SlideShare uma empresa Scribd logo
Alessandro D. R. Fazenda
adrfazenda@gmail.com
 O que é um protocolo de rede
 Arquiteturas de redes
 Modelo OSI
 Modelo TCP/IP
 Interface: Define quais serviços são disponíveis
entre duas camadas adjacentes
 Peer: Entidades, em máquinas distintas, que
correspondem a uma mesma camada de protocolo
 Pilha de protocolos: Conjunto de protocolos
utilizados pelas diferentes camadas de um sistema
◦ TCP/IP, Appletalk, NETBIOS, IPX, etc..
 Arquitetura de Redes: Conjunto de camadas e
protocolos
 Problema
◦ Permitir a comunicação entre entidades de diferentes
sistemas
 Solução
◦ Criar convenções de quando e como se comunicar (“falar
em um mesmo idioma”) = protocolo de comunicação
 Conceito de Protocolo
◦ Conjunto de regras e convenções definidas para permitir a
troca de informações entre duas entidades
 Objetivo
◦ reduzir complexidade do projeto
◦ tarefa da comunicação é quebrada em camadas
 Cada camada
◦ função é oferecer serviços de comunicação às camadas
superiores.
◦ a camada n de um máquina se comunica com a camada n
da outra utilizando os serviços da camada n-1.
◦ cada camada pode possui um ou mais protocolos de
comunicação
 Necessidade de padronização dos protocolos das
diversas camadas para aumento da interoperabilidade
 Open Systems Interconection (OSI)
◦ interconexão de sistemas abertos (sistemas que são abertos
para se comunicarem com outros sistemas)
 Proposto pela International Organization for
Standardization (ISO)
 Organizado em sete camadas (layers)
 Modelo muito utilizado no estudo das redes em virtude
de sua estrutura didática.
 Atenção: A maioria das redes não segue fielmente o
modelo OSI. Deve-se utilizá-lo com atenção.
 Trata da transmissão pura de bits
em um canal de comunicação (ótico,
elétrico, ondas)
 Questões:
◦ Quantos volts representam o binário 1?
◦ Quanto dura um bit?
◦ Qual o sentido da transmissão?
◦ Quantos pinos um conector deve ter?
◦ Qual a função de cada conector?
 Ou seja: questões elétricas,
mecânicas e procedurais
 Exemplos: RS-232, RS-485, CAT5e
Enlace
Rede
Transporte
Sessão
Apresentação
Aplicação7
6
5
4
3
2
1 Físico
 Transforma o canal de transmissão em
um meio livre de erros para a camada
de rede
 Framing (fragmentação)
◦ quebra a informação em “pedaços” que
possuem bits de controle
 Controle de fluxo
◦ como evitar que um emissor rápido
sobrecarregue um receptor lento?
 Controle de erros
◦ quais as técnicas utilizadas para garantir a
recepção correta de cada quadro (frame)
 Controle de acesso ao meio físico
◦ como organizar o acesso de vários
equipamentos ao meio físico?
 Ex: Frame Relay, Ethernet
Enlace
Rede
Transporte
Sessão
Apresentação
Aplicação7
6
5
4
3
2
1 Físico
 Cria uma camada abstrata para a
interconexão de várias redes e a
oferece para o nível de
transporte
 Como os pacotes são
encaminhados (roteados) da
origem para o destino?
◦ roteamento estático/dinâmico
 Endereçamento das sub-redes
◦ exemplo: IP
 Controle de congestionamento
 Exemplos: IP, IPX, X.25
Enlace
Rede
Transporte
Sessão
Apresentação
Aplicação7
6
5
4
3
2
1 Físico
 Aceita os dados da camada de sessão,
quebra-os em unidades menores,
envia-os para a camada de rede e
garante que o envio seja correto
 Garantias
◦ pacotes em seqüência
◦ pacotes não duplicados
◦ pacotes sem erros
 Emula uma conexão “byte stream” fim-
a-fim
 Controle de fluxo
 Multiplexação de várias sessões
 Exemplos: TCP, UDP, SPX
Enlace
Rede
Transporte
Sessão
Apresentação
Aplicação7
6
5
4
3
2
1 Físico
Enlace
Rede
Transporte
Sessão
Apresentação
Aplicação7
6
5
4
3
2
1 Físico
 Permite o estabelecimento de
várias sessões dentro de uma
mesma conexão lógica na
camada de transporte
 Gerenciamento da sessão
◦ sincronismo
◦ direção da transmissão
◦ checkpoints
Enlace
Rede
Transporte
Sessão
Apresentação
Aplicação7
6
5
4
3
2
1 Físico
 Oferece uma independência às
aplicações quanto a
representação interna dos dados
 Tratamento da sintaxe e da
semântica dos dados
transmitidos:
◦ conversão de formatos de dados (big
endian, little endian, ASCII, ASN.1,
Unicode)
◦ mecanismos de compactação de
dados
◦ criptografia
Enlace
Rede
Transporte
Sessão
Apresentação
Aplicação7
6
5
4
3
2
1 Físico
 Oferece serviços de aplicação
aos usuários
 Camada “visível” e que oferece
serviços úteis aos usuários
 Exemplos:
◦ transferência de arquivos
◦ correio eletrônico
◦ WWW
◦ Skype
Alessandro D. R. Fazenda
adrfazenda@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Camadas osi redes
Camadas osi   redesCamadas osi   redes
Camadas osi redes
Carlos Pereira
 
Camada OSI e TCP/IP Resumo
Camada OSI e TCP/IP ResumoCamada OSI e TCP/IP Resumo
Camada OSI e TCP/IP Resumo
Matheus Falcão
 
Aula 11 protocolos e comunicação
Aula 11   protocolos e comunicaçãoAula 11   protocolos e comunicação
Aula 11 protocolos e comunicação
camila_seixas
 
Modelo OSI - Camada de Rede
Modelo OSI - Camada de RedeModelo OSI - Camada de Rede
Modelo OSI - Camada de Rede
Walyson Vëras
 
CEF: Modelo OSI
CEF: Modelo OSICEF: Modelo OSI
TCP/IP
TCP/IPTCP/IP
Modelo osi
Modelo osiModelo osi
Modelo osi
Ana Santos
 
Modelo TCP-IP
Modelo TCP-IPModelo TCP-IP
Modelo TCP-IP
Marco Martins
 
Modelo TCP/IP
Modelo TCP/IPModelo TCP/IP
Modelo OSI - Camada 6
Modelo OSI - Camada 6Modelo OSI - Camada 6
Modelo OSI - Camada 6
Kiidz
 
Redes de Computadores - Modelo de Referência OSI/ISO
Redes de Computadores - Modelo de Referência OSI/ISORedes de Computadores - Modelo de Referência OSI/ISO
Redes de Computadores - Modelo de Referência OSI/ISO
Ministério Público da Paraíba
 
Redes - TCP/IP
Redes - TCP/IPRedes - TCP/IP
Redes - TCP/IP
Luiz Arthur
 
TCP/IP
TCP/IPTCP/IP
Icc: primeiro trabalho do modelo OSI
Icc: primeiro trabalho do modelo OSIIcc: primeiro trabalho do modelo OSI
Icc: primeiro trabalho do modelo OSI
nogueirinha
 
Protocolos TCP/IP
Protocolos TCP/IPProtocolos TCP/IP
Protocolos TCP/IP
Murilo Rodrigues
 
Diferença osi tcp ip
Diferença osi tcp ipDiferença osi tcp ip
Diferença osi tcp ip
Justino Cassul Miranda
 
Aula1 protocolos
Aula1 protocolosAula1 protocolos
Aula1 protocolos
Marcos Cozatti
 
Modelo osi tcp ip e protocolos
Modelo osi tcp ip e protocolosModelo osi tcp ip e protocolos
Modelo osi tcp ip e protocolos
Atanasio Pascoal
 
Protocolo TCP/IP
Protocolo TCP/IPProtocolo TCP/IP
Protocolo TCP/IP
Fernando Costa
 
Redes - Camada de Inter-Redes
Redes - Camada de Inter-RedesRedes - Camada de Inter-Redes
Redes - Camada de Inter-Redes
Luiz Arthur
 

Mais procurados (20)

Camadas osi redes
Camadas osi   redesCamadas osi   redes
Camadas osi redes
 
Camada OSI e TCP/IP Resumo
Camada OSI e TCP/IP ResumoCamada OSI e TCP/IP Resumo
Camada OSI e TCP/IP Resumo
 
Aula 11 protocolos e comunicação
Aula 11   protocolos e comunicaçãoAula 11   protocolos e comunicação
Aula 11 protocolos e comunicação
 
Modelo OSI - Camada de Rede
Modelo OSI - Camada de RedeModelo OSI - Camada de Rede
Modelo OSI - Camada de Rede
 
CEF: Modelo OSI
CEF: Modelo OSICEF: Modelo OSI
CEF: Modelo OSI
 
TCP/IP
TCP/IPTCP/IP
TCP/IP
 
Modelo osi
Modelo osiModelo osi
Modelo osi
 
Modelo TCP-IP
Modelo TCP-IPModelo TCP-IP
Modelo TCP-IP
 
Modelo TCP/IP
Modelo TCP/IPModelo TCP/IP
Modelo TCP/IP
 
Modelo OSI - Camada 6
Modelo OSI - Camada 6Modelo OSI - Camada 6
Modelo OSI - Camada 6
 
Redes de Computadores - Modelo de Referência OSI/ISO
Redes de Computadores - Modelo de Referência OSI/ISORedes de Computadores - Modelo de Referência OSI/ISO
Redes de Computadores - Modelo de Referência OSI/ISO
 
Redes - TCP/IP
Redes - TCP/IPRedes - TCP/IP
Redes - TCP/IP
 
TCP/IP
TCP/IPTCP/IP
TCP/IP
 
Icc: primeiro trabalho do modelo OSI
Icc: primeiro trabalho do modelo OSIIcc: primeiro trabalho do modelo OSI
Icc: primeiro trabalho do modelo OSI
 
Protocolos TCP/IP
Protocolos TCP/IPProtocolos TCP/IP
Protocolos TCP/IP
 
Diferença osi tcp ip
Diferença osi tcp ipDiferença osi tcp ip
Diferença osi tcp ip
 
Aula1 protocolos
Aula1 protocolosAula1 protocolos
Aula1 protocolos
 
Modelo osi tcp ip e protocolos
Modelo osi tcp ip e protocolosModelo osi tcp ip e protocolos
Modelo osi tcp ip e protocolos
 
Protocolo TCP/IP
Protocolo TCP/IPProtocolo TCP/IP
Protocolo TCP/IP
 
Redes - Camada de Inter-Redes
Redes - Camada de Inter-RedesRedes - Camada de Inter-Redes
Redes - Camada de Inter-Redes
 

Destaque

Protocolos de Redes
Protocolos de RedesProtocolos de Redes
Protocolos de Redes
Wellington Oliveira
 
Protocolos de Redes
Protocolos de RedesProtocolos de Redes
Protocolos de Redes
leticia-maria
 
Protocolos
ProtocolosProtocolos
Protocolos
Leonardo Santos
 
Redes
RedesRedes
Principais protocolos da internet
Principais protocolos da internetPrincipais protocolos da internet
Principais protocolos da internet
Alessandro Fazenda
 
Protocolos
ProtocolosProtocolos
Protocolos
Janieles Araujo
 
Capítulo 19 camada de rede - end lógico
Capítulo 19   camada de rede - end lógicoCapítulo 19   camada de rede - end lógico
Capítulo 19 camada de rede - end lógico
Faculdade Mater Christi
 
GlossáRio De Termos Da Internet
GlossáRio De Termos Da InternetGlossáRio De Termos Da Internet
GlossáRio De Termos Da Internet
12221222
 
GlossáRio De Termos Da Internet
GlossáRio De Termos Da InternetGlossáRio De Termos Da Internet
GlossáRio De Termos Da Internet
12221222
 
Protocolos de internet
Protocolos de internetProtocolos de internet
Protocolos de internet
X-carlos-X
 
Protocolos
ProtocolosProtocolos
Protocolos
andrefernandescef
 
Slide de redes ( resumido )
Slide de redes ( resumido )Slide de redes ( resumido )
Slide de redes ( resumido )
Washington Luis
 
Protocolos de controle da internet
Protocolos de controle da internetProtocolos de controle da internet
Protocolos de controle da internet
Denis Katko
 
Serviços e protocolos
Serviços e protocolosServiços e protocolos
Serviços e protocolos
Dayane Sousa
 
Sistemas operacionais arquitetura proprietários ui
Sistemas operacionais arquitetura proprietários uiSistemas operacionais arquitetura proprietários ui
Sistemas operacionais arquitetura proprietários ui
João Freire Abramowicz
 
Protocolos OSI/TCP-IP
Protocolos OSI/TCP-IPProtocolos OSI/TCP-IP
Protocolos OSI/TCP-IP
Guimaraess
 
Protocolos de Roteamento BGP IGP EGP
Protocolos de Roteamento BGP IGP EGPProtocolos de Roteamento BGP IGP EGP
Protocolos de Roteamento BGP IGP EGP
André Nobre
 
Curso De Redes
Curso De RedesCurso De Redes
Curso De Redes
marcelomarkus
 
Introdução rede- I unidade
Introdução rede- I unidadeIntrodução rede- I unidade
Introdução rede- I unidade
João Freire Abramowicz
 
Protocolos de internet
Protocolos de internetProtocolos de internet
Protocolos de internet
XsJOSEsX
 

Destaque (20)

Protocolos de Redes
Protocolos de RedesProtocolos de Redes
Protocolos de Redes
 
Protocolos de Redes
Protocolos de RedesProtocolos de Redes
Protocolos de Redes
 
Protocolos
ProtocolosProtocolos
Protocolos
 
Redes
RedesRedes
Redes
 
Principais protocolos da internet
Principais protocolos da internetPrincipais protocolos da internet
Principais protocolos da internet
 
Protocolos
ProtocolosProtocolos
Protocolos
 
Capítulo 19 camada de rede - end lógico
Capítulo 19   camada de rede - end lógicoCapítulo 19   camada de rede - end lógico
Capítulo 19 camada de rede - end lógico
 
GlossáRio De Termos Da Internet
GlossáRio De Termos Da InternetGlossáRio De Termos Da Internet
GlossáRio De Termos Da Internet
 
GlossáRio De Termos Da Internet
GlossáRio De Termos Da InternetGlossáRio De Termos Da Internet
GlossáRio De Termos Da Internet
 
Protocolos de internet
Protocolos de internetProtocolos de internet
Protocolos de internet
 
Protocolos
ProtocolosProtocolos
Protocolos
 
Slide de redes ( resumido )
Slide de redes ( resumido )Slide de redes ( resumido )
Slide de redes ( resumido )
 
Protocolos de controle da internet
Protocolos de controle da internetProtocolos de controle da internet
Protocolos de controle da internet
 
Serviços e protocolos
Serviços e protocolosServiços e protocolos
Serviços e protocolos
 
Sistemas operacionais arquitetura proprietários ui
Sistemas operacionais arquitetura proprietários uiSistemas operacionais arquitetura proprietários ui
Sistemas operacionais arquitetura proprietários ui
 
Protocolos OSI/TCP-IP
Protocolos OSI/TCP-IPProtocolos OSI/TCP-IP
Protocolos OSI/TCP-IP
 
Protocolos de Roteamento BGP IGP EGP
Protocolos de Roteamento BGP IGP EGPProtocolos de Roteamento BGP IGP EGP
Protocolos de Roteamento BGP IGP EGP
 
Curso De Redes
Curso De RedesCurso De Redes
Curso De Redes
 
Introdução rede- I unidade
Introdução rede- I unidadeIntrodução rede- I unidade
Introdução rede- I unidade
 
Protocolos de internet
Protocolos de internetProtocolos de internet
Protocolos de internet
 

Semelhante a O que é um protocolo de rede

S2 B 2007 Infra Aula 01 V1.00
S2 B 2007   Infra   Aula 01 V1.00S2 B 2007   Infra   Aula 01 V1.00
S2 B 2007 Infra Aula 01 V1.00
doctorweb
 
Modelo de Referência OSI
Modelo de Referência OSIModelo de Referência OSI
Modelo de Referência OSI
Alberto Felipe Friderichs Barros
 
Introdução a Redes de Computadores
Introdução a Redes de ComputadoresIntrodução a Redes de Computadores
Introdução a Redes de Computadores
Marcio Paciello Paruolo
 
Modelos TCP/IP e OSI para CCNA
Modelos TCP/IP e OSI para CCNAModelos TCP/IP e OSI para CCNA
Modelos TCP/IP e OSI para CCNA
wolkartt_18
 
Sistema osi
Sistema osiSistema osi
Sistema osi
sueni
 
Sistema osi
Sistema osiSistema osi
Sistema osi
sueni
 
Sistema osi
Sistema osiSistema osi
Sistema osi
sueni
 
Sistema Computacao Revisao 1
Sistema Computacao Revisao 1Sistema Computacao Revisao 1
Sistema Computacao Revisao 1
Duílio Andrade
 
Referencia de redes.pdf
Referencia de redes.pdfReferencia de redes.pdf
Referencia de redes.pdf
ProfTelmaLcia
 
ModeloOsi_ModeloTcpIp.pptx
ModeloOsi_ModeloTcpIp.pptxModeloOsi_ModeloTcpIp.pptx
ModeloOsi_ModeloTcpIp.pptx
DarioLana1
 
Gestão de Redes de Computadores e Serviços.pptx
Gestão de Redes de Computadores e Serviços.pptxGestão de Redes de Computadores e Serviços.pptx
Gestão de Redes de Computadores e Serviços.pptx
HJesusMiguel
 
Apresentação - IT Specialist
Apresentação - IT SpecialistApresentação - IT Specialist
Apresentação - IT Specialist
Alan Carlos
 
ApresentaçAo Final De Redes
ApresentaçAo Final De RedesApresentaçAo Final De Redes
ApresentaçAo Final De Redes
allanzinhuu
 
Apresentaçao Final De Redes
Apresentaçao Final De RedesApresentaçao Final De Redes
Apresentaçao Final De Redes
guesta9bd8d
 
3ª Unidade Modelo OSI e TCP/IP
3ª Unidade Modelo OSI e TCP/IP3ª Unidade Modelo OSI e TCP/IP
3ª Unidade Modelo OSI e TCP/IP
Cleiton Cunha
 
Aula 02 - Arquiteturas de Redes - Modelo em camadas.pdf
Aula 02 - Arquiteturas de Redes - Modelo em camadas.pdfAula 02 - Arquiteturas de Redes - Modelo em camadas.pdf
Aula 02 - Arquiteturas de Redes - Modelo em camadas.pdf
rodrigofraga36
 
Introducao as rede de computadores
Introducao as rede de computadoresIntroducao as rede de computadores
Introducao as rede de computadores
Beldo Antonio Jaime Mario
 
Websockets
WebsocketsWebsockets
Websockets
Israel Messias
 
Fundamentos_camadas_modelo_osi
Fundamentos_camadas_modelo_osiFundamentos_camadas_modelo_osi
Fundamentos_camadas_modelo_osi
Mario Alex
 
26 funcao das_camadas_do_modelo_osi
26 funcao das_camadas_do_modelo_osi26 funcao das_camadas_do_modelo_osi
26 funcao das_camadas_do_modelo_osi
Jobert Abrahão
 

Semelhante a O que é um protocolo de rede (20)

S2 B 2007 Infra Aula 01 V1.00
S2 B 2007   Infra   Aula 01 V1.00S2 B 2007   Infra   Aula 01 V1.00
S2 B 2007 Infra Aula 01 V1.00
 
Modelo de Referência OSI
Modelo de Referência OSIModelo de Referência OSI
Modelo de Referência OSI
 
Introdução a Redes de Computadores
Introdução a Redes de ComputadoresIntrodução a Redes de Computadores
Introdução a Redes de Computadores
 
Modelos TCP/IP e OSI para CCNA
Modelos TCP/IP e OSI para CCNAModelos TCP/IP e OSI para CCNA
Modelos TCP/IP e OSI para CCNA
 
Sistema osi
Sistema osiSistema osi
Sistema osi
 
Sistema osi
Sistema osiSistema osi
Sistema osi
 
Sistema osi
Sistema osiSistema osi
Sistema osi
 
Sistema Computacao Revisao 1
Sistema Computacao Revisao 1Sistema Computacao Revisao 1
Sistema Computacao Revisao 1
 
Referencia de redes.pdf
Referencia de redes.pdfReferencia de redes.pdf
Referencia de redes.pdf
 
ModeloOsi_ModeloTcpIp.pptx
ModeloOsi_ModeloTcpIp.pptxModeloOsi_ModeloTcpIp.pptx
ModeloOsi_ModeloTcpIp.pptx
 
Gestão de Redes de Computadores e Serviços.pptx
Gestão de Redes de Computadores e Serviços.pptxGestão de Redes de Computadores e Serviços.pptx
Gestão de Redes de Computadores e Serviços.pptx
 
Apresentação - IT Specialist
Apresentação - IT SpecialistApresentação - IT Specialist
Apresentação - IT Specialist
 
ApresentaçAo Final De Redes
ApresentaçAo Final De RedesApresentaçAo Final De Redes
ApresentaçAo Final De Redes
 
Apresentaçao Final De Redes
Apresentaçao Final De RedesApresentaçao Final De Redes
Apresentaçao Final De Redes
 
3ª Unidade Modelo OSI e TCP/IP
3ª Unidade Modelo OSI e TCP/IP3ª Unidade Modelo OSI e TCP/IP
3ª Unidade Modelo OSI e TCP/IP
 
Aula 02 - Arquiteturas de Redes - Modelo em camadas.pdf
Aula 02 - Arquiteturas de Redes - Modelo em camadas.pdfAula 02 - Arquiteturas de Redes - Modelo em camadas.pdf
Aula 02 - Arquiteturas de Redes - Modelo em camadas.pdf
 
Introducao as rede de computadores
Introducao as rede de computadoresIntroducao as rede de computadores
Introducao as rede de computadores
 
Websockets
WebsocketsWebsockets
Websockets
 
Fundamentos_camadas_modelo_osi
Fundamentos_camadas_modelo_osiFundamentos_camadas_modelo_osi
Fundamentos_camadas_modelo_osi
 
26 funcao das_camadas_do_modelo_osi
26 funcao das_camadas_do_modelo_osi26 funcao das_camadas_do_modelo_osi
26 funcao das_camadas_do_modelo_osi
 

Mais de Alessandro Fazenda

Processos e threads
Processos e threadsProcessos e threads
Processos e threads
Alessandro Fazenda
 
O que é um sistema operacional
O que é um sistema operacionalO que é um sistema operacional
O que é um sistema operacional
Alessandro Fazenda
 
Como fazer cabos de rede
Como fazer cabos de redeComo fazer cabos de rede
Como fazer cabos de rede
Alessandro Fazenda
 
Equipamentos de redes
Equipamentos de redesEquipamentos de redes
Equipamentos de redes
Alessandro Fazenda
 
Historia das redes de computadores
Historia das redes de computadoresHistoria das redes de computadores
Historia das redes de computadores
Alessandro Fazenda
 
Conectores
ConectoresConectores
Conectores
Alessandro Fazenda
 
Componentes de um computador
Componentes de um computadorComponentes de um computador
Componentes de um computador
Alessandro Fazenda
 
Motherboard
MotherboardMotherboard
Motherboard
Alessandro Fazenda
 
CRUD e ACID
CRUD e ACIDCRUD e ACID
CRUD e ACID
Alessandro Fazenda
 
Conceitos Básicos de Banco de Dados
Conceitos Básicos de Banco de DadosConceitos Básicos de Banco de Dados
Conceitos Básicos de Banco de Dados
Alessandro Fazenda
 
Modelos de Dados - Modelo ER
Modelos de Dados - Modelo ERModelos de Dados - Modelo ER
Modelos de Dados - Modelo ER
Alessandro Fazenda
 
Troubleshooting
TroubleshootingTroubleshooting
Troubleshooting
Alessandro Fazenda
 
Fases do Projeto e Scrum
Fases do Projeto e ScrumFases do Projeto e Scrum
Fases do Projeto e Scrum
Alessandro Fazenda
 
Estrutura Analítica do Projeto (EAP)
Estrutura Analítica do Projeto (EAP)Estrutura Analítica do Projeto (EAP)
Estrutura Analítica do Projeto (EAP)
Alessandro Fazenda
 
Cronograma
CronogramaCronograma
Cronograma
Alessandro Fazenda
 
O que é um projeto?
O que é um projeto?O que é um projeto?
O que é um projeto?
Alessandro Fazenda
 
Planejamento e execuçao de projetos
Planejamento e execuçao de projetosPlanejamento e execuçao de projetos
Planejamento e execuçao de projetos
Alessandro Fazenda
 
Ciclo PDCA
Ciclo PDCACiclo PDCA
Ciclo PDCA
Alessandro Fazenda
 
Ferramentas K.I.S.S. para Gestão de Projetos
Ferramentas K.I.S.S. para Gestão de ProjetosFerramentas K.I.S.S. para Gestão de Projetos
Ferramentas K.I.S.S. para Gestão de Projetos
Alessandro Fazenda
 
Indicadores
IndicadoresIndicadores
Indicadores
Alessandro Fazenda
 

Mais de Alessandro Fazenda (20)

Processos e threads
Processos e threadsProcessos e threads
Processos e threads
 
O que é um sistema operacional
O que é um sistema operacionalO que é um sistema operacional
O que é um sistema operacional
 
Como fazer cabos de rede
Como fazer cabos de redeComo fazer cabos de rede
Como fazer cabos de rede
 
Equipamentos de redes
Equipamentos de redesEquipamentos de redes
Equipamentos de redes
 
Historia das redes de computadores
Historia das redes de computadoresHistoria das redes de computadores
Historia das redes de computadores
 
Conectores
ConectoresConectores
Conectores
 
Componentes de um computador
Componentes de um computadorComponentes de um computador
Componentes de um computador
 
Motherboard
MotherboardMotherboard
Motherboard
 
CRUD e ACID
CRUD e ACIDCRUD e ACID
CRUD e ACID
 
Conceitos Básicos de Banco de Dados
Conceitos Básicos de Banco de DadosConceitos Básicos de Banco de Dados
Conceitos Básicos de Banco de Dados
 
Modelos de Dados - Modelo ER
Modelos de Dados - Modelo ERModelos de Dados - Modelo ER
Modelos de Dados - Modelo ER
 
Troubleshooting
TroubleshootingTroubleshooting
Troubleshooting
 
Fases do Projeto e Scrum
Fases do Projeto e ScrumFases do Projeto e Scrum
Fases do Projeto e Scrum
 
Estrutura Analítica do Projeto (EAP)
Estrutura Analítica do Projeto (EAP)Estrutura Analítica do Projeto (EAP)
Estrutura Analítica do Projeto (EAP)
 
Cronograma
CronogramaCronograma
Cronograma
 
O que é um projeto?
O que é um projeto?O que é um projeto?
O que é um projeto?
 
Planejamento e execuçao de projetos
Planejamento e execuçao de projetosPlanejamento e execuçao de projetos
Planejamento e execuçao de projetos
 
Ciclo PDCA
Ciclo PDCACiclo PDCA
Ciclo PDCA
 
Ferramentas K.I.S.S. para Gestão de Projetos
Ferramentas K.I.S.S. para Gestão de ProjetosFerramentas K.I.S.S. para Gestão de Projetos
Ferramentas K.I.S.S. para Gestão de Projetos
 
Indicadores
IndicadoresIndicadores
Indicadores
 

Último

Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
erico paulo rocha guedes
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
WilianeBarbosa2
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 

Último (20)

Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 

O que é um protocolo de rede

  • 1. Alessandro D. R. Fazenda adrfazenda@gmail.com
  • 2.  O que é um protocolo de rede  Arquiteturas de redes  Modelo OSI  Modelo TCP/IP
  • 3.  Interface: Define quais serviços são disponíveis entre duas camadas adjacentes  Peer: Entidades, em máquinas distintas, que correspondem a uma mesma camada de protocolo  Pilha de protocolos: Conjunto de protocolos utilizados pelas diferentes camadas de um sistema ◦ TCP/IP, Appletalk, NETBIOS, IPX, etc..  Arquitetura de Redes: Conjunto de camadas e protocolos
  • 4.  Problema ◦ Permitir a comunicação entre entidades de diferentes sistemas  Solução ◦ Criar convenções de quando e como se comunicar (“falar em um mesmo idioma”) = protocolo de comunicação  Conceito de Protocolo ◦ Conjunto de regras e convenções definidas para permitir a troca de informações entre duas entidades
  • 5.  Objetivo ◦ reduzir complexidade do projeto ◦ tarefa da comunicação é quebrada em camadas  Cada camada ◦ função é oferecer serviços de comunicação às camadas superiores. ◦ a camada n de um máquina se comunica com a camada n da outra utilizando os serviços da camada n-1. ◦ cada camada pode possui um ou mais protocolos de comunicação
  • 6.
  • 7.  Necessidade de padronização dos protocolos das diversas camadas para aumento da interoperabilidade  Open Systems Interconection (OSI) ◦ interconexão de sistemas abertos (sistemas que são abertos para se comunicarem com outros sistemas)  Proposto pela International Organization for Standardization (ISO)  Organizado em sete camadas (layers)  Modelo muito utilizado no estudo das redes em virtude de sua estrutura didática.  Atenção: A maioria das redes não segue fielmente o modelo OSI. Deve-se utilizá-lo com atenção.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.  Trata da transmissão pura de bits em um canal de comunicação (ótico, elétrico, ondas)  Questões: ◦ Quantos volts representam o binário 1? ◦ Quanto dura um bit? ◦ Qual o sentido da transmissão? ◦ Quantos pinos um conector deve ter? ◦ Qual a função de cada conector?  Ou seja: questões elétricas, mecânicas e procedurais  Exemplos: RS-232, RS-485, CAT5e Enlace Rede Transporte Sessão Apresentação Aplicação7 6 5 4 3 2 1 Físico
  • 12.  Transforma o canal de transmissão em um meio livre de erros para a camada de rede  Framing (fragmentação) ◦ quebra a informação em “pedaços” que possuem bits de controle  Controle de fluxo ◦ como evitar que um emissor rápido sobrecarregue um receptor lento?  Controle de erros ◦ quais as técnicas utilizadas para garantir a recepção correta de cada quadro (frame)  Controle de acesso ao meio físico ◦ como organizar o acesso de vários equipamentos ao meio físico?  Ex: Frame Relay, Ethernet Enlace Rede Transporte Sessão Apresentação Aplicação7 6 5 4 3 2 1 Físico
  • 13.  Cria uma camada abstrata para a interconexão de várias redes e a oferece para o nível de transporte  Como os pacotes são encaminhados (roteados) da origem para o destino? ◦ roteamento estático/dinâmico  Endereçamento das sub-redes ◦ exemplo: IP  Controle de congestionamento  Exemplos: IP, IPX, X.25 Enlace Rede Transporte Sessão Apresentação Aplicação7 6 5 4 3 2 1 Físico
  • 14.  Aceita os dados da camada de sessão, quebra-os em unidades menores, envia-os para a camada de rede e garante que o envio seja correto  Garantias ◦ pacotes em seqüência ◦ pacotes não duplicados ◦ pacotes sem erros  Emula uma conexão “byte stream” fim- a-fim  Controle de fluxo  Multiplexação de várias sessões  Exemplos: TCP, UDP, SPX Enlace Rede Transporte Sessão Apresentação Aplicação7 6 5 4 3 2 1 Físico
  • 15. Enlace Rede Transporte Sessão Apresentação Aplicação7 6 5 4 3 2 1 Físico  Permite o estabelecimento de várias sessões dentro de uma mesma conexão lógica na camada de transporte  Gerenciamento da sessão ◦ sincronismo ◦ direção da transmissão ◦ checkpoints
  • 16. Enlace Rede Transporte Sessão Apresentação Aplicação7 6 5 4 3 2 1 Físico  Oferece uma independência às aplicações quanto a representação interna dos dados  Tratamento da sintaxe e da semântica dos dados transmitidos: ◦ conversão de formatos de dados (big endian, little endian, ASCII, ASN.1, Unicode) ◦ mecanismos de compactação de dados ◦ criptografia
  • 17. Enlace Rede Transporte Sessão Apresentação Aplicação7 6 5 4 3 2 1 Físico  Oferece serviços de aplicação aos usuários  Camada “visível” e que oferece serviços úteis aos usuários  Exemplos: ◦ transferência de arquivos ◦ correio eletrônico ◦ WWW ◦ Skype
  • 18.
  • 19.
  • 20. Alessandro D. R. Fazenda adrfazenda@gmail.com