SlideShare uma empresa Scribd logo
RELATÓRIO DE ATIVIDADE 
EXPERIMENTAL 
Extração do DNA da cavidade bucal 
HELENA DIAS Nº7 11ºB/C 
COLÉGIO VASCO DA GAMA 
6 DE OUTUBRO DE 2014
1 
Índice 
 Objetivos…………………………………………………………………………….Pág. 2 
 Introdução………………………………………………………………………….Pág. 3 
 Material e Procedimento experimental……….…………………….Pág. 4 
 Resultados………………………………………………………………………….Pág. 6 
 Discussão…………………………………………………………………………….Pág. 7 
 Conclusão……………………………………………………………………………Pág. 8 
 Bibliografia………………………………………………………………………….Pág. 9
2 
Objetivos 
Esta atividade experimental tem como objetivos extrair o DNA das 
células da cavidade bucal humana, observar proximamente o material 
genético e o seu comportamento quando em contacto com proteínas e 
lípidos, e também observar o comportamento das moléculas de DNA 
quando em contacto com materiais de maior e/ou menor densidades.
3 
Introdução 
O DNA é uma molécula muito grande que se encontra densamente 
compactada dentro do núcleo das células, que é relativamente pequeno. 
Toda a informação necessária para a criação e funcionamento de um 
organismo encontra-se no DNA. Esta molécula é utilizada para fornecer 
informações para milhões de processos celulares que ocorrem 
constantemente. Para conseguir estudar melhor o funcionamento do DNA, 
os cientistas isolaram a molécula, procedendo de maneira semelhante a 
esta atividade experimental. 
Para isolar o DNA é necessário separá-lo dos outros componentes 
celulares, fragmentando as membranas celulares e as membranas 
nucleares, fazendo assim com que o DNA se separe das membranas e 
organitos celulares. 
A extração do DNA permite uma observação próxima da molécula 
sob a forma de filamentos brancos, bem como um estudo mais facilitado 
do comportamento da molécula, sendo assim mais fácil observar como se 
comporta o DNA quando em contacto com lípidos e proteínas, entre 
outros. 
Figura 1 – dupla hélice, molécula de DNA
4 
Material e Procedimento 
Experimental 
Material 
 Álcool frio 
 Sal de cozinha 
 Copo de plástico 
 Bata de laboratório 
 Detergente líquido para a loiça 
 Funil 
 Gobelés de 250 mL 
 Provetas de 100 ou 50 mL 
 Corante alimentar 
Procedimento Experimental 
1. Preparar uma solução salina muito concentrada no copo de 
plástico. 
Figuras 2 e 3 – preparação de u ma solução salina 
muito concentrada
2. Colocar uma porção da solução salina na boca e bochechar 
5 
vigorosamente durante alguns minutos. 
3. Colocar o obtido novamente no copo. 
4. Adicionar uma a duas gotas de detergente para a loiça. 
5. Adicionar algumas gotas de corante alimentar (quanto mais 
corante for adicionado, melhor será o resultado final). 
Figura 4 – resultado após adicionar detergente e 
corante alimentar 
6. Colocar 20mL do obtido numa proveta e adicionar lenta e 
cuidadosamente 30 mL de álcool frio. 
7. Deixar repousar até se observar a ascensão de uma camada 
gelatinosa de cor esbranquiçada.
6 
Resultados 
Após a realização da atividade experimental, seguindo corretamente 
o protocolo, apresentam-se os seguintes resultados: 
 Após alguns segundos, verificou-se a ascensão de uma camada 
gelatinosa esbranquiçada. 
Figuras 5, 6, 7 e 8 – resultados da atividade experimental
7 
Discussão 
Ao analisar os resultados desta atividade experimental pode-se 
justificar a utilização de certos materiais no procedimento experimental. 
O detergente permitiu uma emulsificação, ou seja, este penetra na 
estrutura das membranas e separa as grandes moléculas de fosfolípidos, 
provocando assim a destruição das membranas. Como consequência, o 
conteúdo nuclear dispersa-se na solução. 
O sal proporcionou ao DNA um ambiente favorável, contribuindo 
com iões positivos que neutralizam a carga negativa do DNA, assim 
estabilizando-o. Adicionalmente, as moléculas de DNA agregam-se, 
formando filamentos espessos e compridos, de constituição gelatinosa e 
cor esbranquiçada. 
O álcool etílico foi utilizado a temperaturas baixas porque desta 
forma o DNA não se dissolve nele. Como resultado, o DNA precipitou-se e 
separou-se da solução, tornado assim possível a sua visualização e recolha. 
O álcool torna-se o fluido sobrenadante porque é menos denso que a água, 
ficando assim a flutuar sobre esta. Já o DNA flutua na superfície do álcool 
porque é menos denso que a água. 
Apesar do DNA ser a maior molécula de uma célula, a sua estrutura 
não pode ser observada a olho nu, uma vez que tem um tamanho 
microscópico. Tal como não podemos observar a maior parte das células a 
olho nu mas conseguimos observar um organismo composto por milhões 
de células, também não podemos observar uma molécula de DNA mas sim 
milhões de cadeias de DNA aglomeradas, como foi verificado nesta 
experiência.
8 
Conclusão 
Tendo em conta os objetivos definidos para esta atividade 
experimental, conclui-se que todos os objetivos foram concretizados. 
Foi possível extrair de forma correta o DNA da cavidade bucal, 
tornando assim possível observar o material genético e a sua constituição. 
Através do isolamento desta molécula é possível estudar e analisar o seu 
comportamento. 
De uma forma geral, a atividade experimental decorreu de forma 
positiva, uma vez que todos os objetivos foram concretizados e os 
resultados foram satisfatórios.
9 
Bibliografia 
Imagens 
 Figura 1: 
https://www.google.pt/search?newwindow=1&client=firefox-a& 
hs=zo6&rls=org.mozilla%3Apt- 
PT%3Aofficial&channel=fflb&tbm=isch&q=dna%203d&revid=126343 
981&ei=wKw5VN6cHYWxacqlgrgJ&ved=0CCMQsyU&biw=1366&bih= 
633#facrc=_&imgdii=_&imgrc=nTP1wu0JLKioUM%253A%3BHzu_Yo2 
tlWm5nM%3Bhttp%253A%252F%252Fimage.clipdealer.com%252F1 
212012%252Fpreviews%252F2--1212012- 
Rotation%252520of%2525203D%252520DNA.medicine%252Cbiolog 
y%252Cscience%252Cresearch%252Cmedical%252Chelix%252Cbiot 
echnology%252Cmolecule%252Cmolecular%252C.jpg%3Bhttp%253 
A%252F%252Fus.clipdealer.com%252Fvideo%252Fmedia%252F1212 
012%3B1920%3B1080 
 Figuras 2, 3, 4, 5, 6, 7 e 8: retiradas com o telemóvel da autora do 
relatório no momento da execução da atividade experimental. 
Informação 
 CARRAJOLA, Cristina; CASTRO, Maria José; HILÁRIO, Teresa. Planeta 
Com Vida Biologia (Volume 1). Carnaxide: Santillana, 2008.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relatório experimental modelo
Relatório experimental modeloRelatório experimental modelo
Relatório experimental modelo
Angela Boucinha
 
Relatorio dna final. Classificação de Bom
Relatorio dna final. Classificação de BomRelatorio dna final. Classificação de Bom
Relatorio dna final. Classificação de Bom
Francisca Ribeiro
 
Relatorio sobre extração de fungos
Relatorio sobre extração de fungosRelatorio sobre extração de fungos
Relatorio sobre extração de fungos
Ana Gab
 
RELATÓRIO EXTRACÇÃO E QUANTIFICAÇÃO DE DNA
RELATÓRIO EXTRACÇÃO E QUANTIFICAÇÃO DE DNARELATÓRIO EXTRACÇÃO E QUANTIFICAÇÃO DE DNA
RELATÓRIO EXTRACÇÃO E QUANTIFICAÇÃO DE DNA
Luís Filipe Marinho
 
DNA
DNADNA
Replicacao e transcriçao DNA procariotos
Replicacao e transcriçao DNA procariotosReplicacao e transcriçao DNA procariotos
Replicacao e transcriçao DNA procariotos
UERGS
 
Roteiro de aula prática de Biologia Celular
Roteiro de aula prática de Biologia CelularRoteiro de aula prática de Biologia Celular
Roteiro de aula prática de Biologia Celular
Nathália Vasconcelos
 
Orgãos Linfóides Primários e Secundários
Orgãos Linfóides Primários e SecundáriosOrgãos Linfóides Primários e Secundários
Orgãos Linfóides Primários e Secundários
LABIMUNO UFBA
 
atividade-mitose-pdf
atividade-mitose-pdfatividade-mitose-pdf
atividade-mitose-pdf
Marcelo Henderson Salles
 
Extracção do DNA do kiwi
Extracção do DNA do kiwiExtracção do DNA do kiwi
Extracção do DNA do kiwi
anabela
 
Mitose e Meiose
Mitose e MeioseMitose e Meiose
Mitose e Meiose
Gisele A. Barbosa
 
Diversidade celular
Diversidade celularDiversidade celular
Diversidade celular
Altair Hoepers
 
MUCOSA BUCAL
MUCOSA BUCALMUCOSA BUCAL
MUCOSA BUCAL
Laerson Psico
 
DNA
DNADNA
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Catir
 
Relatório Histologia
Relatório HistologiaRelatório Histologia
Relatório Histologia
Ilana Moura
 
duplicação do dna e rna
duplicação do dna  e rnaduplicação do dna  e rna
duplicação do dna e rna
Aparecido Guerino
 
Aula 6 replicação do dna, transcrição do rna e síntese proteica
Aula 6   replicação do dna, transcrição do rna e síntese proteicaAula 6   replicação do dna, transcrição do rna e síntese proteica
Aula 6 replicação do dna, transcrição do rna e síntese proteica
Nayara de Queiroz
 
Aula prática reações qualitativa par aminoácidos e proteínas
Aula prática   reações qualitativa par aminoácidos e proteínasAula prática   reações qualitativa par aminoácidos e proteínas
Aula prática reações qualitativa par aminoácidos e proteínas
Mauro Perez
 
Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)
Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)
Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)
Gabriel Resende
 

Mais procurados (20)

Relatório experimental modelo
Relatório experimental modeloRelatório experimental modelo
Relatório experimental modelo
 
Relatorio dna final. Classificação de Bom
Relatorio dna final. Classificação de BomRelatorio dna final. Classificação de Bom
Relatorio dna final. Classificação de Bom
 
Relatorio sobre extração de fungos
Relatorio sobre extração de fungosRelatorio sobre extração de fungos
Relatorio sobre extração de fungos
 
RELATÓRIO EXTRACÇÃO E QUANTIFICAÇÃO DE DNA
RELATÓRIO EXTRACÇÃO E QUANTIFICAÇÃO DE DNARELATÓRIO EXTRACÇÃO E QUANTIFICAÇÃO DE DNA
RELATÓRIO EXTRACÇÃO E QUANTIFICAÇÃO DE DNA
 
DNA
DNADNA
DNA
 
Replicacao e transcriçao DNA procariotos
Replicacao e transcriçao DNA procariotosReplicacao e transcriçao DNA procariotos
Replicacao e transcriçao DNA procariotos
 
Roteiro de aula prática de Biologia Celular
Roteiro de aula prática de Biologia CelularRoteiro de aula prática de Biologia Celular
Roteiro de aula prática de Biologia Celular
 
Orgãos Linfóides Primários e Secundários
Orgãos Linfóides Primários e SecundáriosOrgãos Linfóides Primários e Secundários
Orgãos Linfóides Primários e Secundários
 
atividade-mitose-pdf
atividade-mitose-pdfatividade-mitose-pdf
atividade-mitose-pdf
 
Extracção do DNA do kiwi
Extracção do DNA do kiwiExtracção do DNA do kiwi
Extracção do DNA do kiwi
 
Mitose e Meiose
Mitose e MeioseMitose e Meiose
Mitose e Meiose
 
Diversidade celular
Diversidade celularDiversidade celular
Diversidade celular
 
MUCOSA BUCAL
MUCOSA BUCALMUCOSA BUCAL
MUCOSA BUCAL
 
DNA
DNADNA
DNA
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Relatório Histologia
Relatório HistologiaRelatório Histologia
Relatório Histologia
 
duplicação do dna e rna
duplicação do dna  e rnaduplicação do dna  e rna
duplicação do dna e rna
 
Aula 6 replicação do dna, transcrição do rna e síntese proteica
Aula 6   replicação do dna, transcrição do rna e síntese proteicaAula 6   replicação do dna, transcrição do rna e síntese proteica
Aula 6 replicação do dna, transcrição do rna e síntese proteica
 
Aula prática reações qualitativa par aminoácidos e proteínas
Aula prática   reações qualitativa par aminoácidos e proteínasAula prática   reações qualitativa par aminoácidos e proteínas
Aula prática reações qualitativa par aminoácidos e proteínas
 
Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)
Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)
Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)
 

Semelhante a Relatório dna helena_dias

Extração de dna
Extração de dna Extração de dna
Extração de dna
Ana Gab
 
Extração de dna das framboesas
Extração de dna das framboesasExtração de dna das framboesas
Extração de dna das framboesas
Sílvia Urmal
 
Relatório precipitação das proteínas
Relatório precipitação das proteínasRelatório precipitação das proteínas
Relatório precipitação das proteínas
Ilana Moura
 
1ª atividade laboratorial_bio_11ºb_nº10
1ª atividade laboratorial_bio_11ºb_nº101ª atividade laboratorial_bio_11ºb_nº10
1ª atividade laboratorial_bio_11ºb_nº10
João Loureiro
 
Extracção do DNA
Extracção do DNAExtracção do DNA
Extracção do DNA
Gabriela Bruno
 
Protocolo 11º extracao_dna_1
Protocolo 11º extracao_dna_1Protocolo 11º extracao_dna_1
Protocolo 11º extracao_dna_1
cancela
 
Protocolo 11º extracao_dna_1
Protocolo 11º extracao_dna_1Protocolo 11º extracao_dna_1
Protocolo 11º extracao_dna_1
cancela
 
Relatório de sabonete
Relatório de saboneteRelatório de sabonete
Relatório de sabonete
Renato Abdoral
 
8 extraindo dna na cozinha
8 extraindo dna na cozinha8 extraindo dna na cozinha
8 extraindo dna na cozinha
Giselly2
 
Relatorio de atividade experimental - Gomas de Gelatina
Relatorio de atividade experimental - Gomas de GelatinaRelatorio de atividade experimental - Gomas de Gelatina
Relatorio de atividade experimental - Gomas de Gelatina
BeatrizMarques25
 
Relatório Colóides
Relatório ColóidesRelatório Colóides
Relatório Colóides
Beatriz Rodrigues
 
Apostila qa quantitativa
Apostila qa quantitativaApostila qa quantitativa
Apostila qa quantitativa
Sayonara Silva
 
Relatório de Química Processo de Separação das Misturas 001
Relatório de Química Processo de Separação das Misturas 001Relatório de Química Processo de Separação das Misturas 001
Relatório de Química Processo de Separação das Misturas 001
Đean Moore
 
Maria_de_Fatima_Carvalho_Marinha_Grande_factores_que_influenciam_a_act._enzim...
Maria_de_Fatima_Carvalho_Marinha_Grande_factores_que_influenciam_a_act._enzim...Maria_de_Fatima_Carvalho_Marinha_Grande_factores_que_influenciam_a_act._enzim...
Maria_de_Fatima_Carvalho_Marinha_Grande_factores_que_influenciam_a_act._enzim...
SantiagoTeixeira2
 
Do laboratório de biologia celular da faculdade de medicina da universidade d...
Do laboratório de biologia celular da faculdade de medicina da universidade d...Do laboratório de biologia celular da faculdade de medicina da universidade d...
Do laboratório de biologia celular da faculdade de medicina da universidade d...
evelynandrade25
 
Citologia
CitologiaCitologia
Extração dna
Extração dnaExtração dna
Extração dna
Juarez Silva
 
E&D Ensino Experimental FQ
E&D Ensino Experimental FQE&D Ensino Experimental FQ
E&D Ensino Experimental FQ
IsabelPereira2010
 
Cromatografia ccd
Cromatografia ccdCromatografia ccd
Cromatografia ccd
Mabi Almeida
 
TCC - ANÁLISE BROMATOLÓGICA E COMPARATIVA DE SALGADINHOS INDUSTRIALIZADOS
TCC - ANÁLISE BROMATOLÓGICA E COMPARATIVA DE SALGADINHOS INDUSTRIALIZADOSTCC - ANÁLISE BROMATOLÓGICA E COMPARATIVA DE SALGADINHOS INDUSTRIALIZADOS
TCC - ANÁLISE BROMATOLÓGICA E COMPARATIVA DE SALGADINHOS INDUSTRIALIZADOS
Danillo Rodrigues
 

Semelhante a Relatório dna helena_dias (20)

Extração de dna
Extração de dna Extração de dna
Extração de dna
 
Extração de dna das framboesas
Extração de dna das framboesasExtração de dna das framboesas
Extração de dna das framboesas
 
Relatório precipitação das proteínas
Relatório precipitação das proteínasRelatório precipitação das proteínas
Relatório precipitação das proteínas
 
1ª atividade laboratorial_bio_11ºb_nº10
1ª atividade laboratorial_bio_11ºb_nº101ª atividade laboratorial_bio_11ºb_nº10
1ª atividade laboratorial_bio_11ºb_nº10
 
Extracção do DNA
Extracção do DNAExtracção do DNA
Extracção do DNA
 
Protocolo 11º extracao_dna_1
Protocolo 11º extracao_dna_1Protocolo 11º extracao_dna_1
Protocolo 11º extracao_dna_1
 
Protocolo 11º extracao_dna_1
Protocolo 11º extracao_dna_1Protocolo 11º extracao_dna_1
Protocolo 11º extracao_dna_1
 
Relatório de sabonete
Relatório de saboneteRelatório de sabonete
Relatório de sabonete
 
8 extraindo dna na cozinha
8 extraindo dna na cozinha8 extraindo dna na cozinha
8 extraindo dna na cozinha
 
Relatorio de atividade experimental - Gomas de Gelatina
Relatorio de atividade experimental - Gomas de GelatinaRelatorio de atividade experimental - Gomas de Gelatina
Relatorio de atividade experimental - Gomas de Gelatina
 
Relatório Colóides
Relatório ColóidesRelatório Colóides
Relatório Colóides
 
Apostila qa quantitativa
Apostila qa quantitativaApostila qa quantitativa
Apostila qa quantitativa
 
Relatório de Química Processo de Separação das Misturas 001
Relatório de Química Processo de Separação das Misturas 001Relatório de Química Processo de Separação das Misturas 001
Relatório de Química Processo de Separação das Misturas 001
 
Maria_de_Fatima_Carvalho_Marinha_Grande_factores_que_influenciam_a_act._enzim...
Maria_de_Fatima_Carvalho_Marinha_Grande_factores_que_influenciam_a_act._enzim...Maria_de_Fatima_Carvalho_Marinha_Grande_factores_que_influenciam_a_act._enzim...
Maria_de_Fatima_Carvalho_Marinha_Grande_factores_que_influenciam_a_act._enzim...
 
Do laboratório de biologia celular da faculdade de medicina da universidade d...
Do laboratório de biologia celular da faculdade de medicina da universidade d...Do laboratório de biologia celular da faculdade de medicina da universidade d...
Do laboratório de biologia celular da faculdade de medicina da universidade d...
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 
Extração dna
Extração dnaExtração dna
Extração dna
 
E&D Ensino Experimental FQ
E&D Ensino Experimental FQE&D Ensino Experimental FQ
E&D Ensino Experimental FQ
 
Cromatografia ccd
Cromatografia ccdCromatografia ccd
Cromatografia ccd
 
TCC - ANÁLISE BROMATOLÓGICA E COMPARATIVA DE SALGADINHOS INDUSTRIALIZADOS
TCC - ANÁLISE BROMATOLÓGICA E COMPARATIVA DE SALGADINHOS INDUSTRIALIZADOSTCC - ANÁLISE BROMATOLÓGICA E COMPARATIVA DE SALGADINHOS INDUSTRIALIZADOS
TCC - ANÁLISE BROMATOLÓGICA E COMPARATIVA DE SALGADINHOS INDUSTRIALIZADOS
 

Mais de helenasvdias

Recursos subterrâneos helena_silvia(2)
Recursos subterrâneos helena_silvia(2)Recursos subterrâneos helena_silvia(2)
Recursos subterrâneos helena_silvia(2)
helenasvdias
 
Regulação nervosa e hormonal nos animais
Regulação nervosa e hormonal nos animaisRegulação nervosa e hormonal nos animais
Regulação nervosa e hormonal nos animais
helenasvdias
 
Poster helena marta_diogo
Poster helena marta_diogoPoster helena marta_diogo
Poster helena marta_diogo
helenasvdias
 
Ultimo dia dinossauros
Ultimo dia dinossaurosUltimo dia dinossauros
Ultimo dia dinossauros
helenasvdias
 
Poster ecossistema helena
Poster ecossistema helenaPoster ecossistema helena
Poster ecossistema helena
helenasvdias
 
Trabalho pesquisa biologia_helena
Trabalho pesquisa biologia_helenaTrabalho pesquisa biologia_helena
Trabalho pesquisa biologia_helena
helenasvdias
 
Patrimonio geologico helena_ganna
Patrimonio geologico helena_gannaPatrimonio geologico helena_ganna
Patrimonio geologico helena_ganna
helenasvdias
 

Mais de helenasvdias (7)

Recursos subterrâneos helena_silvia(2)
Recursos subterrâneos helena_silvia(2)Recursos subterrâneos helena_silvia(2)
Recursos subterrâneos helena_silvia(2)
 
Regulação nervosa e hormonal nos animais
Regulação nervosa e hormonal nos animaisRegulação nervosa e hormonal nos animais
Regulação nervosa e hormonal nos animais
 
Poster helena marta_diogo
Poster helena marta_diogoPoster helena marta_diogo
Poster helena marta_diogo
 
Ultimo dia dinossauros
Ultimo dia dinossaurosUltimo dia dinossauros
Ultimo dia dinossauros
 
Poster ecossistema helena
Poster ecossistema helenaPoster ecossistema helena
Poster ecossistema helena
 
Trabalho pesquisa biologia_helena
Trabalho pesquisa biologia_helenaTrabalho pesquisa biologia_helena
Trabalho pesquisa biologia_helena
 
Patrimonio geologico helena_ganna
Patrimonio geologico helena_gannaPatrimonio geologico helena_ganna
Patrimonio geologico helena_ganna
 

Último

Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 

Último (20)

Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 

Relatório dna helena_dias

  • 1. RELATÓRIO DE ATIVIDADE EXPERIMENTAL Extração do DNA da cavidade bucal HELENA DIAS Nº7 11ºB/C COLÉGIO VASCO DA GAMA 6 DE OUTUBRO DE 2014
  • 2. 1 Índice  Objetivos…………………………………………………………………………….Pág. 2  Introdução………………………………………………………………………….Pág. 3  Material e Procedimento experimental……….…………………….Pág. 4  Resultados………………………………………………………………………….Pág. 6  Discussão…………………………………………………………………………….Pág. 7  Conclusão……………………………………………………………………………Pág. 8  Bibliografia………………………………………………………………………….Pág. 9
  • 3. 2 Objetivos Esta atividade experimental tem como objetivos extrair o DNA das células da cavidade bucal humana, observar proximamente o material genético e o seu comportamento quando em contacto com proteínas e lípidos, e também observar o comportamento das moléculas de DNA quando em contacto com materiais de maior e/ou menor densidades.
  • 4. 3 Introdução O DNA é uma molécula muito grande que se encontra densamente compactada dentro do núcleo das células, que é relativamente pequeno. Toda a informação necessária para a criação e funcionamento de um organismo encontra-se no DNA. Esta molécula é utilizada para fornecer informações para milhões de processos celulares que ocorrem constantemente. Para conseguir estudar melhor o funcionamento do DNA, os cientistas isolaram a molécula, procedendo de maneira semelhante a esta atividade experimental. Para isolar o DNA é necessário separá-lo dos outros componentes celulares, fragmentando as membranas celulares e as membranas nucleares, fazendo assim com que o DNA se separe das membranas e organitos celulares. A extração do DNA permite uma observação próxima da molécula sob a forma de filamentos brancos, bem como um estudo mais facilitado do comportamento da molécula, sendo assim mais fácil observar como se comporta o DNA quando em contacto com lípidos e proteínas, entre outros. Figura 1 – dupla hélice, molécula de DNA
  • 5. 4 Material e Procedimento Experimental Material  Álcool frio  Sal de cozinha  Copo de plástico  Bata de laboratório  Detergente líquido para a loiça  Funil  Gobelés de 250 mL  Provetas de 100 ou 50 mL  Corante alimentar Procedimento Experimental 1. Preparar uma solução salina muito concentrada no copo de plástico. Figuras 2 e 3 – preparação de u ma solução salina muito concentrada
  • 6. 2. Colocar uma porção da solução salina na boca e bochechar 5 vigorosamente durante alguns minutos. 3. Colocar o obtido novamente no copo. 4. Adicionar uma a duas gotas de detergente para a loiça. 5. Adicionar algumas gotas de corante alimentar (quanto mais corante for adicionado, melhor será o resultado final). Figura 4 – resultado após adicionar detergente e corante alimentar 6. Colocar 20mL do obtido numa proveta e adicionar lenta e cuidadosamente 30 mL de álcool frio. 7. Deixar repousar até se observar a ascensão de uma camada gelatinosa de cor esbranquiçada.
  • 7. 6 Resultados Após a realização da atividade experimental, seguindo corretamente o protocolo, apresentam-se os seguintes resultados:  Após alguns segundos, verificou-se a ascensão de uma camada gelatinosa esbranquiçada. Figuras 5, 6, 7 e 8 – resultados da atividade experimental
  • 8. 7 Discussão Ao analisar os resultados desta atividade experimental pode-se justificar a utilização de certos materiais no procedimento experimental. O detergente permitiu uma emulsificação, ou seja, este penetra na estrutura das membranas e separa as grandes moléculas de fosfolípidos, provocando assim a destruição das membranas. Como consequência, o conteúdo nuclear dispersa-se na solução. O sal proporcionou ao DNA um ambiente favorável, contribuindo com iões positivos que neutralizam a carga negativa do DNA, assim estabilizando-o. Adicionalmente, as moléculas de DNA agregam-se, formando filamentos espessos e compridos, de constituição gelatinosa e cor esbranquiçada. O álcool etílico foi utilizado a temperaturas baixas porque desta forma o DNA não se dissolve nele. Como resultado, o DNA precipitou-se e separou-se da solução, tornado assim possível a sua visualização e recolha. O álcool torna-se o fluido sobrenadante porque é menos denso que a água, ficando assim a flutuar sobre esta. Já o DNA flutua na superfície do álcool porque é menos denso que a água. Apesar do DNA ser a maior molécula de uma célula, a sua estrutura não pode ser observada a olho nu, uma vez que tem um tamanho microscópico. Tal como não podemos observar a maior parte das células a olho nu mas conseguimos observar um organismo composto por milhões de células, também não podemos observar uma molécula de DNA mas sim milhões de cadeias de DNA aglomeradas, como foi verificado nesta experiência.
  • 9. 8 Conclusão Tendo em conta os objetivos definidos para esta atividade experimental, conclui-se que todos os objetivos foram concretizados. Foi possível extrair de forma correta o DNA da cavidade bucal, tornando assim possível observar o material genético e a sua constituição. Através do isolamento desta molécula é possível estudar e analisar o seu comportamento. De uma forma geral, a atividade experimental decorreu de forma positiva, uma vez que todos os objetivos foram concretizados e os resultados foram satisfatórios.
  • 10. 9 Bibliografia Imagens  Figura 1: https://www.google.pt/search?newwindow=1&client=firefox-a& hs=zo6&rls=org.mozilla%3Apt- PT%3Aofficial&channel=fflb&tbm=isch&q=dna%203d&revid=126343 981&ei=wKw5VN6cHYWxacqlgrgJ&ved=0CCMQsyU&biw=1366&bih= 633#facrc=_&imgdii=_&imgrc=nTP1wu0JLKioUM%253A%3BHzu_Yo2 tlWm5nM%3Bhttp%253A%252F%252Fimage.clipdealer.com%252F1 212012%252Fpreviews%252F2--1212012- Rotation%252520of%2525203D%252520DNA.medicine%252Cbiolog y%252Cscience%252Cresearch%252Cmedical%252Chelix%252Cbiot echnology%252Cmolecule%252Cmolecular%252C.jpg%3Bhttp%253 A%252F%252Fus.clipdealer.com%252Fvideo%252Fmedia%252F1212 012%3B1920%3B1080  Figuras 2, 3, 4, 5, 6, 7 e 8: retiradas com o telemóvel da autora do relatório no momento da execução da atividade experimental. Informação  CARRAJOLA, Cristina; CASTRO, Maria José; HILÁRIO, Teresa. Planeta Com Vida Biologia (Volume 1). Carnaxide: Santillana, 2008.