Template En Gb Marco
 

Ficha1 Cp convicçao e firmeza ectica Marco

  • 1. Educação e Formação de Adultos - Nível Secundário Núcleo Gerador: Convicção e Firmeza Ética Área de Competência: Cidadania e Profissionalidade Competência: Adoptar normas deontológicas e profissionais como valores de referencia não transaccionáveis em contextos profissionais Critérios de Evidência: • Identificar deontologia e normas profissionais • Reconhecer valores de referência em organizações distintas • Actuar criticamente sobre práticas/posturas sociais articulando responsabilidade pessoal e profissional. NOME: Marco Araújo DATA:28/10/09 Ética e Deontologia A Ética é, então, o domínio da filosofia que tem por objectivo o juízo de apreciação que distingue o bem e o mal, o comportamento correcto e incorrecto. Os princípios éticos constituem-se enquanto directrizes, pelas quais o homem rege o seu comportamento, tendo em vista uma filosofia moral dignificante. Os códigos de ética são dificilmente separáveis da deontologia profissional, pelo que não é pouco frequente os termos ética e deontologia serem utilizados indiferentemente. O termo deontologia surge das palavras gregas “déon, déontos” que significa dever e “lógos” que se traduz por discurso ou estudo. Sendo assim, a deontologia seria o estudo do dever, ou o conjunto de deveres, princípios e normas adoptadas por um determinado grupo profissional. A deontologia é uma disciplina da ética especial adaptada ao exercício de uma profissão. Existem inúmeros códigos de deontologia, sendo esta codificação da responsabilidade de associações ou ordens profissionais. Nos casos de dilemas éticos, expostos anteriormente, podemos pensar no papel que poderiam ter os códigos deontológicos das profissões do farmacêutico e do polícia. Poderiam ajudar, certamente, a colaborar na decisão de cada um dos profissionais envolvidos e a avaliar os seus comportamentos. Regra geral, os códigos deontológicos têm por base as grandes declarações universais e esforçam-se por traduzir o sentimento ético expresso ético nestas, adaptando-o, no entanto, às particularidades de cada país e de cada grupo profissional. Para além disso, estes códigos propõem sanções, segundo princípios e procedimentos explícitos, para os infractores do mesmo. Alguns códigos não apresentam funções normativas e vinculativas, oferecendo apenas uma função reguladora. Embora os códigos pretendam oferecer uma reserva moral ou uma garantia de conformidade com os Direitos Humanos, estes podem, por vezes, constituir um perigo de monopolização de uma determinada área ou grupo de questões, relativas a toda a sociedade, por um conjunto de profissionais. http://www.psicologia.com.pt/profissionalidade/etica/ Animadores Sócio culturais Cidadania e Profissionalidade
  • 2. Proposta de Trabalho: • Faça uma recolha e apresente um código deontológico, de uma profissão ou actividade semelhante, à sua escolha. Regime militar / Código Deontológico do Serviço Policial Artigo 1.º (Âmbito de aplicação) O presente Código Deontológico aplica-se aos militares da Guarda Nacional Republicana (GNR) e ao pessoal da Polícia de Segurança Pública (PSP), adiante designados membros das Forças de Segurança, no âmbito do exercício das suas funções policiais. Artigo 2.º (Princípios fundamentais) 1. Os membros das Forças de Segurança cumprem os deveres que a Lei lhes impõe, servem o interesse público, defendem as instituições democráticas, protegem todas as pessoas contra actos ilegais e respeitam os direitos humanos. 2. Como zeladores pelo cumprimento da Lei, os membros das Forças de Segurança, cultivam e promovem os Valores do Humanismo, da Justiça, Integridade, Honra, Dignidade, Imparcialidade, Isenção, Probidade e Solidariedade. 3. Na sua actuação os membros das Forças de Segurança devem absoluto respeito pela Constituição da República Portuguesa, pela Declaração Universal dos Direitos do Homem, pela Convenção Europeia dos Direitos do Homem, pela legalidade comunitária, pelas convenções internacionais, pela Lei e pelo presente Código. 4. Os membros das Forças de Segurança que actuem de acordo com as disposições do presente Código têm direito ao apoio activo da comunidade que servem e ao devido reconhecimento por parte do Estado. • Propomos que se faça uma proposta de um código deontológico de formandos do Curso Educação e Formação de Adultos? Animadores Sócio culturais Cidadania e Profissionalidade