SlideShare uma empresa Scribd logo
como a psicanálise atua no processo de elaboração do luto?
PROJETO DE PESQUISA
MÉTODO DE INVESTIGAÇÃO E PESQUISA EM PSICANÁLISE
Crédito da imagem: Welcome, por @Nathan
PROBLEMA DE PESQUISA
como a psicanálise atua no
processo de elaboração do
luto?
MOTIVAÇÃO
POR QUE DECIDIMOS PESQUISAR SOBRE O LUTO?
EXPERIÊNCIAS PESSOAIS
Crédito da imagem: Woman and Grief, por @x1klima
O LUTO NA CULTURA E NA RELIGIÃO
COMO VIVENCIAMOS O LUTO COLETIVO?
Em diversas culturas e religiões, a
obrigatoriedade do luto durante um certo
período é um fato invariante ligado à morte de
uma pessoa próxima.
GODELIER, 2017
O LUTO INDIVIDUAL E A
PSICANÁLISE
A DOR SOLITÁRIA
SOBRE O ATO DE ELABORAR O LUTO
superar a posição depressiva
ROUDINESCO; PLON, 1998 (p. 188)
os estágios do luto
• negação e isolamento
• raiva
• barganha
• depressão
• aceitação
KÜBLER-ROSS, 2017
os estágios do luto
• negação e isolamento
• raiva
• barganha
• depressão
• aceitação
KÜBLER-ROSS, 2017
os estágios do luto
• negação e isolamento
• raiva
• barganha
• depressão
• aceitação
KÜBLER-ROSS, 2017
os estágios do luto
• negação e isolamento
• raiva
• barganha
• depressão
• aceitação
KÜBLER-ROSS, 2017
os estágios do luto
• negação e isolamento
• raiva
• barganha
• depressão
• aceitação
KÜBLER-ROSS, 2017
os estágios do luto
• negação e isolamento
• raiva
• barganha
• depressão
• aceitação
KÜBLER-ROSS, 2017
O LUTO PATOLÓGICO
A perda do objeto amoroso é uma excelente ocasião para que a ambivalência
das relações amorosas sobressaia e venha à luz. Quando existe
predisposição para a neurose obsessiva, o conflito da ambivalência empresta
ao luto uma configuração patológica e o leva a se exprimir em forma de
autorrecriminações, nas quais o indivíduo mesmo teria causado — isto é,
desejado — a perda do objeto de amor. Essas depressões neurótico-
obsessivas que se seguem à morte de pessoas amadas nos mostram o que o
conflito da ambivalência realiza por si só, quando não há também uma
retração regressiva da libido.
Sigmund Freud [Luto e Melancolia In Obras completas: volume 12, p. 135]
E a Psicanálise no processo de
elaboração do luto?
Uma pesquisa recente sobre intervenções
clínicas usadas na elaboração do luto mostrou
que 50% dos profissionais pesquisados usam
ferramentas da TCC.
AZEVEDO; SIQUEIRA, 2020
JUSTIFICATIVA
POR QUE É NECESSÁRIO PESQUISAR SOBRE O TEMA?
36.000 vidas
OBJETIVO
ONDE QUEREMOS CHEGAR COM O PROJETO?
Compreender a prática da
psicanálise no processo de
elaboração do luto associado à
morte de um ente querido.
MÉTODO
COMO CHEGAREMOS LÁ?
método
• pesquisa em psicanálise através do método qualitativo
• entrevista com cinco pessoas psicanalistas com, no mínimo, cinco anos de
experiência em Psicanálise
método
• pergunta aberta: ‘Como você conduz a terapia de um(a) paciente que está
superando a morte de uma pessoa querida?’
• as respostas serão analisadas individualmente, de modo que seja possível
avaliar se há um padrão na prática da Psicanálise em pacientes enlutados,
resultando na resposta do problema de pesquisa apresentado na introdução
deste texto
REFERÊNCIAS
referências
referências
referências
DÚVIDAS?
Crédito da imagem: I doubt my mission for the Dark side - sir..., por @kalexanderson

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula III A psicologia hospitalar e a
Aula III    A psicologia hospitalar e aAula III    A psicologia hospitalar e a
Aula III A psicologia hospitalar e a
Artur Mamed
 
Luto
LutoLuto
Diferentes abordagens da psicologia
Diferentes abordagens da psicologiaDiferentes abordagens da psicologia
Diferentes abordagens da psicologia
Rita Cristiane Pavan
 
Psicologia hospitalar
Psicologia hospitalarPsicologia hospitalar
Psicologia hospitalar
GEDRBRASIL_ESTUDANDORARAS
 
Grupos terapêuticos e intervenção em família
Grupos terapêuticos e intervenção em famíliaGrupos terapêuticos e intervenção em família
Grupos terapêuticos e intervenção em família
Aroldo Gavioli
 
Introdução à psicologia da saúde
Introdução à psicologia da saúdeIntrodução à psicologia da saúde
Introdução à psicologia da saúde
Maria Clara Teixeira
 
I Curso de Psicopatologia da Lampsi - Aula 1
I Curso de Psicopatologia da Lampsi - Aula 1I Curso de Psicopatologia da Lampsi - Aula 1
I Curso de Psicopatologia da Lampsi - Aula 1
Lampsi
 
Grupoterapias
GrupoterapiasGrupoterapias
Grupoterapias
Rayanne Chagas
 
Intervenção em crises
Intervenção em crisesIntervenção em crises
Intervenção em crises
Aroldo Gavioli
 
Corpo mente2
Corpo mente2Corpo mente2
Corpo mente2
Elisama Lopes
 
Os 4 pilares da psicologia comunitária
Os 4 pilares da psicologia comunitáriaOs 4 pilares da psicologia comunitária
Os 4 pilares da psicologia comunitária
marcelydantasingrid
 
Psicologia da Saude
Psicologia da Saude Psicologia da Saude
Psicologia da Saude
Paulo Pedro P. R. Costa
 
Trabalhando com os pensamentos automáticos
Trabalhando com os pensamentos automáticosTrabalhando com os pensamentos automáticos
Trabalhando com os pensamentos automáticos
Sarah Karenina
 
Psicopatologia – aula 01
Psicopatologia – aula 01Psicopatologia – aula 01
Psicopatologia – aula 01
Rochelle Arruda
 
Aula Saúde Mental
Aula Saúde MentalAula Saúde Mental
Aula Saúde Mental
Simone Elisa Heitor
 
Teoria e técnica de dinâmica de grupo
Teoria e técnica de dinâmica de grupoTeoria e técnica de dinâmica de grupo
Teoria e técnica de dinâmica de grupo
Silvio Custódio Souza Júnior
 
Introdução à psicopatologia
Introdução à psicopatologiaIntrodução à psicopatologia
Introdução à psicopatologia
Caio Maximino
 
Psicanálise II- Aula 3 : Transferência (parte II)
Psicanálise II- Aula 3 : Transferência (parte II)Psicanálise II- Aula 3 : Transferência (parte II)
Psicanálise II- Aula 3 : Transferência (parte II)
Alexandre Simoes
 
10.psicologia aplicada
10.psicologia aplicada10.psicologia aplicada
10.psicologia aplicada
norberto faria
 
Morte e luto
Morte e lutoMorte e luto
Morte e luto
nu9000
 

Mais procurados (20)

Aula III A psicologia hospitalar e a
Aula III    A psicologia hospitalar e aAula III    A psicologia hospitalar e a
Aula III A psicologia hospitalar e a
 
Luto
LutoLuto
Luto
 
Diferentes abordagens da psicologia
Diferentes abordagens da psicologiaDiferentes abordagens da psicologia
Diferentes abordagens da psicologia
 
Psicologia hospitalar
Psicologia hospitalarPsicologia hospitalar
Psicologia hospitalar
 
Grupos terapêuticos e intervenção em família
Grupos terapêuticos e intervenção em famíliaGrupos terapêuticos e intervenção em família
Grupos terapêuticos e intervenção em família
 
Introdução à psicologia da saúde
Introdução à psicologia da saúdeIntrodução à psicologia da saúde
Introdução à psicologia da saúde
 
I Curso de Psicopatologia da Lampsi - Aula 1
I Curso de Psicopatologia da Lampsi - Aula 1I Curso de Psicopatologia da Lampsi - Aula 1
I Curso de Psicopatologia da Lampsi - Aula 1
 
Grupoterapias
GrupoterapiasGrupoterapias
Grupoterapias
 
Intervenção em crises
Intervenção em crisesIntervenção em crises
Intervenção em crises
 
Corpo mente2
Corpo mente2Corpo mente2
Corpo mente2
 
Os 4 pilares da psicologia comunitária
Os 4 pilares da psicologia comunitáriaOs 4 pilares da psicologia comunitária
Os 4 pilares da psicologia comunitária
 
Psicologia da Saude
Psicologia da Saude Psicologia da Saude
Psicologia da Saude
 
Trabalhando com os pensamentos automáticos
Trabalhando com os pensamentos automáticosTrabalhando com os pensamentos automáticos
Trabalhando com os pensamentos automáticos
 
Psicopatologia – aula 01
Psicopatologia – aula 01Psicopatologia – aula 01
Psicopatologia – aula 01
 
Aula Saúde Mental
Aula Saúde MentalAula Saúde Mental
Aula Saúde Mental
 
Teoria e técnica de dinâmica de grupo
Teoria e técnica de dinâmica de grupoTeoria e técnica de dinâmica de grupo
Teoria e técnica de dinâmica de grupo
 
Introdução à psicopatologia
Introdução à psicopatologiaIntrodução à psicopatologia
Introdução à psicopatologia
 
Psicanálise II- Aula 3 : Transferência (parte II)
Psicanálise II- Aula 3 : Transferência (parte II)Psicanálise II- Aula 3 : Transferência (parte II)
Psicanálise II- Aula 3 : Transferência (parte II)
 
10.psicologia aplicada
10.psicologia aplicada10.psicologia aplicada
10.psicologia aplicada
 
Morte e luto
Morte e lutoMorte e luto
Morte e luto
 

Semelhante a [Projeto de Pesquisa] Psicanálise no processo de elaboração do luto

Psicanálise, psiquiatria, psicopatologia
Psicanálise, psiquiatria, psicopatologiaPsicanálise, psiquiatria, psicopatologia
Psicanálise, psiquiatria, psicopatologia
YaraGama
 
Aula 2 de Psicologia Pastoral
Aula 2 de Psicologia PastoralAula 2 de Psicologia Pastoral
Aula 2 de Psicologia Pastoral
Rôde Laco Gonçalves Hartwig
 
Curso superior de teologia distancia
Curso superior de teologia distanciaCurso superior de teologia distancia
Curso superior de teologia distancia
Rôde Laco Gonçalves Hartwig
 
Ana Mercês Bahia Bock & Outros - Psicologias (pdf)(rev).pdf
Ana Mercês Bahia Bock & Outros - Psicologias (pdf)(rev).pdfAna Mercês Bahia Bock & Outros - Psicologias (pdf)(rev).pdf
Ana Mercês Bahia Bock & Outros - Psicologias (pdf)(rev).pdf
JordanPrazeresFreita
 
Cap 5 - Psicanalise.pdf
Cap 5 - Psicanalise.pdfCap 5 - Psicanalise.pdf
Cap 5 - Psicanalise.pdf
FlaviadosSantosNasci
 
Suicídio na Adolescência uma compreesão psicológica
Suicídio  na  Adolescência uma compreesão psicológicaSuicídio  na  Adolescência uma compreesão psicológica
Suicídio na Adolescência uma compreesão psicológica
Flaviana Pena
 
Suicídio conhecer para prevenir
Suicídio conhecer para prevenirSuicídio conhecer para prevenir
Suicídio conhecer para prevenir
Abel Sidney Souza
 
Curso superior de teologia à distância 3
Curso superior de teologia à distância 3Curso superior de teologia à distância 3
Curso superior de teologia à distância 3
Rôde Laco Gonçalves Hartwig
 
Até que a morte nos separe 4
Até que a morte nos separe 4Até que a morte nos separe 4
Até que a morte nos separe 4
Adriana Soczek Sampaio
 
06 psicologia pastoral
06 psicologia pastoral06 psicologia pastoral
06 psicologia pastoral
CursosTeologicos
 
Entre a carne e o sonho
Entre a carne e o sonhoEntre a carne e o sonho
Entre a carne e o sonho
abtmcombr
 
Psicologia pastoral
Psicologia pastoralPsicologia pastoral
Psicologia pastoral
faculdadeteologica
 
psicologia pastoral
psicologia pastoralpsicologia pastoral
psicologia pastoral
faculdadeteologica
 
Carl Jung
Carl JungCarl Jung
Introdução psicopatologia
Introdução psicopatologiaIntrodução psicopatologia
Introdução psicopatologia
lucasvazdelima
 
Psicoterapias miriam
Psicoterapias miriamPsicoterapias miriam
Psicoterapias miriam
Miriam Gorender
 
SLIDE AULA INAUGURAL.pptx
SLIDE AULA INAUGURAL.pptxSLIDE AULA INAUGURAL.pptx
SLIDE AULA INAUGURAL.pptx
coordenadepsi
 
psicanálise e religião
psicanálise e religiãopsicanálise e religião
psicanálise e religião
faculdadeteologica
 
Psicologia pastoral
Psicologia pastoralPsicologia pastoral
Psicologia pastoral
Pastor Juscelino Freitas
 
45 a intervenção psicológica na terminalidade, voltada para paciente e família
45   a intervenção psicológica na terminalidade, voltada para paciente e família45   a intervenção psicológica na terminalidade, voltada para paciente e família
45 a intervenção psicológica na terminalidade, voltada para paciente e família
ONCOcare
 

Semelhante a [Projeto de Pesquisa] Psicanálise no processo de elaboração do luto (20)

Psicanálise, psiquiatria, psicopatologia
Psicanálise, psiquiatria, psicopatologiaPsicanálise, psiquiatria, psicopatologia
Psicanálise, psiquiatria, psicopatologia
 
Aula 2 de Psicologia Pastoral
Aula 2 de Psicologia PastoralAula 2 de Psicologia Pastoral
Aula 2 de Psicologia Pastoral
 
Curso superior de teologia distancia
Curso superior de teologia distanciaCurso superior de teologia distancia
Curso superior de teologia distancia
 
Ana Mercês Bahia Bock & Outros - Psicologias (pdf)(rev).pdf
Ana Mercês Bahia Bock & Outros - Psicologias (pdf)(rev).pdfAna Mercês Bahia Bock & Outros - Psicologias (pdf)(rev).pdf
Ana Mercês Bahia Bock & Outros - Psicologias (pdf)(rev).pdf
 
Cap 5 - Psicanalise.pdf
Cap 5 - Psicanalise.pdfCap 5 - Psicanalise.pdf
Cap 5 - Psicanalise.pdf
 
Suicídio na Adolescência uma compreesão psicológica
Suicídio  na  Adolescência uma compreesão psicológicaSuicídio  na  Adolescência uma compreesão psicológica
Suicídio na Adolescência uma compreesão psicológica
 
Suicídio conhecer para prevenir
Suicídio conhecer para prevenirSuicídio conhecer para prevenir
Suicídio conhecer para prevenir
 
Curso superior de teologia à distância 3
Curso superior de teologia à distância 3Curso superior de teologia à distância 3
Curso superior de teologia à distância 3
 
Até que a morte nos separe 4
Até que a morte nos separe 4Até que a morte nos separe 4
Até que a morte nos separe 4
 
06 psicologia pastoral
06 psicologia pastoral06 psicologia pastoral
06 psicologia pastoral
 
Entre a carne e o sonho
Entre a carne e o sonhoEntre a carne e o sonho
Entre a carne e o sonho
 
Psicologia pastoral
Psicologia pastoralPsicologia pastoral
Psicologia pastoral
 
psicologia pastoral
psicologia pastoralpsicologia pastoral
psicologia pastoral
 
Carl Jung
Carl JungCarl Jung
Carl Jung
 
Introdução psicopatologia
Introdução psicopatologiaIntrodução psicopatologia
Introdução psicopatologia
 
Psicoterapias miriam
Psicoterapias miriamPsicoterapias miriam
Psicoterapias miriam
 
SLIDE AULA INAUGURAL.pptx
SLIDE AULA INAUGURAL.pptxSLIDE AULA INAUGURAL.pptx
SLIDE AULA INAUGURAL.pptx
 
psicanálise e religião
psicanálise e religiãopsicanálise e religião
psicanálise e religião
 
Psicologia pastoral
Psicologia pastoralPsicologia pastoral
Psicologia pastoral
 
45 a intervenção psicológica na terminalidade, voltada para paciente e família
45   a intervenção psicológica na terminalidade, voltada para paciente e família45   a intervenção psicológica na terminalidade, voltada para paciente e família
45 a intervenção psicológica na terminalidade, voltada para paciente e família
 

Mais de Alessandro Almeida

[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
Alessandro Almeida
 
[ServiceNow] Visão geral da plataforma
[ServiceNow] Visão geral da plataforma[ServiceNow] Visão geral da plataforma
[ServiceNow] Visão geral da plataforma
Alessandro Almeida
 
[ServiceNow] Visão geral da plataforma
[ServiceNow] Visão geral da plataforma[ServiceNow] Visão geral da plataforma
[ServiceNow] Visão geral da plataforma
Alessandro Almeida
 
[ServiceNow] Now Create
[ServiceNow] Now Create[ServiceNow] Now Create
[ServiceNow] Now Create
Alessandro Almeida
 
Comunicação Não Violenta: Roda de Conversa
Comunicação Não Violenta: Roda de ConversaComunicação Não Violenta: Roda de Conversa
Comunicação Não Violenta: Roda de Conversa
Alessandro Almeida
 
Uma visão prática (e parcial) sobre o Gerenciamento de Projetos, 2ª edição
Uma visão prática (e parcial) sobre o Gerenciamento de Projetos, 2ª ediçãoUma visão prática (e parcial) sobre o Gerenciamento de Projetos, 2ª edição
Uma visão prática (e parcial) sobre o Gerenciamento de Projetos, 2ª edição
Alessandro Almeida
 
[ServiceNow] Now Create
[ServiceNow] Now Create[ServiceNow] Now Create
[ServiceNow] Now Create
Alessandro Almeida
 
[ServiceNow] Governança da Plataforma (5ª edição)
[ServiceNow] Governança da Plataforma (5ª edição)[ServiceNow] Governança da Plataforma (5ª edição)
[ServiceNow] Governança da Plataforma (5ª edição)
Alessandro Almeida
 
Obediência e conformidade no mundo corporativo: XX ENABRAPSO
Obediência e conformidade no mundo corporativo: XX ENABRAPSOObediência e conformidade no mundo corporativo: XX ENABRAPSO
Obediência e conformidade no mundo corporativo: XX ENABRAPSO
Alessandro Almeida
 
[ServiceNow] Governança das Instâncias (4ª edição)
[ServiceNow] Governança das Instâncias (4ª edição)[ServiceNow] Governança das Instâncias (4ª edição)
[ServiceNow] Governança das Instâncias (4ª edição)
Alessandro Almeida
 
[ServiceNow] Governança das Instâncias - 3ª versão
[ServiceNow] Governança das Instâncias - 3ª versão[ServiceNow] Governança das Instâncias - 3ª versão
[ServiceNow] Governança das Instâncias - 3ª versão
Alessandro Almeida
 
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [3ª edição]
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [3ª edição]Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [3ª edição]
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [3ª edição]
Alessandro Almeida
 
[ServiceNow] Dicas para upgrade de Versão
[ServiceNow] Dicas para upgrade de Versão[ServiceNow] Dicas para upgrade de Versão
[ServiceNow] Dicas para upgrade de Versão
Alessandro Almeida
 
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [2ª edição]
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [2ª edição]Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [2ª edição]
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [2ª edição]
Alessandro Almeida
 
[ServiceNow] Upgrade de Versão: "Boas" Práticas
[ServiceNow] Upgrade de Versão: "Boas" Práticas[ServiceNow] Upgrade de Versão: "Boas" Práticas
[ServiceNow] Upgrade de Versão: "Boas" Práticas
Alessandro Almeida
 
[Projeto Integrador] Psicologia Clínica
[Projeto Integrador] Psicologia Clínica[Projeto Integrador] Psicologia Clínica
[Projeto Integrador] Psicologia Clínica
Alessandro Almeida
 
[ServiceNow] Governança das Instâncias
[ServiceNow] Governança das Instâncias[ServiceNow] Governança das Instâncias
[ServiceNow] Governança das Instâncias
Alessandro Almeida
 
Templates: Mapa da Empatia, Canvas da Proposta de Valor, Canvas do Modelo de ...
Templates: Mapa da Empatia, Canvas da Proposta de Valor, Canvas do Modelo de ...Templates: Mapa da Empatia, Canvas da Proposta de Valor, Canvas do Modelo de ...
Templates: Mapa da Empatia, Canvas da Proposta de Valor, Canvas do Modelo de ...
Alessandro Almeida
 
Minicurso - Aplicando o Design Thinking para definir a proposta de valor e o ...
Minicurso - Aplicando o Design Thinking para definir a proposta de valor e o ...Minicurso - Aplicando o Design Thinking para definir a proposta de valor e o ...
Minicurso - Aplicando o Design Thinking para definir a proposta de valor e o ...
Alessandro Almeida
 
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo RealDesign Thinking: Do Conceito ao Mundo Real
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real
Alessandro Almeida
 

Mais de Alessandro Almeida (20)

[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
 
[ServiceNow] Visão geral da plataforma
[ServiceNow] Visão geral da plataforma[ServiceNow] Visão geral da plataforma
[ServiceNow] Visão geral da plataforma
 
[ServiceNow] Visão geral da plataforma
[ServiceNow] Visão geral da plataforma[ServiceNow] Visão geral da plataforma
[ServiceNow] Visão geral da plataforma
 
[ServiceNow] Now Create
[ServiceNow] Now Create[ServiceNow] Now Create
[ServiceNow] Now Create
 
Comunicação Não Violenta: Roda de Conversa
Comunicação Não Violenta: Roda de ConversaComunicação Não Violenta: Roda de Conversa
Comunicação Não Violenta: Roda de Conversa
 
Uma visão prática (e parcial) sobre o Gerenciamento de Projetos, 2ª edição
Uma visão prática (e parcial) sobre o Gerenciamento de Projetos, 2ª ediçãoUma visão prática (e parcial) sobre o Gerenciamento de Projetos, 2ª edição
Uma visão prática (e parcial) sobre o Gerenciamento de Projetos, 2ª edição
 
[ServiceNow] Now Create
[ServiceNow] Now Create[ServiceNow] Now Create
[ServiceNow] Now Create
 
[ServiceNow] Governança da Plataforma (5ª edição)
[ServiceNow] Governança da Plataforma (5ª edição)[ServiceNow] Governança da Plataforma (5ª edição)
[ServiceNow] Governança da Plataforma (5ª edição)
 
Obediência e conformidade no mundo corporativo: XX ENABRAPSO
Obediência e conformidade no mundo corporativo: XX ENABRAPSOObediência e conformidade no mundo corporativo: XX ENABRAPSO
Obediência e conformidade no mundo corporativo: XX ENABRAPSO
 
[ServiceNow] Governança das Instâncias (4ª edição)
[ServiceNow] Governança das Instâncias (4ª edição)[ServiceNow] Governança das Instâncias (4ª edição)
[ServiceNow] Governança das Instâncias (4ª edição)
 
[ServiceNow] Governança das Instâncias - 3ª versão
[ServiceNow] Governança das Instâncias - 3ª versão[ServiceNow] Governança das Instâncias - 3ª versão
[ServiceNow] Governança das Instâncias - 3ª versão
 
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [3ª edição]
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [3ª edição]Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [3ª edição]
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [3ª edição]
 
[ServiceNow] Dicas para upgrade de Versão
[ServiceNow] Dicas para upgrade de Versão[ServiceNow] Dicas para upgrade de Versão
[ServiceNow] Dicas para upgrade de Versão
 
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [2ª edição]
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [2ª edição]Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [2ª edição]
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real [2ª edição]
 
[ServiceNow] Upgrade de Versão: "Boas" Práticas
[ServiceNow] Upgrade de Versão: "Boas" Práticas[ServiceNow] Upgrade de Versão: "Boas" Práticas
[ServiceNow] Upgrade de Versão: "Boas" Práticas
 
[Projeto Integrador] Psicologia Clínica
[Projeto Integrador] Psicologia Clínica[Projeto Integrador] Psicologia Clínica
[Projeto Integrador] Psicologia Clínica
 
[ServiceNow] Governança das Instâncias
[ServiceNow] Governança das Instâncias[ServiceNow] Governança das Instâncias
[ServiceNow] Governança das Instâncias
 
Templates: Mapa da Empatia, Canvas da Proposta de Valor, Canvas do Modelo de ...
Templates: Mapa da Empatia, Canvas da Proposta de Valor, Canvas do Modelo de ...Templates: Mapa da Empatia, Canvas da Proposta de Valor, Canvas do Modelo de ...
Templates: Mapa da Empatia, Canvas da Proposta de Valor, Canvas do Modelo de ...
 
Minicurso - Aplicando o Design Thinking para definir a proposta de valor e o ...
Minicurso - Aplicando o Design Thinking para definir a proposta de valor e o ...Minicurso - Aplicando o Design Thinking para definir a proposta de valor e o ...
Minicurso - Aplicando o Design Thinking para definir a proposta de valor e o ...
 
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo RealDesign Thinking: Do Conceito ao Mundo Real
Design Thinking: Do Conceito ao Mundo Real
 

Último

Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 

Último (20)

Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 

[Projeto de Pesquisa] Psicanálise no processo de elaboração do luto

  • 1. como a psicanálise atua no processo de elaboração do luto? PROJETO DE PESQUISA MÉTODO DE INVESTIGAÇÃO E PESQUISA EM PSICANÁLISE
  • 2. Crédito da imagem: Welcome, por @Nathan
  • 3. PROBLEMA DE PESQUISA como a psicanálise atua no processo de elaboração do luto?
  • 4. MOTIVAÇÃO POR QUE DECIDIMOS PESQUISAR SOBRE O LUTO?
  • 5. EXPERIÊNCIAS PESSOAIS Crédito da imagem: Woman and Grief, por @x1klima
  • 6. O LUTO NA CULTURA E NA RELIGIÃO COMO VIVENCIAMOS O LUTO COLETIVO?
  • 7. Em diversas culturas e religiões, a obrigatoriedade do luto durante um certo período é um fato invariante ligado à morte de uma pessoa próxima. GODELIER, 2017
  • 8.
  • 9. O LUTO INDIVIDUAL E A PSICANÁLISE A DOR SOLITÁRIA
  • 10. SOBRE O ATO DE ELABORAR O LUTO superar a posição depressiva ROUDINESCO; PLON, 1998 (p. 188)
  • 11. os estágios do luto • negação e isolamento • raiva • barganha • depressão • aceitação KÜBLER-ROSS, 2017
  • 12. os estágios do luto • negação e isolamento • raiva • barganha • depressão • aceitação KÜBLER-ROSS, 2017
  • 13. os estágios do luto • negação e isolamento • raiva • barganha • depressão • aceitação KÜBLER-ROSS, 2017
  • 14. os estágios do luto • negação e isolamento • raiva • barganha • depressão • aceitação KÜBLER-ROSS, 2017
  • 15. os estágios do luto • negação e isolamento • raiva • barganha • depressão • aceitação KÜBLER-ROSS, 2017
  • 16. os estágios do luto • negação e isolamento • raiva • barganha • depressão • aceitação KÜBLER-ROSS, 2017
  • 17. O LUTO PATOLÓGICO A perda do objeto amoroso é uma excelente ocasião para que a ambivalência das relações amorosas sobressaia e venha à luz. Quando existe predisposição para a neurose obsessiva, o conflito da ambivalência empresta ao luto uma configuração patológica e o leva a se exprimir em forma de autorrecriminações, nas quais o indivíduo mesmo teria causado — isto é, desejado — a perda do objeto de amor. Essas depressões neurótico- obsessivas que se seguem à morte de pessoas amadas nos mostram o que o conflito da ambivalência realiza por si só, quando não há também uma retração regressiva da libido. Sigmund Freud [Luto e Melancolia In Obras completas: volume 12, p. 135]
  • 18. E a Psicanálise no processo de elaboração do luto?
  • 19. Uma pesquisa recente sobre intervenções clínicas usadas na elaboração do luto mostrou que 50% dos profissionais pesquisados usam ferramentas da TCC. AZEVEDO; SIQUEIRA, 2020
  • 20. JUSTIFICATIVA POR QUE É NECESSÁRIO PESQUISAR SOBRE O TEMA?
  • 23. Compreender a prática da psicanálise no processo de elaboração do luto associado à morte de um ente querido.
  • 25. método • pesquisa em psicanálise através do método qualitativo • entrevista com cinco pessoas psicanalistas com, no mínimo, cinco anos de experiência em Psicanálise
  • 26. método • pergunta aberta: ‘Como você conduz a terapia de um(a) paciente que está superando a morte de uma pessoa querida?’ • as respostas serão analisadas individualmente, de modo que seja possível avaliar se há um padrão na prática da Psicanálise em pacientes enlutados, resultando na resposta do problema de pesquisa apresentado na introdução deste texto
  • 31.
  • 32. DÚVIDAS? Crédito da imagem: I doubt my mission for the Dark side - sir..., por @kalexanderson