SlideShare uma empresa Scribd logo
Plastos ou plastídeos (Metabolismo energético)



Unidade 2
 Pág:10
Organelas exclusivas de plantas e algas;

Podem variar de forma, tamanho e tipo de
pigmento, que apresentam;

Origina-se de uma células meristemáticas
(jovem).
Classificação dos Plastos:

1) Leucoplastos plastos incolores que
   Leucoplastos:
   armazenam substâncias de reserva energética.

a- Amiloplastos,
b- Proteoplastos,
c- Oleoplastos
2) Cromoplastos plastos que apresentam
   Cromoplastos:
 pigmentos.

a- Cloroplastos o mais importante pois realiza
   Cloroplastos:
 fotossíntese, contém clorofila;
b- Eritroplastos: vermelho (algas, frutos e flores)
c- Xantoplastos: amarelo (algas, frutos e flores)
d- Feoplastos: marrom ( algas)
Organela característica
da célula vegetal.
 Função: Fotossíntese.
 Características:
Organela independente
pois apresenta DNA e
ribossomos, apresentando
capacidade de duplicação.
 Contém Clorofila
pigmento responsável pela
absorção de Energia
Luminosa.
A intensa cor verde da clorofila se deve a sua enorme
capacidade de absorver a luz através das regiões
azuis e vermelhas do espectro eletromagnético; é por
conta destas absorções, a luz que ela reflete e
transmite é o verde que percebemos.
Conforme a quantidade de clorofila presente nas
plantas diminui, as outras cores começam a aparecer.
Este efeito torna-se bastante perceptível durante o
outono, época do ano em que as folhas das árvores
mudam de cor.
Ser heterótrofo: ser que não produz seu
próprio alimento.




Ser autótrofo: ser que produz seu próprio
alimento. São os vegetais.
É o processo de CONVERSÃO de ENERGIA
 LUMINOSA em ENERGIA QUÍMICA.



Equação geral:

12 H2O + 6 CO2      C6H12O6 + 6 H2O + 6 O2
Parede        Célula
                                 celular     clorofilada
                                                                Núcleo




        Folha                                                 Vacúolo
                        Cloroplasto


                                                                                     Esquema da
                                                           Tilacóide                 molécula de
   Membrana externa                                                                     clorofila
Membrana
 interna                                                           Complexo antena

Tilacóide

                                  DNA
                Cloroplasto     Estroma    Granum
       Granum
                                                            Membrana do tilacóide
Todos os SV necessitam de energia

INCORPORAÇÃO DE ENERGIA:
Fotossíntese e Quimiossíntese

LIBERAÇÃO DE ENERGIA:
Respiração e Fermentação
As células armazenam energia
    em moléculas de ATP
“Montagem” da glicose (armazena energia) a partir
  da LUZ CO2, H2O, liberando O2.
     LUZ,


CO2 + H2O                  C6H12O6 + O2

 ETAPA FOTOQUÍMICA ou FASE CLARA nos
                                CLARA:
 tilacóides (granum) (fotofosforilação – ATP
           fotólise da H O – NADPH e O )
                       2               2




 ETAPA QUÍMICA ou FASE ESCURA no estroma (ciclo
                        ESCURA:
 de Calvin – montagem da glicose)
Ocorre nos grana dos cloroplastos.
•A    fotossíntese   é    mais   eficiente nos
 comprimentos de onda em que a absorção da
 luz é maior    azul e vermelho.
Há absorção de luz.



 Há transformação de energia luminosa
em energia química, formando 2
compostos energéticos: ATP e NADPH2
Reações da fase luminosa:

     ADP + P      ATP

4 H2O + 2 NADP    2 NADPH2 + 2 H2O + O2
Fotólise da água: quebra da molécula de água em presença de luz

                 Luz

           2 H2O            4 H+ + 4 e- + O2
            Clorofila



      4 H+ + 2 NADP                   2 NADPH2


    Fotofosforilação: adição de fosfato em presença de luz


              ADP                        ATP
Fator interno limitante da ETAPA
FOTOQUÍMICA: quantidade de clorofila.
Ocorre na matriz (estroma) dos
cloroplastos.
Há a utilização dos produtos da fase
luminosa (ATP e NADPH2).

Absorção e fixação do CO2.


Formação de açúcar.
Reações da fase química:

CO2 + 2 NADPH2     C6H12O6 + H2O + 2 NADP

 Fator limitante da etapa química:
 quantidade de enzimas.
REAÇÕES QUÍMICAS:
         EQUAÇÃO GLOBAL

4 H2O + 2 NADP   2 NADPH2 + 2 H2O + O2


CO2 + 2 NADPH2   C6H12O6 + H2O + 2 NADP



12 H2O + 6 CO2     C6H12O6 + 6 H2O + 6 O2
Fase clara                         Fase escura
 LUZ                                     CO2


                            ATP
       FOTOFOSFORILAÇÃO              CICLO DE
H2O     FOTÓLISE DA ÁGUA   NADPH      CALVIN




               O2
                                      C6H12O6
FATORES EXTERNOS QUE LIMITAM
       A FOTOSSÍNTESE

 Luz

 CO2


Temperatura
INTENSIDADE LUMINOSA
CONCENTRAÇÃO DE CO2
TEMPERATURA

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Membrana plasmática (plasmalema)
Membrana plasmática (plasmalema)Membrana plasmática (plasmalema)
Membrana plasmática (plasmalema)
Nilderlânia Paulino Sampaio
 
Divisão Celular (Power Point)
Divisão Celular (Power Point)Divisão Celular (Power Point)
Divisão Celular (Power Point)
Bio
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Evolução celular
Evolução celularEvolução celular
Evolução celular
luam1969
 
Divisão celular mitose e meiose
Divisão celular  mitose e meioseDivisão celular  mitose e meiose
Divisão celular mitose e meiose
César Milani
 
Núcleo celular
Núcleo celularNúcleo celular
Núcleo celular
Silvana Sanches
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Monera
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino MoneraSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Monera
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Monera
Turma Olímpica
 
1ª aula biologia celular
1ª aula biologia celular1ª aula biologia celular
1ª aula biologia celular
Flávio Silva
 
Núcleo celular
Núcleo celularNúcleo celular
Núcleo celular
César Milani
 
Metabolismo Energético
Metabolismo EnergéticoMetabolismo Energético
Metabolismo Energético
Killer Max
 
Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vida
emanuel
 
I.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivosI.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivos
Rebeca Vale
 
Meiose
MeioseMeiose
Organização celular 2
Organização celular 2Organização celular 2
Organização celular 2
Silvana Sanches
 
Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)
Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)
Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)
Bio
 
Aula Introdução à Citologia
Aula Introdução à CitologiaAula Introdução à Citologia
Aula Introdução à Citologia
Thiago Manchester
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
Marcia Regina
 
Aula Classificação dos Seres Vivos
Aula Classificação dos Seres VivosAula Classificação dos Seres Vivos
Aula Classificação dos Seres Vivos
Plínio Gonçalves
 
ÁGUA E SAIS MINERAIS
ÁGUA E SAIS MINERAISÁGUA E SAIS MINERAIS
ÁGUA E SAIS MINERAIS
isabelalexandrapinto
 
Aula 1 origem e evolução das células
Aula 1   origem e evolução das célulasAula 1   origem e evolução das células
Aula 1 origem e evolução das células
Ed_Fis_2015
 

Mais procurados (20)

Membrana plasmática (plasmalema)
Membrana plasmática (plasmalema)Membrana plasmática (plasmalema)
Membrana plasmática (plasmalema)
 
Divisão Celular (Power Point)
Divisão Celular (Power Point)Divisão Celular (Power Point)
Divisão Celular (Power Point)
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
 
Evolução celular
Evolução celularEvolução celular
Evolução celular
 
Divisão celular mitose e meiose
Divisão celular  mitose e meioseDivisão celular  mitose e meiose
Divisão celular mitose e meiose
 
Núcleo celular
Núcleo celularNúcleo celular
Núcleo celular
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Monera
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino MoneraSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Monera
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Monera
 
1ª aula biologia celular
1ª aula biologia celular1ª aula biologia celular
1ª aula biologia celular
 
Núcleo celular
Núcleo celularNúcleo celular
Núcleo celular
 
Metabolismo Energético
Metabolismo EnergéticoMetabolismo Energético
Metabolismo Energético
 
Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vida
 
I.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivosI.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivos
 
Meiose
MeioseMeiose
Meiose
 
Organização celular 2
Organização celular 2Organização celular 2
Organização celular 2
 
Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)
Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)
Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)
 
Aula Introdução à Citologia
Aula Introdução à CitologiaAula Introdução à Citologia
Aula Introdução à Citologia
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 
Aula Classificação dos Seres Vivos
Aula Classificação dos Seres VivosAula Classificação dos Seres Vivos
Aula Classificação dos Seres Vivos
 
ÁGUA E SAIS MINERAIS
ÁGUA E SAIS MINERAISÁGUA E SAIS MINERAIS
ÁGUA E SAIS MINERAIS
 
Aula 1 origem e evolução das células
Aula 1   origem e evolução das célulasAula 1   origem e evolução das células
Aula 1 origem e evolução das células
 

Destaque

Os plastos
Os plastosOs plastos
Os plastos
Renato Gomes
 
Plastos
PlastosPlastos
Plastos ó Plastidios
Plastos ó PlastidiosPlastos ó Plastidios
Plastos ó Plastidios
El Rincón Del Gato
 
PLASTOS
PLASTOSPLASTOS
Fundamentos de Bioenergetica
Fundamentos de BioenergeticaFundamentos de Bioenergetica
Fundamentos de Bioenergetica
cynthiagiovanna
 
Bioenergética respiração, fermentação e fotossíntese
Bioenergética   respiração, fermentação e fotossínteseBioenergética   respiração, fermentação e fotossíntese
Bioenergética respiração, fermentação e fotossíntese
samilede
 
Plastos e mitocondrias 5 a
Plastos e mitocondrias 5 aPlastos e mitocondrias 5 a
Plastos e mitocondrias 5 a
César Milani
 
Aula Cloroplastos e Fotossíntese
Aula Cloroplastos e FotossínteseAula Cloroplastos e Fotossíntese
Aula Cloroplastos e Fotossíntese
Felipe Jeronimo
 
Cloroplastos y otro plastidios
Cloroplastos y otro plastidiosCloroplastos y otro plastidios
Cloroplastos y otro plastidios
sathycrlovehandel
 
Bioenergética: Fotossíntese e Quimiossíntese
Bioenergética: Fotossíntese e QuimiossínteseBioenergética: Fotossíntese e Quimiossíntese
Bioenergética: Fotossíntese e Quimiossíntese
Ubirajara Neves
 
Movimento Uniforme
Movimento UniformeMovimento Uniforme
Movimento Uniforme
Guilherme Machado
 
Movimento uniformemente variado
Movimento uniformemente variadoMovimento uniformemente variado
Movimento uniformemente variado
sotonji
 
Movimento uniforme
Movimento uniformeMovimento uniforme
Movimento uniforme
fisicaatual
 
Bioenergética
BioenergéticaBioenergética
Bioenergética
Felipe Riveroll Aguirre
 
Aula 1 velocidade média
Aula 1  velocidade médiaAula 1  velocidade média
Aula 1 velocidade média
Montenegro Física
 
Aula 2 - Bioenergetica - Fisiologia do exercício
Aula 2   - Bioenergetica - Fisiologia do exercícioAula 2   - Bioenergetica - Fisiologia do exercício
Aula 2 - Bioenergetica - Fisiologia do exercício
Felipe P Carpes - Universidade Federal do Pampa
 
plastos
plastosplastos
plastos
David Nieves
 

Destaque (17)

Os plastos
Os plastosOs plastos
Os plastos
 
Plastos
PlastosPlastos
Plastos
 
Plastos ó Plastidios
Plastos ó PlastidiosPlastos ó Plastidios
Plastos ó Plastidios
 
PLASTOS
PLASTOSPLASTOS
PLASTOS
 
Fundamentos de Bioenergetica
Fundamentos de BioenergeticaFundamentos de Bioenergetica
Fundamentos de Bioenergetica
 
Bioenergética respiração, fermentação e fotossíntese
Bioenergética   respiração, fermentação e fotossínteseBioenergética   respiração, fermentação e fotossíntese
Bioenergética respiração, fermentação e fotossíntese
 
Plastos e mitocondrias 5 a
Plastos e mitocondrias 5 aPlastos e mitocondrias 5 a
Plastos e mitocondrias 5 a
 
Aula Cloroplastos e Fotossíntese
Aula Cloroplastos e FotossínteseAula Cloroplastos e Fotossíntese
Aula Cloroplastos e Fotossíntese
 
Cloroplastos y otro plastidios
Cloroplastos y otro plastidiosCloroplastos y otro plastidios
Cloroplastos y otro plastidios
 
Bioenergética: Fotossíntese e Quimiossíntese
Bioenergética: Fotossíntese e QuimiossínteseBioenergética: Fotossíntese e Quimiossíntese
Bioenergética: Fotossíntese e Quimiossíntese
 
Movimento Uniforme
Movimento UniformeMovimento Uniforme
Movimento Uniforme
 
Movimento uniformemente variado
Movimento uniformemente variadoMovimento uniformemente variado
Movimento uniformemente variado
 
Movimento uniforme
Movimento uniformeMovimento uniforme
Movimento uniforme
 
Bioenergética
BioenergéticaBioenergética
Bioenergética
 
Aula 1 velocidade média
Aula 1  velocidade médiaAula 1  velocidade média
Aula 1 velocidade média
 
Aula 2 - Bioenergetica - Fisiologia do exercício
Aula 2   - Bioenergetica - Fisiologia do exercícioAula 2   - Bioenergetica - Fisiologia do exercício
Aula 2 - Bioenergetica - Fisiologia do exercício
 
plastos
plastosplastos
plastos
 

Semelhante a Plastos e fotossíntese

Fotossíntese bioquímica
Fotossíntese bioquímicaFotossíntese bioquímica
Fotossíntese bioquímica
Felipe De Oliveira Florêncio
 
Fotossintese
FotossinteseFotossintese
Fotossintese
Tulio Seraguci
 
fotossintese bio andreia
fotossintese bio andreiafotossintese bio andreia
fotossintese bio andreia
segundoanob
 
Fotossíntese
FotossínteseFotossíntese
Fotossíntese
César Milani
 
2S- Fotossíntese fatores limitantes out 2014
2S- Fotossíntese fatores limitantes out 20142S- Fotossíntese fatores limitantes out 2014
2S- Fotossíntese fatores limitantes out 2014
Ionara Urrutia Moura
 
Fotossintese[1]
Fotossintese[1]Fotossintese[1]
Fotossintese[1]
le_firmino
 
Fotossintese
FotossinteseFotossintese
Fotossintese
wagnermaximo
 
Fotossíntese - Prof Raphael
Fotossíntese - Prof RaphaelFotossíntese - Prof Raphael
Fotossíntese - Prof Raphael
guestadaf2f2
 
Fotossíntese
FotossínteseFotossíntese
Fotossíntese
Ana Curado
 
Fotossíntese
FotossínteseFotossíntese
Fotossíntese
Professora Raquel
 
Processos de obtenção de energia - Parte II
Processos de obtenção de energia - Parte IIProcessos de obtenção de energia - Parte II
Processos de obtenção de energia - Parte II
Larissa Yamazaki
 
Biosferaemfoco
BiosferaemfocoBiosferaemfoco
Biosferaemfoco
edu.biologia
 
Fotossintese e respiração celular
Fotossintese e respiração celularFotossintese e respiração celular
Fotossintese e respiração celular
gil junior
 
Fotossintese e respiração celular
Fotossintese e respiração celularFotossintese e respiração celular
Fotossintese e respiração celular
gil junior
 
Fotossíntese e quimiossíntese
Fotossíntese e quimiossínteseFotossíntese e quimiossíntese
Fotossíntese e quimiossíntese
Professora Raquel
 
Atp, fotossintese, fermentação e respiração
Atp, fotossintese, fermentação e respiraçãoAtp, fotossintese, fermentação e respiração
Atp, fotossintese, fermentação e respiração
marinadapieve
 
Metabolismos Energético
Metabolismos EnergéticoMetabolismos Energético
Metabolismos Energético
arvoredenoz
 
Fotossíntese atualizado
Fotossíntese atualizadoFotossíntese atualizado
Fotossíntese atualizado
MARCIAMP
 
Fotossintese
FotossinteseFotossintese
Fotossintese
Marcia Regina
 
Fotossíntese
FotossínteseFotossíntese
Fotossíntese
tiago.ufc
 

Semelhante a Plastos e fotossíntese (20)

Fotossíntese bioquímica
Fotossíntese bioquímicaFotossíntese bioquímica
Fotossíntese bioquímica
 
Fotossintese
FotossinteseFotossintese
Fotossintese
 
fotossintese bio andreia
fotossintese bio andreiafotossintese bio andreia
fotossintese bio andreia
 
Fotossíntese
FotossínteseFotossíntese
Fotossíntese
 
2S- Fotossíntese fatores limitantes out 2014
2S- Fotossíntese fatores limitantes out 20142S- Fotossíntese fatores limitantes out 2014
2S- Fotossíntese fatores limitantes out 2014
 
Fotossintese[1]
Fotossintese[1]Fotossintese[1]
Fotossintese[1]
 
Fotossintese
FotossinteseFotossintese
Fotossintese
 
Fotossíntese - Prof Raphael
Fotossíntese - Prof RaphaelFotossíntese - Prof Raphael
Fotossíntese - Prof Raphael
 
Fotossíntese
FotossínteseFotossíntese
Fotossíntese
 
Fotossíntese
FotossínteseFotossíntese
Fotossíntese
 
Processos de obtenção de energia - Parte II
Processos de obtenção de energia - Parte IIProcessos de obtenção de energia - Parte II
Processos de obtenção de energia - Parte II
 
Biosferaemfoco
BiosferaemfocoBiosferaemfoco
Biosferaemfoco
 
Fotossintese e respiração celular
Fotossintese e respiração celularFotossintese e respiração celular
Fotossintese e respiração celular
 
Fotossintese e respiração celular
Fotossintese e respiração celularFotossintese e respiração celular
Fotossintese e respiração celular
 
Fotossíntese e quimiossíntese
Fotossíntese e quimiossínteseFotossíntese e quimiossíntese
Fotossíntese e quimiossíntese
 
Atp, fotossintese, fermentação e respiração
Atp, fotossintese, fermentação e respiraçãoAtp, fotossintese, fermentação e respiração
Atp, fotossintese, fermentação e respiração
 
Metabolismos Energético
Metabolismos EnergéticoMetabolismos Energético
Metabolismos Energético
 
Fotossíntese atualizado
Fotossíntese atualizadoFotossíntese atualizado
Fotossíntese atualizado
 
Fotossintese
FotossinteseFotossintese
Fotossintese
 
Fotossíntese
FotossínteseFotossíntese
Fotossíntese
 

Mais de César Milani

ÁGUA E SAIS MINERAIS.pdf
ÁGUA E SAIS MINERAIS.pdfÁGUA E SAIS MINERAIS.pdf
ÁGUA E SAIS MINERAIS.pdf
César Milani
 
BIOTECNOLOGIA - APLICAÇÕES CONHECIMENT GENÉTICO.pdf
BIOTECNOLOGIA - APLICAÇÕES CONHECIMENT GENÉTICO.pdfBIOTECNOLOGIA - APLICAÇÕES CONHECIMENT GENÉTICO.pdf
BIOTECNOLOGIA - APLICAÇÕES CONHECIMENT GENÉTICO.pdf
César Milani
 
AUSENCIA DOM E GRUPOS SANG.pdf
AUSENCIA DOM E GRUPOS SANG.pdfAUSENCIA DOM E GRUPOS SANG.pdf
AUSENCIA DOM E GRUPOS SANG.pdf
César Milani
 
SISTEMA RESPIRATÓRIO.pdf
SISTEMA RESPIRATÓRIO.pdfSISTEMA RESPIRATÓRIO.pdf
SISTEMA RESPIRATÓRIO.pdf
César Milani
 
2a Lei de Mendel.pdf
2a Lei de Mendel.pdf2a Lei de Mendel.pdf
2a Lei de Mendel.pdf
César Milani
 
ÁCIDOS NUCLEICOS.pdf
ÁCIDOS NUCLEICOS.pdfÁCIDOS NUCLEICOS.pdf
ÁCIDOS NUCLEICOS.pdf
César Milani
 
ÁCIDOS NUCLÉICOS
ÁCIDOS NUCLÉICOSÁCIDOS NUCLÉICOS
ÁCIDOS NUCLÉICOS
César Milani
 
CÉLULAS TRONCO E EMBRIOLOGIA
CÉLULAS TRONCO E EMBRIOLOGIACÉLULAS TRONCO E EMBRIOLOGIA
CÉLULAS TRONCO E EMBRIOLOGIA
César Milani
 
AULÃO PAS - REVISÃO
AULÃO PAS - REVISÃOAULÃO PAS - REVISÃO
AULÃO PAS - REVISÃO
César Milani
 
Histologia humana epitelial e conjuntivo
Histologia humana   epitelial e conjuntivoHistologia humana   epitelial e conjuntivo
Histologia humana epitelial e conjuntivo
César Milani
 
Histologia humana - Tecido Epitelial
Histologia humana - Tecido Epitelial Histologia humana - Tecido Epitelial
Histologia humana - Tecido Epitelial
César Milani
 
Embriogênese - Tipos de ovos e segmentação
Embriogênese - Tipos de ovos e segmentaçãoEmbriogênese - Tipos de ovos e segmentação
Embriogênese - Tipos de ovos e segmentação
César Milani
 
Reprodução Animal
Reprodução AnimalReprodução Animal
Reprodução Animal
César Milani
 
Núcleo celular e Síntese de proteínas
Núcleo celular e Síntese de proteínasNúcleo celular e Síntese de proteínas
Núcleo celular e Síntese de proteínas
César Milani
 
Revestimentos e transporte atraves da membrana
Revestimentos e transporte atraves da membranaRevestimentos e transporte atraves da membrana
Revestimentos e transporte atraves da membrana
César Milani
 
POLIALELÍSMO - GRUPOS SANGUÍNEOS
POLIALELÍSMO - GRUPOS SANGUÍNEOSPOLIALELÍSMO - GRUPOS SANGUÍNEOS
POLIALELÍSMO - GRUPOS SANGUÍNEOS
César Milani
 
Roteiro estudos terceirão
Roteiro estudos terceirãoRoteiro estudos terceirão
Roteiro estudos terceirão
César Milani
 
SISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSOSISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSO
César Milani
 
Revestimentos celulares 3 a aula 6
Revestimentos celulares 3 a aula 6Revestimentos celulares 3 a aula 6
Revestimentos celulares 3 a aula 6
César Milani
 
ÁCIDOS NUCLEICOS-PARTE 1
ÁCIDOS NUCLEICOS-PARTE 1ÁCIDOS NUCLEICOS-PARTE 1
ÁCIDOS NUCLEICOS-PARTE 1
César Milani
 

Mais de César Milani (20)

ÁGUA E SAIS MINERAIS.pdf
ÁGUA E SAIS MINERAIS.pdfÁGUA E SAIS MINERAIS.pdf
ÁGUA E SAIS MINERAIS.pdf
 
BIOTECNOLOGIA - APLICAÇÕES CONHECIMENT GENÉTICO.pdf
BIOTECNOLOGIA - APLICAÇÕES CONHECIMENT GENÉTICO.pdfBIOTECNOLOGIA - APLICAÇÕES CONHECIMENT GENÉTICO.pdf
BIOTECNOLOGIA - APLICAÇÕES CONHECIMENT GENÉTICO.pdf
 
AUSENCIA DOM E GRUPOS SANG.pdf
AUSENCIA DOM E GRUPOS SANG.pdfAUSENCIA DOM E GRUPOS SANG.pdf
AUSENCIA DOM E GRUPOS SANG.pdf
 
SISTEMA RESPIRATÓRIO.pdf
SISTEMA RESPIRATÓRIO.pdfSISTEMA RESPIRATÓRIO.pdf
SISTEMA RESPIRATÓRIO.pdf
 
2a Lei de Mendel.pdf
2a Lei de Mendel.pdf2a Lei de Mendel.pdf
2a Lei de Mendel.pdf
 
ÁCIDOS NUCLEICOS.pdf
ÁCIDOS NUCLEICOS.pdfÁCIDOS NUCLEICOS.pdf
ÁCIDOS NUCLEICOS.pdf
 
ÁCIDOS NUCLÉICOS
ÁCIDOS NUCLÉICOSÁCIDOS NUCLÉICOS
ÁCIDOS NUCLÉICOS
 
CÉLULAS TRONCO E EMBRIOLOGIA
CÉLULAS TRONCO E EMBRIOLOGIACÉLULAS TRONCO E EMBRIOLOGIA
CÉLULAS TRONCO E EMBRIOLOGIA
 
AULÃO PAS - REVISÃO
AULÃO PAS - REVISÃOAULÃO PAS - REVISÃO
AULÃO PAS - REVISÃO
 
Histologia humana epitelial e conjuntivo
Histologia humana   epitelial e conjuntivoHistologia humana   epitelial e conjuntivo
Histologia humana epitelial e conjuntivo
 
Histologia humana - Tecido Epitelial
Histologia humana - Tecido Epitelial Histologia humana - Tecido Epitelial
Histologia humana - Tecido Epitelial
 
Embriogênese - Tipos de ovos e segmentação
Embriogênese - Tipos de ovos e segmentaçãoEmbriogênese - Tipos de ovos e segmentação
Embriogênese - Tipos de ovos e segmentação
 
Reprodução Animal
Reprodução AnimalReprodução Animal
Reprodução Animal
 
Núcleo celular e Síntese de proteínas
Núcleo celular e Síntese de proteínasNúcleo celular e Síntese de proteínas
Núcleo celular e Síntese de proteínas
 
Revestimentos e transporte atraves da membrana
Revestimentos e transporte atraves da membranaRevestimentos e transporte atraves da membrana
Revestimentos e transporte atraves da membrana
 
POLIALELÍSMO - GRUPOS SANGUÍNEOS
POLIALELÍSMO - GRUPOS SANGUÍNEOSPOLIALELÍSMO - GRUPOS SANGUÍNEOS
POLIALELÍSMO - GRUPOS SANGUÍNEOS
 
Roteiro estudos terceirão
Roteiro estudos terceirãoRoteiro estudos terceirão
Roteiro estudos terceirão
 
SISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSOSISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSO
 
Revestimentos celulares 3 a aula 6
Revestimentos celulares 3 a aula 6Revestimentos celulares 3 a aula 6
Revestimentos celulares 3 a aula 6
 
ÁCIDOS NUCLEICOS-PARTE 1
ÁCIDOS NUCLEICOS-PARTE 1ÁCIDOS NUCLEICOS-PARTE 1
ÁCIDOS NUCLEICOS-PARTE 1
 

Plastos e fotossíntese

  • 1. Plastos ou plastídeos (Metabolismo energético) Unidade 2 Pág:10
  • 2.
  • 3. Organelas exclusivas de plantas e algas; Podem variar de forma, tamanho e tipo de pigmento, que apresentam; Origina-se de uma células meristemáticas (jovem).
  • 4. Classificação dos Plastos: 1) Leucoplastos plastos incolores que Leucoplastos: armazenam substâncias de reserva energética. a- Amiloplastos, b- Proteoplastos, c- Oleoplastos
  • 5. 2) Cromoplastos plastos que apresentam Cromoplastos: pigmentos. a- Cloroplastos o mais importante pois realiza Cloroplastos: fotossíntese, contém clorofila; b- Eritroplastos: vermelho (algas, frutos e flores) c- Xantoplastos: amarelo (algas, frutos e flores) d- Feoplastos: marrom ( algas)
  • 6.
  • 7. Organela característica da célula vegetal. Função: Fotossíntese. Características: Organela independente pois apresenta DNA e ribossomos, apresentando capacidade de duplicação. Contém Clorofila pigmento responsável pela absorção de Energia Luminosa.
  • 8.
  • 9. A intensa cor verde da clorofila se deve a sua enorme capacidade de absorver a luz através das regiões azuis e vermelhas do espectro eletromagnético; é por conta destas absorções, a luz que ela reflete e transmite é o verde que percebemos. Conforme a quantidade de clorofila presente nas plantas diminui, as outras cores começam a aparecer. Este efeito torna-se bastante perceptível durante o outono, época do ano em que as folhas das árvores mudam de cor.
  • 10.
  • 11. Ser heterótrofo: ser que não produz seu próprio alimento. Ser autótrofo: ser que produz seu próprio alimento. São os vegetais.
  • 12. É o processo de CONVERSÃO de ENERGIA LUMINOSA em ENERGIA QUÍMICA. Equação geral: 12 H2O + 6 CO2 C6H12O6 + 6 H2O + 6 O2
  • 13. Parede Célula celular clorofilada Núcleo Folha Vacúolo Cloroplasto Esquema da Tilacóide molécula de Membrana externa clorofila Membrana interna Complexo antena Tilacóide DNA Cloroplasto Estroma Granum Granum Membrana do tilacóide
  • 14. Todos os SV necessitam de energia INCORPORAÇÃO DE ENERGIA: Fotossíntese e Quimiossíntese LIBERAÇÃO DE ENERGIA: Respiração e Fermentação
  • 15. As células armazenam energia em moléculas de ATP
  • 16. “Montagem” da glicose (armazena energia) a partir da LUZ CO2, H2O, liberando O2. LUZ, CO2 + H2O C6H12O6 + O2 ETAPA FOTOQUÍMICA ou FASE CLARA nos CLARA: tilacóides (granum) (fotofosforilação – ATP fotólise da H O – NADPH e O ) 2 2 ETAPA QUÍMICA ou FASE ESCURA no estroma (ciclo ESCURA: de Calvin – montagem da glicose)
  • 17. Ocorre nos grana dos cloroplastos.
  • 18. •A fotossíntese é mais eficiente nos comprimentos de onda em que a absorção da luz é maior azul e vermelho.
  • 19. Há absorção de luz. Há transformação de energia luminosa em energia química, formando 2 compostos energéticos: ATP e NADPH2
  • 20. Reações da fase luminosa: ADP + P ATP 4 H2O + 2 NADP 2 NADPH2 + 2 H2O + O2
  • 21. Fotólise da água: quebra da molécula de água em presença de luz Luz 2 H2O 4 H+ + 4 e- + O2 Clorofila 4 H+ + 2 NADP 2 NADPH2 Fotofosforilação: adição de fosfato em presença de luz ADP ATP
  • 22. Fator interno limitante da ETAPA FOTOQUÍMICA: quantidade de clorofila.
  • 23. Ocorre na matriz (estroma) dos cloroplastos.
  • 24. Há a utilização dos produtos da fase luminosa (ATP e NADPH2). Absorção e fixação do CO2. Formação de açúcar.
  • 25. Reações da fase química: CO2 + 2 NADPH2 C6H12O6 + H2O + 2 NADP Fator limitante da etapa química: quantidade de enzimas.
  • 26. REAÇÕES QUÍMICAS: EQUAÇÃO GLOBAL 4 H2O + 2 NADP 2 NADPH2 + 2 H2O + O2 CO2 + 2 NADPH2 C6H12O6 + H2O + 2 NADP 12 H2O + 6 CO2 C6H12O6 + 6 H2O + 6 O2
  • 27. Fase clara Fase escura LUZ CO2 ATP FOTOFOSFORILAÇÃO CICLO DE H2O FOTÓLISE DA ÁGUA NADPH CALVIN O2 C6H12O6
  • 28.
  • 29.
  • 30. FATORES EXTERNOS QUE LIMITAM A FOTOSSÍNTESE Luz CO2 Temperatura