SlideShare uma empresa Scribd logo
História 
Antigo regime, Estados 
nacionais e absolutismo 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 1
História 
Índice 
Clique sobre tema desejado: 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 1
História 
A origem dos Estados Nacionais 
Contexto Histórico: crise feudal (séc. XIV-XVI) 
Idade Média Idade Moderna 
transição 
Centralização 
política 
Reforma 
protestante 
Sociedade 
estamental 
Renascimento 
cultural 
Mercantilismo 
Atualizado em 14 de dezembro de 2011 Caderno 3 | Capítulo 1
História 
Estados Nacionais 
Burguesia Expansão comercial 
Unificação política e administrativa do reino 
Limitação do poder da igreja 
Aliança entre o Rei e a Burguesia 
Financiou a burocracia estatal 
Estruturou e manteve o exército 
que viabilizou? 
Unificação das leis 
Criação de unidades monetárias 
Criação de sistema de pesos e medidas 
Contratação de funcionários públicos 
MONARQUIA NACIONAL 
Crise feudal e expansão 
pré-capitalista ou 
mercantilista 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 1
História 
Estados nacionais europeus 
PORTUGAL 
● Condado Portucalense 
● 1139: Portugal 
● Dinastia de Borgonha 
(início da centralização do 
poder): 
- Crescimento das 
atividades comerciais. 
● Revolução de Avis: 
- Aliança da Coroa com a 
burguesia . 
- Ascensão de D. João I. 
-Consolidação do Estado 
Nacional. 
● D. João II 
- Monarquia absolutista. 
- Consolidação do poder 
marítimo comercial. 
ESPANHA 
● Guerra de 
Reconquista: gênese 
do Estado Espanhol. 
● Reinado de 
Fernando e Isabel: 
- Consolidação do 
Estado. 
- Fortalecimento da 
monarquia. 
- Expansão marítimo 
comercial. 
FRANÇA 
● Século XIII: dinastia 
capetíngia 
- Formação do Estado 
Francês. 
- Centralização do poder 
real. 
● Guerra dos Cem 
Anos: 
- Nacionalismo (Joana 
D’arc). 
- Absolutismo real. 
INGLATERRA 
● Século XI: Guilherme da 
Normandia – 1º. Rei 
inglês. 
- Criação dos condados. 
● Henrique II: 
- Formação do Estado 
inglês. 
- Centralização e 
fortalecimento real. 
- Constituição de um 
exército nacional. 
● Ricardo I 
- Participação nas 
Cruzadas. 
- Crescimento econômico. 
-Fortalecimento da 
burguesia. 
● João Sem Terra: 
- Carta Magna: limitava o 
poder real e liberdade 
política. 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 1
História 
Absolutismo monárquico 
Absolutismo 
Monárquico Poder 
Real 
Hereditário 
Divino 
Absoluto 
Centralizado 
Fundamentos 
teóricos 
Maquiavel: não havia limites éticos ou morais para o poder do soberano. 
Jean Bodin e Jacques Bossuet: direito divino dos reis. 
Thomas Hobbes: “o homem é o lobo do homem” 
Livros 
Maquiavel: “O Príncipe” 
Jean Bodin: “A República” 
Thomas Hobbes: “Leviatã” 
Jacques Bossuet: “Política segundo as sagradas escrituras” 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 1
História 
Absolutismo monárquico 
PODER 
ABSOLUTO 
DO 
MONARCA 
Formação de um 
exército estatal 
centralizado 
Intolerância 
religiosa 
Sacralização e 
exaltação do rei 
Submissão da 
nobreza 
Centralização 
administrativa 
Controle total sobre os poderes 
representativos, locais e religiosos 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 1
História 
Absolutismo monárquico 
INGLATERRA 
Guerra das Duas Rosas 
(1455-1485) 
Lancaster x York 
HENRIQUE VII 
• início da centralização do poder dinastia 
Tudor 
HENRIQUE VIII 
• implantou as bases do absolutismo 
inglês 
• reforma anglicana 
• submeteu a nobreza a sua autoridade 
• incentivo ao desenvolvimento comercial 
FRANÇA 
FRANCISCO I (1515-1547) 
• Início da centralização política 
PROTESTANTES CALVINISTAS 
(huguenotes) x CATÓLICOS 
• Conflitos de interesses entre a burguesia 
(protestante) e a Coroa (católica). 
HENRIQUE IV (dinastia Bourbon) 
• Promulgou o Édito de Nantes 
• Aliança entre rei e burguesia 
• Fortalecimento do poder real 
LUÍS XIII 
• 1º. Ministro:Richelieu 
• Perseguição religiosa aos protestantes 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 1
História 
Absolutismo monárquico 
EDUARDO VI 
● difusão do protestantismo. 
MARIA TUDOR 
● restabeleceu o catolicismo. 
● instituiu violenta repressão aos 
protestantes. 
ELIZABETH I 
● separação entre as igrejas católica e 
anglicana. 
● uniu a nação. 
● incentivou o desenvolvimento comercial e 
manufatureiro. 
● investiu na frota naval. 
● expansionista e supremacia marítima. 
● estímulo à pirataria. 
● início da colonização da América do Norte. 
● Submissão da nobreza ao rei. 
● Guerra dos Trinta Anos. 
● Fortalecimento da monarquia francesa na 
Europa. 
LUÍS XIV 
● Fortalecimento do absolutismo 
monárquico: L’État c’ est moi” 
● Colbertismo: 
 política mercantilista que promoveu um 
crescimento das manufaturas e comércio 
externo. 
Florescimento cultural 
Empobrecimento da população 
Revoltas sociais 
LUÍS XV E LUÍS XVI 
● Crise econômica e financeira. 
● Crise social. 
● Luís XVI: o último rei da França. 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 1
História 
Mercantilismo 
Mercantilismo Conjunto de práticas e ideias econômicas do período moderno 
(XV-XVIII) nos países europeus. 
Características 
Metalismo: riqueza do estado, com o acúmulo de metais 
Intervencionismo: controle estatal da economia 
Balança de comércio favorável: exportar mais que importar 
Protecionismo: aumento das tarifas alfandegárias para os 
produtos importados 
Monopólio: direito exclusivo dos reis sobre a economia 
Colonialismo: exploração das colônias, através do 
mercantilismo 
Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 1

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Formacao dos-estados-nacionais-absolutismo
Formacao dos-estados-nacionais-absolutismoFormacao dos-estados-nacionais-absolutismo
Formacao dos-estados-nacionais-absolutismo
Marcio Cicchelli
 
Formação das Monarquias Nacionais e Absolutismo
Formação das Monarquias Nacionais e AbsolutismoFormação das Monarquias Nacionais e Absolutismo
Formação das Monarquias Nacionais e Absolutismo
Valéria Shoujofan
 
Estados nacionais absolutismo-mercantilismo
Estados nacionais absolutismo-mercantilismoEstados nacionais absolutismo-mercantilismo
Estados nacionais absolutismo-mercantilismo
vr1a2011
 
Modernos estados nacionais
Modernos estados nacionaisModernos estados nacionais
Modernos estados nacionais
Eduard Henry
 
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - A formação dos estados nacionais
www.AulasDeHistoriaApoio.com  - História -  A formação dos estados nacionaiswww.AulasDeHistoriaApoio.com  - História -  A formação dos estados nacionais
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - A formação dos estados nacionais
AulasDeHistoriaApoio
 
A formação dos estados nacionais
A formação dos estados nacionaisA formação dos estados nacionais
A formação dos estados nacionais
hercules_nascimento
 
Absolutismo mercatilismo
Absolutismo mercatilismoAbsolutismo mercatilismo
Absolutismo mercatilismo
edna2
 
Formação das Monarquias Nacionais Europeias (Parte 1)
Formação das Monarquias Nacionais Europeias (Parte 1)Formação das Monarquias Nacionais Europeias (Parte 1)
Formação das Monarquias Nacionais Europeias (Parte 1)
Paulo Roberto
 
Formação dos estados modernos europeus
Formação dos estados modernos europeusFormação dos estados modernos europeus
Formação dos estados modernos europeus
davincipatos
 
Formação das monarquias nacionais (faag)
Formação das monarquias nacionais (faag)Formação das monarquias nacionais (faag)
Formação das monarquias nacionais (faag)
Wilton Moretto
 
A formação das monarquias medievais
A formação das monarquias medievaisA formação das monarquias medievais
A formação das monarquias medievais
Zé Knust
 
ABSOLUTISMO
ABSOLUTISMOABSOLUTISMO
ABSOLUTISMO
Fernando Fagundes
 
A Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados NacionaisA Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados Nacionais
Douglas Barraqui
 
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
Nefer19
 
11 ha m4 u2 2
11 ha m4 u2 211 ha m4 u2 2
11 ha m4 u2 2
Carla Freitas
 
Quem manda-agora-sao-os-reis (1)
Quem manda-agora-sao-os-reis (1)Quem manda-agora-sao-os-reis (1)
Quem manda-agora-sao-os-reis (1)
Aline Hesley
 
Absolutismo e mercantilismo slide
Absolutismo e mercantilismo slideAbsolutismo e mercantilismo slide
Absolutismo e mercantilismo slide
Jacqueline Matilde
 
Formação dos estados nacionais 1
Formação dos estados nacionais 1Formação dos estados nacionais 1
Formação dos estados nacionais 1
Jorge Basílio
 
14° formação das monarquias
14° formação das monarquias14° formação das monarquias
14° formação das monarquias
Ajudar Pessoas
 

Mais procurados (19)

Formacao dos-estados-nacionais-absolutismo
Formacao dos-estados-nacionais-absolutismoFormacao dos-estados-nacionais-absolutismo
Formacao dos-estados-nacionais-absolutismo
 
Formação das Monarquias Nacionais e Absolutismo
Formação das Monarquias Nacionais e AbsolutismoFormação das Monarquias Nacionais e Absolutismo
Formação das Monarquias Nacionais e Absolutismo
 
Estados nacionais absolutismo-mercantilismo
Estados nacionais absolutismo-mercantilismoEstados nacionais absolutismo-mercantilismo
Estados nacionais absolutismo-mercantilismo
 
Modernos estados nacionais
Modernos estados nacionaisModernos estados nacionais
Modernos estados nacionais
 
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - A formação dos estados nacionais
www.AulasDeHistoriaApoio.com  - História -  A formação dos estados nacionaiswww.AulasDeHistoriaApoio.com  - História -  A formação dos estados nacionais
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - A formação dos estados nacionais
 
A formação dos estados nacionais
A formação dos estados nacionaisA formação dos estados nacionais
A formação dos estados nacionais
 
Absolutismo mercatilismo
Absolutismo mercatilismoAbsolutismo mercatilismo
Absolutismo mercatilismo
 
Formação das Monarquias Nacionais Europeias (Parte 1)
Formação das Monarquias Nacionais Europeias (Parte 1)Formação das Monarquias Nacionais Europeias (Parte 1)
Formação das Monarquias Nacionais Europeias (Parte 1)
 
Formação dos estados modernos europeus
Formação dos estados modernos europeusFormação dos estados modernos europeus
Formação dos estados modernos europeus
 
Formação das monarquias nacionais (faag)
Formação das monarquias nacionais (faag)Formação das monarquias nacionais (faag)
Formação das monarquias nacionais (faag)
 
A formação das monarquias medievais
A formação das monarquias medievaisA formação das monarquias medievais
A formação das monarquias medievais
 
ABSOLUTISMO
ABSOLUTISMOABSOLUTISMO
ABSOLUTISMO
 
A Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados NacionaisA Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados Nacionais
 
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
 
11 ha m4 u2 2
11 ha m4 u2 211 ha m4 u2 2
11 ha m4 u2 2
 
Quem manda-agora-sao-os-reis (1)
Quem manda-agora-sao-os-reis (1)Quem manda-agora-sao-os-reis (1)
Quem manda-agora-sao-os-reis (1)
 
Absolutismo e mercantilismo slide
Absolutismo e mercantilismo slideAbsolutismo e mercantilismo slide
Absolutismo e mercantilismo slide
 
Formação dos estados nacionais 1
Formação dos estados nacionais 1Formação dos estados nacionais 1
Formação dos estados nacionais 1
 
14° formação das monarquias
14° formação das monarquias14° formação das monarquias
14° formação das monarquias
 

Destaque

Reforma religiosa.moderna
Reforma religiosa.modernaReforma religiosa.moderna
Reforma religiosa.moderna
Edvaldo Lopes
 
Periodo entre ditaduras populismo brasil
Periodo entre ditaduras populismo brasilPeriodo entre ditaduras populismo brasil
Periodo entre ditaduras populismo brasil
Edvaldo Lopes
 
Renascimento cultural.moderna
Renascimento cultural.modernaRenascimento cultural.moderna
Renascimento cultural.moderna
Edvaldo Lopes
 
Expansao maritima e comercial.moderna
Expansao maritima e comercial.modernaExpansao maritima e comercial.moderna
Expansao maritima e comercial.moderna
Edvaldo Lopes
 
2 reinado historia do brasil
2 reinado historia do brasil2 reinado historia do brasil
2 reinado historia do brasil
Edvaldo Lopes
 
Independencia america inglesa eua
Independencia america inglesa euaIndependencia america inglesa eua
Independencia america inglesa eua
Edvaldo Lopes
 
Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundial Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundial
Edvaldo Lopes
 
America século xx eua mexico cuba chile
America século xx eua mexico cuba chileAmerica século xx eua mexico cuba chile
America século xx eua mexico cuba chile
Edvaldo Lopes
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
Edvaldo Lopes
 
Independência da América Latina: Haiti, colônias espanholas e portuguesa
Independência da América Latina: Haiti, colônias espanholas e portuguesaIndependência da América Latina: Haiti, colônias espanholas e portuguesa
Independência da América Latina: Haiti, colônias espanholas e portuguesa
Edvaldo Lopes
 
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e PersasCivilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Edvaldo Lopes
 
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e PersasCivilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Edvaldo Lopes
 
Ditadura militar brasil crise do populismo a itamar franco nova republica
Ditadura militar brasil crise do populismo a itamar franco nova republicaDitadura militar brasil crise do populismo a itamar franco nova republica
Ditadura militar brasil crise do populismo a itamar franco nova republica
Edvaldo Lopes
 
Revoluções Inglesas; Iluminismo; Revolução Industrial; Independência América ...
Revoluções Inglesas; Iluminismo; Revolução Industrial; Independência América ...Revoluções Inglesas; Iluminismo; Revolução Industrial; Independência América ...
Revoluções Inglesas; Iluminismo; Revolução Industrial; Independência América ...
Edvaldo Lopes
 
Revolucoes inglesas e revolucao industrial
Revolucoes inglesas e revolucao industrialRevolucoes inglesas e revolucao industrial
Revolucoes inglesas e revolucao industrial
Edvaldo Lopes
 
Mundo grego-2013-slides-ho1
Mundo grego-2013-slides-ho1Mundo grego-2013-slides-ho1
Mundo grego-2013-slides-ho1
Universidade Federal Rural da Amazônia
 
História - Mundo Grego
História - Mundo GregoHistória - Mundo Grego
História - Mundo Grego
Carson Souza
 
História aula 01 - mundo grego
História   aula 01 - mundo gregoHistória   aula 01 - mundo grego
História aula 01 - mundo grego
Caio César
 
Aula fortalecimento do poder dos reis
Aula   fortalecimento do poder dos reisAula   fortalecimento do poder dos reis
Aula fortalecimento do poder dos reis
Alcidon Cunha
 
Aula islamismo
Aula   islamismoAula   islamismo
Aula islamismo
Alcidon Cunha
 

Destaque (20)

Reforma religiosa.moderna
Reforma religiosa.modernaReforma religiosa.moderna
Reforma religiosa.moderna
 
Periodo entre ditaduras populismo brasil
Periodo entre ditaduras populismo brasilPeriodo entre ditaduras populismo brasil
Periodo entre ditaduras populismo brasil
 
Renascimento cultural.moderna
Renascimento cultural.modernaRenascimento cultural.moderna
Renascimento cultural.moderna
 
Expansao maritima e comercial.moderna
Expansao maritima e comercial.modernaExpansao maritima e comercial.moderna
Expansao maritima e comercial.moderna
 
2 reinado historia do brasil
2 reinado historia do brasil2 reinado historia do brasil
2 reinado historia do brasil
 
Independencia america inglesa eua
Independencia america inglesa euaIndependencia america inglesa eua
Independencia america inglesa eua
 
Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundial Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundial
 
America século xx eua mexico cuba chile
America século xx eua mexico cuba chileAmerica século xx eua mexico cuba chile
America século xx eua mexico cuba chile
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Independência da América Latina: Haiti, colônias espanholas e portuguesa
Independência da América Latina: Haiti, colônias espanholas e portuguesaIndependência da América Latina: Haiti, colônias espanholas e portuguesa
Independência da América Latina: Haiti, colônias espanholas e portuguesa
 
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e PersasCivilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
 
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e PersasCivilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
Civilizações antigas - Mesopotâmia; Egito; Hebreus; Fenícios e Persas
 
Ditadura militar brasil crise do populismo a itamar franco nova republica
Ditadura militar brasil crise do populismo a itamar franco nova republicaDitadura militar brasil crise do populismo a itamar franco nova republica
Ditadura militar brasil crise do populismo a itamar franco nova republica
 
Revoluções Inglesas; Iluminismo; Revolução Industrial; Independência América ...
Revoluções Inglesas; Iluminismo; Revolução Industrial; Independência América ...Revoluções Inglesas; Iluminismo; Revolução Industrial; Independência América ...
Revoluções Inglesas; Iluminismo; Revolução Industrial; Independência América ...
 
Revolucoes inglesas e revolucao industrial
Revolucoes inglesas e revolucao industrialRevolucoes inglesas e revolucao industrial
Revolucoes inglesas e revolucao industrial
 
Mundo grego-2013-slides-ho1
Mundo grego-2013-slides-ho1Mundo grego-2013-slides-ho1
Mundo grego-2013-slides-ho1
 
História - Mundo Grego
História - Mundo GregoHistória - Mundo Grego
História - Mundo Grego
 
História aula 01 - mundo grego
História   aula 01 - mundo gregoHistória   aula 01 - mundo grego
História aula 01 - mundo grego
 
Aula fortalecimento do poder dos reis
Aula   fortalecimento do poder dos reisAula   fortalecimento do poder dos reis
Aula fortalecimento do poder dos reis
 
Aula islamismo
Aula   islamismoAula   islamismo
Aula islamismo
 

Semelhante a Formacao monarquias absolutismo mercantilismo.moderna

Absolutismo X Mercantilismo.ppt
Absolutismo X Mercantilismo.pptAbsolutismo X Mercantilismo.ppt
Absolutismo X Mercantilismo.ppt
mariapinheiro710
 
Aula 1 1º ano - historia
Aula 1   1º ano - historiaAula 1   1º ano - historia
Aula 1 1º ano - historia
Aluno Mecanica
 
Revisão per. transição-2°_ano
Revisão per. transição-2°_anoRevisão per. transição-2°_ano
Revisão per. transição-2°_ano
Luan Furtado
 
www.TutoresEscolares.Com.Br - História - A formação dos estados nacionais
www.TutoresEscolares.Com.Br - História -  A formação dos estados nacionaiswww.TutoresEscolares.Com.Br - História -  A formação dos estados nacionais
www.TutoresEscolares.Com.Br - História - A formação dos estados nacionais
Tuotes Escolares
 
www.aulasapoio.com.br - História - A formação dos estados nacionais
www.aulasapoio.com.br  - História -  A formação dos estados nacionaiswww.aulasapoio.com.br  - História -  A formação dos estados nacionais
www.aulasapoio.com.br - História - A formação dos estados nacionais
Bárbara Cristina
 
A Formação dos Estados Nacionais Europeus
A Formação dos Estados Nacionais EuropeusA Formação dos Estados Nacionais Europeus
A Formação dos Estados Nacionais Europeus
Acrópole - História & Educação
 
Monarquias
MonarquiasMonarquias
28 historia-absolutismo-v01
28   historia-absolutismo-v0128   historia-absolutismo-v01
28 historia-absolutismo-v01
João Victor Sacramento
 
História Geral - Idade Moderna - Absolutismo, Mercantilismo, Reforma Protesta...
História Geral - Idade Moderna - Absolutismo, Mercantilismo, Reforma Protesta...História Geral - Idade Moderna - Absolutismo, Mercantilismo, Reforma Protesta...
História Geral - Idade Moderna - Absolutismo, Mercantilismo, Reforma Protesta...
Marco Aurélio Gondim
 
Slide Historia: Estado Moderno e o Absolutismo.pdf
Slide Historia: Estado Moderno e o Absolutismo.pdfSlide Historia: Estado Moderno e o Absolutismo.pdf
Slide Historia: Estado Moderno e o Absolutismo.pdf
HyagoCarlos3
 
Aula 06 absolutismo mercantilismo
Aula 06   absolutismo mercantilismoAula 06   absolutismo mercantilismo
Aula 06 absolutismo mercantilismo
Jonatas Carlos
 
www.CentroApoio.com - História - Formação dos Estados Nacionais - Vídeo Aulas
www.CentroApoio.com - História - Formação dos Estados Nacionais - Vídeo Aulas www.CentroApoio.com - História - Formação dos Estados Nacionais - Vídeo Aulas
www.CentroApoio.com - História - Formação dos Estados Nacionais - Vídeo Aulas
Vídeo Aulas Apoio
 
Politica e economia no estado moderno
Politica e economia no estado modernoPolitica e economia no estado moderno
Politica e economia no estado moderno
Adriana Gomes Messias
 
Resumo formacao dos estados modernos
Resumo formacao dos estados modernosResumo formacao dos estados modernos
Resumo formacao dos estados modernos
Elisângela Martins Rodrigues
 
7º ano - Estados Nacionais.pptx
7º ano - Estados Nacionais.pptx7º ano - Estados Nacionais.pptx
7º ano - Estados Nacionais.pptx
Júlio Sandes
 
Cap10 1º ano 2013 - política e economia na idade moderna
Cap10   1º ano 2013 - política e economia na idade modernaCap10   1º ano 2013 - política e economia na idade moderna
Cap10 1º ano 2013 - política e economia na idade moderna
Gustavo Cuin
 
Absolutismo e mercantilismo
Absolutismo e mercantilismoAbsolutismo e mercantilismo
Absolutismo e mercantilismo
Maria Luiza
 
Absolutismo MonáRquico
Absolutismo MonáRquicoAbsolutismo MonáRquico
Absolutismo MonáRquico
Lucas Nunes de Souza
 
Absolutismo MonáRquico
Absolutismo MonáRquicoAbsolutismo MonáRquico
Absolutismo MonáRquico
Lucas Nunes de Souza
 
Absolutismo mercantilismo
Absolutismo   mercantilismoAbsolutismo   mercantilismo
Absolutismo mercantilismo
Kelly Delfino
 

Semelhante a Formacao monarquias absolutismo mercantilismo.moderna (20)

Absolutismo X Mercantilismo.ppt
Absolutismo X Mercantilismo.pptAbsolutismo X Mercantilismo.ppt
Absolutismo X Mercantilismo.ppt
 
Aula 1 1º ano - historia
Aula 1   1º ano - historiaAula 1   1º ano - historia
Aula 1 1º ano - historia
 
Revisão per. transição-2°_ano
Revisão per. transição-2°_anoRevisão per. transição-2°_ano
Revisão per. transição-2°_ano
 
www.TutoresEscolares.Com.Br - História - A formação dos estados nacionais
www.TutoresEscolares.Com.Br - História -  A formação dos estados nacionaiswww.TutoresEscolares.Com.Br - História -  A formação dos estados nacionais
www.TutoresEscolares.Com.Br - História - A formação dos estados nacionais
 
www.aulasapoio.com.br - História - A formação dos estados nacionais
www.aulasapoio.com.br  - História -  A formação dos estados nacionaiswww.aulasapoio.com.br  - História -  A formação dos estados nacionais
www.aulasapoio.com.br - História - A formação dos estados nacionais
 
A Formação dos Estados Nacionais Europeus
A Formação dos Estados Nacionais EuropeusA Formação dos Estados Nacionais Europeus
A Formação dos Estados Nacionais Europeus
 
Monarquias
MonarquiasMonarquias
Monarquias
 
28 historia-absolutismo-v01
28   historia-absolutismo-v0128   historia-absolutismo-v01
28 historia-absolutismo-v01
 
História Geral - Idade Moderna - Absolutismo, Mercantilismo, Reforma Protesta...
História Geral - Idade Moderna - Absolutismo, Mercantilismo, Reforma Protesta...História Geral - Idade Moderna - Absolutismo, Mercantilismo, Reforma Protesta...
História Geral - Idade Moderna - Absolutismo, Mercantilismo, Reforma Protesta...
 
Slide Historia: Estado Moderno e o Absolutismo.pdf
Slide Historia: Estado Moderno e o Absolutismo.pdfSlide Historia: Estado Moderno e o Absolutismo.pdf
Slide Historia: Estado Moderno e o Absolutismo.pdf
 
Aula 06 absolutismo mercantilismo
Aula 06   absolutismo mercantilismoAula 06   absolutismo mercantilismo
Aula 06 absolutismo mercantilismo
 
www.CentroApoio.com - História - Formação dos Estados Nacionais - Vídeo Aulas
www.CentroApoio.com - História - Formação dos Estados Nacionais - Vídeo Aulas www.CentroApoio.com - História - Formação dos Estados Nacionais - Vídeo Aulas
www.CentroApoio.com - História - Formação dos Estados Nacionais - Vídeo Aulas
 
Politica e economia no estado moderno
Politica e economia no estado modernoPolitica e economia no estado moderno
Politica e economia no estado moderno
 
Resumo formacao dos estados modernos
Resumo formacao dos estados modernosResumo formacao dos estados modernos
Resumo formacao dos estados modernos
 
7º ano - Estados Nacionais.pptx
7º ano - Estados Nacionais.pptx7º ano - Estados Nacionais.pptx
7º ano - Estados Nacionais.pptx
 
Cap10 1º ano 2013 - política e economia na idade moderna
Cap10   1º ano 2013 - política e economia na idade modernaCap10   1º ano 2013 - política e economia na idade moderna
Cap10 1º ano 2013 - política e economia na idade moderna
 
Absolutismo e mercantilismo
Absolutismo e mercantilismoAbsolutismo e mercantilismo
Absolutismo e mercantilismo
 
Absolutismo MonáRquico
Absolutismo MonáRquicoAbsolutismo MonáRquico
Absolutismo MonáRquico
 
Absolutismo MonáRquico
Absolutismo MonáRquicoAbsolutismo MonáRquico
Absolutismo MonáRquico
 
Absolutismo mercantilismo
Absolutismo   mercantilismoAbsolutismo   mercantilismo
Absolutismo mercantilismo
 

Mais de Edvaldo Lopes

Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
Edvaldo Lopes
 
Revolucao russa 1917
Revolucao russa 1917Revolucao russa 1917
Revolucao russa 1917
Edvaldo Lopes
 
1 guerra mundial 2014
1 guerra mundial 20141 guerra mundial 2014
1 guerra mundial 2014
Edvaldo Lopes
 
Regencia historia do brasil
Regencia historia do brasilRegencia historia do brasil
Regencia historia do brasil
Edvaldo Lopes
 
2 reinado historia do brasil
2 reinado historia do brasil2 reinado historia do brasil
2 reinado historia do brasil
Edvaldo Lopes
 
Republica da espada e oligarquica historia do brasil
Republica da espada e oligarquica historia do brasilRepublica da espada e oligarquica historia do brasil
Republica da espada e oligarquica historia do brasil
Edvaldo Lopes
 
Mineracao america portuguesa
Mineracao america portuguesaMineracao america portuguesa
Mineracao america portuguesa
Edvaldo Lopes
 
Colonizacao america portuguesa acucar escravidao
Colonizacao america portuguesa acucar escravidaoColonizacao america portuguesa acucar escravidao
Colonizacao america portuguesa acucar escravidao
Edvaldo Lopes
 
H.Brasil: Revolução 1930 e Era Vargas
H.Brasil: Revolução 1930 e Era VargasH.Brasil: Revolução 1930 e Era Vargas
H.Brasil: Revolução 1930 e Era Vargas
Edvaldo Lopes
 
Oriente Médio e Revolução Cubana
Oriente Médio e  Revolução CubanaOriente Médio e  Revolução Cubana
Oriente Médio e Revolução Cubana
Edvaldo Lopes
 

Mais de Edvaldo Lopes (10)

Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
 
Revolucao russa 1917
Revolucao russa 1917Revolucao russa 1917
Revolucao russa 1917
 
1 guerra mundial 2014
1 guerra mundial 20141 guerra mundial 2014
1 guerra mundial 2014
 
Regencia historia do brasil
Regencia historia do brasilRegencia historia do brasil
Regencia historia do brasil
 
2 reinado historia do brasil
2 reinado historia do brasil2 reinado historia do brasil
2 reinado historia do brasil
 
Republica da espada e oligarquica historia do brasil
Republica da espada e oligarquica historia do brasilRepublica da espada e oligarquica historia do brasil
Republica da espada e oligarquica historia do brasil
 
Mineracao america portuguesa
Mineracao america portuguesaMineracao america portuguesa
Mineracao america portuguesa
 
Colonizacao america portuguesa acucar escravidao
Colonizacao america portuguesa acucar escravidaoColonizacao america portuguesa acucar escravidao
Colonizacao america portuguesa acucar escravidao
 
H.Brasil: Revolução 1930 e Era Vargas
H.Brasil: Revolução 1930 e Era VargasH.Brasil: Revolução 1930 e Era Vargas
H.Brasil: Revolução 1930 e Era Vargas
 
Oriente Médio e Revolução Cubana
Oriente Médio e  Revolução CubanaOriente Médio e  Revolução Cubana
Oriente Médio e Revolução Cubana
 

Último

O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
JuliaMachado73
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Danielle Fernandes Amaro dos Santos
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
AntonioVieira539017
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 

Último (20)

O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 

Formacao monarquias absolutismo mercantilismo.moderna

  • 1. História Antigo regime, Estados nacionais e absolutismo Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 1
  • 2. História Índice Clique sobre tema desejado: Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 1
  • 3. História A origem dos Estados Nacionais Contexto Histórico: crise feudal (séc. XIV-XVI) Idade Média Idade Moderna transição Centralização política Reforma protestante Sociedade estamental Renascimento cultural Mercantilismo Atualizado em 14 de dezembro de 2011 Caderno 3 | Capítulo 1
  • 4. História Estados Nacionais Burguesia Expansão comercial Unificação política e administrativa do reino Limitação do poder da igreja Aliança entre o Rei e a Burguesia Financiou a burocracia estatal Estruturou e manteve o exército que viabilizou? Unificação das leis Criação de unidades monetárias Criação de sistema de pesos e medidas Contratação de funcionários públicos MONARQUIA NACIONAL Crise feudal e expansão pré-capitalista ou mercantilista Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 1
  • 5. História Estados nacionais europeus PORTUGAL ● Condado Portucalense ● 1139: Portugal ● Dinastia de Borgonha (início da centralização do poder): - Crescimento das atividades comerciais. ● Revolução de Avis: - Aliança da Coroa com a burguesia . - Ascensão de D. João I. -Consolidação do Estado Nacional. ● D. João II - Monarquia absolutista. - Consolidação do poder marítimo comercial. ESPANHA ● Guerra de Reconquista: gênese do Estado Espanhol. ● Reinado de Fernando e Isabel: - Consolidação do Estado. - Fortalecimento da monarquia. - Expansão marítimo comercial. FRANÇA ● Século XIII: dinastia capetíngia - Formação do Estado Francês. - Centralização do poder real. ● Guerra dos Cem Anos: - Nacionalismo (Joana D’arc). - Absolutismo real. INGLATERRA ● Século XI: Guilherme da Normandia – 1º. Rei inglês. - Criação dos condados. ● Henrique II: - Formação do Estado inglês. - Centralização e fortalecimento real. - Constituição de um exército nacional. ● Ricardo I - Participação nas Cruzadas. - Crescimento econômico. -Fortalecimento da burguesia. ● João Sem Terra: - Carta Magna: limitava o poder real e liberdade política. Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 1
  • 6. História Absolutismo monárquico Absolutismo Monárquico Poder Real Hereditário Divino Absoluto Centralizado Fundamentos teóricos Maquiavel: não havia limites éticos ou morais para o poder do soberano. Jean Bodin e Jacques Bossuet: direito divino dos reis. Thomas Hobbes: “o homem é o lobo do homem” Livros Maquiavel: “O Príncipe” Jean Bodin: “A República” Thomas Hobbes: “Leviatã” Jacques Bossuet: “Política segundo as sagradas escrituras” Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 1
  • 7. História Absolutismo monárquico PODER ABSOLUTO DO MONARCA Formação de um exército estatal centralizado Intolerância religiosa Sacralização e exaltação do rei Submissão da nobreza Centralização administrativa Controle total sobre os poderes representativos, locais e religiosos Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 1
  • 8. História Absolutismo monárquico INGLATERRA Guerra das Duas Rosas (1455-1485) Lancaster x York HENRIQUE VII • início da centralização do poder dinastia Tudor HENRIQUE VIII • implantou as bases do absolutismo inglês • reforma anglicana • submeteu a nobreza a sua autoridade • incentivo ao desenvolvimento comercial FRANÇA FRANCISCO I (1515-1547) • Início da centralização política PROTESTANTES CALVINISTAS (huguenotes) x CATÓLICOS • Conflitos de interesses entre a burguesia (protestante) e a Coroa (católica). HENRIQUE IV (dinastia Bourbon) • Promulgou o Édito de Nantes • Aliança entre rei e burguesia • Fortalecimento do poder real LUÍS XIII • 1º. Ministro:Richelieu • Perseguição religiosa aos protestantes Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 1
  • 9. História Absolutismo monárquico EDUARDO VI ● difusão do protestantismo. MARIA TUDOR ● restabeleceu o catolicismo. ● instituiu violenta repressão aos protestantes. ELIZABETH I ● separação entre as igrejas católica e anglicana. ● uniu a nação. ● incentivou o desenvolvimento comercial e manufatureiro. ● investiu na frota naval. ● expansionista e supremacia marítima. ● estímulo à pirataria. ● início da colonização da América do Norte. ● Submissão da nobreza ao rei. ● Guerra dos Trinta Anos. ● Fortalecimento da monarquia francesa na Europa. LUÍS XIV ● Fortalecimento do absolutismo monárquico: L’État c’ est moi” ● Colbertismo:  política mercantilista que promoveu um crescimento das manufaturas e comércio externo. Florescimento cultural Empobrecimento da população Revoltas sociais LUÍS XV E LUÍS XVI ● Crise econômica e financeira. ● Crise social. ● Luís XVI: o último rei da França. Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 1
  • 10. História Mercantilismo Mercantilismo Conjunto de práticas e ideias econômicas do período moderno (XV-XVIII) nos países europeus. Características Metalismo: riqueza do estado, com o acúmulo de metais Intervencionismo: controle estatal da economia Balança de comércio favorável: exportar mais que importar Protecionismo: aumento das tarifas alfandegárias para os produtos importados Monopólio: direito exclusivo dos reis sobre a economia Colonialismo: exploração das colônias, através do mercantilismo Caderno Atualizado em 14 de dezembro de 2011 3 | Capítulo 1

Notas do Editor

  1. Comentar as características do poder absoluto do monarca.
  2. Exemplificar com a sociedade francesa pré revolucionária. Lembrar que as ideias iluministas criticavam esse modelo de sociedade, onde o 1º. e o 2º. Estados possuíam privilégios.