SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 117
Baixar para ler offline
TOTALITARISMO
   FASCISMO
   NAZISMO
“Nada contra o Estado,
Nada acima do Estado,
 Nada fora do Estado.”
            (Mussolini)
1. Estado Totalitário:
Características gerais
o Estado forte.
o   Líder absoluto.
o   Partido único.
o   Ditadura e repressão.
o   Manipulação ideológica.
2. Regimes conhecidos:
o Fascismo (Mussolini): Itália.
o Nazismo (Hitler): Alemanha.
o Salazarismo (Salazar): Portugal.
o Franquismo (Franco): Espanha.
 Em comum tais regimes tinham um líder totalitário
    que chegou ao poder aproveitando – se de
  momentos de crise. Apoiados por seu povo, tais
    líderes mantiveram estruturas baseadas na
  violência, repressão e manipulação ideológica.
3. Contexto:
o Revanchismo.
o Nacionalismo ferido.
o Crise econômica.
o Crise social.
o Antisocialismo.
o Antiliberalismo.
o Antidemocracia.
4. Características:
A – Autoritarismo
o Antidemocracia.
o Estado forte.
o Líder absoluto.
o Repressão e violência.
o Manipulação ideológica.
B – Anticomunismo:
o Com a crise econômica e social
 surgiram partidos socialistas.
o O marxismo influenciava a classe
 operária enquanto a burguesia
 temia o seu projeto igualitário.
C – Unipartidarismo:
o Extinção do pluripartidarismo.
o Predomínio do partido único.
D – Militarismo:
o Militarismo agressivo.
o Revanchismo militarista.
o Estado militarizado.
o Força, disciplina e ordem.
o Submissão da massa ao Estado.
o Doutrinação da massa.
o Militarismo é poder.
DISCIPLINA, ORDEM E OBEDIÊNCIA
Slogans militaristas
“A guerra é a salvadora da humanidade,
 nela a humanidade tornou –se grande.”
       “ Quem tem aço, tem pão.”
       “ Mais vale um dia de leão,
      do que cem anos de cordeiro.”
“ A guerra está para o homem tal como
   a maternidade está para a mulher.”
E – Nacionalismo exacerbado:
o Ufanismo.
o   Patriotismo.
o   Fanatismo.
o   Sacrifício.
o   Doação.
o   Xenofobia.
F – Romantismo:
o Idealismo.
o Fé e sacrifício.
o Amor, doação e honra.
o Razão vinculada à submissão.
    O amor à pátria seria mais importante que os
   interesses individuais. Virtuoso seria renunciar
       a própria vida em sacrifício pelo Estado.
  Na Alemanha Nazista muitos deram sua vida em
        favor de Hitler, seu magnífico “Führer”.
JUVENTUDE NAZISTA: FIDELIDADE AO FÜHRER
Propaganda e sedução:
   As armas do poder
Todos que tem 10 anos,
    junto conosco
Os jovens servem seu guia
G – Culto ao chefe:
Mussolini – “Duce”
Hitler – “Führer”
o   Adoração fanática.
o   Salvacionismo.
o   Doutrinação.
o   Símbolos e “slogans”.
o   Hinos patrióticos.
ORADOR BRILHANTE




CARISMÁTICO E SEDUTOR
FASCIO: FEIXE DE VARAS
       FASCISMO
A propaganda tornou –se a arma do
     poder. Carisma e magnetismo
      juntaram –se aos slogans e
          discursos hipnóticos.
Os meios de comunicação de massa,
 junto com as escolas doutrinaram as
massas que amavam o seu “salvador”.
O guia com as crianças de
     Martin Bormann
SLOGANS E DOUTRINAÇÃO
 “Crer, obedecer, combater!”
  “Acredita, obedece, luta!”
          (Mussolini)

“Uma mentira dita cem vezes
 transforma –se em verdade!”
          (Goebbels)
HITLER E JOSEPH GOEBBELS, O SEU HOMEM DE PROPAGANDA
“O terceiro Reich será um
       Reich de mil anos.”



“Ein Reich, ein volk, ein Führer.”
5 – Diferenças básicas entre
 Nazismo e Fascismo:
A – Racismo
o A defesa da pureza da raça ariana
 era evidente no Nazismo.
o Isso levou ao antisemitismo com
 perseguição e extermínio dos
 judeus,além de ciganos, gays, etc.
Além de judeus, comunistas, ciganos,
     gays, testemunhas de jeová,
  deficientes físicos e mentais foram
   perseguidos, torturados e mortos
 pelos nazistas, em nome da doutrina
        da pureza racial alemã.
PORTAL DE ENTRADA DE AUSCHWITZ
FORNOS CREMATÓRIOS
B – Espaço Vital:
Lebensraun (espaço vital)
o Hitler defendia que a raça ariana
 deveria ter seu “espaço vital”.
o Para tanto a Alemanha deveria
 recuperar territórios perdidos com
 a 1ª Guerra Mundial, justificando
 o expansionismo alemão.
6. Fascismo:
Contexto pós – 1ª Guerra:
o Revanchismos e frustrações.
o   Crise econômica e social.
o   Monarquia frágil e em crise.
o   Ascensão do Socialismo.
o   Greves e mobilizações operárias.
"Sua  Excelência
   Benito Mussolini,
  Chefe de Governo,
Il Duce do Fascismo,
Fundador do Império".
Partido Fascista:
Fascio ( feixe de varas )
o Líder: Benito Mussolini.
o Squadres: repressão e violência.
o Projeto salvacionista.
           MARCHA SOBRE ROMA (1922)
Uma greve geral patrocinada pela CGT havia parado a
  Itália. Os camisas negras (fascistas) reprimiram a
 manifestação com violência e resolveram a crise.
Mussolini chegou ao poder quando foi convidado para
  o cargo de 1º Ministro pelo Rei Vítor Emanuel III.
Estado Fascista:
o Mussolini – 1º Ministro.
o Nacionalismo a Corporativismo.
o Sindicalismo nacional.
o Anticomunismo.
o Repressão e violência.
o Manipulação ideológica.
Governo de Mussolini
o Intervenção nos Sindicatos.
o Proibiu greves e reprimiu a CGT.
o Matou o socialista Matteoti.
o Repressão através da OVRA.
               TRATADO DE LATRÃO (1929)
   Através desse tratado foi resolvida a Questão Romana,
       que opunha o Estado italiano à Igreja Católica.
      Mussolini e o Papa Pio XI resolveram que a Igreja
 reconheceria a unificação da Itália em troca de indenização
  em dinheiro além de um território, o “Estado” do Vaticano.
Política Interna:
Crescimento modesto
o Obras públicas e empregos.
o Transporte público.
o Indústrias: naval, aeronáutica,
 automobilística, hidrelétricas.
o Agricultura: incentivo à produção
 de trigo.
Política Externa:
o Disputas coloniais na África levou
 Mussolini à ocupação da Etiópia.
o Nos Balcãs Mussolini realizou a
 ocupação da Albânia.
o Em 1936 formalizou o Eixo Roma
 e Berlim, aliança com a Alemanha
 de Hitler.
7. Nazismo:
Contexto pós – 1ª Guerra
o O Tratado de Versalhes trouxe
 humilhação e revanchismo.
o Crise econômica e social.
o Impotência do regime republicano
 (República de Weimar).
o A insatisfação era geral, cenário
 favorável a um salvador da Pátria.
Ascensão de Hitler:
o Hitler ingressa no Partido Nazista
 e cria os S. A. (Tropas de Assalto).
o Em 1923 os nazistas realizam o
 Putsh de Munique, um golpe de
 Estado na República de Weimar.
o Diante do fracasso, Hitler, o líder
 foi responsabilizado e condenado.
Mein Kampf (Minha Luta):
o A “bíblia” Nazista.
o Contém a Doutrina Nazista.
o Estado Totalitário.
o Antisemitismo.
     Hitler foi condenado a 05 anos de prisão dos quais
 cumpriu 09 meses. Enquanto preso escreve “Mein Kampf”
   que contém os fundamentos do Nazismo. A prisão e o
   livro serviram de publicidade e após a sua libertação,
  Hitler e o Partido Nazista iniciam sua escalada ao poder.
Hitler no poder (1933):
o Nos anos 1920 o Partido Nazista
 cresce e aumenta o número de
 deputados no Parlamento.
o Hitler concorreu às eleições de
 1932 e perdeu para Hindemburg.
o Em 1933 Hitler foi convidado para
 Chanceler (1º Ministro).
QUEIMA DE LIVROS DE
  AUTORES JUDEUS
III Reich (1933):
Política Interna
Quebra do Tratado de Versalhes
o   Reestruturação econômica.
o   Crescimento industrial.
o   Congelamento de preços.
o   Militarização do Estado.
                            III REICH (Drittes Reich)
    I Reich: Sacro Imp. Rom.Germânico – ( Oto a Francisco II ) – 962/1806 .
          II Reich: Unificação Alemã ( Rei Guilherme I ) – 1871 a 1918.
Política Externa – 2ª Guerra
o Eixo: Roma – Berlim – Tóquio.
o Ação na Guerra Civil Espanhola.
o Lebensraun e expansionismo.
o Anexação: Áustria e Sudetos.
o Conferência de Munique.
o Pacto Nazi – Soviético.
Um pintor frustrado...
Nazismo: Ciência e horror
Avanços importantes:
o Aspirina, Novocaína.
o Fertilizantes, corantes.
o Microscópios eficientes.
o Genética, transplantes, próteses.
  Graças às experiências nazistas houve avanços
  científicos (remédios, vacinas, anestésicos) que
  culminaram na criação de laboratórios famosos
             como Bayer, Basf e Hoescht.
Medicina e horror:
Testes com cobaias humanas:
o Inoculação de vírus e bactérias
 (febre amarela, varíola, malária).
o Experiências com eletrochoques,
 implantes, remoção de órgãos,
 transplantes, colocação de pinos,
 hipotermia, vivesecção, etc.
“Pacientes bebiam nos baldes de despejo.
 Alguns chegavam a lamber a água usada para
lavar o chão. Eu pesava os homens que faziam
   parte do teste todo dia, observei a perda
        de peso diário de até um quilo.”
 “Vi um prisioneiro suportar o vácuo até que os
  pulmões arrebentaram. Certas experiências
provocavam pressão tal que eles enlouqueciam,
    arrancavam os cabelos, cortavam as faces
      com as unhas, uivavam até morrer.”
“ Trouxeram de volta do laboratório dois
    gêmeos ciganos, que Mengele havia
     costurado um ao outro. Ele tinha
   tentado criar irmãos siameses unindo
       os vasos sangüíneos e órgãos.
   Os gêmeos gritaram de dor dia e noite
       até que a gangrena começou.
        Depois de 3 dias morreram.”
         (Relatos de sobreviventes)
JOSEF MENGELE
  DR. MORTE
SEMENTES QUE AINDA DÃO FRUTOS
Regimes Totalitários Fascismo e Nazismo
Regimes Totalitários Fascismo e Nazismo
Regimes Totalitários Fascismo e Nazismo
Regimes Totalitários Fascismo e Nazismo
Regimes Totalitários Fascismo e Nazismo
Regimes Totalitários Fascismo e Nazismo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Caracteristicas Do Fascismo
Caracteristicas Do FascismoCaracteristicas Do Fascismo
Caracteristicas Do Fascismo
Carlos Vieira
 
O populismo no brasil
O populismo no brasilO populismo no brasil
O populismo no brasil
homago
 
Ditaduras na america latina
Ditaduras na america latinaDitaduras na america latina
Ditaduras na america latina
Isabel Aguiar
 
Apresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução RussaApresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução Russa
marcosfm32
 

Mais procurados (20)

A Revolução Mexicana (1910)
A Revolução Mexicana (1910)A Revolução Mexicana (1910)
A Revolução Mexicana (1910)
 
Era vargas
Era vargasEra vargas
Era vargas
 
Caracteristicas Do Fascismo
Caracteristicas Do FascismoCaracteristicas Do Fascismo
Caracteristicas Do Fascismo
 
O populismo no brasil
O populismo no brasilO populismo no brasil
O populismo no brasil
 
Ascensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismoAscensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismo
 
A Guerra Fria
A Guerra FriaA Guerra Fria
A Guerra Fria
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
História 9º ano slide Guerra Fria
História   9º ano slide Guerra FriaHistória   9º ano slide Guerra Fria
História 9º ano slide Guerra Fria
 
Ditaduras na América Latina - Resumo
Ditaduras na América Latina - ResumoDitaduras na América Latina - Resumo
Ditaduras na América Latina - Resumo
 
Fascismo e nazismo
Fascismo e nazismoFascismo e nazismo
Fascismo e nazismo
 
Regimes totalitarios
Regimes totalitariosRegimes totalitarios
Regimes totalitarios
 
Ditaduras na america latina
Ditaduras na america latinaDitaduras na america latina
Ditaduras na america latina
 
Segunda revolucao industrial
Segunda revolucao industrialSegunda revolucao industrial
Segunda revolucao industrial
 
Revolução Francesa - Daniel Silva
Revolução Francesa - Daniel SilvaRevolução Francesa - Daniel Silva
Revolução Francesa - Daniel Silva
 
Brasil democrático (1945 1964)
Brasil democrático (1945 1964)Brasil democrático (1945 1964)
Brasil democrático (1945 1964)
 
Apresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução RussaApresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução Russa
 
Primeira Guerra Mundial (1914 1918)
Primeira Guerra Mundial (1914 1918)Primeira Guerra Mundial (1914 1918)
Primeira Guerra Mundial (1914 1918)
 
O império napoleônico
O império napoleônicoO império napoleônico
O império napoleônico
 
Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)Era Vargas (1930-1945)
Era Vargas (1930-1945)
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 

Destaque

Apostila De Algebra Linear
Apostila De Algebra LinearApostila De Algebra Linear
Apostila De Algebra Linear
Jackeline Costa
 
Perspectivas mundiais dos biocombustíveis petrobras
Perspectivas mundiais dos biocombustíveis petrobrasPerspectivas mundiais dos biocombustíveis petrobras
Perspectivas mundiais dos biocombustíveis petrobras
Sydney Dias
 
Brasil Colonial, Imperial E Republicano
Brasil Colonial, Imperial E RepublicanoBrasil Colonial, Imperial E Republicano
Brasil Colonial, Imperial E Republicano
Wellington Oliveira
 
Stellarium e celestia calil (1)
Stellarium e celestia calil (1)Stellarium e celestia calil (1)
Stellarium e celestia calil (1)
Instituto Iprodesc
 

Destaque (20)

PREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIO
PREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIOPREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIO
PREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIO
 
Os Persas - 6º Ano (2017)
Os Persas - 6º Ano (2017)Os Persas - 6º Ano (2017)
Os Persas - 6º Ano (2017)
 
A Reforma Protestante - 7º ANO (2017)
A Reforma Protestante - 7º ANO (2017)A Reforma Protestante - 7º ANO (2017)
A Reforma Protestante - 7º ANO (2017)
 
África Medieval - 7º Ano (2017)
África Medieval - 7º Ano (2017)África Medieval - 7º Ano (2017)
África Medieval - 7º Ano (2017)
 
Os Fenícios (6º Ano - 2016)
Os Fenícios (6º Ano - 2016)Os Fenícios (6º Ano - 2016)
Os Fenícios (6º Ano - 2016)
 
O continente americano
O continente americanoO continente americano
O continente americano
 
Apostila bioquimica
Apostila bioquimicaApostila bioquimica
Apostila bioquimica
 
Metabolismo energético
Metabolismo energéticoMetabolismo energético
Metabolismo energético
 
Egito Antigo (6º Ano - 2016)
Egito Antigo (6º Ano - 2016)Egito Antigo (6º Ano - 2016)
Egito Antigo (6º Ano - 2016)
 
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2017)
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2017)Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2017)
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2017)
 
Apostila De Algebra Linear
Apostila De Algebra LinearApostila De Algebra Linear
Apostila De Algebra Linear
 
A Formação do Território Brasileiro- 7º Ano 2016
A Formação do Território Brasileiro- 7º Ano 2016A Formação do Território Brasileiro- 7º Ano 2016
A Formação do Território Brasileiro- 7º Ano 2016
 
www.CentroApoio.com - Biologia - Bioquímica
www.CentroApoio.com - Biologia - Bioquímicawww.CentroApoio.com - Biologia - Bioquímica
www.CentroApoio.com - Biologia - Bioquímica
 
Perspectivas mundiais dos biocombustíveis petrobras
Perspectivas mundiais dos biocombustíveis petrobrasPerspectivas mundiais dos biocombustíveis petrobras
Perspectivas mundiais dos biocombustíveis petrobras
 
Observação de Satélites Artificiais - Marcos Calil
Observação de Satélites Artificiais - Marcos CalilObservação de Satélites Artificiais - Marcos Calil
Observação de Satélites Artificiais - Marcos Calil
 
Aula 4 oba 2014 sistema solar
Aula 4 oba 2014 sistema solarAula 4 oba 2014 sistema solar
Aula 4 oba 2014 sistema solar
 
Brasil Colonial, Imperial E Republicano
Brasil Colonial, Imperial E RepublicanoBrasil Colonial, Imperial E Republicano
Brasil Colonial, Imperial E Republicano
 
Aspectos populacionais do Brasil 1 - 7º Ano (2016)
Aspectos populacionais do Brasil 1 - 7º Ano (2016)Aspectos populacionais do Brasil 1 - 7º Ano (2016)
Aspectos populacionais do Brasil 1 - 7º Ano (2016)
 
Stellarium e celestia calil (1)
Stellarium e celestia calil (1)Stellarium e celestia calil (1)
Stellarium e celestia calil (1)
 
Terra: Evidências da Criação
Terra: Evidências da CriaçãoTerra: Evidências da Criação
Terra: Evidências da Criação
 

Semelhante a Regimes Totalitários Fascismo e Nazismo

Ativ 7 emiliana
Ativ 7 emilianaAtiv 7 emiliana
Ativ 7 emiliana
em casa
 
Regimes Totalitários E 2ª Guerra Mundial
Regimes Totalitários E 2ª Guerra MundialRegimes Totalitários E 2ª Guerra Mundial
Regimes Totalitários E 2ª Guerra Mundial
Carlos Glufke
 
Facismo, Franquismo e Nazismo
Facismo, Franquismo e NazismoFacismo, Franquismo e Nazismo
Facismo, Franquismo e Nazismo
Camila Brazão
 
Nazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazarNazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazar
kyzinha
 

Semelhante a Regimes Totalitários Fascismo e Nazismo (20)

Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
Totalitarismo fascismo e nazismo 2021
Totalitarismo fascismo e nazismo 2021Totalitarismo fascismo e nazismo 2021
Totalitarismo fascismo e nazismo 2021
 
O Nazismo
O NazismoO Nazismo
O Nazismo
 
Entre Guerras e Segunda Guerra Mundial
Entre Guerras e Segunda Guerra MundialEntre Guerras e Segunda Guerra Mundial
Entre Guerras e Segunda Guerra Mundial
 
Nazi fascismo
Nazi fascismoNazi fascismo
Nazi fascismo
 
Nazi fascismo
Nazi fascismoNazi fascismo
Nazi fascismo
 
Sit 4 vol 1 regimes totalitarismos
Sit 4 vol 1   regimes totalitarismosSit 4 vol 1   regimes totalitarismos
Sit 4 vol 1 regimes totalitarismos
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Ativ 7 emiliana
Ativ 7 emilianaAtiv 7 emiliana
Ativ 7 emiliana
 
Regimes Totalitários E 2ª Guerra Mundial
Regimes Totalitários E 2ª Guerra MundialRegimes Totalitários E 2ª Guerra Mundial
Regimes Totalitários E 2ª Guerra Mundial
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Facismo, Franquismo e Nazismo
Facismo, Franquismo e NazismoFacismo, Franquismo e Nazismo
Facismo, Franquismo e Nazismo
 
Ideologias nascidas na crise soap
Ideologias nascidas na crise   soapIdeologias nascidas na crise   soap
Ideologias nascidas na crise soap
 
Nazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazarNazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazar
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Entreguerras
EntreguerrasEntreguerras
Entreguerras
 
16220
1622016220
16220
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 
O nazifascimo
O nazifascimoO nazifascimo
O nazifascimo
 

Mais de Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia

Mais de Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia (20)

Iluminismo 2021
Iluminismo 2021Iluminismo 2021
Iluminismo 2021
 
GUERRA FRIA I, BASES, BIPOLARIDADE, MURO DE BERLIM, CORRIDAS ESPACIAL E ARMAM...
GUERRA FRIA I, BASES, BIPOLARIDADE, MURO DE BERLIM, CORRIDAS ESPACIAL E ARMAM...GUERRA FRIA I, BASES, BIPOLARIDADE, MURO DE BERLIM, CORRIDAS ESPACIAL E ARMAM...
GUERRA FRIA I, BASES, BIPOLARIDADE, MURO DE BERLIM, CORRIDAS ESPACIAL E ARMAM...
 
Brasil era vargas (1930 - 1945) 2021
Brasil era vargas (1930 - 1945) 2021Brasil era vargas (1930 - 1945) 2021
Brasil era vargas (1930 - 1945) 2021
 
Expansão marítima e comercial 2021
Expansão marítima e comercial 2021Expansão marítima e comercial 2021
Expansão marítima e comercial 2021
 
Brasil república velha (crise e queda do império república da espada) 2021
Brasil república velha (crise e queda do império república da espada) 2021Brasil república velha (crise e queda do império república da espada) 2021
Brasil república velha (crise e queda do império república da espada) 2021
 
Brasil: República Oligárquica (estruturas e questões sociais e políticas)
Brasil: República Oligárquica   (estruturas e questões sociais e políticas)Brasil: República Oligárquica   (estruturas e questões sociais e políticas)
Brasil: República Oligárquica (estruturas e questões sociais e políticas)
 
Cidadania e direitos humanos 2021
Cidadania e direitos humanos 2021Cidadania e direitos humanos 2021
Cidadania e direitos humanos 2021
 
Monarquias nacionais frança e inglaterra 2021
Monarquias nacionais frança e inglaterra 2021Monarquias nacionais frança e inglaterra 2021
Monarquias nacionais frança e inglaterra 2021
 
Brasil: crise do sistema colonial e movimentos emancipacipacionistas
Brasil: crise do sistema colonial e movimentos emancipacipacionistasBrasil: crise do sistema colonial e movimentos emancipacipacionistas
Brasil: crise do sistema colonial e movimentos emancipacipacionistas
 
Revolução Russa de 1917
Revolução Russa de 1917Revolução Russa de 1917
Revolução Russa de 1917
 
Crise de1929: Entreguerras (1918-1939)
Crise de1929: Entreguerras (1918-1939)Crise de1929: Entreguerras (1918-1939)
Crise de1929: Entreguerras (1918-1939)
 
Islamismo 2021
Islamismo 2021Islamismo 2021
Islamismo 2021
 
1ª Guerra Mundial (1914-1918)
1ª Guerra Mundial (1914-1918)1ª Guerra Mundial (1914-1918)
1ª Guerra Mundial (1914-1918)
 
Brasil Mineração (século XVIII)
Brasil  Mineração (século XVIII)Brasil  Mineração (século XVIII)
Brasil Mineração (século XVIII)
 
Neocolonialismo ou Imperialismo
Neocolonialismo ou ImperialismoNeocolonialismo ou Imperialismo
Neocolonialismo ou Imperialismo
 
Civilizações do extremo Oriente: Índia, China, Japão.
Civilizações do extremo Oriente: Índia, China, Japão.Civilizações do extremo Oriente: Índia, China, Japão.
Civilizações do extremo Oriente: Índia, China, Japão.
 
Expansão Marítima e Comercial-2021
Expansão Marítima e Comercial-2021Expansão Marítima e Comercial-2021
Expansão Marítima e Comercial-2021
 
Estrutura social: conceitos básicos.
Estrutura social: conceitos básicos.Estrutura social: conceitos básicos.
Estrutura social: conceitos básicos.
 
Ideologias do século XIX
Ideologias do século XIXIdeologias do século XIX
Ideologias do século XIX
 
Brasil pré-colonial e colonial.
Brasil pré-colonial e colonial.Brasil pré-colonial e colonial.
Brasil pré-colonial e colonial.
 

Último

Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Pastor Robson Colaço
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxMovimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 

Regimes Totalitários Fascismo e Nazismo

  • 1. TOTALITARISMO FASCISMO NAZISMO
  • 2. “Nada contra o Estado, Nada acima do Estado, Nada fora do Estado.” (Mussolini)
  • 3. 1. Estado Totalitário: Características gerais o Estado forte. o Líder absoluto. o Partido único. o Ditadura e repressão. o Manipulação ideológica.
  • 4. 2. Regimes conhecidos: o Fascismo (Mussolini): Itália. o Nazismo (Hitler): Alemanha. o Salazarismo (Salazar): Portugal. o Franquismo (Franco): Espanha. Em comum tais regimes tinham um líder totalitário que chegou ao poder aproveitando – se de momentos de crise. Apoiados por seu povo, tais líderes mantiveram estruturas baseadas na violência, repressão e manipulação ideológica.
  • 5.
  • 6. 3. Contexto: o Revanchismo. o Nacionalismo ferido. o Crise econômica. o Crise social. o Antisocialismo. o Antiliberalismo. o Antidemocracia.
  • 7. 4. Características: A – Autoritarismo o Antidemocracia. o Estado forte. o Líder absoluto. o Repressão e violência. o Manipulação ideológica.
  • 8. B – Anticomunismo: o Com a crise econômica e social surgiram partidos socialistas. o O marxismo influenciava a classe operária enquanto a burguesia temia o seu projeto igualitário. C – Unipartidarismo: o Extinção do pluripartidarismo. o Predomínio do partido único.
  • 9. D – Militarismo: o Militarismo agressivo. o Revanchismo militarista. o Estado militarizado. o Força, disciplina e ordem. o Submissão da massa ao Estado. o Doutrinação da massa. o Militarismo é poder.
  • 10. DISCIPLINA, ORDEM E OBEDIÊNCIA
  • 11.
  • 12.
  • 13. Slogans militaristas “A guerra é a salvadora da humanidade, nela a humanidade tornou –se grande.” “ Quem tem aço, tem pão.” “ Mais vale um dia de leão, do que cem anos de cordeiro.” “ A guerra está para o homem tal como a maternidade está para a mulher.”
  • 14. E – Nacionalismo exacerbado: o Ufanismo. o Patriotismo. o Fanatismo. o Sacrifício. o Doação. o Xenofobia.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19. F – Romantismo: o Idealismo. o Fé e sacrifício. o Amor, doação e honra. o Razão vinculada à submissão. O amor à pátria seria mais importante que os interesses individuais. Virtuoso seria renunciar a própria vida em sacrifício pelo Estado. Na Alemanha Nazista muitos deram sua vida em favor de Hitler, seu magnífico “Führer”.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 25.
  • 26.
  • 27. Propaganda e sedução: As armas do poder
  • 28. Todos que tem 10 anos, junto conosco
  • 29. Os jovens servem seu guia
  • 30. G – Culto ao chefe: Mussolini – “Duce” Hitler – “Führer” o Adoração fanática. o Salvacionismo. o Doutrinação. o Símbolos e “slogans”. o Hinos patrióticos.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35. FASCIO: FEIXE DE VARAS FASCISMO
  • 36.
  • 37. A propaganda tornou –se a arma do poder. Carisma e magnetismo juntaram –se aos slogans e discursos hipnóticos. Os meios de comunicação de massa, junto com as escolas doutrinaram as massas que amavam o seu “salvador”.
  • 38.
  • 39.
  • 40.
  • 41.
  • 42.
  • 43. O guia com as crianças de Martin Bormann
  • 44. SLOGANS E DOUTRINAÇÃO “Crer, obedecer, combater!” “Acredita, obedece, luta!” (Mussolini) “Uma mentira dita cem vezes transforma –se em verdade!” (Goebbels)
  • 45. HITLER E JOSEPH GOEBBELS, O SEU HOMEM DE PROPAGANDA
  • 46. “O terceiro Reich será um Reich de mil anos.” “Ein Reich, ein volk, ein Führer.”
  • 47. 5 – Diferenças básicas entre Nazismo e Fascismo: A – Racismo o A defesa da pureza da raça ariana era evidente no Nazismo. o Isso levou ao antisemitismo com perseguição e extermínio dos judeus,além de ciganos, gays, etc.
  • 48. Além de judeus, comunistas, ciganos, gays, testemunhas de jeová, deficientes físicos e mentais foram perseguidos, torturados e mortos pelos nazistas, em nome da doutrina da pureza racial alemã.
  • 49.
  • 50. PORTAL DE ENTRADA DE AUSCHWITZ
  • 51.
  • 52.
  • 54.
  • 55.
  • 56.
  • 57.
  • 58.
  • 59.
  • 60.
  • 61. B – Espaço Vital: Lebensraun (espaço vital) o Hitler defendia que a raça ariana deveria ter seu “espaço vital”. o Para tanto a Alemanha deveria recuperar territórios perdidos com a 1ª Guerra Mundial, justificando o expansionismo alemão.
  • 62. 6. Fascismo: Contexto pós – 1ª Guerra: o Revanchismos e frustrações. o Crise econômica e social. o Monarquia frágil e em crise. o Ascensão do Socialismo. o Greves e mobilizações operárias.
  • 63. "Sua Excelência Benito Mussolini, Chefe de Governo, Il Duce do Fascismo, Fundador do Império".
  • 64.
  • 65. Partido Fascista: Fascio ( feixe de varas ) o Líder: Benito Mussolini. o Squadres: repressão e violência. o Projeto salvacionista. MARCHA SOBRE ROMA (1922) Uma greve geral patrocinada pela CGT havia parado a Itália. Os camisas negras (fascistas) reprimiram a manifestação com violência e resolveram a crise. Mussolini chegou ao poder quando foi convidado para o cargo de 1º Ministro pelo Rei Vítor Emanuel III.
  • 66. Estado Fascista: o Mussolini – 1º Ministro. o Nacionalismo a Corporativismo. o Sindicalismo nacional. o Anticomunismo. o Repressão e violência. o Manipulação ideológica.
  • 67.
  • 68. Governo de Mussolini o Intervenção nos Sindicatos. o Proibiu greves e reprimiu a CGT. o Matou o socialista Matteoti. o Repressão através da OVRA. TRATADO DE LATRÃO (1929) Através desse tratado foi resolvida a Questão Romana, que opunha o Estado italiano à Igreja Católica. Mussolini e o Papa Pio XI resolveram que a Igreja reconheceria a unificação da Itália em troca de indenização em dinheiro além de um território, o “Estado” do Vaticano.
  • 69. Política Interna: Crescimento modesto o Obras públicas e empregos. o Transporte público. o Indústrias: naval, aeronáutica, automobilística, hidrelétricas. o Agricultura: incentivo à produção de trigo.
  • 70. Política Externa: o Disputas coloniais na África levou Mussolini à ocupação da Etiópia. o Nos Balcãs Mussolini realizou a ocupação da Albânia. o Em 1936 formalizou o Eixo Roma e Berlim, aliança com a Alemanha de Hitler.
  • 71.
  • 72. 7. Nazismo: Contexto pós – 1ª Guerra o O Tratado de Versalhes trouxe humilhação e revanchismo. o Crise econômica e social. o Impotência do regime republicano (República de Weimar). o A insatisfação era geral, cenário favorável a um salvador da Pátria.
  • 73.
  • 74.
  • 75. Ascensão de Hitler: o Hitler ingressa no Partido Nazista e cria os S. A. (Tropas de Assalto). o Em 1923 os nazistas realizam o Putsh de Munique, um golpe de Estado na República de Weimar. o Diante do fracasso, Hitler, o líder foi responsabilizado e condenado.
  • 76. Mein Kampf (Minha Luta): o A “bíblia” Nazista. o Contém a Doutrina Nazista. o Estado Totalitário. o Antisemitismo. Hitler foi condenado a 05 anos de prisão dos quais cumpriu 09 meses. Enquanto preso escreve “Mein Kampf” que contém os fundamentos do Nazismo. A prisão e o livro serviram de publicidade e após a sua libertação, Hitler e o Partido Nazista iniciam sua escalada ao poder.
  • 77.
  • 78. Hitler no poder (1933): o Nos anos 1920 o Partido Nazista cresce e aumenta o número de deputados no Parlamento. o Hitler concorreu às eleições de 1932 e perdeu para Hindemburg. o Em 1933 Hitler foi convidado para Chanceler (1º Ministro).
  • 79.
  • 80.
  • 81. QUEIMA DE LIVROS DE AUTORES JUDEUS
  • 82.
  • 83. III Reich (1933): Política Interna Quebra do Tratado de Versalhes o Reestruturação econômica. o Crescimento industrial. o Congelamento de preços. o Militarização do Estado. III REICH (Drittes Reich) I Reich: Sacro Imp. Rom.Germânico – ( Oto a Francisco II ) – 962/1806 . II Reich: Unificação Alemã ( Rei Guilherme I ) – 1871 a 1918.
  • 84.
  • 85. Política Externa – 2ª Guerra o Eixo: Roma – Berlim – Tóquio. o Ação na Guerra Civil Espanhola. o Lebensraun e expansionismo. o Anexação: Áustria e Sudetos. o Conferência de Munique. o Pacto Nazi – Soviético.
  • 87.
  • 88.
  • 89.
  • 90.
  • 91. Nazismo: Ciência e horror Avanços importantes: o Aspirina, Novocaína. o Fertilizantes, corantes. o Microscópios eficientes. o Genética, transplantes, próteses. Graças às experiências nazistas houve avanços científicos (remédios, vacinas, anestésicos) que culminaram na criação de laboratórios famosos como Bayer, Basf e Hoescht.
  • 92. Medicina e horror: Testes com cobaias humanas: o Inoculação de vírus e bactérias (febre amarela, varíola, malária). o Experiências com eletrochoques, implantes, remoção de órgãos, transplantes, colocação de pinos, hipotermia, vivesecção, etc.
  • 93. “Pacientes bebiam nos baldes de despejo. Alguns chegavam a lamber a água usada para lavar o chão. Eu pesava os homens que faziam parte do teste todo dia, observei a perda de peso diário de até um quilo.” “Vi um prisioneiro suportar o vácuo até que os pulmões arrebentaram. Certas experiências provocavam pressão tal que eles enlouqueciam, arrancavam os cabelos, cortavam as faces com as unhas, uivavam até morrer.”
  • 94. “ Trouxeram de volta do laboratório dois gêmeos ciganos, que Mengele havia costurado um ao outro. Ele tinha tentado criar irmãos siameses unindo os vasos sangüíneos e órgãos. Os gêmeos gritaram de dor dia e noite até que a gangrena começou. Depois de 3 dias morreram.” (Relatos de sobreviventes)
  • 95. JOSEF MENGELE DR. MORTE
  • 96.
  • 97.
  • 98.
  • 99.
  • 100.
  • 101.
  • 102.
  • 103.
  • 104.
  • 105.
  • 106.
  • 107.
  • 108.
  • 109.
  • 110.
  • 111. SEMENTES QUE AINDA DÃO FRUTOS