SlideShare uma empresa Scribd logo
Maslow
 Professora : Flavia Cristina Mendes dos Santos
Alunas: Pamela Aparecida
Rosa Angela
Curso :Nutrição e Dietética
Gestão de pessoas e Legislação Trabalhista.
•Abraham Harold Maslow
•Nasceu no Brooklin, Nova Iorque, em
primeiro de Abril de 1908;
•Descendente de pais russos, tinha seis
irmãos
•Iniciou sua vida acadêmica na
faculdade de direito em Nova Iorque,
mas desistiu um ano e meio depois;
•Após se casar com sua prima, mudou-
se para Wisconsin, onde começou a se
interessar pela psicologia, a qual fez
questão de estudar na Universidade;
•Voltou à Nova Iorque em 1935 e
começou a lecionar na faculdade do
Brooklin;
• Passou a se interessar pela motivação
humana e produziu diversos artigos
daTeoria da Hierarquização das
necessidades humanas;
• Após se dedicar à administração da
faculdade, criou a obra “Motivation and
Personality”, aclamada até hoje;
• Na década de 60, Maslow se envolveu
com a área de Gestão de Negócios e
passou a relacionar seus estudos de
gestão com suas teorias motivacionais;
• Morreu em 1970, aos 62 anos, vítima
de ataque cardíaco.
• Maslow apresentou uma
teoria da motivação
segundo a qual as
necessidades humanas
estão organizadas e
dispostas em níveis, em
uma hierarquia de
importância e de influencia.
•Essa hierarquia de
necessidades pode ser
visualizada como uma
pirâmide:
1. Necessidades
básicas como
abrigo, roupa,
comida, melhor
remuneração
imediata, melhores
condições de
trabalho, etc.
2. Afastamento os
diferentes tipo de
perigo físico que
podem ser obtidos
pela ordem e
segurança pública,
previdência, plano de
assistência médica,
seguro, poupança,
etc.
3.Proporcionado
pelas amizades
com colegas de
trabalho, relações
interpessoais
harmoniosas, etc.
4. O desejo de
sobressair-se
socialmente,
oportunidade de
crescimento,
promoção,
reconhecimento
de mérito, etc.
São estímulos
para melhorias
comportamentais.
5. Após ter
conquistado tudo
que queria o
individuo passa a
buscar condições
de atingir o
potencial máximo
e poder contribuir
para a sociedade e
o país.
 A teoria de Maslow buscava compreender e
explicar as necessidades e o comportamento
humano, sendo que esse comportamento é
composto por necessidades. Algumas
fundamentais para a sobrevivência, as
fisiológicas e biológicas, como fome, sede e o
sono, respiração. Porém a satisfação de uma
necessidade sempre traz a outra, ou seja,
quando se satisfaz as necessidades fisiológicas,
surgem outras como por exemplo a autoestima.
 Para Maslow, as necessidades são motivadas e
motivadoras, as quais ele considera como
psicofísica, pois buscam um equilíbrio hemostático
do organismo.
 Maslow afirma que se todas as necessidades
estão insatisfeitas e o organismo é dominado
pelas necessidades fisiológicas, quaisquer outras
tornam-se inexistentes ou latentes.
 As necessidades humanas assumem formas e
expressões que variam conforme o indivíduo. Nem
todos conseguem chegar ao topo da pirâmide de
necessidades. A Frustração de certas
necessidades passa a ser considerada uma
ameaça psicológica. Quando alguma necessidade
de nível mais baixo deixa de ser satisfeita, ela volta
a predominar o comportamento, enquanto gerar
tensão no organismo.
 Muito utilizada na administração(gestão) de pessoas. A
abordagem comportamental na administração propõe a
adoção de uma posição humanística, e não normativa.
No marketing há uma segmentação psicológica
baseada nos desejos e necessidades das pessoas.
Ajuda a entender o comportamento, os planos e metas
dos consumidores. Reconhece as necessidades e,
portanto, o tipo de produto para cada consumidor.
 Pode se afirmar que a existência de premência ou
não de níveis de necessidades, conforme os
dispostos por Maslow contribui para a análise do
perfil interno do consumidor em termos de
subsídios, principalmente para a propaganda.
 Reside em propor hipóteses quanto ao real valor
da teoria de motivação de Maslow para o estudo do
comportamento do consumidor.
 De uma forma geral, as teorias tem valor para com as
áreas em que foram desenvolvidas, pois permitem
estudos e análises que ampliam conhecimentos,
retificam ou consolidam as mesmas teorias ou ainda
desenvolvem outras. Mas ainda se questiona, que além
do valor da teoria, ainda desta teoria, ainda discutível,
é a sua apresentação como enriquecedora ou passível
de ser utilizada pelos profissionais do setor, meramente
por ter-se mostrado criativa e acessível.
 Mais do que uma crítica à teoria, pretendeu-se
demonstrar as limitações do seu uso, já que a sua
aceitação não deve ser atribuída ao autor e sim aos
que a difundem e aplicam.
 Vimos que a teoria da hierarquia de Maslow busca
compreender as necessidades que devem ser supridas para
que a pessoa alcance sucesso pessoal e profissional, com
isso ele através de pesquisas selecionou as necessidades
em que ele acreditou serem essenciais para o indivíduo e
argumentou sobre cada uma delas como se uma
dependesse da outra.
 A teoria de Maslow também é muito utilizada pelas
organizações, porém há pessoas que discordam de sua
eficácia totalmente ou parcialmente, com isso surgiram
críticas a essa teoria, mas em geral é uma teoria bem
plausível por muitas organizações que a utilizam para
melhorar a relação com os empregados e
consequentemente aumentar a sua produtividade.
 http://www.ead.fea.usp.br/semead/13semead/resultado/trabalhosPDF/703.pdf
 http://br.monografias.com/trabalhos-pdf/gestao-pessoas-motivacao-servico-
lideranca/gestao-pessoas-motivacao-servico-lideranca.pdf
 http://www.administradores.com.br/producao-academica/a-teoria-da-hierarquia-das-
necessidades/5266/
 http://consultapsicologo.com.br/2008/03/27/maslow-mcgregor-e-herzberg-teorias-
motivacao/
 http://www.biografiasyvidas.com/biografia/m/maslow.htm
 http://elmaxilab.com/definicao-abc/letra-a/abraham-maslow.php
 http://adaomacarioadm.blogspot.com.br/2011/01/biografia-de-abraham-h-maslow-o-
pai-do.html
 http://www.buscadorerrante.com/wp/2009/biografia-de-abraham-maslow/
Maslow
Maslow

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Psicologia humanista
Psicologia humanistaPsicologia humanista
Psicologia humanista
Carolina Pacheco
 
Psicologia do trabalho
Psicologia do trabalhoPsicologia do trabalho
Psicologia do trabalho
Hugo Cordeiro
 
Psicologia humanista
Psicologia humanistaPsicologia humanista
Psicologia humanista
Juliermeson Morais
 
Humanismo
HumanismoHumanismo
Humanismo
Lydssa Gurgel
 
Psicologia organizacional e do trabalho
Psicologia organizacional e do trabalhoPsicologia organizacional e do trabalho
Psicologia organizacional e do trabalho
Drielle Siempre Juntos
 
Psicologia Comunitária
Psicologia Comunitária    Psicologia Comunitária
Psicologia Comunitária
Angela Pereira de Farias
 
Psicologia humanista
Psicologia humanistaPsicologia humanista
Psicologia humanista
Daniela Ponciano Oliveira
 
Psicanálise
PsicanálisePsicanálise
Psicanálise
Micaella Gomes
 
Carl rogers
Carl rogersCarl rogers
Carl rogers
Psicologia_2015
 
Teoria Humanista
Teoria HumanistaTeoria Humanista
Teoria Humanista
Silvia Marina Anaruma
 
Humanismo Carl Rogers
Humanismo Carl RogersHumanismo Carl Rogers
Humanismo Carl Rogers
Elisabeth Lima de Oliveira
 
Psicologia Organizacional e do Trabalho
Psicologia Organizacional e do TrabalhoPsicologia Organizacional e do Trabalho
Psicologia Organizacional e do Trabalho
Felipe Saraiva Nunes de Pinho
 
Motivação - Processos Psicológicos Básicos
Motivação - Processos Psicológicos BásicosMotivação - Processos Psicológicos Básicos
Motivação - Processos Psicológicos Básicos
Deisiane Cazaroto
 
CONCEITOS BÁSICOS DE GESTÃO
CONCEITOS BÁSICOS DE GESTÃOCONCEITOS BÁSICOS DE GESTÃO
CONCEITOS BÁSICOS DE GESTÃO
Francisco Pereira
 
Freud e a Psicanálise
Freud e a PsicanáliseFreud e a Psicanálise
Freud e a Psicanálise
Bruno Carrasco
 
Subjetivismo de Rogers
Subjetivismo de RogersSubjetivismo de Rogers
Subjetivismo de Rogers
Blog Amiga da Pedagogia By Nathália
 
O que é a psicologia
O que é a psicologiaO que é a psicologia
O que é a psicologia
psicologiaazambuja
 
Teoria do Behaviorismo de Skinner
Teoria do Behaviorismo de SkinnerTeoria do Behaviorismo de Skinner
Teoria do Behaviorismo de Skinner
Eduardo Petrucci
 
Psicologia organizacional
Psicologia organizacionalPsicologia organizacional
Psicologia organizacional
AJESM
 
Teoria humanista
Teoria humanistaTeoria humanista
Teoria humanista
Silvia Marina Anaruma
 

Mais procurados (20)

Psicologia humanista
Psicologia humanistaPsicologia humanista
Psicologia humanista
 
Psicologia do trabalho
Psicologia do trabalhoPsicologia do trabalho
Psicologia do trabalho
 
Psicologia humanista
Psicologia humanistaPsicologia humanista
Psicologia humanista
 
Humanismo
HumanismoHumanismo
Humanismo
 
Psicologia organizacional e do trabalho
Psicologia organizacional e do trabalhoPsicologia organizacional e do trabalho
Psicologia organizacional e do trabalho
 
Psicologia Comunitária
Psicologia Comunitária    Psicologia Comunitária
Psicologia Comunitária
 
Psicologia humanista
Psicologia humanistaPsicologia humanista
Psicologia humanista
 
Psicanálise
PsicanálisePsicanálise
Psicanálise
 
Carl rogers
Carl rogersCarl rogers
Carl rogers
 
Teoria Humanista
Teoria HumanistaTeoria Humanista
Teoria Humanista
 
Humanismo Carl Rogers
Humanismo Carl RogersHumanismo Carl Rogers
Humanismo Carl Rogers
 
Psicologia Organizacional e do Trabalho
Psicologia Organizacional e do TrabalhoPsicologia Organizacional e do Trabalho
Psicologia Organizacional e do Trabalho
 
Motivação - Processos Psicológicos Básicos
Motivação - Processos Psicológicos BásicosMotivação - Processos Psicológicos Básicos
Motivação - Processos Psicológicos Básicos
 
CONCEITOS BÁSICOS DE GESTÃO
CONCEITOS BÁSICOS DE GESTÃOCONCEITOS BÁSICOS DE GESTÃO
CONCEITOS BÁSICOS DE GESTÃO
 
Freud e a Psicanálise
Freud e a PsicanáliseFreud e a Psicanálise
Freud e a Psicanálise
 
Subjetivismo de Rogers
Subjetivismo de RogersSubjetivismo de Rogers
Subjetivismo de Rogers
 
O que é a psicologia
O que é a psicologiaO que é a psicologia
O que é a psicologia
 
Teoria do Behaviorismo de Skinner
Teoria do Behaviorismo de SkinnerTeoria do Behaviorismo de Skinner
Teoria do Behaviorismo de Skinner
 
Psicologia organizacional
Psicologia organizacionalPsicologia organizacional
Psicologia organizacional
 
Teoria humanista
Teoria humanistaTeoria humanista
Teoria humanista
 

Semelhante a Maslow

Biografia de abraham maslow
Biografia de abraham maslowBiografia de abraham maslow
Biografia de abraham maslow
Ronaldo Pacheco .'.
 
Atividade 10
Atividade 10Atividade 10
Atividade 10
Tatiane Guedes Santos
 
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]
admetz01
 
Teoria de Maslow.pptx
Teoria de Maslow.pptxTeoria de Maslow.pptx
Teoria de Maslow.pptx
Valquiria Jaques
 
Maslow desconhecido: Uma revisão de seus principais trabalhos sobre motivação
Maslow desconhecido: Uma revisão de seus principais trabalhos sobre motivaçãoMaslow desconhecido: Uma revisão de seus principais trabalhos sobre motivação
Maslow desconhecido: Uma revisão de seus principais trabalhos sobre motivação
Francisca Rato
 
01 maslow herzberg vroom
01 maslow  herzberg vroom01 maslow  herzberg vroom
01 maslow herzberg vroom
Oswaldo Oliveira Filho
 
01 maslow herzberg vroom
01 maslow  herzberg vroom01 maslow  herzberg vroom
01 maslow herzberg vroom
Oswaldo Oliveira Filho
 
Teoria de erc
Teoria  de ercTeoria  de erc
Teoria de erc
Silas Tunzine
 
Pirâmide das necessidades de Maslow.pdf
Pirâmide das necessidades de Maslow.pdfPirâmide das necessidades de Maslow.pdf
Pirâmide das necessidades de Maslow.pdf
JacksonMedeiros8
 
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow
Resenha: Hierarquização das Necessidades de MaslowResenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow
admetz01
 
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]
admetz01
 
processos psicológicos MOTIVAÇÃO E VIDA AFETIVA.pdf
processos psicológicos MOTIVAÇÃO E VIDA AFETIVA.pdfprocessos psicológicos MOTIVAÇÃO E VIDA AFETIVA.pdf
processos psicológicos MOTIVAÇÃO E VIDA AFETIVA.pdf
vilcielepazebem
 
Motivacao
MotivacaoMotivacao
Motivacao
Ligia Coppetti
 
Motivação teorias de conteúdo
Motivação teorias de conteúdoMotivação teorias de conteúdo
Motivação teorias de conteúdo
Fábio Costa
 
339
339339
Teorias da Motivação
Teorias da MotivaçãoTeorias da Motivação
Teorias da Motivação
Cursos Profissionalizantes
 
Teoria comportamental administracao
Teoria comportamental administracaoTeoria comportamental administracao
Teoria comportamental administracao
Leon Pires
 
Gesto1.pdf
Gesto1.pdfGesto1.pdf
Gesto1.pdf
HugoPedro12
 
6 a teoria de maslow sobre motivacao
6 a teoria de maslow sobre motivacao6 a teoria de maslow sobre motivacao
6 a teoria de maslow sobre motivacao
Ana Genesy
 
119127311 2638.comportamentalismo
119127311 2638.comportamentalismo119127311 2638.comportamentalismo
119127311 2638.comportamentalismo
Pelo Siro
 

Semelhante a Maslow (20)

Biografia de abraham maslow
Biografia de abraham maslowBiografia de abraham maslow
Biografia de abraham maslow
 
Atividade 10
Atividade 10Atividade 10
Atividade 10
 
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]
 
Teoria de Maslow.pptx
Teoria de Maslow.pptxTeoria de Maslow.pptx
Teoria de Maslow.pptx
 
Maslow desconhecido: Uma revisão de seus principais trabalhos sobre motivação
Maslow desconhecido: Uma revisão de seus principais trabalhos sobre motivaçãoMaslow desconhecido: Uma revisão de seus principais trabalhos sobre motivação
Maslow desconhecido: Uma revisão de seus principais trabalhos sobre motivação
 
01 maslow herzberg vroom
01 maslow  herzberg vroom01 maslow  herzberg vroom
01 maslow herzberg vroom
 
01 maslow herzberg vroom
01 maslow  herzberg vroom01 maslow  herzberg vroom
01 maslow herzberg vroom
 
Teoria de erc
Teoria  de ercTeoria  de erc
Teoria de erc
 
Pirâmide das necessidades de Maslow.pdf
Pirâmide das necessidades de Maslow.pdfPirâmide das necessidades de Maslow.pdf
Pirâmide das necessidades de Maslow.pdf
 
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow
Resenha: Hierarquização das Necessidades de MaslowResenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow
 
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]
 
processos psicológicos MOTIVAÇÃO E VIDA AFETIVA.pdf
processos psicológicos MOTIVAÇÃO E VIDA AFETIVA.pdfprocessos psicológicos MOTIVAÇÃO E VIDA AFETIVA.pdf
processos psicológicos MOTIVAÇÃO E VIDA AFETIVA.pdf
 
Motivacao
MotivacaoMotivacao
Motivacao
 
Motivação teorias de conteúdo
Motivação teorias de conteúdoMotivação teorias de conteúdo
Motivação teorias de conteúdo
 
339
339339
339
 
Teorias da Motivação
Teorias da MotivaçãoTeorias da Motivação
Teorias da Motivação
 
Teoria comportamental administracao
Teoria comportamental administracaoTeoria comportamental administracao
Teoria comportamental administracao
 
Gesto1.pdf
Gesto1.pdfGesto1.pdf
Gesto1.pdf
 
6 a teoria de maslow sobre motivacao
6 a teoria de maslow sobre motivacao6 a teoria de maslow sobre motivacao
6 a teoria de maslow sobre motivacao
 
119127311 2638.comportamentalismo
119127311 2638.comportamentalismo119127311 2638.comportamentalismo
119127311 2638.comportamentalismo
 

Último

Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
sesiomzezao
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 

Último (20)

Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 

Maslow

  • 2.  Professora : Flavia Cristina Mendes dos Santos Alunas: Pamela Aparecida Rosa Angela Curso :Nutrição e Dietética Gestão de pessoas e Legislação Trabalhista.
  • 3. •Abraham Harold Maslow •Nasceu no Brooklin, Nova Iorque, em primeiro de Abril de 1908; •Descendente de pais russos, tinha seis irmãos •Iniciou sua vida acadêmica na faculdade de direito em Nova Iorque, mas desistiu um ano e meio depois; •Após se casar com sua prima, mudou- se para Wisconsin, onde começou a se interessar pela psicologia, a qual fez questão de estudar na Universidade; •Voltou à Nova Iorque em 1935 e começou a lecionar na faculdade do Brooklin;
  • 4. • Passou a se interessar pela motivação humana e produziu diversos artigos daTeoria da Hierarquização das necessidades humanas; • Após se dedicar à administração da faculdade, criou a obra “Motivation and Personality”, aclamada até hoje; • Na década de 60, Maslow se envolveu com a área de Gestão de Negócios e passou a relacionar seus estudos de gestão com suas teorias motivacionais; • Morreu em 1970, aos 62 anos, vítima de ataque cardíaco.
  • 5. • Maslow apresentou uma teoria da motivação segundo a qual as necessidades humanas estão organizadas e dispostas em níveis, em uma hierarquia de importância e de influencia. •Essa hierarquia de necessidades pode ser visualizada como uma pirâmide:
  • 6. 1. Necessidades básicas como abrigo, roupa, comida, melhor remuneração imediata, melhores condições de trabalho, etc.
  • 7. 2. Afastamento os diferentes tipo de perigo físico que podem ser obtidos pela ordem e segurança pública, previdência, plano de assistência médica, seguro, poupança, etc.
  • 8. 3.Proporcionado pelas amizades com colegas de trabalho, relações interpessoais harmoniosas, etc.
  • 9. 4. O desejo de sobressair-se socialmente, oportunidade de crescimento, promoção, reconhecimento de mérito, etc. São estímulos para melhorias comportamentais.
  • 10. 5. Após ter conquistado tudo que queria o individuo passa a buscar condições de atingir o potencial máximo e poder contribuir para a sociedade e o país.
  • 11.  A teoria de Maslow buscava compreender e explicar as necessidades e o comportamento humano, sendo que esse comportamento é composto por necessidades. Algumas fundamentais para a sobrevivência, as fisiológicas e biológicas, como fome, sede e o sono, respiração. Porém a satisfação de uma necessidade sempre traz a outra, ou seja, quando se satisfaz as necessidades fisiológicas, surgem outras como por exemplo a autoestima.
  • 12.  Para Maslow, as necessidades são motivadas e motivadoras, as quais ele considera como psicofísica, pois buscam um equilíbrio hemostático do organismo.  Maslow afirma que se todas as necessidades estão insatisfeitas e o organismo é dominado pelas necessidades fisiológicas, quaisquer outras tornam-se inexistentes ou latentes.
  • 13.  As necessidades humanas assumem formas e expressões que variam conforme o indivíduo. Nem todos conseguem chegar ao topo da pirâmide de necessidades. A Frustração de certas necessidades passa a ser considerada uma ameaça psicológica. Quando alguma necessidade de nível mais baixo deixa de ser satisfeita, ela volta a predominar o comportamento, enquanto gerar tensão no organismo.
  • 14.  Muito utilizada na administração(gestão) de pessoas. A abordagem comportamental na administração propõe a adoção de uma posição humanística, e não normativa. No marketing há uma segmentação psicológica baseada nos desejos e necessidades das pessoas. Ajuda a entender o comportamento, os planos e metas dos consumidores. Reconhece as necessidades e, portanto, o tipo de produto para cada consumidor.
  • 15.  Pode se afirmar que a existência de premência ou não de níveis de necessidades, conforme os dispostos por Maslow contribui para a análise do perfil interno do consumidor em termos de subsídios, principalmente para a propaganda.  Reside em propor hipóteses quanto ao real valor da teoria de motivação de Maslow para o estudo do comportamento do consumidor.
  • 16.  De uma forma geral, as teorias tem valor para com as áreas em que foram desenvolvidas, pois permitem estudos e análises que ampliam conhecimentos, retificam ou consolidam as mesmas teorias ou ainda desenvolvem outras. Mas ainda se questiona, que além do valor da teoria, ainda desta teoria, ainda discutível, é a sua apresentação como enriquecedora ou passível de ser utilizada pelos profissionais do setor, meramente por ter-se mostrado criativa e acessível.  Mais do que uma crítica à teoria, pretendeu-se demonstrar as limitações do seu uso, já que a sua aceitação não deve ser atribuída ao autor e sim aos que a difundem e aplicam.
  • 17.  Vimos que a teoria da hierarquia de Maslow busca compreender as necessidades que devem ser supridas para que a pessoa alcance sucesso pessoal e profissional, com isso ele através de pesquisas selecionou as necessidades em que ele acreditou serem essenciais para o indivíduo e argumentou sobre cada uma delas como se uma dependesse da outra.  A teoria de Maslow também é muito utilizada pelas organizações, porém há pessoas que discordam de sua eficácia totalmente ou parcialmente, com isso surgiram críticas a essa teoria, mas em geral é uma teoria bem plausível por muitas organizações que a utilizam para melhorar a relação com os empregados e consequentemente aumentar a sua produtividade.
  • 18.  http://www.ead.fea.usp.br/semead/13semead/resultado/trabalhosPDF/703.pdf  http://br.monografias.com/trabalhos-pdf/gestao-pessoas-motivacao-servico- lideranca/gestao-pessoas-motivacao-servico-lideranca.pdf  http://www.administradores.com.br/producao-academica/a-teoria-da-hierarquia-das- necessidades/5266/  http://consultapsicologo.com.br/2008/03/27/maslow-mcgregor-e-herzberg-teorias- motivacao/  http://www.biografiasyvidas.com/biografia/m/maslow.htm  http://elmaxilab.com/definicao-abc/letra-a/abraham-maslow.php  http://adaomacarioadm.blogspot.com.br/2011/01/biografia-de-abraham-h-maslow-o- pai-do.html  http://www.buscadorerrante.com/wp/2009/biografia-de-abraham-maslow/