SlideShare uma empresa Scribd logo
CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO
Educação do paciente/família: quais são os
                 limites?




      Delegação de cuidados de enfermagem a leigos
O que é cuidado de enfermagem?
“Cuidado de enfermagem é um fenômeno intencional,
essencial à vida, que ocorre no encontro de seres
humanos que interagem, por meio de atitudes que
envolvem consciência, zelo, solidariedade e amor.
Expressa um "saber-fazer" embasado na ciência, na
arte, na ética e na estética, direcionado às
necessidades do indivíduo, da família e da
comunidade”.

VALE, Eucléia Gomes; PAGLIUCA, Lorita Marlena Freitag. Construção de um conceito de cuidado de enfermagem:
contribuição para o ensino de graduação. Rev. bras. enferm., Brasília, v. 64, n. 1, Feb. 2011
Teorias de Enfermagem
Teoria de Enfermagem do Déficit de Autocuidado
          (Dorothea E. Orem - 1971-1995)
Processo de Enfermagem
“O Processo de Enfermagem é um instrumento
  metodológico que orienta o cuidado profissional de
  Enfermagem e a documentação da prática
  profissional”




Conselho Federal de enfermagem (COFEN). Resolução nº 358 de 15 de outubro de 2009. Dispõe sobre a Sistematização da
     Assistência de Enfermagem e a implantação do Processo de Enfermagem em ambientes públicos ou privados, em que
     ocorre     o    cuidado     profissional de Enfermagem,     e   dá   outras   providências.  Disponível    em:
     http://site.portalcofen.gov.br/node/4384
Base Legal
Base Legal
 “Art. 8º Ao enfermeiro incumbe:
 I – privativamente:
 ...
 c) planejamento, organização, coordenação, execução e
     avaliação dos serviços de assistência de enfermagem;
 ...
 e) consulta de enfermagem;
 ...”

Brasil. Decreto nº 94.406, de 08 de junho de 1987. Regulamenta a Lei nº 7.798, de 25 de junho de 1986, que
dispõe sobre o exercício da enfermagem, e dá outras providências. Disponível em:
http://site.portalcofen.gov.br/node/4173
Base Legal
 “Art. 8º Ao enfermeiro incumbe:
 ...
 II – como integrante da equipe de saúde:
 ...
 p) Participar na elaboração e na operacionalização do sistema
     de referência e contra-referência do paciente nos diferentes
     níveis de atenção à saúde;
 ...”

Brasil. Decreto nº 94.406, de 08 de junho de 1987. Regulamenta a Lei nº 7.798, de 25 de junho de 1986, que
dispõe sobre o exercício da enfermagem, e dá outras providências. Disponível em:
http://site.portalcofen.gov.br/node/4173
Princípios fundamentais
“A enfermagem é uma profissão comprometida com a saúde e
    a qualidade de vida da pessoa, família e coletividade.
...
O profissional de enfermagem respeita a vida, a dignidade e os
    direitos humanos, em todas as suas dimensões.
O profissional de enfermagem exerce suas atividades com
    competência para a promoção do ser humano na sua
    integralidade, de acordo com os princípios da ética e
    bioética.”
Conselho Federal de enfermagem (COFEN). Resolução nº 311 de 08 de fevereiro de 2007. Aprova a reformulação
do código de ética dos profissionais de enfermagem. Disponível em: http://site.portalcofen.gov.br/node/4345
“Art. 10 – Recusar-se a executar atividades que não sejam de
  sua competência técnica, científica, ética e legal ou que não
  ofereçam segurança ao profissional, à pessoa, família e
  coletividade.”
                                                    (Direitos - Seção I – Das relações com a pessoa, família e coletividade)

“Art. 17 – Prestar adequadas informações à pessoa, família e
   coletividade a respeito dos direitos, riscos, benefícios e
   intercorrências acerca da assistência de enfermagem.
Art. 18 – Respeitar, reconhecer e realizar ações que garantam o
   direito da pessoa ou de seu representante legal, tratamento,
   conforto e bem estar.”
                               (Responsabilidades e deveres – Seção I – Das relações com a pessoa, família e coletividade)

Conselho Federal de enfermagem (COFEN). Resolução nº 311 de 08 de fevereiro de 2007. Aprova a reformulação
do código de ética dos profissionais de enfermagem. Disponível em: http://site.portalcofen.gov.br/node/4345
“Art. 36 – Participar da prática multiprofissional e
  interdisciplinar com responsabilidade, autonomia e
  liberdade.”
                                 (Direitos - Seção II – Das relações com os trabalhadores de enfermagem, saúde e outros)



“Art. 80 – Delegar suas atividades privativas a outro membro
  da equipe de enfermagem ou de saúde, que não seja
  enfermeiro.”
                                                (Proibições - Seção IV – Das relações com as organizações empregadoras)




Conselho Federal de enfermagem (COFEN). Resolução nº 311 de 08 de fevereiro de 2007. Aprova a reformulação
do código de ética dos profissionais de enfermagem. Disponível em: http://site.portalcofen.gov.br/node/4345
“Somos aquilo que fazemos repetidas vezes. Portanto, a excelência não é
 fruto de um feito, mas sim de um hábito.”
                                                               Aristóteles

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Código de ética
Código de ética Código de ética
Código de ética
JaqueRamos3
 
Ética Profissional na Enfermagem
Ética Profissional na EnfermagemÉtica Profissional na Enfermagem
Ética Profissional na Enfermagem
Tuanny Sampaio - Estética Avançada
 
Ética Profissional de enfermagem
Ética Profissional de enfermagemÉtica Profissional de enfermagem
Ética Profissional de enfermagem
fnanda
 
Código de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagemCódigo de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagem
Centro Universitário Ages
 
Aspectos éticos na ação gerencial do enfermeiro
Aspectos éticos na ação gerencial do enfermeiroAspectos éticos na ação gerencial do enfermeiro
Aspectos éticos na ação gerencial do enfermeiro
Ilana Moura
 
Bioética em centro cirúrgico e projeto minerva princípio da enfermagem 3 g ...
Bioética em centro cirúrgico e projeto minerva   princípio da enfermagem 3 g ...Bioética em centro cirúrgico e projeto minerva   princípio da enfermagem 3 g ...
Bioética em centro cirúrgico e projeto minerva princípio da enfermagem 3 g ...
Emilton Dos Santos Oliveira
 
Questões éticas envolvidas na prática profissional de enfermeiros ccih
Questões éticas envolvidas na prática profissional de enfermeiros ccihQuestões éticas envolvidas na prática profissional de enfermeiros ccih
Questões éticas envolvidas na prática profissional de enfermeiros ccih
Emmanoel Colonnezi
 
Pirncipios enfermagem resenha
Pirncipios enfermagem   resenhaPirncipios enfermagem   resenha
Pirncipios enfermagem resenha
Adriane Lessnau
 
Código de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagemCódigo de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagem
Frank Ferreira
 
Resolucao 311 código de ética
Resolucao 311  código de éticaResolucao 311  código de ética
Resolucao 311 código de ética
Leandro Campelo
 
Código de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagemCódigo de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagem
Fatinha Lima
 
Casos reportados - Ética e moral
Casos reportados - Ética e moralCasos reportados - Ética e moral
Casos reportados - Ética e moral
Fernanda Clara
 
Novo aspectos éticos legais do exercício profissional da enfermagem
Novo   aspectos éticos legais do exercício profissional da enfermagemNovo   aspectos éticos legais do exercício profissional da enfermagem
Novo aspectos éticos legais do exercício profissional da enfermagem
Nayara Dávilla
 
Estresse ocupacional do profissional de enfermagem
Estresse ocupacional do profissional de enfermagemEstresse ocupacional do profissional de enfermagem
Estresse ocupacional do profissional de enfermagem
Coren-BA
 
Codigo etica fisioterapia
Codigo etica fisioterapiaCodigo etica fisioterapia
Codigo etica fisioterapia
Mauro Euclides
 
Aula 1 o ..
Aula 1 o ..Aula 1 o ..
Aula 1 o ..
Vanessa Farias
 
0509 Código de ética profissional de fisioterapia e terapia ocupacional - Fab...
0509 Código de ética profissional de fisioterapia e terapia ocupacional - Fab...0509 Código de ética profissional de fisioterapia e terapia ocupacional - Fab...
0509 Código de ética profissional de fisioterapia e terapia ocupacional - Fab...
laiscarlini
 
Código deontológico dos Médico
Código deontológico dos MédicoCódigo deontológico dos Médico
Código deontológico dos Médico
celiamagalhaes
 

Mais procurados (18)

Código de ética
Código de ética Código de ética
Código de ética
 
Ética Profissional na Enfermagem
Ética Profissional na EnfermagemÉtica Profissional na Enfermagem
Ética Profissional na Enfermagem
 
Ética Profissional de enfermagem
Ética Profissional de enfermagemÉtica Profissional de enfermagem
Ética Profissional de enfermagem
 
Código de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagemCódigo de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagem
 
Aspectos éticos na ação gerencial do enfermeiro
Aspectos éticos na ação gerencial do enfermeiroAspectos éticos na ação gerencial do enfermeiro
Aspectos éticos na ação gerencial do enfermeiro
 
Bioética em centro cirúrgico e projeto minerva princípio da enfermagem 3 g ...
Bioética em centro cirúrgico e projeto minerva   princípio da enfermagem 3 g ...Bioética em centro cirúrgico e projeto minerva   princípio da enfermagem 3 g ...
Bioética em centro cirúrgico e projeto minerva princípio da enfermagem 3 g ...
 
Questões éticas envolvidas na prática profissional de enfermeiros ccih
Questões éticas envolvidas na prática profissional de enfermeiros ccihQuestões éticas envolvidas na prática profissional de enfermeiros ccih
Questões éticas envolvidas na prática profissional de enfermeiros ccih
 
Pirncipios enfermagem resenha
Pirncipios enfermagem   resenhaPirncipios enfermagem   resenha
Pirncipios enfermagem resenha
 
Código de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagemCódigo de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagem
 
Resolucao 311 código de ética
Resolucao 311  código de éticaResolucao 311  código de ética
Resolucao 311 código de ética
 
Código de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagemCódigo de ética dos profissionais de enfermagem
Código de ética dos profissionais de enfermagem
 
Casos reportados - Ética e moral
Casos reportados - Ética e moralCasos reportados - Ética e moral
Casos reportados - Ética e moral
 
Novo aspectos éticos legais do exercício profissional da enfermagem
Novo   aspectos éticos legais do exercício profissional da enfermagemNovo   aspectos éticos legais do exercício profissional da enfermagem
Novo aspectos éticos legais do exercício profissional da enfermagem
 
Estresse ocupacional do profissional de enfermagem
Estresse ocupacional do profissional de enfermagemEstresse ocupacional do profissional de enfermagem
Estresse ocupacional do profissional de enfermagem
 
Codigo etica fisioterapia
Codigo etica fisioterapiaCodigo etica fisioterapia
Codigo etica fisioterapia
 
Aula 1 o ..
Aula 1 o ..Aula 1 o ..
Aula 1 o ..
 
0509 Código de ética profissional de fisioterapia e terapia ocupacional - Fab...
0509 Código de ética profissional de fisioterapia e terapia ocupacional - Fab...0509 Código de ética profissional de fisioterapia e terapia ocupacional - Fab...
0509 Código de ética profissional de fisioterapia e terapia ocupacional - Fab...
 
Código deontológico dos Médico
Código deontológico dos MédicoCódigo deontológico dos Médico
Código deontológico dos Médico
 

Destaque

Artigos que vão cair na prova quarta coren rs
Artigos que vão cair na prova quarta coren rsArtigos que vão cair na prova quarta coren rs
Artigos que vão cair na prova quarta coren rs
Daniel Oliveira
 
Coren sp 2005
Coren sp 2005Coren sp 2005
Coren sp 2005
natanaelfs
 
Anotações de Enfermagem - COREN-SP
Anotações de Enfermagem - COREN-SPAnotações de Enfermagem - COREN-SP
Anotações de Enfermagem - COREN-SP
Susane Rayanne
 
Cartilha Educativa sobre Bioética
Cartilha Educativa sobre BioéticaCartilha Educativa sobre Bioética
Cartilha Educativa sobre Bioética
Mayara Mônica
 
Transporte de Pacientes: Intra-Hospitalar e Inter-Hospitalar
Transporte de Pacientes: Intra-Hospitalar  e Inter-HospitalarTransporte de Pacientes: Intra-Hospitalar  e Inter-Hospitalar
Transporte de Pacientes: Intra-Hospitalar e Inter-Hospitalar
Jeferson Espindola
 
Urgência e emergência
Urgência e emergênciaUrgência e emergência
Urgência e emergência
Alexandre Donha
 
Histórico de enfermagem
Histórico de enfermagemHistórico de enfermagem
Histórico de enfermagem
Rodrigo Bruno
 
Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)
Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)
Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)
Amanda Moura
 
Detalhes resoluções cofen 311 2007
Detalhes resoluções cofen 311 2007Detalhes resoluções cofen 311 2007
Detalhes resoluções cofen 311 2007
Carolf91
 
Historia Da Enfermagem
Historia Da EnfermagemHistoria Da Enfermagem
Historia Da Enfermagem
Fernando Dias
 
Florence Nightingale
Florence NightingaleFlorence Nightingale
Florence Nightingale
EnFerMeriithhaa !!!
 
Teoria do autocuidado orem
Teoria do autocuidado  oremTeoria do autocuidado  orem
Teoria do autocuidado orem
Anhanguera Enfermagem A/B
 
Aula 1 - Urgência e emergência
Aula 1 - Urgência e emergênciaAula 1 - Urgência e emergência
Aula 1 - Urgência e emergência
Ricardo Augusto
 
Sistematização da assistência de enfermagem
Sistematização da assistência de enfermagemSistematização da assistência de enfermagem
Sistematização da assistência de enfermagem
Danilo Nunes Anunciação
 
Avaliação e o processo de Enfermagem
Avaliação e o processo de EnfermagemAvaliação e o processo de Enfermagem
Avaliação e o processo de Enfermagem
resenfe2013
 
Virginia henderson
Virginia henderson Virginia henderson
Virginia henderson
fundamentos2012uns
 
Dorothea orem
Dorothea oremDorothea orem
Dorothea orem
fundamentos2012uns
 

Destaque (17)

Artigos que vão cair na prova quarta coren rs
Artigos que vão cair na prova quarta coren rsArtigos que vão cair na prova quarta coren rs
Artigos que vão cair na prova quarta coren rs
 
Coren sp 2005
Coren sp 2005Coren sp 2005
Coren sp 2005
 
Anotações de Enfermagem - COREN-SP
Anotações de Enfermagem - COREN-SPAnotações de Enfermagem - COREN-SP
Anotações de Enfermagem - COREN-SP
 
Cartilha Educativa sobre Bioética
Cartilha Educativa sobre BioéticaCartilha Educativa sobre Bioética
Cartilha Educativa sobre Bioética
 
Transporte de Pacientes: Intra-Hospitalar e Inter-Hospitalar
Transporte de Pacientes: Intra-Hospitalar  e Inter-HospitalarTransporte de Pacientes: Intra-Hospitalar  e Inter-Hospitalar
Transporte de Pacientes: Intra-Hospitalar e Inter-Hospitalar
 
Urgência e emergência
Urgência e emergênciaUrgência e emergência
Urgência e emergência
 
Histórico de enfermagem
Histórico de enfermagemHistórico de enfermagem
Histórico de enfermagem
 
Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)
Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)
Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)
 
Detalhes resoluções cofen 311 2007
Detalhes resoluções cofen 311 2007Detalhes resoluções cofen 311 2007
Detalhes resoluções cofen 311 2007
 
Historia Da Enfermagem
Historia Da EnfermagemHistoria Da Enfermagem
Historia Da Enfermagem
 
Florence Nightingale
Florence NightingaleFlorence Nightingale
Florence Nightingale
 
Teoria do autocuidado orem
Teoria do autocuidado  oremTeoria do autocuidado  orem
Teoria do autocuidado orem
 
Aula 1 - Urgência e emergência
Aula 1 - Urgência e emergênciaAula 1 - Urgência e emergência
Aula 1 - Urgência e emergência
 
Sistematização da assistência de enfermagem
Sistematização da assistência de enfermagemSistematização da assistência de enfermagem
Sistematização da assistência de enfermagem
 
Avaliação e o processo de Enfermagem
Avaliação e o processo de EnfermagemAvaliação e o processo de Enfermagem
Avaliação e o processo de Enfermagem
 
Virginia henderson
Virginia henderson Virginia henderson
Virginia henderson
 
Dorothea orem
Dorothea oremDorothea orem
Dorothea orem
 

Semelhante a Mirela bertoli

parecer projeto_humanitude OE
parecer projeto_humanitude OEparecer projeto_humanitude OE
parecer projeto_humanitude OE
Rita Cardoso
 
Codigo de etica.pptx
Codigo de etica.pptxCodigo de etica.pptx
Codigo de etica.pptx
FrancielleConstantin
 
aula de codigo de etica dos profissionais da enfermagem
aula de codigo de etica dos profissionais da  enfermagemaula de codigo de etica dos profissionais da  enfermagem
aula de codigo de etica dos profissionais da enfermagem
vaniceandrade1
 
AULA 02 PSICO.pdf
AULA 02 PSICO.pdfAULA 02 PSICO.pdf
AULA 02 PSICO.pdf
NAILANENAI
 
Lei 8080 esquematizada
Lei 8080 esquematizadaLei 8080 esquematizada
Lei 8080 esquematizada
EstrategiaConc
 
Resumo Lei 8080 para Concursos
Resumo Lei 8080 para ConcursosResumo Lei 8080 para Concursos
Resumo Lei 8080 para Concursos
Estratégia Concursos
 
Lei 8080-sus
Lei 8080-susLei 8080-sus
Lei 8080-sus
Douglas Yusuf
 
Lei 8080-SUS
Lei 8080-SUSLei 8080-SUS
Lei 8080-SUS
Anne Magno
 
LEI-8080-ESQUEMATIZADA1.pdf
LEI-8080-ESQUEMATIZADA1.pdfLEI-8080-ESQUEMATIZADA1.pdf
LEI-8080-ESQUEMATIZADA1.pdf
ssuser4267151
 
aids
aidsaids
M etica-enfermagem
M etica-enfermagemM etica-enfermagem
M etica-enfermagem
Carla Martins
 
M etica-enfermagem
M etica-enfermagemM etica-enfermagem
M etica-enfermagem
Maize Alves
 
ÉTICA-ENFERMAGEM- técnicos e enfermeiros.
ÉTICA-ENFERMAGEM- técnicos e enfermeiros.ÉTICA-ENFERMAGEM- técnicos e enfermeiros.
ÉTICA-ENFERMAGEM- técnicos e enfermeiros.
EnfSampy
 
Comissões de ética
Comissões de éticaComissões de ética
Comissões de ética
Marcus Vinicius Dias Gadelha
 
sms-10941-7631.pdfbvvbhggjftijhfyhjgfgfk
sms-10941-7631.pdfbvvbhggjftijhfyhjgfgfksms-10941-7631.pdfbvvbhggjftijhfyhjgfgfk
sms-10941-7631.pdfbvvbhggjftijhfyhjgfgfk
josebasiliodasilva01
 
cdigodeticadosprofissionaisdeenfermagem-160127201933.pdf
cdigodeticadosprofissionaisdeenfermagem-160127201933.pdfcdigodeticadosprofissionaisdeenfermagem-160127201933.pdf
cdigodeticadosprofissionaisdeenfermagem-160127201933.pdf
VivianePereira485260
 
cdigodeticadosprofissionaisdeenfermagem-160127201933.pdf
cdigodeticadosprofissionaisdeenfermagem-160127201933.pdfcdigodeticadosprofissionaisdeenfermagem-160127201933.pdf
cdigodeticadosprofissionaisdeenfermagem-160127201933.pdf
EnfefariasFarias
 
Slaid 1 fundamentos da enfermagem
Slaid 1 fundamentos da enfermagemSlaid 1 fundamentos da enfermagem
Slaid 1 fundamentos da enfermagem
Rosiane Maria
 
6-O-código-de-etica-do-Medico-Veterinario-.ppt
6-O-código-de-etica-do-Medico-Veterinario-.ppt6-O-código-de-etica-do-Medico-Veterinario-.ppt
6-O-código-de-etica-do-Medico-Veterinario-.ppt
JeffersonPereira360732
 
Sae
SaeSae

Semelhante a Mirela bertoli (20)

parecer projeto_humanitude OE
parecer projeto_humanitude OEparecer projeto_humanitude OE
parecer projeto_humanitude OE
 
Codigo de etica.pptx
Codigo de etica.pptxCodigo de etica.pptx
Codigo de etica.pptx
 
aula de codigo de etica dos profissionais da enfermagem
aula de codigo de etica dos profissionais da  enfermagemaula de codigo de etica dos profissionais da  enfermagem
aula de codigo de etica dos profissionais da enfermagem
 
AULA 02 PSICO.pdf
AULA 02 PSICO.pdfAULA 02 PSICO.pdf
AULA 02 PSICO.pdf
 
Lei 8080 esquematizada
Lei 8080 esquematizadaLei 8080 esquematizada
Lei 8080 esquematizada
 
Resumo Lei 8080 para Concursos
Resumo Lei 8080 para ConcursosResumo Lei 8080 para Concursos
Resumo Lei 8080 para Concursos
 
Lei 8080-sus
Lei 8080-susLei 8080-sus
Lei 8080-sus
 
Lei 8080-SUS
Lei 8080-SUSLei 8080-SUS
Lei 8080-SUS
 
LEI-8080-ESQUEMATIZADA1.pdf
LEI-8080-ESQUEMATIZADA1.pdfLEI-8080-ESQUEMATIZADA1.pdf
LEI-8080-ESQUEMATIZADA1.pdf
 
aids
aidsaids
aids
 
M etica-enfermagem
M etica-enfermagemM etica-enfermagem
M etica-enfermagem
 
M etica-enfermagem
M etica-enfermagemM etica-enfermagem
M etica-enfermagem
 
ÉTICA-ENFERMAGEM- técnicos e enfermeiros.
ÉTICA-ENFERMAGEM- técnicos e enfermeiros.ÉTICA-ENFERMAGEM- técnicos e enfermeiros.
ÉTICA-ENFERMAGEM- técnicos e enfermeiros.
 
Comissões de ética
Comissões de éticaComissões de ética
Comissões de ética
 
sms-10941-7631.pdfbvvbhggjftijhfyhjgfgfk
sms-10941-7631.pdfbvvbhggjftijhfyhjgfgfksms-10941-7631.pdfbvvbhggjftijhfyhjgfgfk
sms-10941-7631.pdfbvvbhggjftijhfyhjgfgfk
 
cdigodeticadosprofissionaisdeenfermagem-160127201933.pdf
cdigodeticadosprofissionaisdeenfermagem-160127201933.pdfcdigodeticadosprofissionaisdeenfermagem-160127201933.pdf
cdigodeticadosprofissionaisdeenfermagem-160127201933.pdf
 
cdigodeticadosprofissionaisdeenfermagem-160127201933.pdf
cdigodeticadosprofissionaisdeenfermagem-160127201933.pdfcdigodeticadosprofissionaisdeenfermagem-160127201933.pdf
cdigodeticadosprofissionaisdeenfermagem-160127201933.pdf
 
Slaid 1 fundamentos da enfermagem
Slaid 1 fundamentos da enfermagemSlaid 1 fundamentos da enfermagem
Slaid 1 fundamentos da enfermagem
 
6-O-código-de-etica-do-Medico-Veterinario-.ppt
6-O-código-de-etica-do-Medico-Veterinario-.ppt6-O-código-de-etica-do-Medico-Veterinario-.ppt
6-O-código-de-etica-do-Medico-Veterinario-.ppt
 
Sae
SaeSae
Sae
 

Mais de Anais III Simpie

Anais III Simpie
Anais III SimpieAnais III Simpie
Anais III Simpie
Anais III Simpie
 
Dr. luis maria ccpf
Dr. luis maria ccpfDr. luis maria ccpf
Dr. luis maria ccpf
Anais III Simpie
 
Premiação III Simpie
Premiação III SimpiePremiação III Simpie
Premiação III Simpie
Anais III Simpie
 
Conceptual model fcc presentation
Conceptual model fcc presentationConceptual model fcc presentation
Conceptual model fcc presentation
Anais III Simpie
 
Dra. isabel iii simposio samaritano 2012
Dra. isabel iii simposio samaritano 2012Dra. isabel iii simposio samaritano 2012
Dra. isabel iii simposio samaritano 2012
Anais III Simpie
 
Vera regina trabalho colaborativo
Vera regina trabalho colaborativoVera regina trabalho colaborativo
Vera regina trabalho colaborativo
Anais III Simpie
 
Mont serrat ponencia sem inter hosp samaritano
Mont serrat ponencia sem inter hosp samaritanoMont serrat ponencia sem inter hosp samaritano
Mont serrat ponencia sem inter hosp samaritano
Anais III Simpie
 
Ricardo papel do medico em cp samrit2012
Ricardo  papel do medico em cp samrit2012Ricardo  papel do medico em cp samrit2012
Ricardo papel do medico em cp samrit2012
Anais III Simpie
 
Viviane cuidado centrado no paciente e familia psicólogo
Viviane cuidado centrado no paciente e  familia   psicólogoViviane cuidado centrado no paciente e  familia   psicólogo
Viviane cuidado centrado no paciente e familia psicólogo
Anais III Simpie
 
Cba e integr familia nancy yamauchi abr2012
Cba e integr familia nancy yamauchi abr2012Cba e integr familia nancy yamauchi abr2012
Cba e integr familia nancy yamauchi abr2012
Anais III Simpie
 
How to measure fcc presentation
How to measure fcc presentationHow to measure fcc presentation
How to measure fcc presentation
Anais III Simpie
 
Mirian mesa redonda dia 26
Mirian mesa redonda dia 26Mirian mesa redonda dia 26
Mirian mesa redonda dia 26
Anais III Simpie
 
Vanessa aula samaritano_v12_04_26
Vanessa aula samaritano_v12_04_26Vanessa aula samaritano_v12_04_26
Vanessa aula samaritano_v12_04_26
Anais III Simpie
 

Mais de Anais III Simpie (13)

Anais III Simpie
Anais III SimpieAnais III Simpie
Anais III Simpie
 
Dr. luis maria ccpf
Dr. luis maria ccpfDr. luis maria ccpf
Dr. luis maria ccpf
 
Premiação III Simpie
Premiação III SimpiePremiação III Simpie
Premiação III Simpie
 
Conceptual model fcc presentation
Conceptual model fcc presentationConceptual model fcc presentation
Conceptual model fcc presentation
 
Dra. isabel iii simposio samaritano 2012
Dra. isabel iii simposio samaritano 2012Dra. isabel iii simposio samaritano 2012
Dra. isabel iii simposio samaritano 2012
 
Vera regina trabalho colaborativo
Vera regina trabalho colaborativoVera regina trabalho colaborativo
Vera regina trabalho colaborativo
 
Mont serrat ponencia sem inter hosp samaritano
Mont serrat ponencia sem inter hosp samaritanoMont serrat ponencia sem inter hosp samaritano
Mont serrat ponencia sem inter hosp samaritano
 
Ricardo papel do medico em cp samrit2012
Ricardo  papel do medico em cp samrit2012Ricardo  papel do medico em cp samrit2012
Ricardo papel do medico em cp samrit2012
 
Viviane cuidado centrado no paciente e familia psicólogo
Viviane cuidado centrado no paciente e  familia   psicólogoViviane cuidado centrado no paciente e  familia   psicólogo
Viviane cuidado centrado no paciente e familia psicólogo
 
Cba e integr familia nancy yamauchi abr2012
Cba e integr familia nancy yamauchi abr2012Cba e integr familia nancy yamauchi abr2012
Cba e integr familia nancy yamauchi abr2012
 
How to measure fcc presentation
How to measure fcc presentationHow to measure fcc presentation
How to measure fcc presentation
 
Mirian mesa redonda dia 26
Mirian mesa redonda dia 26Mirian mesa redonda dia 26
Mirian mesa redonda dia 26
 
Vanessa aula samaritano_v12_04_26
Vanessa aula samaritano_v12_04_26Vanessa aula samaritano_v12_04_26
Vanessa aula samaritano_v12_04_26
 

Mirela bertoli

  • 1. CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO
  • 2. Educação do paciente/família: quais são os limites? Delegação de cuidados de enfermagem a leigos
  • 3. O que é cuidado de enfermagem?
  • 4. “Cuidado de enfermagem é um fenômeno intencional, essencial à vida, que ocorre no encontro de seres humanos que interagem, por meio de atitudes que envolvem consciência, zelo, solidariedade e amor. Expressa um "saber-fazer" embasado na ciência, na arte, na ética e na estética, direcionado às necessidades do indivíduo, da família e da comunidade”. VALE, Eucléia Gomes; PAGLIUCA, Lorita Marlena Freitag. Construção de um conceito de cuidado de enfermagem: contribuição para o ensino de graduação. Rev. bras. enferm., Brasília, v. 64, n. 1, Feb. 2011
  • 6. Teoria de Enfermagem do Déficit de Autocuidado (Dorothea E. Orem - 1971-1995)
  • 8. “O Processo de Enfermagem é um instrumento metodológico que orienta o cuidado profissional de Enfermagem e a documentação da prática profissional” Conselho Federal de enfermagem (COFEN). Resolução nº 358 de 15 de outubro de 2009. Dispõe sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem e a implantação do Processo de Enfermagem em ambientes públicos ou privados, em que ocorre o cuidado profissional de Enfermagem, e dá outras providências. Disponível em: http://site.portalcofen.gov.br/node/4384
  • 10. Base Legal “Art. 8º Ao enfermeiro incumbe: I – privativamente: ... c) planejamento, organização, coordenação, execução e avaliação dos serviços de assistência de enfermagem; ... e) consulta de enfermagem; ...” Brasil. Decreto nº 94.406, de 08 de junho de 1987. Regulamenta a Lei nº 7.798, de 25 de junho de 1986, que dispõe sobre o exercício da enfermagem, e dá outras providências. Disponível em: http://site.portalcofen.gov.br/node/4173
  • 11. Base Legal “Art. 8º Ao enfermeiro incumbe: ... II – como integrante da equipe de saúde: ... p) Participar na elaboração e na operacionalização do sistema de referência e contra-referência do paciente nos diferentes níveis de atenção à saúde; ...” Brasil. Decreto nº 94.406, de 08 de junho de 1987. Regulamenta a Lei nº 7.798, de 25 de junho de 1986, que dispõe sobre o exercício da enfermagem, e dá outras providências. Disponível em: http://site.portalcofen.gov.br/node/4173
  • 12. Princípios fundamentais “A enfermagem é uma profissão comprometida com a saúde e a qualidade de vida da pessoa, família e coletividade. ... O profissional de enfermagem respeita a vida, a dignidade e os direitos humanos, em todas as suas dimensões. O profissional de enfermagem exerce suas atividades com competência para a promoção do ser humano na sua integralidade, de acordo com os princípios da ética e bioética.” Conselho Federal de enfermagem (COFEN). Resolução nº 311 de 08 de fevereiro de 2007. Aprova a reformulação do código de ética dos profissionais de enfermagem. Disponível em: http://site.portalcofen.gov.br/node/4345
  • 13. “Art. 10 – Recusar-se a executar atividades que não sejam de sua competência técnica, científica, ética e legal ou que não ofereçam segurança ao profissional, à pessoa, família e coletividade.” (Direitos - Seção I – Das relações com a pessoa, família e coletividade) “Art. 17 – Prestar adequadas informações à pessoa, família e coletividade a respeito dos direitos, riscos, benefícios e intercorrências acerca da assistência de enfermagem. Art. 18 – Respeitar, reconhecer e realizar ações que garantam o direito da pessoa ou de seu representante legal, tratamento, conforto e bem estar.” (Responsabilidades e deveres – Seção I – Das relações com a pessoa, família e coletividade) Conselho Federal de enfermagem (COFEN). Resolução nº 311 de 08 de fevereiro de 2007. Aprova a reformulação do código de ética dos profissionais de enfermagem. Disponível em: http://site.portalcofen.gov.br/node/4345
  • 14. “Art. 36 – Participar da prática multiprofissional e interdisciplinar com responsabilidade, autonomia e liberdade.” (Direitos - Seção II – Das relações com os trabalhadores de enfermagem, saúde e outros) “Art. 80 – Delegar suas atividades privativas a outro membro da equipe de enfermagem ou de saúde, que não seja enfermeiro.” (Proibições - Seção IV – Das relações com as organizações empregadoras) Conselho Federal de enfermagem (COFEN). Resolução nº 311 de 08 de fevereiro de 2007. Aprova a reformulação do código de ética dos profissionais de enfermagem. Disponível em: http://site.portalcofen.gov.br/node/4345
  • 15. “Somos aquilo que fazemos repetidas vezes. Portanto, a excelência não é fruto de um feito, mas sim de um hábito.” Aristóteles