SlideShare uma empresa Scribd logo
EXPANSÃO MARÍTIMA E COMERCIAL
1. Transição: Idade Média – Idade Moderna
Feudalismo Capitalismo:
o Renascimento Comercial.
o Ascensão da burguesia.
o Cidades italianas monopolizavam o comércio.
o Especiarias e artigos de luxo: hábitos de consumo.
o Acesso às Índias pelo Mediterrâneo e por rotas
terrestres.
2. Crise dos Séculos XIV/XV
o Guerra dos Cem Anos.
o Peste Negra.
o Fome.
o Revoltas Camponesas.
A Crise dos Séc. XIV/XV gerou retração/depressão econômica.
Muitos mortos, menos mão – de – obra e consumidores
causaram marginalização social e revoltas. A Expansão Marítima
e comercial se apresentava como solução para a crise.
3. Superação da Crise – contexto
Capitalismo Comercial ou pré capitalismo:
o O comércio gerava acúmulo de capitais.
o Cidades italianas monopolizavam o comércio.
o Monopólio turco impedia acesso às Índias.
o Surgimento das Monarquias Nacionais.
o Expansão Marítima/Comercial: saída à crise.
4. Monarquias Nacionais (Estados)
União: Rei e Burguesia:
o Rei Terras e poder.
o Burguesia padronizar moedas, impostos,
pesos e medidas.
O Estado Nacional Absolutista, o rei aliado à burguesia,
tornou – se o empresário da Era das Grandes Navegações.
Mercantilismo (Política econômica do Estado):
o O Estado absolutista impunha regras de controle
na economia para acumular metais preciosos.
Regras intervencionistas:
o Intervencionismo estatal.
o Monopólio estatal.
o Protecionismo alfandegário.
o Balança comercial favorável.
Formação de Portugal
Guerra de Reconquista:
o Península Ibérica: Cristãos X Mouros.
o Raimundo e Henrique de Borgonha apoiaram o Rei
Afonso VI de Leão contra os Mouros.
o Raimundo casou – se com Urraca e ganhou Galiza
como dote, Henrique casou – se com Teresa e
ganhou o Condado Portucalense.
Dinastia de Borgonha:
o Centralização política.
o Ampliou os domínios territoriais ao Sul.
o Agricultura fortalecida.
o Investimento indústria de pesca.
o Crescimento comercial.
o Surgimento de uma rica burguesia.
o Navegação intensa: Mar Mediterrâneo e Mar do
Norte.
AFONSO I D. SANCHO D. AFONSO II
D. SANCHO II D. AFONSO III D. DINIS I
D. AFONSO IV D. PEDRO I D. FERNANDO I
Revolução de Avis (1383/1385)
o D. Fernando morreu sem deixar herdeiros.
o D. João de Castela, casado com Beatriz,(filha de
D. Fernando) e com apoio da viúva Leonor,
pretendia ocupar o trono português.
o A Burguesia não desejava que Portugal ficasse
com Castela e articulou a revolução.
o João de Avis, irmão bastardo de D. Fernando,
apoiado pela burguesia, liderou a Revolução de
Avis e tomou o trono português em 1385.
Apoiado pela burguesia, o Mestre João de Avis
assumiu como D. João I, consolidando o poder
político e o Estado português.
Estava criado o primeiro Estado Nacional da
Europa e isto ajuda a explicar o pioneirismo
português na Expansão Marítima e Comercial na
Era das GRANDES NAVEGAÇÕES.
5. Portugal (Ciclo Oriental)
Fatores do seu pioneirismo:
o Estado Nacional precoce.
o Posição geográfica favorável.
o Tecnologias: bússola, astrolábio, mapas,
quadrante, caravelas.
o Burguesia empreendedora.
o Quebrar monopólios italiano e turco (após 1453).
“Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos,
Quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!
Valeu a pena? Tudo vale
Se a alma não é pequena.”
( Fernando Pessoa)
Imaginário: mitos e lendas
Os europeus do século XV misturavam
conhecimentos geográficos com lendas, realidade
com imaginação. Acreditavam na terra plana ou
quadrada, em monstros, dragões, serpentes do mar,
algas gigantes, sereias, ciclopes. Monstros viscosos
e escamosos eram inimigos a espera de
oportunidades para atacar e afundar embarcações.
6. Renascimento Cultural
Humanismo e Racionalismo:
o Quebra dos mitos medievais.
o Mais ciência e menos misticismo.
o Conhecimento e aprimoramento tecnológico.
o Mapas, bússola, astrolábio, quadrante, a certeza
da esfericidade da terra viabilizaram a era da
grandes navegações.
EXPANSÃO MARÍTIMA PORTUGUESA:
Ciclo Oriental (Périplo Africano)
Conquistas portuguesas:
o1415 – Ceuta (marco inicial).
o1434 – Cabo do Bojador.
o1435 – Açores.
o1456 – Cabo verde.
o1488 – Cabo da Boa Esperança.
o1498 – Calicute ( Índia ).
o1500 – Brasil.
7. Espanha (Ciclo Ocidental)
Razões do atraso:
o Estado tardio com a união de Izabel de Castela
com Fernando de Aragão em 1469.
o Guerra de Reconquista contra os mouros até
1492 com a reconquista de Granada.
o Diversos reinos governados por um poder
centralizado: nascia a Espanha como Estado.
Cristóvão Colombo:
o A visão do Paraíso.
o Porto de Palos em 03/08/1492.
Conquistas:
o América em 12/10/1492.
o Foz do Amazonas:1499.
o Istmo do Panamá: 1513.
o Circunavegação: 1519.
EXPANSÃO MARÍTIMA ESPANHOLA
Ciclo Ocidental
Portugal e Espanha: Tratados de Limites
Bula Intercoetera e Tordesilhas
8. Revolução Comercial e sistema colonial
o Deslocamento do eixo de navegação e comércio
do Mediterrâneo para o Atlântico – Índico.
o Europeização das regiões colonizadas.
o Reaparecimento e potencialização da escravidão.
o Saque de riquezas e extermínio de nativos.
o Fortalecimento do Estado Absolutista, da
burguesia e do Capitalismo.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Revolução Liberal em Portugal
Revolução Liberal em PortugalRevolução Liberal em Portugal
Revolução Liberal em Portugal
Susana Simões
 
União ibérica
União ibéricaUnião ibérica
União ibérica
berenvaz
 
Ultimos reis de Portugal
Ultimos reis de PortugalUltimos reis de Portugal
Ultimos reis de Portugal
angelamoliveira
 
Antigo Regime-Contextualização do Módulo 6
Antigo Regime-Contextualização do Módulo 6Antigo Regime-Contextualização do Módulo 6
Antigo Regime-Contextualização do Módulo 6
Susana Simões
 
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De SlidesDa Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
oliviaguerra
 
Crise do império colonial espanhol
Crise do império colonial espanholCrise do império colonial espanhol
Crise do império colonial espanhol
Prefeitura de Tremembé
 
Trabalho de história.power point carolina-11ºf
Trabalho de história.power point carolina-11ºfTrabalho de história.power point carolina-11ºf
Trabalho de história.power point carolina-11ºf
Carla Teixeira
 
2 O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii
2   O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii2   O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii
2 O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii
Hist8
 
União ibérica & restauração
União ibérica & restauraçãoUnião ibérica & restauração
União ibérica & restauração
Rainha Maga
 
Independência do Brasil
Independência do BrasilIndependência do Brasil
Independência do Brasil
Aulas de História
 
Ascensão da europa de noroeste: os Países Baixos e a Inglaterra no século XVII
Ascensão da europa de noroeste: os Países Baixos e a Inglaterra no século XVIIAscensão da europa de noroeste: os Países Baixos e a Inglaterra no século XVII
Ascensão da europa de noroeste: os Países Baixos e a Inglaterra no século XVII
Rainha Maga
 
A crise do Império no Oriente e União Dinástica
A crise do Império no Oriente e União DinásticaA crise do Império no Oriente e União Dinástica
A crise do Império no Oriente e União Dinástica
Zé Mário
 
Da união ibérica à restauração da independência
Da união ibérica à restauração da independênciaDa união ibérica à restauração da independência
Da união ibérica à restauração da independência
xicao97
 
2 Holandeses E Ingleses
2   Holandeses E Ingleses2   Holandeses E Ingleses
2 Holandeses E Ingleses
Hist8
 
Antigo Regime
Antigo RegimeAntigo Regime
Antigo Regime
Rodrigo Vaz Rui
 
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcaoFicha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ana Barreiros
 
Brasil pré-colonial e colonial: 2020
Brasil pré-colonial e colonial: 2020Brasil pré-colonial e colonial: 2020
Brasil pré-colonial e colonial: 2020
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 

Mais procurados (17)

Revolução Liberal em Portugal
Revolução Liberal em PortugalRevolução Liberal em Portugal
Revolução Liberal em Portugal
 
União ibérica
União ibéricaUnião ibérica
União ibérica
 
Ultimos reis de Portugal
Ultimos reis de PortugalUltimos reis de Portugal
Ultimos reis de Portugal
 
Antigo Regime-Contextualização do Módulo 6
Antigo Regime-Contextualização do Módulo 6Antigo Regime-Contextualização do Módulo 6
Antigo Regime-Contextualização do Módulo 6
 
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De SlidesDa Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
 
Crise do império colonial espanhol
Crise do império colonial espanholCrise do império colonial espanhol
Crise do império colonial espanhol
 
Trabalho de história.power point carolina-11ºf
Trabalho de história.power point carolina-11ºfTrabalho de história.power point carolina-11ºf
Trabalho de história.power point carolina-11ºf
 
2 O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii
2   O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii2   O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii
2 O Antigo Regime Em Portugal Na 1ª Metade SéC. Xviii
 
União ibérica & restauração
União ibérica & restauraçãoUnião ibérica & restauração
União ibérica & restauração
 
Independência do Brasil
Independência do BrasilIndependência do Brasil
Independência do Brasil
 
Ascensão da europa de noroeste: os Países Baixos e a Inglaterra no século XVII
Ascensão da europa de noroeste: os Países Baixos e a Inglaterra no século XVIIAscensão da europa de noroeste: os Países Baixos e a Inglaterra no século XVII
Ascensão da europa de noroeste: os Países Baixos e a Inglaterra no século XVII
 
A crise do Império no Oriente e União Dinástica
A crise do Império no Oriente e União DinásticaA crise do Império no Oriente e União Dinástica
A crise do Império no Oriente e União Dinástica
 
Da união ibérica à restauração da independência
Da união ibérica à restauração da independênciaDa união ibérica à restauração da independência
Da união ibérica à restauração da independência
 
2 Holandeses E Ingleses
2   Holandeses E Ingleses2   Holandeses E Ingleses
2 Holandeses E Ingleses
 
Antigo Regime
Antigo RegimeAntigo Regime
Antigo Regime
 
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcaoFicha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcao
 
Brasil pré-colonial e colonial: 2020
Brasil pré-colonial e colonial: 2020Brasil pré-colonial e colonial: 2020
Brasil pré-colonial e colonial: 2020
 

Semelhante a Expansão Marítima e Comercial-2021

Expansão marítima e comercial pdf
Expansão marítima e comercial pdfExpansão marítima e comercial pdf
Expansão marítima e comercial pdf
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
História resumos
História resumosHistória resumos
História resumos
meggytoscano
 
Crises e revolução no século XIV e expansionismo europeu
Crises e revolução no século XIV e expansionismo europeu Crises e revolução no século XIV e expansionismo europeu
Crises e revolução no século XIV e expansionismo europeu inessalgado
 
Século XIV até século XVI
Século XIV até século XVISéculo XIV até século XVI
Século XIV até século XVI
Catarina Sequeira
 
A historia de portugal
A historia de portugalA historia de portugal
A historia de portugal
gracindacasais
 
História de Portugal
História de PortugalHistória de Portugal
História de Portugal
Vitor Matias
 
História de portugal
História de portugalHistória de portugal
História de portugal
davidetavares
 
História de portugal1
História de portugal1História de portugal1
História de portugal1
EB Foros de Amora
 
Revisão de história 1º ano
Revisão de história 1º anoRevisão de história 1º ano
Revisão de história 1º ano
eunamahcado
 
As Grandes Navegações
As Grandes NavegaçõesAs Grandes Navegações
As Grandes Navegações
Henrique Tobal Jr.
 
286811943-A-Expansao-Maritima-Portuguesa.pdf
286811943-A-Expansao-Maritima-Portuguesa.pdf286811943-A-Expansao-Maritima-Portuguesa.pdf
286811943-A-Expansao-Maritima-Portuguesa.pdf
DanielaPereira423586
 
As grandes navegações
As grandes navegaçõesAs grandes navegações
As grandes navegações
Henrique Tobal Jr.
 
Historia de portugal
Historia de portugalHistoria de portugal
Historia de portugal
Sinziana Socol
 
Expansão marítima/ antecedentes
Expansão marítima/ antecedentesExpansão marítima/ antecedentes
Expansão marítima/ antecedentes
Edenilson Morais
 
História de portugal
História de portugalHistória de portugal
História de portugal
ana2643232
 
2 navegacoes
2 navegacoes2 navegacoes
2 navegacoes
Paulo Alexandre
 
Histria de-portugal-1222350041054449-9
Histria de-portugal-1222350041054449-9Histria de-portugal-1222350041054449-9
Histria de-portugal-1222350041054449-9
Sandra Madeira
 
Histria de-portugal-1222350041054449-9
Histria de-portugal-1222350041054449-9Histria de-portugal-1222350041054449-9
Histria de-portugal-1222350041054449-9
Annarrocha
 
Grandes navegações1
Grandes  navegações1Grandes  navegações1
Grandes navegações1
nolascovelasco
 
AS GRANDES NAVEGAÇÕES..pdf
AS GRANDES NAVEGAÇÕES..pdfAS GRANDES NAVEGAÇÕES..pdf
AS GRANDES NAVEGAÇÕES..pdf
MariaAparecidaFerrei84
 

Semelhante a Expansão Marítima e Comercial-2021 (20)

Expansão marítima e comercial pdf
Expansão marítima e comercial pdfExpansão marítima e comercial pdf
Expansão marítima e comercial pdf
 
História resumos
História resumosHistória resumos
História resumos
 
Crises e revolução no século XIV e expansionismo europeu
Crises e revolução no século XIV e expansionismo europeu Crises e revolução no século XIV e expansionismo europeu
Crises e revolução no século XIV e expansionismo europeu
 
Século XIV até século XVI
Século XIV até século XVISéculo XIV até século XVI
Século XIV até século XVI
 
A historia de portugal
A historia de portugalA historia de portugal
A historia de portugal
 
História de Portugal
História de PortugalHistória de Portugal
História de Portugal
 
História de portugal
História de portugalHistória de portugal
História de portugal
 
História de portugal1
História de portugal1História de portugal1
História de portugal1
 
Revisão de história 1º ano
Revisão de história 1º anoRevisão de história 1º ano
Revisão de história 1º ano
 
As Grandes Navegações
As Grandes NavegaçõesAs Grandes Navegações
As Grandes Navegações
 
286811943-A-Expansao-Maritima-Portuguesa.pdf
286811943-A-Expansao-Maritima-Portuguesa.pdf286811943-A-Expansao-Maritima-Portuguesa.pdf
286811943-A-Expansao-Maritima-Portuguesa.pdf
 
As grandes navegações
As grandes navegaçõesAs grandes navegações
As grandes navegações
 
Historia de portugal
Historia de portugalHistoria de portugal
Historia de portugal
 
Expansão marítima/ antecedentes
Expansão marítima/ antecedentesExpansão marítima/ antecedentes
Expansão marítima/ antecedentes
 
História de portugal
História de portugalHistória de portugal
História de portugal
 
2 navegacoes
2 navegacoes2 navegacoes
2 navegacoes
 
Histria de-portugal-1222350041054449-9
Histria de-portugal-1222350041054449-9Histria de-portugal-1222350041054449-9
Histria de-portugal-1222350041054449-9
 
Histria de-portugal-1222350041054449-9
Histria de-portugal-1222350041054449-9Histria de-portugal-1222350041054449-9
Histria de-portugal-1222350041054449-9
 
Grandes navegações1
Grandes  navegações1Grandes  navegações1
Grandes navegações1
 
AS GRANDES NAVEGAÇÕES..pdf
AS GRANDES NAVEGAÇÕES..pdfAS GRANDES NAVEGAÇÕES..pdf
AS GRANDES NAVEGAÇÕES..pdf
 

Mais de Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia

Iluminismo 2021
Iluminismo 2021Iluminismo 2021
GUERRA FRIA I, BASES, BIPOLARIDADE, MURO DE BERLIM, CORRIDAS ESPACIAL E ARMAM...
GUERRA FRIA I, BASES, BIPOLARIDADE, MURO DE BERLIM, CORRIDAS ESPACIAL E ARMAM...GUERRA FRIA I, BASES, BIPOLARIDADE, MURO DE BERLIM, CORRIDAS ESPACIAL E ARMAM...
GUERRA FRIA I, BASES, BIPOLARIDADE, MURO DE BERLIM, CORRIDAS ESPACIAL E ARMAM...
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Brasil era vargas (1930 - 1945) 2021
Brasil era vargas (1930 - 1945) 2021Brasil era vargas (1930 - 1945) 2021
Brasil era vargas (1930 - 1945) 2021
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Expansão marítima e comercial 2021
Expansão marítima e comercial 2021Expansão marítima e comercial 2021
Expansão marítima e comercial 2021
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Brasil república velha (crise e queda do império república da espada) 2021
Brasil república velha (crise e queda do império república da espada) 2021Brasil república velha (crise e queda do império república da espada) 2021
Brasil república velha (crise e queda do império república da espada) 2021
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Brasil: República Oligárquica (estruturas e questões sociais e políticas)
Brasil: República Oligárquica   (estruturas e questões sociais e políticas)Brasil: República Oligárquica   (estruturas e questões sociais e políticas)
Brasil: República Oligárquica (estruturas e questões sociais e políticas)
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Cidadania e direitos humanos 2021
Cidadania e direitos humanos 2021Cidadania e direitos humanos 2021
Cidadania e direitos humanos 2021
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Totalitarismo fascismo e nazismo 2021
Totalitarismo fascismo e nazismo 2021Totalitarismo fascismo e nazismo 2021
Totalitarismo fascismo e nazismo 2021
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Brasil: crise do sistema colonial e movimentos emancipacipacionistas
Brasil: crise do sistema colonial e movimentos emancipacipacionistasBrasil: crise do sistema colonial e movimentos emancipacipacionistas
Brasil: crise do sistema colonial e movimentos emancipacipacionistas
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Revolução Russa de 1917
Revolução Russa de 1917Revolução Russa de 1917
Crise de1929: Entreguerras (1918-1939)
Crise de1929: Entreguerras (1918-1939)Crise de1929: Entreguerras (1918-1939)
Crise de1929: Entreguerras (1918-1939)
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Islamismo 2021
Islamismo 2021Islamismo 2021
1ª Guerra Mundial (1914-1918)
1ª Guerra Mundial (1914-1918)1ª Guerra Mundial (1914-1918)
1ª Guerra Mundial (1914-1918)
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Brasil Mineração (século XVIII)
Brasil  Mineração (século XVIII)Brasil  Mineração (século XVIII)
Brasil Mineração (século XVIII)
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Neocolonialismo ou Imperialismo
Neocolonialismo ou ImperialismoNeocolonialismo ou Imperialismo
Neocolonialismo ou Imperialismo
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Civilizações do extremo Oriente: Índia, China, Japão.
Civilizações do extremo Oriente: Índia, China, Japão.Civilizações do extremo Oriente: Índia, China, Japão.
Civilizações do extremo Oriente: Índia, China, Japão.
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Estrutura social: conceitos básicos.
Estrutura social: conceitos básicos.Estrutura social: conceitos básicos.
Estrutura social: conceitos básicos.
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Ideologias do século XIX
Ideologias do século XIXIdeologias do século XIX
Brasil pré-colonial e colonial.
Brasil pré-colonial e colonial.Brasil pré-colonial e colonial.
Brasil pré-colonial e colonial.
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Brasil pré colonial: Povos indígenas 2021
Brasil pré colonial: Povos indígenas 2021Brasil pré colonial: Povos indígenas 2021
Brasil pré colonial: Povos indígenas 2021
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 

Mais de Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia (20)

Iluminismo 2021
Iluminismo 2021Iluminismo 2021
Iluminismo 2021
 
GUERRA FRIA I, BASES, BIPOLARIDADE, MURO DE BERLIM, CORRIDAS ESPACIAL E ARMAM...
GUERRA FRIA I, BASES, BIPOLARIDADE, MURO DE BERLIM, CORRIDAS ESPACIAL E ARMAM...GUERRA FRIA I, BASES, BIPOLARIDADE, MURO DE BERLIM, CORRIDAS ESPACIAL E ARMAM...
GUERRA FRIA I, BASES, BIPOLARIDADE, MURO DE BERLIM, CORRIDAS ESPACIAL E ARMAM...
 
Brasil era vargas (1930 - 1945) 2021
Brasil era vargas (1930 - 1945) 2021Brasil era vargas (1930 - 1945) 2021
Brasil era vargas (1930 - 1945) 2021
 
Expansão marítima e comercial 2021
Expansão marítima e comercial 2021Expansão marítima e comercial 2021
Expansão marítima e comercial 2021
 
Brasil república velha (crise e queda do império república da espada) 2021
Brasil república velha (crise e queda do império república da espada) 2021Brasil república velha (crise e queda do império república da espada) 2021
Brasil república velha (crise e queda do império república da espada) 2021
 
Brasil: República Oligárquica (estruturas e questões sociais e políticas)
Brasil: República Oligárquica   (estruturas e questões sociais e políticas)Brasil: República Oligárquica   (estruturas e questões sociais e políticas)
Brasil: República Oligárquica (estruturas e questões sociais e políticas)
 
Cidadania e direitos humanos 2021
Cidadania e direitos humanos 2021Cidadania e direitos humanos 2021
Cidadania e direitos humanos 2021
 
Totalitarismo fascismo e nazismo 2021
Totalitarismo fascismo e nazismo 2021Totalitarismo fascismo e nazismo 2021
Totalitarismo fascismo e nazismo 2021
 
Brasil: crise do sistema colonial e movimentos emancipacipacionistas
Brasil: crise do sistema colonial e movimentos emancipacipacionistasBrasil: crise do sistema colonial e movimentos emancipacipacionistas
Brasil: crise do sistema colonial e movimentos emancipacipacionistas
 
Revolução Russa de 1917
Revolução Russa de 1917Revolução Russa de 1917
Revolução Russa de 1917
 
Crise de1929: Entreguerras (1918-1939)
Crise de1929: Entreguerras (1918-1939)Crise de1929: Entreguerras (1918-1939)
Crise de1929: Entreguerras (1918-1939)
 
Islamismo 2021
Islamismo 2021Islamismo 2021
Islamismo 2021
 
1ª Guerra Mundial (1914-1918)
1ª Guerra Mundial (1914-1918)1ª Guerra Mundial (1914-1918)
1ª Guerra Mundial (1914-1918)
 
Brasil Mineração (século XVIII)
Brasil  Mineração (século XVIII)Brasil  Mineração (século XVIII)
Brasil Mineração (século XVIII)
 
Neocolonialismo ou Imperialismo
Neocolonialismo ou ImperialismoNeocolonialismo ou Imperialismo
Neocolonialismo ou Imperialismo
 
Civilizações do extremo Oriente: Índia, China, Japão.
Civilizações do extremo Oriente: Índia, China, Japão.Civilizações do extremo Oriente: Índia, China, Japão.
Civilizações do extremo Oriente: Índia, China, Japão.
 
Estrutura social: conceitos básicos.
Estrutura social: conceitos básicos.Estrutura social: conceitos básicos.
Estrutura social: conceitos básicos.
 
Ideologias do século XIX
Ideologias do século XIXIdeologias do século XIX
Ideologias do século XIX
 
Brasil pré-colonial e colonial.
Brasil pré-colonial e colonial.Brasil pré-colonial e colonial.
Brasil pré-colonial e colonial.
 
Brasil pré colonial: Povos indígenas 2021
Brasil pré colonial: Povos indígenas 2021Brasil pré colonial: Povos indígenas 2021
Brasil pré colonial: Povos indígenas 2021
 

Último

Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 

Último (20)

Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 

Expansão Marítima e Comercial-2021

  • 2.
  • 3. 1. Transição: Idade Média – Idade Moderna Feudalismo Capitalismo: o Renascimento Comercial. o Ascensão da burguesia. o Cidades italianas monopolizavam o comércio. o Especiarias e artigos de luxo: hábitos de consumo. o Acesso às Índias pelo Mediterrâneo e por rotas terrestres.
  • 4.
  • 5. 2. Crise dos Séculos XIV/XV o Guerra dos Cem Anos. o Peste Negra. o Fome. o Revoltas Camponesas. A Crise dos Séc. XIV/XV gerou retração/depressão econômica. Muitos mortos, menos mão – de – obra e consumidores causaram marginalização social e revoltas. A Expansão Marítima e comercial se apresentava como solução para a crise.
  • 6. 3. Superação da Crise – contexto Capitalismo Comercial ou pré capitalismo: o O comércio gerava acúmulo de capitais. o Cidades italianas monopolizavam o comércio. o Monopólio turco impedia acesso às Índias. o Surgimento das Monarquias Nacionais. o Expansão Marítima/Comercial: saída à crise.
  • 7. 4. Monarquias Nacionais (Estados) União: Rei e Burguesia: o Rei Terras e poder. o Burguesia padronizar moedas, impostos, pesos e medidas. O Estado Nacional Absolutista, o rei aliado à burguesia, tornou – se o empresário da Era das Grandes Navegações.
  • 8. Mercantilismo (Política econômica do Estado): o O Estado absolutista impunha regras de controle na economia para acumular metais preciosos. Regras intervencionistas: o Intervencionismo estatal. o Monopólio estatal. o Protecionismo alfandegário. o Balança comercial favorável.
  • 9. Formação de Portugal Guerra de Reconquista: o Península Ibérica: Cristãos X Mouros. o Raimundo e Henrique de Borgonha apoiaram o Rei Afonso VI de Leão contra os Mouros. o Raimundo casou – se com Urraca e ganhou Galiza como dote, Henrique casou – se com Teresa e ganhou o Condado Portucalense.
  • 10.
  • 11.
  • 12. Dinastia de Borgonha: o Centralização política. o Ampliou os domínios territoriais ao Sul. o Agricultura fortalecida. o Investimento indústria de pesca. o Crescimento comercial. o Surgimento de uma rica burguesia. o Navegação intensa: Mar Mediterrâneo e Mar do Norte.
  • 13. AFONSO I D. SANCHO D. AFONSO II D. SANCHO II D. AFONSO III D. DINIS I D. AFONSO IV D. PEDRO I D. FERNANDO I
  • 14. Revolução de Avis (1383/1385) o D. Fernando morreu sem deixar herdeiros. o D. João de Castela, casado com Beatriz,(filha de D. Fernando) e com apoio da viúva Leonor, pretendia ocupar o trono português. o A Burguesia não desejava que Portugal ficasse com Castela e articulou a revolução. o João de Avis, irmão bastardo de D. Fernando, apoiado pela burguesia, liderou a Revolução de Avis e tomou o trono português em 1385.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18. Apoiado pela burguesia, o Mestre João de Avis assumiu como D. João I, consolidando o poder político e o Estado português. Estava criado o primeiro Estado Nacional da Europa e isto ajuda a explicar o pioneirismo português na Expansão Marítima e Comercial na Era das GRANDES NAVEGAÇÕES.
  • 19. 5. Portugal (Ciclo Oriental) Fatores do seu pioneirismo: o Estado Nacional precoce. o Posição geográfica favorável. o Tecnologias: bússola, astrolábio, mapas, quadrante, caravelas. o Burguesia empreendedora. o Quebrar monopólios italiano e turco (após 1453).
  • 20.
  • 21. “Ó mar salgado, quanto do teu sal São lágrimas de Portugal! Por te cruzarmos, Quantas mães choraram, Quantos filhos em vão rezaram! Quantas noivas ficaram por casar Para que fosses nosso, ó mar! Valeu a pena? Tudo vale Se a alma não é pequena.” ( Fernando Pessoa)
  • 22. Imaginário: mitos e lendas Os europeus do século XV misturavam conhecimentos geográficos com lendas, realidade com imaginação. Acreditavam na terra plana ou quadrada, em monstros, dragões, serpentes do mar, algas gigantes, sereias, ciclopes. Monstros viscosos e escamosos eram inimigos a espera de oportunidades para atacar e afundar embarcações.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28. 6. Renascimento Cultural Humanismo e Racionalismo: o Quebra dos mitos medievais. o Mais ciência e menos misticismo. o Conhecimento e aprimoramento tecnológico. o Mapas, bússola, astrolábio, quadrante, a certeza da esfericidade da terra viabilizaram a era da grandes navegações.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 36.
  • 37.
  • 38. EXPANSÃO MARÍTIMA PORTUGUESA: Ciclo Oriental (Périplo Africano)
  • 39. Conquistas portuguesas: o1415 – Ceuta (marco inicial). o1434 – Cabo do Bojador. o1435 – Açores. o1456 – Cabo verde. o1488 – Cabo da Boa Esperança. o1498 – Calicute ( Índia ). o1500 – Brasil.
  • 40.
  • 41. 7. Espanha (Ciclo Ocidental) Razões do atraso: o Estado tardio com a união de Izabel de Castela com Fernando de Aragão em 1469. o Guerra de Reconquista contra os mouros até 1492 com a reconquista de Granada. o Diversos reinos governados por um poder centralizado: nascia a Espanha como Estado.
  • 42.
  • 43. Cristóvão Colombo: o A visão do Paraíso. o Porto de Palos em 03/08/1492. Conquistas: o América em 12/10/1492. o Foz do Amazonas:1499. o Istmo do Panamá: 1513. o Circunavegação: 1519.
  • 44.
  • 46. Portugal e Espanha: Tratados de Limites Bula Intercoetera e Tordesilhas
  • 47. 8. Revolução Comercial e sistema colonial o Deslocamento do eixo de navegação e comércio do Mediterrâneo para o Atlântico – Índico. o Europeização das regiões colonizadas. o Reaparecimento e potencialização da escravidão. o Saque de riquezas e extermínio de nativos. o Fortalecimento do Estado Absolutista, da burguesia e do Capitalismo.