SlideShare uma empresa Scribd logo
COESÃO TEXTUAL
COESÃO TEXTUAL 
Coesão é a conexão, ligação, harmonia 
entre os elementos de um texto. 
Ocorre quando as palavras, as frases e 
os parágrafos estão entrelaçados, um 
dando continuidade ao outro. 
Os elementos de coesão determinam a 
transição de ideias entre as frases e os 
parágrafos.
MODALIDADES DE COESÃO 
TEXTUAL 
Três grandes modalidades de 
coesão: 
a coesão referencial 
a coesão sequencial 
a coesão interfrásica.
COESÃO REFERENCIAL 
É aquela que se estabelece entre dois 
ou mais componentes da superfície 
textual que remetem a um mesmo 
referente. 
Ocorre quando um componente da 
superfície textual é retomado (anáfora) 
ou precedido (catáfora) por um 
pronome, verbo, advérbio ou 
quantificadores que substituem outros 
elementos do texto.
Esse tipo de coesão é feito pela citação de 
elementos que já apareceram, ou vão 
aparecer, no próprio texto. 
Para a efetivação dessas citações, são 
utilizados pronomes pessoais, possessivos, 
demonstrativos ou expressões adverbiais. 
Esses recursos tanto podem se referir, por 
antecipação, a elementos que serão citados 
na sequência do texto, quanto podem 
retomar elementos já citados no texto ou 
que são facilmente identificáveis pelo leitor.
EXEMPLO DE COESÃO 
REFERANCIAL 
O consumo de bebidas alcoólicas no 
Brasil apresenta um índice elevado, o 
que é preocupante. Para minimizar os 
efeitos do uso descontrolado dessas 
bebidas, foi aprovada a Lei Seca.
COESÃO REFERENCIAL POR ELIPSE 
Elipse é uma estratégia que permite a 
omissão de elementos facilmente 
identificáveis ou que já tenham sido 
citados anteriormente. 
Algumas vezes, essa omissão é 
marcada por uma vírgula. Pronomes, 
verbos, nomes e frases inteiras podem 
estar omissos.
EXEMPLO DE COESÃO REFERENCIAL 
POR ELIPSE 
Diante dessa situação, o governo 
aprovou a Lei Seca. De cunho 
autoritário e intolerante, Ø visa a 
resultados imediatos, porém Ø é 
apenas um passo para conscientizar a 
população.
COESÃO REFERENCIAL LEXICAL 
A coesão pode ser lexical, ou seja, por meio do 
léxico: hiperônimos, sinônimos, nomes 
genéricos, expressões nominais definidas, 
repetição do mesmo item lexical. 
Também a manutenção da unidade temática do 
texto é reforçada pela coesão lexical. 
 Pode-se estabelecer uma corrente de 
significados retomando-se as mesmas ideias e 
partes de ideias por meio de diferentes termos e 
expressões.
EXEMPLO DE COESÃO LEXICAL: 
As autoescolas viraram 
empreendimentos lucrativos. As 
empresas responsáveis por ensinar a 
dirigir dão duas semanas de aula 
teórica ou um intensivo de três dias, 
para que os alunos possam ter aulas 
práticas.
COESÃO SEQUENCIAL 
A coesão sequencial se faz por 
mecanismos como recorrência de 
termos, de estruturas (o chamado 
paralelismo), de conteúdos 
semânticos (paráfrase, com 
expressões como “isto é”, “ou seja”, 
“quer dizer”, “ou melhor”, “em outras 
palavras”, “em síntese”, “em resumo”).
COESÃO INTERFRÁSICA 
Designa mecanismos de sequenciação 
que marcam diversos tipos de 
interdependência entre as frases que 
ocorrem em um texto. 
É assegurada por conectores: 
conjunções, advérbios, locuções 
conjuncionais, locuções adverbiais, 
preposições, locuções prepositivas, 
expressões adjetivas ou orações 
completas.
EXEMPLO DE COESÃO INTERFRÁSICA 
É necessário que o governo promova 
campanhas de conscientização da 
sociedade na TV, nas escolas, nas Ongs, 
nas universidades, sobre os riscos de 
dirigir alcoolizado. Junto às ações 
educativas citadas anteriormente, as 
ações punitivas precisam ser mantidas, 
com leis severas, sem brechas para a 
impunidade.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
PaolaLins
 
Variedades linguísticas
Variedades linguísticasVariedades linguísticas
Variedades linguísticas
Cláudia Heloísa
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominal
Rebeca Kaus
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
Alice Silva
 
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adriana
Lucilene Barcelos
 
Sujeito. Predicado
Sujeito. PredicadoSujeito. Predicado
Sujeito. Predicado
Rosalina Simão Nunes
 
Crônica
CrônicaCrônica
Crônica
Valeria Nunes
 
Coesão textual
Coesão textualCoesão textual
Coesão textual
Helia Coelho Mello
 
Complemento nominal
Complemento nominalComplemento nominal
Complemento nominal
Flávio Ferreira
 
Gêneros Textuais
Gêneros TextuaisGêneros Textuais
Gêneros Textuais
Edna Brito
 
Coerência e coesão textual
Coerência e coesão textualCoerência e coesão textual
Coerência e coesão textual
ISJ
 
Gêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaisGêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuais
marlospg
 
Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)
Flávio Ferreira
 
Redacao enem
Redacao enemRedacao enem
Redacao enem
Jerry Adriano
 
Formação das palavras
Formação das palavrasFormação das palavras
Formação das palavras
colveromachado
 
1.3 ortografia
1.3   ortografia1.3   ortografia
1.3 ortografia
Ivana Mayrink
 
Estrutura das palavras
Estrutura das palavras Estrutura das palavras
Estrutura das palavras
colveromachado
 
Oracoes Coordenadas
Oracoes CoordenadasOracoes Coordenadas
Oracoes Coordenadas
guest7174ad
 
Coesão
CoesãoCoesão
Coesão
Heydy Silva
 
Artigo de opinião slides
Artigo de opinião slidesArtigo de opinião slides
Artigo de opinião slides
Isis Barros
 

Mais procurados (20)

Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
 
Variedades linguísticas
Variedades linguísticasVariedades linguísticas
Variedades linguísticas
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominal
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adriana
 
Sujeito. Predicado
Sujeito. PredicadoSujeito. Predicado
Sujeito. Predicado
 
Crônica
CrônicaCrônica
Crônica
 
Coesão textual
Coesão textualCoesão textual
Coesão textual
 
Complemento nominal
Complemento nominalComplemento nominal
Complemento nominal
 
Gêneros Textuais
Gêneros TextuaisGêneros Textuais
Gêneros Textuais
 
Coerência e coesão textual
Coerência e coesão textualCoerência e coesão textual
Coerência e coesão textual
 
Gêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaisGêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuais
 
Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)
 
Redacao enem
Redacao enemRedacao enem
Redacao enem
 
Formação das palavras
Formação das palavrasFormação das palavras
Formação das palavras
 
1.3 ortografia
1.3   ortografia1.3   ortografia
1.3 ortografia
 
Estrutura das palavras
Estrutura das palavras Estrutura das palavras
Estrutura das palavras
 
Oracoes Coordenadas
Oracoes CoordenadasOracoes Coordenadas
Oracoes Coordenadas
 
Coesão
CoesãoCoesão
Coesão
 
Artigo de opinião slides
Artigo de opinião slidesArtigo de opinião slides
Artigo de opinião slides
 

Destaque

04 resumo,resenha,fichamento
04 resumo,resenha,fichamento04 resumo,resenha,fichamento
04 resumo,resenha,fichamento
Joao Balbi
 
Fichamento
FichamentoFichamento
Fichamento
André luis
 
Coesao textual
Coesao textualCoesao textual
Coesao textual
Fatima Ali
 
Elementos de coesão
Elementos de coesãoElementos de coesão
Elementos de coesão
Cynthia Funchal
 
Slides coesao textual
Slides coesao textualSlides coesao textual
Slides coesao textual
Nastrilhas da lingua portuguesa
 
Crase
CraseCrase
Aula 8 preposição e conjunção
Aula 8   preposição e conjunçãoAula 8   preposição e conjunção
Aula 8 preposição e conjunção
J M
 
O adverbio 1323196780
O adverbio 1323196780O adverbio 1323196780
O adverbio 1323196780
ameliapadrao
 
Como Fazer Fichamento
Como Fazer FichamentoComo Fazer Fichamento
Como Fazer Fichamento
Marta Melo de Oliveira
 
Coesão textual e operadores argumentativos
Coesão textual e operadores argumentativosCoesão textual e operadores argumentativos
Coesão textual e operadores argumentativos
Willma Frazão
 
Como fazer fichamento de texto ou livro
Como fazer fichamento de texto ou livroComo fazer fichamento de texto ou livro
Como fazer fichamento de texto ou livro
Luiz Henrique Araujo
 
2ª série E. M. - Pronomes: elementos coesivos
2ª série E. M. - Pronomes: elementos coesivos2ª série E. M. - Pronomes: elementos coesivos
2ª série E. M. - Pronomes: elementos coesivos
Angélica Manenti
 
Coesao e-coerencia
Coesao e-coerenciaCoesao e-coerencia
Coesao e-coerencia
ALINE NEUSCHRANK
 
Fichamento de Texto
Fichamento de TextoFichamento de Texto
Fichamento de Texto
Portal do Vestibulando
 
AULA 3 - COESÃO E COERÊNCIA
AULA 3 - COESÃO E COERÊNCIAAULA 3 - COESÃO E COERÊNCIA
AULA 3 - COESÃO E COERÊNCIA
aulasdejornalismo
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerencia
silnog
 
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNTModelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Rosineia Oliveira dos Santos
 

Destaque (17)

04 resumo,resenha,fichamento
04 resumo,resenha,fichamento04 resumo,resenha,fichamento
04 resumo,resenha,fichamento
 
Fichamento
FichamentoFichamento
Fichamento
 
Coesao textual
Coesao textualCoesao textual
Coesao textual
 
Elementos de coesão
Elementos de coesãoElementos de coesão
Elementos de coesão
 
Slides coesao textual
Slides coesao textualSlides coesao textual
Slides coesao textual
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Aula 8 preposição e conjunção
Aula 8   preposição e conjunçãoAula 8   preposição e conjunção
Aula 8 preposição e conjunção
 
O adverbio 1323196780
O adverbio 1323196780O adverbio 1323196780
O adverbio 1323196780
 
Como Fazer Fichamento
Como Fazer FichamentoComo Fazer Fichamento
Como Fazer Fichamento
 
Coesão textual e operadores argumentativos
Coesão textual e operadores argumentativosCoesão textual e operadores argumentativos
Coesão textual e operadores argumentativos
 
Como fazer fichamento de texto ou livro
Como fazer fichamento de texto ou livroComo fazer fichamento de texto ou livro
Como fazer fichamento de texto ou livro
 
2ª série E. M. - Pronomes: elementos coesivos
2ª série E. M. - Pronomes: elementos coesivos2ª série E. M. - Pronomes: elementos coesivos
2ª série E. M. - Pronomes: elementos coesivos
 
Coesao e-coerencia
Coesao e-coerenciaCoesao e-coerencia
Coesao e-coerencia
 
Fichamento de Texto
Fichamento de TextoFichamento de Texto
Fichamento de Texto
 
AULA 3 - COESÃO E COERÊNCIA
AULA 3 - COESÃO E COERÊNCIAAULA 3 - COESÃO E COERÊNCIA
AULA 3 - COESÃO E COERÊNCIA
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerencia
 
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNTModelo de artigo científico básico - com normas ABNT
Modelo de artigo científico básico - com normas ABNT
 

Semelhante a ELEMENTO DE TEXTUALIDADE: COESÃO TEXTUAL

Tipos-e-mecanismos-de-coesao-textual.ppt
Tipos-e-mecanismos-de-coesao-textual.pptTipos-e-mecanismos-de-coesao-textual.ppt
Tipos-e-mecanismos-de-coesao-textual.ppt
Rosy Almeida
 
Coerência e coesão textual,matias
Coerência e coesão textual,matiasCoerência e coesão textual,matias
Coerência e coesão textual,matias
Alexandra Gonçalves
 
Planos textuais
Planos textuaisPlanos textuais
Planos textuais
Débora Costa
 
coerência e coesão textual
coerência e coesão textual coerência e coesão textual
coerência e coesão textual
LeniomarMorais
 
A Coesão Textual(SLIDES) .pptx
A Coesão Textual(SLIDES) .pptxA Coesão Textual(SLIDES) .pptx
A Coesão Textual(SLIDES) .pptx
DelaineFarias2
 
Coesão Textual
Coesão TextualCoesão Textual
Coesão Textual
Adilson P Motta Motta
 
Coesão e coerência textual
Coesão e coerência textual Coesão e coerência textual
Coesão e coerência textual
caudianocarmona
 
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementos
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementosBreve exposição sobre a coesão textual e seus elementos
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementos
Miquéias Vitorino
 
Tipos e mecanismos de coesão textual
Tipos e mecanismos de coesão textual Tipos e mecanismos de coesão textual
Tipos e mecanismos de coesão textual
Josiane Franzó
 
Coesao e-coerencia-textuais
Coesao e-coerencia-textuaisCoesao e-coerencia-textuais
Coesao e-coerencia-textuais
Adolfo Bernardo
 
PROJETO SAEB – 2023 - D 2Júlio Monteles
PROJETO SAEB – 2023 -  D 2Júlio MontelesPROJETO SAEB – 2023 -  D 2Júlio Monteles
PROJETO SAEB – 2023 - D 2Júlio Monteles
MARIAVALCIRENEOLIVEI
 
Oficina de Língua Portuguesa
Oficina de Língua PortuguesaOficina de Língua Portuguesa
Oficina de Língua Portuguesa
Sadiasoares
 
Coesão Textual
Coesão TextualCoesão Textual
Coesão Textual
Direito Nabuco
 
Oficina de Língua Portuguesa
Oficina de Língua PortuguesaOficina de Língua Portuguesa
Oficina de Língua Portuguesa
Sadiasoares
 
AULÃO PREPARATÓRIO IFRN.pptx
AULÃO PREPARATÓRIO IFRN.pptxAULÃO PREPARATÓRIO IFRN.pptx
AULÃO PREPARATÓRIO IFRN.pptx
GlessyaneCavalcanteF
 
06
0606
Exercícios sobre coerência e coesão
Exercícios sobre coerência e coesãoExercícios sobre coerência e coesão
Exercícios sobre coerência e coesão
ma.no.el.ne.ves
 
COESÃO TEXTUAL.pptx
COESÃO TEXTUAL.pptxCOESÃO TEXTUAL.pptx
COESÃO TEXTUAL.pptx
ana ramos
 
introdução a coesão textual- Redação Ensino Médio
introdução a coesão textual- Redação Ensino Médiointrodução a coesão textual- Redação Ensino Médio
introdução a coesão textual- Redação Ensino Médio
NaraKelySousa
 
Coerencia e coesao_textuais
Coerencia e coesao_textuaisCoerencia e coesao_textuais
Coerencia e coesao_textuais
Ruth Metelo
 

Semelhante a ELEMENTO DE TEXTUALIDADE: COESÃO TEXTUAL (20)

Tipos-e-mecanismos-de-coesao-textual.ppt
Tipos-e-mecanismos-de-coesao-textual.pptTipos-e-mecanismos-de-coesao-textual.ppt
Tipos-e-mecanismos-de-coesao-textual.ppt
 
Coerência e coesão textual,matias
Coerência e coesão textual,matiasCoerência e coesão textual,matias
Coerência e coesão textual,matias
 
Planos textuais
Planos textuaisPlanos textuais
Planos textuais
 
coerência e coesão textual
coerência e coesão textual coerência e coesão textual
coerência e coesão textual
 
A Coesão Textual(SLIDES) .pptx
A Coesão Textual(SLIDES) .pptxA Coesão Textual(SLIDES) .pptx
A Coesão Textual(SLIDES) .pptx
 
Coesão Textual
Coesão TextualCoesão Textual
Coesão Textual
 
Coesão e coerência textual
Coesão e coerência textual Coesão e coerência textual
Coesão e coerência textual
 
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementos
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementosBreve exposição sobre a coesão textual e seus elementos
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementos
 
Tipos e mecanismos de coesão textual
Tipos e mecanismos de coesão textual Tipos e mecanismos de coesão textual
Tipos e mecanismos de coesão textual
 
Coesao e-coerencia-textuais
Coesao e-coerencia-textuaisCoesao e-coerencia-textuais
Coesao e-coerencia-textuais
 
PROJETO SAEB – 2023 - D 2Júlio Monteles
PROJETO SAEB – 2023 -  D 2Júlio MontelesPROJETO SAEB – 2023 -  D 2Júlio Monteles
PROJETO SAEB – 2023 - D 2Júlio Monteles
 
Oficina de Língua Portuguesa
Oficina de Língua PortuguesaOficina de Língua Portuguesa
Oficina de Língua Portuguesa
 
Coesão Textual
Coesão TextualCoesão Textual
Coesão Textual
 
Oficina de Língua Portuguesa
Oficina de Língua PortuguesaOficina de Língua Portuguesa
Oficina de Língua Portuguesa
 
AULÃO PREPARATÓRIO IFRN.pptx
AULÃO PREPARATÓRIO IFRN.pptxAULÃO PREPARATÓRIO IFRN.pptx
AULÃO PREPARATÓRIO IFRN.pptx
 
06
0606
06
 
Exercícios sobre coerência e coesão
Exercícios sobre coerência e coesãoExercícios sobre coerência e coesão
Exercícios sobre coerência e coesão
 
COESÃO TEXTUAL.pptx
COESÃO TEXTUAL.pptxCOESÃO TEXTUAL.pptx
COESÃO TEXTUAL.pptx
 
introdução a coesão textual- Redação Ensino Médio
introdução a coesão textual- Redação Ensino Médiointrodução a coesão textual- Redação Ensino Médio
introdução a coesão textual- Redação Ensino Médio
 
Coerencia e coesao_textuais
Coerencia e coesao_textuaisCoerencia e coesao_textuais
Coerencia e coesao_textuais
 

Último

A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 

Último (20)

A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 

ELEMENTO DE TEXTUALIDADE: COESÃO TEXTUAL

  • 2. COESÃO TEXTUAL Coesão é a conexão, ligação, harmonia entre os elementos de um texto. Ocorre quando as palavras, as frases e os parágrafos estão entrelaçados, um dando continuidade ao outro. Os elementos de coesão determinam a transição de ideias entre as frases e os parágrafos.
  • 3. MODALIDADES DE COESÃO TEXTUAL Três grandes modalidades de coesão: a coesão referencial a coesão sequencial a coesão interfrásica.
  • 4. COESÃO REFERENCIAL É aquela que se estabelece entre dois ou mais componentes da superfície textual que remetem a um mesmo referente. Ocorre quando um componente da superfície textual é retomado (anáfora) ou precedido (catáfora) por um pronome, verbo, advérbio ou quantificadores que substituem outros elementos do texto.
  • 5. Esse tipo de coesão é feito pela citação de elementos que já apareceram, ou vão aparecer, no próprio texto. Para a efetivação dessas citações, são utilizados pronomes pessoais, possessivos, demonstrativos ou expressões adverbiais. Esses recursos tanto podem se referir, por antecipação, a elementos que serão citados na sequência do texto, quanto podem retomar elementos já citados no texto ou que são facilmente identificáveis pelo leitor.
  • 6. EXEMPLO DE COESÃO REFERANCIAL O consumo de bebidas alcoólicas no Brasil apresenta um índice elevado, o que é preocupante. Para minimizar os efeitos do uso descontrolado dessas bebidas, foi aprovada a Lei Seca.
  • 7. COESÃO REFERENCIAL POR ELIPSE Elipse é uma estratégia que permite a omissão de elementos facilmente identificáveis ou que já tenham sido citados anteriormente. Algumas vezes, essa omissão é marcada por uma vírgula. Pronomes, verbos, nomes e frases inteiras podem estar omissos.
  • 8. EXEMPLO DE COESÃO REFERENCIAL POR ELIPSE Diante dessa situação, o governo aprovou a Lei Seca. De cunho autoritário e intolerante, Ø visa a resultados imediatos, porém Ø é apenas um passo para conscientizar a população.
  • 9. COESÃO REFERENCIAL LEXICAL A coesão pode ser lexical, ou seja, por meio do léxico: hiperônimos, sinônimos, nomes genéricos, expressões nominais definidas, repetição do mesmo item lexical. Também a manutenção da unidade temática do texto é reforçada pela coesão lexical.  Pode-se estabelecer uma corrente de significados retomando-se as mesmas ideias e partes de ideias por meio de diferentes termos e expressões.
  • 10. EXEMPLO DE COESÃO LEXICAL: As autoescolas viraram empreendimentos lucrativos. As empresas responsáveis por ensinar a dirigir dão duas semanas de aula teórica ou um intensivo de três dias, para que os alunos possam ter aulas práticas.
  • 11. COESÃO SEQUENCIAL A coesão sequencial se faz por mecanismos como recorrência de termos, de estruturas (o chamado paralelismo), de conteúdos semânticos (paráfrase, com expressões como “isto é”, “ou seja”, “quer dizer”, “ou melhor”, “em outras palavras”, “em síntese”, “em resumo”).
  • 12. COESÃO INTERFRÁSICA Designa mecanismos de sequenciação que marcam diversos tipos de interdependência entre as frases que ocorrem em um texto. É assegurada por conectores: conjunções, advérbios, locuções conjuncionais, locuções adverbiais, preposições, locuções prepositivas, expressões adjetivas ou orações completas.
  • 13. EXEMPLO DE COESÃO INTERFRÁSICA É necessário que o governo promova campanhas de conscientização da sociedade na TV, nas escolas, nas Ongs, nas universidades, sobre os riscos de dirigir alcoolizado. Junto às ações educativas citadas anteriormente, as ações punitivas precisam ser mantidas, com leis severas, sem brechas para a impunidade.