SlideShare uma empresa Scribd logo
JUNTANDO, ENERGIZANDO & EMPREENDENDO  A INOVAÇÃO NO BRASIL
CENÁRIO/DESAFIOS Mudanças drásticas globais •Ciclo de vida curto de produtos e servicos: “se você entender a tecnologia, ela está obsoleta.” • Ambiente de negócio em mudanca constante: “ Não é o grande que engole o pequeno’; é o rápido que engole o lento.” •Globalização das economias, tecnologias e inovações mundiais. •Mudança de ênfase: de uma economia industrial decadente composta de grandes firmas para uma economia empreendedora baseada no conhecimento, orientada pela tecnologia inovadora.
OBJETO:  FORMACAO DE “ UILO” (University/Industry Liaison Office). 2. Formação e treinamento de profissionais em comercialização da inovação tecnológica nos moldes internacionais atualizados. 3. Produção de políticas públicas (policy papers) no campo da inovação  
OBJETO FORMACAO DE “ UILO” (University/Industry Liaison Office)  RESULTADO ESPERADO: ,[object Object],  Estas conexões estratégicas geram investimentos em novos negócios e benefícios para a universidade, seus parceiros industriais e a comunidade. Geram uma interface altamente eficaz, em que as demandas do mercado são atendidas pelas produção da pesquisa universitária.
RESULTADOS ESPERADOS   Conectar profissionais competentes na academia e na indústria para colaborar e transformar o conhecimento e as inovações  guardadas nos laboratórios e mentes dos pesquisadores em produtos para o mercado. Aumentar as capacitações de comercialização de tecnologia  dos núcleos de comercialização de tecnologia das universidades, assim como assessorar as universidades que estão apenas começando a desenvolver seu programa de apoio à comercialização ,[object Object],Comercialização da tecnologia – instituição de pesquisa Comercialização/Empreendedorismo – empresa de base tecnológica Finanças -  Capital de risco ou firma de financiamento/investimento.
OBJETIVOS ESTRATÉGICOS O objetivo da EMPRENOVA  é facilitar a criação de novos empreendimentos comercializando os resultados da pesquisa universitária com vistas a gerar retorno econômico para as partes. Ao aproximar empresas com as tecnologias e recursos da Universidade,  cria-se parcerias entre pesquisadores e empreendedores nos mercados local e global.  Estes vínculos geram novos investimentos e benefícios econômicos de longo-prazo para a universidade, seus parceiros corporativos e a comunidade. Dotar o setor produtivo/mercado de fonte de interface e provisão de serviços capazes de atender as suas demandas tecnológicas. Apoiar o potencial do Estado de Minas Gerais numa Parceria Público-Privada inovadora e atuar como catalizadora da inovação- buscando oportunidades para criar parcerias comerciais entre o setores Público, acadêmico e privado.
META E RESULTADO   ,[object Object],Articular a criação de parcerias (spin-offs) entre a universidade e o Mercado para comercializar os resultados da pesquisa das universidades e Centros de pesquisa do Estado de Minas Gerais, com vistas a trazer retorno econômico para os sócios do novo empreendimento.   ,[object Object]
Gerar investimentos em novos negócios e benefícios para a universidade, seus parceiros industriais e a comunidade.
Gerar uma interface altamente eficaz, em que as demandas do mercado sejam atendidas pela produção da pesquisa universitária.
Aumentar significativamente o índice histórico (6%) de comercialização das patentes registradas pelas universidades ,[object Object]
BENEFÍCIOS Spin-off empresarial Versus  Start-Up acadêmico •Características  de Spin-off empresarial ,[object Object]
Mais acesso ao capital
Mais acesso aos mercados
Mais capacidade para correr riscos% •Características de Start-up acadêmico ,[object Object]
Comercialização prejudicada    pela burocracia ,[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Brasiltec out/2005
Brasiltec out/2005Brasiltec out/2005
Brasiltec out/2005
kleber.torres
 
Embrapa: Empreededorismo e Inovação
Embrapa: Empreededorismo e InovaçãoEmbrapa: Empreededorismo e Inovação
Embrapa: Empreededorismo e Inovação
BRAIN Brasil Inovação
 
Ciclo do Empreendedor + Checklist Modelo de Negócio
Ciclo do Empreendedor + Checklist Modelo de NegócioCiclo do Empreendedor + Checklist Modelo de Negócio
Ciclo do Empreendedor + Checklist Modelo de Negócio
Alessandro Saade
 
1213289447 empreendorismo em_informática
1213289447 empreendorismo em_informática1213289447 empreendorismo em_informática
1213289447 empreendorismo em_informática
amorimjuvenal
 
407
407407
INOVA UPs 2011_Osvaldo Spíndola
INOVA UPs 2011_Osvaldo SpíndolaINOVA UPs 2011_Osvaldo Spíndola
INOVA UPs 2011_Osvaldo Spíndola
NIT Rio
 
Aulas - Adm. de Sist. de Informacao - 2009
Aulas - Adm. de Sist. de Informacao - 2009Aulas - Adm. de Sist. de Informacao - 2009
Aulas - Adm. de Sist. de Informacao - 2009
Sergio Luis Seloti Jr
 
Desenvolvimento novo produto
Desenvolvimento novo produto   Desenvolvimento novo produto
Desenvolvimento novo produto
Flávia Natalia
 
Portfolio digitalflow 2014
Portfolio digitalflow  2014Portfolio digitalflow  2014
Portfolio digitalflow 2014
Rui Patricio
 
Planejamento estratégico de produtos
Planejamento estratégico de produtosPlanejamento estratégico de produtos
Planejamento estratégico de produtos
Marcel Gois
 
Modelo de Plano de Marketing
Modelo de Plano de MarketingModelo de Plano de Marketing
Modelo de Plano de Marketing
Inajara Caciqui
 
20090715 64congresso B H Alexandre Cabral
20090715 64congresso B H  Alexandre Cabral20090715 64congresso B H  Alexandre Cabral
20090715 64congresso B H Alexandre Cabral
Fabiana Tarabal
 
INOVAÇÃO COMO ESTRATÉGIA DE CONTINUIDADE DO NEGÓCIO
INOVAÇÃO COMO ESTRATÉGIA DE CONTINUIDADE DO NEGÓCIOINOVAÇÃO COMO ESTRATÉGIA DE CONTINUIDADE DO NEGÓCIO
INOVAÇÃO COMO ESTRATÉGIA DE CONTINUIDADE DO NEGÓCIO
Jairo Bernardes da Silva Júnior
 
GUIA PRÁTICO SECTORIAL DE EMPREENDEDORISMO E DA PROMOÇÃO DA COMPETITIVIDADE
GUIA PRÁTICO SECTORIAL  DE EMPREENDEDORISMO  E DA PROMOÇÃO DA  COMPETITIVIDADEGUIA PRÁTICO SECTORIAL  DE EMPREENDEDORISMO  E DA PROMOÇÃO DA  COMPETITIVIDADE
GUIA PRÁTICO SECTORIAL DE EMPREENDEDORISMO E DA PROMOÇÃO DA COMPETITIVIDADE
Cláudio Carneiro
 
Bolsa do Empreendedorismo - Teresa Mendes
Bolsa do Empreendedorismo - Teresa MendesBolsa do Empreendedorismo - Teresa Mendes
Bolsa do Empreendedorismo - Teresa Mendes
João Tàtá dos Anjos
 
Gestão de Produtos e Marcas - Criação de uma Ideia de negócio
Gestão de Produtos e Marcas - Criação de uma Ideia de negócioGestão de Produtos e Marcas - Criação de uma Ideia de negócio
Gestão de Produtos e Marcas - Criação de uma Ideia de negócio
Mª Luisa Pires
 
P orteceram 2
P orteceram 2P orteceram 2
P orteceram 2
Luis Alves
 
Inovação aberta: um modelo a ser explorado no Brasil, por Bruno Rondani e Hen...
Inovação aberta: um modelo a ser explorado no Brasil, por Bruno Rondani e Hen...Inovação aberta: um modelo a ser explorado no Brasil, por Bruno Rondani e Hen...
Inovação aberta: um modelo a ser explorado no Brasil, por Bruno Rondani e Hen...
Allagi Open Innovation Services
 
UFCD 0367 - Marketing: Publicidade e Promoção
UFCD 0367 - Marketing: Publicidade e PromoçãoUFCD 0367 - Marketing: Publicidade e Promoção
UFCD 0367 - Marketing: Publicidade e Promoção
José Manuel Costa Carvalho
 
Gestão e Desenvolvimento de Produtos e Marcas
Gestão e Desenvolvimento de Produtos e MarcasGestão e Desenvolvimento de Produtos e Marcas
Gestão e Desenvolvimento de Produtos e Marcas
Jofran Lirio
 

Mais procurados (20)

Brasiltec out/2005
Brasiltec out/2005Brasiltec out/2005
Brasiltec out/2005
 
Embrapa: Empreededorismo e Inovação
Embrapa: Empreededorismo e InovaçãoEmbrapa: Empreededorismo e Inovação
Embrapa: Empreededorismo e Inovação
 
Ciclo do Empreendedor + Checklist Modelo de Negócio
Ciclo do Empreendedor + Checklist Modelo de NegócioCiclo do Empreendedor + Checklist Modelo de Negócio
Ciclo do Empreendedor + Checklist Modelo de Negócio
 
1213289447 empreendorismo em_informática
1213289447 empreendorismo em_informática1213289447 empreendorismo em_informática
1213289447 empreendorismo em_informática
 
407
407407
407
 
INOVA UPs 2011_Osvaldo Spíndola
INOVA UPs 2011_Osvaldo SpíndolaINOVA UPs 2011_Osvaldo Spíndola
INOVA UPs 2011_Osvaldo Spíndola
 
Aulas - Adm. de Sist. de Informacao - 2009
Aulas - Adm. de Sist. de Informacao - 2009Aulas - Adm. de Sist. de Informacao - 2009
Aulas - Adm. de Sist. de Informacao - 2009
 
Desenvolvimento novo produto
Desenvolvimento novo produto   Desenvolvimento novo produto
Desenvolvimento novo produto
 
Portfolio digitalflow 2014
Portfolio digitalflow  2014Portfolio digitalflow  2014
Portfolio digitalflow 2014
 
Planejamento estratégico de produtos
Planejamento estratégico de produtosPlanejamento estratégico de produtos
Planejamento estratégico de produtos
 
Modelo de Plano de Marketing
Modelo de Plano de MarketingModelo de Plano de Marketing
Modelo de Plano de Marketing
 
20090715 64congresso B H Alexandre Cabral
20090715 64congresso B H  Alexandre Cabral20090715 64congresso B H  Alexandre Cabral
20090715 64congresso B H Alexandre Cabral
 
INOVAÇÃO COMO ESTRATÉGIA DE CONTINUIDADE DO NEGÓCIO
INOVAÇÃO COMO ESTRATÉGIA DE CONTINUIDADE DO NEGÓCIOINOVAÇÃO COMO ESTRATÉGIA DE CONTINUIDADE DO NEGÓCIO
INOVAÇÃO COMO ESTRATÉGIA DE CONTINUIDADE DO NEGÓCIO
 
GUIA PRÁTICO SECTORIAL DE EMPREENDEDORISMO E DA PROMOÇÃO DA COMPETITIVIDADE
GUIA PRÁTICO SECTORIAL  DE EMPREENDEDORISMO  E DA PROMOÇÃO DA  COMPETITIVIDADEGUIA PRÁTICO SECTORIAL  DE EMPREENDEDORISMO  E DA PROMOÇÃO DA  COMPETITIVIDADE
GUIA PRÁTICO SECTORIAL DE EMPREENDEDORISMO E DA PROMOÇÃO DA COMPETITIVIDADE
 
Bolsa do Empreendedorismo - Teresa Mendes
Bolsa do Empreendedorismo - Teresa MendesBolsa do Empreendedorismo - Teresa Mendes
Bolsa do Empreendedorismo - Teresa Mendes
 
Gestão de Produtos e Marcas - Criação de uma Ideia de negócio
Gestão de Produtos e Marcas - Criação de uma Ideia de negócioGestão de Produtos e Marcas - Criação de uma Ideia de negócio
Gestão de Produtos e Marcas - Criação de uma Ideia de negócio
 
P orteceram 2
P orteceram 2P orteceram 2
P orteceram 2
 
Inovação aberta: um modelo a ser explorado no Brasil, por Bruno Rondani e Hen...
Inovação aberta: um modelo a ser explorado no Brasil, por Bruno Rondani e Hen...Inovação aberta: um modelo a ser explorado no Brasil, por Bruno Rondani e Hen...
Inovação aberta: um modelo a ser explorado no Brasil, por Bruno Rondani e Hen...
 
UFCD 0367 - Marketing: Publicidade e Promoção
UFCD 0367 - Marketing: Publicidade e PromoçãoUFCD 0367 - Marketing: Publicidade e Promoção
UFCD 0367 - Marketing: Publicidade e Promoção
 
Gestão e Desenvolvimento de Produtos e Marcas
Gestão e Desenvolvimento de Produtos e MarcasGestão e Desenvolvimento de Produtos e Marcas
Gestão e Desenvolvimento de Produtos e Marcas
 

Destaque

Social CRM
Social CRMSocial CRM
55 al-recordes mundiais-ga1
55 al-recordes mundiais-ga155 al-recordes mundiais-ga1
55 al-recordes mundiais-ga1
cmatias1967
 
LOA 2011 apresentacao do Secretario Municipal de Planejamento
LOA 2011 apresentacao do Secretario Municipal de PlanejamentoLOA 2011 apresentacao do Secretario Municipal de Planejamento
LOA 2011 apresentacao do Secretario Municipal de Planejamento
Movimento Nossa BH
 
Caso real: AGRÍCOLA NAVARRO DE HARO
Caso real: AGRÍCOLA NAVARRO DE HAROCaso real: AGRÍCOLA NAVARRO DE HARO
Caso real: AGRÍCOLA NAVARRO DE HARO
TACTIO
 
Un baile de máscaras
Un baile de máscarasUn baile de máscaras
Un baile de máscaras
aulacervantes
 
Amostra powerpoint
Amostra powerpointAmostra powerpoint
Amostra powerpoint
mch100
 
Joaninhas, contagens
Joaninhas, contagensJoaninhas, contagens
Joaninhas, contagens
profigor
 
Ipaee capitulo 7_slides_1
Ipaee capitulo 7_slides_1Ipaee capitulo 7_slides_1
Ipaee capitulo 7_slides_1
Dharma Initiative
 
Ipaee capitulo 1_slides
Ipaee capitulo 1_slidesIpaee capitulo 1_slides
Ipaee capitulo 1_slides
Dharma Initiative
 
Ipaee capitulo4
Ipaee capitulo4Ipaee capitulo4
Ipaee capitulo4
Dharma Initiative
 
Gestión de la calidad : Filosofía de Crosby
Gestión de la calidad : Filosofía de CrosbyGestión de la calidad : Filosofía de Crosby
Gestión de la calidad : Filosofía de Crosby
Diego Casso
 
Introdução experimentação
Introdução experimentaçãoIntrodução experimentação
Introdução experimentação
Estagiário Herd Book Collares Promebo
 
Redação publicitária ii
Redação publicitária iiRedação publicitária ii
Redação publicitária ii
Atitude Digital
 
Princípios da estatística experimental
Princípios da estatística experimental   Princípios da estatística experimental
Princípios da estatística experimental
UERGS
 
Gestão de EAD: Educação a Distância na Web 2.0.
Gestão de EAD: Educação a Distância na Web 2.0.Gestão de EAD: Educação a Distância na Web 2.0.
Gestão de EAD: Educação a Distância na Web 2.0.
EAD Amazon
 

Destaque (15)

Social CRM
Social CRMSocial CRM
Social CRM
 
55 al-recordes mundiais-ga1
55 al-recordes mundiais-ga155 al-recordes mundiais-ga1
55 al-recordes mundiais-ga1
 
LOA 2011 apresentacao do Secretario Municipal de Planejamento
LOA 2011 apresentacao do Secretario Municipal de PlanejamentoLOA 2011 apresentacao do Secretario Municipal de Planejamento
LOA 2011 apresentacao do Secretario Municipal de Planejamento
 
Caso real: AGRÍCOLA NAVARRO DE HARO
Caso real: AGRÍCOLA NAVARRO DE HAROCaso real: AGRÍCOLA NAVARRO DE HARO
Caso real: AGRÍCOLA NAVARRO DE HARO
 
Un baile de máscaras
Un baile de máscarasUn baile de máscaras
Un baile de máscaras
 
Amostra powerpoint
Amostra powerpointAmostra powerpoint
Amostra powerpoint
 
Joaninhas, contagens
Joaninhas, contagensJoaninhas, contagens
Joaninhas, contagens
 
Ipaee capitulo 7_slides_1
Ipaee capitulo 7_slides_1Ipaee capitulo 7_slides_1
Ipaee capitulo 7_slides_1
 
Ipaee capitulo 1_slides
Ipaee capitulo 1_slidesIpaee capitulo 1_slides
Ipaee capitulo 1_slides
 
Ipaee capitulo4
Ipaee capitulo4Ipaee capitulo4
Ipaee capitulo4
 
Gestión de la calidad : Filosofía de Crosby
Gestión de la calidad : Filosofía de CrosbyGestión de la calidad : Filosofía de Crosby
Gestión de la calidad : Filosofía de Crosby
 
Introdução experimentação
Introdução experimentaçãoIntrodução experimentação
Introdução experimentação
 
Redação publicitária ii
Redação publicitária iiRedação publicitária ii
Redação publicitária ii
 
Princípios da estatística experimental
Princípios da estatística experimental   Princípios da estatística experimental
Princípios da estatística experimental
 
Gestão de EAD: Educação a Distância na Web 2.0.
Gestão de EAD: Educação a Distância na Web 2.0.Gestão de EAD: Educação a Distância na Web 2.0.
Gestão de EAD: Educação a Distância na Web 2.0.
 

Semelhante a Inovacao

Empreendedorismo Tecnologico, Como Identificar E Aproveitar As Oportunidades
Empreendedorismo Tecnologico, Como Identificar E Aproveitar As OportunidadesEmpreendedorismo Tecnologico, Como Identificar E Aproveitar As Oportunidades
Empreendedorismo Tecnologico, Como Identificar E Aproveitar As Oportunidades
Millor Machado
 
Interação Universidade-Empresa em Projetos de Inovação Tecnológica
Interação Universidade-Empresa em Projetos de Inovação TecnológicaInteração Universidade-Empresa em Projetos de Inovação Tecnológica
Interação Universidade-Empresa em Projetos de Inovação Tecnológica
Portal Inovação UFMS
 
Cietec
CietecCietec
Cietec
rafaelbucco
 
Aavanz parceiro de excelência
Aavanz   parceiro de excelênciaAavanz   parceiro de excelência
Aavanz parceiro de excelência
Nuno Cunha
 
ProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de Sorocaba
ProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de SorocabaProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de Sorocaba
ProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de Sorocaba
CADWARE-TECHNOLOGY
 
O conhecimento tecnológico e a gestão do conhecimento
O conhecimento tecnológico e a gestão do conhecimentoO conhecimento tecnológico e a gestão do conhecimento
O conhecimento tecnológico e a gestão do conhecimento
Roberto C. S. Pacheco
 
FLAVIA APRESE.pptx
FLAVIA APRESE.pptxFLAVIA APRESE.pptx
FLAVIA APRESE.pptx
PauloCarvalho363018
 
Sumario Executivo Proposta Sectes
Sumario Executivo Proposta SectesSumario Executivo Proposta Sectes
Sumario Executivo Proposta Sectes
minasinvest
 
Interação Universidade, Empresa e Governo
Interação Universidade, Empresa e GovernoInteração Universidade, Empresa e Governo
Interação Universidade, Empresa e Governo
Roberto Moschetta
 
Gestão da Inovação nas Grandes Empresas
Gestão da Inovação nas Grandes EmpresasGestão da Inovação nas Grandes Empresas
Gestão da Inovação nas Grandes Empresas
Renato Lacerda
 
Portfólio Empresas UPTEC 2013
Portfólio Empresas UPTEC 2013Portfólio Empresas UPTEC 2013
Portfólio Empresas UPTEC 2013
UPTEC
 
Palestra VI SIMINOVE: Explorando as possibilidades do empreendedorismo na UFJ...
Palestra VI SIMINOVE: Explorando as possibilidades do empreendedorismo na UFJ...Palestra VI SIMINOVE: Explorando as possibilidades do empreendedorismo na UFJ...
Palestra VI SIMINOVE: Explorando as possibilidades do empreendedorismo na UFJ...
Sistema Mineiro de Inovação
 
Programa De Parcerias Apresentação
Programa De Parcerias ApresentaçãoPrograma De Parcerias Apresentação
Programa De Parcerias Apresentação
Alex Dias
 
Brasiltec 10 05
Brasiltec 10 05Brasiltec 10 05
Brasiltec 10 05
kleber.torres
 
GI aula 3 Inovação Aberta_tipos2023.pptx
GI aula 3 Inovação Aberta_tipos2023.pptxGI aula 3 Inovação Aberta_tipos2023.pptx
GI aula 3 Inovação Aberta_tipos2023.pptx
franmafesoni
 
FIEP palestra gerentes 25-09-2014
FIEP palestra gerentes 25-09-2014FIEP palestra gerentes 25-09-2014
FIEP palestra gerentes 25-09-2014
SV_Partners
 
"Como aproveitar os instrumentos financeiros do Portugal 2020" - Maria João M...
"Como aproveitar os instrumentos financeiros do Portugal 2020" - Maria João M..."Como aproveitar os instrumentos financeiros do Portugal 2020" - Maria João M...
"Como aproveitar os instrumentos financeiros do Portugal 2020" - Maria João M...
Associação Nacional de Jovens Empresários
 
Building Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovação
Building Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovaçãoBuilding Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovação
Building Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovação
Building Global Innovators (BGI)
 
Áreas Técnicas do CIESP
Áreas Técnicas do CIESPÁreas Técnicas do CIESP
Áreas Técnicas do CIESP
ciespfranca
 
Minas Invest Projetos Enunciacao E Objeto
Minas Invest Projetos Enunciacao E ObjetoMinas Invest Projetos Enunciacao E Objeto
Minas Invest Projetos Enunciacao E Objeto
minasinvest
 

Semelhante a Inovacao (20)

Empreendedorismo Tecnologico, Como Identificar E Aproveitar As Oportunidades
Empreendedorismo Tecnologico, Como Identificar E Aproveitar As OportunidadesEmpreendedorismo Tecnologico, Como Identificar E Aproveitar As Oportunidades
Empreendedorismo Tecnologico, Como Identificar E Aproveitar As Oportunidades
 
Interação Universidade-Empresa em Projetos de Inovação Tecnológica
Interação Universidade-Empresa em Projetos de Inovação TecnológicaInteração Universidade-Empresa em Projetos de Inovação Tecnológica
Interação Universidade-Empresa em Projetos de Inovação Tecnológica
 
Cietec
CietecCietec
Cietec
 
Aavanz parceiro de excelência
Aavanz   parceiro de excelênciaAavanz   parceiro de excelência
Aavanz parceiro de excelência
 
ProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de Sorocaba
ProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de SorocabaProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de Sorocaba
ProIndústria 2017 - A07 - Parque Tecnológico de Sorocaba
 
O conhecimento tecnológico e a gestão do conhecimento
O conhecimento tecnológico e a gestão do conhecimentoO conhecimento tecnológico e a gestão do conhecimento
O conhecimento tecnológico e a gestão do conhecimento
 
FLAVIA APRESE.pptx
FLAVIA APRESE.pptxFLAVIA APRESE.pptx
FLAVIA APRESE.pptx
 
Sumario Executivo Proposta Sectes
Sumario Executivo Proposta SectesSumario Executivo Proposta Sectes
Sumario Executivo Proposta Sectes
 
Interação Universidade, Empresa e Governo
Interação Universidade, Empresa e GovernoInteração Universidade, Empresa e Governo
Interação Universidade, Empresa e Governo
 
Gestão da Inovação nas Grandes Empresas
Gestão da Inovação nas Grandes EmpresasGestão da Inovação nas Grandes Empresas
Gestão da Inovação nas Grandes Empresas
 
Portfólio Empresas UPTEC 2013
Portfólio Empresas UPTEC 2013Portfólio Empresas UPTEC 2013
Portfólio Empresas UPTEC 2013
 
Palestra VI SIMINOVE: Explorando as possibilidades do empreendedorismo na UFJ...
Palestra VI SIMINOVE: Explorando as possibilidades do empreendedorismo na UFJ...Palestra VI SIMINOVE: Explorando as possibilidades do empreendedorismo na UFJ...
Palestra VI SIMINOVE: Explorando as possibilidades do empreendedorismo na UFJ...
 
Programa De Parcerias Apresentação
Programa De Parcerias ApresentaçãoPrograma De Parcerias Apresentação
Programa De Parcerias Apresentação
 
Brasiltec 10 05
Brasiltec 10 05Brasiltec 10 05
Brasiltec 10 05
 
GI aula 3 Inovação Aberta_tipos2023.pptx
GI aula 3 Inovação Aberta_tipos2023.pptxGI aula 3 Inovação Aberta_tipos2023.pptx
GI aula 3 Inovação Aberta_tipos2023.pptx
 
FIEP palestra gerentes 25-09-2014
FIEP palestra gerentes 25-09-2014FIEP palestra gerentes 25-09-2014
FIEP palestra gerentes 25-09-2014
 
"Como aproveitar os instrumentos financeiros do Portugal 2020" - Maria João M...
"Como aproveitar os instrumentos financeiros do Portugal 2020" - Maria João M..."Como aproveitar os instrumentos financeiros do Portugal 2020" - Maria João M...
"Como aproveitar os instrumentos financeiros do Portugal 2020" - Maria João M...
 
Building Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovação
Building Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovaçãoBuilding Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovação
Building Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovação
 
Áreas Técnicas do CIESP
Áreas Técnicas do CIESPÁreas Técnicas do CIESP
Áreas Técnicas do CIESP
 
Minas Invest Projetos Enunciacao E Objeto
Minas Invest Projetos Enunciacao E ObjetoMinas Invest Projetos Enunciacao E Objeto
Minas Invest Projetos Enunciacao E Objeto
 

Mais de minasdecide

Inhotim: Lavanderia de Minas!
Inhotim: Lavanderia de Minas!Inhotim: Lavanderia de Minas!
Inhotim: Lavanderia de Minas!
minasdecide
 
Espaco inovarte1
Espaco inovarte1Espaco inovarte1
Espaco inovarte1
minasdecide
 
Espaco inovarte wizard
Espaco inovarte wizardEspaco inovarte wizard
Espaco inovarte wizard
minasdecide
 
Unique house in bh
Unique house in bhUnique house in bh
Unique house in bh
minasdecide
 
O brasil que queremos ser agora apresentacao
O brasil que queremos ser agora apresentacaoO brasil que queremos ser agora apresentacao
O brasil que queremos ser agora apresentacao
minasdecide
 
O impacto da coilaboração em massa
O impacto da coilaboração em massaO impacto da coilaboração em massa
O impacto da coilaboração em massa
minasdecide
 
O brasil que queremos ser agora apresentacao
O brasil que queremos ser agora apresentacaoO brasil que queremos ser agora apresentacao
O brasil que queremos ser agora apresentacao
minasdecide
 
EstratéGias E TáTicas De MobilizaçãO
EstratéGias E TáTicas De MobilizaçãOEstratéGias E TáTicas De MobilizaçãO
EstratéGias E TáTicas De MobilizaçãO
minasdecide
 
Minas Decide Estratégias
Minas Decide EstratégiasMinas Decide Estratégias
Minas Decide Estratégias
minasdecide
 
O Impacto Da CoilaboraçãO Em Massa
O Impacto Da CoilaboraçãO Em MassaO Impacto Da CoilaboraçãO Em Massa
O Impacto Da CoilaboraçãO Em Massa
minasdecide
 
Apresentacao geral o brasil que queremos ser
Apresentacao geral o brasil que queremos serApresentacao geral o brasil que queremos ser
Apresentacao geral o brasil que queremos ser
minasdecide
 
Observatorio do desenvolvimento
Observatorio do desenvolvimentoObservatorio do desenvolvimento
Observatorio do desenvolvimento
minasdecide
 
Observatorio do desenvolvimento
Observatorio do desenvolvimentoObservatorio do desenvolvimento
Observatorio do desenvolvimento
minasdecide
 
Apresentaçao minas decide
Apresentaçao minas decideApresentaçao minas decide
Apresentaçao minas decide
minasdecide
 
Brasil participativo
Brasil participativoBrasil participativo
Brasil participativo
minasdecide
 
Brasil participativo
Brasil participativoBrasil participativo
Brasil participativo
minasdecide
 
Conquistas do povo mineiro nos últimos 7 anos do governo atual
Conquistas do povo mineiro nos últimos 7 anos do governo atualConquistas do povo mineiro nos últimos 7 anos do governo atual
Conquistas do povo mineiro nos últimos 7 anos do governo atual
minasdecide
 
Minasparticipativa
MinasparticipativaMinasparticipativa
Minasparticipativa
minasdecide
 
ApresentaçAo Minas Decide
ApresentaçAo Minas DecideApresentaçAo Minas Decide
ApresentaçAo Minas Decide
minasdecide
 
Apresentaçao portal minas decide
Apresentaçao portal minas decideApresentaçao portal minas decide
Apresentaçao portal minas decide
minasdecide
 

Mais de minasdecide (20)

Inhotim: Lavanderia de Minas!
Inhotim: Lavanderia de Minas!Inhotim: Lavanderia de Minas!
Inhotim: Lavanderia de Minas!
 
Espaco inovarte1
Espaco inovarte1Espaco inovarte1
Espaco inovarte1
 
Espaco inovarte wizard
Espaco inovarte wizardEspaco inovarte wizard
Espaco inovarte wizard
 
Unique house in bh
Unique house in bhUnique house in bh
Unique house in bh
 
O brasil que queremos ser agora apresentacao
O brasil que queremos ser agora apresentacaoO brasil que queremos ser agora apresentacao
O brasil que queremos ser agora apresentacao
 
O impacto da coilaboração em massa
O impacto da coilaboração em massaO impacto da coilaboração em massa
O impacto da coilaboração em massa
 
O brasil que queremos ser agora apresentacao
O brasil que queremos ser agora apresentacaoO brasil que queremos ser agora apresentacao
O brasil que queremos ser agora apresentacao
 
EstratéGias E TáTicas De MobilizaçãO
EstratéGias E TáTicas De MobilizaçãOEstratéGias E TáTicas De MobilizaçãO
EstratéGias E TáTicas De MobilizaçãO
 
Minas Decide Estratégias
Minas Decide EstratégiasMinas Decide Estratégias
Minas Decide Estratégias
 
O Impacto Da CoilaboraçãO Em Massa
O Impacto Da CoilaboraçãO Em MassaO Impacto Da CoilaboraçãO Em Massa
O Impacto Da CoilaboraçãO Em Massa
 
Apresentacao geral o brasil que queremos ser
Apresentacao geral o brasil que queremos serApresentacao geral o brasil que queremos ser
Apresentacao geral o brasil que queremos ser
 
Observatorio do desenvolvimento
Observatorio do desenvolvimentoObservatorio do desenvolvimento
Observatorio do desenvolvimento
 
Observatorio do desenvolvimento
Observatorio do desenvolvimentoObservatorio do desenvolvimento
Observatorio do desenvolvimento
 
Apresentaçao minas decide
Apresentaçao minas decideApresentaçao minas decide
Apresentaçao minas decide
 
Brasil participativo
Brasil participativoBrasil participativo
Brasil participativo
 
Brasil participativo
Brasil participativoBrasil participativo
Brasil participativo
 
Conquistas do povo mineiro nos últimos 7 anos do governo atual
Conquistas do povo mineiro nos últimos 7 anos do governo atualConquistas do povo mineiro nos últimos 7 anos do governo atual
Conquistas do povo mineiro nos últimos 7 anos do governo atual
 
Minasparticipativa
MinasparticipativaMinasparticipativa
Minasparticipativa
 
ApresentaçAo Minas Decide
ApresentaçAo Minas DecideApresentaçAo Minas Decide
ApresentaçAo Minas Decide
 
Apresentaçao portal minas decide
Apresentaçao portal minas decideApresentaçao portal minas decide
Apresentaçao portal minas decide
 

Inovacao

  • 1. JUNTANDO, ENERGIZANDO & EMPREENDENDO A INOVAÇÃO NO BRASIL
  • 2. CENÁRIO/DESAFIOS Mudanças drásticas globais •Ciclo de vida curto de produtos e servicos: “se você entender a tecnologia, ela está obsoleta.” • Ambiente de negócio em mudanca constante: “ Não é o grande que engole o pequeno’; é o rápido que engole o lento.” •Globalização das economias, tecnologias e inovações mundiais. •Mudança de ênfase: de uma economia industrial decadente composta de grandes firmas para uma economia empreendedora baseada no conhecimento, orientada pela tecnologia inovadora.
  • 3. OBJETO: FORMACAO DE “ UILO” (University/Industry Liaison Office). 2. Formação e treinamento de profissionais em comercialização da inovação tecnológica nos moldes internacionais atualizados. 3. Produção de políticas públicas (policy papers) no campo da inovação  
  • 4.
  • 5.
  • 6. OBJETIVOS ESTRATÉGICOS O objetivo da EMPRENOVA é facilitar a criação de novos empreendimentos comercializando os resultados da pesquisa universitária com vistas a gerar retorno econômico para as partes. Ao aproximar empresas com as tecnologias e recursos da Universidade, cria-se parcerias entre pesquisadores e empreendedores nos mercados local e global. Estes vínculos geram novos investimentos e benefícios econômicos de longo-prazo para a universidade, seus parceiros corporativos e a comunidade. Dotar o setor produtivo/mercado de fonte de interface e provisão de serviços capazes de atender as suas demandas tecnológicas. Apoiar o potencial do Estado de Minas Gerais numa Parceria Público-Privada inovadora e atuar como catalizadora da inovação- buscando oportunidades para criar parcerias comerciais entre o setores Público, acadêmico e privado.
  • 7.
  • 8. Gerar investimentos em novos negócios e benefícios para a universidade, seus parceiros industriais e a comunidade.
  • 9. Gerar uma interface altamente eficaz, em que as demandas do mercado sejam atendidas pela produção da pesquisa universitária.
  • 10.
  • 11.
  • 12. Mais acesso ao capital
  • 13. Mais acesso aos mercados
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 19. Baixa destinação de recursos para pesquisa
  • 20. Baixa capacidade de gerar produto de pesquisa
  • 21. Subestimação da importância da produção científica
  • 22. Trata a universidade como uma “pesquisa contratada” e não como um parceiro potencial.
  • 23. Falta de estratégia empresarial na educação científica.
  • 24. Resistência para financiar estágios iniciais de risco do processo de P&DI.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28.