SlideShare uma empresa Scribd logo
DOENÇA DE PARKINSON
 É uma doença neurológica, que afeta os
movimentos da pessoa. Causa tremores, lentidão
de movimentos, rigidez muscular, desequilíbrio
além de alterações na fala e na escrita.
Parkinson
OS FATORES QUE PODEM DESENCADEAR A SÍNDROME
PARKINSONIANA OU PARKINSONISMO, SÃO:
 Uso exagerado e contínuo de medicamentos;
 Trauma craniano repetitivo;
 Isquemia cerebral;
 Frequentar ambientes tóxicos.
SINAIS E SINTOMAS
SINAIS E SINTOMAS
 Bradicinésia;
 Rigidez
SINAIS E SINTOMAS
 Tremor;
 Instabilidade postural
 Transtorno do fluxo salivar;
 Dificuldade na execução de tarefas motoras finas;
 Expressão facial;
 Escrita.
SINAIS E SINTOMAS
 Marcha;
 Alterações posturais;
 Distonia;
 Disartria;
TRATAMENTO
 O tratamento medicamentoso é feito à base de
drogas neuroprotetoras que visam a evitar a
diminuição progressiva de dopamina.
TRATAMENTO
 A Estimulação profunda do cérebro (DBS) é um
procedimento cirúrgico que pode ajudar pacientes
com a doença;
 A DBS usa um dispositivo semelhante a um marca-
passo para fornecer estimulação elétrica a regiões
precisamente almejadas dentro do cérebro.
UM SISTEMA DE DBS CONSISTE DE TRÊS
COMPONENTES IMPLANTADOS:
 1: Eletrodo – É instalado na parte do cérebro onde
ocorre o problema;
 2: Neurotransmissor – É uma bateria implantada
geralmente no ombro que libera impulsos elétricos
rumo ao cérebro;
 3: Cabo conector – Faz a conexão dos Eletrodos
com o Neurotransmissor.
Parkinson
CUIDADOS ESPECIAIS
CUIDADOS ESPECIAIS
 Todo idoso precisa de alguns cuidados, porém,
quando este se encontra nas condições do
Parkinson carece de uma assistência um pouco
mais específica e meticulosa.
ESTIMULAR E FACILITAR A MOTILIDADE
 Manter o ambiente livre de empecilhos que possam
dificultar a deambulação;
 Orientar quanto à importância da fisioterapia
adequada.
ESTIMULAR E FACILITAR A MOTILIDADE
 Explicar que banhos mornos e massagens podem
aliviar os espasmos que acompanham a rigidez
muscular.
 Ouvir atentamente as angústias, os sentimentos de
rejeição, solidão ou outras queixas, auxiliando o
paciente a encontrar novas formas de ver as
situações vivenciadas.
 Dar atenção às angústias dos familiares,
auxiliando-os na busca de soluções aos possíveis
problemas encontrados.
NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO ADEQUADA
 Orienta-se que sejam evitados alimentos ricos em
vitamina B6, como carne de porco, fígado, bananas
e gema de ovo;
 Estimular a ingestão de fibras e água.
DEMAIS ORIENTAÇÕES
 Orientar quanto ao descanso entre uma atividade e
uma atividade e outra, porém, não recomendar o
sono durante o dia;
 Orientar e auxiliar no uso dos medicamentos
sempre observando quaisquer alterações.
 Estimular a realização de exercícios físicos, o lazer
e o convívio social
O idoso com Parkinson pode levar uma vida normal, com
algumas limitações, é claro, mas se cuidado da maneira correta,
pode aproveitar o melhor dela. É papel da enfermagem, do
cuidador e, principalmente da família, lembrá-lo disso. Estimulá-
lo a socializar com novas pessoas e a realizar suas atividades
cotidianas sozinho mostra que ele ainda pode viver bem. A
atenção dispensada a ele afasta a angústia e a depressão.
Cuidar de idosos, independente se ele tem alguma
patologia ou não, e seja esta qual for, exige atenção, paciência,
carinho e principalmente amor.
Parkinson
BIBLIOGRAFIA
TRATAMENTO
 http://www.einstein.br/einstein-saude/em-dia-com-
a-saude/paginas/cirurgia-reduz-sintomas-de-
parkinson.aspx
 http://drauziovarella.com.br/envelhecimento/doenca
-de-parkinson/
 http://noticias.r7.com/videos/conheca-os-sintomas-
e-tratamento-do-mal-de-
parkinson/idmedia/4e5e9809fc9ba6ca5f4e66ba.ht
ml
TRATAMENTO
 http://www2.uol.com.br/sciam/reportagens/estimula
cao_cerebral_profunda_realidade_por_tras_da_ficc
ao.html
 http://centromedicoathenas.com.br/detalhe-das-
noticias-do-centro-medico-
athenas.asp?cod_noticia=26&titulo=materia-da-
revista-Epoca-sobre-Estimulacao-Magnetica-
Transcraniana-na-neurologia-e-psiquiatria.-Avanco-
disponivel-na-Clinica-Higashi-Rio-de-Janeiro-e-
Londrina
 http://www.medtronicbrasil.com.br/your-
health/parkinsons-disease/device/what-is-
it/index.htm
 http://www2.uol.com.br/sciam/reportagens/estimula
cao_cerebral_profunda_realidade_por_tras_da_ficc
ao.html
 http://revistapesquisa.fapesp.br/2011/05/24/a-
fraqueza-das-c%C3%A9lulas-tronco/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Teorias do Envelhecimento
Teorias do EnvelhecimentoTeorias do Envelhecimento
Teorias do Envelhecimento
Anabelazita
 
Mal de Parkinson(fisiopatologia)
Mal de Parkinson(fisiopatologia)Mal de Parkinson(fisiopatologia)
Mal de Parkinson(fisiopatologia)
Vinicius Monteirobarreto
 
Seminario neuro mal de parkinson
Seminario neuro   mal de parkinsonSeminario neuro   mal de parkinson
Seminario neuro mal de parkinson
Hannah Dantas
 
Doença de parkinson
Doença de parkinsonDoença de parkinson
Doença de parkinson
migascouto
 
Doença de Alzheimer
Doença de AlzheimerDoença de Alzheimer
Doença de Alzheimer
Aroldo Gavioli
 
DoençaParkinson
DoençaParkinsonDoençaParkinson
DoençaParkinson
guest5fca39
 
Enfermagem em Geriatria Saúde do Idoso
Enfermagem em Geriatria   Saúde do IdosoEnfermagem em Geriatria   Saúde do Idoso
Enfermagem em Geriatria Saúde do Idoso
Maria Dias
 
Epilepsia
EpilepsiaEpilepsia
Epilepsia
Hamilton Lima
 
Politicas públicas e Direitos dos Idosos
Politicas públicas e Direitos dos IdososPoliticas públicas e Direitos dos Idosos
Politicas públicas e Direitos dos Idosos
Dany Romeira
 
Teorias Biologicas Do Envelhecimento
Teorias Biologicas Do EnvelhecimentoTeorias Biologicas Do Envelhecimento
Teorias Biologicas Do Envelhecimento
agemais
 
Aula saude do idoso
Aula saude do idosoAula saude do idoso
Aula saude do idoso
morgausesp
 
Doença de Alzheimer
Doença de AlzheimerDoença de Alzheimer
Doença de Alzheimer
Welisson Porto
 
Apresentação saude do idoso coletiva
Apresentação saude do idoso coletivaApresentação saude do idoso coletiva
Apresentação saude do idoso coletiva
Carla Couto
 
Doenças Neurológicas
Doenças NeurológicasDoenças Neurológicas
Doenças Neurológicas
Fábio Simões
 
O CORAÇÃO DO IDOSO
O CORAÇÃO DO IDOSOO CORAÇÃO DO IDOSO
O CORAÇÃO DO IDOSO
Márcio Borges
 
Aula residência ave avc
Aula residência ave avcAula residência ave avc
Aula residência ave avc
Inaiara Bragante
 
Doença de parkinson
Doença de parkinsonDoença de parkinson
Doença de parkinson
CaioUrsine
 
Atenção à Saúde do Idoso
Atenção à Saúde do Idoso Atenção à Saúde do Idoso
Transtornos do pensamento: esquizofrenia
Transtornos do pensamento: esquizofreniaTranstornos do pensamento: esquizofrenia
Transtornos do pensamento: esquizofrenia
Aroldo Gavioli
 
Causas e consequências de quedas de idosos
Causas e consequências de  quedas de idososCausas e consequências de  quedas de idosos
Causas e consequências de quedas de idosos
Nome Sobrenome
 

Mais procurados (20)

Teorias do Envelhecimento
Teorias do EnvelhecimentoTeorias do Envelhecimento
Teorias do Envelhecimento
 
Mal de Parkinson(fisiopatologia)
Mal de Parkinson(fisiopatologia)Mal de Parkinson(fisiopatologia)
Mal de Parkinson(fisiopatologia)
 
Seminario neuro mal de parkinson
Seminario neuro   mal de parkinsonSeminario neuro   mal de parkinson
Seminario neuro mal de parkinson
 
Doença de parkinson
Doença de parkinsonDoença de parkinson
Doença de parkinson
 
Doença de Alzheimer
Doença de AlzheimerDoença de Alzheimer
Doença de Alzheimer
 
DoençaParkinson
DoençaParkinsonDoençaParkinson
DoençaParkinson
 
Enfermagem em Geriatria Saúde do Idoso
Enfermagem em Geriatria   Saúde do IdosoEnfermagem em Geriatria   Saúde do Idoso
Enfermagem em Geriatria Saúde do Idoso
 
Epilepsia
EpilepsiaEpilepsia
Epilepsia
 
Politicas públicas e Direitos dos Idosos
Politicas públicas e Direitos dos IdososPoliticas públicas e Direitos dos Idosos
Politicas públicas e Direitos dos Idosos
 
Teorias Biologicas Do Envelhecimento
Teorias Biologicas Do EnvelhecimentoTeorias Biologicas Do Envelhecimento
Teorias Biologicas Do Envelhecimento
 
Aula saude do idoso
Aula saude do idosoAula saude do idoso
Aula saude do idoso
 
Doença de Alzheimer
Doença de AlzheimerDoença de Alzheimer
Doença de Alzheimer
 
Apresentação saude do idoso coletiva
Apresentação saude do idoso coletivaApresentação saude do idoso coletiva
Apresentação saude do idoso coletiva
 
Doenças Neurológicas
Doenças NeurológicasDoenças Neurológicas
Doenças Neurológicas
 
O CORAÇÃO DO IDOSO
O CORAÇÃO DO IDOSOO CORAÇÃO DO IDOSO
O CORAÇÃO DO IDOSO
 
Aula residência ave avc
Aula residência ave avcAula residência ave avc
Aula residência ave avc
 
Doença de parkinson
Doença de parkinsonDoença de parkinson
Doença de parkinson
 
Atenção à Saúde do Idoso
Atenção à Saúde do Idoso Atenção à Saúde do Idoso
Atenção à Saúde do Idoso
 
Transtornos do pensamento: esquizofrenia
Transtornos do pensamento: esquizofreniaTranstornos do pensamento: esquizofrenia
Transtornos do pensamento: esquizofrenia
 
Causas e consequências de quedas de idosos
Causas e consequências de  quedas de idososCausas e consequências de  quedas de idosos
Causas e consequências de quedas de idosos
 

Semelhante a Parkinson

Parkinson
ParkinsonParkinson
EMcontros: Papel do Enfermeiro na Esclerose Multipla
EMcontros: Papel do Enfermeiro na Esclerose MultiplaEMcontros: Papel do Enfermeiro na Esclerose Multipla
EMcontros: Papel do Enfermeiro na Esclerose Multipla
SPEM - Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla
 
Mal de parkinson
Mal de parkinsonMal de parkinson
Mal de parkinson
simonevilas
 
Parkinson Hoje: Como reconhecer os sinais iniciais do Parkinson
Parkinson Hoje: Como reconhecer os sinais iniciais do ParkinsonParkinson Hoje: Como reconhecer os sinais iniciais do Parkinson
Parkinson Hoje: Como reconhecer os sinais iniciais do Parkinson
Parkinson Hoje
 
Erich Fonoff: Como reconhecer os 10 sinais iniciais da doença de Parkinson
Erich Fonoff: Como reconhecer os 10 sinais iniciais da doença de ParkinsonErich Fonoff: Como reconhecer os 10 sinais iniciais da doença de Parkinson
Erich Fonoff: Como reconhecer os 10 sinais iniciais da doença de Parkinson
Erich Fonoff
 
VISÃO DO ESPECIALISTA BACLOFENO
VISÃO DO ESPECIALISTA BACLOFENOVISÃO DO ESPECIALISTA BACLOFENO
VISÃO DO ESPECIALISTA BACLOFENO
uniaoquimica
 
Alterações do funcionamento do sistema nervoso
Alterações do funcionamento do sistema nervosoAlterações do funcionamento do sistema nervoso
Alterações do funcionamento do sistema nervoso
Pedro Alves
 
53.julho 2013 revista
53.julho 2013 revista53.julho 2013 revista
53.julho 2013 revista
Posiatividade Brasília
 
53.julho 2013 revista
53.julho 2013 revista53.julho 2013 revista
53.julho 2013 revista
Posiatividade Brasília
 
53.julho 2013 revista
53.julho 2013 revista53.julho 2013 revista
53.julho 2013 revista
Posiatividade Brasília
 
Os usos e limites da psicofarmacologia e o paciente em análise
Os usos e limites da psicofarmacologia e o paciente em análiseOs usos e limites da psicofarmacologia e o paciente em análise
Os usos e limites da psicofarmacologia e o paciente em análise
Miriam Gorender
 
Revisão sobre paralisia cerebral ataxia
Revisão sobre paralisia cerebral  ataxiaRevisão sobre paralisia cerebral  ataxia
Revisão sobre paralisia cerebral ataxia
Fisioterapeuta
 
Alzheimer e parkinson
Alzheimer e parkinsonAlzheimer e parkinson
Alzheimer e parkinson
Yasmin Alves
 
Saude do Idoso - Alzheimer e parkinson
Saude do Idoso - Alzheimer e parkinsonSaude do Idoso - Alzheimer e parkinson
Saude do Idoso - Alzheimer e parkinson
Fausto Barros
 
AULA 12 - DOENÇA DE PARKINSON - Enfermagem Médica.pptx
AULA 12 - DOENÇA DE PARKINSON - Enfermagem Médica.pptxAULA 12 - DOENÇA DE PARKINSON - Enfermagem Médica.pptx
AULA 12 - DOENÇA DE PARKINSON - Enfermagem Médica.pptx
JoaoLucasSilva9
 
Depressão palestra uniplac
Depressão   palestra uniplacDepressão   palestra uniplac
Depressão palestra uniplac
eduardo guagliardi
 
Paralisia cerebral atetóide - Revisão
Paralisia cerebral atetóide - RevisãoParalisia cerebral atetóide - Revisão
Paralisia cerebral atetóide - Revisão
Fisioterapeuta
 
EQUIPE 3.pptx
EQUIPE 3.pptxEQUIPE 3.pptx
EQUIPE 3.pptx
LuanaFernandes179873
 
Fundamentos de Enfermagem Farmacologia
Fundamentos de Enfermagem FarmacologiaFundamentos de Enfermagem Farmacologia
Fundamentos de Enfermagem Farmacologia
Felipe Santos
 
391734621-Doenca-de-Parkinson-apresentacao-PPT-baseado-no-livro-de-geriatria....
391734621-Doenca-de-Parkinson-apresentacao-PPT-baseado-no-livro-de-geriatria....391734621-Doenca-de-Parkinson-apresentacao-PPT-baseado-no-livro-de-geriatria....
391734621-Doenca-de-Parkinson-apresentacao-PPT-baseado-no-livro-de-geriatria....
Josivane Marques
 

Semelhante a Parkinson (20)

Parkinson
ParkinsonParkinson
Parkinson
 
EMcontros: Papel do Enfermeiro na Esclerose Multipla
EMcontros: Papel do Enfermeiro na Esclerose MultiplaEMcontros: Papel do Enfermeiro na Esclerose Multipla
EMcontros: Papel do Enfermeiro na Esclerose Multipla
 
Mal de parkinson
Mal de parkinsonMal de parkinson
Mal de parkinson
 
Parkinson Hoje: Como reconhecer os sinais iniciais do Parkinson
Parkinson Hoje: Como reconhecer os sinais iniciais do ParkinsonParkinson Hoje: Como reconhecer os sinais iniciais do Parkinson
Parkinson Hoje: Como reconhecer os sinais iniciais do Parkinson
 
Erich Fonoff: Como reconhecer os 10 sinais iniciais da doença de Parkinson
Erich Fonoff: Como reconhecer os 10 sinais iniciais da doença de ParkinsonErich Fonoff: Como reconhecer os 10 sinais iniciais da doença de Parkinson
Erich Fonoff: Como reconhecer os 10 sinais iniciais da doença de Parkinson
 
VISÃO DO ESPECIALISTA BACLOFENO
VISÃO DO ESPECIALISTA BACLOFENOVISÃO DO ESPECIALISTA BACLOFENO
VISÃO DO ESPECIALISTA BACLOFENO
 
Alterações do funcionamento do sistema nervoso
Alterações do funcionamento do sistema nervosoAlterações do funcionamento do sistema nervoso
Alterações do funcionamento do sistema nervoso
 
53.julho 2013 revista
53.julho 2013 revista53.julho 2013 revista
53.julho 2013 revista
 
53.julho 2013 revista
53.julho 2013 revista53.julho 2013 revista
53.julho 2013 revista
 
53.julho 2013 revista
53.julho 2013 revista53.julho 2013 revista
53.julho 2013 revista
 
Os usos e limites da psicofarmacologia e o paciente em análise
Os usos e limites da psicofarmacologia e o paciente em análiseOs usos e limites da psicofarmacologia e o paciente em análise
Os usos e limites da psicofarmacologia e o paciente em análise
 
Revisão sobre paralisia cerebral ataxia
Revisão sobre paralisia cerebral  ataxiaRevisão sobre paralisia cerebral  ataxia
Revisão sobre paralisia cerebral ataxia
 
Alzheimer e parkinson
Alzheimer e parkinsonAlzheimer e parkinson
Alzheimer e parkinson
 
Saude do Idoso - Alzheimer e parkinson
Saude do Idoso - Alzheimer e parkinsonSaude do Idoso - Alzheimer e parkinson
Saude do Idoso - Alzheimer e parkinson
 
AULA 12 - DOENÇA DE PARKINSON - Enfermagem Médica.pptx
AULA 12 - DOENÇA DE PARKINSON - Enfermagem Médica.pptxAULA 12 - DOENÇA DE PARKINSON - Enfermagem Médica.pptx
AULA 12 - DOENÇA DE PARKINSON - Enfermagem Médica.pptx
 
Depressão palestra uniplac
Depressão   palestra uniplacDepressão   palestra uniplac
Depressão palestra uniplac
 
Paralisia cerebral atetóide - Revisão
Paralisia cerebral atetóide - RevisãoParalisia cerebral atetóide - Revisão
Paralisia cerebral atetóide - Revisão
 
EQUIPE 3.pptx
EQUIPE 3.pptxEQUIPE 3.pptx
EQUIPE 3.pptx
 
Fundamentos de Enfermagem Farmacologia
Fundamentos de Enfermagem FarmacologiaFundamentos de Enfermagem Farmacologia
Fundamentos de Enfermagem Farmacologia
 
391734621-Doenca-de-Parkinson-apresentacao-PPT-baseado-no-livro-de-geriatria....
391734621-Doenca-de-Parkinson-apresentacao-PPT-baseado-no-livro-de-geriatria....391734621-Doenca-de-Parkinson-apresentacao-PPT-baseado-no-livro-de-geriatria....
391734621-Doenca-de-Parkinson-apresentacao-PPT-baseado-no-livro-de-geriatria....
 

Mais de Vinicius Lopes

Gestão Da Qualidade [ETEC KK]
Gestão Da Qualidade [ETEC KK]Gestão Da Qualidade [ETEC KK]
Gestão Da Qualidade [ETEC KK]
Vinicius Lopes
 
Malária [ETEC KK]
Malária [ETEC KK]Malária [ETEC KK]
Malária [ETEC KK]
Vinicius Lopes
 
Aterosclerose [ETEC KK]
Aterosclerose [ETEC KK]Aterosclerose [ETEC KK]
Aterosclerose [ETEC KK]
Vinicius Lopes
 
Infestação de Insetos e Ratos
Infestação de Insetos e RatosInfestação de Insetos e Ratos
Infestação de Insetos e Ratos
Vinicius Lopes
 
Doenças Prevalentes da Infância [ETEC CARLOS DE CAMPOS]
Doenças Prevalentes da Infância [ETEC CARLOS DE CAMPOS]Doenças Prevalentes da Infância [ETEC CARLOS DE CAMPOS]
Doenças Prevalentes da Infância [ETEC CARLOS DE CAMPOS]
Vinicius Lopes
 
Sistemas Operacionais [ETEC DE ITAQUERA]
Sistemas Operacionais [ETEC DE ITAQUERA]Sistemas Operacionais [ETEC DE ITAQUERA]
Sistemas Operacionais [ETEC DE ITAQUERA]
Vinicius Lopes
 
Intranet [ETEC DE ITAQUERA]
Intranet [ETEC DE ITAQUERA]Intranet [ETEC DE ITAQUERA]
Intranet [ETEC DE ITAQUERA]
Vinicius Lopes
 
Esterilização por Peróxido de Hidrogênio [ETEC-CARLOS DE CAMPOS]
Esterilização por Peróxido de Hidrogênio [ETEC-CARLOS DE CAMPOS]Esterilização por Peróxido de Hidrogênio [ETEC-CARLOS DE CAMPOS]
Esterilização por Peróxido de Hidrogênio [ETEC-CARLOS DE CAMPOS]
Vinicius Lopes
 
Colecistite Aguda [ETEC-CARLOS DE CAMPOS]
Colecistite Aguda [ETEC-CARLOS DE CAMPOS]Colecistite Aguda [ETEC-CARLOS DE CAMPOS]
Colecistite Aguda [ETEC-CARLOS DE CAMPOS]
Vinicius Lopes
 

Mais de Vinicius Lopes (9)

Gestão Da Qualidade [ETEC KK]
Gestão Da Qualidade [ETEC KK]Gestão Da Qualidade [ETEC KK]
Gestão Da Qualidade [ETEC KK]
 
Malária [ETEC KK]
Malária [ETEC KK]Malária [ETEC KK]
Malária [ETEC KK]
 
Aterosclerose [ETEC KK]
Aterosclerose [ETEC KK]Aterosclerose [ETEC KK]
Aterosclerose [ETEC KK]
 
Infestação de Insetos e Ratos
Infestação de Insetos e RatosInfestação de Insetos e Ratos
Infestação de Insetos e Ratos
 
Doenças Prevalentes da Infância [ETEC CARLOS DE CAMPOS]
Doenças Prevalentes da Infância [ETEC CARLOS DE CAMPOS]Doenças Prevalentes da Infância [ETEC CARLOS DE CAMPOS]
Doenças Prevalentes da Infância [ETEC CARLOS DE CAMPOS]
 
Sistemas Operacionais [ETEC DE ITAQUERA]
Sistemas Operacionais [ETEC DE ITAQUERA]Sistemas Operacionais [ETEC DE ITAQUERA]
Sistemas Operacionais [ETEC DE ITAQUERA]
 
Intranet [ETEC DE ITAQUERA]
Intranet [ETEC DE ITAQUERA]Intranet [ETEC DE ITAQUERA]
Intranet [ETEC DE ITAQUERA]
 
Esterilização por Peróxido de Hidrogênio [ETEC-CARLOS DE CAMPOS]
Esterilização por Peróxido de Hidrogênio [ETEC-CARLOS DE CAMPOS]Esterilização por Peróxido de Hidrogênio [ETEC-CARLOS DE CAMPOS]
Esterilização por Peróxido de Hidrogênio [ETEC-CARLOS DE CAMPOS]
 
Colecistite Aguda [ETEC-CARLOS DE CAMPOS]
Colecistite Aguda [ETEC-CARLOS DE CAMPOS]Colecistite Aguda [ETEC-CARLOS DE CAMPOS]
Colecistite Aguda [ETEC-CARLOS DE CAMPOS]
 

Parkinson