SlideShare uma empresa Scribd logo
Semana de Arte
   Moderna
 Brasil fevereiro de 1922

  Prof. Thiago J. S. Oliveira
           História
Problematização

O que o ideário do século XX, por exato a
Semana      de    Arte    Moderna      de
1922, representou para a sociedade
brasileira?
São Paulo nos anos 20

  Da Antiga cidade Taipa de Pilão à
  Sede da Semana de Arte Moderna.
São Paulo – aspectos Gerais
• Vias sem pavimentação;

• Movimentação monetária por meio da
  exportação de café;

• Serviços sanitários precários.
São Paulo: Rua Quinze de Novembro, coração da
                   cidade.
             Foto datada de 1916
Theatro Municipal 1911
A sede da Semana de
   Arte Moderna

    Por que São Paulo?
São Paulo – aspectos gerais
• Cidade próspera;

• Numero elevado de imigrantes europeus;

• Cidade em desenvolvimento (industrialização e
  reurbanização);

• Crescimento decorrente dês do fim do século XIX.
Semana de arte moderna
Av. São João 1919
Av. São João 1922
Largo São Bento com a rua Líbero Badaró 1922
Semana de Arte
    moderna
De 11 a 18 de fevereiro de 1922, a
 semana que decidiu São Paulo.
Ren Thiollier (1)
                           Manuel Bandeira (2)
                          Mário de Andrade (3)
  Manoel Vilaboin (4) Francesco Pettinati (5) Cândido Motta Filho (6)
                  Paulo Prado (7) Não identificado (8)
                 Graça Aranha (9) Afonso Schmidt (10)
Goffredo da Silva Telles (11) Couto de Barros (12) Tácito de Almeida (13)
                Luís Aranha (14) Oswald de Andrade(15)
                      Rubens Borba de Moraes (16)
Theatro Municipal de São Paulo (foto anos 20)
Recibo do aluguel do Theatro Municipal: no valor
                de 847 mil réis.
Catálogo (Di Cavalcanti)
Qual a ideologia de
       1922?
Cartaz da Semana de Arte
Moderna satirizando os grandes
nomes da música, da Literatura
        e da Pintura.
Semana de arte moderna
• Razão nacionalista; Ideia Nacionalista.

• Abertura a nova cultura: (miscigenação cultural).

• Liberdade para a nova Arte.

• Fundamento: ironia, deboche, bom humor.
Conclusão

• A Semana de Arte Moderna, foi para o
  Brasil, o impulso que disponibilizou a caráter
  de nação, a ideia de nacionalismo.
Conclusão
• A Semana de Arte Moderna, pode ser
  compreendido como a primeira forma de
  “desbloqueio” ideológico que o Brasil era refém.

• O fevereiro de 1922, foi por meio de sua
  essência, preparação para o ano decisivo de
  1968, Tropicália.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992
GabrielaLimaPereira
 
Concretismo No Brasil
Concretismo No BrasilConcretismo No Brasil
Concretismo No Brasil
Thalles Yvson
 
CUBISMO
CUBISMOCUBISMO
Art Deco
Art DecoArt Deco
Cubismo - 7º ano!
Cubismo - 7º ano!Cubismo - 7º ano!
Cubismo - 7º ano!
Lu Rebordosa
 
OP - ART e POP - ART
OP - ART e POP - ARTOP - ART e POP - ART
OP - ART e POP - ART
Cristiane Seibt
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
Ian Costansi
 
Arte Moderna
Arte ModernaArte Moderna
Arte Moderna
guest1652ff
 
FUTURISMO
FUTURISMOFUTURISMO
FUTURISMO
Cristiane Seibt
 
Ensino Médio- A arte do cubismo
Ensino Médio- A arte do cubismoEnsino Médio- A arte do cubismo
Ensino Médio- A arte do cubismo
ArtesElisa
 
Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
infoeducp2
 
Land Art
Land ArtLand Art
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
P@ULO Henrique
 
Abstracionismo
AbstracionismoAbstracionismo
Abstracionismo
Andrea Garcia
 
100 anos da Semana de Arte Moderna no Brasil (1).pptx
100 anos da Semana de Arte Moderna no Brasil (1).pptx100 anos da Semana de Arte Moderna no Brasil (1).pptx
100 anos da Semana de Arte Moderna no Brasil (1).pptx
TATE9
 
Atelier de Land Art
Atelier de Land ArtAtelier de Land Art
Atelier de Land Art
rpmos
 
Cubismo
CubismoCubismo
Belle epoque
Belle epoqueBelle epoque
Belle epoque
Alan
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
Ernandes Maia
 
Movimentos Dadaísmo e Surrealismo
Movimentos Dadaísmo e SurrealismoMovimentos Dadaísmo e Surrealismo
Movimentos Dadaísmo e Surrealismo
Andrea Dressler
 

Mais procurados (20)

Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992
 
Concretismo No Brasil
Concretismo No BrasilConcretismo No Brasil
Concretismo No Brasil
 
CUBISMO
CUBISMOCUBISMO
CUBISMO
 
Art Deco
Art DecoArt Deco
Art Deco
 
Cubismo - 7º ano!
Cubismo - 7º ano!Cubismo - 7º ano!
Cubismo - 7º ano!
 
OP - ART e POP - ART
OP - ART e POP - ARTOP - ART e POP - ART
OP - ART e POP - ART
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Arte Moderna
Arte ModernaArte Moderna
Arte Moderna
 
FUTURISMO
FUTURISMOFUTURISMO
FUTURISMO
 
Ensino Médio- A arte do cubismo
Ensino Médio- A arte do cubismoEnsino Médio- A arte do cubismo
Ensino Médio- A arte do cubismo
 
Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
 
Land Art
Land ArtLand Art
Land Art
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Abstracionismo
AbstracionismoAbstracionismo
Abstracionismo
 
100 anos da Semana de Arte Moderna no Brasil (1).pptx
100 anos da Semana de Arte Moderna no Brasil (1).pptx100 anos da Semana de Arte Moderna no Brasil (1).pptx
100 anos da Semana de Arte Moderna no Brasil (1).pptx
 
Atelier de Land Art
Atelier de Land ArtAtelier de Land Art
Atelier de Land Art
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Belle epoque
Belle epoqueBelle epoque
Belle epoque
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Movimentos Dadaísmo e Surrealismo
Movimentos Dadaísmo e SurrealismoMovimentos Dadaísmo e Surrealismo
Movimentos Dadaísmo e Surrealismo
 

Destaque

Semana de arte moderna
Semana de arte moderna Semana de arte moderna
Semana de arte moderna
licss
 
Semana de Arte Moderna 1922
Semana de Arte Moderna 1922Semana de Arte Moderna 1922
Semana de Arte Moderna 1922
seixasmarianas
 
Webgincana da Semana de Arte Moderna de 1922
Webgincana da Semana de Arte Moderna de 1922Webgincana da Semana de Arte Moderna de 1922
Webgincana da Semana de Arte Moderna de 1922
tatalves
 
Semana de arte moderna
Semana de arte modernaSemana de arte moderna
Semana de arte moderna
Lucas Nascimento
 
Arte moderna slide
Arte moderna slideArte moderna slide
Arte moderna slide
Isabel Aguiar
 
Semana da Arte Moderna e Modernismo
Semana da Arte Moderna e ModernismoSemana da Arte Moderna e Modernismo
Semana da Arte Moderna e Modernismo
Thanmires Quariniri
 
Semana de arte moderna 1922
Semana de arte moderna 1922Semana de arte moderna 1922
Semana de arte moderna 1922
Dismael Sagás
 
A semana de arte moderna
A semana de arte modernaA semana de arte moderna
A semana de arte moderna
Over Lane
 
Semana 2.0
Semana 2.0Semana 2.0
Semana 2.0
José Ricardo Lima
 
A semana de arte moderna (1922) apresentação
A semana de arte moderna (1922) apresentaçãoA semana de arte moderna (1922) apresentação
A semana de arte moderna (1922) apresentação
Zenia Ferreira
 
Manual mat pedagogico
Manual mat pedagogicoManual mat pedagogico
Semana de 22
Semana de 22 Semana de 22
Semana de 22
Jorge Abdalla
 
Semana de arte moderna 22
Semana de arte moderna 22Semana de arte moderna 22
Semana de arte moderna 22
Carlos Zaranza
 
Hemofilia seminario
Hemofilia seminarioHemofilia seminario
Hemofilia seminario
sdavila3010
 
Semana de arte moderna brasileira de 1922
Semana de arte moderna brasileira de 1922Semana de arte moderna brasileira de 1922
Semana de arte moderna brasileira de 1922
Jease Bernardo
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
raays
 
Os brasis de Darcy Ribeiro
Os brasis de Darcy RibeiroOs brasis de Darcy Ribeiro
Os brasis de Darcy Ribeiro
ma.no.el.ne.ves
 
2º momento modernista poema
2º momento modernista   poema2º momento modernista   poema
2º momento modernista poema
Cicero Luciano
 
A semana-da-arte-moderna
A semana-da-arte-modernaA semana-da-arte-moderna
A semana-da-arte-moderna
welyca
 
A semana de arte moderna de 1922
A semana de arte moderna de 1922A semana de arte moderna de 1922
A semana de arte moderna de 1922
ma.no.el.ne.ves
 

Destaque (20)

Semana de arte moderna
Semana de arte moderna Semana de arte moderna
Semana de arte moderna
 
Semana de Arte Moderna 1922
Semana de Arte Moderna 1922Semana de Arte Moderna 1922
Semana de Arte Moderna 1922
 
Webgincana da Semana de Arte Moderna de 1922
Webgincana da Semana de Arte Moderna de 1922Webgincana da Semana de Arte Moderna de 1922
Webgincana da Semana de Arte Moderna de 1922
 
Semana de arte moderna
Semana de arte modernaSemana de arte moderna
Semana de arte moderna
 
Arte moderna slide
Arte moderna slideArte moderna slide
Arte moderna slide
 
Semana da Arte Moderna e Modernismo
Semana da Arte Moderna e ModernismoSemana da Arte Moderna e Modernismo
Semana da Arte Moderna e Modernismo
 
Semana de arte moderna 1922
Semana de arte moderna 1922Semana de arte moderna 1922
Semana de arte moderna 1922
 
A semana de arte moderna
A semana de arte modernaA semana de arte moderna
A semana de arte moderna
 
Semana 2.0
Semana 2.0Semana 2.0
Semana 2.0
 
A semana de arte moderna (1922) apresentação
A semana de arte moderna (1922) apresentaçãoA semana de arte moderna (1922) apresentação
A semana de arte moderna (1922) apresentação
 
Manual mat pedagogico
Manual mat pedagogicoManual mat pedagogico
Manual mat pedagogico
 
Semana de 22
Semana de 22 Semana de 22
Semana de 22
 
Semana de arte moderna 22
Semana de arte moderna 22Semana de arte moderna 22
Semana de arte moderna 22
 
Hemofilia seminario
Hemofilia seminarioHemofilia seminario
Hemofilia seminario
 
Semana de arte moderna brasileira de 1922
Semana de arte moderna brasileira de 1922Semana de arte moderna brasileira de 1922
Semana de arte moderna brasileira de 1922
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
 
Os brasis de Darcy Ribeiro
Os brasis de Darcy RibeiroOs brasis de Darcy Ribeiro
Os brasis de Darcy Ribeiro
 
2º momento modernista poema
2º momento modernista   poema2º momento modernista   poema
2º momento modernista poema
 
A semana-da-arte-moderna
A semana-da-arte-modernaA semana-da-arte-moderna
A semana-da-arte-moderna
 
A semana de arte moderna de 1922
A semana de arte moderna de 1922A semana de arte moderna de 1922
A semana de arte moderna de 1922
 

Semelhante a Semana de arte moderna

Semana de Arte Moderna de 1922.pptx
Semana de Arte Moderna de 1922.pptxSemana de Arte Moderna de 1922.pptx
Semana de Arte Moderna de 1922.pptx
Keila Formagi
 
Semana de Arte Moderna (1922)
Semana de Arte Moderna (1922)Semana de Arte Moderna (1922)
Semana de Arte Moderna (1922)
Emanoel Jose
 
Modernismo 2012
Modernismo 2012Modernismo 2012
Modernismo 2012
Adriana Guimarães Manaro
 
Modernismo2012
Modernismo2012Modernismo2012
Publicidade e Propaganda entre 1920 e 1930
Publicidade e Propaganda entre 1920 e 1930Publicidade e Propaganda entre 1920 e 1930
Publicidade e Propaganda entre 1920 e 1930
Felipe Marques
 
Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
Maria da Paz
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
vinicius teles
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
Raphael Lanzillotte
 
Semana Da Arte Moderna
Semana Da Arte ModernaSemana Da Arte Moderna
Semana Da Arte Moderna
mariajose
 
Arte Moderna
Arte ModernaArte Moderna
Arte Moderna
ISJ
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
ISJ
 
A semana de arte moderna
A semana de arte modernaA semana de arte moderna
A semana de arte moderna
ZezeSilva1
 
33354-Texto do Artigo-111602-1-10-20151229 (1).pdf
33354-Texto do Artigo-111602-1-10-20151229 (1).pdf33354-Texto do Artigo-111602-1-10-20151229 (1).pdf
33354-Texto do Artigo-111602-1-10-20151229 (1).pdf
Marcondes Menezes
 
Modernismo 8ºano
Modernismo 8ºanoModernismo 8ºano
Modernismo 8ºano
CLEBER LUIS DAMACENO
 
História da Arte: O ambiente modernista
História da Arte: O ambiente modernistaHistória da Arte: O ambiente modernista
História da Arte: O ambiente modernista
Raphael Lanzillotte
 
O-MODERNISMO-E-AS-ARTES-NO-BRASIL.ppt
O-MODERNISMO-E-AS-ARTES-NO-BRASIL.pptO-MODERNISMO-E-AS-ARTES-NO-BRASIL.ppt
O-MODERNISMO-E-AS-ARTES-NO-BRASIL.ppt
PabloGabrielKdabra
 
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila 9º A e B 1ºB
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila 9º A e B 1ºBEscola CEJAR - Aquidauana - Apostila 9º A e B 1ºB
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila 9º A e B 1ºB
Priscila Barbosa
 
Modernismo completo 2015
Modernismo completo 2015Modernismo completo 2015
Modernismo completo 2015
Adriana Guimarães Manaro
 
Modernismo no Brasil - 1ª fase
Modernismo no Brasil - 1ª faseModernismo no Brasil - 1ª fase
Modernismo no Brasil - 1ª fase
Miriam Zelmikaitis
 
O-MODERNISMO-E-AS-ARTES-NO-BRASIL.PARA PROFESSORES
O-MODERNISMO-E-AS-ARTES-NO-BRASIL.PARA PROFESSORESO-MODERNISMO-E-AS-ARTES-NO-BRASIL.PARA PROFESSORES
O-MODERNISMO-E-AS-ARTES-NO-BRASIL.PARA PROFESSORES
AnaFlvia784159
 

Semelhante a Semana de arte moderna (20)

Semana de Arte Moderna de 1922.pptx
Semana de Arte Moderna de 1922.pptxSemana de Arte Moderna de 1922.pptx
Semana de Arte Moderna de 1922.pptx
 
Semana de Arte Moderna (1922)
Semana de Arte Moderna (1922)Semana de Arte Moderna (1922)
Semana de Arte Moderna (1922)
 
Modernismo 2012
Modernismo 2012Modernismo 2012
Modernismo 2012
 
Modernismo2012
Modernismo2012Modernismo2012
Modernismo2012
 
Publicidade e Propaganda entre 1920 e 1930
Publicidade e Propaganda entre 1920 e 1930Publicidade e Propaganda entre 1920 e 1930
Publicidade e Propaganda entre 1920 e 1930
 
Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
 
Semana Da Arte Moderna
Semana Da Arte ModernaSemana Da Arte Moderna
Semana Da Arte Moderna
 
Arte Moderna
Arte ModernaArte Moderna
Arte Moderna
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
 
A semana de arte moderna
A semana de arte modernaA semana de arte moderna
A semana de arte moderna
 
33354-Texto do Artigo-111602-1-10-20151229 (1).pdf
33354-Texto do Artigo-111602-1-10-20151229 (1).pdf33354-Texto do Artigo-111602-1-10-20151229 (1).pdf
33354-Texto do Artigo-111602-1-10-20151229 (1).pdf
 
Modernismo 8ºano
Modernismo 8ºanoModernismo 8ºano
Modernismo 8ºano
 
História da Arte: O ambiente modernista
História da Arte: O ambiente modernistaHistória da Arte: O ambiente modernista
História da Arte: O ambiente modernista
 
O-MODERNISMO-E-AS-ARTES-NO-BRASIL.ppt
O-MODERNISMO-E-AS-ARTES-NO-BRASIL.pptO-MODERNISMO-E-AS-ARTES-NO-BRASIL.ppt
O-MODERNISMO-E-AS-ARTES-NO-BRASIL.ppt
 
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila 9º A e B 1ºB
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila 9º A e B 1ºBEscola CEJAR - Aquidauana - Apostila 9º A e B 1ºB
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila 9º A e B 1ºB
 
Modernismo completo 2015
Modernismo completo 2015Modernismo completo 2015
Modernismo completo 2015
 
Modernismo no Brasil - 1ª fase
Modernismo no Brasil - 1ª faseModernismo no Brasil - 1ª fase
Modernismo no Brasil - 1ª fase
 
O-MODERNISMO-E-AS-ARTES-NO-BRASIL.PARA PROFESSORES
O-MODERNISMO-E-AS-ARTES-NO-BRASIL.PARA PROFESSORESO-MODERNISMO-E-AS-ARTES-NO-BRASIL.PARA PROFESSORES
O-MODERNISMO-E-AS-ARTES-NO-BRASIL.PARA PROFESSORES
 

Mais de Thiago José de Souza Oliveira

Economia brasileira
Economia brasileiraEconomia brasileira
Economia brasileira
Thiago José de Souza Oliveira
 
Homicídio
HomicídioHomicídio
Apresentação jornada de produção científica 2012
Apresentação jornada de produção científica 2012Apresentação jornada de produção científica 2012
Apresentação jornada de produção científica 2012
Thiago José de Souza Oliveira
 
Estudos dirigidos 27 09 2012 1º b
Estudos dirigidos 27 09 2012  1º bEstudos dirigidos 27 09 2012  1º b
Estudos dirigidos 27 09 2012 1º b
Thiago José de Souza Oliveira
 
Montesquieu
Montesquieu Montesquieu
O príncipe – Maquiavel (1513)
O príncipe – Maquiavel (1513)O príncipe – Maquiavel (1513)
O príncipe – Maquiavel (1513)
Thiago José de Souza Oliveira
 
Tribunal penal internacional mostra científica 2011 - completo
Tribunal penal internacional   mostra científica 2011 - completoTribunal penal internacional   mostra científica 2011 - completo
Tribunal penal internacional mostra científica 2011 - completo
Thiago José de Souza Oliveira
 
Código de manu
Código de manuCódigo de manu
Teoria geral do direito
Teoria geral do direitoTeoria geral do direito
Teoria geral do direito
Thiago José de Souza Oliveira
 

Mais de Thiago José de Souza Oliveira (9)

Economia brasileira
Economia brasileiraEconomia brasileira
Economia brasileira
 
Homicídio
HomicídioHomicídio
Homicídio
 
Apresentação jornada de produção científica 2012
Apresentação jornada de produção científica 2012Apresentação jornada de produção científica 2012
Apresentação jornada de produção científica 2012
 
Estudos dirigidos 27 09 2012 1º b
Estudos dirigidos 27 09 2012  1º bEstudos dirigidos 27 09 2012  1º b
Estudos dirigidos 27 09 2012 1º b
 
Montesquieu
Montesquieu Montesquieu
Montesquieu
 
O príncipe – Maquiavel (1513)
O príncipe – Maquiavel (1513)O príncipe – Maquiavel (1513)
O príncipe – Maquiavel (1513)
 
Tribunal penal internacional mostra científica 2011 - completo
Tribunal penal internacional   mostra científica 2011 - completoTribunal penal internacional   mostra científica 2011 - completo
Tribunal penal internacional mostra científica 2011 - completo
 
Código de manu
Código de manuCódigo de manu
Código de manu
 
Teoria geral do direito
Teoria geral do direitoTeoria geral do direito
Teoria geral do direito
 

Último

Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
SheylaAlves6
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 

Semana de arte moderna

  • 1. Semana de Arte Moderna Brasil fevereiro de 1922 Prof. Thiago J. S. Oliveira História
  • 2. Problematização O que o ideário do século XX, por exato a Semana de Arte Moderna de 1922, representou para a sociedade brasileira?
  • 3. São Paulo nos anos 20 Da Antiga cidade Taipa de Pilão à Sede da Semana de Arte Moderna.
  • 4. São Paulo – aspectos Gerais • Vias sem pavimentação; • Movimentação monetária por meio da exportação de café; • Serviços sanitários precários.
  • 5. São Paulo: Rua Quinze de Novembro, coração da cidade. Foto datada de 1916
  • 7. A sede da Semana de Arte Moderna Por que São Paulo?
  • 8. São Paulo – aspectos gerais • Cidade próspera; • Numero elevado de imigrantes europeus; • Cidade em desenvolvimento (industrialização e reurbanização); • Crescimento decorrente dês do fim do século XIX.
  • 12. Largo São Bento com a rua Líbero Badaró 1922
  • 13. Semana de Arte moderna De 11 a 18 de fevereiro de 1922, a semana que decidiu São Paulo.
  • 14. Ren Thiollier (1) Manuel Bandeira (2) Mário de Andrade (3) Manoel Vilaboin (4) Francesco Pettinati (5) Cândido Motta Filho (6) Paulo Prado (7) Não identificado (8) Graça Aranha (9) Afonso Schmidt (10) Goffredo da Silva Telles (11) Couto de Barros (12) Tácito de Almeida (13) Luís Aranha (14) Oswald de Andrade(15) Rubens Borba de Moraes (16)
  • 15. Theatro Municipal de São Paulo (foto anos 20)
  • 16. Recibo do aluguel do Theatro Municipal: no valor de 847 mil réis.
  • 18. Qual a ideologia de 1922?
  • 19. Cartaz da Semana de Arte Moderna satirizando os grandes nomes da música, da Literatura e da Pintura.
  • 20. Semana de arte moderna • Razão nacionalista; Ideia Nacionalista. • Abertura a nova cultura: (miscigenação cultural). • Liberdade para a nova Arte. • Fundamento: ironia, deboche, bom humor.
  • 21. Conclusão • A Semana de Arte Moderna, foi para o Brasil, o impulso que disponibilizou a caráter de nação, a ideia de nacionalismo.
  • 22. Conclusão • A Semana de Arte Moderna, pode ser compreendido como a primeira forma de “desbloqueio” ideológico que o Brasil era refém. • O fevereiro de 1922, foi por meio de sua essência, preparação para o ano decisivo de 1968, Tropicália.