SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
Baixar para ler offline
PLANEJAMENTO
(projeto de ensino-aprendizagem)
Celso Vasconcelos
Níveis de planejamento
Planejamento do sistema educacional
Planejamento escolar
Planejamento curricular
Projeto de ensino-aprendizagem
Projeto de Trabalho
Planejamento setorial
Projeto de Ensino-aprendizagem
• Plano Didático
• Sentido mais vivo e dinâmico
ao ser chamado de projeto
• Ensino + aprendizagem
(processo-produto)
• Concepção de Educação
Escolar
• Currículo e Conhecimento
Relação conhecimento-realidade
Tendências
1. Não-dialéticas
2. Dialéticas
Análise da realidade
1. Conhecimento dos sujeitos
2. Conhecimento do objeto do conhecimento
3. Conhecimento do contexto
Objetivos
• Habilidade de
dialogar, de
perscrutar o
mundo, descobrir-
lhe sentido e
devolver à
comunidade de
forma orgânica,
como um convite,
um desafio.
Conteúdos
• Conjunto de
conhecimentos,
hábitos e atitudes,
organizados
pedagógica e
didaticamente; são
um meio para a
concretização das
finalidades que o
educador tem ao
preparar o seu
curso, a partir da
realidade.
Metodologia
• Explicitação do
caminho geral
(como) que o
professor pretende
seguir no
desenvolvimento
da disciplina/área.
Avaliação Recursos
• Informar alunos,
professores e
comunidade em
que direção o
desenvolvimento
do aluno e do
processo de
ensino-
aprendizagem está
se realizando
• Meios materiais
que utilizamos
para orientar a
aprendizagem dos
alunos, que vão
construir o
conhecimento a
partir do contato,
da interação com a
realidade.
Plano de Aula
• Orientação para o “quefazer” cotidiano
• Uma necessidade do professor
• Possui elementos indispensáveis para seu
alcance
• Faz parte do plano de curso, dentro do projeto
de ensino-aprendizagem
ELEMENTOS
• Assunto:
Indicação da temática a ser trabalhada em sala
de aula
ELEMENTOS
• Necessidade:
Explicitação das necessidades dos grupo e
que justificam a proposta de ensino
ELEMENTOS
• Objetivo:
Escolha do objetivo específico do ensino
daquele assunto (o que eu quero mesmo
com esse trabalho?)
ELEMENTOS
• Conteúdo:
Explicitação do que vai ser trabalhado na
sala de aula, nesta aula.
ELEMENTOS
• Metodologia:
Explicitação dos procedimentos de ensino,
técnicas, estratégias a serem utilizadas no
desenvolvimento deste assunto; é o caminho
concreto a ser trilhado.
ELEMENTOS
• Tempo:
Explicitação do tempo que vai ser
empregado na realização dessa aula
ELEMENTOS
• Recursos:
Materiais que serão utilizados, pensados e
escolhidos previamente.
ELEMENTOS
• Avaliação:
Como e em qual atividade será avaliada a
compreensão do aluno adquirida naquela
aula.
ELEMENTOS
• Tarefa:
Será realizada fora da sala de aula e
aprofundam os conhecimentos
adquiridos.
MODELOS
NOSSO MODELO

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Plano de Aula e elementos para um bom plano

Ped 8 1-coordenação pedagógica-aula 8-un 8-rev3_retomando
Ped 8 1-coordenação pedagógica-aula 8-un 8-rev3_retomandoPed 8 1-coordenação pedagógica-aula 8-un 8-rev3_retomando
Ped 8 1-coordenação pedagógica-aula 8-un 8-rev3_retomandoSimone Mendes Dos Santos
 
Planejamento e execução do currículo
Planejamento e execução do currículoPlanejamento e execução do currículo
Planejamento e execução do currículoThiago Cellin Duarte
 
S8-Slides Webconferencia didática Univesp.pdf
S8-Slides Webconferencia didática Univesp.pdfS8-Slides Webconferencia didática Univesp.pdf
S8-Slides Webconferencia didática Univesp.pdfVanessaViana64
 
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de PiratubaOrientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de PiratubaClaudia Jung
 
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de PiratubaOrientações para projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de PiratubaClaudia Jung
 
Planejamento e trabalho docente
Planejamento e  trabalho docentePlanejamento e  trabalho docente
Planejamento e trabalho docenteifbauab
 
Buscando significado didatica_pos_suzana_gomes
Buscando significado didatica_pos_suzana_gomesBuscando significado didatica_pos_suzana_gomes
Buscando significado didatica_pos_suzana_gomesRadar Ufmg
 
Referências Pedagógico-didáticas para a Geografia escolar
Referências Pedagógico-didáticas para a Geografia escolarReferências Pedagógico-didáticas para a Geografia escolar
Referências Pedagógico-didáticas para a Geografia escolarMauricio Câmara
 
04 -PROCESSO DE ENSINO.pptx História da administração
04 -PROCESSO DE ENSINO.pptx História da administração04 -PROCESSO DE ENSINO.pptx História da administração
04 -PROCESSO DE ENSINO.pptx História da administraçãoJeanSousa55
 
Como fazer boas sequencias didáticas
Como fazer boas sequencias didáticasComo fazer boas sequencias didáticas
Como fazer boas sequencias didáticasMarco Marquinhos
 
Apresentação inicial agosto
Apresentação inicial agostoApresentação inicial agosto
Apresentação inicial agostoElvira Aliceda
 
Pedagogia crítico social dos conteúdos
Pedagogia crítico social dos conteúdosPedagogia crítico social dos conteúdos
Pedagogia crítico social dos conteúdosDelziene Jesus
 
plano_trabalho_docente_.pptx
plano_trabalho_docente_.pptxplano_trabalho_docente_.pptx
plano_trabalho_docente_.pptxCrisFernandes45
 

Semelhante a Plano de Aula e elementos para um bom plano (20)

Ped 8 1-coordenação pedagógica-aula 8-un 8-rev3_retomando
Ped 8 1-coordenação pedagógica-aula 8-un 8-rev3_retomandoPed 8 1-coordenação pedagógica-aula 8-un 8-rev3_retomando
Ped 8 1-coordenação pedagógica-aula 8-un 8-rev3_retomando
 
Planejamento e execução do currículo
Planejamento e execução do currículoPlanejamento e execução do currículo
Planejamento e execução do currículo
 
S8-Slides Webconferencia didática Univesp.pdf
S8-Slides Webconferencia didática Univesp.pdfS8-Slides Webconferencia didática Univesp.pdf
S8-Slides Webconferencia didática Univesp.pdf
 
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de PiratubaOrientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
 
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de PiratubaOrientações para projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
 
Planejamento e trabalho docente
Planejamento e  trabalho docentePlanejamento e  trabalho docente
Planejamento e trabalho docente
 
Projetos
ProjetosProjetos
Projetos
 
Didã¡tica iii
Didã¡tica iiiDidã¡tica iii
Didã¡tica iii
 
Introdução a Pedagogia
Introdução a PedagogiaIntrodução a Pedagogia
Introdução a Pedagogia
 
Vasconcellos
VasconcellosVasconcellos
Vasconcellos
 
Buscando significado didatica_pos_suzana_gomes
Buscando significado didatica_pos_suzana_gomesBuscando significado didatica_pos_suzana_gomes
Buscando significado didatica_pos_suzana_gomes
 
3 formação pnaic
3 formação pnaic3 formação pnaic
3 formação pnaic
 
Aula 09
Aula 09Aula 09
Aula 09
 
21 pdca
21 pdca21 pdca
21 pdca
 
Referências Pedagógico-didáticas para a Geografia escolar
Referências Pedagógico-didáticas para a Geografia escolarReferências Pedagógico-didáticas para a Geografia escolar
Referências Pedagógico-didáticas para a Geografia escolar
 
04 -PROCESSO DE ENSINO.pptx História da administração
04 -PROCESSO DE ENSINO.pptx História da administração04 -PROCESSO DE ENSINO.pptx História da administração
04 -PROCESSO DE ENSINO.pptx História da administração
 
Como fazer boas sequencias didáticas
Como fazer boas sequencias didáticasComo fazer boas sequencias didáticas
Como fazer boas sequencias didáticas
 
Apresentação inicial agosto
Apresentação inicial agostoApresentação inicial agosto
Apresentação inicial agosto
 
Pedagogia crítico social dos conteúdos
Pedagogia crítico social dos conteúdosPedagogia crítico social dos conteúdos
Pedagogia crítico social dos conteúdos
 
plano_trabalho_docente_.pptx
plano_trabalho_docente_.pptxplano_trabalho_docente_.pptx
plano_trabalho_docente_.pptx
 

Mais de Rosyane Dutra

complementar - a relação pedagógica.pdf
complementar - a relação pedagógica.pdfcomplementar - a relação pedagógica.pdf
complementar - a relação pedagógica.pdfRosyane Dutra
 
complementar - taxionomia de bloom.pdf
complementar - taxionomia de bloom.pdfcomplementar - taxionomia de bloom.pdf
complementar - taxionomia de bloom.pdfRosyane Dutra
 
complementar - quadro_das_concepcoess_pedagogicas.pdf
complementar - quadro_das_concepcoess_pedagogicas.pdfcomplementar - quadro_das_concepcoess_pedagogicas.pdf
complementar - quadro_das_concepcoess_pedagogicas.pdfRosyane Dutra
 
Proposta roteirodeaula
Proposta roteirodeaulaProposta roteirodeaula
Proposta roteirodeaulaRosyane Dutra
 
Manual de selecao 2012
Manual de selecao 2012Manual de selecao 2012
Manual de selecao 2012Rosyane Dutra
 
2.1 curriculo educacao_infantil_zilma_moraes
2.1 curriculo educacao_infantil_zilma_moraes2.1 curriculo educacao_infantil_zilma_moraes
2.1 curriculo educacao_infantil_zilma_moraesRosyane Dutra
 
2.1 curriculo educacao_infantil_zilma_moraes
2.1 curriculo educacao_infantil_zilma_moraes2.1 curriculo educacao_infantil_zilma_moraes
2.1 curriculo educacao_infantil_zilma_moraesRosyane Dutra
 
Discurso sobre o espirito positivo
Discurso sobre o espirito positivoDiscurso sobre o espirito positivo
Discurso sobre o espirito positivoRosyane Dutra
 
I seminário da disciplina estado e política educacional
I seminário da disciplina estado e política educacionalI seminário da disciplina estado e política educacional
I seminário da disciplina estado e política educacionalRosyane Dutra
 
Avaliação para conselho
Avaliação para conselhoAvaliação para conselho
Avaliação para conselhoRosyane Dutra
 
Mapa conceitual durkheim
Mapa conceitual durkheimMapa conceitual durkheim
Mapa conceitual durkheimRosyane Dutra
 
Formação de professores na escola capitalista
Formação de professores na escola capitalistaFormação de professores na escola capitalista
Formação de professores na escola capitalistaRosyane Dutra
 

Mais de Rosyane Dutra (19)

complementar - a relação pedagógica.pdf
complementar - a relação pedagógica.pdfcomplementar - a relação pedagógica.pdf
complementar - a relação pedagógica.pdf
 
complementar - taxionomia de bloom.pdf
complementar - taxionomia de bloom.pdfcomplementar - taxionomia de bloom.pdf
complementar - taxionomia de bloom.pdf
 
complementar - quadro_das_concepcoess_pedagogicas.pdf
complementar - quadro_das_concepcoess_pedagogicas.pdfcomplementar - quadro_das_concepcoess_pedagogicas.pdf
complementar - quadro_das_concepcoess_pedagogicas.pdf
 
Proposta roteirodeaula
Proposta roteirodeaulaProposta roteirodeaula
Proposta roteirodeaula
 
Manual de selecao 2012
Manual de selecao 2012Manual de selecao 2012
Manual de selecao 2012
 
Artigoparajornal
ArtigoparajornalArtigoparajornal
Artigoparajornal
 
Identidade
IdentidadeIdentidade
Identidade
 
2.1 curriculo educacao_infantil_zilma_moraes
2.1 curriculo educacao_infantil_zilma_moraes2.1 curriculo educacao_infantil_zilma_moraes
2.1 curriculo educacao_infantil_zilma_moraes
 
Carnaval
CarnavalCarnaval
Carnaval
 
Palavras magicas
Palavras magicasPalavras magicas
Palavras magicas
 
Contos
ContosContos
Contos
 
Situações
SituaçõesSituações
Situações
 
2.1 curriculo educacao_infantil_zilma_moraes
2.1 curriculo educacao_infantil_zilma_moraes2.1 curriculo educacao_infantil_zilma_moraes
2.1 curriculo educacao_infantil_zilma_moraes
 
Slides gt
Slides gtSlides gt
Slides gt
 
Discurso sobre o espirito positivo
Discurso sobre o espirito positivoDiscurso sobre o espirito positivo
Discurso sobre o espirito positivo
 
I seminário da disciplina estado e política educacional
I seminário da disciplina estado e política educacionalI seminário da disciplina estado e política educacional
I seminário da disciplina estado e política educacional
 
Avaliação para conselho
Avaliação para conselhoAvaliação para conselho
Avaliação para conselho
 
Mapa conceitual durkheim
Mapa conceitual durkheimMapa conceitual durkheim
Mapa conceitual durkheim
 
Formação de professores na escola capitalista
Formação de professores na escola capitalistaFormação de professores na escola capitalista
Formação de professores na escola capitalista
 

Último

Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoprofleticiasantosbio
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 

Último (20)

Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 

Plano de Aula e elementos para um bom plano

Notas do Editor

  1. Anotações do apresentador: Qual é o propósito de compartilhar esta reflexão? É o final de uma unidade ou o projeto? Você está compartilhando essa reflexão, na realização de uma meta de aprendizagem que você definiu para si mesmo? É o final de um curso? Declare seu objetivo com a reflexão ou até mesmo a finalidade da experiência de aprendizagem ou meta de aprendizagem. Seja claro e específicos ao declarar a sua finalidade.
  2. Anotações do apresentador: Descrição do que aprendeu com suas próprias palavras de um lado. Inclui informações sobre o tópico Detalhes sobre o tópico também serão úteis aqui. Conte a história da sua experiência de aprendizagem. Como qualquer história, deve sempre ter um início, meio e fim. Por outro lado, adicione um gráfico que forneça uma evidência do que você aprendeu. Fique à vontade para usar mais de um slide para refletir sobre o processo. Adicionar alguns vídeos também ajuda no seu processo.
  3. Anotações do apresentador: O que você achava no começo? Quais obstáculos você encontrou ao longo do caminho? Como você superou esses obstáculos? Quais Imagens você adicionar para dar suporte ao processo? O SmartArt permite que você adicione imagens e texto para ajudar a descrever o processo. Se for uma imagem vale mais que mil palavras, imagens e palavras o ajudarão a comunicar essa reflexão sobre a aprendizagem perfeitamente! Basta clicar em Inserir>SmartArt para alterar esse gráfico ou selecione o gráfico e clique no menu contextual de Design para alterar as cores. Fique à vontade para usar mais de um slide para refletir sobre o processo. Adicionar alguns vídeos também ajuda no seu processo.
  4. Anotações do apresentador: O que foi importante nesta experiência de aprendizagem? Como isso é relevante para o curso, você mesmo, a sociedade ou comunidade? Por que isso é importante? O SmartArt permite que você adicione imagens e texto para ajudar a descrever o processo. Se for uma imagem vale mais que mil palavras, imagens e palavras o ajudarão a comunicar essa reflexão sobre a aprendizagem perfeitamente! Basta clicar em Inserir>SmartArt para alterar esse gráfico ou selecione o gráfico e clique no menu contextual de Design para alterar as cores.
  5. Anotações do apresentador: Quais etapas você fará como resultado dessa experiência de aprendizagem? Você aprendeu a partir de experiências que falharam? Como você fará as coisas de um modo diferente? Qual conselho você daria para outras pessoas para que elas aprendam com sua experiência? Como você pode compartilhar o que aprendeu com um público real? Alguns exemplos para as próximas etapas podem ser: Depois de fazer minha primeira apresentação persuasiva, eu estou pensando em entrar em uma equipe de debate. Depois de fazer meu primeiro filme, estou considerando inseri-lo no festival da filme de escola ou no festival de filme local. Depois de me conectar com este especialista em carreira, eu gostaria de fazer uma pesquisa neste campo profissional porque isso me parece interessante. O SmartArt permite que você adicione imagens e texto para ajudar a descrever o processo. Se for uma imagem vale mais que mil palavras, imagens e palavras o ajudarão a comunicar essa reflexão sobre a aprendizagem perfeitamente! Basta clicar em Inserir>SmartArt para alterar esse gráfico ou selecione o gráfico e clique no menu contextual de Design para alterar as cores. Fique à vontade para usar mais de um slide para compartilhar as próximas etapas. Adicionar algum conteúdo de vídeo também ajudará a explicar sua mensagem.