SlideShare uma empresa Scribd logo
História 
Cultura 
Renascentista 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
História 
Índice 
Clique sobre tema desejado: 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
História 
Origem e conceito 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
História 
Origem e conceito 
Origem Itália Crise feudal 
(séc. XIV-XVI) 
Florença Centro do 
renascimento 
Movimento de renovação cultural, baseado no humanismo e na 
reinterpretação Conceito dos valores greco-romanos. 
Causas do 
pioneirismo italiano 
Centro comercial 
Existência de uma poderosa classe mercantil 
Intensa atividade urbana e cultural 
Herança da antiguidade romana, obras e história 
Atualizado em 14 de dezembro de 2011 Caderno 3 | Capítulo 2
História 
Origem e conceito 
Período marcado pelas ideias de lucro, enriquecimento, prosperidade e crescimento 
pessoal, reforçar o individualismo também significava despertar o espírito de competição e, 
por extensão o de concorrência, próprios da burguesia mercantil em ascensão. 
RENASCIMENTO 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
História 
Características 
- Antropocentrismo: exaltação e glorificação do 
homem, colocado no centro de todas as 
preocupações e da produção artística e 
filosófica. 
- Individualismo: valorizar as ações individuais. 
- Racionalismo: busca de explicações racionais e 
científicas para os fenômenos naturais. 
- Experimentalismo: observação e comprovação 
de toda e qualquer produção científica. 
- Universalismo: valorização do homem total, isto 
é, que tivesse domínio sobre os mais diversos 
campos do conhecimento. 
- Naturalismo: domínio completo sobre a 
natureza, utilizada como meio para obtenção do 
lucro. 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
História 
A arte renascentista 
ETAPAS 
Escola de Florença: 
desenvolvimento do mecenato 
- Brunelleschi 
- Donatello 
- Botticelli 
Arte renascentista 
- Exaltação do homem 
- Simetria 
- Uso de temas mitológicos greco-romanos, de 
cores quentes e do nu 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
História 
A arte renascentista 
Escola de Veneza: inovaram com a luz e a cor, uso da tinta a óleo, com o 
uso da tela e do cavalete o artista tinha mobilidade na produção artística. 
Arianna e Bacco, Vecellio. 
- Jacopo Robusti (Tintoretto) 
- Paolo Caliari (Veronese) 
- Ticiano Vecellio 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
História 
A arte renascentista 
Escola de Roma: período de apogeu do renascimento artístico. Aperfeiçoou 
e sintetizou as técnicas desenvolvidas, jogo de luzes, à perspectiva e à 
técnica de esfumaçamento e o elemento psicológico das personagens 
retratadas. 
LEONARDO DA VINCI 
• Símbolo da renascença 
• Ênfase no universalismo 
• Extensão do conhecimento 
humano: pintura, desenho, 
escultura, arquitetura, 
matemática, física, engenharia. 
• Obras: 
– Monalisa 
– Última ceia 
– Anunciação 
MICHELANGELO 
• Melhor retrato do ser 
humano, nas expressões de 
sentimentos e formas externas. 
• Escultor 
• Arquiteto 
• Pintor 
• Obras: 
– Afrescos da capela Sistina 
– Projeto da cúpula da basílica 
de São Pedro 
– Davi 
– Pietá 
RAFAEL SANZIO 
• Pintor de retratos e madonas 
• Afrescos diveros no palácio 
do Vaticano. 
• Obra: 
– Virgem Maria com o Menino 
Jesus. 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
História 
Leonardo da Vinci 
Vinci, Leonardo da. Última ceia. 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
História 
Michelangelo 
Michelangelo. Pietá 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
História 
Rafael Sanzio 
Sanzio, Rafael. Madona dell Cardellino 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
História 
A literatura renascentista 
LITERATURA 
RENASCENTISTA 
– Valorização da língua nacional 
– Crítica aos valores da 
sociedade medieval, 
principalmente da nobreza e do 
clero 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
História 
A literatura renascentista 
Dante Alighieri A Divina Comédia Narrativa poética 
Francesco Petrarca Cancioneiro Retrata a beleza e a alegria. 
Giovanni Boccaccio Decameron Senso crítico e 
sensibilidade. 
Thomas Morus Utopia 
Descrição de uma 
sociedade igualitária e em 
harmonia. 
François Rabelais Gargântua e Pantagruel Sátira a sociedade 
medieval. 
Luís Vaz de Camões Os lusíadas Obra de teor nacionalista e 
católico. 
Miguel de Cervantes Dom Quixote de la mancha Sátira a cavalaria medieval. 
William Shakespeare Romeu e Julieta Valorização dos 
sentimentos humanos 
Erasmo de Roterdã Elogio da loucura Crítica à igreja católica 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
História 
A ciência renascentista 
CIÊNCIA 
RENASCENTISTA 
- Contribuição para o 
desenvolvimento das ciências – 
matemática, física, astronomia e 
medicina. 
- Desenvolvimento da 
experimentação. 
- Proporcionou o desenvolvimento 
da expansão marítimo comercial. 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
História 
A ciência renascentista 
Nicolau Copérnico Da revolução das esferas 
celestes 
Combatia a teoria 
geocêntrica e propunha a 
heliocêntrica. 
Giordano Bruno Sobre o infinito, o universo 
e os mundos 
Combateu o poder da igreja 
e o princípio teológico da 
criação. 
Leonardo da Vinci Tratado da Pintura 
Elaborou mapa-múndi 
Projetos de engenharia 
Anatomia humana. 
Miguel Servet Cristianismo Restituido Descobriu a pequena 
circulação sanguínea. 
Galileu Galilei 
Discorsi e Dimostrazioni 
Matematiche Intorno a Due 
Nuove Scienze 
Aperfeiçoou o telescópio. 
Paracelso Obras Completas Criador da química 
medicinal. 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
História 
Leonardo da Vinci, 1490 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O Renascimento - 7º Ano (2017)
O Renascimento - 7º Ano (2017)O Renascimento - 7º Ano (2017)
O Renascimento - 7º Ano (2017)
Nefer19
 
A produção cultural do renascimento
A produção cultural do renascimentoA produção cultural do renascimento
A produção cultural do renascimento
Carla Teixeira
 
Renascimento Cultural
Renascimento CulturalRenascimento Cultural
Renascimento Cultural
Nilmar Galvão
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
Ana Batista
 
4040101 historia-geral-ppt-renascimento-ii
4040101 historia-geral-ppt-renascimento-ii4040101 historia-geral-ppt-renascimento-ii
4040101 historia-geral-ppt-renascimento-ii
Samuel Henriques
 
Idade Media Renascimento
Idade Media RenascimentoIdade Media Renascimento
Idade Media Renascimento
armindaalmeida
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Jorge Basílio
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Paula Oliveira Cruz
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
João Lima
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
valdeniDinamizador
 
Capítulo 1 - Renascimento e Reformas Religiosas
Capítulo 1 -  Renascimento e Reformas ReligiosasCapítulo 1 -  Renascimento e Reformas Religiosas
Capítulo 1 - Renascimento e Reformas Religiosas
Marcos Antonio Grigorio de Figueiredo
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
Bruce Portes
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
O renascimento cultural
O renascimento culturalO renascimento cultural
O renascimento cultural
Valdirene Sousa
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
vr1a2011
 
O RENASCIMENTO CIENTIFICO E CULTURAL
O RENASCIMENTO CIENTIFICO E CULTURALO RENASCIMENTO CIENTIFICO E CULTURAL
O RENASCIMENTO CIENTIFICO E CULTURAL
Jose Ribamar Santos
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
Marilia Pimentel
 
renascimento cultural 7º ano
  renascimento cultural 7º ano  renascimento cultural 7º ano
renascimento cultural 7º ano
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
Iluminismo e Déspotas Esclarecidos
Iluminismo e Déspotas EsclarecidosIluminismo e Déspotas Esclarecidos
Iluminismo e Déspotas Esclarecidos
Valéria Shoujofan
 
Ficha "A Cultura do Palco"
Ficha "A Cultura do Palco"Ficha "A Cultura do Palco"
Ficha "A Cultura do Palco"
Ana Barreiros
 

Mais procurados (20)

O Renascimento - 7º Ano (2017)
O Renascimento - 7º Ano (2017)O Renascimento - 7º Ano (2017)
O Renascimento - 7º Ano (2017)
 
A produção cultural do renascimento
A produção cultural do renascimentoA produção cultural do renascimento
A produção cultural do renascimento
 
Renascimento Cultural
Renascimento CulturalRenascimento Cultural
Renascimento Cultural
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
 
4040101 historia-geral-ppt-renascimento-ii
4040101 historia-geral-ppt-renascimento-ii4040101 historia-geral-ppt-renascimento-ii
4040101 historia-geral-ppt-renascimento-ii
 
Idade Media Renascimento
Idade Media RenascimentoIdade Media Renascimento
Idade Media Renascimento
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Capítulo 1 - Renascimento e Reformas Religiosas
Capítulo 1 -  Renascimento e Reformas ReligiosasCapítulo 1 -  Renascimento e Reformas Religiosas
Capítulo 1 - Renascimento e Reformas Religiosas
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
O renascimento cultural
O renascimento culturalO renascimento cultural
O renascimento cultural
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
O RENASCIMENTO CIENTIFICO E CULTURAL
O RENASCIMENTO CIENTIFICO E CULTURALO RENASCIMENTO CIENTIFICO E CULTURAL
O RENASCIMENTO CIENTIFICO E CULTURAL
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
renascimento cultural 7º ano
  renascimento cultural 7º ano  renascimento cultural 7º ano
renascimento cultural 7º ano
 
Iluminismo e Déspotas Esclarecidos
Iluminismo e Déspotas EsclarecidosIluminismo e Déspotas Esclarecidos
Iluminismo e Déspotas Esclarecidos
 
Ficha "A Cultura do Palco"
Ficha "A Cultura do Palco"Ficha "A Cultura do Palco"
Ficha "A Cultura do Palco"
 

Destaque

Reforma religiosa.moderna
Reforma religiosa.modernaReforma religiosa.moderna
Reforma religiosa.moderna
Edvaldo Lopes
 
Formacao monarquias absolutismo mercantilismo.moderna
Formacao monarquias absolutismo mercantilismo.modernaFormacao monarquias absolutismo mercantilismo.moderna
Formacao monarquias absolutismo mercantilismo.moderna
Edvaldo Lopes
 
Periodo entre ditaduras populismo brasil
Periodo entre ditaduras populismo brasilPeriodo entre ditaduras populismo brasil
Periodo entre ditaduras populismo brasil
Edvaldo Lopes
 
Expansao maritima e comercial.moderna
Expansao maritima e comercial.modernaExpansao maritima e comercial.moderna
Expansao maritima e comercial.moderna
Edvaldo Lopes
 
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e PersasCivilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Edvaldo Lopes
 
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e PersasCivilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Edvaldo Lopes
 
2 reinado historia do brasil
2 reinado historia do brasil2 reinado historia do brasil
2 reinado historia do brasil
Edvaldo Lopes
 
Processo emancipatório da américa portuguesa das revoltas ao 1 reinado
Processo emancipatório da américa portuguesa das revoltas ao 1 reinadoProcesso emancipatório da américa portuguesa das revoltas ao 1 reinado
Processo emancipatório da américa portuguesa das revoltas ao 1 reinado
Edvaldo Lopes
 
Independencia america inglesa eua
Independencia america inglesa euaIndependencia america inglesa eua
Independencia america inglesa eua
Edvaldo Lopes
 
Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundial Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundial
Edvaldo Lopes
 
America século xx eua mexico cuba chile
America século xx eua mexico cuba chileAmerica século xx eua mexico cuba chile
America século xx eua mexico cuba chile
Edvaldo Lopes
 
Independência da América Latina: Haiti, colônias espanholas e portuguesa
Independência da América Latina: Haiti, colônias espanholas e portuguesaIndependência da América Latina: Haiti, colônias espanholas e portuguesa
Independência da América Latina: Haiti, colônias espanholas e portuguesa
Edvaldo Lopes
 
Renascimento Cultural
Renascimento CulturalRenascimento Cultural
Renascimento Cultural
Pedro Paulo de Vasconcellos
 
Ditadura militar brasil crise do populismo a itamar franco nova republica
Ditadura militar brasil crise do populismo a itamar franco nova republicaDitadura militar brasil crise do populismo a itamar franco nova republica
Ditadura militar brasil crise do populismo a itamar franco nova republica
Edvaldo Lopes
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
Edvaldo Lopes
 
Revoluções Inglesas; Iluminismo; Revolução Industrial; Independência América ...
Revoluções Inglesas; Iluminismo; Revolução Industrial; Independência América ...Revoluções Inglesas; Iluminismo; Revolução Industrial; Independência América ...
Revoluções Inglesas; Iluminismo; Revolução Industrial; Independência América ...
Edvaldo Lopes
 
Revolucoes inglesas e revolucao industrial
Revolucoes inglesas e revolucao industrialRevolucoes inglesas e revolucao industrial
Revolucoes inglesas e revolucao industrial
Edvaldo Lopes
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Josefa Libório
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
Carlos Pinheiro
 
A pintura renascista
A pintura renascistaA pintura renascista
A pintura renascista
MarinaMartsenyuk
 

Destaque (20)

Reforma religiosa.moderna
Reforma religiosa.modernaReforma religiosa.moderna
Reforma religiosa.moderna
 
Formacao monarquias absolutismo mercantilismo.moderna
Formacao monarquias absolutismo mercantilismo.modernaFormacao monarquias absolutismo mercantilismo.moderna
Formacao monarquias absolutismo mercantilismo.moderna
 
Periodo entre ditaduras populismo brasil
Periodo entre ditaduras populismo brasilPeriodo entre ditaduras populismo brasil
Periodo entre ditaduras populismo brasil
 
Expansao maritima e comercial.moderna
Expansao maritima e comercial.modernaExpansao maritima e comercial.moderna
Expansao maritima e comercial.moderna
 
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e PersasCivilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
 
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e PersasCivilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
 
2 reinado historia do brasil
2 reinado historia do brasil2 reinado historia do brasil
2 reinado historia do brasil
 
Processo emancipatório da américa portuguesa das revoltas ao 1 reinado
Processo emancipatório da américa portuguesa das revoltas ao 1 reinadoProcesso emancipatório da américa portuguesa das revoltas ao 1 reinado
Processo emancipatório da américa portuguesa das revoltas ao 1 reinado
 
Independencia america inglesa eua
Independencia america inglesa euaIndependencia america inglesa eua
Independencia america inglesa eua
 
Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundial Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundial
 
America século xx eua mexico cuba chile
America século xx eua mexico cuba chileAmerica século xx eua mexico cuba chile
America século xx eua mexico cuba chile
 
Independência da América Latina: Haiti, colônias espanholas e portuguesa
Independência da América Latina: Haiti, colônias espanholas e portuguesaIndependência da América Latina: Haiti, colônias espanholas e portuguesa
Independência da América Latina: Haiti, colônias espanholas e portuguesa
 
Renascimento Cultural
Renascimento CulturalRenascimento Cultural
Renascimento Cultural
 
Ditadura militar brasil crise do populismo a itamar franco nova republica
Ditadura militar brasil crise do populismo a itamar franco nova republicaDitadura militar brasil crise do populismo a itamar franco nova republica
Ditadura militar brasil crise do populismo a itamar franco nova republica
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Revoluções Inglesas; Iluminismo; Revolução Industrial; Independência América ...
Revoluções Inglesas; Iluminismo; Revolução Industrial; Independência América ...Revoluções Inglesas; Iluminismo; Revolução Industrial; Independência América ...
Revoluções Inglesas; Iluminismo; Revolução Industrial; Independência América ...
 
Revolucoes inglesas e revolucao industrial
Revolucoes inglesas e revolucao industrialRevolucoes inglesas e revolucao industrial
Revolucoes inglesas e revolucao industrial
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
 
A pintura renascista
A pintura renascistaA pintura renascista
A pintura renascista
 

Semelhante a Renascimento cultural.moderna

Exame do Módulo 5 de HCA - Proposta de correção
Exame do Módulo 5  de HCA - Proposta de correçãoExame do Módulo 5  de HCA - Proposta de correção
Exame do Módulo 5 de HCA - Proposta de correção
teresagoncalves
 
Renascimento cultural e cientifico
Renascimento cultural e cientificoRenascimento cultural e cientifico
Renascimento cultural e cientifico
Marcelo Ferreira Boia
 
Renascimento cultural 1
Renascimento cultural 1Renascimento cultural 1
Renascimento cultural 1
CarlosNazar1
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
Janayna Lira
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
Janayna Lira
 
Renascimento Artístico Cultural - 7º ano
Renascimento Artístico Cultural - 7º anoRenascimento Artístico Cultural - 7º ano
Renascimento Artístico Cultural - 7º ano
7 de Setembro
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
Edenilson Morais
 
1ºano - Renascimento Cultural
1ºano - Renascimento Cultural1ºano - Renascimento Cultural
1ºano - Renascimento Cultural
Daniel Alves Bronstrup
 
O Renascimento.pptx
O Renascimento.pptxO Renascimento.pptx
O Renascimento.pptx
MartaGomes312938
 
Exercícios Renascimento Cultural
Exercícios Renascimento CulturalExercícios Renascimento Cultural
Exercícios Renascimento Cultural
Elisângela Martins Rodrigues
 
O renascimento
O renascimentoO renascimento
O renascimento
PatriciaIsabelLeitoM
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
História da arte renascimento
História da arte   renascimentoHistória da arte   renascimento
História da arte renascimento
Ana Cristina D Assumpcão
 
O Renascimento- PowerPoint. Definição de Renascimento
O Renascimento- PowerPoint. Definição de RenascimentoO Renascimento- PowerPoint. Definição de Renascimento
O Renascimento- PowerPoint. Definição de Renascimento
MarciaSilva440561
 
O renascimento
O renascimentoO renascimento
O renascimento
Fátima da História
 
Renascimento2
Renascimento2Renascimento2
Renascimento2
carmelguerreiro
 
3 renascimento cultural-e_cientifico
3 renascimento cultural-e_cientifico3 renascimento cultural-e_cientifico
3 renascimento cultural-e_cientifico
Danilson Silva
 
Renascimento cultural perguntas
Renascimento cultural perguntasRenascimento cultural perguntas
Renascimento cultural perguntas
VitoriaNunes
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
oficinahg16.pptx
oficinahg16.pptxoficinahg16.pptx
oficinahg16.pptx
Juliana618850
 

Semelhante a Renascimento cultural.moderna (20)

Exame do Módulo 5 de HCA - Proposta de correção
Exame do Módulo 5  de HCA - Proposta de correçãoExame do Módulo 5  de HCA - Proposta de correção
Exame do Módulo 5 de HCA - Proposta de correção
 
Renascimento cultural e cientifico
Renascimento cultural e cientificoRenascimento cultural e cientifico
Renascimento cultural e cientifico
 
Renascimento cultural 1
Renascimento cultural 1Renascimento cultural 1
Renascimento cultural 1
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
 
Renascimento Artístico Cultural - 7º ano
Renascimento Artístico Cultural - 7º anoRenascimento Artístico Cultural - 7º ano
Renascimento Artístico Cultural - 7º ano
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
1ºano - Renascimento Cultural
1ºano - Renascimento Cultural1ºano - Renascimento Cultural
1ºano - Renascimento Cultural
 
O Renascimento.pptx
O Renascimento.pptxO Renascimento.pptx
O Renascimento.pptx
 
Exercícios Renascimento Cultural
Exercícios Renascimento CulturalExercícios Renascimento Cultural
Exercícios Renascimento Cultural
 
O renascimento
O renascimentoO renascimento
O renascimento
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
História da arte renascimento
História da arte   renascimentoHistória da arte   renascimento
História da arte renascimento
 
O Renascimento- PowerPoint. Definição de Renascimento
O Renascimento- PowerPoint. Definição de RenascimentoO Renascimento- PowerPoint. Definição de Renascimento
O Renascimento- PowerPoint. Definição de Renascimento
 
O renascimento
O renascimentoO renascimento
O renascimento
 
Renascimento2
Renascimento2Renascimento2
Renascimento2
 
3 renascimento cultural-e_cientifico
3 renascimento cultural-e_cientifico3 renascimento cultural-e_cientifico
3 renascimento cultural-e_cientifico
 
Renascimento cultural perguntas
Renascimento cultural perguntasRenascimento cultural perguntas
Renascimento cultural perguntas
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
oficinahg16.pptx
oficinahg16.pptxoficinahg16.pptx
oficinahg16.pptx
 

Mais de Edvaldo Lopes

Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
Edvaldo Lopes
 
Revolucao russa 1917
Revolucao russa 1917Revolucao russa 1917
Revolucao russa 1917
Edvaldo Lopes
 
1 guerra mundial 2014
1 guerra mundial 20141 guerra mundial 2014
1 guerra mundial 2014
Edvaldo Lopes
 
Regencia historia do brasil
Regencia historia do brasilRegencia historia do brasil
Regencia historia do brasil
Edvaldo Lopes
 
2 reinado historia do brasil
2 reinado historia do brasil2 reinado historia do brasil
2 reinado historia do brasil
Edvaldo Lopes
 
Republica da espada e oligarquica historia do brasil
Republica da espada e oligarquica historia do brasilRepublica da espada e oligarquica historia do brasil
Republica da espada e oligarquica historia do brasil
Edvaldo Lopes
 
Mineracao america portuguesa
Mineracao america portuguesaMineracao america portuguesa
Mineracao america portuguesa
Edvaldo Lopes
 
Colonizacao america portuguesa acucar escravidao
Colonizacao america portuguesa acucar escravidaoColonizacao america portuguesa acucar escravidao
Colonizacao america portuguesa acucar escravidao
Edvaldo Lopes
 
H.Brasil: Revolução 1930 e Era Vargas
H.Brasil: Revolução 1930 e Era VargasH.Brasil: Revolução 1930 e Era Vargas
H.Brasil: Revolução 1930 e Era Vargas
Edvaldo Lopes
 
Oriente Médio e Revolução Cubana
Oriente Médio e  Revolução CubanaOriente Médio e  Revolução Cubana
Oriente Médio e Revolução Cubana
Edvaldo Lopes
 

Mais de Edvaldo Lopes (10)

Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
 
Revolucao russa 1917
Revolucao russa 1917Revolucao russa 1917
Revolucao russa 1917
 
1 guerra mundial 2014
1 guerra mundial 20141 guerra mundial 2014
1 guerra mundial 2014
 
Regencia historia do brasil
Regencia historia do brasilRegencia historia do brasil
Regencia historia do brasil
 
2 reinado historia do brasil
2 reinado historia do brasil2 reinado historia do brasil
2 reinado historia do brasil
 
Republica da espada e oligarquica historia do brasil
Republica da espada e oligarquica historia do brasilRepublica da espada e oligarquica historia do brasil
Republica da espada e oligarquica historia do brasil
 
Mineracao america portuguesa
Mineracao america portuguesaMineracao america portuguesa
Mineracao america portuguesa
 
Colonizacao america portuguesa acucar escravidao
Colonizacao america portuguesa acucar escravidaoColonizacao america portuguesa acucar escravidao
Colonizacao america portuguesa acucar escravidao
 
H.Brasil: Revolução 1930 e Era Vargas
H.Brasil: Revolução 1930 e Era VargasH.Brasil: Revolução 1930 e Era Vargas
H.Brasil: Revolução 1930 e Era Vargas
 
Oriente Médio e Revolução Cubana
Oriente Médio e  Revolução CubanaOriente Médio e  Revolução Cubana
Oriente Médio e Revolução Cubana
 

Último

TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
nunesly
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 

Último (20)

TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 

Renascimento cultural.moderna

  • 1. História Cultura Renascentista Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
  • 2. História Índice Clique sobre tema desejado: Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
  • 3. História Origem e conceito Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
  • 4. História Origem e conceito Origem Itália Crise feudal (séc. XIV-XVI) Florença Centro do renascimento Movimento de renovação cultural, baseado no humanismo e na reinterpretação Conceito dos valores greco-romanos. Causas do pioneirismo italiano Centro comercial Existência de uma poderosa classe mercantil Intensa atividade urbana e cultural Herança da antiguidade romana, obras e história Atualizado em 14 de dezembro de 2011 Caderno 3 | Capítulo 2
  • 5. História Origem e conceito Período marcado pelas ideias de lucro, enriquecimento, prosperidade e crescimento pessoal, reforçar o individualismo também significava despertar o espírito de competição e, por extensão o de concorrência, próprios da burguesia mercantil em ascensão. RENASCIMENTO Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
  • 6. História Características - Antropocentrismo: exaltação e glorificação do homem, colocado no centro de todas as preocupações e da produção artística e filosófica. - Individualismo: valorizar as ações individuais. - Racionalismo: busca de explicações racionais e científicas para os fenômenos naturais. - Experimentalismo: observação e comprovação de toda e qualquer produção científica. - Universalismo: valorização do homem total, isto é, que tivesse domínio sobre os mais diversos campos do conhecimento. - Naturalismo: domínio completo sobre a natureza, utilizada como meio para obtenção do lucro. Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
  • 7. História A arte renascentista ETAPAS Escola de Florença: desenvolvimento do mecenato - Brunelleschi - Donatello - Botticelli Arte renascentista - Exaltação do homem - Simetria - Uso de temas mitológicos greco-romanos, de cores quentes e do nu Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
  • 8. História A arte renascentista Escola de Veneza: inovaram com a luz e a cor, uso da tinta a óleo, com o uso da tela e do cavalete o artista tinha mobilidade na produção artística. Arianna e Bacco, Vecellio. - Jacopo Robusti (Tintoretto) - Paolo Caliari (Veronese) - Ticiano Vecellio Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
  • 9. História A arte renascentista Escola de Roma: período de apogeu do renascimento artístico. Aperfeiçoou e sintetizou as técnicas desenvolvidas, jogo de luzes, à perspectiva e à técnica de esfumaçamento e o elemento psicológico das personagens retratadas. LEONARDO DA VINCI • Símbolo da renascença • Ênfase no universalismo • Extensão do conhecimento humano: pintura, desenho, escultura, arquitetura, matemática, física, engenharia. • Obras: – Monalisa – Última ceia – Anunciação MICHELANGELO • Melhor retrato do ser humano, nas expressões de sentimentos e formas externas. • Escultor • Arquiteto • Pintor • Obras: – Afrescos da capela Sistina – Projeto da cúpula da basílica de São Pedro – Davi – Pietá RAFAEL SANZIO • Pintor de retratos e madonas • Afrescos diveros no palácio do Vaticano. • Obra: – Virgem Maria com o Menino Jesus. Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
  • 10. História Leonardo da Vinci Vinci, Leonardo da. Última ceia. Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
  • 11. História Michelangelo Michelangelo. Pietá Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
  • 12. História Rafael Sanzio Sanzio, Rafael. Madona dell Cardellino Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
  • 13. História A literatura renascentista LITERATURA RENASCENTISTA – Valorização da língua nacional – Crítica aos valores da sociedade medieval, principalmente da nobreza e do clero Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
  • 14. História A literatura renascentista Dante Alighieri A Divina Comédia Narrativa poética Francesco Petrarca Cancioneiro Retrata a beleza e a alegria. Giovanni Boccaccio Decameron Senso crítico e sensibilidade. Thomas Morus Utopia Descrição de uma sociedade igualitária e em harmonia. François Rabelais Gargântua e Pantagruel Sátira a sociedade medieval. Luís Vaz de Camões Os lusíadas Obra de teor nacionalista e católico. Miguel de Cervantes Dom Quixote de la mancha Sátira a cavalaria medieval. William Shakespeare Romeu e Julieta Valorização dos sentimentos humanos Erasmo de Roterdã Elogio da loucura Crítica à igreja católica Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
  • 15. História A ciência renascentista CIÊNCIA RENASCENTISTA - Contribuição para o desenvolvimento das ciências – matemática, física, astronomia e medicina. - Desenvolvimento da experimentação. - Proporcionou o desenvolvimento da expansão marítimo comercial. Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
  • 16. História A ciência renascentista Nicolau Copérnico Da revolução das esferas celestes Combatia a teoria geocêntrica e propunha a heliocêntrica. Giordano Bruno Sobre o infinito, o universo e os mundos Combateu o poder da igreja e o princípio teológico da criação. Leonardo da Vinci Tratado da Pintura Elaborou mapa-múndi Projetos de engenharia Anatomia humana. Miguel Servet Cristianismo Restituido Descobriu a pequena circulação sanguínea. Galileu Galilei Discorsi e Dimostrazioni Matematiche Intorno a Due Nuove Scienze Aperfeiçoou o telescópio. Paracelso Obras Completas Criador da química medicinal. Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2
  • 17. História Leonardo da Vinci, 1490 Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 2

Notas do Editor

  1. Explicar os fatores e sua interação com o renascimento. Comentar sobre a difusão do renascimento a partir da Itália.
  2. As transformações provocadas no período de transição levou ao movimento cultural renascentista
  3. Destacar os detalhes da obra que apresentam elementos da renascença
  4. Destacar detalhes da obra que mostram elementos da renascença
  5. Destacar elementos renascentistas nas obras
  6. Comentar algumas obras e sua relação com os valores da renscença
  7. Comentar algumas obras e sua relação com os valores da renascença
  8. Comentar sobre o pensamento renascentista inscrito na obra desses pensadores.
  9. Comentar sobre o pensamento renascentista inscrito na obra desses pensadores.
  10. Informar aos alunos: O redescobrimento das proporções matemáticas do corpo humano no século XV por Leonardo e os outros é considerado uma das grandes realizações que conduzem ao Renascimento italiano. O desenho também é considerado frequentemente como um símbolo da simetria básica do corpo humano e, por extensão, para o universo como um todo. É interessante observar que a área total do círculo é idêntica à área total do quadrado (quadratura do círculo) e este desenho pode ser considerado um algoritmo matemático para calcular o valor do número irracional phi