SlideShare uma empresa Scribd logo
Ipatinga
2015
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO
EMPRESA REFRAMAX
Aluno: Gelcine Ângela da Silva
Curso: Engenharia de produção
Matricula: 860187
Ipatinga
2015
.
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO
EMPRESA REFRAMAX
Relatório de Estágio Supervisionado apresentado à
Faculdade Pitágoras de Ipatinga - MG, como requisito
parcial para a obtenção do título de Bacharel em
Engenharia de Produção.
Coordenador: Gilson de Souza Santos
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO
EMPRESA REFRAMAX
FICHA DE IDENTIFICAÇÃO
Título e subtítulo: Planejamento de Obra.
Acompanhamento diário da produção e elaboração de relatório produtivo semanal.
Nome Completo do aluno: Gelcine Ângela da Silva
Data (mês e ano): 30/05/2015
Matrícula: 860187
Instituição de Ensino: Faculdade Pitágoras - Mg
Curso: Engenharia de Produção
Entidade (Empresa): Reframax Engenharia Ltda.
Data de início do estágio: 16/01/2015
Data de término do estágio: 30/05/2015
ASSINATURAS
Nota final do Relatório
AGRADECIMENTOS
Agradeço a empresa Reframax Engenharia Ltda pela oportunidade
de fazer parte do quadro de funcionários, em especial ao Gestor Sr. Engº. Carlos
Tadeu Conde Bonesi pela confiança atribuída como Assistente de Planejamento da
Obra.
Agradeço a minha mãe Maria Aparecida por ter me incentivado e me
ajudado durante toda a minha vida, me apoiando nos momentos que mais precisei.
Sem ela com certeza não conseguiria essa grande conquista em minha vida.
Agradeço à professora Marcelle Zacarias Silva Tolentino Bezerra
pelo comprometimento com ótimas orientações que contribuíram para o
desenvolvimento deste relatório.
E por último e mais importante agradeço a Deus pelo discernimento,
por me fortalecer e me amparar nos momentos mais difíceis.
Muito Obrigada!
RESUMO
O presente trabalho tem como finalidade descrever as atividades realizadas e os
conhecimentos adquiridos pela estagiaria Gelcine Ângela da Silva durante o Estágio
Supervisionado realizado na Empresa Reframax Engenharia Ltda, com sede
localizada em Belo Horizonte - MG, no projeto “Reconstrução do Topo das baterias 5
e 6 na Coqueria 3 – Usiminas” na cidade de Ipatinga – MG. As atividades
consistiram em contemplar as fases desempenhadas em todo o ambiente de
planejamento, controle da produção e participação no processo da execução das
atividades mecânica e refratária na área da Coqueria 3 na reconstrução do topo da
bateria 5 e 6. O estágio teve de oportunidade desenvolver e acompanhar o processo
das atividades desenvolvidas pela empresa e controlar a folha de produção,
elaborando através de Relatório Diário de produção (ver anexo pg.: 21), o Relatório
de Obra Execução, preenchimento de Boletim de Controle de Produção e Relatórios
Semanal de Planejamento.
Palavras-chave: Planejamento. Refratário. Mecânica.
LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS
ISO 9001 International Organization for Standardization (Organização
Internacional para Padronização) – Sistema de Gestão da Qualidade
DNV Det Nors e Veritas
COMPARP Comunidade Associada para Reciclagem de Materiais da Região da
Pampulha
DDS Diálogo Diário de Segurança
BCP Boletim de Controle de Produção
RDO Relatório Diário de Obra
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO.....................................................................................................9
1.1 OBJETIVOS .....................................................................................................9
1.1.1 Objetivo geral................................................................................................9
1.1.2 Objetivos específicos ....................................................................................9
1.2 Justificação.....................................................................................................10
1.3 Métodos adotados ..........................................................................................10
2 AMBIENTE DE PESQUISAS.............................................................................11
2.1 CARACTERISTICA DA EMPRESA................................................................11
2.1.1 Gestões da Qualidade ................................................................................13
2.1.2 Políticas de Qualidade ................................................................................13
2.1.3 Políticas de Segurança ...............................................................................13
2.1.4 Política Ambiental .......................................................................................14
2.1.5 Coleta Seletiva............................................................................................14
2.1.6 Gestão de Pessoas.....................................................................................15
2.1.7 Diretrizes.....................................................................................................15
2.1.8 Áreas de Atuação e Clientes da Empresa ..................................................16
2.1.9 Atividade desenvolvida ...............................................................................17
2.1.10 Resultados e Discussões............................................................................18
3 CONCLUSÃO ........................................................................................................19
REFERÊNCIAS.........................................................................................................20
ANEXOS ...................................................................................................................21
APÊNDICE................................................................................................................22
9
1 INTRODUÇÃO
Este relatório aborda as atividades desempenhadas como Assistente
de Planejamento da Obra da terceirizada Reframax Engenharia Ltda dentro da
Usina Siderúrgica de Minas Gerais - USIMINAS, no período de 16/01/2015 à
30/05/2015. Essa etapa é tida como pré-requisito para a obtenção do título de
Engenheira de Produção, em conformidade com a graduação realizada na
Faculdade Pitágoras – Campus Vale do Aço.
Em seu conteúdo é citado os conhecimentos absorvidos e os
colocados em prática durante o acompanhamento de toda rotina de planejamento,
programação, acompanhamento e controle da produção da empresa através de
supervisão do gestor de área.
O estágio curricular supervisionado serviu de oportunidade para
aplicação prática dos conhecimentos adquiridos durante o período acadêmico,
consolidando a formação da estagiária, e contribuindo para seu amadurecimento
pessoal e profissional.
1.1 OBJETIVOS
1.1.1 Objetivo geral
Analisar na prática os conhecimentos teóricos adquiridos na
graduação.
1.1.2 Objetivos específicos
 Desenvolver um procedimento para o preenchimento do relatório
de controle de produção.
 Esclarecer a organização na rotina de entradas e saídas através
do controle de material de produção usado diariamente na
empresa.
 Acompanhar e treinar os envolvidos no preenchimento eficaz do
relatório no processo de aplicação do refratário.
 Adquirir alguma vivência profissional na respectiva área de
atividade, tanto no aspecto técnico como na vida pessoal.
10
1.2 Justificação
Dentro do ambiente de produção das empresas, quando são
definidos seus objetivos, torna-se necessário formular planos para conseguir
adquirir. O planejamento e controle da produção, através da habilidade, competência
de organização e disposição de suas informações, conseguem coordenar o correto
sequenciamento do fluxo de materiais evitando possíveis perdas indesejáveis. Esta
habilidade organizacional e a dinâmica de lidar com as situações associam-se às
responsabilidades do setor de Planejamento e Controle da Produção que devem ser
resolvidas com conhecimento da Engenharia de Produção.
1.3 Métodos adotados
Para a realização do presente relatório de estágio, foram realizados
preenchimentos da folha de relatório diário de produção (ver anexo pg.: 21),
acompanhada e preenchida pelos supervisores de área. Acompanhamento efetivo
no preenchimento do BCP das obras diárias, relatório de obra de execução e
registro fotográfico autorizado com as devidas ilustrações das atividades
executadas.
11
2 AMBIENTE DE PESQUISAS
O Estágio Supervisionado foi realizado na empresa Reframax
durante o projeto “Reconstrução do Topo das Baterias 5 e 6 na Coqueria 3 – dentro
da Usina Siderúrgica de Minas Gerais - USIMINAS” na cidade de Ipatinga-MG.
2.1 CARACTERISTICA DA EMPRESA
O surgimento da empresa foi desde em 1999 consolidando-se no
mercado de aplicação de revestimento refratário e isolamento térmico, a Reframax
destaca-se por meio de soluções inovadoras é reconhecida pela competência no
desempenho de suas atividades. Além de possuir uma equipe técnica formada por
profissionais qualificados e experientes, a Reframax mantém uma postura íntegra,
transparente e de respeito mútuo com todos os públicos com os quais se relaciona,
abrangendo questões sociais e também ambientais.
Para a Reframax, estas questões merecem o mesmo cuidado que
cada um de seus serviços. Nos contratos permanentes de manutenção e nos
serviços de refratário e isolamento térmico, trabalham cerca de mil
1.000 colaboradores fixos, devidamente treinados e capacitados para executarem
com presteza e segurança os serviços. O crescimento da empresa, com mais de 230
clientes e mais de 2.300 obras no Brasil e no exterior, é o reflexo de sua dedicação
na excelência no atendimento aos seus clientes pautados na busca constante por
melhorias, na ética e no profissionalismo.
Desde o seu surgimento, a Reframax atende através de contratos
de serviços de manutenção refratária as necessidades dos clientes da indústria de
base, principalmente dos setores siderúrgico, metalúrgico, cimento e papel &
celulose. Cada contrato possui gestão própria com funcionários locais trabalhando
em regime de turnos ininterruptos de revezamento para atender o cliente na sua
atividade principal, com aplicação de mais de 100 mil toneladas/ano de materiais
refratários, a Reframax gerencia todo o processo de manutenção dos equipamentos
industriais do cliente. Sempre na busca constante da melhoria dos seus processos, a
Reframax conquistou a cetificação do seu sistema de gestão em julho de 2013 pela
empresa DNV.
Nos projetos especiais como Alto Forno e Coqueria, em
12
consequência da complexidade do serviço e solicitação de nossos clientes do setor
siderúrgico por projetos com maior nível de planejamento, logística e mão de obra
especializada, foi criada a área de Projetos Especiais. Esta área executa desde
2001, obras de aplicação de refratários, na reforma ou construção de Altos Fornos e
Coquerias. Os positivos resultados alcançados ao longo destes anos permitiram a
Reframax participar efetivamente de desafiantes e audaciosos projetos nesses
equipamentos nas principais siderúrgicas da América do Sul.
A Reframax executa serviços de manutenção refratária nos
seguintes equipamentos:
 Canal de corrida- Alto Forno;
 Carro Torpedo;
 Coquerias
 Convertedor;
 Panela de Aço;
 Panela de Gusa;
 Distribuidor de Aço;
 Vaso Desgaseificador;
 Forno de Cozimento de Anodo;
 Forno de Calcinação - Vertical e horizontal;
 Forno de Fundição;
 Forno de Forjaria;
 Revestimento de Cubas.
A Reframax faz montagem de equipamentos novos e a manutenção
e reforma de equipamentos em operação com aplicação de diversos tipos de
materiais, entre eles:
 Tijolo e peça refratária moldada;
 Tijolo e placa isolante;
 Massa socada;
 Concreto vertido ou projetado ou shotcreting;
 Módulo de fibra cerâmica.
A Reframax atende obras programadas na execução de novos
projetos, reparos. Possuem em seu portfólio diversos serviços de isolamento térmico
em equipamentos como:
 Caldeira de força;
 Caldeira de recuperação;
 Chaminé, Digestor;
 Evaporador, Filtros de manga;
 Precipitador eletrostático;
13
 Tanque de armazenamento;
 Tubulação
 Turbo gerador.
Soluções em isolamentos acústicas atuam no segmento de
Isolamento Acústico e Controle de Ruído, oferecendo os seguintes serviços:
 Monitoramento de ruído;
 Enclausuramento acústico;
 Cabine acústica;
 Atenuador de ruído;
 Isolamento acústico de tubulações.
2.1.1 Gestões da Qualidade
A Reframax estabeleceu as seguintes diretrizes para o Sistema de
Gestão da Qualidade, satisfazer as necessidades de nossos clientes, prestando
serviços de qualidade comprovada, buscando a liderança de mercado e a melhoria
contínua do Sistema de Gestão da Qualidade.
2.1.2 Políticas de Qualidade
A Reframax estabeleceu as seguintes diretrizes da Política de
Qualidade:
 Valorizar e destacar a saúde e a segurança como princípios
básicos dentro e fora do ambiente de trabalho;
 Satisfazer os clientes, atendendo plenamente às cláusulas
contratuais;
 Buscar a melhoria da eficácia e eficiência, visando estabilidade e
prosperidade da empresa;
 Criar condições para o desenvolvimento contínuo dos
colaboradores, tanto profissional como pessoal;
 Respeitar e incentivar o desenvolvimento de fornecedores;
 Propiciar boa lucratividade.
2.1.3 Políticas de Segurança
A Reframax estabeleceu as seguintes diretrizes de Segurança e
Saúde Ocupacional:
 Privilegiar a prevenção;
14
 Considerar a Segurança e Saúde Ocupacional como um dos
critérios de gestão da empresa;
 Avaliar os riscos para a Segurança e Saúde Ocupacional
continuamente, em todas as suas atividades;
 Respeitar as leis, regulamentos e normas aplicáveis à
Segurança e Saúde Ocupacional de seus colaboradores,
monitorando e avaliando o seu cumprimento;
2.1.4 Política Ambiental
A Reframax, empresa especializada na aplicação de revestimentos
refratários e isolamento térmico e acústico nos segmentos de siderurgia, mineração,
metalurgia, cimento, petroquímico, papel e celulose, dentre outros, através da
constante busca do desenvolvimento econômico e preservação ambiental,
estabelece as seguintes diretrizes.
 Gerir os aspectos ambientais de suas atividades de forma
planejada, prevenindo seus impactos, com foco especial nos
resíduos sólidos, garantindo uma atuação ambiental responsável;
 Manter um compromisso com o cumprimento da legislação e
outros requisitos subscritos, que se relacionem com seus
aspectos ambientais;
 Manter um processo contínuo de formação e conscientização de
seus colaboradores para que atuem de forma correta, zelando
pela aplicação da Política Ambiental.
2.1.5 Coleta Seletiva
A ideia de realizar a Coleta Seletiva e reutilizar materiais
considerados "lixo” tem sido objeto de interesse e preocupação da sociedade
contemporânea.
A Reframax, inserida neste contexto não poderia deixar de se
preocupar com a questão ambiental. Uma vez que seu atual momento de expansão
implica, também, em uma maior produção de lixo e por isso tem adotado em suas
rotinas uma atitude mais racional, a Coleta Seletiva.
Desenvolvemos diversas ações de educação ambiental que envolve
os funcionários dos contratos de manutenção, obras de refratário, isolamento
térmico e do escritório central. Algumas destas ações são distribuições de cartilhas,
treinamento sobre Coleta Seletiva.
O material reciclável (plástico, papel e papelão) da Reframax é
doado integralmente para a Comarp – em Belo Horizonte, MG.
15
A Comarp foi criada em 2004 para gerar emprego e renda para
famílias em situação de vulnerabilidade econômica. Atualmente, conta com 30
funcionários que dependem diretamente desta rentabilidade.
2.1.6 Gestão de Pessoas
Missão: Assegurar um sistema de gestão de pessoas que valorize o
potencial humano e gere um ambiente organizacional favorável à motivação dos
empregados, levando-os a contribuírem e se comprometerem com a excelência do
desempenho e dos resultados organizacionais.
Valores:
 Comprometimento;
 Ética;
 Honestidade;
 Lealdade;
 Segurança;
 Simplicidade.
2.1.7 Diretrizes
Respeitar e valorizar o ser humano, sendo uma empresa que investe
na qualidade de vida e na formação dos seus empregados.
Considerar cada empregado o principal elemento na consecução de
sua finalidade e missão empresarial, assegurando a produtividade em níveis
crescentes, mantendo um ambiente de trabalho que valorize a competência e
estimule o autodesenvolvimento.
16
2.1.8 Áreas de Atuação e Clientes da Empresa
A Reframax atende obras de emergência com atendimento e
agilidade no profissionalismo em paradas/ intervenções emergenciais nos
equipamentos dos clientes (ver tabela 1). E ao ser convocada para executar o
reparo, a empresa mobiliza todos os recursos necessários dentro do menor prazo
possível.
Tabela 1 – Áreas de atuação da Reframax
Fonte: Reframax (2015)
ÁREAS DE ATUAÇÃO CLIENTES
Siderurgia (Alto Forno, Área de Corrida, Canais de
Corrida, Regeneradores, Dutos e Coroa de Ar Quente,
Fornos de Sinterização, Carro Torpedo, Panelas,
Convertedores, Misturadores, Chaminés, Coqueria,
Coifas, Forno de Ignição, Forno de Forjaria, Forno de
Tratamento Térmico, Aciaria e Forno de Galvanização.)
AcelorMittal (Juiz de Fora/João
Monlevade/Cariacica/Piracicaba/Timóteo/Serra) , Aços Villares
(Pindamonhangaba), Cia.Siderúrgica Nacional , Cosipa,
Gerdau Açominas, Gerdau Aços Especiais-unidades
Charqueadas, Siderar, Sol coqueria tubarão, Usiminas, V&M
Tuber do Brasil, Siderurgias Barra Mansa- Votorantim Metais.
Metalurgia (Fornos Elétricos de Fusão, Fornos de
Espera, Forno de Redução, Forno de Pelotização e
Calcinador)
Alcoa Alumínio S/A (Poços de Caldas/São Luis), Andritz Brasil,
Caraíba Metais , Cia.Industrial Fluminense, Cia. Níquel
Tocantis, Magotteaux Minas Metalúrgica , Mamoré Mineração
e Metalurgia, Nova Era Silicon ,Novelis Brasil (Ouro
Preto/Pindamonhangaba), Novelis do Brasil , Mineração Serra
de Fortaleza – Votorantim Metais , Valesul Alumínio , Confab.
Mineração (Fornos de Pelotização, Chaminés, Fornos de
Fusão, Ustuladores, Forno Elétrico e Planta de Ácido
Sulfúrico)
Anglogold Ashanti, Vale – Pelotização (Vitória/São
Luiz/Fábrica), Samarco Mineração.
Química (Unidades de Craqueamento, Incidores,
Conversores, Tanques, Ciclones, Chaminés, Forno de
Enxofre e Reatores)
CBCC-Cia. Brasileira de Carbureto de Cálcio, CBMM ,
Unilever do Brasil , White Martins S/A, Enfil S/A Controle
Ambiental.
Engenharia (CBCC-Cia. Brasileira de Carbureto de
Cálcio)
Kuttner, Paul Wurth Promon , Tecnomatter, Siemens Vai
Metais, Siemens Vai Metais, TWO Engenharia, Centro Projekt ,
Conav Engenharia, Man Ferrosta, UTC Engenharia, Ultratec.
Fertilizante Copebrás.
Petroquimica Petrobras
Ferro Liga ( Fornos Elétricos de fusão)
Rio Doce Manganês-Unidades Barbacena/Simões Filho/Ouro
Preto/São João Del Rei
Vidro (Fornos de Fusão, Canais, Regeneradores e
Chaminés)
LG Philips Displays
17
2.1.9 Atividade desenvolvida
O estágio iniciou com a realização do treinamento Ambientação que
tem como objetivo apresentar a história às recomendações de segurança, a
identidade organizacional da Usiminas. Foram apresentados ainda o organograma
da empresa, as certificações, os produtos e a atuação da Reframax Engenharia Ltda
e foi feita também um acompanhamento do processo da reconstrução do topo da
bateria 5 e 6 na produção da empresa. Durante a realização do estágio as atividades
desenvolvidas visaram à complementação educacional com a busca de novos
conhecimentos, proporcionado um engrandecimento profissional e pessoal. No
decorrer do estágio foi apresentado o procedimento, plano da qualidade da obra,
que é uma ferramenta importante utilizada pela Reframax. Essa ferramenta faz parte
da Gestão da Qualidade, sendo que a mesma consiste em padronizar a metodologia
do processo das fases da obra, fazendo parte do planejamento da obra, dando
diretrizes quanto aos procedimentos que devem ser seguidos para assegurar a
qualidade dos serviços executados.
Uma das ferramentas utilizadas pela Reframax e DDS que é um
bate-papo sobre qualquer assunto relativo à segurança e saúde, além de apresentar
os perigos enfrentados por todos os empregados na área da Coqueria 3. Todo inicio
de turno, toda a equipe participa do DDS, fato eminentemente importante para
prevenção de acidentes e consequentemente para assegurar a saúde de todos.
Uma das atividades feitas pela estagiária foi a realização de relatórios, RDO (ver
anexo pg.: 21) que é utilizado para descrever as atividades diariamente das equipes
mecânica e refratário, é realizado lançamento do efetivo o BCP, lançamentos dos
homens e horas trabalhados, feito também o acompanhamento diário da obra com
registros fotográficos das fases, preenchimento do relatório semanal e lançamento
dos materiais aplicados com as informações da folha RDO (ver anexo pg.: 21) e
feito o relatório de obra execução.
18
2.1.10 Resultados e Discussões
O estágio curricular realizado na Reframax ofereceu oportunidade
única porque permitiu a aplicação prática de conceitos estudados durante o curso de
Engenharia de Produção. Facilitou a assimilação da reconstrução do topo da bateria
5 e 6 na Coqueria 3, com o que a engenharia desenvolve para obter avanços nessa
área, e observado que o Brasil ainda precisa evoluir muito no que se trata a respeito.
A reconstrução da bateria é uma área fascinante, na qual eu gostaria
de permanecer e aprender cada vez mais sobre a aplicação de materiais refratários,
capacidade de conhecer aplicação de diversas isolantes. O estágio teve como
análise crítica a importância de controle dos materiais aplicados na produção
durante seu processo.
O conhecimento adquirido no processo de refratário é grandioso, é
uma área que requer muito do profissional por ser um serviço mais complexo. A
dificuldade encontrada durante o estágio deve-se ao entendimento do processo das
atividades. A reforma da bateria 5 e 6 trouxe a estagiária muito conhecimento em
sua execução, por diversos ferramentas e dispositivos utilizados pela empresa,
métodos de execução, como também seu modo de gerenciar as situações do seu
dia a dia.
Contudo, esta experiência permitiu à discente verificar na prática, as
funcionalidades de um setor de planejamento, controle e programação de produção
de uma grande empresa. Conceitos de gestão e acompanhamento de projeto
também foram possíveis vivenciar e participar de reuniões, D.D.S, inspeções da
contratada, acompanhamento de atividades criticas
19
3 CONCLUSÃO
Ao término do estágio conclui-se que as experiências vivenciadas
foram consideradas de grande valia para complementação para a formação
profissional e pessoal do estudante de Engenharia de Produção. Isto se confirmou
com a possibilidade de poder confrontar os conhecimentos adquiridos durante a
formação acadêmica com a realidade das empresas.
O mercado de aplicação de revestimento refratário e isolamento
térmico é uma das áreas com poucos profissionais qualificados devido à
complexidade da atividade a ser realizada em reformas de alto forno e Coqueria nas
indústrias.
Entendo que o mercado de trabalho na área de refratário, precisa
de profissionais com formação acadêmica, de acordo com a exigência do mercado
devido à oscilação do perfil deste profissional ao cenário mundial para obter perfeito
sincronismo.
Além disso, exemplifica corretamente a desempenho do engenheiro
de produção, que tem em vista o desenvolvimento de estudos para aprimoramento
de sistemas, produtos e processos, na busca da eficiência operacional da
organização, estando mais capacitados a atender as demandas. Sem dúvida, as
experiências vividas no decorrer do estágio contribuíram de forma significante para a
formação de um profissional mais qualificado.
20
REFERÊNCIAS
REFRAMAX. Disponível em < http://www.reframax.com.br/portal/>. Acesso em: 19
maio. 2015.
USIMINAS Intranet. Disponível em <http://sistemausiminas/intranet/>>. Acessado
em 25 maio. 2015.
21
ANEXOS
Anexo 1 – Relatório Diário de Produção
22
APÊNDICE
Apêndice 1 – Ficha de Avaliação de Desempenho do Estagiário

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relatorio final pronto!
Relatorio final pronto!Relatorio final pronto!
Relatorio final pronto!
Silvio Medeiros
 
Estagio modelo relatorio
Estagio modelo relatorioEstagio modelo relatorio
Estagio modelo relatorio
renannmaia13
 
Trabalho de Conclusão de Curso - Técnico em Segurança do Trabalho
Trabalho de Conclusão de Curso - Técnico em Segurança do TrabalhoTrabalho de Conclusão de Curso - Técnico em Segurança do Trabalho
Trabalho de Conclusão de Curso - Técnico em Segurança do Trabalho
Rebeca Purcino
 
Relatório de segurança do trabalho
Relatório de segurança do trabalhoRelatório de segurança do trabalho
Relatório de segurança do trabalho
ACS AULAS PARTICULARES
 
1 modelo completo relatório de estágio ea d
1 modelo completo relatório de estágio ea d1 modelo completo relatório de estágio ea d
1 modelo completo relatório de estágio ea d
Mirlley de Mendonça
 
Relatório de Regências Ensino Fundamental
Relatório de Regências Ensino Fundamental Relatório de Regências Ensino Fundamental
Relatório de Regências Ensino Fundamental
URCA - Universidade Regional do Cariri
 
Relatório Final de Curso - Estágio em Técnico em Edificações
Relatório Final de Curso - Estágio em Técnico em EdificaçõesRelatório Final de Curso - Estágio em Técnico em Edificações
Relatório Final de Curso - Estágio em Técnico em Edificações
Italo Oliveira
 
Relatorio de estagio supervisionado administrativo
Relatorio de estagio supervisionado administrativoRelatorio de estagio supervisionado administrativo
Relatorio de estagio supervisionado administrativo
Alessandra Alves
 
Relatorio pronto
Relatorio prontoRelatorio pronto
Relatorio pronto
Diego Moura
 
Relatorio de estagio Morgana Gianesini
Relatorio de estagio Morgana GianesiniRelatorio de estagio Morgana Gianesini
Relatorio de estagio Morgana Gianesini
Morgana Gianesini
 
Relatorio de estágio do ensino médio
Relatorio de estágio do ensino médio Relatorio de estágio do ensino médio
Relatorio de estágio do ensino médio
Giselle Coutinho
 
Relatorio de estagio_tecnico_eletromecanica
Relatorio de estagio_tecnico_eletromecanicaRelatorio de estagio_tecnico_eletromecanica
Relatorio de estagio_tecnico_eletromecanica
Hudson Sousa
 
Aula 1 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 1 - Higiene e Segurança do TrabalhoAula 1 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 1 - Higiene e Segurança do Trabalho
Unidade Acedêmica de Engenharia de Produção
 
Apresentação do relatorio de estagio
Apresentação do relatorio de estagioApresentação do relatorio de estagio
Apresentação do relatorio de estagio
Miguel Farinha
 
Estagio regencia de sala
Estagio regencia de salaEstagio regencia de sala
Estagio regencia de sala
Alessandra Alves
 
Aula 3 doenças ocupacionais
Aula 3   doenças ocupacionaisAula 3   doenças ocupacionais
Aula 3 doenças ocupacionais
Daniel Moura
 
Modelo de relatório de visita
Modelo de relatório de visitaModelo de relatório de visita
Modelo de relatório de visita
Giovanna Ortiz
 
Relatório de estágio - TÉC. EM INFORMÁTICA
Relatório de estágio - TÉC. EM INFORMÁTICARelatório de estágio - TÉC. EM INFORMÁTICA
Relatório de estágio - TÉC. EM INFORMÁTICA
Ingrid Lorrana Ferreira Sobreira
 
TCC SLIDE DE APRESENTAÇÃO
TCC SLIDE DE APRESENTAÇÃOTCC SLIDE DE APRESENTAÇÃO
TCC SLIDE DE APRESENTAÇÃO
professsorcarlinho
 
PLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIP
PLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIPPLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIP
PLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIP
www.estagiosupervisionadofip.blogspot.com
 

Mais procurados (20)

Relatorio final pronto!
Relatorio final pronto!Relatorio final pronto!
Relatorio final pronto!
 
Estagio modelo relatorio
Estagio modelo relatorioEstagio modelo relatorio
Estagio modelo relatorio
 
Trabalho de Conclusão de Curso - Técnico em Segurança do Trabalho
Trabalho de Conclusão de Curso - Técnico em Segurança do TrabalhoTrabalho de Conclusão de Curso - Técnico em Segurança do Trabalho
Trabalho de Conclusão de Curso - Técnico em Segurança do Trabalho
 
Relatório de segurança do trabalho
Relatório de segurança do trabalhoRelatório de segurança do trabalho
Relatório de segurança do trabalho
 
1 modelo completo relatório de estágio ea d
1 modelo completo relatório de estágio ea d1 modelo completo relatório de estágio ea d
1 modelo completo relatório de estágio ea d
 
Relatório de Regências Ensino Fundamental
Relatório de Regências Ensino Fundamental Relatório de Regências Ensino Fundamental
Relatório de Regências Ensino Fundamental
 
Relatório Final de Curso - Estágio em Técnico em Edificações
Relatório Final de Curso - Estágio em Técnico em EdificaçõesRelatório Final de Curso - Estágio em Técnico em Edificações
Relatório Final de Curso - Estágio em Técnico em Edificações
 
Relatorio de estagio supervisionado administrativo
Relatorio de estagio supervisionado administrativoRelatorio de estagio supervisionado administrativo
Relatorio de estagio supervisionado administrativo
 
Relatorio pronto
Relatorio prontoRelatorio pronto
Relatorio pronto
 
Relatorio de estagio Morgana Gianesini
Relatorio de estagio Morgana GianesiniRelatorio de estagio Morgana Gianesini
Relatorio de estagio Morgana Gianesini
 
Relatorio de estágio do ensino médio
Relatorio de estágio do ensino médio Relatorio de estágio do ensino médio
Relatorio de estágio do ensino médio
 
Relatorio de estagio_tecnico_eletromecanica
Relatorio de estagio_tecnico_eletromecanicaRelatorio de estagio_tecnico_eletromecanica
Relatorio de estagio_tecnico_eletromecanica
 
Aula 1 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 1 - Higiene e Segurança do TrabalhoAula 1 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 1 - Higiene e Segurança do Trabalho
 
Apresentação do relatorio de estagio
Apresentação do relatorio de estagioApresentação do relatorio de estagio
Apresentação do relatorio de estagio
 
Estagio regencia de sala
Estagio regencia de salaEstagio regencia de sala
Estagio regencia de sala
 
Aula 3 doenças ocupacionais
Aula 3   doenças ocupacionaisAula 3   doenças ocupacionais
Aula 3 doenças ocupacionais
 
Modelo de relatório de visita
Modelo de relatório de visitaModelo de relatório de visita
Modelo de relatório de visita
 
Relatório de estágio - TÉC. EM INFORMÁTICA
Relatório de estágio - TÉC. EM INFORMÁTICARelatório de estágio - TÉC. EM INFORMÁTICA
Relatório de estágio - TÉC. EM INFORMÁTICA
 
TCC SLIDE DE APRESENTAÇÃO
TCC SLIDE DE APRESENTAÇÃOTCC SLIDE DE APRESENTAÇÃO
TCC SLIDE DE APRESENTAÇÃO
 
PLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIP
PLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIPPLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIP
PLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIP
 

Semelhante a RELATÓRIO DE ESTAGIO

Curriculum Vitae Potuguese - Gustavo Rocha
Curriculum Vitae Potuguese - Gustavo RochaCurriculum Vitae Potuguese - Gustavo Rocha
Curriculum Vitae Potuguese - Gustavo Rocha
Gustavo Rocha
 
CV Angelo dos reis magalhães 20.04.2013
CV Angelo dos reis magalhães 20.04.2013CV Angelo dos reis magalhães 20.04.2013
CV Angelo dos reis magalhães 20.04.2013
Angelo dos Reis Magalhães, MSc, MLTII, MLAII
 
Curriculum Vitae 2016 portugues
Curriculum Vitae 2016 portuguesCurriculum Vitae 2016 portugues
Curriculum Vitae 2016 portugues
Peter Radermacher
 
PHMarcomini 18set15
PHMarcomini 18set15PHMarcomini 18set15
PHMarcomini 18set15
Pedro Henrique Marcomini
 
Estudo Modernização Planta Industria - Instalacao de Equipamentos Industriais...
Estudo Modernização Planta Industria - Instalacao de Equipamentos Industriais...Estudo Modernização Planta Industria - Instalacao de Equipamentos Industriais...
Estudo Modernização Planta Industria - Instalacao de Equipamentos Industriais...
Murilo Paixao
 
CursoSuperiordeTecnologiaemProduçãoSucroalcooleira.pdf
CursoSuperiordeTecnologiaemProduçãoSucroalcooleira.pdfCursoSuperiordeTecnologiaemProduçãoSucroalcooleira.pdf
CursoSuperiordeTecnologiaemProduçãoSucroalcooleira.pdf
Cleodon Cardoso da Silva
 
CV - Yuri Crispim (português)
CV - Yuri Crispim (português)CV - Yuri Crispim (português)
CV - Yuri Crispim (português)
Yuri Crispim
 
Cv moacir pazin filho b.16
Cv moacir pazin filho   b.16Cv moacir pazin filho   b.16
Cv moacir pazin filho b.16
Moacir Pazin Filho
 
Portifólio GFE Consultoria
Portifólio GFE ConsultoriaPortifólio GFE Consultoria
Portifólio GFE Consultoria
Paulo Frazilio Mechanical Engineer
 
5S
5S5S
5S
5S5S
000134763.pdf
000134763.pdf000134763.pdf
000134763.pdf
AsankaChathuranga1
 
V Lean Day Unicamp - Notas de Palestras -
V Lean Day Unicamp - Notas de Palestras - V Lean Day Unicamp - Notas de Palestras -
V Lean Day Unicamp - Notas de Palestras -
Fredjoger Mendes
 
A importância da saúde, segurança
A importância da saúde, segurançaA importância da saúde, segurança
A importância da saúde, segurança
Renatbar
 
Plano de qualidade sofia isumail
Plano de qualidade sofia isumailPlano de qualidade sofia isumail
Plano de qualidade sofia isumail
Tauabo Lussane Lussane
 
143 meio ambiente_para_tst
143 meio ambiente_para_tst143 meio ambiente_para_tst
143 meio ambiente_para_tst
Luis Araujo
 
Relatório Anual 2015
Relatório Anual 2015Relatório Anual 2015
Relatório Anual 2015
Carlos Fernando Jung
 
Tcc Lean Six Sigma
Tcc Lean Six SigmaTcc Lean Six Sigma
Tcc Lean Six Sigma
Maiza Vilaça
 
Organização das Indústrias - PCP
Organização das Indústrias - PCPOrganização das Indústrias - PCP
Organização das Indústrias - PCP
Ana Vasques
 
C08 O Desafio de Alinhar a Área Comercial com a Manufatura e Distribuição
C08 O Desafio de Alinhar a Área Comercial com a Manufatura e DistribuiçãoC08 O Desafio de Alinhar a Área Comercial com a Manufatura e Distribuição
C08 O Desafio de Alinhar a Área Comercial com a Manufatura e Distribuição
Fábio Cardoso Alves
 

Semelhante a RELATÓRIO DE ESTAGIO (20)

Curriculum Vitae Potuguese - Gustavo Rocha
Curriculum Vitae Potuguese - Gustavo RochaCurriculum Vitae Potuguese - Gustavo Rocha
Curriculum Vitae Potuguese - Gustavo Rocha
 
CV Angelo dos reis magalhães 20.04.2013
CV Angelo dos reis magalhães 20.04.2013CV Angelo dos reis magalhães 20.04.2013
CV Angelo dos reis magalhães 20.04.2013
 
Curriculum Vitae 2016 portugues
Curriculum Vitae 2016 portuguesCurriculum Vitae 2016 portugues
Curriculum Vitae 2016 portugues
 
PHMarcomini 18set15
PHMarcomini 18set15PHMarcomini 18set15
PHMarcomini 18set15
 
Estudo Modernização Planta Industria - Instalacao de Equipamentos Industriais...
Estudo Modernização Planta Industria - Instalacao de Equipamentos Industriais...Estudo Modernização Planta Industria - Instalacao de Equipamentos Industriais...
Estudo Modernização Planta Industria - Instalacao de Equipamentos Industriais...
 
CursoSuperiordeTecnologiaemProduçãoSucroalcooleira.pdf
CursoSuperiordeTecnologiaemProduçãoSucroalcooleira.pdfCursoSuperiordeTecnologiaemProduçãoSucroalcooleira.pdf
CursoSuperiordeTecnologiaemProduçãoSucroalcooleira.pdf
 
CV - Yuri Crispim (português)
CV - Yuri Crispim (português)CV - Yuri Crispim (português)
CV - Yuri Crispim (português)
 
Cv moacir pazin filho b.16
Cv moacir pazin filho   b.16Cv moacir pazin filho   b.16
Cv moacir pazin filho b.16
 
Portifólio GFE Consultoria
Portifólio GFE ConsultoriaPortifólio GFE Consultoria
Portifólio GFE Consultoria
 
5S
5S5S
5S
 
5S
5S5S
5S
 
000134763.pdf
000134763.pdf000134763.pdf
000134763.pdf
 
V Lean Day Unicamp - Notas de Palestras -
V Lean Day Unicamp - Notas de Palestras - V Lean Day Unicamp - Notas de Palestras -
V Lean Day Unicamp - Notas de Palestras -
 
A importância da saúde, segurança
A importância da saúde, segurançaA importância da saúde, segurança
A importância da saúde, segurança
 
Plano de qualidade sofia isumail
Plano de qualidade sofia isumailPlano de qualidade sofia isumail
Plano de qualidade sofia isumail
 
143 meio ambiente_para_tst
143 meio ambiente_para_tst143 meio ambiente_para_tst
143 meio ambiente_para_tst
 
Relatório Anual 2015
Relatório Anual 2015Relatório Anual 2015
Relatório Anual 2015
 
Tcc Lean Six Sigma
Tcc Lean Six SigmaTcc Lean Six Sigma
Tcc Lean Six Sigma
 
Organização das Indústrias - PCP
Organização das Indústrias - PCPOrganização das Indústrias - PCP
Organização das Indústrias - PCP
 
C08 O Desafio de Alinhar a Área Comercial com a Manufatura e Distribuição
C08 O Desafio de Alinhar a Área Comercial com a Manufatura e DistribuiçãoC08 O Desafio de Alinhar a Área Comercial com a Manufatura e Distribuição
C08 O Desafio de Alinhar a Área Comercial com a Manufatura e Distribuição
 

Mais de gelcine Angela

PLANO DE PESQUISA - SEGURANÇA
PLANO DE PESQUISA - SEGURANÇAPLANO DE PESQUISA - SEGURANÇA
PLANO DE PESQUISA - SEGURANÇA
gelcine Angela
 
SEGURANÇA NR-12 COMPARAÇÃO Maquinas e equipamentos
SEGURANÇA NR-12 COMPARAÇÃO Maquinas e equipamentosSEGURANÇA NR-12 COMPARAÇÃO Maquinas e equipamentos
SEGURANÇA NR-12 COMPARAÇÃO Maquinas e equipamentos
gelcine Angela
 
COMPARAÇÃO DA NR-15 (anexo 1 e 2 Ruido) e NHO-1(RUIDO)
COMPARAÇÃO DA NR-15 (anexo 1 e 2 Ruido) e NHO-1(RUIDO)COMPARAÇÃO DA NR-15 (anexo 1 e 2 Ruido) e NHO-1(RUIDO)
COMPARAÇÃO DA NR-15 (anexo 1 e 2 Ruido) e NHO-1(RUIDO)
gelcine Angela
 
Apresentaçao Lavanderia Hospitalar
Apresentaçao Lavanderia HospitalarApresentaçao Lavanderia Hospitalar
Apresentaçao Lavanderia Hospitalar
gelcine Angela
 
Trabalho marketing
Trabalho marketingTrabalho marketing
Trabalho marketing
gelcine Angela
 
Trabalho gestão ambiental e siderurgia
Trabalho gestão ambiental e siderurgiaTrabalho gestão ambiental e siderurgia
Trabalho gestão ambiental e siderurgia
gelcine Angela
 
PROJETO DE FABRICA DE CADEIRA Completo 1 e 2
PROJETO DE FABRICA DE CADEIRA Completo 1 e 2PROJETO DE FABRICA DE CADEIRA Completo 1 e 2
PROJETO DE FABRICA DE CADEIRA Completo 1 e 2
gelcine Angela
 
Kanban
Kanban Kanban
Apresentação logistica 2015
Apresentação logistica 2015Apresentação logistica 2015
Apresentação logistica 2015
gelcine Angela
 
PLANEJAMENTO CONSTRUÇÃO DE CASA
PLANEJAMENTO CONSTRUÇÃO DE CASAPLANEJAMENTO CONSTRUÇÃO DE CASA
PLANEJAMENTO CONSTRUÇÃO DE CASA
gelcine Angela
 
ENGENHARIA TRABALHO
ENGENHARIA TRABALHOENGENHARIA TRABALHO
ENGENHARIA TRABALHO
gelcine Angela
 
INTRODUÇÃO A ENGENHARIA
INTRODUÇÃO A ENGENHARIA INTRODUÇÃO A ENGENHARIA
INTRODUÇÃO A ENGENHARIA
gelcine Angela
 
GESTÃO DE Projeto formatura 2015
GESTÃO DE Projeto formatura 2015GESTÃO DE Projeto formatura 2015
GESTÃO DE Projeto formatura 2015
gelcine Angela
 
GESTÃO DE OPERAÇÃO DE SERVIÇO
GESTÃO DE OPERAÇÃO DE SERVIÇOGESTÃO DE OPERAÇÃO DE SERVIÇO
GESTÃO DE OPERAÇÃO DE SERVIÇO
gelcine Angela
 
TRIZ
TRIZTRIZ
Trabalho de Ergonomia 2015
Trabalho de Ergonomia 2015Trabalho de Ergonomia 2015
Trabalho de Ergonomia 2015
gelcine Angela
 
A voz do_cliente
A voz do_clienteA voz do_cliente
A voz do_cliente
gelcine Angela
 
Custo ambientais
Custo ambientaisCusto ambientais
Custo ambientais
gelcine Angela
 
Automação reconhecimento de padrões
Automação reconhecimento de padrões Automação reconhecimento de padrões
Automação reconhecimento de padrões
gelcine Angela
 
TCC - GELCINE E VINICIUS
TCC - GELCINE E VINICIUSTCC - GELCINE E VINICIUS
TCC - GELCINE E VINICIUS
gelcine Angela
 

Mais de gelcine Angela (20)

PLANO DE PESQUISA - SEGURANÇA
PLANO DE PESQUISA - SEGURANÇAPLANO DE PESQUISA - SEGURANÇA
PLANO DE PESQUISA - SEGURANÇA
 
SEGURANÇA NR-12 COMPARAÇÃO Maquinas e equipamentos
SEGURANÇA NR-12 COMPARAÇÃO Maquinas e equipamentosSEGURANÇA NR-12 COMPARAÇÃO Maquinas e equipamentos
SEGURANÇA NR-12 COMPARAÇÃO Maquinas e equipamentos
 
COMPARAÇÃO DA NR-15 (anexo 1 e 2 Ruido) e NHO-1(RUIDO)
COMPARAÇÃO DA NR-15 (anexo 1 e 2 Ruido) e NHO-1(RUIDO)COMPARAÇÃO DA NR-15 (anexo 1 e 2 Ruido) e NHO-1(RUIDO)
COMPARAÇÃO DA NR-15 (anexo 1 e 2 Ruido) e NHO-1(RUIDO)
 
Apresentaçao Lavanderia Hospitalar
Apresentaçao Lavanderia HospitalarApresentaçao Lavanderia Hospitalar
Apresentaçao Lavanderia Hospitalar
 
Trabalho marketing
Trabalho marketingTrabalho marketing
Trabalho marketing
 
Trabalho gestão ambiental e siderurgia
Trabalho gestão ambiental e siderurgiaTrabalho gestão ambiental e siderurgia
Trabalho gestão ambiental e siderurgia
 
PROJETO DE FABRICA DE CADEIRA Completo 1 e 2
PROJETO DE FABRICA DE CADEIRA Completo 1 e 2PROJETO DE FABRICA DE CADEIRA Completo 1 e 2
PROJETO DE FABRICA DE CADEIRA Completo 1 e 2
 
Kanban
Kanban Kanban
Kanban
 
Apresentação logistica 2015
Apresentação logistica 2015Apresentação logistica 2015
Apresentação logistica 2015
 
PLANEJAMENTO CONSTRUÇÃO DE CASA
PLANEJAMENTO CONSTRUÇÃO DE CASAPLANEJAMENTO CONSTRUÇÃO DE CASA
PLANEJAMENTO CONSTRUÇÃO DE CASA
 
ENGENHARIA TRABALHO
ENGENHARIA TRABALHOENGENHARIA TRABALHO
ENGENHARIA TRABALHO
 
INTRODUÇÃO A ENGENHARIA
INTRODUÇÃO A ENGENHARIA INTRODUÇÃO A ENGENHARIA
INTRODUÇÃO A ENGENHARIA
 
GESTÃO DE Projeto formatura 2015
GESTÃO DE Projeto formatura 2015GESTÃO DE Projeto formatura 2015
GESTÃO DE Projeto formatura 2015
 
GESTÃO DE OPERAÇÃO DE SERVIÇO
GESTÃO DE OPERAÇÃO DE SERVIÇOGESTÃO DE OPERAÇÃO DE SERVIÇO
GESTÃO DE OPERAÇÃO DE SERVIÇO
 
TRIZ
TRIZTRIZ
TRIZ
 
Trabalho de Ergonomia 2015
Trabalho de Ergonomia 2015Trabalho de Ergonomia 2015
Trabalho de Ergonomia 2015
 
A voz do_cliente
A voz do_clienteA voz do_cliente
A voz do_cliente
 
Custo ambientais
Custo ambientaisCusto ambientais
Custo ambientais
 
Automação reconhecimento de padrões
Automação reconhecimento de padrões Automação reconhecimento de padrões
Automação reconhecimento de padrões
 
TCC - GELCINE E VINICIUS
TCC - GELCINE E VINICIUSTCC - GELCINE E VINICIUS
TCC - GELCINE E VINICIUS
 

Último

oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
marcos oliveira
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 

Último (20)

oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 

RELATÓRIO DE ESTAGIO

  • 1. Ipatinga 2015 RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EMPRESA REFRAMAX Aluno: Gelcine Ângela da Silva Curso: Engenharia de produção Matricula: 860187
  • 2. Ipatinga 2015 . RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EMPRESA REFRAMAX Relatório de Estágio Supervisionado apresentado à Faculdade Pitágoras de Ipatinga - MG, como requisito parcial para a obtenção do título de Bacharel em Engenharia de Produção. Coordenador: Gilson de Souza Santos RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EMPRESA REFRAMAX
  • 3. FICHA DE IDENTIFICAÇÃO Título e subtítulo: Planejamento de Obra. Acompanhamento diário da produção e elaboração de relatório produtivo semanal. Nome Completo do aluno: Gelcine Ângela da Silva Data (mês e ano): 30/05/2015 Matrícula: 860187 Instituição de Ensino: Faculdade Pitágoras - Mg Curso: Engenharia de Produção Entidade (Empresa): Reframax Engenharia Ltda. Data de início do estágio: 16/01/2015 Data de término do estágio: 30/05/2015
  • 5. AGRADECIMENTOS Agradeço a empresa Reframax Engenharia Ltda pela oportunidade de fazer parte do quadro de funcionários, em especial ao Gestor Sr. Engº. Carlos Tadeu Conde Bonesi pela confiança atribuída como Assistente de Planejamento da Obra. Agradeço a minha mãe Maria Aparecida por ter me incentivado e me ajudado durante toda a minha vida, me apoiando nos momentos que mais precisei. Sem ela com certeza não conseguiria essa grande conquista em minha vida. Agradeço à professora Marcelle Zacarias Silva Tolentino Bezerra pelo comprometimento com ótimas orientações que contribuíram para o desenvolvimento deste relatório. E por último e mais importante agradeço a Deus pelo discernimento, por me fortalecer e me amparar nos momentos mais difíceis. Muito Obrigada!
  • 6. RESUMO O presente trabalho tem como finalidade descrever as atividades realizadas e os conhecimentos adquiridos pela estagiaria Gelcine Ângela da Silva durante o Estágio Supervisionado realizado na Empresa Reframax Engenharia Ltda, com sede localizada em Belo Horizonte - MG, no projeto “Reconstrução do Topo das baterias 5 e 6 na Coqueria 3 – Usiminas” na cidade de Ipatinga – MG. As atividades consistiram em contemplar as fases desempenhadas em todo o ambiente de planejamento, controle da produção e participação no processo da execução das atividades mecânica e refratária na área da Coqueria 3 na reconstrução do topo da bateria 5 e 6. O estágio teve de oportunidade desenvolver e acompanhar o processo das atividades desenvolvidas pela empresa e controlar a folha de produção, elaborando através de Relatório Diário de produção (ver anexo pg.: 21), o Relatório de Obra Execução, preenchimento de Boletim de Controle de Produção e Relatórios Semanal de Planejamento. Palavras-chave: Planejamento. Refratário. Mecânica.
  • 7. LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS ISO 9001 International Organization for Standardization (Organização Internacional para Padronização) – Sistema de Gestão da Qualidade DNV Det Nors e Veritas COMPARP Comunidade Associada para Reciclagem de Materiais da Região da Pampulha DDS Diálogo Diário de Segurança BCP Boletim de Controle de Produção RDO Relatório Diário de Obra
  • 8. SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO.....................................................................................................9 1.1 OBJETIVOS .....................................................................................................9 1.1.1 Objetivo geral................................................................................................9 1.1.2 Objetivos específicos ....................................................................................9 1.2 Justificação.....................................................................................................10 1.3 Métodos adotados ..........................................................................................10 2 AMBIENTE DE PESQUISAS.............................................................................11 2.1 CARACTERISTICA DA EMPRESA................................................................11 2.1.1 Gestões da Qualidade ................................................................................13 2.1.2 Políticas de Qualidade ................................................................................13 2.1.3 Políticas de Segurança ...............................................................................13 2.1.4 Política Ambiental .......................................................................................14 2.1.5 Coleta Seletiva............................................................................................14 2.1.6 Gestão de Pessoas.....................................................................................15 2.1.7 Diretrizes.....................................................................................................15 2.1.8 Áreas de Atuação e Clientes da Empresa ..................................................16 2.1.9 Atividade desenvolvida ...............................................................................17 2.1.10 Resultados e Discussões............................................................................18 3 CONCLUSÃO ........................................................................................................19 REFERÊNCIAS.........................................................................................................20 ANEXOS ...................................................................................................................21 APÊNDICE................................................................................................................22
  • 9. 9 1 INTRODUÇÃO Este relatório aborda as atividades desempenhadas como Assistente de Planejamento da Obra da terceirizada Reframax Engenharia Ltda dentro da Usina Siderúrgica de Minas Gerais - USIMINAS, no período de 16/01/2015 à 30/05/2015. Essa etapa é tida como pré-requisito para a obtenção do título de Engenheira de Produção, em conformidade com a graduação realizada na Faculdade Pitágoras – Campus Vale do Aço. Em seu conteúdo é citado os conhecimentos absorvidos e os colocados em prática durante o acompanhamento de toda rotina de planejamento, programação, acompanhamento e controle da produção da empresa através de supervisão do gestor de área. O estágio curricular supervisionado serviu de oportunidade para aplicação prática dos conhecimentos adquiridos durante o período acadêmico, consolidando a formação da estagiária, e contribuindo para seu amadurecimento pessoal e profissional. 1.1 OBJETIVOS 1.1.1 Objetivo geral Analisar na prática os conhecimentos teóricos adquiridos na graduação. 1.1.2 Objetivos específicos  Desenvolver um procedimento para o preenchimento do relatório de controle de produção.  Esclarecer a organização na rotina de entradas e saídas através do controle de material de produção usado diariamente na empresa.  Acompanhar e treinar os envolvidos no preenchimento eficaz do relatório no processo de aplicação do refratário.  Adquirir alguma vivência profissional na respectiva área de atividade, tanto no aspecto técnico como na vida pessoal.
  • 10. 10 1.2 Justificação Dentro do ambiente de produção das empresas, quando são definidos seus objetivos, torna-se necessário formular planos para conseguir adquirir. O planejamento e controle da produção, através da habilidade, competência de organização e disposição de suas informações, conseguem coordenar o correto sequenciamento do fluxo de materiais evitando possíveis perdas indesejáveis. Esta habilidade organizacional e a dinâmica de lidar com as situações associam-se às responsabilidades do setor de Planejamento e Controle da Produção que devem ser resolvidas com conhecimento da Engenharia de Produção. 1.3 Métodos adotados Para a realização do presente relatório de estágio, foram realizados preenchimentos da folha de relatório diário de produção (ver anexo pg.: 21), acompanhada e preenchida pelos supervisores de área. Acompanhamento efetivo no preenchimento do BCP das obras diárias, relatório de obra de execução e registro fotográfico autorizado com as devidas ilustrações das atividades executadas.
  • 11. 11 2 AMBIENTE DE PESQUISAS O Estágio Supervisionado foi realizado na empresa Reframax durante o projeto “Reconstrução do Topo das Baterias 5 e 6 na Coqueria 3 – dentro da Usina Siderúrgica de Minas Gerais - USIMINAS” na cidade de Ipatinga-MG. 2.1 CARACTERISTICA DA EMPRESA O surgimento da empresa foi desde em 1999 consolidando-se no mercado de aplicação de revestimento refratário e isolamento térmico, a Reframax destaca-se por meio de soluções inovadoras é reconhecida pela competência no desempenho de suas atividades. Além de possuir uma equipe técnica formada por profissionais qualificados e experientes, a Reframax mantém uma postura íntegra, transparente e de respeito mútuo com todos os públicos com os quais se relaciona, abrangendo questões sociais e também ambientais. Para a Reframax, estas questões merecem o mesmo cuidado que cada um de seus serviços. Nos contratos permanentes de manutenção e nos serviços de refratário e isolamento térmico, trabalham cerca de mil 1.000 colaboradores fixos, devidamente treinados e capacitados para executarem com presteza e segurança os serviços. O crescimento da empresa, com mais de 230 clientes e mais de 2.300 obras no Brasil e no exterior, é o reflexo de sua dedicação na excelência no atendimento aos seus clientes pautados na busca constante por melhorias, na ética e no profissionalismo. Desde o seu surgimento, a Reframax atende através de contratos de serviços de manutenção refratária as necessidades dos clientes da indústria de base, principalmente dos setores siderúrgico, metalúrgico, cimento e papel & celulose. Cada contrato possui gestão própria com funcionários locais trabalhando em regime de turnos ininterruptos de revezamento para atender o cliente na sua atividade principal, com aplicação de mais de 100 mil toneladas/ano de materiais refratários, a Reframax gerencia todo o processo de manutenção dos equipamentos industriais do cliente. Sempre na busca constante da melhoria dos seus processos, a Reframax conquistou a cetificação do seu sistema de gestão em julho de 2013 pela empresa DNV. Nos projetos especiais como Alto Forno e Coqueria, em
  • 12. 12 consequência da complexidade do serviço e solicitação de nossos clientes do setor siderúrgico por projetos com maior nível de planejamento, logística e mão de obra especializada, foi criada a área de Projetos Especiais. Esta área executa desde 2001, obras de aplicação de refratários, na reforma ou construção de Altos Fornos e Coquerias. Os positivos resultados alcançados ao longo destes anos permitiram a Reframax participar efetivamente de desafiantes e audaciosos projetos nesses equipamentos nas principais siderúrgicas da América do Sul. A Reframax executa serviços de manutenção refratária nos seguintes equipamentos:  Canal de corrida- Alto Forno;  Carro Torpedo;  Coquerias  Convertedor;  Panela de Aço;  Panela de Gusa;  Distribuidor de Aço;  Vaso Desgaseificador;  Forno de Cozimento de Anodo;  Forno de Calcinação - Vertical e horizontal;  Forno de Fundição;  Forno de Forjaria;  Revestimento de Cubas. A Reframax faz montagem de equipamentos novos e a manutenção e reforma de equipamentos em operação com aplicação de diversos tipos de materiais, entre eles:  Tijolo e peça refratária moldada;  Tijolo e placa isolante;  Massa socada;  Concreto vertido ou projetado ou shotcreting;  Módulo de fibra cerâmica. A Reframax atende obras programadas na execução de novos projetos, reparos. Possuem em seu portfólio diversos serviços de isolamento térmico em equipamentos como:  Caldeira de força;  Caldeira de recuperação;  Chaminé, Digestor;  Evaporador, Filtros de manga;  Precipitador eletrostático;
  • 13. 13  Tanque de armazenamento;  Tubulação  Turbo gerador. Soluções em isolamentos acústicas atuam no segmento de Isolamento Acústico e Controle de Ruído, oferecendo os seguintes serviços:  Monitoramento de ruído;  Enclausuramento acústico;  Cabine acústica;  Atenuador de ruído;  Isolamento acústico de tubulações. 2.1.1 Gestões da Qualidade A Reframax estabeleceu as seguintes diretrizes para o Sistema de Gestão da Qualidade, satisfazer as necessidades de nossos clientes, prestando serviços de qualidade comprovada, buscando a liderança de mercado e a melhoria contínua do Sistema de Gestão da Qualidade. 2.1.2 Políticas de Qualidade A Reframax estabeleceu as seguintes diretrizes da Política de Qualidade:  Valorizar e destacar a saúde e a segurança como princípios básicos dentro e fora do ambiente de trabalho;  Satisfazer os clientes, atendendo plenamente às cláusulas contratuais;  Buscar a melhoria da eficácia e eficiência, visando estabilidade e prosperidade da empresa;  Criar condições para o desenvolvimento contínuo dos colaboradores, tanto profissional como pessoal;  Respeitar e incentivar o desenvolvimento de fornecedores;  Propiciar boa lucratividade. 2.1.3 Políticas de Segurança A Reframax estabeleceu as seguintes diretrizes de Segurança e Saúde Ocupacional:  Privilegiar a prevenção;
  • 14. 14  Considerar a Segurança e Saúde Ocupacional como um dos critérios de gestão da empresa;  Avaliar os riscos para a Segurança e Saúde Ocupacional continuamente, em todas as suas atividades;  Respeitar as leis, regulamentos e normas aplicáveis à Segurança e Saúde Ocupacional de seus colaboradores, monitorando e avaliando o seu cumprimento; 2.1.4 Política Ambiental A Reframax, empresa especializada na aplicação de revestimentos refratários e isolamento térmico e acústico nos segmentos de siderurgia, mineração, metalurgia, cimento, petroquímico, papel e celulose, dentre outros, através da constante busca do desenvolvimento econômico e preservação ambiental, estabelece as seguintes diretrizes.  Gerir os aspectos ambientais de suas atividades de forma planejada, prevenindo seus impactos, com foco especial nos resíduos sólidos, garantindo uma atuação ambiental responsável;  Manter um compromisso com o cumprimento da legislação e outros requisitos subscritos, que se relacionem com seus aspectos ambientais;  Manter um processo contínuo de formação e conscientização de seus colaboradores para que atuem de forma correta, zelando pela aplicação da Política Ambiental. 2.1.5 Coleta Seletiva A ideia de realizar a Coleta Seletiva e reutilizar materiais considerados "lixo” tem sido objeto de interesse e preocupação da sociedade contemporânea. A Reframax, inserida neste contexto não poderia deixar de se preocupar com a questão ambiental. Uma vez que seu atual momento de expansão implica, também, em uma maior produção de lixo e por isso tem adotado em suas rotinas uma atitude mais racional, a Coleta Seletiva. Desenvolvemos diversas ações de educação ambiental que envolve os funcionários dos contratos de manutenção, obras de refratário, isolamento térmico e do escritório central. Algumas destas ações são distribuições de cartilhas, treinamento sobre Coleta Seletiva. O material reciclável (plástico, papel e papelão) da Reframax é doado integralmente para a Comarp – em Belo Horizonte, MG.
  • 15. 15 A Comarp foi criada em 2004 para gerar emprego e renda para famílias em situação de vulnerabilidade econômica. Atualmente, conta com 30 funcionários que dependem diretamente desta rentabilidade. 2.1.6 Gestão de Pessoas Missão: Assegurar um sistema de gestão de pessoas que valorize o potencial humano e gere um ambiente organizacional favorável à motivação dos empregados, levando-os a contribuírem e se comprometerem com a excelência do desempenho e dos resultados organizacionais. Valores:  Comprometimento;  Ética;  Honestidade;  Lealdade;  Segurança;  Simplicidade. 2.1.7 Diretrizes Respeitar e valorizar o ser humano, sendo uma empresa que investe na qualidade de vida e na formação dos seus empregados. Considerar cada empregado o principal elemento na consecução de sua finalidade e missão empresarial, assegurando a produtividade em níveis crescentes, mantendo um ambiente de trabalho que valorize a competência e estimule o autodesenvolvimento.
  • 16. 16 2.1.8 Áreas de Atuação e Clientes da Empresa A Reframax atende obras de emergência com atendimento e agilidade no profissionalismo em paradas/ intervenções emergenciais nos equipamentos dos clientes (ver tabela 1). E ao ser convocada para executar o reparo, a empresa mobiliza todos os recursos necessários dentro do menor prazo possível. Tabela 1 – Áreas de atuação da Reframax Fonte: Reframax (2015) ÁREAS DE ATUAÇÃO CLIENTES Siderurgia (Alto Forno, Área de Corrida, Canais de Corrida, Regeneradores, Dutos e Coroa de Ar Quente, Fornos de Sinterização, Carro Torpedo, Panelas, Convertedores, Misturadores, Chaminés, Coqueria, Coifas, Forno de Ignição, Forno de Forjaria, Forno de Tratamento Térmico, Aciaria e Forno de Galvanização.) AcelorMittal (Juiz de Fora/João Monlevade/Cariacica/Piracicaba/Timóteo/Serra) , Aços Villares (Pindamonhangaba), Cia.Siderúrgica Nacional , Cosipa, Gerdau Açominas, Gerdau Aços Especiais-unidades Charqueadas, Siderar, Sol coqueria tubarão, Usiminas, V&M Tuber do Brasil, Siderurgias Barra Mansa- Votorantim Metais. Metalurgia (Fornos Elétricos de Fusão, Fornos de Espera, Forno de Redução, Forno de Pelotização e Calcinador) Alcoa Alumínio S/A (Poços de Caldas/São Luis), Andritz Brasil, Caraíba Metais , Cia.Industrial Fluminense, Cia. Níquel Tocantis, Magotteaux Minas Metalúrgica , Mamoré Mineração e Metalurgia, Nova Era Silicon ,Novelis Brasil (Ouro Preto/Pindamonhangaba), Novelis do Brasil , Mineração Serra de Fortaleza – Votorantim Metais , Valesul Alumínio , Confab. Mineração (Fornos de Pelotização, Chaminés, Fornos de Fusão, Ustuladores, Forno Elétrico e Planta de Ácido Sulfúrico) Anglogold Ashanti, Vale – Pelotização (Vitória/São Luiz/Fábrica), Samarco Mineração. Química (Unidades de Craqueamento, Incidores, Conversores, Tanques, Ciclones, Chaminés, Forno de Enxofre e Reatores) CBCC-Cia. Brasileira de Carbureto de Cálcio, CBMM , Unilever do Brasil , White Martins S/A, Enfil S/A Controle Ambiental. Engenharia (CBCC-Cia. Brasileira de Carbureto de Cálcio) Kuttner, Paul Wurth Promon , Tecnomatter, Siemens Vai Metais, Siemens Vai Metais, TWO Engenharia, Centro Projekt , Conav Engenharia, Man Ferrosta, UTC Engenharia, Ultratec. Fertilizante Copebrás. Petroquimica Petrobras Ferro Liga ( Fornos Elétricos de fusão) Rio Doce Manganês-Unidades Barbacena/Simões Filho/Ouro Preto/São João Del Rei Vidro (Fornos de Fusão, Canais, Regeneradores e Chaminés) LG Philips Displays
  • 17. 17 2.1.9 Atividade desenvolvida O estágio iniciou com a realização do treinamento Ambientação que tem como objetivo apresentar a história às recomendações de segurança, a identidade organizacional da Usiminas. Foram apresentados ainda o organograma da empresa, as certificações, os produtos e a atuação da Reframax Engenharia Ltda e foi feita também um acompanhamento do processo da reconstrução do topo da bateria 5 e 6 na produção da empresa. Durante a realização do estágio as atividades desenvolvidas visaram à complementação educacional com a busca de novos conhecimentos, proporcionado um engrandecimento profissional e pessoal. No decorrer do estágio foi apresentado o procedimento, plano da qualidade da obra, que é uma ferramenta importante utilizada pela Reframax. Essa ferramenta faz parte da Gestão da Qualidade, sendo que a mesma consiste em padronizar a metodologia do processo das fases da obra, fazendo parte do planejamento da obra, dando diretrizes quanto aos procedimentos que devem ser seguidos para assegurar a qualidade dos serviços executados. Uma das ferramentas utilizadas pela Reframax e DDS que é um bate-papo sobre qualquer assunto relativo à segurança e saúde, além de apresentar os perigos enfrentados por todos os empregados na área da Coqueria 3. Todo inicio de turno, toda a equipe participa do DDS, fato eminentemente importante para prevenção de acidentes e consequentemente para assegurar a saúde de todos. Uma das atividades feitas pela estagiária foi a realização de relatórios, RDO (ver anexo pg.: 21) que é utilizado para descrever as atividades diariamente das equipes mecânica e refratário, é realizado lançamento do efetivo o BCP, lançamentos dos homens e horas trabalhados, feito também o acompanhamento diário da obra com registros fotográficos das fases, preenchimento do relatório semanal e lançamento dos materiais aplicados com as informações da folha RDO (ver anexo pg.: 21) e feito o relatório de obra execução.
  • 18. 18 2.1.10 Resultados e Discussões O estágio curricular realizado na Reframax ofereceu oportunidade única porque permitiu a aplicação prática de conceitos estudados durante o curso de Engenharia de Produção. Facilitou a assimilação da reconstrução do topo da bateria 5 e 6 na Coqueria 3, com o que a engenharia desenvolve para obter avanços nessa área, e observado que o Brasil ainda precisa evoluir muito no que se trata a respeito. A reconstrução da bateria é uma área fascinante, na qual eu gostaria de permanecer e aprender cada vez mais sobre a aplicação de materiais refratários, capacidade de conhecer aplicação de diversas isolantes. O estágio teve como análise crítica a importância de controle dos materiais aplicados na produção durante seu processo. O conhecimento adquirido no processo de refratário é grandioso, é uma área que requer muito do profissional por ser um serviço mais complexo. A dificuldade encontrada durante o estágio deve-se ao entendimento do processo das atividades. A reforma da bateria 5 e 6 trouxe a estagiária muito conhecimento em sua execução, por diversos ferramentas e dispositivos utilizados pela empresa, métodos de execução, como também seu modo de gerenciar as situações do seu dia a dia. Contudo, esta experiência permitiu à discente verificar na prática, as funcionalidades de um setor de planejamento, controle e programação de produção de uma grande empresa. Conceitos de gestão e acompanhamento de projeto também foram possíveis vivenciar e participar de reuniões, D.D.S, inspeções da contratada, acompanhamento de atividades criticas
  • 19. 19 3 CONCLUSÃO Ao término do estágio conclui-se que as experiências vivenciadas foram consideradas de grande valia para complementação para a formação profissional e pessoal do estudante de Engenharia de Produção. Isto se confirmou com a possibilidade de poder confrontar os conhecimentos adquiridos durante a formação acadêmica com a realidade das empresas. O mercado de aplicação de revestimento refratário e isolamento térmico é uma das áreas com poucos profissionais qualificados devido à complexidade da atividade a ser realizada em reformas de alto forno e Coqueria nas indústrias. Entendo que o mercado de trabalho na área de refratário, precisa de profissionais com formação acadêmica, de acordo com a exigência do mercado devido à oscilação do perfil deste profissional ao cenário mundial para obter perfeito sincronismo. Além disso, exemplifica corretamente a desempenho do engenheiro de produção, que tem em vista o desenvolvimento de estudos para aprimoramento de sistemas, produtos e processos, na busca da eficiência operacional da organização, estando mais capacitados a atender as demandas. Sem dúvida, as experiências vividas no decorrer do estágio contribuíram de forma significante para a formação de um profissional mais qualificado.
  • 20. 20 REFERÊNCIAS REFRAMAX. Disponível em < http://www.reframax.com.br/portal/>. Acesso em: 19 maio. 2015. USIMINAS Intranet. Disponível em <http://sistemausiminas/intranet/>>. Acessado em 25 maio. 2015.
  • 21. 21 ANEXOS Anexo 1 – Relatório Diário de Produção
  • 22. 22 APÊNDICE Apêndice 1 – Ficha de Avaliação de Desempenho do Estagiário