SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
EMEF SANTA MARTA
TÍTULO DO TRABALHO
Título do Trabalho
NOME DO ALUNO(A)
São Leopoldo
2013
SUMÁRIO
Colocar as páginas conforme seu trabalho
1 - INTRODUÇÃO..................................................................02
2- DESENVOLVIMENTO (TÍTULO DO 2º CAPÍTULO) ................. 03
2.1 Subtítulos ................................................................05
3 -CONCLUSÃO .................................................................. 10
4- REFERÊNCIAS.................................... ........................... 11
ANEXOS ......................................................................... 12
1 INTRODUÇÃO
É a “abertura” do trabalho, na qual devem constar os
objetivos pretendidos com a elaboração do trabalho, e um
breve panorama do tema a ser abordado.
2 DESENVOLVIMENTO
É o trabalho propriamente dito, sendo, portanto a parte mais
extensa. Pode ser subdividido em capítulos, de acordo com a
extensão do trabalho. Todas as informações encontradas a
respeito do tema são colocadas nesta parte do trabalho.
3 CONCLUSÃO
É o fechamento das idéias, a conclusão a respeito de tudo o
que foi abordado no trabalho. É importante destacar se os
objetivos foram alcançados e podem ainda, aparecer sugestões
relativas ao tema apresentado.
4 REFERÊNCIAS
É a lista dos materiais utilizados para a realização do
trabalho. Abaixo, alguns modelos de como montar as
referências tiradas de livros, revistas, jornais e internet,
respectivamente.
Exemplos:
SABINO, Fernando. O menino no Espelho. Rio de Janeiro:
Record, 2009.
GUIMARÃES, Paulo. A oficina do aprender. Superinteressante.
São Paulo, ano 14, n. 12, dez. 2007, p. 22-25.
NAVES, P. Lagos andinos dão banho de beleza. Folha de São
Paulo. São Paulo, 28 jun. 1999. Folha Turismo, Caderno 8, p. 13.
MELLO, Kelli Cristina. Biodiversidade Marinha. Revista Escola.
Seção Geografia. Disponível em:
http://revistaescola.abril.com.br/geografia/pratica-
pedagogica/biodiversidade-marinha-613024.shtml Acesso em:
02 mar. 2011.
ANEXOS
Espaço no qual podem ser colocadas imagens, gráficos ou
reportagens complementares ao trabalho

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slides para Apresentação acadêmica
Slides para Apresentação acadêmicaSlides para Apresentação acadêmica
Slides para Apresentação acadêmicaRafaelBorges3
 
Estrutura de Projeto de Pesquisa
Estrutura de Projeto de PesquisaEstrutura de Projeto de Pesquisa
Estrutura de Projeto de PesquisaHumberto Serra
 
Modelo laudo tecnico individual para aposentadoria
Modelo laudo tecnico individual para aposentadoria Modelo laudo tecnico individual para aposentadoria
Modelo laudo tecnico individual para aposentadoria Paulo H Bueno
 
ABNT 1063 - NORMAS PARA A PADRONIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS
ABNT 1063 - NORMAS PARA A PADRONIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOSABNT 1063 - NORMAS PARA A PADRONIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS
ABNT 1063 - NORMAS PARA A PADRONIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOSaparadoxo
 
Como Elaborar Um Projeto De Pesquisa
Como Elaborar Um Projeto De PesquisaComo Elaborar Um Projeto De Pesquisa
Como Elaborar Um Projeto De Pesquisamauricio aquino
 
Citações - Metodologia Cientifica
 Citações - Metodologia Cientifica Citações - Metodologia Cientifica
Citações - Metodologia CientificaBrendel Luis
 
Ficha de avaliação de seminário
Ficha de avaliação de seminárioFicha de avaliação de seminário
Ficha de avaliação de seminárioRoberto Rorras Moura
 
Modelo de Capa de Trabalho Acadêmico Simples
Modelo de Capa de Trabalho Acadêmico SimplesModelo de Capa de Trabalho Acadêmico Simples
Modelo de Capa de Trabalho Acadêmico SimplesCarolina Luz
 
Modelo de trabalho escolar
Modelo de trabalho escolarModelo de trabalho escolar
Modelo de trabalho escolarSHEILA MONTEIRO
 
Normas para desenvolvimento de resenha
Normas para desenvolvimento de resenhaNormas para desenvolvimento de resenha
Normas para desenvolvimento de resenhaVenise Melo
 
Slide= Normas da ABNT
 Slide= Normas da ABNT Slide= Normas da ABNT
Slide= Normas da ABNTUecson Santos
 
19 elaboração da metodologia
19 elaboração da metodologia19 elaboração da metodologia
19 elaboração da metodologiaJoao Balbi
 
PTCC - Metodologia
PTCC -  MetodologiaPTCC -  Metodologia
PTCC - Metodologiaalemartins10
 
Aula 04 metodologia de um tcc
Aula 04   metodologia de um tccAula 04   metodologia de um tcc
Aula 04 metodologia de um tccHidematuda
 

Mais procurados (20)

Slides para Apresentação acadêmica
Slides para Apresentação acadêmicaSlides para Apresentação acadêmica
Slides para Apresentação acadêmica
 
Fichamento
FichamentoFichamento
Fichamento
 
Estrutura de Projeto de Pesquisa
Estrutura de Projeto de PesquisaEstrutura de Projeto de Pesquisa
Estrutura de Projeto de Pesquisa
 
061 relatorio modelo
061 relatorio modelo061 relatorio modelo
061 relatorio modelo
 
Modelo laudo tecnico individual para aposentadoria
Modelo laudo tecnico individual para aposentadoria Modelo laudo tecnico individual para aposentadoria
Modelo laudo tecnico individual para aposentadoria
 
ABNT 1063 - NORMAS PARA A PADRONIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS
ABNT 1063 - NORMAS PARA A PADRONIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOSABNT 1063 - NORMAS PARA A PADRONIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS
ABNT 1063 - NORMAS PARA A PADRONIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS
 
Como Elaborar Um Projeto De Pesquisa
Como Elaborar Um Projeto De PesquisaComo Elaborar Um Projeto De Pesquisa
Como Elaborar Um Projeto De Pesquisa
 
Citações - Metodologia Cientifica
 Citações - Metodologia Cientifica Citações - Metodologia Cientifica
Citações - Metodologia Cientifica
 
Normas da APA
Normas da APANormas da APA
Normas da APA
 
Ficha de avaliação de seminário
Ficha de avaliação de seminárioFicha de avaliação de seminário
Ficha de avaliação de seminário
 
Modelo de Capa de Trabalho Acadêmico Simples
Modelo de Capa de Trabalho Acadêmico SimplesModelo de Capa de Trabalho Acadêmico Simples
Modelo de Capa de Trabalho Acadêmico Simples
 
Guia para elaborar um trabalho cientifico
Guia para elaborar um trabalho cientificoGuia para elaborar um trabalho cientifico
Guia para elaborar um trabalho cientifico
 
Modelo de trabalho escolar
Modelo de trabalho escolarModelo de trabalho escolar
Modelo de trabalho escolar
 
Normas para desenvolvimento de resenha
Normas para desenvolvimento de resenhaNormas para desenvolvimento de resenha
Normas para desenvolvimento de resenha
 
Manual de TCC Unopar
Manual  de TCC UnoparManual  de TCC Unopar
Manual de TCC Unopar
 
Slide= Normas da ABNT
 Slide= Normas da ABNT Slide= Normas da ABNT
Slide= Normas da ABNT
 
19 elaboração da metodologia
19 elaboração da metodologia19 elaboração da metodologia
19 elaboração da metodologia
 
Fichamento de Texto
Fichamento de TextoFichamento de Texto
Fichamento de Texto
 
PTCC - Metodologia
PTCC -  MetodologiaPTCC -  Metodologia
PTCC - Metodologia
 
Aula 04 metodologia de um tcc
Aula 04   metodologia de um tccAula 04   metodologia de um tcc
Aula 04 metodologia de um tcc
 

Destaque

Estrutura De Um Trabalho
Estrutura De Um TrabalhoEstrutura De Um Trabalho
Estrutura De Um TrabalhoPedui
 
Estrutura trabalho academico
Estrutura trabalho academicoEstrutura trabalho academico
Estrutura trabalho academicomarceloedf
 
Elaboração de trabalhos acadêmicos ABNT NBR 14724-2011 (atualizado 2016)
Elaboração de trabalhos acadêmicos ABNT NBR 14724-2011 (atualizado 2016)Elaboração de trabalhos acadêmicos ABNT NBR 14724-2011 (atualizado 2016)
Elaboração de trabalhos acadêmicos ABNT NBR 14724-2011 (atualizado 2016)Biblioteca FEAUSP
 
Como fazer um trabalho escrito
Como fazer um trabalho escritoComo fazer um trabalho escrito
Como fazer um trabalho escritoCarlos Pinheiro
 
Modelo trabalho na ABNT
Modelo trabalho na ABNTModelo trabalho na ABNT
Modelo trabalho na ABNTMicheli Wink
 
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,Jaqueline Sarges
 

Destaque (7)

Estrutura do Trabalho Acadêmico Segundo a ABNT 14724/2011
Estrutura do Trabalho Acadêmico Segundo a ABNT 14724/2011Estrutura do Trabalho Acadêmico Segundo a ABNT 14724/2011
Estrutura do Trabalho Acadêmico Segundo a ABNT 14724/2011
 
Estrutura De Um Trabalho
Estrutura De Um TrabalhoEstrutura De Um Trabalho
Estrutura De Um Trabalho
 
Estrutura trabalho academico
Estrutura trabalho academicoEstrutura trabalho academico
Estrutura trabalho academico
 
Elaboração de trabalhos acadêmicos ABNT NBR 14724-2011 (atualizado 2016)
Elaboração de trabalhos acadêmicos ABNT NBR 14724-2011 (atualizado 2016)Elaboração de trabalhos acadêmicos ABNT NBR 14724-2011 (atualizado 2016)
Elaboração de trabalhos acadêmicos ABNT NBR 14724-2011 (atualizado 2016)
 
Como fazer um trabalho escrito
Como fazer um trabalho escritoComo fazer um trabalho escrito
Como fazer um trabalho escrito
 
Modelo trabalho na ABNT
Modelo trabalho na ABNTModelo trabalho na ABNT
Modelo trabalho na ABNT
 
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
 

Semelhante a Modelo simplificado de trabalho escolar- EMEF Santa Marta (20)

Manual word 2003
Manual word 2003Manual word 2003
Manual word 2003
 
Grelha 04-edição de dados
Grelha 04-edição de dadosGrelha 04-edição de dados
Grelha 04-edição de dados
 
Manual orientacao_e_social_v2.2 by Tânia Gurgel
Manual orientacao_e_social_v2.2 by Tânia GurgelManual orientacao_e_social_v2.2 by Tânia Gurgel
Manual orientacao_e_social_v2.2 by Tânia Gurgel
 
Manual abnt-ufvjm
Manual abnt-ufvjmManual abnt-ufvjm
Manual abnt-ufvjm
 
Manual abnt-ufvjm
Manual abnt-ufvjmManual abnt-ufvjm
Manual abnt-ufvjm
 
Apostila de proje cad
Apostila de proje cadApostila de proje cad
Apostila de proje cad
 
Manual normalizacao
Manual normalizacaoManual normalizacao
Manual normalizacao
 
Marketing Imobiliário Rossi - Palestra Motivacional
Marketing Imobiliário Rossi - Palestra MotivacionalMarketing Imobiliário Rossi - Palestra Motivacional
Marketing Imobiliário Rossi - Palestra Motivacional
 
WiMAX - Tutorial
WiMAX - TutorialWiMAX - Tutorial
WiMAX - Tutorial
 
Curso de simulink 2 0
Curso de simulink 2 0Curso de simulink 2 0
Curso de simulink 2 0
 
Normas
NormasNormas
Normas
 
Normas
NormasNormas
Normas
 
Manual monografiadisertteses
Manual monografiadiserttesesManual monografiadisertteses
Manual monografiadisertteses
 
Word
WordWord
Word
 
Manual academico
Manual academicoManual academico
Manual academico
 
Formas 02-modelador estrutural
Formas 02-modelador estruturalFormas 02-modelador estrutural
Formas 02-modelador estrutural
 
Excel 2007
Excel 2007Excel 2007
Excel 2007
 
Bibliafacil
BibliafacilBibliafacil
Bibliafacil
 
Manual de monografia 3
Manual de monografia 3Manual de monografia 3
Manual de monografia 3
 
Manual word 2009
Manual word 2009Manual word 2009
Manual word 2009
 

Mais de Mariana Correia

Bruxos, vampiros, divergentes e zumbis a formação do leitor literário na esco...
Bruxos, vampiros, divergentes e zumbis a formação do leitor literário na esco...Bruxos, vampiros, divergentes e zumbis a formação do leitor literário na esco...
Bruxos, vampiros, divergentes e zumbis a formação do leitor literário na esco...Mariana Correia
 
Reportagem: "A leitura na era digital"
Reportagem: "A leitura na era digital"Reportagem: "A leitura na era digital"
Reportagem: "A leitura na era digital"Mariana Correia
 
O orfanato da srta peregrine pa ransom riggs
O orfanato da srta peregrine pa   ransom riggsO orfanato da srta peregrine pa   ransom riggs
O orfanato da srta peregrine pa ransom riggsMariana Correia
 
Lajolo. a moçada está lendo (e gostando de ler)
Lajolo. a moçada está lendo (e gostando de ler)Lajolo. a moçada está lendo (e gostando de ler)
Lajolo. a moçada está lendo (e gostando de ler)Mariana Correia
 
Questionário dados gerados
Questionário   dados geradosQuestionário   dados gerados
Questionário dados geradosMariana Correia
 
Testes de compreensão textual: "Le petit prince"
Testes de compreensão textual: "Le petit prince"Testes de compreensão textual: "Le petit prince"
Testes de compreensão textual: "Le petit prince"Mariana Correia
 
Geraldi. portos de passagem (prefácio e introdução)
Geraldi. portos de passagem (prefácio e introdução)Geraldi. portos de passagem (prefácio e introdução)
Geraldi. portos de passagem (prefácio e introdução)Mariana Correia
 
Entrevista com José Pacheco, Revista Aprende Brasil
Entrevista com José Pacheco, Revista Aprende BrasilEntrevista com José Pacheco, Revista Aprende Brasil
Entrevista com José Pacheco, Revista Aprende BrasilMariana Correia
 
Fallen i fallen (lauren kate)
Fallen i   fallen (lauren kate)Fallen i   fallen (lauren kate)
Fallen i fallen (lauren kate)Mariana Correia
 
Série Fallen 1- Fallen, Lauren Kate txt
Série Fallen 1- Fallen, Lauren Kate txtSérie Fallen 1- Fallen, Lauren Kate txt
Série Fallen 1- Fallen, Lauren Kate txtMariana Correia
 
Hamilton werneck -_se_a_boa_escola_e_a_que_reprova,_o_bom_hospital_e_o_que_mata
Hamilton werneck -_se_a_boa_escola_e_a_que_reprova,_o_bom_hospital_e_o_que_mataHamilton werneck -_se_a_boa_escola_e_a_que_reprova,_o_bom_hospital_e_o_que_mata
Hamilton werneck -_se_a_boa_escola_e_a_que_reprova,_o_bom_hospital_e_o_que_mataMariana Correia
 
Paradigma de avaliação de textos
Paradigma de avaliação de textosParadigma de avaliação de textos
Paradigma de avaliação de textosMariana Correia
 
Formação 4 - Avaliação e construção de instrumentos
Formação 4 - Avaliação e construção de instrumentosFormação 4 - Avaliação e construção de instrumentos
Formação 4 - Avaliação e construção de instrumentosMariana Correia
 
0.667326001366389749 paulo freire_e_os_temas_geradores
0.667326001366389749 paulo freire_e_os_temas_geradores0.667326001366389749 paulo freire_e_os_temas_geradores
0.667326001366389749 paulo freire_e_os_temas_geradoresMariana Correia
 
Formação 3 - Escola Teresa Francescuti
Formação 3 - Escola Teresa FrancescutiFormação 3 - Escola Teresa Francescuti
Formação 3 - Escola Teresa FrancescutiMariana Correia
 
Formação Escola Tereza Francescutti - Níveis de Interação disicplinar
Formação Escola Tereza Francescutti - Níveis de Interação disicplinarFormação Escola Tereza Francescutti - Níveis de Interação disicplinar
Formação Escola Tereza Francescutti - Níveis de Interação disicplinarMariana Correia
 

Mais de Mariana Correia (20)

Bruxos, vampiros, divergentes e zumbis a formação do leitor literário na esco...
Bruxos, vampiros, divergentes e zumbis a formação do leitor literário na esco...Bruxos, vampiros, divergentes e zumbis a formação do leitor literário na esco...
Bruxos, vampiros, divergentes e zumbis a formação do leitor literário na esco...
 
Reportagem: "A leitura na era digital"
Reportagem: "A leitura na era digital"Reportagem: "A leitura na era digital"
Reportagem: "A leitura na era digital"
 
O orfanato da srta peregrine pa ransom riggs
O orfanato da srta peregrine pa   ransom riggsO orfanato da srta peregrine pa   ransom riggs
O orfanato da srta peregrine pa ransom riggs
 
Lajolo. a moçada está lendo (e gostando de ler)
Lajolo. a moçada está lendo (e gostando de ler)Lajolo. a moçada está lendo (e gostando de ler)
Lajolo. a moçada está lendo (e gostando de ler)
 
Questionário dados gerados
Questionário   dados geradosQuestionário   dados gerados
Questionário dados gerados
 
Testes de compreensão textual: "Le petit prince"
Testes de compreensão textual: "Le petit prince"Testes de compreensão textual: "Le petit prince"
Testes de compreensão textual: "Le petit prince"
 
Questionário
QuestionárioQuestionário
Questionário
 
Geraldi. portos de passagem (prefácio e introdução)
Geraldi. portos de passagem (prefácio e introdução)Geraldi. portos de passagem (prefácio e introdução)
Geraldi. portos de passagem (prefácio e introdução)
 
Entrevista com José Pacheco, Revista Aprende Brasil
Entrevista com José Pacheco, Revista Aprende BrasilEntrevista com José Pacheco, Revista Aprende Brasil
Entrevista com José Pacheco, Revista Aprende Brasil
 
Fallen i fallen (lauren kate)
Fallen i   fallen (lauren kate)Fallen i   fallen (lauren kate)
Fallen i fallen (lauren kate)
 
Série Fallen 1- Fallen, Lauren Kate txt
Série Fallen 1- Fallen, Lauren Kate txtSérie Fallen 1- Fallen, Lauren Kate txt
Série Fallen 1- Fallen, Lauren Kate txt
 
Hamilton werneck -_se_a_boa_escola_e_a_que_reprova,_o_bom_hospital_e_o_que_mata
Hamilton werneck -_se_a_boa_escola_e_a_que_reprova,_o_bom_hospital_e_o_que_mataHamilton werneck -_se_a_boa_escola_e_a_que_reprova,_o_bom_hospital_e_o_que_mata
Hamilton werneck -_se_a_boa_escola_e_a_que_reprova,_o_bom_hospital_e_o_que_mata
 
Satisfaction
SatisfactionSatisfaction
Satisfaction
 
Formação 5
Formação 5Formação 5
Formação 5
 
Paradigma de avaliação de textos
Paradigma de avaliação de textosParadigma de avaliação de textos
Paradigma de avaliação de textos
 
Formação 4 - Avaliação e construção de instrumentos
Formação 4 - Avaliação e construção de instrumentosFormação 4 - Avaliação e construção de instrumentos
Formação 4 - Avaliação e construção de instrumentos
 
20265 87941-1-pb
20265 87941-1-pb20265 87941-1-pb
20265 87941-1-pb
 
0.667326001366389749 paulo freire_e_os_temas_geradores
0.667326001366389749 paulo freire_e_os_temas_geradores0.667326001366389749 paulo freire_e_os_temas_geradores
0.667326001366389749 paulo freire_e_os_temas_geradores
 
Formação 3 - Escola Teresa Francescuti
Formação 3 - Escola Teresa FrancescutiFormação 3 - Escola Teresa Francescuti
Formação 3 - Escola Teresa Francescuti
 
Formação Escola Tereza Francescutti - Níveis de Interação disicplinar
Formação Escola Tereza Francescutti - Níveis de Interação disicplinarFormação Escola Tereza Francescutti - Níveis de Interação disicplinar
Formação Escola Tereza Francescutti - Níveis de Interação disicplinar
 

Modelo simplificado de trabalho escolar- EMEF Santa Marta

  • 1. EMEF SANTA MARTA TÍTULO DO TRABALHO Título do Trabalho NOME DO ALUNO(A) São Leopoldo 2013
  • 2. SUMÁRIO Colocar as páginas conforme seu trabalho 1 - INTRODUÇÃO..................................................................02 2- DESENVOLVIMENTO (TÍTULO DO 2º CAPÍTULO) ................. 03 2.1 Subtítulos ................................................................05 3 -CONCLUSÃO .................................................................. 10 4- REFERÊNCIAS.................................... ........................... 11 ANEXOS ......................................................................... 12
  • 3. 1 INTRODUÇÃO É a “abertura” do trabalho, na qual devem constar os objetivos pretendidos com a elaboração do trabalho, e um breve panorama do tema a ser abordado.
  • 4. 2 DESENVOLVIMENTO É o trabalho propriamente dito, sendo, portanto a parte mais extensa. Pode ser subdividido em capítulos, de acordo com a extensão do trabalho. Todas as informações encontradas a respeito do tema são colocadas nesta parte do trabalho.
  • 5. 3 CONCLUSÃO É o fechamento das idéias, a conclusão a respeito de tudo o que foi abordado no trabalho. É importante destacar se os objetivos foram alcançados e podem ainda, aparecer sugestões relativas ao tema apresentado.
  • 6. 4 REFERÊNCIAS É a lista dos materiais utilizados para a realização do trabalho. Abaixo, alguns modelos de como montar as referências tiradas de livros, revistas, jornais e internet, respectivamente. Exemplos: SABINO, Fernando. O menino no Espelho. Rio de Janeiro: Record, 2009. GUIMARÃES, Paulo. A oficina do aprender. Superinteressante. São Paulo, ano 14, n. 12, dez. 2007, p. 22-25. NAVES, P. Lagos andinos dão banho de beleza. Folha de São Paulo. São Paulo, 28 jun. 1999. Folha Turismo, Caderno 8, p. 13. MELLO, Kelli Cristina. Biodiversidade Marinha. Revista Escola. Seção Geografia. Disponível em: http://revistaescola.abril.com.br/geografia/pratica- pedagogica/biodiversidade-marinha-613024.shtml Acesso em: 02 mar. 2011.
  • 7. ANEXOS Espaço no qual podem ser colocadas imagens, gráficos ou reportagens complementares ao trabalho