SlideShare uma empresa Scribd logo
Página 1 de 2
                          PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO - POP
     JUFARMA                    ROTULAGEM DE PREPARAÇÕES
Farmácia de Manipulação




                                 ROTULAGEM DE PREPARAÇÕES

OBJETIVOS

Padronizar os Procedimentos Operacionais Padrão (POPs) para a rotulação de formulações.

RESPONSABILIDADES

Este POP foi:

∙ Elaborado por: Juliana Vasconcelos – Farmacêutica Responsável
∙ Aprovado por: João Roberto de Souza – Gerência de Laboratório
∙ Implantado por: Valéria Moura – Auxiliar de Laboratório

DEFINIÇÕES

Imediatamente após a manipulação é realizada a rotulação com rótulo padrão da farmácia.

MATERIAIS

∙ Rótulo padrão

PROCEDIMENTO

    A) Procedimento operacional padrão para rotulagem
         1. Após a conferência da forma farmacêutica é colado na embalagem o rótulo que
            deve conter as seguintes informações:
                               - nome do paciente;
                               - fórmula manipulada (componentes e quantidade dos
                               mesmos);
                               - posologia (de acordo com a receita médica);
                               - data de manipulação e data de validade;
                               - conteúdo: número de cápsulas, volume da solução/ loção/
                               suspensão ou peso total do creme.
                               - nome do médico que prescreveu a formulação;
                               - informações da Farmacêutica Responsável: nome e número
                               do CRF;
                               - informações da Farmácia JUFARMA: endereço, telefone,
                               CNPJ;
                               - número da Ordem de Serviço que corresponde à receita;
Página 2 de 2
                           PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO - POP
     JUFARMA                     ROTULAGEM DE PREPARAÇÕES
Farmácia de Manipulação




                                  - a frase “Mantenha fora do alcance de crianças”.
                                  - Etiquetas de meia dose, tarja vermelha, tarja preta,
                                  mantenha em geladeira, agite antes de usar, conforme cada
                                  caso específico.

         2. Depois de colocado o rótulo na preparação pronta ela é acondicionada em sacolas
         plásticas separadas por venda e, estocadas em ordem alfabética, na prateleira
         localizada na área de atendimento.

                                    Nome               Assinatura    Data
          Elaborado por:                                                     __/__/__
          Aprovado por:                                                      __/__/__
          Implantado por:                                                    __/__/__
          Revisar em:                                                        __/__/__
          Revisado por:                                                      __/__/__

                                 Número                   Destino
          Cópias

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pop microscopia
Pop   microscopiaPop   microscopia
Pop microscopia
José Vitor Alves
 
PROFAE - Enfermagem - CADERNO 06
PROFAE - Enfermagem - CADERNO 06PROFAE - Enfermagem - CADERNO 06
PROFAE - Enfermagem - CADERNO 06
Sou Enfermagem
 
Farmacotécnica
FarmacotécnicaFarmacotécnica
Farmacotécnica
Julia Martins Ulhoa
 
Pop treinamento
Pop treinamentoPop treinamento
Pop treinamento
cafusp
 
Farmacologia (2).pptx
Farmacologia (2).pptxFarmacologia (2).pptx
Farmacologia (2).pptx
mauromaumau
 
Aula 6 pomadas 2020
Aula 6 pomadas 2020Aula 6 pomadas 2020
Aula 6 pomadas 2020
Nemesio Silva
 
Sequencia da anotação
Sequencia da anotaçãoSequencia da anotação
Sequencia da anotação
Carol Melo
 
Auxiliar de Farmácia
Auxiliar de FarmáciaAuxiliar de Farmácia
Auxiliar de Farmácia
Reginaldo Silvha
 
Manual Farmacêutico
Manual FarmacêuticoManual Farmacêutico
Manual Farmacêutico
guest50b681
 
Introdução de enfermagem ( apostila para vcs meus amigos de enfermagem)
Introdução de enfermagem ( apostila para vcs meus amigos de enfermagem)Introdução de enfermagem ( apostila para vcs meus amigos de enfermagem)
Introdução de enfermagem ( apostila para vcs meus amigos de enfermagem)
Wagner Lima Teixeira
 
Pop gerenciamento de resíduos de serviços de saúde
Pop   gerenciamento de resíduos de serviços de saúdePop   gerenciamento de resíduos de serviços de saúde
Pop gerenciamento de resíduos de serviços de saúde
Juciê Vasconcelos
 
Informe técnico 01 Receituário de Emergência
Informe técnico 01 Receituário de EmergênciaInforme técnico 01 Receituário de Emergência
Informe técnico 01 Receituário de Emergência
Farmacêutico Digital
 
50677825 ficha-de-anamnese-em-auriculoterapia
50677825 ficha-de-anamnese-em-auriculoterapia50677825 ficha-de-anamnese-em-auriculoterapia
50677825 ficha-de-anamnese-em-auriculoterapia
Daniele Santana
 
Curso balconista farmacia
Curso balconista farmaciaCurso balconista farmacia
Curso balconista farmacia
FranciscoPaiva31
 
Introdução a farmacotécnica
Introdução a farmacotécnicaIntrodução a farmacotécnica
Introdução a farmacotécnica
kaiorochars
 
Pop manipulação de horm, citostáticos e antib
Pop   manipulação de horm, citostáticos e antibPop   manipulação de horm, citostáticos e antib
Pop manipulação de horm, citostáticos e antib
Juciê Vasconcelos
 
Aspectos farmacocinéticos revisão
Aspectos farmacocinéticos revisãoAspectos farmacocinéticos revisão
Aspectos farmacocinéticos revisão
Camyla Andrade
 
13 vias de administração
13 vias de administração13 vias de administração
13 vias de administração
Jose Maciel Dos Anjos
 
planilha de controle de consultas de usuários de psicotrópicos
planilha de controle de consultas de usuários de psicotrópicosplanilha de controle de consultas de usuários de psicotrópicos
planilha de controle de consultas de usuários de psicotrópicos
Cínthia Lima
 
Farmacotécnica do Xarope Fitoterápico à base de açúcar mascavo
Farmacotécnica do Xarope Fitoterápico à base de açúcar mascavoFarmacotécnica do Xarope Fitoterápico à base de açúcar mascavo
Farmacotécnica do Xarope Fitoterápico à base de açúcar mascavo
Fernando Amaral de Calais
 

Mais procurados (20)

Pop microscopia
Pop   microscopiaPop   microscopia
Pop microscopia
 
PROFAE - Enfermagem - CADERNO 06
PROFAE - Enfermagem - CADERNO 06PROFAE - Enfermagem - CADERNO 06
PROFAE - Enfermagem - CADERNO 06
 
Farmacotécnica
FarmacotécnicaFarmacotécnica
Farmacotécnica
 
Pop treinamento
Pop treinamentoPop treinamento
Pop treinamento
 
Farmacologia (2).pptx
Farmacologia (2).pptxFarmacologia (2).pptx
Farmacologia (2).pptx
 
Aula 6 pomadas 2020
Aula 6 pomadas 2020Aula 6 pomadas 2020
Aula 6 pomadas 2020
 
Sequencia da anotação
Sequencia da anotaçãoSequencia da anotação
Sequencia da anotação
 
Auxiliar de Farmácia
Auxiliar de FarmáciaAuxiliar de Farmácia
Auxiliar de Farmácia
 
Manual Farmacêutico
Manual FarmacêuticoManual Farmacêutico
Manual Farmacêutico
 
Introdução de enfermagem ( apostila para vcs meus amigos de enfermagem)
Introdução de enfermagem ( apostila para vcs meus amigos de enfermagem)Introdução de enfermagem ( apostila para vcs meus amigos de enfermagem)
Introdução de enfermagem ( apostila para vcs meus amigos de enfermagem)
 
Pop gerenciamento de resíduos de serviços de saúde
Pop   gerenciamento de resíduos de serviços de saúdePop   gerenciamento de resíduos de serviços de saúde
Pop gerenciamento de resíduos de serviços de saúde
 
Informe técnico 01 Receituário de Emergência
Informe técnico 01 Receituário de EmergênciaInforme técnico 01 Receituário de Emergência
Informe técnico 01 Receituário de Emergência
 
50677825 ficha-de-anamnese-em-auriculoterapia
50677825 ficha-de-anamnese-em-auriculoterapia50677825 ficha-de-anamnese-em-auriculoterapia
50677825 ficha-de-anamnese-em-auriculoterapia
 
Curso balconista farmacia
Curso balconista farmaciaCurso balconista farmacia
Curso balconista farmacia
 
Introdução a farmacotécnica
Introdução a farmacotécnicaIntrodução a farmacotécnica
Introdução a farmacotécnica
 
Pop manipulação de horm, citostáticos e antib
Pop   manipulação de horm, citostáticos e antibPop   manipulação de horm, citostáticos e antib
Pop manipulação de horm, citostáticos e antib
 
Aspectos farmacocinéticos revisão
Aspectos farmacocinéticos revisãoAspectos farmacocinéticos revisão
Aspectos farmacocinéticos revisão
 
13 vias de administração
13 vias de administração13 vias de administração
13 vias de administração
 
planilha de controle de consultas de usuários de psicotrópicos
planilha de controle de consultas de usuários de psicotrópicosplanilha de controle de consultas de usuários de psicotrópicos
planilha de controle de consultas de usuários de psicotrópicos
 
Farmacotécnica do Xarope Fitoterápico à base de açúcar mascavo
Farmacotécnica do Xarope Fitoterápico à base de açúcar mascavoFarmacotécnica do Xarope Fitoterápico à base de açúcar mascavo
Farmacotécnica do Xarope Fitoterápico à base de açúcar mascavo
 

Último

Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Marília Pacheco
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
TathyLopes1
 

Último (20)

Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
 

Ju farma

  • 1. Página 1 de 2 PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO - POP JUFARMA ROTULAGEM DE PREPARAÇÕES Farmácia de Manipulação ROTULAGEM DE PREPARAÇÕES OBJETIVOS Padronizar os Procedimentos Operacionais Padrão (POPs) para a rotulação de formulações. RESPONSABILIDADES Este POP foi: ∙ Elaborado por: Juliana Vasconcelos – Farmacêutica Responsável ∙ Aprovado por: João Roberto de Souza – Gerência de Laboratório ∙ Implantado por: Valéria Moura – Auxiliar de Laboratório DEFINIÇÕES Imediatamente após a manipulação é realizada a rotulação com rótulo padrão da farmácia. MATERIAIS ∙ Rótulo padrão PROCEDIMENTO A) Procedimento operacional padrão para rotulagem 1. Após a conferência da forma farmacêutica é colado na embalagem o rótulo que deve conter as seguintes informações: - nome do paciente; - fórmula manipulada (componentes e quantidade dos mesmos); - posologia (de acordo com a receita médica); - data de manipulação e data de validade; - conteúdo: número de cápsulas, volume da solução/ loção/ suspensão ou peso total do creme. - nome do médico que prescreveu a formulação; - informações da Farmacêutica Responsável: nome e número do CRF; - informações da Farmácia JUFARMA: endereço, telefone, CNPJ; - número da Ordem de Serviço que corresponde à receita;
  • 2. Página 2 de 2 PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO - POP JUFARMA ROTULAGEM DE PREPARAÇÕES Farmácia de Manipulação - a frase “Mantenha fora do alcance de crianças”. - Etiquetas de meia dose, tarja vermelha, tarja preta, mantenha em geladeira, agite antes de usar, conforme cada caso específico. 2. Depois de colocado o rótulo na preparação pronta ela é acondicionada em sacolas plásticas separadas por venda e, estocadas em ordem alfabética, na prateleira localizada na área de atendimento. Nome Assinatura Data Elaborado por: __/__/__ Aprovado por: __/__/__ Implantado por: __/__/__ Revisar em: __/__/__ Revisado por: __/__/__ Número Destino Cópias