SlideShare uma empresa Scribd logo
O Modelo de Auto – Avaliação das Bibliotecas Escolares : Metodologias de Operacionalização (Parte II)




D. Gestão da BE
D.1. Articulação da BE com a Escola/Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE

        Indicadores                     Factores críticos de              Instrumentos de recolha de              Evidências extraídas dos
                                             Sucesso                         Evidências Sugeridos                instrumentos a integrar no
                                                                                                                     Relatório de Auto -
                                                                                                                         Avaliação
                                  . A escola/agrupamento inclui a BE     . Projecto Educativo do Agrupamento   . No PE é reconhecida a importância
D.1.1. Integração da BE na        na formulação e desenvolvimento da                                           da BE
                                  sua visão/missão, princípios e         . Regulamento Interno do
Escola /Agrupamento.              objectivos estratégicos e              agrupamento                           . O RI prevê objectivos e missão da
                                  operacionais.                                                                BE, organização funcional do
                                                                         . Plano Anual de Actividades do       espaço, funcionamento e
                                  . O/A professora bibliotecário/a       Agrupamento                           composição da equipa.
                                  participa no Conselho Pedagógico.
                                                                         . Projecto Curricular de Escola       . O PCE e os PCT referem a BE
                                  . São desencadeadas acções com                                               como um recurso ao seu
                                  vista à partilha, discussão e          . Projectos Curriculares de Turma     desenvolvimento e às suas
                                  aprovação da missão e objectivos da                                          actividades.
                                  BE em Conselho de                      . Documentos que regem o
                                  Docentes/Departamentos, Conselho       funcionamento da BE:                  . O PAA da BE integra-se no PAA do
                                  pedagógico e Conselho Geral.           - Normas da BE;                       agrupamento em articulação com o
                                                                         - PAA da BE;                          PEA.
                                  . O Regulamento interno da             - Plano de Acção da BE
                                  Escola/Agrupamento contempla os                                              .O Plano de Acção da BE
                                  seguintes aspectos:                    . Registos dos contactos informais    acompanha o PEA.
                                  - Missão e objectivos da BE;           com os professores
                                  - Organização funcional do espaço;                                           . As actividades do PA da BE
                                  - Organização e gestão dos recursos    . Estatísticas de utilização da BE    revelam adequação aos projectos
                                  humanos afectos à BE;                                                        curriculares de turma.
                                  - Serviços prestados à comunidade      . Questionários aos professores
                                  escolar no âmbito do PE;                                                     . O BE conhece os projectos a
                                  - Regimento de funcionamento da        . Questionários aos alunos            desenvolver pelos docentes/turmas,
                                  BE;                                                                          detecta necessidades de recursos e



                                                                A Formanda                                                                           1
                                                               Francisca Monteiro
O Modelo de Auto – Avaliação das Bibliotecas Escolares : Metodologias de Operacionalização (Parte II)




                                                                                                            desencadeia acções para a sua
                               . O Plano de Desenvolvimento da BE                                           aquisição.
                               acompanha, em termos de acção
                               estratégica o PE da                                                          . O PB tem uma participação activa
                               Escola/Agrupamento.                                                          no CP contribuindo para a afirmação
                                                                                                            e valorização do papel da BE, no
                               . O PAA da BE relaciona-se em                                                seio da comunidade educativa.
                               termos objectivos operacionais com
                               o PAA da Escola/Agrupamento,                                                 . O PB é membro do Conselho Geral.
                               colocando a BE ao seu serviço.
                                                                                                            . A PB reúne semanalmente com a
                               . A BE partilha objectivos                                                   equipa.
                               estratégicos e operacionais e
                               recursos, nomeadamente recursos                                              . As actas comprovam o trabalho
                               documentais, com as restantes                                                desenvolvido pela BE em articulação
                               escolas do agrupamento.                                                      com os outros docentes.

                               . A BE adequa os seus objectivos,                                            . Os resultados das estatísticas de
                               recursos e actividades ao currículo                                          utilização comprovam a utilização da
                               nacional, ao Projecto Curricular de                                          BE.
                               Escola e aos Projectos Curriculares
                               de Turma.                                                                    . Dados percentuais resultantes dos
                                                                                                            inquéritos atestam ou não a
                               . A BE é encarada como recurso                                               intervenção adequada da BE.
                               fundamental no desenvolvimento do
                               gosto pela leitura, na aquisição das                                         . A BE trabalha em articulação com
                               literacias fundamentais, na                                                  todas as escolas do agrupamento.
                               progressão nas aprendizagens e no
                               sucesso escolar.


                                                                                                            O PB reúne com o Órgão de Gestão
                               . O Órgão de Gestão apoia a BE e       . Registos de projectos de            na procura de soluções promotoras
D.1.2. Valorização da BE       envolve-se na procura de soluções      articulação                           do seu desenvolvimento.
pelos órgãos de direcção,      promotoras do seu funcionamento.
administração e gestão da                                                                                   . O órgão de Gestão tem apoiado a



                                                             A Formanda                                                                            2
                                                            Francisca Monteiro
O Modelo de Auto – Avaliação das Bibliotecas Escolares : Metodologias de Operacionalização (Parte II)




escola/agrupamento               . O Órgão de Gestão põe em prática                                            equipa da BE no desenvolvimento
                                 uma política de afectação de                                                  das actividades.
                                 recursos humanos adequados às          . Documentos de gestão da escola
                                 necessidades de funcionamento da                                              . A BE tem uma auxiliar educativa a
                                 BE.                                    . Relatórios de avaliação da BE        tempo inteiro.

                                 . Os órgãos de Gestão estabelecem      . Regulamento interno do               . A BE envolve-se em projectos e
                                 estratégias visando a articulação      Agrupamento                            actividades curriculares do
                                 entre a BE e as demais estruturas de                                          agrupamento.
                                 coordenação e supervisão               . Documentos de gestão da BE
                                 pedagógica.                                                                   . A BE sugere projectos e
                                                                        . Equipa da BE e colaboradores         actividades.
                                 . A BE está contemplada nos
                                 projectos e actividades educativas e   . Registo de actividades de            . A BE divulga recursos.
                                 curriculares da escola/agrupamento.    articulação
                                                                                                               . Existe uma boa articulação entre a
                                 . A BE dispõe de uma verba anual       . Relatório anual de actividades       BE e as outras estruturas da escola.
                                 para o seu financiamento, para a
                                 renovação de equipamentos e para       . Actas de reuniões                    . A BE dispõe de uma verba anual
                                 actualização da colecção.                                                     para aquisição de fundo documental.
                                                                        . Orçamento do agrupamento
                                                                                                               . A BE obteve verbas do PNL para
                                                                        . Registo de aquisições no âmbito da   aquisição de obras.
                                                                        colecção




                                                                                                               . O horário da BE é igual ao da



                                                               A Formanda                                                                             3
                                                              Francisca Monteiro
O Modelo de Auto – Avaliação das Bibliotecas Escolares : Metodologias de Operacionalização (Parte II)




                                 . A BE funciona em horário contínuo                                         escola.
D.1.3. Resposta da BE às        e alargado que possibilita o acesso     . Horário da BE
                                dos utilizadores no horário lectivo e                                        . A BE é utilizada como recurso,
necessidades da escola          acompanha as necessidades de            . Estatísticas de ocupação da BE     espaço de lazer e de trabalho pelos
/agrupamento                    ocupação em horário extra lectivo.                                           utilizadores.
                                                                        . Registos de actividades da BE
                                . Os recursos e serviços da BE                                               . A análise dos resultados das
                                respondem às metas e estratégias        . Questionários aos professores      estatísticas revela que a BE é
                                definidas no PE e Curricular da                                              utilizada pelos alunos.
                                escola/agrupamento.                     . Questionários aos alunos
                                                                                                             . A BE organiza sessões de
                                . A BE cria condições e é usada         . Registos de reuniões/ contactos    formação para apoiar os utilizadores
                                como recurso e como local de lazer      . Livro /caixa de                    no acesso aos equipamentos.
                                e de trabalho pelos utilizadores.       sugestões/reclamações
                                                                                                             . A BE dinamizou actividades com os
                                . A BE apoia os utilizadores no                                              docentes no âmbito do PNL e na
                                acesso aos equipamentos. A BE                                                pesquisa de informação.
                                apoia localmente a leitura, a
                                investigação e a pesquisa/ uso da                                            . Os alunos avaliaram de forma
                                informação.                                                                  positiva os serviços e condições da
                                                                                                             BE.
                                . A BE alarga os seus objectivos e
                                actividades às restantes escolas do                                          . A BE divulgou actividades e
                                agrupamento nomeadamente às                                                  materiais produzidos no blogue e
                                escolas do 1º Ciclo.                                                         página do agrupamento.

                                . A BE assume-se como pólo de
                                fomento e de difusão cultural na
                                escola/agrupamento.


                                                                                                             . A BE possui e utiliza instrumentos
                                . A BE implementa um sistema de                                              de recolha de informação qualitativa
                                avaliação contínuo.                     . Recolha de informação com          e quantitativa.
D.1.4. Avaliação da BE.                                                 recurso ao sistema automatizado de
                                . São criados instrumentos de           gestão bibliográfica                 . A PB fez a recolha de dados da sua



                                                              A Formanda                                                                            4
                                                             Francisca Monteiro
O Modelo de Auto – Avaliação das Bibliotecas Escolares : Metodologias de Operacionalização (Parte II)




            recolha de informação, que são                                                  utilização e das requisições.
            implementados de forma sistemática.     . Registos de observação,
                                                    questionários, entrevistas ou outros    . A PB fez a recolha dos dados dos
            . A informação recolhida é analisada,   realizados no âmbito da avaliação       inquéritos para avaliar o grau de
            originando acções ao nível da gestão    interna da BE                           satisfação dos seus utilizadores.
            e do funcionamento da BE.
                                                    .Excertos de documentação e             . A PB apresentou as estatísticas dos
            . Os resultados da avaliação são        relatórios relativos ao funcionamento   dados recolhidos.
            divulgados junto do Órgão de            da BE.
            Gestão, junto dos órgãos de decisão                                             . A PB apresentou o relatório anual
            pedagógica e da restante                . Estatística de ocupação da BE         de actividades desenvolvidas pela
            comunidade, com o objectivo de                                                  BE.
            promover e valorizar as mais valias     . Estatística de requisições
            da BE e de alertar para os pontos                                               . Depois de analisados os resultados
            fracos do seu funcionamento.            . Registos de actas                     foram identificados os pontos fortes e
                                                                                            pontos fracos.
            . Os resultados de cada avaliação
            originam, quando necessário, a                                                  . Os relatórios de avaliação são
            redefinição de estratégias e novas                                              apresentados ao órgão de gestão.
            planificações.
                                                                                            . O Plano de acção e de actividades
            . São realizadas actividades de                                                 contempla acções de melhoria.
            benchmarking.




                                          A Formanda                                                                              5
                                         Francisca Monteiro

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tabela D1 Celeste[1]
Tabela D1 Celeste[1]Tabela D1 Celeste[1]
Tabela D1 Celeste[1]
celesteoliveira
 
Tabela DomíNio D.1
Tabela DomíNio D.1Tabela DomíNio D.1
Tabela DomíNio D.1
eudorapereira
 
SessãO 5 Tarefa 1
SessãO 5 Tarefa 1SessãO 5 Tarefa 1
SessãO 5 Tarefa 1
Antonio Tavares
 
Metod Oper (Parte Ii)
Metod Oper (Parte Ii)Metod Oper (Parte Ii)
Metod Oper (Parte Ii)
beloule
 
Tabela D.1
Tabela D.1Tabela D.1
Tabela D.1
guestc5adc9
 
Tabela D.1
Tabela D.1Tabela D.1
Tabela D.1
guestc5adc9
 
Sessao 5 Tabela D.1 Helia
Sessao 5   Tabela D.1   HeliaSessao 5   Tabela D.1   Helia
Sessao 5 Tabela D.1 Helia
Hélia Jacob
 
Tabela D1[1]
Tabela D1[1]Tabela D1[1]
Tabela D1[1]
MLurdesAlmeida
 
Microsoft Word Metodologias De OperacionalizaçãO Ii Parte D
Microsoft Word   Metodologias De OperacionalizaçãO Ii Parte DMicrosoft Word   Metodologias De OperacionalizaçãO Ii Parte D
Microsoft Word Metodologias De OperacionalizaçãO Ii Parte D
guest3011a0
 
Tarefa6
Tarefa6Tarefa6
Tarefa6
zulmiraaires
 
Tabela D1
Tabela D1Tabela D1
Tabela D1
Susana Martins
 
T D
T DT D
Tabela B1
Tabela B1Tabela B1
Tabela SubdomíNio D1
Tabela  SubdomíNio D1Tabela  SubdomíNio D1
Tabela SubdomíNio D1
Isabel Martins
 
D1
D1D1
Os Pontos Fortes Da Be
Os Pontos Fortes Da BeOs Pontos Fortes Da Be
Os Pontos Fortes Da Be
BE/CRE
 
5ª tarefa - 1ª parte
5ª tarefa - 1ª parte5ª tarefa - 1ª parte
5ª tarefa - 1ª parte
Ana Luísa Fernandes
 

Mais procurados (17)

Tabela D1 Celeste[1]
Tabela D1 Celeste[1]Tabela D1 Celeste[1]
Tabela D1 Celeste[1]
 
Tabela DomíNio D.1
Tabela DomíNio D.1Tabela DomíNio D.1
Tabela DomíNio D.1
 
SessãO 5 Tarefa 1
SessãO 5 Tarefa 1SessãO 5 Tarefa 1
SessãO 5 Tarefa 1
 
Metod Oper (Parte Ii)
Metod Oper (Parte Ii)Metod Oper (Parte Ii)
Metod Oper (Parte Ii)
 
Tabela D.1
Tabela D.1Tabela D.1
Tabela D.1
 
Tabela D.1
Tabela D.1Tabela D.1
Tabela D.1
 
Sessao 5 Tabela D.1 Helia
Sessao 5   Tabela D.1   HeliaSessao 5   Tabela D.1   Helia
Sessao 5 Tabela D.1 Helia
 
Tabela D1[1]
Tabela D1[1]Tabela D1[1]
Tabela D1[1]
 
Microsoft Word Metodologias De OperacionalizaçãO Ii Parte D
Microsoft Word   Metodologias De OperacionalizaçãO Ii Parte DMicrosoft Word   Metodologias De OperacionalizaçãO Ii Parte D
Microsoft Word Metodologias De OperacionalizaçãO Ii Parte D
 
Tarefa6
Tarefa6Tarefa6
Tarefa6
 
Tabela D1
Tabela D1Tabela D1
Tabela D1
 
T D
T DT D
T D
 
Tabela B1
Tabela B1Tabela B1
Tabela B1
 
Tabela SubdomíNio D1
Tabela  SubdomíNio D1Tabela  SubdomíNio D1
Tabela SubdomíNio D1
 
D1
D1D1
D1
 
Os Pontos Fortes Da Be
Os Pontos Fortes Da BeOs Pontos Fortes Da Be
Os Pontos Fortes Da Be
 
5ª tarefa - 1ª parte
5ª tarefa - 1ª parte5ª tarefa - 1ª parte
5ª tarefa - 1ª parte
 

Destaque

PAA BE's 14/15
PAA BE's 14/15PAA BE's 14/15
Customer Appointment Management
Customer Appointment ManagementCustomer Appointment Management
Customer Appointment Management
Big Fuel
 
Planoaco 100315153854-phpapp02
Planoaco 100315153854-phpapp02Planoaco 100315153854-phpapp02
Planoaco 100315153854-phpapp02
Beco
 
Paa 2014 2015-bibliotecas_escolares
Paa 2014 2015-bibliotecas_escolaresPaa 2014 2015-bibliotecas_escolares
Paa 2014 2015-bibliotecas_escolares
Risoleta Montez
 
Paa b es_15_16
Paa b es_15_16Paa b es_15_16
Paa b es_15_16
elizabetejesus
 
Tarefa 5 Tabela
Tarefa 5   TabelaTarefa 5   Tabela
Tarefa 5 Tabela
Amparo Morais
 
PAA BECRE 2013.2014 agrupamento de escolas josé Silvestre Ribeiro
PAA BECRE  2013.2014 agrupamento de escolas josé Silvestre RibeiroPAA BECRE  2013.2014 agrupamento de escolas josé Silvestre Ribeiro
PAA BECRE 2013.2014 agrupamento de escolas josé Silvestre Ribeiro
Dores Pinto
 
29 katia - atividades 1º ano
29   katia - atividades 1º ano29   katia - atividades 1º ano
29 katia - atividades 1º ano
Patricia Mundim
 
Atividades para o 1º ano do Ensino Fundamental
Atividades para o 1º ano do Ensino FundamentalAtividades para o 1º ano do Ensino Fundamental
Atividades para o 1º ano do Ensino Fundamental
Aline Christian
 
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
Plano Anual de Atividades da Biblioteca EscolarPlano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
1º ano A - 1º Bimestre - Descobrindo a Escrita
1º ano A - 1º Bimestre - Descobrindo a Escrita1º ano A - 1º Bimestre - Descobrindo a Escrita
1º ano A - 1º Bimestre - Descobrindo a Escrita
promasantana
 
Ler e escrever coletânea de atividades 1º ano
Ler e escrever   coletânea de atividades 1º anoLer e escrever   coletânea de atividades 1º ano
Ler e escrever coletânea de atividades 1º ano
Marly Freitas
 

Destaque (12)

PAA BE's 14/15
PAA BE's 14/15PAA BE's 14/15
PAA BE's 14/15
 
Customer Appointment Management
Customer Appointment ManagementCustomer Appointment Management
Customer Appointment Management
 
Planoaco 100315153854-phpapp02
Planoaco 100315153854-phpapp02Planoaco 100315153854-phpapp02
Planoaco 100315153854-phpapp02
 
Paa 2014 2015-bibliotecas_escolares
Paa 2014 2015-bibliotecas_escolaresPaa 2014 2015-bibliotecas_escolares
Paa 2014 2015-bibliotecas_escolares
 
Paa b es_15_16
Paa b es_15_16Paa b es_15_16
Paa b es_15_16
 
Tarefa 5 Tabela
Tarefa 5   TabelaTarefa 5   Tabela
Tarefa 5 Tabela
 
PAA BECRE 2013.2014 agrupamento de escolas josé Silvestre Ribeiro
PAA BECRE  2013.2014 agrupamento de escolas josé Silvestre RibeiroPAA BECRE  2013.2014 agrupamento de escolas josé Silvestre Ribeiro
PAA BECRE 2013.2014 agrupamento de escolas josé Silvestre Ribeiro
 
29 katia - atividades 1º ano
29   katia - atividades 1º ano29   katia - atividades 1º ano
29 katia - atividades 1º ano
 
Atividades para o 1º ano do Ensino Fundamental
Atividades para o 1º ano do Ensino FundamentalAtividades para o 1º ano do Ensino Fundamental
Atividades para o 1º ano do Ensino Fundamental
 
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
Plano Anual de Atividades da Biblioteca EscolarPlano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar
 
1º ano A - 1º Bimestre - Descobrindo a Escrita
1º ano A - 1º Bimestre - Descobrindo a Escrita1º ano A - 1º Bimestre - Descobrindo a Escrita
1º ano A - 1º Bimestre - Descobrindo a Escrita
 
Ler e escrever coletânea de atividades 1º ano
Ler e escrever   coletânea de atividades 1º anoLer e escrever   coletânea de atividades 1º ano
Ler e escrever coletânea de atividades 1º ano
 

Semelhante a Tabela D.1.

5ª Sessão - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologia...
5ª Sessão - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologia...5ª Sessão - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologia...
5ª Sessão - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologia...
guest36ad53
 
1ª Tarefa Meted. Oper.Ii
1ª Tarefa Meted. Oper.Ii1ª Tarefa Meted. Oper.Ii
1ª Tarefa Meted. Oper.Ii
guest7116db
 
Tabela d1
Tabela d1Tabela d1
Tabela d1
MLurdesAlmeida
 
Os Pontos Fortes Da Be
Os Pontos Fortes Da BeOs Pontos Fortes Da Be
Os Pontos Fortes Da Be
BE/CRE
 
3 de Dezembro de 2009
3 de Dezembro de 20093 de Dezembro de 2009
3 de Dezembro de 2009
luciameireles
 
O Modelo de Auto-Avaliação
O Modelo de Auto-AvaliaçãoO Modelo de Auto-Avaliação
O Modelo de Auto-Avaliação
Be Carrazeda
 
Tabela D
Tabela DTabela D
Tabela D
jebrites
 
Gestão da BE -Tabela D1
Gestão da BE -Tabela D1Gestão da BE -Tabela D1
Gestão da BE -Tabela D1
guest0462827d
 
Pdf Online[1]
Pdf Online[1]Pdf Online[1]
Pdf Online[1]
candidaribeiro
 
Tarefa 5 Tabela D2 Isabel
Tarefa 5 Tabela D2   IsabelTarefa 5 Tabela D2   Isabel
Tarefa 5 Tabela D2 Isabel
isabelsantosilva
 
Tabela D1
Tabela D1Tabela D1
Tabela D1
candidaribeiro
 

Semelhante a Tabela D.1. (11)

5ª Sessão - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologia...
5ª Sessão - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologia...5ª Sessão - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologia...
5ª Sessão - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologia...
 
1ª Tarefa Meted. Oper.Ii
1ª Tarefa Meted. Oper.Ii1ª Tarefa Meted. Oper.Ii
1ª Tarefa Meted. Oper.Ii
 
Tabela d1
Tabela d1Tabela d1
Tabela d1
 
Os Pontos Fortes Da Be
Os Pontos Fortes Da BeOs Pontos Fortes Da Be
Os Pontos Fortes Da Be
 
3 de Dezembro de 2009
3 de Dezembro de 20093 de Dezembro de 2009
3 de Dezembro de 2009
 
O Modelo de Auto-Avaliação
O Modelo de Auto-AvaliaçãoO Modelo de Auto-Avaliação
O Modelo de Auto-Avaliação
 
Tabela D
Tabela DTabela D
Tabela D
 
Gestão da BE -Tabela D1
Gestão da BE -Tabela D1Gestão da BE -Tabela D1
Gestão da BE -Tabela D1
 
Pdf Online[1]
Pdf Online[1]Pdf Online[1]
Pdf Online[1]
 
Tarefa 5 Tabela D2 Isabel
Tarefa 5 Tabela D2   IsabelTarefa 5 Tabela D2   Isabel
Tarefa 5 Tabela D2 Isabel
 
Tabela D1
Tabela D1Tabela D1
Tabela D1
 

Mais de franciscamonteiro

Concurso
ConcursoConcurso
Eu conto
Eu contoEu conto
Feira do livro
Feira do livroFeira do livro
Feira do livro
franciscamonteiro
 
Feira do livro
Feira do livroFeira do livro
Feira do livro
franciscamonteiro
 
No Reino da Bicharada
No Reino da BicharadaNo Reino da Bicharada
No Reino da Bicharada
franciscamonteiro
 
Agenda- Semana da Leitura
Agenda- Semana da LeituraAgenda- Semana da Leitura
Agenda- Semana da Leitura
franciscamonteiro
 
historia sim-_o e a noite de natal
  historia   sim-_o e a noite de natal  historia   sim-_o e a noite de natal
historia sim-_o e a noite de natal
franciscamonteiro
 
C:\fakepath\bi j unho
C:\fakepath\bi j unhoC:\fakepath\bi j unho
C:\fakepath\bi j unho
franciscamonteiro
 
C:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J UnhoC:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J Unho
franciscamonteiro
 
C:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J UnhoC:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J Unho
franciscamonteiro
 
C:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J UnhoC:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J Unho
franciscamonteiro
 
Cartaz semana pao
Cartaz semana paoCartaz semana pao
Cartaz semana pao
franciscamonteiro
 
Regulamento do concurso ½ambiente amigo-+ - protec+º+úo ambiental
Regulamento do concurso  ½ambiente amigo-+ - protec+º+úo ambientalRegulamento do concurso  ½ambiente amigo-+ - protec+º+úo ambiental
Regulamento do concurso ½ambiente amigo-+ - protec+º+úo ambiental
franciscamonteiro
 
Concurso ambiente amigo
Concurso ambiente amigoConcurso ambiente amigo
Concurso ambiente amigo
franciscamonteiro
 
Concurso ambiente amigo
Concurso ambiente amigoConcurso ambiente amigo
Concurso ambiente amigo
franciscamonteiro
 
C:\Fakepath\Dia Do Livro
C:\Fakepath\Dia Do LivroC:\Fakepath\Dia Do Livro
C:\Fakepath\Dia Do Livro
franciscamonteiro
 
Dia do livro
Dia do livroDia do livro
Dia do livro
franciscamonteiro
 
Bi Mar+ºO (S+¦ De Leitura)
Bi Mar+ºO (S+¦ De Leitura)Bi Mar+ºO (S+¦ De Leitura)
Bi Mar+ºO (S+¦ De Leitura)
franciscamonteiro
 

Mais de franciscamonteiro (20)

Concurso
ConcursoConcurso
Concurso
 
Eu conto
Eu contoEu conto
Eu conto
 
Feira do livro
Feira do livroFeira do livro
Feira do livro
 
Feira do livro
Feira do livroFeira do livro
Feira do livro
 
No Reino da Bicharada
No Reino da BicharadaNo Reino da Bicharada
No Reino da Bicharada
 
Agenda- Semana da Leitura
Agenda- Semana da LeituraAgenda- Semana da Leitura
Agenda- Semana da Leitura
 
historia sim-_o e a noite de natal
  historia   sim-_o e a noite de natal  historia   sim-_o e a noite de natal
historia sim-_o e a noite de natal
 
C:\fakepath\bi j unho
C:\fakepath\bi j unhoC:\fakepath\bi j unho
C:\fakepath\bi j unho
 
C:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J UnhoC:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J Unho
 
C:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J UnhoC:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J Unho
 
C:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J UnhoC:\Fakepath\Bi J Unho
C:\Fakepath\Bi J Unho
 
Cartaz semana pao
Cartaz semana paoCartaz semana pao
Cartaz semana pao
 
Regulamento do concurso ½ambiente amigo-+ - protec+º+úo ambiental
Regulamento do concurso  ½ambiente amigo-+ - protec+º+úo ambientalRegulamento do concurso  ½ambiente amigo-+ - protec+º+úo ambiental
Regulamento do concurso ½ambiente amigo-+ - protec+º+úo ambiental
 
Concurso ambiente amigo
Concurso ambiente amigoConcurso ambiente amigo
Concurso ambiente amigo
 
Concurso ambiente amigo
Concurso ambiente amigoConcurso ambiente amigo
Concurso ambiente amigo
 
Prémio- Ovibeja
Prémio- OvibejaPrémio- Ovibeja
Prémio- Ovibeja
 
L ivro magico
L ivro magicoL ivro magico
L ivro magico
 
C:\Fakepath\Dia Do Livro
C:\Fakepath\Dia Do LivroC:\Fakepath\Dia Do Livro
C:\Fakepath\Dia Do Livro
 
Dia do livro
Dia do livroDia do livro
Dia do livro
 
Bi Mar+ºO (S+¦ De Leitura)
Bi Mar+ºO (S+¦ De Leitura)Bi Mar+ºO (S+¦ De Leitura)
Bi Mar+ºO (S+¦ De Leitura)
 

Último

Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
CarolineSaback2
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
mailabueno45
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 

Último (20)

Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 

Tabela D.1.

  • 1. O Modelo de Auto – Avaliação das Bibliotecas Escolares : Metodologias de Operacionalização (Parte II) D. Gestão da BE D.1. Articulação da BE com a Escola/Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE Indicadores Factores críticos de Instrumentos de recolha de Evidências extraídas dos Sucesso Evidências Sugeridos instrumentos a integrar no Relatório de Auto - Avaliação . A escola/agrupamento inclui a BE . Projecto Educativo do Agrupamento . No PE é reconhecida a importância D.1.1. Integração da BE na na formulação e desenvolvimento da da BE sua visão/missão, princípios e . Regulamento Interno do Escola /Agrupamento. objectivos estratégicos e agrupamento . O RI prevê objectivos e missão da operacionais. BE, organização funcional do . Plano Anual de Actividades do espaço, funcionamento e . O/A professora bibliotecário/a Agrupamento composição da equipa. participa no Conselho Pedagógico. . Projecto Curricular de Escola . O PCE e os PCT referem a BE . São desencadeadas acções com como um recurso ao seu vista à partilha, discussão e . Projectos Curriculares de Turma desenvolvimento e às suas aprovação da missão e objectivos da actividades. BE em Conselho de . Documentos que regem o Docentes/Departamentos, Conselho funcionamento da BE: . O PAA da BE integra-se no PAA do pedagógico e Conselho Geral. - Normas da BE; agrupamento em articulação com o - PAA da BE; PEA. . O Regulamento interno da - Plano de Acção da BE Escola/Agrupamento contempla os .O Plano de Acção da BE seguintes aspectos: . Registos dos contactos informais acompanha o PEA. - Missão e objectivos da BE; com os professores - Organização funcional do espaço; . As actividades do PA da BE - Organização e gestão dos recursos . Estatísticas de utilização da BE revelam adequação aos projectos humanos afectos à BE; curriculares de turma. - Serviços prestados à comunidade . Questionários aos professores escolar no âmbito do PE; . O BE conhece os projectos a - Regimento de funcionamento da . Questionários aos alunos desenvolver pelos docentes/turmas, BE; detecta necessidades de recursos e A Formanda 1 Francisca Monteiro
  • 2. O Modelo de Auto – Avaliação das Bibliotecas Escolares : Metodologias de Operacionalização (Parte II) desencadeia acções para a sua . O Plano de Desenvolvimento da BE aquisição. acompanha, em termos de acção estratégica o PE da . O PB tem uma participação activa Escola/Agrupamento. no CP contribuindo para a afirmação e valorização do papel da BE, no . O PAA da BE relaciona-se em seio da comunidade educativa. termos objectivos operacionais com o PAA da Escola/Agrupamento, . O PB é membro do Conselho Geral. colocando a BE ao seu serviço. . A PB reúne semanalmente com a . A BE partilha objectivos equipa. estratégicos e operacionais e recursos, nomeadamente recursos . As actas comprovam o trabalho documentais, com as restantes desenvolvido pela BE em articulação escolas do agrupamento. com os outros docentes. . A BE adequa os seus objectivos, . Os resultados das estatísticas de recursos e actividades ao currículo utilização comprovam a utilização da nacional, ao Projecto Curricular de BE. Escola e aos Projectos Curriculares de Turma. . Dados percentuais resultantes dos inquéritos atestam ou não a . A BE é encarada como recurso intervenção adequada da BE. fundamental no desenvolvimento do gosto pela leitura, na aquisição das . A BE trabalha em articulação com literacias fundamentais, na todas as escolas do agrupamento. progressão nas aprendizagens e no sucesso escolar. O PB reúne com o Órgão de Gestão . O Órgão de Gestão apoia a BE e . Registos de projectos de na procura de soluções promotoras D.1.2. Valorização da BE envolve-se na procura de soluções articulação do seu desenvolvimento. pelos órgãos de direcção, promotoras do seu funcionamento. administração e gestão da . O órgão de Gestão tem apoiado a A Formanda 2 Francisca Monteiro
  • 3. O Modelo de Auto – Avaliação das Bibliotecas Escolares : Metodologias de Operacionalização (Parte II) escola/agrupamento . O Órgão de Gestão põe em prática equipa da BE no desenvolvimento uma política de afectação de das actividades. recursos humanos adequados às . Documentos de gestão da escola necessidades de funcionamento da . A BE tem uma auxiliar educativa a BE. . Relatórios de avaliação da BE tempo inteiro. . Os órgãos de Gestão estabelecem . Regulamento interno do . A BE envolve-se em projectos e estratégias visando a articulação Agrupamento actividades curriculares do entre a BE e as demais estruturas de agrupamento. coordenação e supervisão . Documentos de gestão da BE pedagógica. . A BE sugere projectos e . Equipa da BE e colaboradores actividades. . A BE está contemplada nos projectos e actividades educativas e . Registo de actividades de . A BE divulga recursos. curriculares da escola/agrupamento. articulação . Existe uma boa articulação entre a . A BE dispõe de uma verba anual . Relatório anual de actividades BE e as outras estruturas da escola. para o seu financiamento, para a renovação de equipamentos e para . Actas de reuniões . A BE dispõe de uma verba anual actualização da colecção. para aquisição de fundo documental. . Orçamento do agrupamento . A BE obteve verbas do PNL para . Registo de aquisições no âmbito da aquisição de obras. colecção . O horário da BE é igual ao da A Formanda 3 Francisca Monteiro
  • 4. O Modelo de Auto – Avaliação das Bibliotecas Escolares : Metodologias de Operacionalização (Parte II) . A BE funciona em horário contínuo escola. D.1.3. Resposta da BE às e alargado que possibilita o acesso . Horário da BE dos utilizadores no horário lectivo e . A BE é utilizada como recurso, necessidades da escola acompanha as necessidades de . Estatísticas de ocupação da BE espaço de lazer e de trabalho pelos /agrupamento ocupação em horário extra lectivo. utilizadores. . Registos de actividades da BE . Os recursos e serviços da BE . A análise dos resultados das respondem às metas e estratégias . Questionários aos professores estatísticas revela que a BE é definidas no PE e Curricular da utilizada pelos alunos. escola/agrupamento. . Questionários aos alunos . A BE organiza sessões de . A BE cria condições e é usada . Registos de reuniões/ contactos formação para apoiar os utilizadores como recurso e como local de lazer . Livro /caixa de no acesso aos equipamentos. e de trabalho pelos utilizadores. sugestões/reclamações . A BE dinamizou actividades com os . A BE apoia os utilizadores no docentes no âmbito do PNL e na acesso aos equipamentos. A BE pesquisa de informação. apoia localmente a leitura, a investigação e a pesquisa/ uso da . Os alunos avaliaram de forma informação. positiva os serviços e condições da BE. . A BE alarga os seus objectivos e actividades às restantes escolas do . A BE divulgou actividades e agrupamento nomeadamente às materiais produzidos no blogue e escolas do 1º Ciclo. página do agrupamento. . A BE assume-se como pólo de fomento e de difusão cultural na escola/agrupamento. . A BE possui e utiliza instrumentos . A BE implementa um sistema de de recolha de informação qualitativa avaliação contínuo. . Recolha de informação com e quantitativa. D.1.4. Avaliação da BE. recurso ao sistema automatizado de . São criados instrumentos de gestão bibliográfica . A PB fez a recolha de dados da sua A Formanda 4 Francisca Monteiro
  • 5. O Modelo de Auto – Avaliação das Bibliotecas Escolares : Metodologias de Operacionalização (Parte II) recolha de informação, que são utilização e das requisições. implementados de forma sistemática. . Registos de observação, questionários, entrevistas ou outros . A PB fez a recolha dos dados dos . A informação recolhida é analisada, realizados no âmbito da avaliação inquéritos para avaliar o grau de originando acções ao nível da gestão interna da BE satisfação dos seus utilizadores. e do funcionamento da BE. .Excertos de documentação e . A PB apresentou as estatísticas dos . Os resultados da avaliação são relatórios relativos ao funcionamento dados recolhidos. divulgados junto do Órgão de da BE. Gestão, junto dos órgãos de decisão . A PB apresentou o relatório anual pedagógica e da restante . Estatística de ocupação da BE de actividades desenvolvidas pela comunidade, com o objectivo de BE. promover e valorizar as mais valias . Estatística de requisições da BE e de alertar para os pontos . Depois de analisados os resultados fracos do seu funcionamento. . Registos de actas foram identificados os pontos fortes e pontos fracos. . Os resultados de cada avaliação originam, quando necessário, a . Os relatórios de avaliação são redefinição de estratégias e novas apresentados ao órgão de gestão. planificações. . O Plano de acção e de actividades . São realizadas actividades de contempla acções de melhoria. benchmarking. A Formanda 5 Francisca Monteiro